Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

domingo, novembro 20, 2011

Roubo na zona rural de Portalegre


Foto Ilustrativa

Na noite de sábado, 19.11.2011, por volta das 21h00min, aconteceu um assalto no sítio baixa grande, município de Portalegre-RN. 

Três elementos encapuzados e armados com dois revolveres e uma pistola, invadiram a residência do senhor conhecido por Nilson da Baixa Grande, e anunciou o assalto, eles levaram uma quantia em dinheiro não revelado, uma pulseira em ouro, o celular e o veiculo tipo Hilux, de cor preta de Placas NNL-6497-Portalegre-RN, que estava na garagem. 

Antes de eles empreenderem fuga prenderam o senhor Nilson e a esposa dentro do banheiro da casa, e nas proximidades da residência foram encontrados uma sacola com pães e refrigerante, dando a entender que os marginais estavam de campana esperando a chegada da vítima.

Segundo informações da própria vítima, após quarenta minutos preso no banheiro, conseguiu arrombar a porta e pediu ajuda aos Policiais Militares que estavam policiando uma festa nas proximidades do sítio. A vítima não tem nenhuma suspeita de quem tenha praticado o assalto.

Segundo informações de um policial da cidade de Portalegre, populares informaram que o veiculo foi visto descendo a serra com destino a cidade de Viçosa e logo em seguida foi noticiado por pessoas daquela cidade que o veículo pegou a estrada carroçável com destino aos sítios entre Martins e Umarizal.  

Fonte: Plantão Apodi
Leia Mais ››

Nem é transferido para presídio federal em Mato Grosso do Sul

O traficante Antônio Bonfim Lopes, o Nem, acusado de chefiar o tráfico de drogas na Favela da Rocinha, localizada entre os bairros da Gávea e São Conrado, na zona sul carioca, foi transferido esta manhã para o presídio federal de segurança máxima de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul.

Um comboio com dez carros com apoio de 40 homens do Serviço de Operações Especiais (SOE) da Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap), saiu por volta das 6 horas da Penitenciária Bangu 1 com o traficante NEM e três integrantes de sua facção criminosa.

Eles foram presos pelas forças de segurança do estado, quando tentavam deixar a comunidade, após o anúncio do governo sobre a ocupação da Rocinha para a implantação de Unidades de Polícia Pacificadora (UPP), que compreende ainda as comunidades do Vidigal e Chácara do Céu.

Nem e seus comparsas, Anderson Rosa Mendonça, o Coelho; Valquir Garcia dos Santos, o Carré; e o ex-policial militar Flávio Melo dos Santos, seguiram em um avião da Polícia Federal, pouco depois das 8 horas, sob forte esquema policial, para a penitenciária de Mato Grosso do Sul, onde ficará à disposição da Justiça.

Reprodução TV Globo
Nem no momento da prisão antes da ocupação da Rocinha pelas forças policiais do Rio de Janeiro.


Fonte: Nominuto
Leia Mais ››

Inovação na economia potiguar


Necessidade, diz o dicionário, é o que não se pode evitar, aquilo que é imprescindível. E foi talvez diante dessa vontade- muitas vezes incontrolável - de fazer algo para solucionar um problema que o Algodão Névoa, uma pequena indústria de algodão hidrófilo instalada no município de Parnamirim (RN), resolveu inovar. Mas como toda grande missão exige um bom obstáculo, a empresa se deparou com uma possibilidade rapidamente descartada: importar um equipamento que inviabilizaria totalmente o projeto devido ao alto custo. A solução? Inventar novas máquinas que reformulassem seu processo e garantissem o resultado esperado.

Após ser patenteado, o equipamento poderá servir inclusive de exemplo para outras indústrias do país. Apesar de positiva, a iniciativa de inovação é uma gota no oceano de negócios brasileiros que apostam nesse tipo de ação. Um estudo realizado pela Confederação da Indústria da Índia, em parceria com a escola de negócios Insead e Wipo (siglaem inglês da Organização Mundial de Propriedade Intelectual) mostra que o Brasil ocupa a 47ª posição no ranking dos 125 países mais inovadores do mundo. O resultado é positivo em uma escala planetária, mas ruim se comparado a alguns vizinhos da América Latina e o Caribe: o Chile lidera a lista, seguido pela Costa Rica.

Assim como no resto do país, o Rio Grande do Norte também apresenta seus entraves. Segundo dados do Cadastro Empresarial do Estado, raio-x elaborado pelo Sebrae RN em 2010, 93% dos empreendimentos informais potiguares sequer usam internet em seu trabalho. Em um detalhamento por setores a porcentagem dos que desenvolveram novos produtos ou processos nos dois anos anteriores não passa de 40% (veja gráfico). Para os formais, a situação é inversa e a maior parte aplica inovação. Porém, a informalidade mostra um retrato mais fiel do estado porque, de acordo com a mesma pesquisa, ela ainda atinge mais de 60% das empresas.

Alheios a esses números, os empresários Ricardo e Fabrício Pinheiro - pai e filho, respectivamente, e diretores do Algodão Névoa - decidiram que precisavam melhorar sua atuação. A empresa tem 30 anos de trabalho no beneficiamento do algodão hidrófilo, vendido em farmácias e muito utilizado por profissionais de saúde e estética. A produção, que chega a 35 toneladas por mês, é diferenciada e complexa. Uma simples mudança climática obriga ajustes às máquinas para que o produto saia adequado. De tão minucioso, grandes indústrias chegam a terceirizar o serviço com as pequenas, comprando apenas o material pronto para embalar.

