RÁDIO CIDADE AO VIVO

domingo, fevereiro 12, 2012

CIDADE NEWS: Agora no ORKUT E FACEBOOK

Prezados Leitores!


O nosso blog está disponível também no ORKUT

e no FACE BOOK.



Você que gosta de ficar bem informado e que receber as nossas notícias adicione-nos clicando nos links abaixo. Assim você irá receber as notícias do nosso blog. E também não esqueça de fazer parte

dos nossos SEGUIDORES.





Leia Mais ››

Mudança no cálculo de aposentadoria do servidor

O teto do INSS será o limite das aposentadorias do serviço público federal para os novos servidores. Quem quiser garantir um benefício superior a R$ 3.916,20 terá que aderir ao regime de previdência complementar (Funpresp) contido no PL 1992/2007. Pelo modelo atual, o servidor contribui com 11% do salário base e a União com 22%, mas as receitas são insuficientes para bancar os benefícios. Tanto que o déficit da previdência pública deverá ultrapassar R$ 60 bilhões neste ano. Na última sexta-feira, o líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza disse que se o projeto não for votado na próxima terça-feira, entrará em no dia 27. Pelo projeto a alíquota de contribuição será de 8,5% para o servidor e 8,5% para a União.

O Funpresp mira os servidores com os salários mais altos nos três poderes (Executivo, Legislativo, Judiciário), Tribunal de Contas da União e Ministério Público Federal. O regime próprio continua financiando os benefícios dos funcionários públicos que estão no batente. As novas regrassó valem para os concursados que entrarem no serviço público a partir da vigência da lei. Entidades representativas do funcionalismo criticam a proposta sob o argumento que vai onerar o bolso do servidor.

Quem aderir ao Funpresp deverá arcar com duas contribuições mensais. A aposentadoria até o teto será paga pelo regime próprio e o valor que exceder será bancado pelo fundo de pensão. Desta forma se aproximam as regras de aposentadoria do serviço público com o INSS. O trabalhador da iniciativa privada tem que contratar um plano de previdência para ter uma renda melhor na aposentadoria. Hoje o governo paga 1,1 milhão de benefícios aos servidores públicos e arca com um déficit de R$ 56 bilhões. O INSS tem uma folha de 28 milhões de beneficiários e cobre um déficit de R$ 36,5 bilhões.

Álvaro Sólon de França, presidente da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Anfip), diz que o projeto traz equívocos que precisam ser alterados. "A arquitetura está equivocada. Em previdência complementar,primeiro se definem os benefícios e depois as alíquotas de contribuição". Estudo da Anfip mostra que a alíquota de 8,5% é insuficiente para a cobertura de todos os benefícios de risco permanente, como aposentadoria por invalidez e pensão por morte.

Segundo Sólon, o novo modelo vai tirar a atratividade do serviço público porque, para receber a aposentadoria integral, o novo servidor terá que contribuir por mais 20 anos e sair da ativa na compulsória. "Vai tirar do serviço público os melhores quadros que devem ir para a iniciativa privada".

Sérgio Goyana, presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Federais de Pernambuco, reclama que o PL 1992/2007 não foi discutido com as entidades de base. O sindicalista argumenta que o servidor federal já desconta 11% do salário bruto para bancar a aposentadoria e com a previdência complementar vai tirar mais 8,5% do rendimento mensal.

Especialistas divergem sobre vantagens

Especialistas em previdência divergem em relação às vantagens do regime de previdência complementar nos serviço público. Uma corrente sugere que é mais vantajoso financeiramente para o funcionário público contratar uma previdência privada aberta no mercado. Especialmente as pessoas mais jovens que ganham maiores salários. Por outro lado, há consultores que consideram a adesão ao fundo de pensão (Funpresp) a alternativa mais segura porque o investimento será monitorado e fiscalizado mais de perto pelo governo federal.

O advogado Rômulo Saraiva considera que os novos servidores vão se dar mal com a criação da previdência complementar porque terão que ficar mais tempo na ativa para ter direito à aposentadoria integral. "Minha sugestão é que o novo servidor faça uma simulação no mercado de previdência privada e compare com o regime complementar público para saber qual o mais vantajoso".

Especialista em previdência, o advogado Paulo Perazzo considera imprescindível a criação do Funpresp para a sustentabilidade do regime público de previdência. Em sua opinião, é mais viável o servidor aderir ao fundo de pensão do governo do que contratar um plano de previdência privada no mercado. "Além de ter verba pública, o fundo de pensão terá maior fiscalização, controle e gestão acompanhada", argumenta.

O governo de Pernambuco estuda a possibilidade de adotar a previdência complementar para o servidor público estadual. Em São Paulo, o governo já aprovou lei estadual (14.653/2011) criando um fundo de previdência (SP-Prevcom) com alíquota de 7,5% de contribuição para o patrocinador e o participante.

Fonte: DN
Leia Mais ››

Acordo Ortográfico será obrigatório a partir do ano que vem

Não tem choro nem vela. O mais recente Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, em vigor desde 2010 e em discussão bem antes disso, passará a ser obrigatório a partir do ano que vem. As duas normas ortográficas, a anterior e a atual, podem ser usadas e aceitas como corretas até dezembro de 2012. No próximo janeiro, escreverá errado quem colocar no papel paravas como "idéia", "freqüente", "infra-estrutura" e "vôo". Todas mudaram a grafia por causa do novo acordo, cada uma por regras específicas. Agora se escreve "ideia", "frequente", "infraestrutura" e "voo".

