Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

Loading ...

quinta-feira, maio 24, 2012

Polícias Civil e Militar de Apodi prendem homem por posse ilegal de arma de fogo em Felipe Guerra



  No início da tarde desta Quinta-feira (24/05), as polícias militar e civil da cidade de Apodi realizaram uma operação conjunta na cidade de Felipe Guerra que resultou na prisão em flagrante de um homem por posse ilegal de arma de fogo.
  A operação envolvendo uma RP da cidade de Apodi sob o comando do Cap. Brilhante e uma equipe de policiais civis comandada pelo delegado Dr. Renato Oliveira, deu-se início por volta das 14h00min e resultou na prisão do jovem Diego Raniele Alves Lucena, de 21 anos de idade, residente na rua José Gurgel no centro de Felipe guerra. Com o acusado os policiais encontraram um revólver Cal. 32 carregado com 4 munições intactas.
   A investigação partiu de uma informação que dava conta de que haviam dois indivíduos da cidade de Mossoró se escondendo em uma residência na zona urbana de Felipe Guerra, e um deles estava andando armado.
  O acusado foi detido na residência de seu pai e não resistiu a prisão. Aos policiais ele declarou que estava em Felipe Guerra pois havia sofrido um atentado na cidade de Mossoró e estava ali para se esconder dos inimigos e que não devia nada a justiça. O mesmo foi conduzido até a delegacia de polícia Civil de Apodi onde foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo.





Fonte: Plantão Apodi
Leia Mais ››

DIVULGADA A IMAGEM DO ASSALTANTE DA AGÊNCIA DOS CORREIOS DE RAFAEL GODEIRO



A agência dos Correios da cidade de Rafael Godeiro foi assaltada na tarde desta terça feira, 22/05, pela segunda. Um elemento que aparece nas imagens abaixo entrou na agência pouco antes das 14:30 horas e aparentemente armado, chegou até o atendente e anunciou o assalto e em seguida colocou o dinheiro que se encontrava na gaveta em uma mochila, logo depois saiu com o valor ainda não divulgado. 

As imagens são do circuito interno de câmeras da agência, as quais foram repassadas ao blog pelo Sargento da PM Ivaildo, Comandante do Destacamento Policial Militar de Rafael Godeiro. 

Sargento Ivaildo solicita a quem conhecer esse elemento que denuncie, entrando em contato com o Destacamento de Rafael Godeiro ou com a 2ª Companhia de Polícia Militar de Patu, através do telefone 190 ou 3361 - 2511. A denúncia pode ser anônima.

Fonte: RG em Foco
Leia Mais ››

Jogador do Flamengo capota o carro quando ia ao ninho fazer treino


Diego Maurício passou por um grande susto na manhã desta quinta-feira. Já chegando ao Ninho do Urubu para o treino do Flamengo, o pneu dianteiro do carro dirigido pelo jogador, uma Captiva prata, teria estourado em uma curva na Estrada dos Bandeirantes, fazendo o veículo capotar e bater num barranco. Funcionários de uma obra próxima ficaram assustados com a cena.
Mas apesar do estado do carro, o atacante sofreu apenas escoriações na cabeça e na perna. Ele foi atendido pelos médicos do clube, mas, liberado do treino, será encaminhado para um hospital para exames mais detalhados.

Diego usava cinto de segurança no momento do acidente. O airbag do veículo foi acionado. De acordo com o Tenente Da Silva, do 31º Batalhão do Recreio, o jogador não apresentava sinais de alcoolismo.


- Depois de capotar, ele saiu do carro provavelmente tonto, sentindo a perna. Alguém passou no local e o levou para o clube. Ele não sabe informar quem o levou. Lá foi atendido pelos médicos na enfermaria e agora vai ser atendido em um hospital conveniado do clube. Ele não tinha sinais de alcoolismo, disse que dormiu bem. Teve alguns machucados na perna e escoriações na cabeça. Aparentemente não sangrou - contou o policial.

Após o acidente, Diego chegou assustado ao CT rubro-negro e relatou o ocorrido aos companheiros. Dois policiais estiveram no local para colher depoimento do atacante.

O Flamengo se prepara para a segunda rodada do Campeonato Brasileiro, neste sábado, contra o Internacional, no Engenhão.

