Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

domingo, janeiro 29, 2012

TRAGEDIA! CRIANÇA CAI DE CAVALO E É ARRASTADO POR UMA CORDA ATÉ A MORTE NA ZONA RURAL DE MOSSORÓ

   Moradores do sitio Recreio, nas proximidades da comunidade do Jucuri, na zona rural de Mossoró acordaram no inicio da manhã deste domingo (29/01) com uma tragédia.
  A criança de nome Flávio Leandro Bezerra da Rocha, de apenas 10 anos de idade, morreu após ser arrastado com uma corda no pescoço por um cavalo. Segundo informações dois pais da criança conhecidos como Cícera Leandra e Francisco Bezerra, o menino teria saído da sua residência de manhãzinha para pegar um cavalo no curral e levar até o banho quando o animal desembestou e Flávio que estava sozinho em cima do animal não teve como conter o cavalo.
 O mesmo ainda foi socorrido pela equipe de suporte avançado para o HRTM, mas teve óbito por enforcamento minutos após o socorro médico.
    Meus pêsames aos familiares da criança. Lamentável!

ATENÇÃO! FOTOS DA VÍTIMA AQUI

Fonte: Passando na Hora
Leia Mais ››

Motociclista fica preso embaixo de carro após colisão na BR 405, morrendo horas depois no Hospital em Pau dos Ferros/RN


Um motociclista de 40 anos ficou preso embaixo de um veiculo tipo Gol, cor branca, placa HVU 0627/ CE, na noite desta sexta-feira (27), por volta das 20h40min, na BR 405, KM 155, em frente a IFRN, zona rural de Pau dos Ferros/RN.

Antônio Airton Damião, natural de Tenente Ananias/RN era residente em Pau dos Ferros/RN seguia em sua motocicleta Yamaha Faser, placa NOD 9622/RN pela BR, sentido Pau dos Ferros/Rafael Fernandes/RN, momento em que vinha o carro gol em sentido contrario e ao passar sobre a lombada invadiu a contra mão e colidiu com a motocicleta, arrastando-a por cerca de 20 metros.

Airton de Chaguinha como era conhecido ficou preso embaixo do veiculo por alguns minutos, o CBOM foi acionado e de imediato compareceu ao local juntamente com duas guarnições da Polícia Militar, já que o Copom do 7º BPM informava que a vitima estava presa embaixo do carro, após o carro ser retirado de cima da vitima com ajuda de populares , a equipe de resgate prestou os primeiros socorros a vitima apresentava um corte profunda na coxa esquerda e lesões nos testículos, já companheira de Airton que ficou a próximo a lombada no momento da colisão também recebeu os primeiros atendimentos e foi levada para o HRCCA por uma ambulância da Funerária São Lucas que veio no apoio e Airton foi levado pelo resgate do CBOM para o HRCCA , onde foi submetido a uma intervenção cirúrgica não resistiu a gravidade dos ferimentos e faleceu por volta da meia noite naquela unidade hospitalar, já sua companheira que é natural do estado do Maranhão foi liberada após ficar por algumas horas em observação.
O condutor do veiculo que ainda não foi identificado e seu companheiro que vinha no veiculo no momento do sinistro abandonaram o carro e adentraram no matagal evadindo-se sem prestarem socorros as vítimas.

A PM passou a buscar informações ainda no local chegando ao proprietário do veiculo na cidade de Dr. Severiano/RN, o Sargento Alves comandante do Destacamento foi informado e de imediato localizou o proprietário do veiculo que citou os nomes a quem ele teria emprestado o veiculo para que eles fossem a cidade do Encanto/RN, resolver problemas de cunho particular, ficando surpreso ao tomar conhecimento do fato.
Os veículos foram removidos ao pátio do 4º Distrito de Polícia Rodoviária Estadual(DPRE) após ser comunicado a PRF.

Ressaltamos a colaboração de dois enfermeiros que se encontravam no local, no momento de socorro as vitimas.

O corpo de Airton foi encaminhado ao ITEP/RN para exames de necropsia e as primeiras informações dão conta que o mesmo será sepultado na manhã deste domingo (29) no município de José da Penha/RN.

Fonte: Nosso Paraná RN
Leia Mais ››

Dupla armada agride três pessoas em Alexandria/RN


Uma dupla armada que ainda não foram identificados agrediram fisicamente as pessoas de Antônio Adalberto, 35 anos, Evando Carlos, 29 anos e Josiana Maria. 42 anos, residentes em Alexandria/RN.

O fato ocorreu na noite desta sexta-feira (27) quando o trio retornavam para sua suas residências na cidade de Alexandria/RN, os malévolos que andavam em uma motocicleta BROZ de placas e características não informada a Polícia, após as agressões saíram efetuando disparos de arma de fogo a esmo, tomando rumo ignorado.

Fonte: Nosso Paraná RN
Leia Mais ››

Após acidente, Thiago Fragoso continua internado no Rio

Danielle Winits e Thiago Fragoso em cena de "Xanadu"

O ator Thiago Fragoso continua internado após sofrer uma fratura na costela devido a um acidente ocorrido na noite deste sábado durante a apresentação do musical "Xanadu", no Rio.

Ele e a atriz Danielle Winits caíram de uma estrutura que os prendia por um cabo de aço, em uma cena que simulava um voo sobre a plateia. A queda ocorreu de uma altura aproximada de cinco metros.