Na televisão, nos artigos e reportagens dos jornais da cidade, nas placas de sinalização, em grande parte dos letreiros de prédios públicos e particulares. As mudanças já são vistas no dia-a-dia dos potiguares e brasileiros de maneira geral. Porém, o grande desafio é fazer com que o acordo "pegue" na população, como se diz popularmente. O desafio se torna mais difícil ainda para fazer com que pessoas que não frequentam mais a escola, não estão mais em idade escolar, se adaptem às novidades, mesmo com três anos de adaptação. Saibam escrever corretamente a língua portuguesa.

Segundo o Ministério da Educação, a reforma ortográfica tentou facilitar o processo de intercâmbio cultural e científico entre os países e ampliar a divulgação do idioma e da literatura em língua portuguesa. O que muda é apenas a grafia de 0,5% do vocabulário. Ou seja, apenas a escrita das palavras, não sua pronúncia. Oito países cuja língua oficial é o português assinaram o acordo, se comprometendo a fazer as mudanças: Brasil, Portugal, Angola, Timor Leste, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Porto Príncipe.

O professor de português Ary Silva ensina língua, redação e gramática há 46 anos. Seja a pessoa contra ou a favor, ele considera que a mudança já está consolidada no país. "O acordo é ortográfico. Não mexe com nenhum outro aspecto da gramática. Posso afirmar sem medo de errar que, no Brasil, o Acordo Ortográfico já 'pegou'. A imprensa, as grandes revistas de circulação nacional, as emissoras de TV são exemplos do efetivo uso do Acordo Ortográfico", opina. "Até o próximo ano as escolas terão que dar mais ênfase às modificações".

Ary Silva se disse contra as mudanças porque alguns itens delas não eram necessários, nem foram bem regulamentados. "Dentre as mudanças desnecessárias, eu colocaria a exclusão do trema. Além de ser um sinal bastante simpático, eu o considero necessário para a leitura do vocábulo. Outra alteração que não faz sentido é a exclusão do acento diferencial do vocábulo 'para', no verbo ou preposição: 'Carnatal para Natal'. Não se consegue entender corretamente um texto com essa mudança. Isso tudo sem falar na confusão que ainda existe a respeito do uso do hífen", argumenta.

Livros já chegam às escolas estaduais com mudanças

Os livros de Língua Portuguesa comprados esse ano pela Secretaria Estadual de Educação já estão totalmente adaptados às novas regras, e serão distribuídos em toda a rede de ensino do Rio Grande do Norte, que tem ? escolas. Na opinião de Betânia Ramalho, secretária estadual de educação, as escolas estão em processo de adaptação para fazer valer essas mudanças desde que o acordo entrou em vigor de forma híbrida, em 2010. "Essas mudanças ocorrem, mas é dado um tempo para a população se adaptar e absorver as novas regras. A escola tem esse papel de fazer valer essa instrução", diz.

Num estado onde a carência predomina na rede pública de ensino, até mesmo ensinar a língua portuguesa como um todo é um desafio. Betânia, que é professora universitária da UFRN, acredita que o esforço tem que ser permanente para que a qualidade de uma aula de língua portuguesa seja sempre o principal objetivo do professor da disciplina. "Muitas vezes temos dificuldades de manter até mesmo as regras antigas, então é necessário um esforço permanente para que essas regras sejam usadas dentro dessa nova realidade", afirmou.

Já segundo o professor Ary Silva, as escolas municipais, estaduais e particulares não terão "nenhum grande desafio" para se adaptar às novas regras. "Inicialmente as séries iniciais já aprenderão usando o Acordo Ortográfico. As demais séries já devem ter visto alguma coisa durante esse tempo em que as duas formas foram aceitas. Além de tudo, é importante ressaltar que, no Brasil, apenas 0,5% das palavras sofreram alguma alteração, isto é, uma quantidade mínima. Se observarmos um texto com 40 linhas, encontraremos não mais que três ou quatro palavras contempladas".

O educador acredita que é a prática que manda, ou seja, é preciso saber que a reforma existe e seja consultada, quando for necessário. "Calma, sem desespero! Não vamos transformar esse acordo em uma guerra. Uma apresentação bem feita de uma hora resolve o problema. Finalmente, olhe para uma biblioteca. Observe todos os livros que estão na estante e diga a você mesmo: Tudo está velho! Tem que ser atualizado! E o preço a ser pago para que isto aconteça? A resposta é sua!". (SHS)

Relembre as principais mudanças do acordo ortográfico

- As paroxítonas terminadas em 'o' duplo não terão mais acento circunflexo; ao invés de 'abençôo', 'enjôo' ou 'vôo', agora se escreve 'abençoo', 'enjoo' e 'voo'

- Mudam as normas para o uso do hífen no meio das palavras: o hífen vai desaparecer do meio de palavras, com exceção daquelas em que o prefixo termina em `r´, casos de 'hiper-', 'inter-' e 'super-', pelo que passa a se escrever 'extraescolar', 'aeroespacial' e 'autoestrada'

- Não se usa mais o acento circunflexo nas terceiras pessoas do plural do presente do indicativo ou do substantivo dos verbo 'crer', 'dar', 'ler','ver' e seus decorrentes. Passa a ser correta a grafia 'creem', 'deem', 'leem' e 'veem'

- Criação de alguns casos de dupla grafia para fazer diferenciação, como o uso do acento agudo na primeira pessoa do plural do pretérito perfeito dos verbos da primeira conjugação, tais como 'louvámos' em oposição a 'louvamos' e 'amámos' em oposição a 'amamos'

- O trema (brasileiro) desaparece completamente. É correto escrever 'linguiça', 'sequência','frequência' e 'quinquênio' ao invés de 'lingüiça', 'seqüência', 'freqüência' e 'qüinqüênio'

- O alfabeto deixa de ter 23 letras para ter 26, com a incorporação de 'k', 'w' e 'y'