Líder nas regiões Norte e Nordeste, o Algodão Névoa atende também Sudeste e Sul há aproximadamente 10 anos. A alta demanda e exigência desse mercado, no entanto, era um entrave: não era possível atender com a mesma quantidade e eficiência todas as áreas. Foi após uma consultoria do programa Sebraetec, no ano passado, que os empresários chegaram à conclusão de que precisariam aplicar inovações tecnológicas na fábrica, caso quisessem atingir seus objetivos.

Como a indústria de algodão hidrófilo tem um mercado muito pequeno (Fabrício estima que existem apenas oito empresas como a Névoa no Brasil), apenas um fornecedor em um único lugar do mundo, a Itália, teria os equipamentos necessários para melhorar a automatização. O custo altíssimo não permitiria a aquisição pelo empreendimento norte riograndense. Foi então que consultores do Sebrae RN, junto com a equipe mecânica da fábrica, começaram a desenvolver um sistema, cujos primeiros protótipos já estão em funcionamento. O trabalho também foi financiado com recursos do governo federal.

Os novos equipamentos reduziram o desperdício entre 30% e 40%. Diminuindo também o esforço humano, a Névoa também tornou o produto mais higienizado e padronizado. A economia com a operação inovadora foi de 90% do total estimado pelos empresários tendo em vista que foram adaptadas as estruturas já existentes e novas peças foram produzidas no próprio país - algumas até mesmo dentro da fábrica. Com o início do funcionamento de uma nova máquina no próximo mês, eles acreditam que a produção poderá dobrar. "Diante das dificuldades, somos forçados a pensar em como sair da situação. Esse grande feito foi possível porque juntamos para encontrar a solução", afirma Ricardo. Se a necessidade é a mãe da invenção, nesse caso, foi ela que sem dúvida deu à luz os bons resultados.

Fonte: DN
Leia Mais ››

Enterro de filho de Carlinhos de Jesus será neste domingo


O enterro do filho de Carlinhos de Jesus será na manhã deste domingo no Cemitério São João Batista, em Botafogo, na Zona Sul do Rio. O sepultamento está previsto para as 10h.
Carlos Eduardo Mendes de Jesus, conhecido como Dudu, de 32 anos, era músico e foi  morto a tiros por volta das 4h de sábado (19), quando saía de um bar em Realengo, na Zona Oeste. Dudu ainda foi levado ao Hospital Albert Schweitzer, também em Realengo, mas não resistiu.
Velório
Carlinhos de Jesus estava em Caxias do Sul quando soube da morte do filho. Muito emocionado durante o velório do filho, no Rio, o coreógrafo disse estar confiante no trabalho da polícia para localizar os criminosos.

Velório do filho de Carlinhos de Jesus (Foto: Ag. O Globo)Carlinhos de Jesus no velório do filho, no sábado
(Foto: Ag. O Globo)
“Ele era uma pessoa muito querida. Todos falavam bem dele. Sempre foi muito alegre, palhaço, extrovertido. Não tenho conhecimento de nenhum fato e com certeza a polícia vai apurar (o motivo da morte). Eu confio na polícia”, disse. O coreógrafo disse ainda que não sabia de nenhuma ameaça que o filho pudesse estar sofrendo.
"É muito difícil, uma dor muito grande. Vamos esperar a polícia, que já está investigando, vamos aguardar os acontecimentos. Eu sou muito presente, estávamos sempre juntos. Certamente isso que aconteceu é uma coisa que nós vamos descobrir", disse o coreógrafo.
Polícia busca imagens e testemunhas
As investigações sobre a morte de Dudu de Jesus estão a cargo da Divisão de Homicídios (DH). O delegado-adjunto Allan Duarte informou ao G1, no sábado, que a polícia já tem algumas linhas de investigação, mas prefere não divulgá-las para não atrapalhar o trabalho. Após o crime, equipes estiveram no local do crime em busca de imagens e testemunhas.

Twitter do Carlinhos de Jesus (Foto: Reprodução/Twitter)Pelo Twitter, Carlinhos de Jesus lamenta morte do
filho (Foto: Reprodução/Twitter)
Pelo Twitter, Carlinhos de Jesus lamentou a morte do filho e agradeceu as manifestações de solidariedade: "DOR! Insuportável perder que amamos! Perco meu filho brutalmente. Estou em Caxias do Sul tentando voltar o quanto antes", disse o coreógrafo no microblog.
Último contato
Carlinhos de Jesus contou que o último contato com Dudu aconteceu 20 horas antes do crime. "A gente se falava muito por Twitter e 20h antes de morrer ele me mandou uma mensagem  que dizia: 'Carlinhos de Jesus, Deus está contigo' eu mandei uma mensagem dizendo que eu o amava muito. Foi a última vez que a gente se falou", contou.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Integrantes do Babado Novo são assaltados em churrascaria de Parnamirim


Os integrantes da banda de axé Babado Novo foram alvo de bandidos, na noite deste sábado (19), em Parnamirim. Eles estavam em uma churrascaria, quando por volta das 20h, quatro homens chegaram armados e fizeram um arrastão no local, levando dinheiro, jóias e objetos pessoais.
A banda baiana havia se apresentado no programa Mais Folia, na TV Ponta Negra, na tarde deste sábado. Agora à noite, eles voltariam de ônibus para Salvador, após jantarem na churrascaria de Parnamirim.
Após o assalto, as vítimas foram até a Delegacia de Plantão da Zona Sul, em Candelária, onde registraram a ocorrência. A reportagem do Portal BO conversou com o cantor do Babado Novo, Igor Di Ferreira.
Ele explicou que a situação dentro da churrascaria ficou tensa e o saxofonista da banda chegou a ser agredido com um chute no maxilar. Alisson Ribeiro teve um corte e foi levado para o hospital, mas após receber um curativo já foi liberado.
Os policiais do 3º Batalhão da Polícia Militar estão em diligências para tentar localizar os responsáveis pelo arrastão na churrascaria. Até agora, nenhum suspeito foi encontrado.

