Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

quarta-feira, abril 04, 2012

MARCCO divulga nota sobre o escândalo dos precatórios no TJRN



O MARCCO - Movimento Articulado de Prevenção e Combate à Corrupção, publicou uma nota a sociedade potiguar no início da noite desta quarta-feira(4) a respeito do grave momento histórico vivido pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, no escândalo dos precatórios. Confira:

1- manifestar sua confiança na conclusão e seriedade das investigações iniciadas no seio do próprio Tribunal, por iniciativa da atual Presidência, bem como na efetiva punição dos culpados a quem sejam imputados os desvios, independente de serem servidores, juízes ou desembargadores;

2 - rechaçar qualquer tentativa de desqualificação a priori dos estarrecedores indícios e provas divulgados até o momento, expressando irrestrito apoio ao Ministério Público Estadual e demais entidades envolvidas na investigação;

3 - comprometer-se, perante a sociedade potiguar, a acompanhar de perto o curso dos fatos, exigindo transparência, isenção, ampla defesa e duração razoável dos processos, manifestando-se contra qualquer atitude corporativista e envidando esforços, inclusive junto ao CNJ, para afastamento dos envolvidos das funções públicas, na eventualidade de acusação formal;

4 - afirmar sua convicção de que apenas a apuração aprofundada dos fatos, o julgamento isento pelas instâncias competentes e a punição efetiva dos autores dos gravíssimos desvios estão à altura da importância do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte que, por sua própria natureza e em atenção às elevadas funções constitucionais que desempenha, em especial a tutela da probidade administrativa, não pode ser tolerante com as condutas criminosas envolvendo seu setor de precatórios e suportar abalos de tal magnitude em sua integridade e imagem.   

Fonte: DN
Leia Mais ››

Corpo de adolescente com perfuração na face é encontrado no rio Potengi


A Central de Gerenciamento de Emergência e Defesa Civil (Ceged) confirmou o resgate do corpo de um adolescente de 16 anos, no rio Potengi, por volta de 12h desta quarta-feira (4). A vítima foi identificada como Gérson Erick do Nascimento, encontrada boiando por populares.

De acordo com o relatório do Ceged, o 1º Batalhão de Polícia Militar se dirigiu ao local e solicitou a presença do Corpo de Bombeiros, que realizou o trabalho de resgate do cadáver. Logo a seguir, por volta das 13h30, o corpo do adolescente foi retirado do rio e entregue ao Instituto Técnico e Científico de Polícia (Itep), para a realização da necropsia.

Segundo o Ceged, o jovem era morador do Paço da Pátria, situado na Zona Leste de Natal, e exames preliminares apontaram uma perfuração na região da face, o que pode indicar um homicídio.

Fonte: DN
Leia Mais ››

Trabalhadores do Arena das Dunas decidem sobre paralisação nesta quinta



Os operários da construção do estádio Arena das Dunas continuam com a paralisação por tempo indeterminado em Natal. Durante uma assembleia marcada para acontecer na manhã desta quinta-feira (05), a categoria irá deliberar sobre o movimento. Entre as reivindicações está a demissão de alguns funcionários pela empresa OAS, responsável pela obra.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil, Luciano Ribeiro, informou que os operários decidirão durante a assembleia se mantém ou encerram a paralisação.

Na manhã dessa quarta, os operários seguiram em caminhada pelas ruas, em direção ao Ministério Público do Trabalho, para protestar contra a demissão de funcionários.

Fonte: DN
Leia Mais ››

Centrais do Cidadão suspendem atendimento durante Semana Santa


A Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania (Sejuc), através da Coordenadoria de Atendimento ao Cidadão (Codaci), informa à população que, a partir desta quinta-feira (5), todas as Centrais estarão com seus serviços suspensos devido ao feriado da Semana Santa. O atendimento será retomado na próxima segunda-feira (9) na Central de Cidade Alta, Currais Novos, Macau, Nova Cruz e São Paulo do Potengi. As demais abrem normalmente na terça-feira (10).

As Centrais contam atualmente com 22 unidades e atuam em 18 municípios, sendo 17 no interior e cinco na Capital. As pessoas que precisam dos serviços das Centrais podem se dir

Fonte: DN
Leia Mais ››

Agência dos Correios da cidade de Ielmo Marinho foi assaltada nesta quarta-feira


Mais uma agência dos Correios assaltada na manhã desta quarta-feira(4), desta vez na cidade de Ielmo Marinho, Região Potengi. Dois homens fortemente armados adentraram a agência, renderam todas as pessoas que estavam no seu interior e anunciaram o assalto. O prédio fica no centro da cidade. 