- O acento deixa de ser usado para diferenciar 'pára' (verbo) de 'para' (preposição)

- No Brasil, Foi eliminado o acento agudo nos ditongos abertos 'ei' e 'oi' de palavras paroxítonas, como 'assembléia', 'idéia', 'heróica' e 'jibóia'. Desde 2010, o certo é 'assembleia', 'ideia', 'heroica' e 'jiboia'

Ência Lusa (Portugal); Banco de Dados da Língua Portuguesa FFCLH/USP, 2007 (Brasil) [adaptado]

Fonte: DN
Leia Mais ››

Apenas 5,8% dos concluintes do Ensino Médio aprendem Matemática no RN

Análise combinatória, matrizes, função e geometria. Grande parte dos estudantes potiguares concluintes do Ensino Médio não sabe esses assuntos. O aprendizado de matemática na 3ª série do nível médio no Rio Grande do Norte não é bom, conforme atesta os dados divulgados essa semana pelo programa Todos Pela Educação, que revela um índice de apenas 5,8% de concluintes do nível médio com aprendizagem adequada da disciplina.

Os dados são referentes à meta 3 do programa, uma das que não foram atingidas pelo Estado, dentro do monitoramento de metas estabelecido pelo próprio programa, estabelecido com informações de 2009 (as mais recentes disponibilizadas pelo MEC). A meta estabelece que todo aluno tenha um aprendizado adequado à série em que estuda.

O professor de matemática do Ensino Médio, Helder Cortez Bonifácio Filho, que ensina em várias escolas e que mantém um cursinho isolado da disciplina em Natal, relata que a informação "infelizmente é verdade". Segundoele, parte da deficiência que os alunos têm em matemática se deve à falta de base no Ensino Fundamental.

"Possivelmente nas séries iniciais ele passou por algum trauma. No Ensino Médio, a maioria acha que matemática é apenas números que de nada lhe servem. Anteriormente não lhes mostraram a importância dos assuntos, por isso vemos que a maioria desses concluintes opta por algumas carreiras que não exigem cálculos, como Direito ou Medicina", opina.

"A matemática tem que ser prazerosa, mostrando ao aluno onde ele vai utilizá-la. Levar a turma a supermercados para calcular porcentagens, a lojas de carros para ver diferença de preços e juros, a uma fazenda, onde ele poderá saber a importância de um triângulo-retângulo para se fazer um curral", alerta o professor, citando exemplos da boa matemática que pode (e deve) ser ministrada em sala de aula. "A matemática está no cotidiano das pessoas. Quando você vê onde vai utilizar aquele assunto, você desperta interesse no estudante", defende Helder Filho.

Índices

No que se refere aos outros níveis de ensino e na disciplina Língua Portuguesa, os dados do estado melhoram, se situando acima da meta nacional. Mas se mantém baixos. No 5º ano do Ensino Fundamental, é de 21,3% o índice de estudantes que aprendem bem Língua Portuguesa, e de 17,8% os que aprendem matemática. No 9º ano do Ensino Fundamental, os índices são, respectivamente, de 20,5% e de 12,2%. Na 3ª série do Ensino Médio, apesar do índice de matemática de 5,8%, o de Língua Portuguesa é melhor: 19,6%. À exceção do nível de matemática, todos os outros índices estão dentro da meta estabelecida no Todos Pela Educação, que prevê atingir a cifra de 70% até o ano 2022.

Os números também revelam que os indicadores dos municípios também tendem as setas decrescente. Natal, a capital do Estado, por exemplo, tem apenas 19,7% dos alunos do 5º ano que aprendem o conteúdo de português exigido na série, e 15,7% sabem matemática. No 9º ano também do Fundamental, 21% sabem a Língua Portuguesa exigida na série e apenas 10,8% aprendem matemática como deveriam.

No total, 44,3% dos municípios do Rio Grande do Norte atingiram a meta de português na 5ª série do Fundamental, e 63,5% a de matemática no mesmo nível. No 9º ano, os índices saltam para 75,4% em português, e 40,1% em matemática. O Todos Pela Educação também divulgou que, do total da população do Estado com idade entre 4 e 17 anos (783.350 pessoas), 727.291 são estudantes. Ou seja, ainda existem 56.059 crianças e jovens fora da escola no Rio Grande do Norte.

Meta é subir índice a 70% até 2022

A situação não é grave apenas em solo norte-rio-grandense. O Todos Pela Educação revelou que a situação do aprendizado dos estudantes por município em todo o Brasil, que estabeleceu que 70% ou mais dos alunos devem ter aprendizado adequado à série até 2022, e definiu metas intermediárias para alcançar esse objetivo. No 5º ano do Ensino Fundamental, 21,7% dos municípios não atingiram as metas para matemática, e 52,0% ficaram aquém em língua portuguesa. Já no 9º ano do Fundamental, 56,1% dos municípios não alcançaram as metas em matemática, e 16,0% não as atingiram em língua portuguesa.

Apesar do índice baixo de 5,8%, o Rio Grande do Norte ainda se mantém dentro do intervalo de confiança estabelecido pelo Todos Pela Educação, cujo índice varia entre 3,9 e 7,7%. A meta 3 para esse ano, estabelecida pelo programa, é que o índice fosse de 9,9% dos alunos concluintes com nível de aprendizado adequado à série. O Diário procurou a secretária estadual de educação, Betânia Ramalho, para comentar sobre os números, mas ela não pôde falar sobre o assunto porque estava em reuniões tanto pela manhã quanto à tarde.