Fonte: Adriano Soares
Leia Mais ››

Cidade de Acari pode ser incluída no Roteiro Seridó na Copa 2014


A representante do ministério do Turismo, Bartira Seixas, visitou a cidade de Caicó com a finalidade de avaliar os produtos turísticos existentes no Seridó que serão vendidos aos turistas durante a Copa 2014.

Em Acari, precisamente alguns atrativos estão inseridos no roteiro, como o Museu do Sertanejo, o Açude Gargalheira e outros componentes da tradição rural.

A proposta para o Talentos do Brasil Rural foi enviada ao Ministério do Turismo, ainda na gestão do ex-prefeito Juarez Bezerra de Medeiros, incluindo um roteiro programático a título de sugestão ao escritório do SEBRAE e Adese.

Fonte: Japi Notícias
Leia Mais ››

Campanha de vacinação contra a gripe é prorrogada até 1º de junho


No penúltimo dia previsto para encerrar a campanha, apenas 52,4% do público-alvo foi vacinado. Foto: Agência Brasil

O Ministério da Saúde prorrogou até 1º de junho a campanha nacional de vacinação contra a gripe. A imunização começou no último dia 5 e estava prevista para terminar nesta sexta-feira. Até a manhã de hoje, 15,8 milhões de pessoas haviam sido vacinadas, o que representa apenas 52,4% do público-alvo.
A meta do governo é imunizar 24,1 milhões de pessoas com mais de 60 anos, crianças entre 6 meses e menores de 2 anos, gestantes, trabalhadores de saúde e indígenas, totalizando 80% do público-alvo.
A melhor adesão à campanha, no momento, é entre as crianças, com um percentual de cobertura de 59,4% (quase 2,6 milhões). Na sequência, aparecem 1,3 milhão de trabalhadores de saúde (54,3%), mais de 10,7 milhões de idosos (52%), pouco mais de 1 milhão de gestantes (47,5%) e 586,6 mil índios (40,4%).
A escolha dos chamados grupos prioritários é uma recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS). São priorizadas pessoas mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias. De acordo com o ministério, ao vacinar os grupos prioritários, quebra-se a cadeia de transmissão do vírus para a população em geral.
A pasta reforçou que a dose - oferecida gratuitamente em 34 mil postos de saúde espalhados pelo País - é segura e protege contra os três vírus que mais circularam no Hemisfério Sul em 2011, inclusive o Influenza H1N1, a gripe suína.
Segundo o ministério, estudos demonstram que a vacinação contra a gripe pode reduzir entre 32% a 45% o número de internações por pneumonias e entre 39% e 75% a mortalidade global. Entre os residentes em lares de idosos, a imunização reduz o risco de pneumonia em cerca de 60%, e o risco global de hospitalização e morte, de 50% a 68%, respectivamente.

Fonte: Terra
Leia Mais ››

Elton John é hospitalizado com grave infecção


Elton John foi hospitalizado com uma grave infecção respiratória, informou o site TMZ nesta quinta-feira (24).

Elton foi internado em um hospital em Los Angeles às 6h da quarta-feira, segundo a página. O cantor passou por uma série de testes e os médicos recomendaram que ele cancele todos os shows deste mês.

O cantor britânico ficará em repouso absoluto e em um tratamento com antibióticos. Segundo o TMZ, ele já não está mais internado.

“É estranho não poder fazer os shows”, lamentou Elton John, em comunicado. “Só posso dizer aos fãs que me desculpo por não estar com vocês. Espero vê-los em breve.”

Fonte: Terra
Leia Mais ››

Prefeitura de Rodolfo Fernandes cancela São João em virtude da seca


A prefeitura de Rodolfo Fernandes, no alto oeste potiguar, renunciou aos festejos juninos de 2012, tendo em visto a grave seca no estado e que também atingiu o município.

A prefeita Bernadete Queiroz até já havia decretado situação de emergência, que acabou reforçando o cancelamento da festa considerada tradição na região. “É uma pena, mas acredito que a população entenderá”, lamentou a prefeita.

O reservatório que abastece a cidade está com 60% de sua capacidade, por isso a CAERN lançou o alerta para que a população começa a racionar o uso da água.