Não foi revelada a quantia em dinheiro levada pelos assaltantes. Segundo o soldado Cleber, da Polícia militar, apenas um policial estava de plantão na cidade quando ocorreu o assalto. Há informações de que em Ielmo Marinho não há viatura policial, que os carros estão no conserto.

A cidade tem dez guardas municipais que trabalham a noite. Esse foi o segundo assalto hoje, o primeiro foi em Bento Fernandes.

Fonte: Eduardo Dantas
Leia Mais ››

Jucurutu: Justiça obriga Márcio Soares a devolver mais de R$ 10 mil aos cofres públicos


O Tribunal de Contas do Estado – TCE condenou o ex-presidente da Câmara de Vereadores de Jucurutu, Márcio de Araújo Soares, que hoje exerce o cargo de vice-prefeito do município, a devolver aos cofres públicos a quantia de R$ 10.375,00, decorrente da concessão indevida de diárias, referente a prestação de contas do exercício de 2005.

Além de exigir o ressarcimento do dinheiro, os Conselheiros do TCE, nos termos do voto proferido pelo Conselheiro Relator, Carlos Thompson julgaram pela NÃO APROVAÇÃO da matéria, em conformidade com o art. 78, inciso II, da Lei Complementar Estadual nº 121/94:

Os conselheiros também decidiram pela remessa de cópias autenticadas do processo ao Ministerial Público Estadual para investigação acerca do possível enquadramento da conduta do responsável pelas contas em improbidade administrativa e/ou infrações penais, nos termos do que disposto na alínea ‘b’, do §2º, do art. 78, da Lei Complementar nº 121/1994.

Fonte: Robson Pires
Leia Mais ››

Despacho inaugura com sincretismo religioso semana Santa no Congresso


Não anda mesmo bom o clima no Congresso Nacional:

Na ladeira de acesso ao Senado há um despacho endereçado politicamente.

Ali estão duas garrafas de champanhe, duas garrafas de cachaça e um charuto.

A oferenda coincide com a crise política vivida pelo senador Demóstenes Torres (ex-DEM-GO).

É um despacho visivelmente voltado para o Congresso e inaugurando, com sincretismo religioso, a semana Santa dos parlamentares.

Fonte: Robson Pires
Leia Mais ››

PRESIDÊNCIA COMPRA E ABANDONA 12 CARROS DE LUXO.


A Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos, vinculada à Presidência da República, comprou 12 carros de luxo e os abandonou desde início de fevereiro, debaixo de sol e chuva, num estacionamento do Centro Cultural Banco do Brasil em Brasília. Os modelos Megane Grand Tour da Renault foram adquiridos em pregão por R$ 482.400 e quitados dia 15 de março, mas serão usados só daqui a dois anos para transportes de autoridades na Copa do Mundo e, em 2016, nos Jogos do Rio.
Só o luxo
Cada carro saiu por R$ 40.200. No site da Renault, o básico custa R$ 50 mil, e um modelo Logan, também executivo e quatro portas, sai por muito menos: R$ 28.610.
Da garagem
Para adquirir os carros, a Secretaria usou a Ata de Registro de Preços da PGR, do Pregão nº 084/10. Afirma ainda que os veículos estão em processo de emplacamento.