Fonte: DN
Leia Mais ››

São Gonçalo aguarda seu grande salto com o aeroporto


A espera de mais de quase 17 anos para uma real confirmação de que o Aeroporto de São Gonçalo do Amarante passaria apenas de um projeto para a realidade trouxe bastante desconfiança entre os moradores do município. As impressões, no entanto, estão mudando aos poucos, principalmente após a recente visita da presidenta Dilma Rousseff, que desceu com o avião presidencial na pista de pouso do aeroporto, etapa da obra feita sem a participação da iniciativa privada.

Aos poucos, a esperança vai tomando conta de cada morador, comerciante e político da região. Oportunidade de empregos, de gerar renda e mudar de vida preenchem os sonhos de quem acredita que o aeroporto é uma espécie de "marco zero" na história do município que integra a Região Metropolitana de Natal e tem pouco mais 87 mil habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).


Este número de moradores, que hoje está um tanto quanto longe de alcançar a casa dos100 mil, deverá ser facilmente acrescido de dezenas de habitantes frente à expectativa relativa ao novo aeroporto potiguar. Informações dão conta de que apenas um empreendimento habitacional que deverá ser construído até 2014, data prevista para início das operações do aeroporto, receberá 12 mil pessoas.

A região é tratado por Dilma como a nova fronteira logística da nação e ponto vital no desenvolvimento não só do Rio Grande do Norte, como de todo o Brasil. Este apontamento vem do histórico de novos aeroportos, que sempre trazem consigo um grande crescimento populacional no entorno de onde é construído, em especial nos casos de "aeroporto-cidade", como é o de São Gonçalo, previsto para ser o terceiro maior do Nordeste após a sua conclusão, junto com o aeroporto de Fortaleza, no Ceará. O modelo aeroportuário que será tocado pelo consórcio Inframérica, vencedor do leilão para construção e administração, prevê uma grande atração de empresas tanto para a própria área, que possui 15 km², como para toda a região.E na expectativa de que o progresso chegue o quanto antes em São Gonçalo, já a partir do início da construção do terminal, anunciado pelo consórcio para o início de março, o empresário Augusto Justino, mais conhecido como Duda pelos frequentadores do seu restaurante, um dos maiores da região, e de sua pousada, única em funcionamento na área, vislumbra crescer. Os planos de expansão das empresas de Duda são ousados e já se encontram em curso. Quem visitar seu restaurante, em atividade há mais de 15 anos, ou ficar em um dos apartamentos da pousada nos próximos dias já poderá ver as mudanças acontecendo. "Irei duplicar a quantidade de apartamentos, passando de oito para 16. Vou aumentar o restaurante, cobrir a parte que está faltando e construir uma cozinha industrial", conta ele, revelando parte de seus investimentos iniciais de R$ 50 mil, que já foram feitos em parte, pois todo o material para as reformas e ampliações já estão comprados.

Duda se considera um dos poucos que acreditaram desde o início que o aeroporto serviria de mudança real para São Gonçalo. "Acompanho há muito tempo o desenrolar. Vou para todas as reuniões e vejo que o aeroporto é a redenção de São Gonçalo, diferente do que muitas pessoas ainda pensam, devido ao tempo que passou para que a obra fosse confirmada", destaca o empresário.

As mudanças ainda aguardadas por boa parte de São Gonçalo já vem sendo sentidas por Augusto Justino há algum tempo, pois seu restaurante forneceu refeições para uma empresa que prestava serviços no canteiro de obras da construção da pista de pouso do aeroporto. Ele espera, no entanto, que o crescimento seja ainda maior com o início das obras no terminal. "Os planos são para triplicar a quantidade de refeições vendidas por dia ainda neste semestre", revela. Com todo o quadro de empregados morando nas proximidades, Duda ainda espera poder contratar mais. "Desde o mês passado estou com mais duas pessoas no restaurante, mas com certeza chamarei mais funcionários. Em breve, quem vai assumir tudo são meus filhos", diz Augusto. Dos dois filhos do empresário, um é formado em gestão de empresas e o segundo está estudando ciências contábeis.

Boom imobiliário

Parte vital no esperado "boom" econômico dos próximos anos, o setor de construção civil de São Gonçalo ainda aguarda pelo aeroporto, mas já se mostra em franco crescimento, seja pelo crescimento das lojas existentes ou a chegada de grandes redes do setor de construção na cidade. Basta pegar a estrada rumo à sede do município e perceber o sem-número de loteamentos, conjuntos e residenciais de casas e apartamentos previstos para serem entregues dentro dos próximos meses. Números da própria prefeitura demonstram este crescimento habitacional: em 2008 foram emitidos 54 alvarás de construção, enquanto que em no ano passado foram 4.495. Acompanhando a maré favorável, uma dos maiores lojas de material de construção do município dobrou sua área. "Tudo que temos até agora é fruto do comércio local. Nada ainda nos veio devido ao 'sagrado aeroporto'. Ainda estamos muito parados, falando do comércio como um todo. Não temos ainda uma associação, por exemplo", comentou o gerente de vendas Josivan Pinheiro.

Mesmo sem muitas informações sobre o impacto do que será a inauguração do aeroporto e o que virá de desenvolvimento nos próximos anos, o gerente aguarda uma explosão comercial nunca antes vista na história de São Gonçalo. "A perspectiva comercial é muito grande. Esperamos um salto de 200% nas vendas quando a obra estiver em pleno funcionamento, além da promessa de que serão utilizados fornecedores locais, apesar de que ainda temos muitas dúvidas a respeito disto", comentou Josivan Pinheiro. Os planos da empresa ainda são tímidos, mas com vistas para um futuro próspero. "Acabamos de fazer uma grande ampliação na loja principal. Até agora, a programação da empresa é abrir outra loja, até para competir com as novas que estão chegando, mais próximas do centro da cidade", conta o gerente.

