Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

sábado, junho 30, 2012

DEM define sua chapa para as eleições 2012


Agora é Oficial! Está definido.

Neste momento acontecem as convenções do município de Itaú e agora mesmo foi oficializado a chapa do DEM para concorrer o pleito eleitoral de 2012.

Ciro Bezerra e Paulo César formam a chapa do grupo situacionista.

Logo mais a tarde acontecerá a cerimônia de homologação com a presença das lideranças políticas do Município com cobertura do Blog Cidade News Itaú.

Arlindo Maia da Redação do Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Procuradoria denuncia 38 suspeitos do mensalão do DEM


O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, denunciou nesta sexta-feira ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) 38 pessoas suspeitas de envolvimento no mensalão do DEM no Distrito Federal. Entre os denunciados está o ex-governador José Roberto Arruda (sem partido), acusado de ser o chefe do esquema de corrupção.

Os envolvidos foram denunciados pelos crimes de corrupção ativa (empresários) e passiva (políticos) e lavagem de dinheiro.

A investigaçãode no governo Arruda veio a público em novembro de 2009, quando foi deflagrada a Operação Caixa de Pandora, da PF. O esquema teria desviado recursos do governo do DF para pagamento de propinas para autoridade, o que levou Arruda e seu vice Paulo Octávio a renunciarem seus respectivos mandatos.

Gurgel informou que o líder do esquema era o próprio Arruda e que Durval Barbosa foi confirmado como um dos operadores do esquema. A denúncia também envolve deputados distritais e empresários. Apesar de não divulgar quanto dinheiro foi desviado, o procurador confirmou que o esquema começou pouco antes das eleições de 2006.

Durval Barbosa , ex-secretário de Relações Institucionais do DF e delator do esquema, revelou vários vídeos com pagamento de propina a autoridades.

Fonte: DN Online/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Ex-procurador geral é investigado pela Assepsia


Apesar de não ter sido denunciado na Operação Assepsia, o ex-procurador geral do município Bruno Macedo Dantas é destaque, aparecendo por diversas vezes na petição do MP e na documentação emitida pelo juiz José Armando Ponte Dias Junior. Na decisão, inclusive, Bruno é tido como um dos investigados dentro da operação. "Bruno Macedo, aliás, e aqui abrimos parênteses para fazer consignar, também está também sob investigação", diz o magistrado em sua decisão. A operação deflagrada pelo Ministério Público na quarta-feira passada (27) prendeu sete pessoas, dentre elas o ex-secretário municipal de saúde Thiago Trindade e secretário de planejamento Antônio Luna, envolvidas em um suposto esquema de contratação irregular de falsas Organizações Sociais para gerir unidades de saúde em Natal.

O fato descrito pelo juiz para justificar a investigação contra o ex-chefe da Procuradoria Geral do Município (PGM) o fato de que a movimentação funcional do procurador municipal Alexandre Magno de Souza, tido com um dos "cabeças" do esquema que teria fraudado contratos na Secretaria Municipal de Saúde, ocorria com o consentimento de Bruno Macedo. A decisão também aponta que o ex-procurador geral "conhecia com profundidade os detalhes do processo administrativo que culminou na contratação da MARCA para a gestão da UPA e dos AME'S". 

Uma ligação telefônica interceptada contida na denúncia do MP também referenda, para o juiz José Armando Ponte, a condição de investigado posta sob Bruno Macedo. A conversa entre Bruno e o secretário municipal de planejamento Antônio Luna, preso e afastado do cargo desde quarta-feira (27), gravada em 3 de junho do ano passado demonstra que a dupla nutria "um estranho, suspeito e inescondível interesse pela questão da administração das UPA's pelas Organizações Sociais, sob a batuta do Município de Natal". O fato diz respeito às intenções demonstradas pelo Governo do Estado em assumir a administração das unidades de saúde, logo após a ida de Alexandre Magno para o quadro da Sesap. 

A denúncia do MP destaca por várias vezes a relação entre Bruno Macedo e o procurador municipal Alexandre Magno. Inúmeras são as ligações telefônicas entre os dois em que tratam dos contratos com as organizações sociais e da formatação da lei que permite a parceria entre o poder público e as OS. "Não é concebível que Bruno Macedo, mesmo sabendo de todas as relações espúrias que circundavam Alexandre Magno e as contratações irregulares com entidades do terceiro setor, permitisse e desse guarida à prática de uma série de condutas irregulares perpetradas por este", aponta o MP. Em um dos contatos telefônicos registrados na denúncia, o ex-procurador geral chega a pedir emprego de odontólogo em um do AME's para Alexandre Magno, tratando-o, segundo a denúncia, como o "dono do negócio". 