Fonte: RN Política em Dia
Leia Mais ››

Suposto vínculo com Cachoeira leva presidente do Detran-GO a se demitir



O presidente do Departamento de Trânsito em Goiás (Detran-GO), Edivaldo Cardoso, pediu exoneração do cargo na tarde desta quarta-feira (4).
Em carta enviada ao governador Marconi Perillo (PSDB), Cardoso diz que "setores da mídia e adversários políticos" tentam vincular suas atividades privadas como advogado à atuação como membro do governo.
Edivaldo Cardoso não é investigado no inquérito, mas aparece em escutas da Polícia Federal conversando com o bicheiro Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, preso durante a Operação Monte Carlo, da PF, sob a acusação de comandar um esquema de jogo ilegal no estado.
Segundo o diálogo entre o presidente do Detran e o contraventor, Cardoso teria intermediado junto ao governo o repasse de verbas para uma empresa supostamente ligada ao grupo de Cachoeira.Em entrevista à TV Anhanguera nesta quarta-feira, Perillo disse ter conversado com Cardoso no início do vazamento dos grampos da Polícia Federal. O então presidente do Detran teria negado o envolvimento com Cachoeira.
"Eu vou voltar a conversar com ele. Caso haja qualquer sombra de dúvidas, ele sairá. Ou pedirá para sair ou sairá do governo", destacou o governador, antes de o presidente do Detran pedir demissão.
Logo após a entrevista do governador à TV Anhanguera, o presidente do Detran-GO foi ao Palácio das Esmeraldas e entregou pessoalmente a carta pedindo exoneração. Os dois conversaram por cerca de 30 minutos. Segundo a assessoria do governador, Perillo cancelou a agenda desta tarde e viajou para uma chácara em Pirenópolis.
De acordo com nota da assessoria do governo estadual, Marconi Perillo aceitou o pedido e designou o controlador-geral do Estado, José Carlos Siqueira, para assumir o cargo interinamente.
Leia abaixo a íntegra da carta em que Edivaldo Cardoso pede exoneração do cargo.
"Caro amigo, governador Marconi Perillo,
Diante dos últimos fatos noticiados e principalmente pela minha inabalável crença no sentido de que a verdade sempre prevalecerá, apresento a Vossa Excelência meu pedido de exoneração do cargo de Presidente do Detran-GO.
Nos últimos dias, setores da mídia e adversários políticos procuraram de todas as formas vincular minhas atividades eminentemente privadas, sobre as quais inclusive tenho a prerrogativa de manter sigilo, notadamente as que envolvem minha atividade profissional como advogado, com a minha atuação como membro da equipe do Governo de Goiás.
É claro que isso cria a possibilidade de constrangimentos ao Governo de Vossa Excelência, bem como a meus clientes constituídos, não me restando alternativa que não aguardar o desenrolar dos fatos até que a sanha de uns se satisfaça e volte a prevalecer o verdadeiro Estado democrático de Direito, pelo qual todos têm direito de se defender com a presunção da inocência.
Não posso deixar de registrar que, em qualquer operação policial ou judiciária em andamento, sequer sou citado como investigado, apesar da maneira estridente com que ilações são repercutidas em parte da mídia. E também que estarei aguardando com tranquilidade e paz de espírito a conclusão de todo esse processo, quando tenho certeza de que estarei absolutamente inocentado de qualquer suspeita ou acusação.
Quero registrar o meu mais profundo agradecimento por ter integrado o Governo de Vossa Excelência, convicto sou de que seu elevado espírito público e competência continuarão a guiar com efeitos positivos os destinos do Estado de Goiás, até a consecução do seu compromisso maior de campanha, que é realizar o melhor Governo da vida dos goianos.
Com os meus respeitos,

Edivaldo Cardoso"

Fonte: G1
Leia Mais ››

Grampo da PF indica que apartamento de Demóstenes foi usado pela 'máfia do jogo', diz jornal


Dez frases de Demóstenes Torres, antes e depois da crise

Foto 10 de 10 - "Diante do pré-julgamento público que o partido fez, comunico a minha desfiliação do Democratas", disse o senador ao anunciar sua desfiliação do DEM Mais 20.mar.2012 - Lula Marques/Folhapress



Novos grampos da Polícia Federal indicam que os envolvidos no esquema de jogos do empresário Carlos Augusto Ramos, mais conhecido como Carlinhos Cachoeira, se reuniram no apartamento funcional do senador Demóstenes Torres, em Brasília. As informações são do jornal "O Estado de S.Paulo".

Nas gravações, feitas pela Operação Monte Carlos, que investiga a exploração de jogos ilegais, o sargento Idalberto Matias de Araújo, o Dadá, apontado como um dos operadores de Cachoeira, relata uma reunião de integrantes do esquema no prédio localizado no Bloco C, na Asa Sul, conhecido como "bloco dos senadores".

Os Blocos C e G, onde mora Demóstenes, são conjugados e possuem estacionamento comum.

De acordo com a transcrição dos diálogos, em uma ligação do dia 21 de dezembro de 2010, Dadá diz a Lenine Araújo de Souza, administrador contábil do grupo segundo a PF, que está no local, na Quadra 309.