A esperança de dias (e anos) muito melhores, no entanto, não limita-se ao setor comercial. Pegando literalmente no pesado, carregando pedras e areia para uma construção na casa da irmã, que mora no mesmo terreno que ele, o jovem Rosenildo Miranda, 17 anos, sonha com uma mudança de vida com a chegada das obras de aeroporto. "Tenho uma grande vontade de fazer um curso, para poder trabalhar na obra. Se aparecer, pode ter certeza que eu faço", conta ele, mais conhecido entre os familiares e amigos como Nildo. Morando a pouco mais de 2 quilômetros da atual entrada do aeroporto, o jovem, que faz "bicos" para completar a renda familiar, vê no aeroporto a oportunidade de mudança. "De um jeito ou de outro acho que vai mudar a vida de todo mundo mesmo. Tomara que seja para melhor e eu possa ajudar minha família trabalhando".

Fonte: DN
Leia Mais ››

Gerente de hotel é assassinado ao sair para o trabalho na Praia do Meio

Praia do Meio


Por volta das 8h deste domingo mais um crime violento foi registrado em Natal. Um homem identificado como Wendel Evandro da Silva, de 42 anos, gerente do hotel Residence na praia do Meio foi assassinado com pelo menos três tiros quando saia de sua residência que fica a poucos metros do hotel.

De acordo com informações do tenente PM Luiz Felipe, a vítima estava saindo de um condomínio residencial que fica atrás do hotel, para mais um dia de trabalho, quando foi surpreendido por um homem ainda não identificado que efetuou três tiros, sendo dois na região do tórax e um na cabeça.

Wendel Evandro morreu no local e ainda não há informações do suspeito. A Polícia Civil irá investigar se o crime foi uma execução e poderá usar imagens das câmeras de segurança.

Fonte: DN
Leia Mais ››

TROCA DE TIROS TERMINA COM DUAS PESSOAS BALEADAS NO BAIRRO SANTA DELMIRA EM MOSSORO.


BLOG PASSANDO NA HORA




   Uma troca de tiros envolvendo pessoas rivais termina com duas pessoas baleadas por volta das 6h deste domingo (12/02) na Rua Raimundo Jose da Silva, no bairro Santa Delmira.
   Segundo informações, um proprietário de um bar nas proximidades teria atingido Francisco Fernandes Filho, 46 anos de idade, que em seguida revidou e alvejou Alexandre Filgueira de Souza, 21 anos que saia de sua residência e voltar para se proteger dos disparos, mas ainda foi alvejado, o mesmo não tinha nada a ver com os disparos. Alexandre foi alvejado com um disparo de arma de fogo no fêmur direito e Francisco tambem foi alvejado em uma das pernas, ambos foram socorridos por uma viatura do SAMU para o hospital regional Tarcisio Maia (HRTM), sem gravidade.
   Viaturas da policia militar fizeram um patrulhamento na tentativa de localizar os acusados, duas pessoas foram detidas e conduzidas a DP de Plantão onde serão investigados se estão envolvidos na ocorrência.



BLOG PASSANDO NA HORA

BLOG PASSANDO NA HORA

BLOG PASSANDO NA HORA

BLOG PASSANDO NA HORA

BLOG PASSANDO NA HORA
Foto: Jr. Danta / Linha de Fogo

Foto: Jr. Danta / Linha de Fogo




Fonte: Passando na Hora
Leia Mais ››

Whitney Houston pode ter morrido afogada, diz site

Corpo de Whitney Houston é transferido para o necrotério (12/2/12)
Uma investigação inicial aponta que a causa da morte de Whitney pode ter sido afogamento - a cantora foi encontrada morta na banheira no último sábado (11). No quarto do hotel não foram encontradas drogas e bebidas alcoólicas. Policiais disseram que localizaram apenas frascos e cápsulas de remédios. A informação é do site “TMZ”.

Paramédicos retiraram o corpo de Whitney Houston do hotel Beverly Hilton, em Beverly Hills, durante a madrugada deste domingo (12) e levaram para o necrotério onde será realizada a autópsia.

O capitão Brian Elias, do escritório de investigação de Los Angeles, disse que os exames para detectar a causa da morte ainda não foram agendados e que os investigadores estão aguardando os relatórios antes que a autópsia possa ser conduzida. A informação é da agência de notícias Associated Press.

A cantora e atriz norte-americana Whitney Houston morreu aos 48 anos. De acordo com a polícia local, Houston foi encontrada morta em seu quarto, no hotel Beverly Hilton, em Beverly Hills. Não havia sinais aparentes de crime ou violência, declarou um porta-voz da polícia a jornalistas diante do hotel. Segundo Kirsten Foster, assessor da estrela, a causa da morte permanece desconhecida e está sendo investigada.

Segundo a polícia de Beverly Hills, seguranças do hotel fizeram uma ligação de emergência sobre Houston às 15h43 locais (21h43 no horário de Brasília). Uma equipe de paramédicos já estaria no hotel por conta de uma festa do Grammy e teria tentado ressuscitar, sem sucesso, a cantora. Às 15h55, Houston foi declarada morta.

Whitney falou com sua mãe, Cissy Houston, e com sua prima, Dionne Warwick, horas antes de morrer, e ambas disseram que não perceberam nada de diferente com a cantora e que ela estava com uma voz normal no telefone. A conversa teria girado em torno da participação de Whitney na festa pré-Grammy organizada por Clive Davis. Pessoas próximas à Dionne disseram que ela está inconsolável. A mãe da cantora ficou desesperada ao saber que a filha morreu. A informação é do site "TMZ".

Seu ex-marido, Bobby Brown, está "devastado", segundo disse um familiar próximo à revista "People". "Tinham em comum a sua filha Bobbi Kristina e queriam criá-la juntos. Não se odiavam. De fato, havia muito respeito entre eles. É um duro golpe para Bobby. Está devastado. Ele gostava muito dela. São momentos muito tristes", acrescentou.