Fonte: DN Online/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Irmão de Mução confessa em depoimento que usou senha e email do radialista


A Polícia Federal (PF) informou que o irmão do radialista Rodrigo Vieira Emereciano, de 35 anos, o Mução, foi o responsável pelo crime de pedofilia na internet. Segundo a PF, o irmão - que não teve o nome divulgado e é o diretor da empresa do radialista no Ceará - confessou ter usado senha e email de Mução para participar do crime na web.

Ainda segundo a PF, o homem foi identificado e investigado. Durante depoimento, em Fortaleza, ele confessou como pegou os dados do irmão.

Mução deve deixar a sede da PF ainda esta noite. Amanhã está prevista uma entrevista coletiva à imprensa.

Fonte: DN Online/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Mução tem prisão revogada pela Justiça


A prisão do radialista Rodrigo Vieira Emereciano, de 35 anos, o Mução foi revogada pela Justiça na noite desta sexta-feira, 29. Os advogados Bruno Coelho, do Recife, e Waldir Xavier, de Fortaleza, chegaram à sede da Polícia Federal, no Cais do Apolo, no Recife, com o documento de Habeas Corpus que foi entregue a delegada da Polícia Federal Kilma Caminha, responsável pelo inquérito.

Após prestar depoimento, Mução seria levado para o Centro de Observação Criminológica e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima. Mas os presos teriam ameaçado a vida do radialista.

Mução chegou à sede da PF na manhã desta sexta-feira, 29, em um automóvel Corola preto, veículo descaracterizado da Polícia Federal, e foi escoltado por uma caminhonete. O humorista entrou pelos fundos do prédio e não falou com a imprensa. Trajava a mesma roupa do momento da sua prisão em Fortaleza: uma calça jeans, camisa azul, sapato branco e boné. Ele estava preso desde ontem na sede no Ceará e viajou para a capital pernambucana em um voo direto da companhia Azul sob custódia. Aterrissou às 8h40 e deixou o Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes - Gilberto Freyre pela saída de cargas.

De acordo com investigações realizadas pela PF, o radialista faria parte de um círculo fechado de 160 pessoas, 97 estrangeiras e 63 brasileiras, que trocavam conteúdo ilegal com imagens de adolescentes e crianças em situações pornográficas.

Fonte: DN Online/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Bandidos levam R$ 45 mil em dois assaltos simultâneos


A tarde desta sexta-feira (29) foi marcada pela ação criminosa de bandidos armados que cometeram dois assaltos simultâneos em dois bairros da zona Sul da capital. Ao todo, os assaltantes levaram R$ 45 mil e dois veículos pertencentes as vítimas.

De acordo com informações repassadas pela polícias Militar e Civil, o primeiro assalto ocorreu na avenida Engenheiro Roberto Freire, no bairro de Ponta Negra. A vítima tinha acabado de sair de uma agencia bancária quando foi seguida e surpreendida por uma dupla em uma motocicleta.

Um dos homens armados com uma pistola anunciou o assalto e obrigou a vítima a sair do carro. Em seguida, o bandido saiu em disparada com o veículo tipo Punto e com cerca de R$ 25 mil que estavam dentro da bolsa.

A segunda ação dos criminosos ocorreu no bairro de Morro Branco, na rua Ruy Barbosa. Dois homens armados invadiram um salão de beleza e assaltaram uma mulher que tinha acabado de chegar ao estabelecimento. Segundo uma fonte do Portal BO, os assaltantes levaram o valor de R$ 20 mil e um veículo tipo Honda City, pertencente a vítima. Apenas a segunda vítima fez registro na polícia. 

Fonte: Portal BO/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Polícia descarta participação de grupo preso no roubo de Baraúna


Cedida
Banco do Brasil de Baraúna foi roubado com uso de explosivos; quadrilha levou o cofre