Fonte: Robson Pires
Leia Mais ››

TSE suspende processo contra Dibson Nasser


Elpídio Júnior/Nominuto
TSE suspende processo contra Dibsson Nasser.
O processo que tramitava no Tribunal Regional Eleitoral buscando retirar o mandato de deputado estadual do vice-presidente estadual do PSDB, Dibson Nasser, foi suspenso. O Tribunal Superior Eleitoral deferiu o pedido liminar da defesa do deputado e já comunicou o fato ao TRE/RN.

O processo contra Dibson Nasser foi cercado de polêmicas desde o início. O PRB, suposto autor inicial da ação que acusava o deputado de irregularidades durante a eleição, comprovou que era falsa a assinatura em procuração delegando poderes a um advogado para acionar a Justiça em nome da legenda. 

Na data em que o documento supostamente foi assinado, inclusive, o pastor Jutahy Menezes, citado como presidente, sequer pertencia à legenda no Rio Grande do Norte. Menezes garantiu que a assinatura não era dele e uma perícia comprovou que houve a fraude.

Depois da cassação da procuração para que o advogado representasse o partido, outro imbróglio teve início, que foi a discussão se o processo, que teve início a partir de um documento falsificado, poderia continuar transcorrendo. O TRE ainda analisava o caso, mas a ministra Nancy Andrighi concedeu a liminar suspendendo o trâmite da Ação de Impugnação de Mandato Eletivo até o julgamento do mérito do caso.

As acusações que pesam contra Dibson Nasser tratam de suposto abuso do poder político e econômico durante a eleição de 2010, quando o deputado foi eleito com mais de 40 mil votos. O Ministério Público Eleitoral opinou contra a cassação por não observar elementos que configurassem a irregularidade. 

O Tribunal de Contas do Estado e o próprio TRE já haviam aprovado as contas do parlamentar.Atualmente, quem está encabeçando a ação contra Dibson Nasser é José Adécio, suplente da coligação e que teve quase sete mil votos a menos do que o deputado eleito pelo PSDB.

Fonte: Nominuto
Leia Mais ››

Ex-prefeito de Ipueira sofre nova condenação do TCE


A Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado (TCE) detectou erros formais em documentação comprobatória do ex-prefeito de Ipueira, Edgar Horácio (PMDB). Seriam irregularidades nas contas de sua gestão, mais precisamente no 4º bimestre de 2002.

Convocado por vacância, o conselheiro relator Marco Antônio de Moraes Rêgo Montenegro, opinou pela irregularidade das contas, nos termos do artigo 75, inciso II da Lei Complementar nº 464/2012.

Edgar Horácio terá que devolver apenas 70 reais, referentes ao não recolhimento da parcela do ISS, bem como a aplicação de multa ao ordenador no percentual de 100% sobre valor do débito imputado. Por outro lado ele terá que pagar R$ 500 pela dissonância entre a data da prestação do serviço e a data da sua efetiva realização; R$ 500 pela ausência de interesse público no que diz respeito a alteração de cláusula contratual; R$ 500 pela  inexistência de contrato de prestação de serviços, somando um total de R$ 1.500.

Fonte: Eugênio Freitas
Leia Mais ››

Se a igreja liberar Pe. Nunes será o candidato a vice-prefeito de Hermano Morais


Se a igreja liberar, o Padre Nunes (PR-na foto) deverá ser o nome indicado como pré-candidato a vice-prefeito na chapa encabeça pelo deputado estadual e pré-candidato a prefeito de Natal, Hermano Morais, PMDB. A indicação será do Partido da República que é presidido no Rio Grande do Norte pelo deputado federal João Maia.

A igreja libera?

Fonte: Robson Pires
Leia Mais ››

Vereadores reprovam contas de Goreti e prefeita está inelegível em Apodi


Por 7 votos a 2, a prefeita Goreti Silveira teve hoje suas contas da administração reprovadas pela Câmara de Vereadores.

Com isso, a prefeita Goreti está inelegível, e assim como acontecerá em Natal, terá que recorrer a justiça.

É a justiça que vai determinar se Goreti poderá ser ou não candidata em Apodi.

Fonte: Apodi Baixo do Pano
Leia Mais ››

Prefeito de Almino Afonso tem processo de cassação colocado em pauta


O prefeito de Almino Afonso, Lawrence Amorim (PMDB), vive dias de muita expectativa e sobressaltos. Poderá ser cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) por ‘desfiliação sem justa causa’.

Ele saiu do PP no ano passado, migrando para o PMDB comandado no estado pelo deputado federal Henrique Alves e o senador-ministro Garibaldi Filho.

