Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

Loading ...

quinta-feira, dezembro 15, 2011

Epidemia de dengue atinge 116 municípios do RN com mais de 27 mil casos


A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) divulgou, nesta quinta-feira (15), por meio do Programa Estadual de Controle da Dengue, o novo boletim epidemiológico da doença. Desde o início do ano até o último dia 10, o RN contabiliza um total de 27.820 casos notificados como suspeitos, dos quais 12.995 foram confirmados.

Conforme os últimos dados, o quantitativo de municípios do Estado que apresentam incidência alta da doença corresponde a 116, enquanto 38 estão com média e 13 com baixa. O município de Natal permanece com incidência alta, registrando o maior número de notificações de casos suspeitos do RN (9.407). Em seguida, estão os seguintes municípios: Mossoró (2.605), Parnamirim (1.838), Santa Cruz (1.053), São Gonçalo do Amarante (690), João Câmara (644), Macaíba (548), Nova Cruz (440) e Pau dos Ferros (408).

O Programa Estadual de Controle da Dengue alerta a população para a importância das medidas de prevenção, principalmente por meio da eliminação de criadouros, para combater a dengue.

Fonte: DN
Leia Mais ››

Agência dos correios volta a ser assaltada na cidade de Coronel Ezequiel/RN




Nesta quarta-feira (14/12) a agência dos Correios do município de Coronel Ezequiel voltou a ser assaltada. Os meliantes adentraram a agência e segundo informações de pessoas que estavam no local, anunciaram o assalto, levando uma quantia em dinheiro, ainda não divulgada pelos responsáveis da agência.


A Policia Federal irá investigar o caso, e tentar identificar e posteriormente capturar os ladrões autores da pratica criminosa.


A menos de um mês a agência dos correios de Coronel Ezequiel foi assaltada, no ultimo dia 03/12. Em Coronel Ezequiel já houve vários assaltos, a cerca de três meses, quando assaltantes roubaram o posto de combustível da cidade e tentaram sem sucesso explodir o caixa eletrônico do Bradesco na cidade, fazendo inclusive os policias de plantão como reféns dos assaltantes.


Fonte: Eduardo Dantas
Leia Mais ››

COLISÃO CARRO COM DUAS MOTOS DEIXA UMA PESSOA FERIDA NA LESTE-OESTE EM MOSSORÓ.

   Uma colisão envolvendo um carro com duas motocicletas na tarde desta quinta-feira (15/12) por volta das 16h10min deixou um motociclista ferido na Av. Leste-Oeste no centro de Mossoró.
    Segundo informações da condutora do carro ela seguia no seu Corsa Sedam de cor prata, placas MXS-9013 Mossoró/RN no sentido Alto de São Manoel - Centro quando fez a conversão à esquerda para entra em um posto de combustível, chegando a colidi frontalmente com duas motocicletas que vinha no sentido contrário, uma moto Fan de cor vermelha, placa MYW-3889 Mossoró/RN conduzido por José Aílson Ribeiro Silva, 28 anos, e uma Tornado de cor preta, placa MZA-7333 Mossoró/RN o condutor nada sofreu.
    O motociclista da moto Fan, foi conduzido por uma viatura do SAMU para o HRTM com escoriações de arrasto e uma suposta fratura do membro inferior direito, altura do joelho.
    Policiais de trânsito do 2°DPRE foram ao local para  realizarem os procedimentos de perícia.


Blog: Passando na Hora

Blog: Passando na Hora

Blog: Passando na Hora

Blog: Passando na Hora
Blog: Passando na Hora

Blog: Passando na Hora

Blog: Passando na Hora
Blog: Passando na Hora

Blog: Passando na Hora

Blog: Passando na Hora

Blog: Passando na Hora



Fonte: Passando na Hora
Leia Mais ››

Aeromoças transexuais estreiam em companhia aérea na Tailândia

A empresa aérea de baixo custo PC Air estreou nesta quinta-feira (15) sua primeira tripulação transexual em um voo doméstico entre a capital, Bangcoc, e Surat Thani, no sul da Tailândia.
A companhia havia contratado as aeromoças no início do ano, após um disputado processo seletivo. O objetivo era se diferenciar da concorrência e mostrar tolerância.
Os requisitos para contratação foram os mesmos das aeromoças mulheres, como beleza e feminilidade.