Fonte: Sentinelas do Apodi
Leia Mais ››

Dupla é perseguida e baleada após assalto em São Gonçalo


Policiais da Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas (Rocam) e do Batalhão de Choque detiveram na tarde desta sexta-feira (19), dois homens acusados de assalto e tentativa de homicídio. O fato aconteceu no loteamento Porto Belo, em São Gonçalo do Amarante, região metropolitana de Natal.
De acordo com o tenente Peixoto, os acusados foram flagrados pelos policiais fugindo com um veículo roubado de uma residência na mesma localidade. “Ficamos frente a frente com os suspeitos e eles responderam a ordem de parar a bala”, informou.
Uma outra guarnição, esta do BPChoque que estava próxima ao local, participou da perseguição que culminou em uma intensa troca de tiros em um matagal. Um dos bandidos foi atingido e socorrido logo depois. Outro se embrenhou na mata, mas acabou preso em seguida.
No hospital o primeiro a ser capturado foi identificado como sendo um adolescente de 17 anos. O outro, Clenildo do nascimento, de 31 anos, sofreu um tiro na virilha e também foi hospitalizado. Ainda segundo o oficial, Clenildo é suspeito de ter participado do bando de Valdetário Carneiro, assaltante do alto Oeste morto em 2003.
A vítima do assalto, quer terá seu nome preservado, conversou com a reportagem do Portal BO e disse que os assaltantes estavam nervosos e violentos. “Eu entreguei a chave do carro e minha carteira mas mesmo assim eles ainda queria que eu seguisse com eles. Mas eu corri”, contou.
Feridos os dois acusados foram encaminhados para o hospital Santa Catarina e logo depois transferidos para o pronto socorro Clóvis Sarinho. O estado de saúde dos dois, segundo o serviço social daquela unidade hospitalar, inspira cuidados.

Fonte: Sentinelas do Apodi
Leia Mais ››

CAPOTAMENTO COM VÍTIMA FATAL NA BR-110 NO SITIO PEDRINHAS, ZONA RURAL DE AREIA BRANCA/RN.

   Um capotamento deixa um morto e três feridos na noite deste sábado (19/11), na BR-110 no sitio Pedrinhas, zona rural da cidade de Areia Branca/RN. 
   Um carro tipo Corsa Sedan cor prata, placas MYN-7700 Mossoró/RN, conduzido pelo motorista conhecido como "Toinho" 46 anos de idade, residente em Mossoró, o mesmo perdeu o controle do veículo, capotou e caiu em cima de um cisterna, que ficou parcialmente destruída, o motorista foi encaminhado as pressas para o hospital municipal da cidade, mas veio a óbito ao dar entrada na unidade hospitalar. No veiculo, além do motorista estavam, uma criança conhecida como Maria Clara Vieira Freitas, 7 anos, a mãe de Clara, Rita de Freitas, 30 anos, e Maria Verônica Cavalcante 43 anos, todas residentes em Mossoró. 
    No veiculo foi encontrada uma garrafa de bebida alcoólica, o excesso de bebida pode ter sido a causa do acidente.


Maria Rita, mãe da criança, ambas sofreram ferimentos leves





Litro de bebida foi encontrado no interior do veiculo



Fonte: Passando na Hora
Leia Mais ››

Dona de boca de fumo é presa por policiais do 4º Batalhão da Polícia Militar

Policiais do 4º Batalhão prenderam uma mulher de 27 anos acusada de manter uma boca de fumo na Zona Norte de Natal. A prisão aconteceu por volta das 19h, na noite desta sexta-feira (18), na rua José Luiz da Silva, no bairro Nossa Senhora da Apresentação. De acordo com o cabo Adnaldo, dois viciados foram flagrados saindo da casa da acusada e diante do fato os policiais resolveram abordá-los.
Com um dos jovens foi encontrada uma pedra de crack e o suspeito acabou confessando que comprou a droga a uma mulher moradora da casa onde foram vistos pelos policiais. “Fomos até a casa e tivemos permissão para entrar. Lá dentro, em um dos cômodos da casa, encontramos 106 pedras de crack, seis trouxinhas de maconha e 47 reais em dinheiro fracionado”, disse.
Além do material apreendido, os policiais descobriram que a acusada identificada por Suely Moura da Silva, recebia uma pensão de 160 reais do ex- companheiro e que esse valor era pago em pedras de crack, o que surpreendeu o delegado de plantão da Zona Norte Aldo Lopes.“Nesses meus dez anos como policial é a primeira vez que vejo algo tão bizarro” disse.
Suely, que já cumpriu pena por tentativa de homicídio em 2009, conversou rapidamente com a reportagem do Portal BO e disse que realmente vendia drogas e recebia a pensão do marido em crack. Enquadrada na lei de tráfico de drogas, a acusada foi conduzida para o presídio feminino de Emaús onde aguardará o julgamento.