Desde quarta-feira (16) que o processo de número 89866 está ‘concluso para ir à pauta de julgamento’ no TRE, sob relatoria do juiz Nilson Cavalcanti.

A mudança partidária de Lawrence não é fato isolado entre detentores de mandato no município. Seu vice Izauro Maia fez o mesmo, com igual deslocamento do PP para o PMDB. Além de ambos, mais seis vereadores optaram por alteração de endereço partidário.

Fonte: Blog de Carlos Santos
Leia Mais ››

Blogueiro denuncia compra de votos para derrotar vereadores da oposição de Paulista e compara o prefeito local com Adolfo Ritler


Em matéria intitulada como “O Abuso do Poder”, o blogueiro Abel Alves de Farias (Foto), denuncia que o prefeito de Paulista, Severino Pereira Dantas, pretende comprar grande parte dos votos da oposição para que os vereadores que se opõem a ele não consigam se reelegerem.

Segundo Abel Alves de Farias, o prefeito teria revelado em uma residência no Sítio Cachoeira, Município de Paulista, onde ele teria feito uma compra de votos que estaria disposto a comprar todos os votos da oposição para que nenhum vereador da oposição fosse reeleito, e, iria começar pelos votos da vereadora Josefina Saldanha Veras (Finoca), atual presidente da Câmara Municipal de Paulista.

Veja a matéria do Blog Metacrítica na íntegra:


O ABUSO DO PODER 

Quando digo que no Brasil e, particularmente, em Paulista, com raras exceções, só não é corrupto quem não tiver oportunidade de ser, não me vanglorio em proferir tal filosofia axiomática. É muito triste para um cidadão consciente, trabalhador honesto, cumpridor dos seus deveres e pagador dos seus impostos, tendo votado em um candidato a prefeito como Severino, descobrir que ele estar desviando R$ 10.000.000,00 (Dez milhões de reais) para comprar os votos suficientes para permanecer no poder. Esta conclusão foi tirada a partir de uma “visita” de compra de votos que o senhor prefeito fez a uma residência no sítio Cachoeira deste Termo. Na oportunidade, o senhor prefeito deixou escapar que “iria comprar todos os votos para que a oposição não fizesse nenhum vereador e que iria começar comprando os votos da vereadora, Finoca”.

A situação política de Paulista é tão necessitada da prática do amor ao próximo e de respeito ao ser humano que o senhor prefeito acha-se no direito de dizer, como disse, que vai “massacrar” os seus opositores quando for reeleito prefeito de Paulista e fizer a Câmara de Vereadores.

Mas, é claro que ele será reeleito prefeito de Paulista com esmagadora maioria de votos e também fará a Câmara de Vereadores, não tenho dúvidas quanto a isto. Ele já me havia falado, quando fui alertá-lo de que o motorista da ambulância de Paulista estava, além de envolvido com a máfia de Dr. Godofredo Borborema, trazendo crack para vender a crianças em Paulista, bebendo em serviço, fazendo sexo com mães de pacientes dentro da ambulância e extorquindo dinheiro desses pacientes carentes. 
Na oportunidade, o senhor prefeito também me falou que eu iria receber outro tratamento, ser perseguido, caso eu não concordasse com sua administração e saísse de seu partido. É claro que eu não saí nem saio de seu partido para que todos saibam que é como filiado do partido do prefeito de Paulista, Severino Pereira Dantas, que não concordo com tamanhos abusos praticados por ele contra a nossa gente e peço aos meus familiares e amigos para que não se vendam nem votem em Severino, o Adolfo Hitler de Paulista. 

O abuso de poder econômico e político no sistema eleitoral de Paulista violam todas as fronteiras da legalidade. Neste ínterim, é legalmente cabível investigar as formas abusivas no processo eleitoral e quais os dispositivos constitucionais que são violados com a prática abusiva deste poder. Também é profícuo discutir questões como: de que forma o processo da reeleição favorece ainda mais o uso desta prática criminosa; como os agentes políticos se beneficiam deste poder sem que haja a caracterização da captação de voto e quais as punições previstas em lei. Desse modo, enfocar-se-ão abordagens do poder de dominação que limita até hoje o exercício da cidadania.