Whitney se casou com Brown, um cantor de soul, em 1992. Tiveram sua filha um ano depois e após uma relação tumultuada, que incluiu uma denúncia da cantora por violência doméstica, o casal se divorciou em 2007.

A notícia da morte de Whitney Houston surge na véspera da maior premiação da música mundial, o Grammy, que será realizado neste domingo (12), em Los Angeles, com um tributo à cantora. Um de seus mentores de longa data, o produtor Clive Davis, chegou a afirmar que ela estaria presente à festa e, inclusive, deveria cantar. "É a noite favorita dela no ano, então quem sabe..."

As cantoras Aretha Franklin, Mariah Carey e Jennifer Lopez, entre outras, também lamentaram a perda de Houston (leia mais).

Fonte: Portal Uol
Leia Mais ››

Jovem fica ferido ao bater em placa de sinalização em frente a IFRN na Br 405


O jovem Jeferson Arlindo da Silva, 19 anos, seguia pela BR 405 pilotando uma motocicleta Honda, na altura do KM 155, em frente ao IFRN, zona rural de Pau dos Ferros/RN, bateu em uma placa de sinalização que fica ao lado de uma lombada.

De acordo com informações o jovem seguia no sentido à Rafael Fernandes/RN quando bateu na placa. Com a força do impacto, a madeira rachou ao meio.

Ele foi socorrido pelo Resgate do Corpo de Bombeiros para o HRCCA em Pau dos Ferros/RN , as informações indicavam que ele sofreu ferimentos na cabeça.

O fato ocorreu por volta das 04h25min deste sábado (11), acredita-se que o jovem além de não fazer o uso correto do capacete desenvolvia alta velocidade e ao tentar passar entre a placa e a lombada como os motociclista costumar fazer, errou o calculo acertando em cheio a placa.

Fonte: Nosso Paraná RN
Leia Mais ››

Assaltante rouba feirantes na zona rural de Ereré/CE


Um malévolo encapuzado e armado com uma espingarda calibre 12, por volta das 07h00min da manha deste sábado (11) na localidade denominada Passagem Molhada(foto), entre a Vila São João, zona rural do Município de Ereré/CE e cidade de São Francisco do Oeste/RN, interceptou um veiculo que vinha para feira livre de Pau dos Ferros/RN e assaltou cerca de cinco pessoas em seguida interceptou um veiculo da cidade de Martins/RN anunciou o assalto mandando os dois ocupantes descerem do carro e deitar-se sobre o solo do proprietário do veiculo tomou certa quantia em dinheiro e do motorista de 33 anos(nome preservado à pedido do mesmo” , que é a da cidade de Martins/RN, disse esta sem dinheiro e o meliante efetuou um disparo que atingiu seu antebraço direito, não chegando a atingir o osso levando quase toda parte do local atingido, ele mesmo baleado ainda conduziu o veiculo até a cidade de São Francisco do Oeste/RN onde pediu ajuda e foi socorrido por um popular para o HRCCA em Pau dos Ferros/RN, o fato ocorreu em solo cearense e mesmo assim o Cabo Rosano comandante do Policiamento de São Francisco do Oeste/RN realizou diligencias no apoio ao policiamento da cidade de Ereré/RN mas não localizaram o bandido, que além de atirar contra o motorista outros feirantes foram agredidos com coronhadas na cabeça.

Fonte: Nosso Paraná RN
Leia Mais ››

Agricultor é preso por embriaguez ao volante em Tenente Ananias/RN


Na tarde deste sábado (11) por volta das 17:00 horas , o agricultor Benedito Cassiano da Silva, 42 anos, Residente no Sitio Riacho do Meio, zona rural de Alexandria/RN, foi flagrado por uma viatura policial, comandada pelo Sargento Franky quando realizava ronda de rotina pelo centro da cidade e nas proximidades da Praça Prestes da Rocha Formiga, se deparou com Benedito Cassiano , pilotando uma motocicleta, Honda CG 125, placa MYU-2861/RN, cor azul, praticando direção perigosa(zig zag), ao ser abordado o comandante da Patrulha percebeu que o mesmo apresentava sinais de embriaguez alcoólica, ao ser submetido ao teste de bafômetro, onde foi constatado 1.10 mg/l de teor alcoólico no sangue, em seguida foi conduzido à 8ª DRPC de Alexandria/RN, onde foi autuado em flagrante delito, crime previsto no Artigo 306, da Lei n° 9.503/97.

Fonte: Nosso Paraná RN
Leia Mais ››

Irmãos tenta matar um jovem com golpes de enxada em Umarizal/RN


Na noite de sexta-feira (10), por volta das 21h20min a Polícia Militar da cidade de Umarizal/RN foi acionada para atender uma ocorrência na Rua do Algodão, no Bairro Mutirão, ao chegar no local localizou e prendeu os irmãos João Batista da Costa Martins, 22anos e João Maria da Costa Martins, 33 anos, ambos foram socorridos juntamente com o jovem Tales Barbosa Targino, 26 anos, para o Posto de Saúde com cortes em suas cabeças, em seguida conduzidos para Delegacia de Polícia para as medidas cabíveis, juntamente com duas enxadas e um facão.

Segundo informações o jovem Tales Barbosa de posse de um facão foi a residência dos irmãos com quem ele tem um rixa antiga e passou a bater na porta com a referida arma branca e quando os irmãos saíram foram atingidos em suas cabeças, momento que correram para o interior de sua residência e pegaram as enxadas e foram a procura do jovem que alçaram já próxima a residência do mesmo no centro da cidade e aplicaram dois golpes de enxada, que segundo o laudo médico houve apenas lesões corporais leves no trio, onde será lavrado um TCO contra eles.