A Tailândia tem a reputação de ser tolerante em relação aos transexuais, mas eles denunciam que continuam a sofrer perseguições.

Aeromoças transexuais posam nesta quinta-feira (15) no aeroporto tailandês de Surat Thani (Foto: Reuters)Aeromoças transexuais posam nesta quinta-feira (15) no aeroporto tailandês de Surat Thani (Foto: Reuters)
Nathatai Sukkaset, de 26 anos, conversa com passageiros durante o voo nesta quinta-feira (15)  (Foto: Reuters)Nathatai Sukkaset, de 26 anos, conversa com passageiros durante o voo nesta quinta-feira (15) (Foto: Reuters)
Chayathisa Nakmai, de 24 anos, demonstra procedimentos de segurança (Foto: Reuters)Chayathisa Nakmai, de 24 anos, demonstra procedimentos de segurança (Foto: Reuters)


Fonte: G1
Leia Mais ››

Alergia a água impede jovem de 26 anos de chorar

Katie Dell, hoje com 26 anos, tem uma alergia a água que só piora com o passar dos anos. (Foto: Caters News)Katie Dell, 26 anos, tem uma alergia a água que só piora com o passar dos anos. (Foto:Caters News)

A galesa Katie Dell, de 26 anos, não pode entrar em contato com água. Ela é portadora de um tipo raro de alergia a água, diagnosticado em apenas 35 pessoas no mundo. Quando entra em contato muito prolongado com o líquido, Katie começa a se coçar de forma intensa e a ficar com a pele vermelha e irritada.
A condição de Katie a faz ter medo de ver filmes muito tristes - que possam fazê-la chorar - ou até de sair de casa em dias chuvosos. Os banhos também não podem ser muito demorados. Natação é uma atividade quase proibida. Em todos os casos, a água faz com que sua pele apresente marcas doloridas, parecidas com queimaduras.
Ela precisou deixar o emprego de professora de dança em Flint, no País de Gales, pois até mesmo o suor de seu corpo causava forte reação alérgica ao entrar em contato com a pele.

Os primeiros sintomas vieram quando ela tinha 16 anos, após uma operação na língua. Depois da operação, ela supôs ser alérgica a penicilina, o mais antigo dos antibióticos. Os médicos de Katie acreditavam que a medicação havia alterado os níveis de histamina dela - essa é a substância responsável no corpo humano por gerar alergias.

Mas os sintomas retornavam toca vez que ela tocava em algo molhado. Os médicos começaram a achar que Katie estava fingindo as reações alérgicas, já que o conhecimento sobre a doença é escasso.
Desacreditada pelos médicos, ela ainda tentou mudar as marcas de sabonete, de shampoo e de condicionador. Depois de todas as tentativas falhas, ela decidiu pesquisar na internet sobre pessoas com casos parecidos com o dela.
Segundo Katie, sua condição continua a piorar diariamente e tende a ficar mais severa com o passar dos anos. No passado, ela sentia apenas uma coceira leve. Atualmente, as reações alérgicas são tão fortes que fazem Katie chorar de dor - mas ela se recusa a chorar, para não aumentar a alergia.
A doença não tem cura. Segundo Lindsey McManus, britânico especialista em alergias, a doença pode ser causada por muitos fatores, desde a temperatura da água até compostos químicos misturados no líquido.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Jornalista americano é condenado por ofensas contra o povo brasileiro no caso do voo da Gol

A Justiça do Paraná condenou, nesta quinta-feira (15), o jornalista norte-americano Joe Sharkey a se retratar publicamente por ofensas contra instituições e o povo brasileiro feitas após o acidente com o voo 1907 da Gol, em outubro de 2006.
Por dois votos a um, a Nona Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Paraná também condenou Sharkey a pagar uma indenização de R$ 50 mil a Rosane Gutjahr, viúva de um dos passageiros do Boeing 737-800 da Gol, que caiu na  região da Serra do Cachimbo, norte do Mato Grosso.
Sharkey era um dos passageiros do jato particular Legacy que colidiu e causou a queda do avião da Gol, matando seus 154 ocupantes.