 Hoje, o abuso de poder político e econômico em Paulista é exercido por meio de políticas assistencialistas e de corrupção ativa de quem seguiu, peremptoriamente, cometendo os mesmos delitos que a lei não qualifica como tal, entretanto, influencia a vontade do eleitor e altera o resultado da eleição. Portanto, as práticas de atos que prejudicam a legitimidade e a livre escolha do eleitor devem sofrer sanções que não poderiam ser outras senão as mais rigorosas possíveis, tendo cabimento as ações de Investigação Judicial, Eleitoral e Impugnação de Mandato Eletivo.

Autor: Abel Alves
Celular: (83) 98023208
E-mail: abelmetacritica@hotmail.com
Blog: http://abelmetacritica.blogspot.com 
Leia Mais ››

Enem 2012: estudantes terão acesso à redação corrigida, mas não poderão recorrer da nota


A partir deste ano, pela primeira vez, todos os participantes do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) poderão ter acesso às redações corrigidas. A mudança, anunciada hoje (24) pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante, está prevista em um acordo firmado com o Ministério Público Federal no ano passado.

Entenda como será a correção da redação do Enem 2012

Foto 1 de 5 - O MEC (Ministério da Educação) disponibilizou cinco exemplos de situações que podem acontecer nas correções da redação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) Mais Arte/UOL


“O acordo será mantido. O que nós estamos concluindo com o MPF é a operacionalização do acesso porque ele tem que ser individualizado e ter absoluta segurança”, disse Mercadante. De acordo com o ministro, a expectativa é que, com a disponibilização do espelho da redação e com as mudanças anunciadas no processo de correção, acabe a “judicialização” ocorrida no ano passado. Mas o edital do Enem não vai prever que o estudante recorra da nota obtida. Em 2011, muitos candidatos entraram na Justiça para ter acesso à prova e alguns conseguiram, inclusive, que a nota fosse revista.

Para 2012, o Inep anunciou mudanças nos critérios de correção para tornar o processo mais objetivo. A redação do Enem valerá 1.000 pontos e cada texto será lido por dois corretores, que atribuirão a nota de acordo com a avaliação de cinco competências, como o domínio da norma culta, a capacidade de argumentação e a compreensão da proposta da redação (tema). Cada item valerá 200 pontos.


VEJA O QUE MUDOU NA CORREÇÃO DA REDAÇÃO DO ENEM

Processo de correçãoComo era (em 2011)Como ficou (em 2012)
Número de correções iniciaisDuasDuas
Discrepância na
nota total
Igual ou maior que 300 na somaMaior que 200 na soma total
Discrepância na competênciaNão existiaMaior que 80 em qualquer competência
3ª correçãoSupervisor (instância final)Correção independente
4ª correção em bancaNão existiaBanca (instância final)



Até o ano passado, se as notas dos avaliadores tivessem entre elas uma diferença superior a 300 pontos, uma terceira pessoa era chamada para fazer uma nova correção. Para este ano, a margem de discrepância caiu para 200 pontos. A terceira correção também será aplicada se houver diferença superior a 80 pontos em pelo menos uma das cinco competências. Se a discrepância nas notas permanecer mesmo após a terceira avaliação, será convocada uma banca, formada por três professores, que fará a correção presencial.

“Todo texto tem algum grau de subjetividade, mas a mudança é para que a gente dê segurança ao estudante do rigor dos procedimentos”, disse Mercadante. Outra novidade é que os corretores participarão de um treinamento online, logo após a aplicação da prova sobre o tema específico de 2012.

  • Início das inscrições: 28/5 (segunda-feira), a partir das 10h

  • Término das inscrições: 15/6 (sexta-feira), até 23h59

  • Prazo final para pagamento da inscrição: 20/6 (quarta-feira)



Fonte: Portal Uol
Leia Mais ››

Pedro Leonardo não pode receber visitas e passa dia estável após cirurgia no fêmur


  • O cantor Pedro Leonardo canta durante show
    O cantor Pedro Leonardo canta durante show
Depois de passar por cirurgia no fêmur na terça-feira (22), Pedro Leonardo se recupera do procedimento na unidade semi-intensiva do Hospital Sírio-Libanês. Segundo a assessora de imprensa do cantor, Ede Cury, ele não pôde receber visitas nesta quinta-feira (24) e está se recuperando bem da operação.