Fonte: Nosso Paraná RN
Leia Mais ››

HOMEM É ALVEJADO POR DISPARO DE ARMA DE FOGO NO BAIRRO BARROCAS EM MOSSORÓ.

Imagem ilustrativa

   Por volta das 21h50min deste sábado (11/02) o CIOSP recebeu informações que um homem teria sido alvejado com um disparo de arma de fogo em um bar na Rua Herculano Couto, 1460, no bairro Barrocas em Mossoró.
   A pessoa identificada como Luciano foi alvejado com um disparo na região da virilha. Segundo informações apuradas pela polícia, a vítima estaria bebendo com o acusado quando os mesmos tiveram um discussão e o acusado não identificado teria sacado a arma e alvejado Luciano.
   A vítima foi socorrida por populares para o hospital regional Tarcísio Maia (HRTM).

Fonte: Passando na Hora
Leia Mais ››

Acidente com vitima fatal na Br 110 Zona Urbana de Mossoró


Uma colisão envolvendo um caro tipo Eco Sport de placa MXO 5018 de Mossoró e uma motocicleta de cor laranja, tipo moto taxi de placa MYN 7779 de Mossoró, termina com a morte de um dos ocupantes da motocicleta.

O acidente aconteceu por volta de meia noite, de sábado 11 de Fevereiro de 2012, e aconteceu na Avenida Presidente Dutra no trecho da BR 110 próximo ao hotel Normandie.

Roberto Kennedy Sales da Silva, aproximadamente 45 anos de idade, Cabeceiro, morador da Rua Guilherme Ricardo de Lima no bairro Liberdade I, trafegava como passageiro da motocicleta e morreu no local antes da chegada do socorro Medico. O condutor da moto sofreu um corte profundo na cabeça e foi socorrido por socorristas do Samu, para o Hospital Regional Tarcisio Maia

Segundo Informações de populares, Roberto participava de uma seresta em um bar localizado as margens da avenida e teria pegado o moto taxi, com o intuito de ir pra sua casa. O condutor da motocicleta, identificado apenas como “Canindé” invadiu a via de forma imprudente “tentou cruzar a BR” e foi colhido e arrastado cerca de 50 metros, pelo veiculo que trafegava no sentido centro da cidade.

O condutor do Eco Escort parou o veiculo, mas quando percebeu que havia uma pessoa morta tentou se evadir do local, mas foi impedido por populares. Após a chegada dos agentes da Policia Rodoviária Federal, o mesmo deixar o local sem ser identificado.

Uma equipe de Peritos do Instituto Técnico Cientifico de policia, Itep, realizaram a pericia no local e removeram o corpo de Roberto para os procedimentos de necropsia na sede do órgão.

Obs.: Populares informaram que o motorista realizou os procedimentos legais: Ligou para o socorro medico e para a Rodoviária Federal e só deixou o local do acidente, como forma de prevenção

Os veículos envolvidos no acidente foram conduzidos para o patio da PRF e ficarão a disposição da Policial Civil para os procedimentos.









Fonte: O Câmera
Leia Mais ››

Tradicional Carnaval de Almino Afonso será aberto ao público no mercado central e balneário

alex_motta
ALMINO AFONSO - A partir deste ano o tradicional Carnaval de Almino Afonso sofrerá mudanças. A cidade era uma das poucas que ainda tinha carnaval pago, mas agora a programação carnavalesca será liberada para os foliões que todos os anos lotam as dependências do Mercado Central, principal ponto de concentração dos brincantes.
O fato de o evento ter se tornado aberto, não implica em mudanças na sua estrutura, que continua grandiosa e com todo o aparato de segurança para que os foliões locais e os visitantes das diversas cidades possam desfrutar dos tradicionais bailes e matinês no mercado público e as tardes festivas no Balneário Mangueirão, que fazem do Carnaval local, um dos mais animados e mais prestigiados da região.
Para esse novo formato do Carnaval a partir deste ano, a Prefeitura de Almino Afonso preparou uma programação com boas atrações musicais para animar os quatro dias da festa de Momo.
A festa começa no sábado, 18, a partir das 21h, com Uizamar e Banda de Frevo, Flor Mania e Axé Power. Domingo, 19, a partir das 21h, Uizamar e Banda de Frevo, Prabalá e Flor Mania. Segunda-feira, 20, a partir das 23h, Flor Mania e Cia. do Kuarto. Terça-feira, 21, a partir das 23h, Flor Mania; Levada & Alex Mota.
No total, serão quatro bailes e três matinês no mercado público, principal ponto de concentração dos foliões.
Mas a programação carnavalesca em Almino Afonso não se restringe ao mercado. Deste sábado até a quarta-feira de cinzas o Balneário Mangueirão constitui uma boa opção. Ambiente agradável e onde se brinca um bom Carnaval com o conforto e a tranquilidade que os foliões merecem.