Dias depois, ele publicou uma reportagem no jornal norte-americano “The New York Times” sobre o acidente. Em seu blog, porém, ele passou a fazer críticas ao governo brasileiro, à Polícia Federal e ao sistema de controle de tráfego aéreo do país.
Sharkey tem 15 dias após a publicação da sentença para apresentar recurso. Mas ele sequer nomeou advogado para defendê-lo e, em seu blog, tem ironizado o processo.
Se não houver recurso, o Poder Judiciário brasileiro deverá considerar a sentença definitiva e enviará carta rogatória à justiça dos EUA, pedindo para que a condenação seja cumprida.
O julgamento foi iniciado em 17 de novembro, quando dois dos três desembargadores da Nona Câmara Cível --Sérgio Luiz Patitucci e Rosana Fachinn-- votaram pela condenação de Sharkey.
O terceiro integrante da Câmara, José Augusto Gomes Aniceto, porém, pediu vistas do processo, adiando o encerramento do caso para hoje.
Aniceto rejeitou a condenação de Sharkey alegando não enxergar nexo de causalidade --isto é, dano causado à autora da ação nos textos escritos pelo jornalista.
Apesar disso, a decisão dele não altera o resultado do julgamento, na prática decidido desde a primeira sessão.
O que disse o jornalista
 “Eu já estou ouvindo que os gênios do Congresso fizeram a tradução livre de alguns trechos das conversas gravadas na caixa preta do Legacy no longo relatório que eles esperam publicar nessa semana. Vamos nos divertir enquanto esperamos o Congresso brasileiro emitir uma nuvem nebulosa de infundadas acusações ainda nessa semana”, escreveu o jornalista em seu blog, em julho de 2007, segundo documentos apresentados pela acusação.
Nos documentos também se leem críticas ao então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, chamado de “Lucky Lula” (Lula Sortudo) e ao então ministro da Defesa Waldyr Pires (“onde eles arrumam oficiais como este?”, pergunta-se).
O blog, entretanto, não está mais no ar. “O que pedíamos, e a Justiça acatou, é que a retratação seja publica e divulgada nos mesmos veículos em que as ofensas”, afirmou o advogado da associação que reúne parentes de vítimas do voo 1907, Dante D'Aquino.
Em seu novo blog, Sharkey criticou a decisão dos juízes brasileiros em post escrito horas depois da primeira sessão de julgamento, em 17 de novembro, quando dois dos magistrados já o haviam condenado.
“É bastante conhecido que eu nunca disse nada remotamente semelhante [às ofensas alegadas pela acusação]”, defendeu-se.
“Trata-se de acusações fabricadas numa tentativa de encobrir a conduta irregular das autoridades após a tragédia, desacreditar minhas informações e comentários sobre a lamentável condução do acidente pelo governo brasileiro e me inibir de fazer novas análises [sobre o caso] a partir dos EUA”, escreveu.
“[A condenação] é uma grande afronta às leis dos EUA (…) num processo movido por uma mulher brasileira de quem nunca ouvi falar e sobre quem nunca escrevi uma única palavra”, criticou Sharkey.
Em post publicado um dia antes, o jornalista atacara a imprensa brasileira, para ele “notoriamente xenófoba.”
Mais demora
“Com essa decisão, podemos ter parte da nossa honra novamente, pois o Brasil não pode se sujeitar a esse tipo de ofensa”, disse Rosane, diretora da associação que reúne parentes de vítimas do voo 1907.
Ela garantiu que o dinheiro da indenização será doado a instituições de caridade. “Minha intenção não é enriquecer às custas disso, mas mostrar que não podemos ser ridicularizados desta forma.”
O advogado da associação, Dante D'Aquino afirmou que a lei brasileira permite processar alguém de fora do país por ofensas desse tipo.
“Com a internet, ficou muito fácil agredir a honra de alguém em qualquer parte do mundo. O Código de Processo Civil brasileiro estabelece que ações judiciais devem ser propostas no domicílio da parte autora quando o réu reside fora do país”, disse.
O advogado Alexandre Pesserl, especializado em direito na internet, disse ao UOL Notícias que apenas a emissão da carta rogatória, a cargo do Supremo Tribunal Federal, leva em média dois anos.
“E, quando a sentença chegar à justiça dos EUA, acho pouquíssimo provável que ele [Sharkey] seja de fato condenado a pedir desculpas, pois a lei norte-americana sobre a liberdade de expressão é muito diferente da nossa”, acredita.
“O blog era escrito e hospedado em servidores nos EUA. Por isso, entendo que o caso teria de ser julgado sob as leis norte-americanas”, argumenta Pesserl.