Pedro ainda deve passar por uma cirurgia na perna direita, que está com os ligamentos do joelho rompidos, mas ainda não há previsão de quando isso irá ocorrer. De acordo com informações do médico Roberto Kalil repassadas na quarta-feira (23) ao UOL, a expectativa é que o artista consiga se sentar nos próximos dias, já que está deitado desde o dia do acidente, 20 de abril.

Pedro, que estava em coma desde 20 de abril, acordou exatamente um mês depois, no dia 20 de maio.

O cantor Leonado visitou o filho no hospital na segunda-feira (21) e disse que a recuperação de Pedro foi a melhor notícia que já recebeu em seus 48 anos de vida. "Quando me ligaram ontem e falaram que ele falou, nunca tremi tanto. Parecia que eu estava em marcha lenta", disse. Leonardo, que no último mês esteve sempre com aspecto abatido, chegou ao hospital sorridente e aparentando estar muito feliz. Ele foi recebido por um grande número de fãs, que gritaram seu nome e o aplaudiram.

Acidente
Pedro Leonardo sofreu um acidente de carro por volta das 6h55 no dia 20 de abril na rodovia MGC-452, no município de Tupaciguara (MG), próximo à divisa de Minas Gerais com Goiás. O jovem estava sozinho no carro e havia saído de um show com o primo, Thiago, na cidade de Uberlândia. Segundo a TV Paranaíba, afiliada da Record, em Uberlândia, um militar teria afirmado que Pedro dormiu ao volante, foi para o acostamento, capotou e foi jogado para fora do carro.

Pedro é pai de Maria Sophia, nascida em maio do ano passado. A menina é a primeira neta do cantor Leonardo. Em 2009, ele participou do reality show "A Fazenda", da Record, e foi eliminado na última semana do programa.

Fonte: Portal Uol
Leia Mais ››

Impeachment de Collor completa 20 anos, e morte de PC Farias continua à espera de julgamento


O ex-tesoureiro de Fernando Collor de Mello, Paulo César Farias, e sua namorada, Suzana Marcolino, foram mortos no dia 23 de junho de 1996
Entre os nomes marcantes que envolveram a queda de Fernando Collor de Mello da Presidência, ocorrida em 1992, figura como pivô o ex-tesoureiro de sua campanha eleitoral Paulo César Farias –acusado de operar um esquema de corrupção engendrado pelo ex-presidente.

PC Farias foi apontado como o "testa-de-ferro" do esquema que envolvia cobrança de propina de empresários, contas no exterior e pagamento de gastos pessoais de Collor. Ele chegou a ser preso, em 1993, por sonegação fiscal, e condenado pelo STF (Supremo Tribunal Federal) por falsidade ideológica em 1994. Em junho de 1995, o ex-tesoureiro passou a cumprir pena em regime aberto, o que perdurou até sua misteriosa morte.

Paulo César foi morto com um tiro no peito no dia 23 de junho de 1996, na véspera da festa de São João. Ele foi encontrado deitado na cama de sua casa de veraneio, em Guaxuma (bairro na orla norte de Maceió), ao lado de sua então namorada, Suzana Marcolino, também assassinada com um tiro.

As circunstâncias da morte nunca foram devidamente explicadas. Depois de idas e vindas nas investigações --que consideraram hipótese de crime passional, suicídio e duplo homicídio--, a denúncia do Ministério Público Estadual foi feita sem apontar o autor intelectual do caso. Até hoje, nomes de mandantes circulam nos bastidores, mas sem comprovação.

“O Estado teve interesse que o caso fosse arquivado como passional. As autoridades alagoanas trabalharam para tornar o caso um crime passional, mas não foi. Ele morreu porque era um arquivo vivo. Quatro dias após a morte, ele iria depor na CPI das Empreiteiras, e ele estaria falando demais”, disse o perito responsável pela reviravolta nas investigações, George Sanguinetti.

À espera de julgamento
Quase 16 anos após o assassinato, os quatro acusados de executar o crime –todos seguranças que trabalhavam na noite do crime-- sequer foram a julgamento. Adeildo Costa dos Santos, Reinaldo Correia de Lima Filho, Josemar Faustino dos Santos e José Geraldo da Silva foram denunciados pelo Ministério Público Estadual e vão a júri popular.

O caso corre na 8ª Vara Criminal da Capital, que está sem juiz titular, e ainda não tem data para julgamento.