O diagnóstico de Fragoso foi feito após tomografia computadorizada no hospital Miguel Couto, onde foram feitos os primeiros atendimentos. Ele foi transferido para a Casa de Saúde São José, no Humaitá, zona sul do Rio.

A assessoria de imprensa do hospital informou que vai divulgar um boletim médico sobre o estado de saúde do ator no começo da tarde.

Danielle Winits sofreu um corte na boca e também foi levada para atendimento médico.

Duas mulheres que estavam na plateia foram atingidas. Segundo o hospital Miguel Couto, elas foram atendidas com dores nos ombros e nas costas e foram encaminhadas para exames de raio-X e tomografia computadorizada.

O comentarista de arbitragem Arnaldo Cesar Coelho estava no espetáculo, a três fileiras de distância do local onde os atores caíram.

"Fiquei atônito. Era uma cena bonita, o teatro estava todo escuro. Eles saem amarrados por um cabo do palco --ela em cima dele--, e saíram em diagonal, em direção à parte de cima do teatro. De repente, os dois caíram. Por alguns segundos, ficaram todos na dúvida se aquilo fazia parte do espetáculo, mas, quando levantei, vi que eles tinham caído nas poltronas, em cima de uma senhora."

De acordo com Arnaldo, um médico do Corpo de Bombeiros que estava na plateia prestou os primeiros socorros.

O ator e cantor Sidney Magal, que também faz parte do elenco, entrou no palco e anunciou o fim do espetáculo, orientando todos a saírem.

A segunda sessão de sábado do espetáculo e a apresentação deste domingo já estão canceladas.

O musical acontecia no teatro Oi Casagrande, no Leblon, zona sul do Rio.

Fonte: Folha de São Paulo
Leia Mais ››

Rita Lee é liberada após prestar depoimento em Aracaju

Rita Lee presta depoimento em Aracaju

A cantora Rita Lee, 67, foi liberada após prestar depoimento e assinar um boletim de ocorrência numa delegacia de Aracaju (SE). Ela foi detida por policiais ao fim do último show de sua carreira, no Festival Verão Sergipe 2012.

O imbróglio começou no meio do show, quando a cantora afirmou ter visto membros de seu fã clube, que viaja atrás dela pelo Brasil para vê-la ao vivo, sendo agredidos por policiais.

Primeiro, declarou que não os queria em sua apresentação. Ainda calma, disse: "Vocês são legais, vão lá fumar um baseadinho".

Mas, quando os policiais vieram para a frente do palco, formando uma parede humana de frente para ela, a cantora se alterou. Lembrou já ter vivido o período da ditadura e disse não ter medo deles. Chamou os PMs de "cavalo", "cachorro"e "filho da puta". "

Terminado o show, Rita foi levada pela polícia à delegacia.

O boletim de ocorrência foi tipificado como "desacato e apologia ao crime ou ao criminoso (art. 287 do Código Penal)". "A sensatez falou mais alto no momento, por isso a polícia não parou o show", disse o tenente-coronel Adolfo Menezes, responsável pelo policiamento do show.

A ex-senadora e hoje vereadora de Maceió Heloisa Helena (PSOL), que assistiu ao show, já estava na delegacia antes mesmo de Rita chegar. Foi solidária à cantora e assinou o B.O. como testemunha a seu favor. No mesmo boletim, Rita disse que "todo o ocorrido se deu como uma reação emocional, provocada pela ação truculenta desnecessária".

O governador Marcelo Déda (PT), que também assistiu à apresentação, disse ter testemunhado "um espetáculo deprimente" por parte de Rita. "A polícia não tinha feito nenhum tipo de ação que justificasse [a atitude da cantora]", declarou.

Para o governador, a cantora tentou colocar o público, estimado em 20 mil pessoas pela organização, contra os policiais, o que poderia levar a uma "confusão generalizada", segundo ele.

No Twitter, Beto Lee, filho de Rita, protestou: "A policia de Aracaju levou minha velha para a delegacia. Bando de frouxo". A própria cantora tuitava enquanto era escoltada pelos policiais: "Tô indo p/ a delegacia...a polícia d Aju ñ gosta d mim mas Sergipe gosta, estou dentro do carro, eles estaaoentravv [sic]".

Pelo microblog, o cantor Lobão também se manifestou: "Mas era soh o que faltava...prender a Ritinha eh de última!".

Fonte: Folha de São Paulo
Leia Mais ››

Dançarina de Aviões desmaia após o show no Festival de Verão de Salvador

http://www2.uol.com.br/JC/sites/carnaval2011/img/dancarima_470.jpg

Uma dançarina da banda Aviões do Forró desmaiou após o show da banda no Festival de Verão de Salvador. Raysa Teixeira, 20 anos, passou mal durante a apresentação e na saída do palco desmaiou. Ela saiu da apresentação desacordada e carregada pelos seguranças do grupo.

De acordo com o produtor-executivo da banda, Savyo Maia, o motivo do desmaio foi uma hipoglicemia (falta de glicose no sangue). "A rotina da gente vem muito puxada, talvez ela nem tem se alimentado direito hoje (sábado). Vez por outra uma de nossas dançarinas passa mal", contou.