Fonte: Sentinelas do Apodi
Leia Mais ››

Provas do concurso para professor do Estado são aplicadas hoje


Neste domingo, às 9h, os mais de 31 mil candidatos inscritos ao concurso público da Secretaria de Estado da Educação e da Cultura (SEEC) do Rio Grande do Norte farão as provas. O concurso visa ao preenchimento de 3.500 vagas, para os cargos de professor e especialista em suporte pedagógico.
As provas do concurso organizado pela fundação Cesgranrio serão realizadas nas cidades de Natal, Caicó, Mossoró e Pau dos Ferros. O número total de inscritos é de 31.823 candidatos.
Hoje, serão aplicadas as provas objetivas e de redação, com resultado previsto no cronograma de eventos básicos, anexo ao edital, para o dia 20 de dezembro.
Os candidatos aprovados na primeira etapa serão convocados para a avaliação de títulos. Após a convocação prevista para o próximo dia 10 de janeiro, os candidatos deverão entregar os títulos nos dias 11 e 12 do mesmo mês. Concluídas todas as avaliações, os resultados finais deverão ser divulgados no dia 28 de fevereiro de 2012. 
Os cartões de inscrição foram entregues via Empresa de Correios e Telégrafos, especialmente para os inscritos nos postos credenciados e por meio de impressão no endereço eletrônico da Cesgranrio (www.cesgranrio.org.com.br).
Das 3.500 vagas ofertadas, 2.900 são para professores e 600 para pedagogos. O concurso está ofertando vagas para professores nos componentes curriculares de Arte, Biologia e Ciências, Educação Física, Filosofia, Física, Geografia, História, Língua Espanhola, Língua Inglesa, Língua Portuguesa, Matemática, Química, Sociologia e Pedagogia para os anos iniciais do ensino fundamental. O processo objetiva o preenchimento de vagas atualmente existentes e das que vierem a surgir ou forem criadas durante o prazo de validade do concurso público. 
Apesar de as provas terem início às 9h, os candidatos devem chegar com uma hora de antecedência. Os portões dos locais de prova serão abertos às 8h. Só será admitido na sala de provas o candidato que estiver munido de documento oficial de identificação com fotografia, além do cartão de confirmação de inscrição e de caneta esferográfica de tinta na cor preta fabricada em material transparente.

Fonte: Defato
Leia Mais ››

Anatel aponta que população utiliza mais de uma linha telefônica ao mesmo tempo

linha_telefonica
A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgou os dados mais recentes relacionados aos acessos de telefonia móvel no Brasil. O país fechou o mês de outubro com mais de 231,6 milhões de acessos e nos dez primeiros meses do ano o Serviço Móvel Pessoal (SMP) registrou quase 28,7 milhões de novas habilitações, o que representa um crescimento de 14,14% em 2011. Os números da Anatel comprovam uma realidade fácil de ser percebida diariamente: é cada vez maior a quantidade de pessoas que utilizam não apenas uma, mas várias linhas telefônicas móveis ao mesmo tempo.
A marketóloga Jaianny Eufrásio, por exemplo, possui atualmente dois celulares, com quatro chips, um de cada operadora que atua em Mossoró. "A concorrência entre as operadoras faz com que surjam inúmeras promoções que atraem os clientes, fazendo com que dessa forma as pessoas tenham interesse em adquirir novas linhas", justifica.
Ela explica ainda que os problemas de rede que ocorrem constantemente em algumas operadoras contribuem para a aquisição de novas linhas. "Até mesmo no trabalho é necessário possuir mais de um chip ou de um celular. Muitas vezes a operadora apresenta falhas, e a comunicação fica inviabilizada, o que acaba se tornando um problema, e pode prejudicar o desenvolvimento das atividades", destaca Jaianny Eufrásio.
Os dados apresentados pela Anatel revelam que a teledensidade (que representa a quantidade de acessos de telefones celulares para cada grupo de 100 habitantes) no Brasil alcançou a marca de 118,3 para cada 100 pessoas.
O estudante Carlos César está inserido nessa estimativa apresentada pela Agência Nacional de Telecomunicações. Utilizando dois celulares, ele também defende que as facilidades existentes com as promoções divulgadas pelas operadoras, proporcionam a necessidade de possuir mais de uma linha. "As promoções são lançadas para serem utilizadas entre a mesma operadora, por isso, é preciso ter mais de uma linha", afirma.
Segundo a Anatel, a teledensidade no Rio Grande do Norte está estimada em 117,3 acessos para cada grupo de 100 habitantes. A área de registro que apresenta a maior teledensidade é a Bahia, onde para cada 100 pessoas são registrados 183,33 acessos.

Fonte: O Mossoroense
Leia Mais ››

Belezas do RN serão destaque em matéria nacional

praia_do_rn
As belezas do Rio Grande do Norte irão ser destaque em matéria nacional na Rede Record de televisão. Uma equipe do programa "Tudo é Possível", da apresentadora Ana Hickman, estará em terras potiguares na próxima semana para registrar vários pontos turísticos. O Governo do Estado, através da Emprotur, em parceria com a ABIH-RN e a Avianca Linhas Aéreas são parceiros nesta ação de divulgação turística.
A matéria irá ao ar no quadro "Missão Verão" em que as repórteres Dani Bolina e Lizzi Benites, a Piu Piu, vão para os pontos turísticos do Brasil e do mundo, nesta época de calor, mostrando a cultura, os passeios, as baladas, as mais belas praias, e dão dicas de viagem nos destinos escolhidos. No cronograma de filmagens estão incluídas Natal, Pipa, Barra de Cunhaú e São Miguel do Gostoso.
De acordo com o presidente da Emprotur e secretário de Turismo do RN, Ramzi Elali, esta exposição do destino veio em boa hora, pois irá reforçar a divulgação publicitária que já está sendo realizada nacionalmente.
"Esta ação será muito importante para a divulgação do RN em um programa de grande audiência nacional. O Governo do RN não poupou esforços para conseguir trazer esta equipe para cá. A parceria com a ABIH-RN e a Avianca foram imprescindíveis, pois juntos conseguimos viabilizar tudo que a produção do programa solicitou", explicou Ramzi.