Segundo o promotor substituto da 8ª Vara, Flávio Gomes da Costa, que deve atuar no caso, há a perspectiva de o julgamento ocorrer no segundo semestre, mas, procurado, o Judiciário alagoano não confirmou data ou estimativa. “É um julgamento esperado, de um caso de grande repercussão, e espero que seja feita justiça”, diz o promotor.

Sobre o julgamento, George Sanguinetti diz que o júri não deixará de ser “frustrante.” “Eles [ex-seguranças] participaram do crime, sem dúvida. Mas o processo como está não chega ao grande beneficiário com a morte do PC”, disse, sem querer citar nomes. “Hoje, eu que sou o arquivo vivo. Eu sei o caminho percorrido para que PC fosse silenciado.”

O promotor Luiz Vasconcelos, que fez a denúncia, justifica a acusação: “Se estão quatro pessoas em uma sala, e uma é morta, ou é porque foi um deles, ou foi porque eles pactuaram. Tecnicamente se provou que os seguranças estavam no local e na hora do crime. Ficou provado também que os tiros eram audíveis dos locais onde eles disseram que estavam”, disse ao UOL, em junho do ano passado.

Como nenhum dos seguranças confessou o duplo homicídio ou apontou uma terceira pessoa na cena do crime, o promotor embasou a denúncia afirmando que eles, de forma direta ou indireta, participaram do duplo homicídio.

Tiros confundidos com fogos
O advogado dos seguranças, José Fragoso Cavalcanti, alega que o ex-tesoureiro foi assassinado pela namorada, que em seguida suicidou-se. Para ele, as investigações apontaram para um crime passional, “movido pelo ciúme excessivo de Suzana”. “Existem provas exuberantes nos autos, apontando que Suzana atirou em PC e depois se matou. Não existem dúvidas nos autos.”

Fragoso lembrou que as mortes ocorreram na madrugada da véspera de São João. Ele reconheceu que os seguranças podem até ter escutado o barulho dos tiros, mas pensaram se tratar de fogos de artifício. “Era uma noite com muito barulho de bombas. Aqui no Nordeste, nesse período, é comum soltar fogos. Para os seguranças, naquela noite, PC estava seguro, trancado no quarto, dormindo com a namorada. Jamais os seguranças suspeitariam que o assassino dele estava dormindo na mesma cama que o patrão. Eles não associariam que, no meio do barulho de bombas, tinha havido tiros dentro da casa”, argumentou.

O advogado ressaltou ainda que os seguranças estavam vigiando a casa de praia de PC Farias a uma distância de 80 metros. “A casa é muito grande e, se escutaram os tiros, foi de longe. A casa estava totalmente fechada e não dava para distinguir o barulho de bombas com tiros”, reforçou.

Passados 15 anos do episódio, Fragoso disse que os seguranças, que são policiais militares, continuam exercendo suas funções. “Eles levam a mesma vida que levavam há 15 anos. Trabalham como policiais, desempenhando suas funções na Polícia Militar de Alagoas. Eles têm a consciência tranquila”, finalizou.

Fonte: Portal Uol
Leia Mais ››

20 toneladas de lixo hospitalar espanhol são encontradas em contêiner no porto de Itajaí (SC)


  • Divulgação/Receita Federal
    Material estava relacionado como "tecido atoalhado de algodão"
    Material estava relacionado como "tecido atoalhado de algodão"
A Receita Federal apreendeu nesta quarta-feira (23), em Itajaí (94 km de Florianópolis), 20 toneladas de lixo hospitalar e de hotéis que estavam acondicionadas em um contêiner no porto da cidade.

O material veio de hospitais e hotéis da Espanha e estava relacionado como sendo “tecido atoalhado de algodão”. A apreensão faz parte da operação Maré Vermelha, da receita, iniciada em março. Num intervalo de oito meses, a equipe conseguiu impedir a entrada de 120 toneladas de lixo no país.

O material especificado deveria ser tecido usado na fabricação de toalhas de limpeza. Porém, os fiscais acabaram encontrando itens usados, que foram descartados como resíduo, devido ao péssimo estado de conversação.

“Havia muitas toalhas e lençóis de hospitais. Inclusive, o laudo do Ibama atestou o material como 'resíduo nocivo ao meio ambiente e à saúde humana'”, declara Christiane Larcher, assessoria da Receita Federal.