Raysa ficou cerca de 20 minutos desacordada, enquanto era atendida por uma equipe médica no camarim da banda. Ainda sem apresentar reações, a dançarina foi levada para uma ambulância. Segundo Savyo, durante o atendimento na ambulância, a dançarina acordou. "Ela já acordou. E eu diria que até demais. Agora vai ser atendida na própria ambulância e não será mais levada para um hospital", disse. 

O fato chamou a atenção das pessoas que estavam nos bastidores, pois as dançarinas da banda são motivo de atração para o show de Aviões. Durante a apresentação do grupo, que foi a terceira a subir ao palco no último dia do Festival de Verão, o comentário do público masculino era a bela forma física das garotas. 

Após o susto, o restante dos integrantes da banda, que estavam super tensos, seguiram para cumprir a agenda. E Raysa ficou em Salvador, onde passará por exames.

Fonte: Portal Uol
Leia Mais ››

Ministério da Saúde garante mais duas UPAs para o RN

A verba disponível para o Ministério da Saúde na segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) deverá trazer boas notícias para o sistema de saúde pública do RN. Dentro das 160 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) previstas no PAC 2, duas deverão ser instaladas em solo potiguar, somando-se as 11 que estão em processo de construção ou na etapa de projetos. A informação foi confirmada pelo secretário estadual de saúde pública Domício Arruda, que esteve esta semana em Brasília para discutir a situação destas UPAs. Ceará-Mirim e Assú são as cidades candidatas a serem contempladas com as duas unidades de saúde, que custam em média R$ 3 milhões para serem construídas.

O principal critério de escolha para instalação de uma UPA é populacional, por esta razão as escolhas de cidades como, por exemplo, Parnamirim e Mossoró na primeira etapa e Ceará-Mirim e Assú no PAC 2. "Pelas regras, a UPA tem que estar em uma cidade com mais de 50 mil habitantes e atender uma região com 100 mil pessoas", explica Domício Arruda. O custo para construção da unidade é de responsabilidade do Governo Federal, que realiza repasses sazonais para a realização da obra, sendo 10% para início da obra, mais 60% para construção e o restante no fim da obra, contando com a contrapartida das administrações estaduais e municipais.

Entre as 11 UPAs que estão no primeiro "pacote" enviado pelo Governo Federal, três já estão em construção e uma terá o edital lançado em breve. "As três em curso são as de Parnamirim, Macaíba e a do bairro de Cidade da Esperança, em Natal. A que iremos lançar o edital de licitação em breve é a de São Gonçalo do Amarante. Esta UPA será estadual, pois a prefeitura não demonstrou interesse em tomar conta", completou Domício. O secretário espera que, ainda este ano, a construção em São Gonçalo seja iniciada, formando um "cinturão" de unidades de saúde nas maiores cidades que fazem parte da Grande Natal. Ainda estão em fase de finalização dos projetos as UPAs que serão instaladas em cidades como Lajes, na região Central, e Pau dos Ferros, no Alto Oeste.

As únicas UPAs em solo potiguar que ainda não fazem parte do programa federal, por terem sido construídas com recursos próprios do município, são as que funcionam em Mossoró, nos bairros de Alto de São Manoel e Santo Antônio. Enquanto isto, a obra da segunda UPA de Natal, na Cidade da Esperança, ainda não tem previsão para ser finalizada. De porte III, a UPA da Cidade da Esperança será a maior em Natal, com mais de 3 mil m² e capacidade para atender 700 pessoas por dia, em situações de baixa e média complexidade. O prédio deverá ter cinco consultórios médicos entre pediatria e clínica médica; laboratório de exames; salas de raios-x; sala de sutura; sala de medicação; sala de nebulização; consultório de odontologia; e 16 leitos de observação. (Paulo Nascimento) 

Fonte: DN
Leia Mais ››

Presídio de Alcaçuz tem série de falhas de segurança, diz estudo

A maior fuga do sistema carcerário do Rio Grande do Norte, ocorrida no último dia 19, pôs em xeque o título de "penitenciária de segurança máxima" vinculado a penitenciária de Alcaçuz. Um estudo feito na unidade prisional durante o ano passado pelo delegado Normando Feitosa, da Divisão Especializada de Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) demonstra que, na verdade, o presídio não foi construído com essa finalidade. Ele aponta várias falhas arquitetônicas e de segurança que facilitam a ocorrência de fugas na unidade prisional e também faz algumas sugestões para melhorar a estrutura do presídio.

O estudo feito por Normando, em conjunto com o delegado Pedro Paulo Falcão, serviu como trabalho de conclusão do curso superior de polícia do Rio Grande do Norte. Durante o tempo de pesquisa feito pelo delegado, as duas arquitetas responsáveis pelo projeto da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, Rosanne Albuquerque e Lavínia Negreiros, foram entrevistadas. SegundoNormando Feitosa, em seus depoimentos, as arquitetas revelaram que a unidade prisional foi pensada para ser somente um presídio provisório.

"O projeto era de uma prisão modelo que permitisse a ressocialização do preso e lhe desse uma ocupação até que saísse a sua sentença. Por isso Alcaçuz tem prédios como o parlatório, fábrica de cartuchos, panificadora, entre outros", explica o delegado. Normando revela ainda que as arquitetas elaboraram um projeto para a construção do presídio em um terreno no município de Macaíba. "Mas, por influência política ou algum outro motivo que desconheço, eles levaram a construção para Nísia Floresta. O projeto foi aplicado em um terreno de dunas, totalmente diferente do original. Tanto sabiam do erro que sequer chamaram as arquitetas para a inauguração do presídio". Para ele, o próprio terreno em que foi construída a penitenciária é um fator que facilita as fugas. "É areia, basta cavar com as mãos".