Fonte: O Mossoroense
Leia Mais ››

Detran realiza leilão de veículos apreendidos

veiculos_apreendidos_pelo_detran
Com base no Artigo 328 do Código Brasileiro de Trânsito (CTB), o Detran-RN vai realizar o primeiro leilão de veículos apreendidos em 2011. Vão à hasta pública 192 veículos, sendo 161 carros e 31 motocicletas, e os proprietários têm até o próximo dia 8 de dezembro para regularizar a situação e reaver os seus veículos. O Detran já está tomando todas as medidas legais para realizar o leilão e, após este prazo, será definida a data do certame.
O Artigo 328 do CTB diz que "os veículos apreendidos ou removidos a qualquer título e os animais não reclamados por seus proprietários, dentro do prazo de noventa dias, serão levados à hasta pública, deduzindo-se, do valor arrecadado, o montante da dívida relativa a multas, tributos e encargos legais, e o restante, se houver, depositado à conta do ex-proprietário, na forma da lei".
Assim, o diretor-geral do Detran, Érico Ferreira de Souza, baixou Edital de Cientificação, publicado no Diário Oficial do Estado, como uma das medidas legais adotadas para a realização do leilão. O Detran também já constituiu a Comissão de Leilão, publicada no Diário Oficial do Estado de 12 de novembro, formada por representantes da Procuradoria-Geral do Estado, Polícia Rodoviária Federal (PRF), Secretaria de Estado da Tributação, Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana e do Detran. "A comissão é responsável desde a avaliação do veículo até a regularização para que o mesmo possa ir para o leilão sem infrações", esclareceu o chefe de gabinete do Detran, Arlindo Nascimento.
Ele disse ainda que existem no pátio do Detran cerca de 1.100 veículos apreendidos."Os 192 veículos que serão leiloados e os que ainda estão no pátio do Detran foram apreendidos por diversos motivos, desde a questão da habilitação do condutor, documentação irregular do veículo e alguns por questões judiciais", revelou Arlindo. Entre os veículos que estão atualmente no pátio do Detran da capital, 60% são motos. O chefe de gabinete disse também que a meta do Detran é realizar leilões a cada dois meses para acabar com a demanda de carros e motos estacionados nos pátios do órgão na capital.

Fonte: O Mossoroense
Leia Mais ››

Fungo derruba safra de caju em 20%


A safra de caju e castanha na região Oeste do Rio Grande do Norte não será a esperada. Terá uma queda de pelo menos 20% do que foi previsto pelos produtores e especialistas do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do Rio Grande do Norte (EMATER-RN). Um fungo identificado pela Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMBRAPA) com o nome de Oídio impede o desenvolvimento do cajueiro e do fruto.
Já havia a suspeita da presença do fungo na região Oeste há cerca de dois anos. Mesmo assim, os produtores de castanha não acreditavam que fosse fazer a diferença. Entretanto, o quadro mudou. O fungo atingiu os cajueiros com força, forçando-os a produzir menos. "O caju fica com rachaduras e a castanha não se desenvolve como deveria. O fungo também impede que a copa do cajueiro cresça como é preciso para produzir bem", destaca o extensionista da Emater Anchieta Martins, do município de Serra do Mel.
Havia uma previsão da Emater de o município de Serra do Mel chegar a uma produção recorde de 18 mil toneladas de castanha, mas o fungo atacou na região que mais produz no município, ou seja, a região norte. Com a ação do fungo, é provável que a safra fique em torno de 12 mil toneladas de castanha. Ainda conforme Anchieta Martins, o mesmo problema afetou também as demais áreas. "Temos informações que os pomares das demais cidades do Rio Grande do Norte, Ceará e do Piauí também estão com esse mesmo fungo", diz.
E os produtores da Serra do Mel saíram há poucos anos de uma praga de mosca-branca. Nesse caso, o combate era feito com olho de algodão, detergente e água. No caso do fungo Oídio, ainda não há um método definido de combate, especialmente porque as áreas afetadas são grandes e necessitariam de uma grande ação dos produtores. O produtor Euzébio Maia reconhece o prejuízo, mas diz que está conseguindo, mesmo assim, uma boa safra.
Com a ação do fungo, o caju fica feio. Não é muito apresentável para feira livre ou prateleira de supermercado. Porém, conforme Euzébio Maia, o caju, mesmo com essa aparência desagradável, tem um bom suco. Ele coletou o caju e vendeu todo para a produção de popa de suco de caju. A castanha não se desenvolve como de praxe, porém atingiu um tamanho médio de mercado. Parte da castanha produzida foi negociada para as grandes fábricas de Mossoró e do Ceará e outra parte está sendo armazenada para ser beneficiada em pequenas fabriquetas nas próximas residências dos produtores.

SOBRE A SERRA DO MEL
O município de Serra do Mel foi projetado e implantado no final da década de setenta, início da década de oitenta, especificamente para produzir castanha e caju. São 22 vilas rurais e uma administrativa. São 1.196 lotes, onde estão plantados aproximadamente quatro milhões de pés de cajueiro. A cidade tem aproximadamente dez mil habitantes, que sobrevivem da colheita do caju e da castanha, além da produção de melancia (35 mil toneladas ano), criação de bovinos, caprinos e também produção de mel de abelha italiana.