Fonte: Portal Uol
Leia Mais ››

Aluno faz disparo contra colegas, em escola da Zona Oeste de Manaus

Escola promovia um campeonato interno de Futebol de Salão, e após uma partida alunos se desentendaram e dois levaram tiros de raspão
Escola promovia um campeonato interno de Futebol de Salão, e após uma partida alunos se desentendaram e dois levaram tiros de raspão (Winnetou Almeida - 27.11.2009)



Uma partida de futebol ocorrida na manhã desta quinta-feira (15), na Escola Estadual Presidente Castelo Branco, no bairro São Jorge, Zona Oeste de Manaus, terminou em tiros, deixando dois adolescentes, alunos da escola, feridos de raspão.

Relatos de testemunhas dão conta de que o desentendimento ocorreu após uma partida de futebol de salão – a escola está sediando um campeonato interno, entre alunos da 1ª série do Ensino Médio.

Um dos estudantes, identificado como Wendel Batista, 18, teria travado uma discussão com outros dois alunos, ambos de 17 anos de idade. Após o bate-boca, seguido de agressão física, um dos adolescentes teria caído e batido a cabeça no chão.

Ao perceber que os dois adolescentes tentavam fugir da escola, pulando o muro do lugar, Wendel teria sacado uma arma de sua bolsa e em seguida efetuado alguns disparos contra os dois adolescentes. Um deles foi atingido de raspão na perna.

A dupla foi encaminhada para o Serviço de Pronto Atendimento (SPA), do bairro São Raimundo, mas se encontram fora de perigo.

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc), por meio de sua assessoria de comunicação informou que o caso foi registrado em delegacia e os pais dos três estudantes envolvidos na confusão, serão chamados até a escola para conversar sobre o ocorrido.

No fim da tarde desta quinta-feira (15) a reportagem do Acritica.com tentou entrar em contato com os assessores de comunicação da Seduc, mas os celulares estavam desligados. A informação repassada a equipe é que a secretaria só irá se pronunciar na manhã desta sexta-feira (16) pois a assessoria estava ocupada com um evento na Assembleia Legislativa do Amazonas.

Fonte: Portal Uol
Leia Mais ››

Polícia do Rio apreende 8 carros de luxo e prende 44 em operação contra jogo do bicho

Oito carros de luxo e quase R$ 1 milhão em dinheiro foram apreendidos nesta quinta-feira (15) durante a operação Dedo de Deus, contra o jogo do bicho, segundo a Polícia Civil. Na mesma ação, o ex-prefeito de Teresópolis, Mario Tricano, e outras 42 pessoas foram presas nos Estados do Rio de Janeiro, Bahia, Maranhão e Pernambuco -- 39 por mandatos de prisão e 5 por prisões em flagrante..
Segundo nota publicada pela Folha.com, dos veículos apreendidos, três pertenceriam a Luizinho Drumond, presidente da Imperatriz Leopoldinense, e à esposa dele, que não teve o nome divulgado. Os carros seriam um Cadillac SRX4, um Ford Fusion e um Range Rover.

"Tricano era responsável pelo jogo do bicho na região serrana do Rio de Janeiro", afirmou o delegado Gladiston Galeano Lessa durante coletiva de imprensa sobre a operação. O delegado negou que tenha ocorrido vazamento de informações. Entre os presos, há dois policiais militares. "Um guarda municipal de Duque de Caxias também foi preso e um policial civil está foragido", informou a chefe da Polícia Civil, Martha Rocha.