Fonte: DN
Leia Mais ››

Segue a caçada aos fugitivos de Alcaçuz

  As buscas pelos presos que escaparam na semana passada do presídio de Alcaçuz, em Nísia Floresta/RN, continuam. Alguns já foram recapturados, mas ainda faltam muitos.
  Já estão de volta ao sistema penitenciário do Rio Grande do Norte os seguintes detentos:

PAULO CÉSAR BALDINO DE OLIVEIRA, 31 ANOS
JEFERSON CÂMARA DE FRANÇA, 25 ANOS
CAIO CÉSAR MARINHO CÂNDIDO, 24 ANOS
THIAGO ROBERTO DA SILVA, 29 ANOS
EVERTON PATRICK DE MELO, 24 ANOS
RODRIGO CARVALHO PACHECO

  Quem tiver qualquer informação sobre algum dos foragidos da Penitenciária de Alcaçuz pode ligar para os telefones 190 ou 0800-84-2999. A identidade do denunciante será mantida em sigilo.
  O Blog teve acesso a algumas fotos dos foragidos. Confiram:




Fonte: PM Currais Novos
Leia Mais ››

9ª Morte de forma violenta em Mossoró em 2012

   Registrado na noite deste sábado (28/01), o 9º homicídio de 2012 em Mossoró.
  O crime aconteceu no interior da Unidade de Pronto Atendimento-UPA do Alto de São Manoel, quando dois elementos chegaram numa bicicleta e executaram um jovem que estava no local aguardando ser atendido acompanhado da sua mãe, a vítima trata-se de Getúlio Santos Fernandes, 19 anos de idade, que residia na Rua das Flores, 37, por trás da L E Pneus.
   Uma mulher que também estava no local foi atingida por um tiro de raspão nas costas, foi atendida e não corre risco de morte.
   Os criminosos após praticar o crime fugiram em direção ao bairro Papôco.
  Várias viaturas foram acionadas até o local para tentar capturar os criminosos, porém até o momento ninguém foi preso.
    Policiais fizeram o isolamento da área até a chegada dos peritos do ITEP, que removeu o corpo de mais um jovem assassinado na cidade de Mossoró.


BLOG PASSANDO NA HORA

BLOG PASSANDO NA HORA
BLOG PASSANDO NA HORA

BLOG PASSANDO NA HORA

BLOG PASSANDO NA HORA

BLOG PASSANDO NA HORA

BLOG PASSANDO NA HORA



BLOG PASSANDO NA HORA

BLOG PASSANDO NA HORA



Fonte: Passando na Hora
Leia Mais ››

Condenações de vereadores em Natal reacende expectativa sobre resultado da “Operação Sal Grosso”

operacao_sal_grosso_2
Natal, julho de 2007, a capital do Rio Grande do Norte para por conta da "Operação Impacto" que investiga esquema de propina para derrubada de vetos ao Plano Diretor assinados pelo então prefeito Carlos Eduardo Alves, a época filiado ao PSB.

Mossoró, novembro de 2007, a segunda maior cidade do Estado assiste atônita, numa véspera de feriado (era 14 de novembro), a maior devassa já realizada na centenária história da Câmara Municipal. Era a "Operação Sal Grosso".
Duas operações comandadas pelo Ministério Público com efeitos devastadores nas duas maiores cidades do Rio Grande do Norte. Se na capital tratou-se de recebimento de propinas interceptadas por escutas telefônicas, em Mossoró a situação é bem mais complexa por se tratar de investigações sobre fraudes em prestações de contas, pagamentos de diárias, uso da verba de gabinete e em empréstimos consignados.
Com a condenação na semana passada de 16 dos 21 denunciados pela "Operação Impacto", aumentou em Mossoró a expectativa de que a "Operação Sal Grosso" tenha resultado divulgado. Um dos fatores para isso é a proximidade entre os dois eventos, separados apenas por quatro meses.
Na esfera criminal o processo já está concluído para sentença, mas o juiz da 3ª Vara Criminal da Comarca de Mossoró, Cláudio Mendes, ainda não definiu uma data para o veredicto.

Dos 13 edis eleitos em 2004, sete viram capital eleitoral diminuir em 2008

O resultado da "Operação Sal Grosso" foi divulgado em 29 de setembro de 2008, a segunda-feira que antecedeu às eleições daquele ano na qual praticamente todos os vereadores da legislatura 2005/2009 tentaram a reeleição.
Naquela semana o estrago foi grande. Naquele pleito apenas Renato Fernandes (PR), que disputava a eleição para prefeito, não tentou renovar o mandato.
Dos 13 que tentaram voltar à Câmara Municipal (a contagem inclui Cícera Nogueira que substituiu Renato Fernandes que passou um ano e meio na direção da Codern), apenas quatro saíram vitoriosos das urnas: Daniel Gomes (PMDB), Claudionor dos Santos (que era filiado ao PDT e ano passado migrou para o PMDB), Francisco José Júnior (que saiu em 2011 do PMN para o PSD) e Chico da Prefeitura (DEM). Destes apenas os dois primeiros conseguiram ampliar a votação num comparativo com 2004.
Dos não-reeleitos apenas Manoel Bezerra (DEM), que acabou assumindo o mandato devido a morte de Niná Rebouças em 2010, sargento Osnildo (PSL, hoje membro do DEM), Aluízio Feitosa (que trocou o PDT pelo PMDB) e Cícera Nogueira (que trocou o PSB pelo PSD) ampliaram as votações entre 2004 e 2008.
Ao contrário do que chegou até a ser divulgado, a maioria dos vereadores teve votações reduzidas. O placar é de sete a seis.