Clima facilita o surgimento do fungo
A engenheira agronomia Cleusirene Alves, mestranda em irrigação e drenagem pela Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA), disse que o surgimento do fungo Oídio tem relação direta com o clima e não com a prática da monocultura, como é o caso da Serra do Mel. Esse tipo de prática de produção agrícola pode facilitar o surgimento de outros tipos de pragas, como a mosca-branca, por exemplo.
No caso específico do Oídio, Cleusirene Alves disse que é novidade a chegada desse tipo de fungo no cajueiro. "É comum nas plantações de melão e uva, mas não em cajueiros. Surge com as altas temperaturas durante o dia e uma espécie de orvalho nas manhãs. E, quando chega, o fungo pode resistir ao tempo e se adaptar ao clima", explica, lembrando que esse tipo de fungo geralmente atrai outro, de nome míldio. "Os fungos agem juntos", diz.
No caso dos produtores da Serra do Mel, Cleusirene Alves disse que nesta safra, que começou em setembro e vai até meados de janeiro do próximo ano, não existe muito o que fazer para evitar um estrago maior, pois não se pode aplicar fungicidas nos períodos de safra, visto que se tratam de alimentos. "O correto é fazer uma aplicação de fungicidas logo após o inverno e antes da safra, quando surgirem os primeiros indícios", diz.
A engenheira explicou que, realmente, o Oídio e Míldio podem deixar afetar o caju e a castanha, mas lembrou que a literatura enfatiza a presença desses dois fungos com mais frequência na produção de melão. "No caso da uva, em alguns casos, se não forem adotadas as medidas em tempo adequado, chega-se a perder um percentual muito alto da safra", destaca.

Fonte: Defato
Leia Mais ››

Especialistas em arrombamentos de caixas eletrônicos são importados do Sudeste

caixa_eletronico_arrombado_3
Investigações realizadas pela Divisão de Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) apontam que os especialistas em arrombamentos de caixas eletrônicos, com o uso de maçaricos, que estão atuando com muita frequência no Rio Grande do Norte, estão sendo importados da região Sudeste, a maioria de Santa Catarina. A conclusão foi tirada depois que três homens conhecidos como "Caixeiros", procedentes da cidade de Joinville (SC), vinham constantemente a Natal para coordenarem grandes roubos a bancos e treinar outros criminosos.
A delegada Sheila Freitas, titular da Deicor, conseguiu identificar um dos especialistas como sendo Antonio Carlos Marcelino, que domina a técnica de usar o maçarico para abrir as máquinas sem que as notas sejam extraviadas. "Não é tarefa fácil, que qualquer um pode fazer. É preciso conhecimento técnico para evitar que o caixa pegue fogo ou as notas sejam queimadas. Por isso, esses criminosos acabam se tornando os líderes das quadrilhas", disse a delegada.
Para a Deicor, os assaltantes de Joinvile pelo menos duas vezes por mês vinham ao RN para orquestrar as ações criminosas, tanto na capital como no interior. "Eles se articulam com os criminosos daqui e estavam vindo só para fazer o assalto e voltar. Muitas vezes eles nem usam avião para não deixar rastos", explicou a delegada.
Os assaltos aos terminais eletrônicos eclodiram no Estado depois que os bandidos em uma ação ousada explodiram duas agências do Banco do Brasil nas cidades de Umarizal e Martins, em 19 de julho de 2010. Daí para cá as ocorrências se propagaram por diversas cidades do Estado.
A preferência por terminais eletrônicos, ao invés de assalto "no peito e na raça", famosos nos anos 80 e 90, ganhou espaço entre as quadrilhas, devido ser mais prático e eficaz. "O risco de chegar a uma agência, invadir, fazer reféns, esperar que o cofre abra na hora programada é bem maior do que na calada da madruga, render um ou dois vigilantes e queimar com maçarico ou mesmo explodir com dinamites. O número de baixa é quase zero", destacou.
Para o delegado, a técnica de usar o maçarico se popularizou devido chamar menos a atenção do que acordar uma cidade com as explosões, como aconteceu em Umarizal e Martins no ano passado. "Os casos de Umarizal e Martins foram bem orquestrados e a explosão do primeiro, no caso em Umarizal, foi para chamar a atenção da polícia e deixar o caminho livre para a ação de Martins, de onde foi levado uma soma de dinheiro bem maior", disse.
Outro assalto a terminal eletrônico que ficou bastante famoso pela ousadia dos criminosos aconteceu em Natal, quando uma quadrilha armada invadiu a sede do Tribunal de Justiça do RN, no dia 30 de outubro, e levou todo o dinheiro de um dos caixas que ficam localizados no prédio.
Depois de vários dias de investigação, a Deicor preendeu 11 pessoas acusadas de participação no roubo, dentre elas dois policiais militares e um funcionário terceirizado que trabalhava no local. As prisões ocorreram nos bairros de Petrópolis e na Praia dos Artistas, em Natal. 
Uma luz no fim do túnel para transportar dinheiro com segurança
Durante um evento internacional de equipamentos sofisticados de alta tecnologia, uma empresa americana apresentou um sistema de transportes de valores que deverá ser a solução para combater os roubos a carros fortes, no entanto requer um investimento muito alto para os bancos e empresas especializadas.
A nova tecnologia está chegando ao Brasil e que, segundo a empresa idealizadora, tornará os carros-fortes obsoletos e diminuirá drasticamente o assalto a transportes de valores.
Segundo os americanos, a tecnologia, chamada "Cash Protection Solution", é composta por uma maleta para o acondicionamento de dinheiro e gavetas nas quais as maletas são encaixadas. Munida de vários sensores a maleta detecta se for transportada fora do horário marcado e também só pode ser carregada por uma pessoa registrada, que ela reconhece através de leitura de impressões digitais.
A maleta com o dinheiro deve ser transportada no horário certo para uma van que contém as gavetas, que servem como uma espécie de check-point. Após chegar ao local de destino a maleta deve ser retirada dessa gaveta pela pessoa autorizada e ser inserida no caixa eletrônico, num tempo determinado. O sistema todo já é compatível com os caixa existentes no Brasil, facilitando a adoção.
Caso alguma coisa saia do esperado um alarme dispara e a maleta libera um cartucho de tinta que inutiliza todas as notas dentro dela. A ideia da Sintel é que, como essa tecnologia torna impossível o roubo de dinheiro sem destruí-lo, não existe mais motivo para carregá-lo em carro-forte ou por pessoas armadas.