Além dos dois, estiveram na reunião o próprio Cachoeira, Cláudio Dias de Abreu, citado no inquérito da operação como sócio do empresário, e Wladimir Henrique, que seria seu braço direito para obter facilidades na polícia de Goiás.

Segundo o jornal, Demóstenes estava em Brasília no dia da reunião e discursou no Senado. O advogado do senador não comentou o conteúdo das gravações.

Durante as últimas duas semanas, quando foram levantadas as acusações de envolvimento do senador no esquema de jogos, Demóstenes admitiu sua "amizade" com Cachoeira, mas negou seu envolvimento em negócios turvos, apesar da direção do DEM ter considerado que ele violou o "compromisso ético" do partido e estava disposta a discutir sua expulsão.

Nesta terça-feira (3), Demóstenes deixou ao DEM, pouco depois do partido decidir abrir processo de expulsão contra ele por envolvimento com Cachoeria, preso pela PF em fevereiro.

Após sua renúncia ao DEM, ele manterá sua cadeira de senador, agora como independente, mas pode ser objeto de um processo com fins de cassação que já foi solicitado pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL).

O pedido foi formulado perante o Conselho de Ética do Senado, que decidirá sobre o assunto depois do dia 10, quando sua equipe será renovada. 

DURO OPOSICIONISTA, DEMÓSTENES CRITICOU CORRUPÇÃO; RELEMBRE




Fonte: Portal Uol
Leia Mais ››

Polícia Civil só prende palmeirenses, diz presidente da Mancha Alviverde


Imagens Ilustrativa

O presidente da Mancha Alviverde, Marcos Ferreira, de 29 anos, criticou na tarde desta quarta-feira (4) a prisão de integrantes da torcida organizada. “Respeito o trabalho da Polícia Civil, mas parece que ela só está prendendo palmeirenses”, afirmou. Nesta manhã, a polícia divulgou a prisão de três integrantes da torcida em São Paulo.

As detenções fazem parte da segunda operação deflagrada pela Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), do Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), para prender torcedores envolvidos em brigas de torcidas. Na ação desta quarta, também foram detidos três corintianos.

Até as 13h, seis pessoas haviam sido presas em cumprimento a mandados de prisão expedidos pela Justiça. O número de detidos pode aumentar porque investigadores estão na rua cumprindo outros mandados de prisão e de apreensão nas residências dos investigados.

Pelos cálculos do dirigente da organizada, os palmeirenses são maioria entre os presos. Marcos Ferreira diz que, até agora, são nove torcedores da Mancha detidos temporariamente desde a briga com corintianos da Gaviões da Fiel no dia 25 de março na Zona Norte da capital paulista. A briga ocorreu horas antes do clássico entre Corinthians e Palmeiras no estádio do Pacaembu pelo Campeonato Paulista de Futebol.

No mês passado, dois membros da Mancha foram assassinados durante esse confronto que envolveu cerca de 300 pessoas na Avenida Inajar de Souza. A Polícia Militar, que acompanhava os palmeirenses, não conseguiu impedir o encontro com os corintianos. Andre Lezo morreu após ser baleado na cabeça e Guilherme Moreira, com traumatismo craniano ao ser golpeado com barra de ferro. Até agora nenhum suspeito diretamente ligado a esses homicídios foi preso pela polícia.
"Volto a afirmar que respeito o trabalho da polícia, mas é preciso localizar e prender quem matou nossos dois amigos palmeirenses. A investigação tem que prender os envolvidos nesse crime também", disse Ferreira.

Palmeirenses presos
Apesar disso, Ferreira afirmou que dois dos três palmeirenses presos na manhã desta quarta-feira são investigados por suposto envolvimento diretamente numa briga com corintianos que resultou no assassinato do torcedor alvinegro Douglas Karin Silva. O corpo dele foi encontrado no Rio Tietê em 29 de agosto de 2011, após a vítima ter saído da sede da Gaviões.

O outro palmeirense detido nesta quarta, segundo Ferreira, é o vice-presidente da Mancha, Lucas Lezo, irmão de Andre, morto em março. Tiago Lezo, outro irmão de Lucas e que era gêmeo de Andre, está preso desde o dia 27 de março, quando a Decradi desencadeou a primeira operação de combate a rixa entre as torcidas.