Cerca de 700 agentes, entre eles 120 delegados, participaram da operação, que cumpriu 60 mandados de prisão e 125 de busca e apreensão na capital fluminense, na Região Serrana e na Baixada Fluminense.
Entre os denunciados pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), estão Aniz Abraão David, presidente de honra da escola de samba Beija-Flor, Luizinho Drumond, presidente da Imperatriz Leopoldinense e Helinho de Oliveira, presidente da Grande Rio. Drumond seria responsável pelas apostas na região portuária e Oliveira, em Duque de Caxias.
Ubiratan Guedes, o advogado de Aniz e Drumond,  afirmou desconhecer as acusações contra seus clientes. Ele diz não ter tido acesso aos autos da investigação, o que inviabiliza a  preparação para um pedido de habeas corpus contra as prisões. Os dois acusados continuavam desaparecidos e a polícia os considerava foragidos da Justiça.
"Não é possível afirmar que Aniz Abraão David é o grande ou o maior responsável pelo jogo do bicho no Rio. Ele é detentor de um farto território dentro da Baixada Fluminense, o qual ele comanda há 40 anos. Ele e Tricano possuem patrimônio em comum", informou o delegado Gladiston Galeano Lessa.
A Polícia Civil apreendeu computadores, notas fiscais, máquinas portáteis de cartão de crédito e cartões de Natal com quantias em dinheiro dentro.
A operação contou com a ajuda de um helicóptero no Rio de Janeiro. Os agentes realizaram buscas nas residências, construtoras, empresas que fabricam artigos eletrônicos e gráficas.
Eles também foram até o barracão da Beija-Flor, na Cidade do Samba, onde fizeram uma varredura.
Modernização do jogo
As investigações realizadas pela Polícia Civil apontam a modernização do jogo do bicho através da utilização de máquinas on-line e portáteis, semelhantes às máquinas de cartão de crédito, para recebimento de apostas e transferência dos dados para as centrais de apuração.
O novo sistema permite a operação remota do esquema e o acompanhamento em tempo real das apostas, com a identificação do apontador e do valor apostado. Investigadores apontam ainda uma possível manipulação dos resultados dos jogos para limitar a quantidade de ganhadores.
Segundo a Polícia Civil, o sitema foi desenvolvido pela Empresa Projeta Tecnologia & Projetos Ltda, sediada na Bahia, e que tem como sócios os denunciados Carlos Eugênio Dias Carreiro, Jose Fernando de Carvalho Junior e Maria Tereza Carvalho Luz.
As investigações começaram há um ano após comerciantes de Teresópolis denunciarem que eram obrigados a implantar o jogo do bicho em seus estabelecimentos. Entre os crimes praticados pela quadrilha estão os de homicídio qualificado, corrupção ativa e passiva, violação de sigilo funcional, lavagem de ativos e crimes contra a economia popular.
Entre os denunciados estão ainda os policiais militares Luiz Cláudio Laudino (PM Laudino), do 22º BPM (Maré); Marco Antônio Coelho Anchieta ("Marquinhos do Gás"), do BPChoque; o policial civil Eduardo Murilo Dantas Sampaio (“Comissário Dudu”), do  64ª DP (Vilar dos Teles); o guarda municipal Aramis Lafere Mesquita, que estava cedido à Delegacia de Duque de Caxias; e o ex-PM Almir José dos Reis.

Fonte: Portal Uol
Leia Mais ››

Justiça de São Paulo nega habeas corpus a Roger Abdelmassih, foragido desde janeiro