Poder de fogo das quadrilhas mostra lado vulnerável das forças policiais do Estado
Os constantes arrombamentos aos terminais eletrônicos das agências bancárias em cidades do RN tem ocorrido cada vez mais com frequência e vem desafiando a polícia no combate aos criminosos, que a cada dia mais inovam na ousadia.
Cidades localizadas nas mais diferentes regiões do Estado já foram alvos das quadrilhas especializadas, mostrando a vulnerabilidade do sistema de segurança, refletindo no poder de fogo de alta tecnologia, com armamentos potentes que sobrepujam o poder bélico dos policiais.
Foi o que aconteceu no dia 13 de setembro deste ano, quando uma quadrilha fortemente armada invadiu a cidade de Coronel Ezequiel, rendeu os funcionários de um posto de combustíveis, prendeu a polícia e levou todo o armamento. De quebra, os bandidos fizeram dois policiais de reféns e os abandonaram completamente nus em uma estrada carroçável, já no Estado da Paraíba.
A delegada da Deicor, Sheila Freitas, responsável por investigar a maioria dos assaltos ocorridos no interior do Estado, tem encontrado muita dificuldade para prender os assaltantes. A principal delas é a falta de estrutura das delegacias e o pouco policiamento civil nas cidades. Mesmo assim, somente nos últimos três meses mais de 10 quadrilhas foram desarticuladas.

Fonte: O Mossoroense
Leia Mais ››

Prefeito da Serra do Mel nega envolvimento em morte de Ednaldo

O prefeito de Serra do Mel, Josivan Bibiano de Azevedo, negou ontem qualquer envolvimento com o assassinato do presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) da cidade, Ednaldo Filgueira, ocorrido em 15 de junho deste ano. Em entrevista dada a uma emissora de rádio da cidade, Bibiano disse que não tinha qualquer motivo para fazer algo contra Ednaldo e se disse injustiçado. "Sou inocente. Estão querendo estragar a minha vida e da minha família", disse.
As declarações do prefeito foram dadas após reportagem do DE FATO revelando que o delegado Odilon Teodósio - responsável pela investigação sobre a morte de Ednaldo - indiciou o prefeito como autor intelectual (mandante) do assassinato. Os autos do inquérito estão com o procurador geral de justiça, Manoel Onofre Neto, que vai decidir pela denúncia do prefeito ou pelo arquivamento do inquérito. O prefeito disse que vai aguardar a decisão da procuradoria e acredita que sua inocência será revelada. "Acredito no judiciário do Rio Grande do Norte e na justiça de Deus. A justiça de Deus nunca falha", disse.
De acordo com a defesa de Josivan Bibiano, o indiciamento do prefeito foi feito de forma ilegal, já que o inquérito que apurava a morte de Ednaldo foi concluído, inclusive com a denúncia criminal de oito pessoas acusadas de envolvimento no crime. De acordo com os advogados, o delegado não pode indiciar outra pessoa num mesmo inquérito que já foi concluído, inclusive com denúncia do Ministério Público Estadual (MPE).
Ednaldo era presidente do PT da cidade e fazia oposição ao prefeito, que pertence ao PSDB. "Mas nunca tive nenhum problema político nem pessoal com ele, inclusive o pai dele ainda é da minha família. Não entendo o porque do delegado fazer esse indiciamento. Não tenho nada a ver com essa situação que estão me impetrando", disse Bibiano. O delegado Odilon Teodósio, responsável por toda a investigação do caso, disse que possui elementos suficientes para apontar o prefeito como autor intelectual do crime.
Sobre o pedido de habeas corpus, impetrado por ele no Fórum Municipal Desembargador Silveira Martins, os advogados dele disseram que está relacionado à possibilidade de indiciamento por parte do delegado, mas não para trancar nenhuma ação penal. O pedido foi negado, primeiramente, pelo juiz da 1ª Vara Criminal de Mossoró.
Durante a entrevista na emissora de rádio, Bibiano argumentou as acusações feitas a ele na investigação são todas por parte de um opositor seu, que teria interesses políticos. "Não quero falar em nomes agora, mas fica claro que são pessoas que querem me prejudicar e prejudicar toda a Serra do Mel", explicou.
O inquérito indiciando o prefeito está nas mãos do procurador geral de justiça, que vai decidir se o acusado deve ou não ser indiciado. Por possui foro privilegiado, prefeitos só podem ser denunciados criminalmente pela procuradoria geral de justiça.
Ednaldo Filgueira foi executado a tiros na noite de 15 de junho, em frente ao Jornal Serrano, de sua propriedade, na Serra do Mel. Ele costumava fazer denúncias contra a gestão municipal no jornal e no blog Jornal Serrano. O delegado Odilon Teodósio foi nomeado, em caráter especial, para investigar o caso e contou com apoio da Polícia Federal.
Oito pessoas foram presas, indiciadas e denunciadas pelo assassinato. O grupo estaria envolvido com a logística e execução do crime. A figura de um suposto mandante não havia surgido ainda até o indiciamento do prefeito, feito pelo delegado Odilon Teodósio.
O presidente do PT no Rio Grande do Norte, Fernando Mineiro, disse que está acompanhando o desenrolar das investigações e espera que todos os envolvidos no crime sejam identificados e punidos.