Tiago e outros cinco palmeirenses foram detidos por suspeita de ter brigado no último dia 25. A equipe de investigação da Decradi, coordenada pela delegada Margarette Barreto, apura se esse confronto foi marcado pela internet. Comentários postados nas redes sociais da web davam conta de um possível encontro de corintianos e palmeirenses naquele dia.

Investigação
No entendimento da delegada Margarette, os corintianos podem ter armado uma emboscada contra os palmeirenses para vingar a morte do corintiano no ano passado. Os torcedores presos são investigados por vários crimes, como homicídio, tentativa de homicídio, lesão corporal e formação de quadrilha.

A investigação sobre a briga de torcidas é acompanhada pelo Ministério Público em São Paulo. Por conta da repercussão e das consequências trágicas do confronto entre os torcedores, a Federação Paulista de Futebol (FPF) proibiu a entrada de pessoas com uniformes das organizadas da Mancha e da Gaviões nos estádios paulista até a conclusão das investigações.

Recursos
O presidente da Mancha, Ferreira, afirmou que irá recorrer da decisão dessa proibição e também irá acionar o departamento jurídico da torcida para pedir a liberdade aos palmeirenses presos. “Nosso advogado deve estudar entrar com algum recurso, um habeas corpus”, disse o dirigente.

O G1 não conseguiu localizar representantes da Gaviões para comentar o assunto.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Surpresa na escalação do Inter, Sandro Silva promete não deixar Santos 'confortável'


Volante diz que Santos não pode ter espaços; Dorival justificou escolha por 'meio forte'

O volante Sandro Silva venceu a disputa direta com Bolatti e ainda contou com atuações irregulares dos meias João Paulo e Jajá Coelho para ser titular. Surpresa na escalação do Inter que pega o Santos, às 22h desta quarta, ele garante que o colorado será forte na marcação. Sem deixar os paulistas confortáveis no estádio Beira-Rio.

“O time do Santos possui muita qualidade no conjunto e nas individualidades. Então, precisamos marcar forte e ter atenção o tempo todo, para que eles não se sintam confortáveis em campo”, disse Sandro Silva através de sua assessoria de imprensa.

Em Porto Alegre há oito meses, o volante já alternou alguns momentos no grupo do Inter. Foi coringa para lateral direita, pediu mais chances publicamente e ganhou. E mais recentemente foi afastado de alguns jogos. Agora, volta a começar uma partida justamente contra o time que estava do outro lado do campo na estreia pelo colorado.

Inter e Santos se enfrentaram na 20ª rodada do Brasileirão de 2011. Os gaúchos chegaram a abrir 3 a 0, mas o placar final foi de empate. Ali, Sandro Silva debutou com a camisa vermelha.

“Acredito que a oportunidade chega graças ao trabalho nos treinamentos, e espero corresponder à altura numa partida tão importante. [...] O Dorival tem demonstrado confiança na minha capacidade, o que me deixa contente”, comentou o volante.

Um dia antes, Dorival Júnior informou a escolha por Sandro Silva. A opção levou em conta, nas palavras do técnico, o poder de marcação do volante - quesito ausente no time nos últimos jogos. "Com o Sandro Silva apenas [procuramos] uma marcação mais agressiva. Ele combate mais e rouba mais a bola. Não estávamos tendo isso nas últimas rodadas", disse Dorival.

Internacional e Santos se enfrentam nesta quarta para ficar muito perto de uma vaga nas oitavas de final. O time de Muricy Ramalho lidera o grupo 1 da Libertadores, com nove pontos. A equipe de Dorival Júnior vem logo atrás, com sete.

Fonte: Uol Esportes
Leia Mais ››

Procurador do STJD pede esclarecimentos de Inter e CBF sobre a situação de Oscar


Enquanto não define o seu futuro, o meia-atacante Oscar segue sem poder atuar pelo Internacional
O procurador do STJD, Paulo Schmitt, informou ao UOL Esporte que recebeu a denúncia do São Paulo sobre um suposto aliciamento do Inter ao meia-atacante Oscar. Ele pediu que tanto o Colorado quanto a CBF prestem esclarecimentos sobre o caso.

“Foi encaminhada a notícia de infração, e eu pedi para que a CBF e o Inter se manifestassem antes de formar uma convicção sobre o caso”, explicou Schmitt, que espera uma resposta de ambos até segunda-feira.

A ideia do procurador é fazer a denúncia no STJD na próxima quinta-feira, data marcada para a próxima reunião da entidade. “Quero ter mais elementos, pois envolve uma questão de condição de jogo, não é simples”.