O ex-médico Roger Abdelmassih
O ex-médico Roger Abdelmassih


A Justiça de São Paulo negou nesta quinta-feira (15) pedido de habeas corpus para o ex-médico Roger Abdelmassih, condenado em primeira instância a 278 anos de prisão pelo estupro de 37 pacientes. A decisão é da 6ª Câmara do Tribunal de Justiça (TJ).
Abdelmassih foi preso em agosto de 2009, após uma série de acusações de estupro feitas por pacientes do ex-médico. Em dezembro, o STF aceitou pedido de habeas corpus e determinou que o Abdelmassih ficasse solto até o final do julgamento, por considerar que ele não oferecia risco às investigações.
Em novembro de 2010, o ex-médico foi condenado pelos crimes, mas continuou respondendo em liberdade.
Abdelmassih está foragido desde janeiro, quando a Justiça decretou sua prisão após uma tentativa de tirar passaporte. O acusado entrou com pedido de habeas corpus no STF (Supremo Tribunal Federal), mas a Corte negou.
A Polícia Civil acredita que o ex-médico possa ter fugido pela fronteira paraguaia e esteja no Líbano.
Segundo a denúncia, as pacientes do médico que passaram por tratamento de infertilidade em sua clínica foram beijadas à força e tiveram partes íntimas do corpo tocadas. Os supostos ataques teriam ocorrido enquanto as pacientes estavam sedadas ou voltando da sedação.

Fonte: Portal Uol
Leia Mais ››

Polícia não tem pistas sobre os óculos de Lampião furtados em Pernambuco

A polícia ainda não tem pistas do paradeiro dos óculos de Lampião, furtados da Casa da Cultura de Serra Telhada, no Sertão de Pernambuco, no domingo (11). O diretor da unidade, Tarcízio Rodrigues, e funcionários já foram ouvidos pelo delegado Antônio Júnior, da delegacia de Serra Talhada, responsável pelo caso.
Como não há câmeras de segurança no local, a polícia espera conseguir outras informações a partir do livro de visitas e depoimentos de possíveis testemunhas. Segundo os investigadores, não foram encontradas impressões digitais, o que dificulta ainda mais a identificação de possíveis suspeitos. “Como houve arrombamento do local, o crime é de furto qualificado. A pena pode chegar a até oito anos de reclusão”, explica o delegado.
Para o diretor da Casa da Cultura, o ladrão sabia exatamente o que estava roubando, uma vez que se esforçou para desprender o vidro, que protegia os óculos, e era preso por uma cola especial.
“Ele tinha conhecimento de que era uma peça histórica. Os óculos têm muito mais valor histórico do que de mercado”, afirma Rodrigues.
A peça, que tinha a armação em ouro 16 quilates, chegou à fundação há cerca de dez anos, doada por uma família de coiteros, pessoas que davam comida e protegiam o bando de cangaceiros da polícia. “Foram entregues dois óculos, um deles reconhecido como original, que foi esse roubado. O outro, dizem ter sido de Lampião, mas não temos confirmação”, conta o diretor.
Outros dois óculos que pertenceram a Lampião permanecem guardados em Pernambuco e em Alagoas. Um deles, no Recife, faz parte da coleção particular do historiador Frederico Pernambucano de Melo, enquanto o outro integra o acervo do Instituto Histórico e Geográfico de Alagoas, em Maceió.

Fonta: G1
Leia Mais ››

MP desarticula quadrilha que fraudava concursos públicos no Estado


Após quatro meses de investigação acerca de concursos realizados pelas empresas CONCSEL e SOLUÇÕES em municípios do interior do Estado, o Ministério Público do Rio Grande do Norte desencadeou nesta quinta-feira(15), a Operação “Q.I”, dando cumprimento a quatro mandados de prisão e nove mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Juízo de Direito da Comarca de Martins, resultando na prisão de mais três pessoas em razão de flagrantes de crimes, totalizando sete pessoas presas.

A operação contou com o apoio da Polícia Militar e da Polícia Rodoviária Federal, com diligências de buscas e prisões simultâneas nas cidades de Natal, Parnamirim, Martins, Mossoró e Severiano Melo, onde 19 Promotores de Justiça e mais de 120 policiais militares cumpriram as ordens judiciais.

A investigação iniciou-se na Comarca de Santa Cruz e posteriormente passou a ser conduzida pela Promotoria de Justiça de Martins juntamente com o Grupo de Atuação Especializada de Combate ao Crime Organizado (GAECO), descortinando uma organização criminosa que atuou na realização de concursos públicos no interior do Estado e, notadamente, no município de Martins/RN no mês de outubro deste ano.