Fonte: O Mossoroense
Leia Mais ››

Presos instituem suas próprias regras e condutas dentro dos presídios mossoroenses

JOSE_WILSON
Depois que O Mossoroense mostrou com exclusividade a comercialização de mercadorias que ocorre dentro das instituições prisionais do Rio Grande do Norte, a equipe de reportagem visitou cadeias públicas e presídios para tentar entender o comportamento dos detentos e as regras básicas criadas por eles para impor sua autoridade na luta pela sobrevivência, onde prevalece a "lei do mais forte".
"Os presos criaram nos presídios suas próprias regras, com comportamento ético entre eles, onde o espaço de um é respeitado por todos. Eles criaram uma sociedade à parte, onde sobrepuja o forte sobre o mais fraco", contou o vice-diretor do Complexo Penitenciário Estadual Agrícola Mário Negócio (CPEAMN), José Wilson Pereira.
Para Wilson, o dia-a-dia nas celas é muito lento e os presos acabam desenvolvendo atividades para matar o tempo e uma delas é desenvolver ações para facilitar o cumprimento da pena. "Eles são criativos, inventam moda para exercer a supremacia do mais forte", explicou.
Uma das principais regras de comportamento desenvolvida é no que se refere à família, considerada entre eles como algo sagrado, acima de qualquer outra coisa. "Os presos presam muito os familiares e isso pode ser visto em um dia de visita, quando os familiares chegam", contou.
O vice-diretor disse que nos dias de visitas, os presos sabem com antecedência quem deles receberá a família e vão recepcionar os parentes na quadra, destinada ao banho de sol. "Nesse momento de receber as visitas no regime fechado, a gente vê uma coisa interessante: o detento que não tem ninguém para o visitar fica de frente para a parede e de costas para os familiares dos presos. Essa atitude para eles é uma forma de respeito com as esposas e filhos dos colegas e aquele que ousar faltar com respeito paga caro. É a lei deles", disse.
O vice-diretor lembra de um episódio que aconteceu recentemente, quando em um dia de visita íntima, um detento ficou espiando o colega no ato amoroso com a esposa. Na ocasião, os presos esperaram a visita terminar e foram acertar contas com o curioso, que só não apanhou até a morte devido a intervenção dos agentes penitenciários que ouviram os gritos e retiraram o apenado da cela.
"As leis e regras criadas pelos presos são cumpridas rigorosamente e, assim como em toda sociedade, os infratores são punidos, só que dentro das prisões o castigo é a morte dos desobedientes e isso infelizmente não se pode fazer nada, apesar de fiscalizarmos direto essa conduta", ressaltou.
Atualmente o CPEAMN conta com uma população carcerária de 459 presos, divididos entre o regime fechado e o semiaberto, tanto masculino quanto feminino. São 277 presos na ala fechada, 130 no semiaberto, da unidade masculina, e 34 mulheres no fechado e 18 no aberto.
Dificuldade
Para José Wilson, a maior dificuldade enfrentada pela direção da unidade é a falta de pessoal. São apenas seis agentes e sete policiais militares trabalhando por dia para dar conta de uma área de terra de 600 hectares, correspondente a penitenciária.
"Para que nós trabalhássemos dentro dos conformes, precisaríamos de 30 agentes e 15 policiais diariamente. É uma deficiência muito grande que enfrentamos", concluiu. 
Presos criam linguagem própria para escapar da fiscalização de agentes penitenciários

Mesmo trancados em uma cela das inúmeras prisões brasileiras, presos de todo o país passaram a criar linguagem própria para tentar escapar da fiscalização dos agentes penitenciários e assim camuflar as irregularidades típicas das prisões. Nas instituições penais de Mossoró existe uma espécie de vocabulário próprio, que muitas vezes apenas os idealizadores entendem.
São palavras de duplo significado, usadas para se comunicarem entre si, sem que os agentes interfiram na conversa. Geralmente essas palavras são para realização de negociatas ou esconder objetos ilegais dentro das celas, tipo celulares, armas e drogas.
Quando um agente penitenciário se aproxima das celas, eles começam a bater na grade e falar para os demais companheiros: "olha o óleo, olha o óleo". Esse palavreado é para anunciar que a fiscalização está chegando e o "óleo" é uma alusão ao agente, que usa fardamento preto. E, se o agente se aproxima acompanhado de alguém, eles gritam: "óleo recheado".
Outro termo usado pelos presos para se referir aos agentes é o de "cururu", uma alusão ao sapo que para muita gente é um bicho asqueroso e nojento. "Com o passar do tempo nós vamos aprendendo o linguajar dos presos e eles vão criando outros termos. É um vocabulário que sempre se renova", explicou um agente penitenciário que não quis ser identificado por questões de segurança.
Para se referirem ao aparelho celular, objeto de luxo em uma prisão, os apenados costumam se referir ao "rádio". Sintonizar o rádio é o mesmo que dizer para fazer uma ligação telefônica de dentro para fora da cadeia. Assim como "sazom" quer dizer droga e "papagaio" significa dedo duro ou cabueta (alcaguete), ou seja, o que fala demais.
"Tem momentos em que até parece que eles estão falando uma espécie de língua de outro país, totalmente alheia ao português. São jargões, gírias, paródias usadas pelos apenados para explicar a dura realidade nas prisões", disse o agente.

Vocabulário próprio de presos chama atenção das direções dos presídios

Criado para tentar enganar as direções dos presídios, o vocabulário dos presos tem sido motivo de preocupação nas instituições penais espalhadas pelo Rio Grande do Norte. São frases restritas apenas aos detentos, que se tornaram curiosas para quem não vive a realidade das celas.
Para matar um pouco dessa curiosidade, O Mossoroense conversou com alguns apenados, que revelaram o significado de alguns termos, veja ao lado:

Vocabulário
Internet: buraco cavado nas paredes que ligam uma cela a outra, por onde circulam drogas e informações.
Óleo: agente penitenciário.
Cururu: pessoa indesejada, nojenta.
Papagaio: aquele que fala muito.
Sazon: drogas.
Rádio: aparelho celular;
Parlatório: lugar circundado de pano, reservado para receber visita íntima.
Cachanga: cama de dormir.
BR: dormir no chão.
Recheado: intruso chegando.
Boy doido: testa de ferro dos líderes.
EmbaÇAdor: aquele que complica a situação.

Fonte: O Mossoense
Leia Mais ››