O São Paulo apresentou na última segunda-feira na procuradoria do STJD uma denúncia contra o Inter, acusando o Colorado de aliciar Oscar ao mantê-lo no clube mesmo com contrato com o Tricolor.

Desde que a Justiça restabeleceu o contrato de Oscar com o São Paulo, a diretoria do Tricolor espera que o meia-atacante se reapresente no CT da Barra Funda, algo que ainda não aconteceu e, segundo o estafe do jogador, não irá acontecer. 

Fonte: Uol Esportes
Leia Mais ››

Rubinho não descarta possível volta à Ferrari: "se me chamassem, eu ia"


Rubens Barrichello é entrevistado no programa "Linha de Chegada": nostalgia da F-1

Preferido pelos leitores da revista italiana Autosprint que votaram em uma enquete sobre o substituto ideal para Felipe Massa na Ferrari, Rubens Barrichello mostrou ter ficado orgulhoso com esse reconhecimento durante entrevista para o programa "Linha de Chegada", do Sportv.

No programa que foi ao ar na noite de terça-feira, Barrichello relembrou a “marmelada” envolvendo Michel Schumacher em 2002, mas negou ter mágoas com a escuderia italiana e disse: “Se me chamassem hoje para ir guiar, eu ia”.

Questionado se largaria a Fórmula Indy caso recebesse uma proposta da Fórmula 1, Barrichello disse "estar aberto". Mas o veterano falou com satisfação da enquete em que foi apontado como o preferido para assumir o posto de Massa na Ferrari.

“Mostra que eu deixei uma coisa gostosa lá. Foi gratificante, não tenha dúvida. Talvez tenha sido uma forma dos italianos tentarem ver se saía um italiano ali para ganhar, e de repente ganhei eu. É uma coisa muito pública, não tem nada a ver com o dia a dia, mas foi gratificante”, comentou Rubinho.

Barrichello fez questão de não descartar um possível retorno à Fórmula 1: “No meu primeiro Twitter, dois minutos depois que a Williams me ligou, deixei claro que estava chateado, mas que meu futuro estava em aberto. Eu acho que ele tem que ficar assim. Eu continuando no topo do esporte, andando em outra categoria e pronto para fazer qualquer coisa. Acho que tudo pode acontecer. Não estou falando que vai acontecer, mas que tenho que estar pronto”.

No pouco tempo livre que teve antes de testar na Indy, Barrichello aproveitou para adiantar o seu livro de memórias. E já avisou que o capítulo sobre a Ferrari promete: “Tem que ser cuidadoso. Vai que o Fefê quer ser piloto um dia e o que eu escrever sobre a Ferrari pode prejudicar a carreira dele?”

“Queria que o fã entendesse que não tenho nenhuma mágoa. Se me chamassem hoje para ir guiar, eu ia. Foi a melhor equipe que eu guiei em termos de respaldo, criatividade, foi tudo do melhor. Mas teve histórias apimentadas, e eu queria que o povo soubesse algumas delas”, completou Rubinho.

“Tem situações que não vale a pena ficar contando porque parece choradeira. Foi do jeito que tinha que ser. O mais importante, e que eu tenho certeza de que o público sabe, é que quando assinei o contrato não tinha nada escrito. Tudo o que eu tive que fazer foi ali na hora, na maneira como eles quiseram fazer”, encerrou. 

Fonte: Uol Esportes
Leia Mais ››

Mesmo demitido, desafeto de Felipão incomoda Palmeiras


Mesmo após ser demitido, o ex-gerente administrativo do Palmeiras, Sérgio do Prado, provoca a irritação de diretoria e comissão técnica do clube. Desafeto de Felipão, ele voltou a incomodar os palmeirenses com declarações na imprensa nos últimos dias.

A gota d’água foi afirmação feita ao Painel FC, da Folha de S.Paulo, na terça. Ele disse que “ninguém engana tanto por tanto tempo, a Séria A do Brasileiro vai chegar”.

A frase soou como um disparo na direção de Luiz Felipe Scolari, e uma tentativa de gerar turbulência no vestiário alviverde.