A quadrilha fraudava os concursos públicos através de acordos ilícitos para o ingresso de pessoas no serviço público através do pagamento de “propina” e concessão de outros favores. A investigação comprovou que o esquema comandado pelos sócios da empresa organizadora de concursos públicos CONCSEL, aprovam pessoas indicadas por integrantes dos Poderes Executivo e Legislativo dos municípios ou através do pagamento de valores direto pelo próprio candidato. Os candidatos assinavam gabaritos fraudados, preenchidos pela própria organização criminosa em momento posterior à realização das provas com a marcação de respostas corretas em número suficiente para a aprovação dos favorecidos.

O modus operandi da quadrilha instalada dentro da CONCSEL, empresa organizadora de concursos públicos pode assim ser resumido:

a) contato com Prefeitos ou Secretários, com oferta de elaboração de projetos de lei que determinem a criação de cargos públicos ou reformulação da estrutura administrativa;

b) contato posterior para elaboração de editais e demais atos da licitação, oportunidade em que é acertada a vitória da empresa CONCSEL na licitação em troca de aprovação de candidatos;

c) conluio com empresas “parceiras” para fraude aos procedimentos licitatórios;

d) acerto com municípios, através de funcionários do alto escalão, normalmente secretários de administração ou saúde, procuradores, prevendo o número de vagas destinadas a pessoas ligadas aos mesmos, sendo fornecida pelo município lista com o nome dos candidatos a serem aprovados;

e) acerto com clientes fixos e eventuais, vendendo vagas em troca de dinheiro e outros favores;

f) coleta de assinaturas dos candidatos em gabaritos preenchidos pela quadrilha;

No concurso público do município de Martins, realizado no último mês de outubro, vários candidatos foram aprovados em razão dessas fraudes.

Ressalte-se, desde já, que a investigação contra a empresa CONCSEL CONCURSOS E SELEÇAO DE PESSOAL LTDA EPP se deveu as suspeitas levantadas contra a SOLUÇÕES METODOS E SELEÇÃO DE PESSOAL LTDA ME, as quais possuem o mesmo quadro societário e que já fora alvo de investigações e ações anteriores, em razão da prática de fraude a licitações.

Além das fraudes nos concursos públicos, a quadrilha igualmente praticou outros delitos, como fraudes à licitação, corrupção passiva e tráfico de influência.

Após o cumprimento das mencionadas ordens judiciais, o Ministério Público Estadual analisará os documentos apreendidos e, em tempo hábil, oferecerá denúncia acerca dos fatos delituosos investigados.

Fonte: DN
Leia Mais ››

MP recomenda fim da propaganda política antecipada em cidade potiguar

O Ministério Público, através da Promotoria de Justiça atuante na 47ª Zona Eleitoral, expediu recomendações a todas as pessoas aspirantes ou não a cargos públicos eletivos referentes ao pleito que será realizado no próximo ano, em especial às que disputarão a reeleição nas cidades de Pendências e Alto do Rodrigues, onde orienta os pré-candidatos a não realizarem promoção pessoal, evitando o lançamento antecipado de suas candidaturas, através de realização de festas ou convenções partidárias, distribuição de votos de ““bom carnaval”, “bom São João” ou “feliz 2012” entre os eleitores.

A recomendação, que prevê ainda que os futuros não devam utilizar organização comercial de vendas, distribuição de mercadorias, prêmios ou sorteios para se autopromoverem.

De acordo com o MP, a prática de promover propaganda eleitoral subliminar na 47ª Zona pode se alastrar de maneira incontrolável, o que poderá ocasionar uma enxurrada de representações por propaganda antecipada.

A Lei nº 9.504/97 estabelece que a propaganda eleitoral só é permitida após o dia 5 de julho do ano da eleição, neste caso, a partir de 6 de julho de 2012, conforme instituído pelo calendário das eleições do próximo ano definido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Dessa forma, os atos praticados pelos postulantes a cargos públicos antes desse período, podem ser caracterizados como propaganda política antecipada, e está sujeita a ação cível de investigação judicial eleitoral, e quando comprovada a intenção, o pré candidato poderá responder a ação penal eleitoral.

Fonte: DN
Leia Mais ››

Vereadores arquivam pedido de impeachment de Micarla de Sousa

Oito vereadores votaram a favor do processo de impeachment da prefeita de Natal, Micarla de Sousa, nesta quinta-feira (15), na Câmara Municipal. No entanto, para ter andamento, a matéria precisaria ter conseguido 11 votos. Seis parlamentares votaram contra.