Fonte: O Mossoroense
Leia Mais ››

Instituto Ethos vê o RN entre os Estados vulneráveis à corrupção



O Estado do Rio Grande do Norte está entre as unidades da Federação com vulnerabilidade à corrupção. A constatação está no estudo "Sistemas de Integridade nos estados brasileiros", produzido em convênio entre o Instituto Ethos, o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) e a Controladoria-Geral da União (CGU) e Centro de Estudos da Opinião Pública, da Universidade de Campinas (UNICAMP). O RN teve registro de "alto risco" em três, dos nove aspectos avaliados. 
Em outros três itens, o Estado foi classificado como "médio risco", e em três, "risco baixo". O baixo grau de transparência dos poderes; a baixa competitividade nas compras públicas e na contração de obras e serviços; a influência do Executivo sobre os órgãos de controle foram os problemas mais graves apontados no estudo. Os dados da análise, avaliada pelos cientistas políticos Bruno Speck e Valeriano Mendes Ferreira, são relativos ao período de 2007 a 2011. 
O RN teve o pior desempenho nos quesitos compras públicas; desempenho das Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs) e na independência da mídia. Os resultados mostram uma heterogeneidade em termos de problemas e avanços nas quatro grandes áreas analisadas: orçamento/compras públicas; controle interno/externo; quadro político/partidário; controle social/mídia. Em cada área, foi calculado o grau de corrupção, um mal que se espalha de forma silenciosa, corrói as contas nacionais e põe em xeque as instituições democráticas. 
Em sua análise, Bruno Speck afirma que "enquanto as regras de transparência avançaram muito na última década, a maioria dos Estados ainda reluta em oferecer de forma acessível e completa as informações sobre seus orçamentos, especialmente em relação aos totais efetivamente desembolsados, em bases de dados que permitam tratamento estatístico independente". Nesse quesito, o RN ficou com o "risco médio".
No caso do controle interno, a pesquisa mostra avanços no tocante à institucionalização dos órgãos, mas ressalta que os dados são insatisfatórios em relação à transparência e ao desempenho efetivo. No RN os órgãos de controle interno foram classificados como "risco baixo". Mas nem por isso deixa de ter problemas. A pesquisa aponta déficit na capacidade de manter registros, atualizados em tempo real de suas atividades. 
No item compras públicas, seis Estados - entre eles, o Rio Grande do Norte, não enviaram as informações solicitadas. "Pela dificuldade no acesso aos dados igualamos o risco de corrupção ao nível máximo, o corresponde ao alto risco", explicou Bruno Speck. 
As denúncias de corrupção deixam um rombo alarmante: o prejuízo que este montante de dinheiro causa em setores fundamentais, como educação, saúde, infraestrutura, habitação e saneamento. Um relatório da Federação das Indústrias do estado de São Paulo - Fiesp mostra que o custo médio anual da corrupção no Brasil representa de 1,38% a 2,3% do Produto Interno Bruto (PIB), ou seja, entre R$ 41,5 bilhões a R$ 69,1 bilhões.
O cientista político alemão Bruno Wilhelm Speck explicou que a proposta do estudo é começar a descrever, de forma mais regular, algumas tendências em áreas consideradas importantes para combate à corrupção, de forma a sugerir recomendações que ajudem a eliminar os riscos de corrupção.
A área mais bem avaliada, no RN, foi o controle externo exercido pelos Tribunais de Contas dos Estado (TCEs), cuja composição é marcada pelo alinhamento com os grupos políticos dominantes em cada Estado. A influência externa constatada no âmbito dos conselheiros do TCE/RN foi de "baixo risco".
"O processo de nomeação (pelo governador ou pela Assembleia) influencia profundamente o comportamento dos conselheiros. Os oriundos do meio político são usualmente indicados no final da carreira, levando para o cargo os laços políticos que construíram durante uma vida", afirmam os autores na publicação.