 A reação foi imediata. “Quem engana é o Sérgio porque com ele, o Palmeiras quase caiu para a Segunda Divisão. Este ano o time para o qual ele trabalha, o Santo André, foi para o mesmo caminho, quase caiu para a terceira divisão do Paulista. Hoje, o Palmeiras economiza R$ 50 mil do salário dele, o time está bem na tabela e a paz e a harmonia reinam no CT”, disse ao blog Mauro Marques, assessor do presidente Arnaldo Tirone.

 A saída do ex-gerente é apontada por diretores como um dos principais motivos para a recuperação do time em 2012. Parte da diretoria diz que Prado criava uma série de atritos no vestiário.

“Ele disse em entrevista que era perseguido por mim. Persegui porque ele era a principal ligação do clube com a imprensa por intermédio de sua filha, que dizem ter boas relações com jornalistas. Por causa dessas relações, ele criou uma guerra entre o vice de futebol (Roberto Frizzo) e o presidente, entre o vice e o Felipão, e entre os jogadores e o técnico. Ele colocava segurança para ver as visitas que o Felipão recebia e avisar a diretoria. Isso irritava o Felipão”, disse Marques.

O assessor da presidência responsabiliza o então gerente pelo vazamento de fatos que ocorriam no vestiário, na concentração e no ônibus do time, gerando turbulência no elenco.

“E tem mais, o Sérgio levou documentos e está fazendo chantagem com presidente e com a diretoria”, completou o o assessor da presidência.

O blog não localizou o ex-gerente para falar sobre o assunto. Porém, ele sempre negou ter vazado informações para a imprensa. A respeito de levar documentos do clube, argumenta que apenas levou o que considera sua propriedade intelectual.

O gerente também costuma dizer que era perseguido por conselheiros que tiveram mordomias no CT cortadas por ele. E que nunca atacou o clue após, apenas se defendeu.

Fonte: Uol Esportes
Leia Mais ››

Overeem é pego no antidoping e pode não enfrentar Junior Cigano


FRAME - Overeem  (Foto: Reprodução You Tube)Alistair Overeem corre sério risco de ser retirado
do card do UFC 146 (Foto: Reprodução You Tube)
O holandês Alistair Overeem foi pego no exame antidoping surpresa realizado no último dia 27, após uma entrevista coletiva do UFC 146, e pode não enfrentar mais o brasileiro Junior Cigano na luta que seria a atração principal do evento, no dia 26 de maio. O teste do peso-pesado apontou uma taxa de testosterona muito acima do normal. A informação foi divulgada na tarde desta quarta-feira pelo site americano "MMA Junkie", após conversa com Keith Kizer, diretor executivo da Comissão Atlética de Nevada, em Las Vegas, cidade que irá abrigar o card.
De acordo com o dirigente, Overeem tem direito a uma contraprova que, se der resultado negativo, fará com que ele receba a licença para lutar. Os demais participantes da coletiva, Junior Cigano, Cain Velásquez, Frank Mir, Roy Nelson e Antônio Pezão testaram negativo para o mesmo exame. O teste do holandês acusou um índice da substância epitestosterona no organismo de 10 para 1, excedendo o limite aceitável pela comissão, que é de de 6 para 1.
O Ultimate, que é quem decide nesses casos, ainda não se pronunciou oficialmente sobre o assunto. O SPORTV.COM entrou em contato com Cigano, que, por meio de sua assessoria de imprensa, afirmou que não vai comentar o ocorrido antes de qualquer parecer da organização.
Home do Combate: leia mais notícias e saiba tudo sobre o mundo do MMA
Não é a primeira vez que o holandês enfrenta problemas com doping. Fora as especulações que cercam o lutador por conta do rápido ganho de massa muscular desde os tempos do extinto Pride, ele já faltou a um exame antes de enfrentar Brock Lesnar, no UFC 141, em dezembro passado. Na ocasião, Overeem alegou que teve de ir ao seu país para cuidar da mãe, com problemas de saúde. A mesma Comissão Atlética de Nevada, no entanto, afirmou que só concederia a licença para a luta com a realização de um novo exame. O peso-pesado passou no teste, venceu Lesnar e, assim, tornou-se desafiante ao cinturão de Junior Cigano.
Além do confronto pelo título, o UFC 146 conta ainda com mais quatro lutas da divisão dos pesados: Velásquez x Mir, Nelson x Pezão, Gabriel Napão x Shane del Rosario, e Mark Hunt x Stefan Struve. Por esse detalhe, o evento foi anunciado como o "maior de todos os tempos".

Fonte: Esporte TV
Leia Mais ››