Os vereadores que votaram a favor do impeachment de Micarla foram Adão Eridan, Franklin Capistrano, Fernando Lucena, George Câmara, Sargento Regina, Raniere Barbosa, Júlia Arruda e Luís Carlos.

Aquino Neto, Edivan Martins, Adenúbio Melo, Chagas Catarino, Dickson Nasser e Heráclito Noé foram os parlamentares que votaram contra o processo. Enquanto isso, Assis Oliveira, Bispo Francisco de Assis, Júlio Protásio, Maurício Gurgel e Ney Lopes Júnior se abstiveram.

Fonte: DN
Leia Mais ››

Operação Verão no RN é definida em reunião no Gabinete Civil

Com a proposta de garantir a segurança e a tranquilidade nas praias dos litorais norte e sul do Estado, mais uma vez a cúpula da segurança pública do RN se reuniu na manhã desta quinta-feira (15) para reforçar as atividades que serão desenvolvidas na Operação Verão 2011/2012.

Em pauta, a logística da Operação Verão, prevista para acontecer de 26 de dezembro ao dia 18 de fevereiro, e que vai envolver várias equipes que irão trabalhar com a prevenção e a fiscalização no litoral do RN. A força tarefa contará com a participação da Secretaria de Estado da Segurança e Defesa Social (SESED), a Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros, SAMU, Polícia Civil, IDEMA, DETRAN, Assessoria de Comunicação do RN (Assecom) e Secretaria de Estado do Turismo (Setur).

Neta reunião, cada órgão expos ao secretário chefe do Gabinete Civil, Anselmo Carvalho, quais são as principais necessidades para garantir a logística da Operação, tais como diárias, carros, alimentação do pessoal, entre outras.

Intensificação de blitz preventivas e educativas em pontos estratégicos; abordagem a turistas no aeroporto, rodoviária e hotéis; fiscalização ostensiva à beira mar; aumento do efetivo da PM e da PC nas praias. Essas são algumas das atividades que fazem parte da Operação Verão, que também irá contar com a parceira de algumas entidades de classe, como informou o secretário da Setur, Ramzi Elali. “A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (ABRASEL) e a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH) se dispuseram a cooperar com alimentação de parte das pessoas que irá trabalhar na Operação. Os bugueiros também se colocaram à disposição. São mais de 700 pessoas preparadas e capacitadas que irão contribuir no trabalho educativo e preventivo desta Operação”, disse o Secretário.

A Operação Verão também irá contar com o apoio de prefeituras de cidades litorâneas. 

Fonte: DN
Leia Mais ››

Caixa Econômica Federal lança concurso público para médicos do trabalho

A Caixa Econômica Federal lançou edital de concurso público para formar cadastro reserva no cargo de médico do trabalho. A banca contratada para elaborar as provas e organizar a seleção é Fundação Cesgranrio. De acordo com o edital de abertura, a remuneração inicial para o posto é de R$ 5,8 mil, acrescida de auxílio alimentação e participação nos lucros e nos resultados da empresa.

Para participar os candidatos devem comprovar diploma de conclusão de curso de graduação em medicina, registro no Conselho Regional de Medicina (CRM) e certificado de conclusão de curso de especialização em medicina do trabalho.

Todos os candidatos serão submetidos a provas objetivas, aplicadas no dia 29 de janeiro de 2012. A seleção ainda prevê avaliação de títulos (classificatório) e exames médicos admissionais (eliminatório). Os exames serão aplicados simultaneamente nas cidades de Belém/PA, Brasília/DF, Curitiba/PR, Goiânia/GO, Recife/PE e Rio de Janeiro/RJ.

Os novos médicos vão atuar em programas de medicina e segurança no trabalho e prevenção e assistência à saúde, visando a preservar a saúde e a integridade física e mental dos empregados.

Os interessados em participar devem se inscrever entre os dias 19 de dezembro e 8 de janeiro, por meio do endereço www.cesgranrio.org.br. O custo da taxa de inscrição é de R$ 70. 

Fonte: DN
Leia Mais ››