Transparência ainda é precária, diz promotora
Para a coordenadora do Movimento Articulado de Combate à Corrupção (MARCCO), promotora de justiça de Parnamirim Juliana Limeira, a vulnerabilidade das instituições do poder público do Estado não é novidade. "O que se tem visto é uma transparência ainda precária, regular. Não é boa nem suficiente", afirmou.
Juliana Limeira tem expectativa que o nível de transparência seja ampliado, por força dos prazos estabelecidos na 12.527/2011, publicada no final de dezembro, que regula o acesso a informações e dispõe sobre os procedimentos a serem observados pela União, Estados, Distrito Federal e Municípios para ampliar a transparência da gestão.
No caso dos portais de transparência, já existia uma normatização pela lei complementar 131/2009. Quanto aos municípios com mais de 100 mil habitantes, a União, Estados e o Distrito Federal tinham prazo de um ano - ou seja, até maio de 2010 para implantar os portais. Os municípios com população entre 50 mil e 100 mil tinham prazo de dois anos, esgotados em maio do ano passado.
Para os municípios com menos de 50 mil habitantes, o prazo era de quatro anos - ou seja, até maio de 2013 para implantar portais de transparência. A lei 12.527/2011 dispensou os municípios com menos de 10 mil habitantes da obrigatoriedade de implantar o portal, mas impôs a necessidade de divulgação, em tempo real, de informações relativas à execução orçamentária e financeira, nos critérios e prazos da lei complementar 101/2000 (Lei de Responsabilidade Fiscal).
A chamada "Lei de acesso à informação" estabelece prazos para a liberação de informações pelo poder público. A resposta ao solicitante deve ser dada imediatamente, se estiver disponível, ou em até 20 dias, prorrogáveis por mais 10 dias, caso precise ser compilada. O pedido de acesso a informações deve ser justificado. 
"A tendência é que o nível de transparência melhore, até porque os municípios que têm a obrigatoriedade de criar portais, se não o fizerem terão sanções, como a suspensão das transferências federais", pontuou a promotora.
Juliana Limeira lamentou que, "nos dias de hoje o controle interno não tenha a independência ideal", fator que compromete a fiscalização. "Hoje, o controle externo é muito melhor do que o interno, mas infelizmente é limitado, porque tem equipes reduzidas". Por isso, destacou a promotora, "é fundamental que a sociedade colabore e acompanhe os gastos públicos continuadamente".
Para Juliana Limeira, a desculpa da falta de recursos na saúde e na educação, na maioria das vezes, é uma forma de escamotear a realidade que está por trás, a corrupção. "Quanto mais falta dinheiro para a Saúde, para a Educação, é porque a corrupção está sendo maior, porque o dinheiro existe, mas não está sendo bem aplicado", diz a promotora.

Fonte: Defato
Leia Mais ››

Corintians e Caicó voltam a se enfrentar depois de 7 anos

A quinta rodada do 1° turno do Campeonato Potiguar ainda apresenta mais três partidas, com destaque para o clássico seridoense entre Coríntians e Caicó, às 16h, no Estádio Marizão.
Os rivais voltam a se enfrentar depois de sete anos, exatamente o período em que o time de Caicó esteve ausente das disputas. A "Raposa" voltou neste ano, após vencer o campeonato da segunda divisão no ano passado.
Ambos estão animados para o confronto devido ao bom resultado obtido na rodada do meio de semana, quando o Corintians derrotou o América por 1 x 0, em casa, e o Caicó surpreendeu o Baraúnas, em Mossoró, também por 1 x 0.
Com sete pontos, ocupando a segunda colocação, o Corintians só pensa na vitória para se manter na zona de classificação. Com seis pontos, o Caicó poderá entrar na zona boa se vencer o clássico e os resultados dos outros jogos favorecerem.
A rodada terá ainda a partida entre Assu x Santa Cruz, na cidade de Assú, e o confronto entre Palmeira x Alecrim, em Goianinha.

Fonte: Defato
Leia Mais ››

Potiguar e Baraúnas fazem o 1º clássico do ano

junior_bahia
Depois de testados nas quatro primeiras rodadas contra adversários de menor ou maior expressão, Potiguar e Baraúnas partem hoje para aquele que é o jogo mais esperado de suas torcidas, o clássico mossoroense. O confronto, mais uma nessa história de rivalidade esportiva, acontece a partir das 17h, no estádio Nogueirão, pela quinta rodada da Taça Cidade do Natal, primeiro turno do Campeonato Estadual.
SITUAÇÕES - Com campanhas parecidas, os dois times chegam ao confronto de hoje ainda sob os olhares desconfiados dos seus torcedores. Em quatro jogos o Potiguar venceu dois e perdeu dois, somando 6 pontos na quinta posição da classificação geral. O Baraúnas acumula um empate, duas derrotas e uma vitória, estando na nona posição, com 4 pontos.
Animado com sua estreia vitoriosa na quinta-feira, o jogador Juninho Bahia ganha confiança para convocar a torcida. "Quero pedir para a maior torcida do interior do Rio Grande do Norte comparecer ao clássico, a presença de nossa torcida será importante para conseguirmos uma vitória e entrar no G-4". Em relação à vitória do meio de semana, Juninho disse que o Potiguar entrou em campo determinado e querendo vencer, postura que será repetida hoje.
Se no Potiguar o confiante Juninho Bahia faz a convocação, no Baraúnas a simples presença de um jogador já é motivo de animação para o torcedor. O zagueiro Índio, depois de cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo, volta ao time hoje e além de um jogador voluntarioso em sua defesa o tricolor volta a contar também com uma jogada que pode ser decisiva, as cobranças de falta próximo à área. Dos pés de Índio o Baraúnas tem conseguido marcar gols em cobranças de falta.