Segundo o Ibama, a carga saiu do porto de Valência, e as medidas já estão sendo tomadas para devolver o contêiner à Espanha em até 30 dias. A empresa importadora, que não pode ser identificada, levará multa e ainda vai arcar com as despesas de devolução do material.

Segundo a Receita Federal, esta é a terceira vez em oito meses que carregamentos de lixo são encontrados em contêineres no porto de Itajaí. Há dois meses, outras 40 toneladas já haviam sido apreendidas no porto. 

Um caso semelhante ocorreu este ano no Porto de Itajaí. Em março, foi interceptado um carregamento de 40 toneladas proveniente do Canadá, que tinha sido declarada como polietileno.

Já em setembro do ano passado, a carga de seis contêineres com garrafas pet, também vinda da Espanha, foi devolvida. O material havia sido importado por uma empresa de Farroupilha (RS). (Com informações de Léo Pereira, em Florianópolis)

Fonte: Portal Uol
Leia Mais ››

Parlamentares pedem na Justiça bloqueio dos bens da Delta


Os senadores Pedro Taques (PDT-MT) e Ranfolfe Rodrigues (PSOL-AP), e o deputado federal Miro Teixeira (PDT-RJ) pediram nesta quinta-feira (24) à Justiça Federal em Brasília o bloqueio dos bens da construtora Delta. Investigações da Polícia Federal apontam influência do bicheiro Carlinhos Cachoeira, preso em fevereiro deste ano por suspeita de explorar jogos ilegais e de corrupção, nos contratos da empresa.
A PF também identificou repasses da construtora destinada a empresas fantasmas no Centro-Oeste, supostamente ligadas a Cachoeira. A Alberto & Pantoja Construções, que funcionaria numa oficina mecânica perto de Brasília, recebeu R$ 26 milhões. Na conta da Brava Contruções, segundo a polícia, outra empresa de fachada, entraram R$ 13 milhões.
A construtora disse, via assessoria de imprensa, que não comenta denúncias sobre contratos da gestão passada. O escândalo levou ao afastamento do então presidente da Delta, Fernando Cavendish, e à negociação para a aquisição pela holding J&F. Sobre o pedido de bloqueio de bens, o G1 não obteve resposta até a última atualização desta reportagem.
O pedido de medida cautelar foi protocolado na 14ª Vara Federal de Brasília e inclui também pedido de liminar. Na petição, os parlamentares também querem que seja realizada uma intervenção judicial na construtora, que atua em diversas obras públicas federais e estaduais. O objetivo é impedir demissões e paralisação das obras, conforme explicou Taques.
"Nós pedimos a indisponibilidade dos bens da Delta e a nomeação de um interventor judicial para que ela não paralise as obras e para que mais de 30 mil empregados não fiquem sem colocação no mercado de trabalho", disse o senador.

CPI
Nesta quinta-feira (24), a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito que investiga as relações de Cachoeira com políticos, autoridades e empresários adiou para a próxima terça-feira (29) a votação de um requerimento que pede a quebra do sigilo fiscal da construtora. Taques tentou incluir a votação do pedido nesta quinta, mas foi derrotado por parlamentares do PT, PSDB e PMDB, principalmente.
"É uma ação preparatória para uma ação popular. A CPI está demorando para tomar esta decisão. A União também está demorando para tomar esta decisão. Em sendo deferida a liminar, um juiz vai determinar a indisponibilidade dos bens e ela [Delta] não poderá negociar novos contratos", argumentou Taques.
De acordo com ele, com a medida, os parlamentares autores da ação esperam impedir que o patrimônio público que está em poder Delta, por meio das obras que ela realiza, seja desviado para empresas fantasmas. "A ideia é que, sendo deferida essa liminar nesta ação, o juiz determine a indisponibilidade dos bens da Delta e ela não possa mais negociar a não ser esses contratos que ela já possui com o governo federal", completou.
Na petição, os parlamentares afirmam que, a partir do deferimento da cautelar, irão ajuizar ação popular contra a empresa, num prazo de até 30 dias. Nesta ação, devem discutir a anulação dos atos administrativos de gestão e execução dos contratos firmados pela União com a Delta, cumulada com o ressarcimento dos danos e prejuízos que possam decorrer do não cumprimento dos contratos administrativos.

Fonte: G1
Leia Mais ››