Fonte: Defato
Leia Mais ››

Acusado de chacina vai a júri dia 30/11

Dez anos depois, as imagens da chacina em que foram mortos o então prefeito de Caraúbas, Aguinaldo Pereira da Silva, sua mulher, Antônia Gurgel da Nóbrega Pereira (Nieta), os policiais militares Ronaldo Rafael da Silva e Cláudio Pereira do Nascimento - que faziam a segurança do casal - e o caseiro Everlânio da Silva voltarão a chocar e emocionar parentes e amigos das vítimas. No próximo dia 30, um dos acusados de participação na chacina, Francisco Sales Fernandes, "Negão da Serra", será submetido ao júri popular no Fórum Municipal Desembargador Silveira Martins, em Mossoró. "Negão da Serra" é um dos poucos acusados do crime que continua vivo.
Aguinaldo Pereira e a mulher viajavam de Caraúbas para Mossoró, na noite de 7 de novembro de 2001, acompanhados dos dois seguranças e do caseiro da família. No Km 13 da rodovia RN-117, perto da entrada do município de Mossoró, o Santana branco em que as vítimas viajavam foi interceptado por uma camioneta Ranger, com seis ocupantes armados com espingardas, pistolas e fuzis.
Assim que os bandidos começaram a atirar, o policial Cláudio Pereira, que dirigia o carro, perdeu o controle da direção e o veículo capotou várias vezes, descendo a pista e parando em frente a uma casa, à margem da estrada. Os bandidos, liderados por José Valdetário Benevides Carneiro, fuzilaram o veículo, matando os ocupantes, com exceção de Nieta, que morreu durante a queda do veículo.
As investigações policiais apontaram que, além de Valdetário, participaram da ação Francimar Fernandes Carneiro (Cimar Carneiro), Francisco Clécio do Nascimento, Emerson Carmona e José Maria Roque da Silva. Valdetário e Cimar Carneiro teriam ficado dentro do veículo, enquanto Clécio, Emerson Carmona e Negão da Serra executavam as vítimas. As mortes resultaram de uma rixa antiga entre as famílias Carneiro e Simeão (à qual pertencia Aguinaldo Pereira). Um irmão do prefeito já havia sido assassinado pela quadrilha de Valdetário. Em abril de 2006, outro irmão de Aguinaldo, Elinaldo Simeão, foi executado. A mulher de Valdetário, Aguinalda Fernandes Benevides, "Neta", foi condenada pela autoria intelectual da morte de Elinaldo.
"Negão da Serra" está recolhido no Presídio Aníbal Bruno, em Recife (PE), e deve ser escoltado por policiais militares potiguares no trajeto até Mossoró, para participação no júri popular. Os advogados de defesa podem pedir a ausência do réu no julgamento.
Ele foi preso na praia de Búzios, em Natal, semanas depois da chacina. Em depoimento aos delegados que investigaram o caso, "Negão da Serra" confessou a participação no crime e deu detalhes de como tudo aconteceu. De acordo com ele, os bandidos ficaram aguardando a passagem do veículo do prefeito em um trecho à margem da RN-117.
Um informante da quadrilha avisou ao grupo o momento em que Aguinaldo Pereira saiu de Caraúbas, onde havia participado de uma solenidade da Companhia Energética do Rio Grande do Norte (COSERN). O prefeito decidiu voltar a Mossoró para assistir a um jogo da Seleção Brasileira de Futebol.
Quando o carro com as vítimas passou no trecho, os bandidos seguiram o veículo e no Km 13 emparelharam com o Santana e começaram a execução do crime.

Maioria dos acusados foram mortos
No decorrer do andamento do processo sobre a chacina, parte dos acusados foi assassinada em confronto com as Polícias do Rio Grande do Norte e de outros Estados. "Negão da Serra" é o único a ser julgado pelo caso que chocou o Rio Grande do Norte. No caso de Francisco Célio, o processo tramita separadamente. Valdetário e Francimar Carneiro, assim como Emerson Carmona, tiveram extinta a punibilidade no processo depois de suas mortes.
Valdetário foi apontado como o autor intelectual do crime e participante da execução, mesmo não tendo efetuado nenhum tiro, conforme confissão feita por Negão da Serra.
A morte do prefeito Aguinaldo Pereira aconteceu menos de dois meses depois da morte de Luiz Benevides Carneiro, "Doutor Carneiro", chefe maior da família Benevides Carneiro. "Doutor" morreu vítima de um infarto, após policiais soltarem bombas de efeito moral dentro da cela onde ele estava preso, em uma cadeia de Teresina (PI).
Em 1999, a quadrilha liderada por Valdetário Carneiro já havia matado o médico João Pereira, irmão do prefeito Aguinaldo Pereira, de Caraúbas. O médico estava na calçada da casa de uma enfermeira em Caraúbas, quando foi surpreendido pela quadrilha, que o perseguiu pela casa e o fuzilou. A enfermeira foi alvejada com um tiro e também morreu. Na semana passada, Agnaldo Benevides Carneiro, "Galeguinho", foi absolvido pelo júri popular, durante julgamento desse caso.

Fonte: Defato
Leia Mais ››