Fonte: O Mossoroense
Leia Mais ››

Rivais fazem clássico ‘cordial’


Natal - Ao contrário dos clássicos anteriores, a partida entre ABC e América, hoje, às 16h, no estádio Frasqueirão, vem com mudanças. E, a maior delas, é a cordialidade entre as diretorias dos dois maiores rivais do Rio Grande do Norte. Antes mesmo de se reunir com a Polícia Militar e o Ministério Público, para decidirem o percentual de ingressos que seriam destinados aos torcedores americanos para o clássico-rei, os dirigentes alvinegros se anteciparam e colocaram à disposição da torcida rubra um total de 3.600 ingressos, o que equivale a 24,5% do total. Um número bem acima do que os 10% que normalmente são enviados aos visitantes.
A aproximação dos dois clubes começou quando o deputado estadual Hermano Morais assumiu a presidência do América, depois da renúncia de Clóvis Emídio. E agora, a amizade parece ter sido selada de vez, com Alex Padang assumindo o cargo maior americano. Parcerias entre os clubes já foram cogitadas, mas não foram definidas.
Para o clássico de hoje, Alex Padang defendia que fosse jogo de torcida única, para evitar confronto entre os torcedores. Mas, o presidente do ABC, Rubens Guilherme Dantas, e o comandante geral da Polícia, coronel Araújo, foram contra a ideia e mantiveram o jogo aberto para os torcedores alvinegros e alvirrubros.
Na operação, serão mais de 500 policiais militares para fazer a segurança do clássico, dentro e fora do Frasqueirão, nas ruas que dão acesso ao estádio. A Cavalaria também foi convocada, assim como o Corpo de Bombeiros.
"Quem for ao Frasqueirão será bem acolhido e cada um torça pelo seu clube do coração, que todos possam torcer em paz e hoje não vai ser diferente. Vai ser o primeiro grande clássico de 2012 e acredito também em uma grande festa das torcidas", previu o presidente do ABC, Rubens Guilherme Dantas.
Os torcedores do América vão ficar acomodados no módulo 3 e na cadeiras da parte esquerda das cabinas de imprensa. Os americanos vão entrar pelo portão A do estádio Frasqueirão.
Outro fator que deve chamar a atenção no clássico é a arbitragem. Tanto o ABC quanto o América já fizeram críticas nesse Estadual em relação ao desempenho dos árbitros no campeonato. Existia a possibilidade de um profissional de fora do Estado ser contratado para ser o responsável pelo clássico, mas não passou de possibilidade. O escolhido para comandar o espetáculo, hoje, é o potiguar Pablo Ramon. Ele já foi o responsável por apitar um compromisso do América, neste ano, quando o rubro venceu o Palmeira, por 3 x 1, na segunda rodada da competição.

Washington e Soares querem se redimir 
Eles chegaram a Natal como as maiores contratações para a disputa do Campeonato Estadual, mas até o momento, depois de quatro rodadas, tanto Washington, do ABC, como Soares, do América, ainda não conseguiram corresponder, dentro de campo, ao alto investimento feito neles. É verdade que ambos tiveram problemas físicos, e só estrearam pelos seus clubes na última rodada, mas sem conseguir apresentar o futebol que a torcida espera deles. O centroavante alvinegro jogou pouco mais de 70 minutos, até agora, enquanto o atacante americano ficou em campo apenas metade de um tempo. Mas, ambos estão confiantes de que no clássico de logo mais possam render o que os torcedores esperam.
"Estava treinando bem, aí tive que parar por conta de uma contusão muscular. Depois, me recuperei e não tive muito tempo de treinar com o time e por isso não rendi tudo que podia contra o Santa Cruz. Sei que ainda falta um pouco de ritmo, mas, por se tratar de um clássico, é preciso se doar mais um pouco, para ajudar o seu time. Espero começar a marcar gols para o ABC e ajudar o time a vencer as partidas", disse Washington.
Para Soares, seu primeiro jogo com a camisa do América não foi exatamente como ele esperava. Além de sair de campo derrotado, o jogador não conseguiu realizar uma boa partida. "É melhor esquecer o jogo contra o Coríntians e fazer de conta que o clássico contra o ABC vai ser minha estreia pelo América. Sei que vai ser uma partida difícil, que nosso time precisa vencer para voltar à liderança da competição, e estou pronto para ajudar o América, seja com gols, seja com assistências. O mais importante é conquistar os três pontos", finalizou o atacante.

Fonte: Defato
Leia Mais ››

Laudo técnico condena estrutura do terminal rodoviário de Mossoró

terminal_rodoviario_de_mossoro

Há anos o Terminal Rodoviário Diran Ramos do Amaral vem apresentando problemas visíveis em sua estrutura. Desde sua inauguração, há 16 anos, poucas modificações foram realizadas para melhorar as suas condições estruturais. Diante desta situação, foi instaurado em abril de 2010 pela Promotoria de Justiça da Defesa do Patrimônio Público um Inquérito Civil, com o objetivo de dar início a uma reforma na rodoviária.
Em novembro do ano passado, foi realizada uma perícia técnica na estrutura do terminal. O resultado da análise foi a condenação da infraestrutura, na qual entre outros problemas apresenta rachaduras nos pilares, infiltrações, ferragens oxidadas, presença de cupins nas paredes, portas e janelas danificadas, piso quebrado e caixas de ar-condicionado com ferragens expostas.
A comerciante Gercina Ferreira, que trabalha nas instalações da rodoviária há 8 anos, diz que a situação do ambiente é de total descaso. "Muito se ouve dizer sobre essas reformas, mas ninguém vê nada ser feito. O movimento daqui só tem feito diminuir e não há dúvidas que seja devido à falta de estrutura, pois não há iluminação durante a noite, os banheiros se encontram quebrados, não existem opções de lazer para aqueles que aguardam os ônibus. E esses são apenas alguns dos problemas, sem falar que aqui não existe qualquer tipo de segurança".
De acordo com levantamento feito pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER), a demanda, pela potencialidade da cidade, deveria ser de 3 mil pessoas por dia, no entanto, o número de pessoas que circulam pela rodoviária está bem abaixo das expectativas. Os motivos dessa baixa movimentação podem estar ligados, principalmente, à falta de manutenção do espaço.
Durante audiência pública promovida pelo Ministério Público (MP), o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) reconheceu que existem muitos problemas no terminal e que a área em que ele se encontra é subutilizada. Diante da situação se propôs a dar total apoio ao projeto de reformas e anunciou recentemente ao Ministério Público que há orçamento destinado para o início das obras ainda em 2012. 
Secretaria estadual de Infraestrutura anuncia reforma do espaço para este ano

Em nota divulgada pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (SIN), o órgão está dando andamento ao projeto arquitetônico para a reforma do terminal rodoviário de Mossoró, com o objetivo de transformá-lo em um Centro Administrativo Integrado que abrigará o terminal rodoviário, a sede do Detran e a Central do Cidadão.
Em fase de conclusão, a entrega do projeto arquitetônico está prevista para o final de fevereiro, possibilitando o início do processo licitatório ainda no primeiro semestre deste ano. Entretanto, a data para o início das obras não foi divulgada, e é justamente este ponto que está sendo cobrado pelo promotor da Defesa do Patrimônio Público, Hercy Pontes.
De acordo com a assessoria, os traços existentes na atual estrutura da rodoviária serão mantidos, havendo novas definições de espaços, priorizando a funcionalidade de cada setor, a acessibilidade do público e funcionários, além do conforto ambiental.

Fonte: O Mossoroense
Leia Mais ››

Conta da Cosern ganhará novo tamanho e visual em fevereiro

A conta de energia elétrica de mais de 1,1 milhão de clientes da Cosern ganhará novo modelo a partir de fevereiro.
Mais prática no tamanho e no acesso às informações, a nova fatura evitará a utilização de aproximadamente 37,3 toneladas de papel por ano.
Com visual gráfico mais moderno, a fatura permanecerá contendo todas as informações aos consumidores, conforme determina o Artigo 119 da Resolução 414/2010, da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).
A mudança acontecerá para os clientes atendidos em baixa tensão, que hoje representam 99% dos clientes da Cosern. Entre esses clientes, estão os residenciais, que correspondem a 86% do total.
Passando do formato A4 (21 cm x 297 cm) para A5 (14,5 cm x 21 cm), o novo modelo destaca as informações de interesse do consumidor, principalmente as relativas a valor para pagamento, prazo de vencimento, débitos e número da conta contrato, informação de grande relevância nas solicitações feitas pelos clientes à Cosern.
A nova conta será impressa em papel com certificação florestal - FSC, sistema internacionalmente reconhecido que identifica, por meio de sua logomarca, produtos originados de manejo florestal responsável. A redução no uso do papel e a certificação são fatores relevantes para a preservação das florestas nativas.
Além de contribuir com o meio ambiente, a nova formatação da fatura foi concebida para ter um layout mais moderno e proporcionar mais praticidade ao cliente.
Para divulgar a mudança, a Cosern colocou no ar ontem uma campanha que inclui spot de rádio, anúncio em jornais e sites informativos, além de banners explicativos e cartazes em todas as agências de atendimento e pontos Cosern Serviços. Um vídeo didático com todas as informações sobre a nova conta também estará disponível para os clientes no site da distribuidora (www.cosern.com.br). 
HISTÓRICO
Em novembro de 2006, as distribuidoras Coelba (BA), Celpe (PE) e Cosern, integrantes do Grupo Neoenergia, inovaram ao fornecer aos clientes um novo modelo de fatura com um formato gráfico colorido e com mais campos de informação.
Por pouco mais de cinco anos, o formato ajudou a tornar as informações comerciais mais transparentes. Nesta nova etapa, que também abrangerá os três estados, além de manter o conteúdo de interesse dos clientes, está sendo priorizada a relação com o meio ambiente. Nas três concessionárias do Grupo, a redução no consumo de papel será de 26 toneladas por mês, o equivalente a 312 toneladas por ano.
O conceito da nova conta está fundamentado na Política de Responsabilidade Social e Sustentabilidade, criada em 2005 para nortear o modelo de gestão do Grupo Neoenergia, visando agregar valor ao negócio e contribuir para uma sociedade sustentável, e na Declaração de Sustentabilidade do Grupo Neoenergia, documento no qual o Grupo e suas empresas controladas assumem o compromisso em ter uma gestão corporativa orientada para a sustentabilidade, tanto em relação aos negócios atuais, quanto aos futuros. Além disso, também está alinhado aos Princípios do Pacto Global, iniciativa da ONU que tem o Grupo Neoenergia e as três distribuidoras - Coelba, Celpe e Cosern -, como empresas signatárias desde 2007.

Fonte: O Mossoroense
Leia Mais ››