Os criminosos presos na quarta-feira passada na região Metropolitana de Fortaleza (CE) não têm envolvimento com o roubo do Banco do Brasil de Baraúna, que foi atacado no dia 11 de maio deste ano. O grupo é acusado de ter roubado duas agências bancárias no Ceará, com uso de explosivos, e chegou a ser ventilada a possibilidade deles estarem envolvidos com o roubo de Baraúna. A Polícia Civil do RN diz que não há provas e que a investigação caminha para um desfecho com a prisão dos envolvidos nesse roubo.
Segundo o delegado regional de Mossoró, Claiton Pinho, que tem acompanhado as investigações, policiais do RN entraram em contato com a equipe responsável pela prisão da quadrilha no Ceará. “Não tem comprovação alguma que haja relação com o pessoal que praticou o assalto de Baraúna. Não sei por que isso foi divulgado em alguns lugares. Procuramos provas do envolvimento deles, mas não há. A única coisa que existe é que alguns deles são do Rio Grande do Norte, mas não significa que tenham participado do roubo”, disse.
Descartada, inicialmente, a participação do grupo preso no Ceará, Claiton destaca que a investigação continua avançando. Ele chega a afirmar que os trabalhos caminham para um desfecho positivo. “Com certeza iremos chegar a um desfecho. Pode demorar um pouco, como em outros estados, mas vamos chegar a essas pessoas”, disse o delegado, esperançoso.
Claiton afirma que a Polícia Civil está esperando o resultado de perícias feitas pelo Instituto Técnico-Científico de Polícia (ITEP) e de algumas solicitações feitas à Justiça, para dar prosseguimento ao caso.

AS PRISÕES

Na quarta-feira passada, sete pessoas foram presas acusadas de integrar uma quadrilha que teria roubado o Banco do Brasil nos municípios de Palhano e Banabuiú com o uso de explosivos. Os integrantes foram presos em Fortaleza, Pacajus e Maracanaú, ambas situadas na Região Metropolitana.
Entre os presos estavam os potiguares Lemuel Correira, Claudivan Bezerra e Felipe Chaves. Todos tinham problemas com a justiça potiguar.
Claudivan é foragido da Penitenciária Estadual do Seridó, situada em Caicó, e os outros dois são foragidos da Penitenciária de Alcaçuz, em Nísia Floresta.

BARAÚNA

O Banco do Brasil da cida-de foi roubado na madrugada do dia 11 de maio deste ano.
Enquanto uma parte da quadrilha explodia o prédio e roubava o cofre da agência, outro grupo foi ao Pelotão da Polícia Militar e metralhou a fachada. Os bandidos usaram armamento de grosso calibre.
O bando fugiu levando o cofre, deixando um grande estrago na estrutura física do BB.

Fonte: Defato/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Correios anuncia realização de novo concurso público

concurso1
Os Correios vão ampliar seu quadro de pessoal em 9.904 novas vagas em todo o Brasil.
A ampliação foi autorizada pelo Ministério do Planejamento nesta semana. A empresa poderá contratar os aprovados do atual concurso que estão em cadastro reserva, para os cargos e localidades em que haja necessidade.
A iniciativa deverá suprir as necessidades básicas do órgão para o Rio Grande do Norte que sofre com um elevado déficit de profissionais.
Para atender outras localidades e cargos que não tenham cadastro disponível, os Correios realizarão novo concurso no segundo semestre.
A maioria das vagas aprovadas destina-se à área operacional da empresa (carteiros e operadores de triagem e transbordo). A ECT ainda irá realizar o dimensionamento das vagas por localidade. Os Correios contam atualmente com 115 mil empregados, sendo 57 mil carteiros.
A autorização prevê que o preenchimento das vagas se dê de forma escalonada, sendo 3.302 vagas para contratação imediata (a partir de 1º de julho), 3.301 a partir de 1º de janeiro de 2013 e 3.301 a partir de 1º de abril de 2013.
No ano passado, os Correios realizaram concurso para todas as áreas da empresa. Até o momento, já contrataram 10.381 novos empregados aprovados nessa seleção, que teve sua vigência prorrogada por mais um ano.

Fonte: O Mossoroense/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Gravações confirmam migração de procurador para instalação do Hospital da Mulher em Mossoró

hospital_da_mulher
Gravações detalhadas na petição da "Operação Assepsia" confirmam que o procurador do município de Natal, Alexandre Magno, responsável junto com o ex-secretário de Saúde da capital, Thiago Trindade, por articular a contratação de diversas organizações sociais suspeitas de desvio de recursos públicos, foi cedido pelo Poder Executivo de Natal para o Governo do Estado para também intermediar que empresas terceirizadas se instalassem na Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap).

Segundo o Ministério Público, o objetivo da presença de Alexandre Magno na Secretaria Estadual de Saúde era viabilizar a contratação de organizações sociais do terceiro setor para administrar recursos públicos destinados à área de saúde, o que acabou ocorrendo, através do Termo de Parceria estabelecido entre o Governo e a Associação Marca, que foi contratado para administrar em Mossoró o Hospital da Mulher Parteira Maria Correia.
Em conversa telefônica com uma pessoa identificada apenas como "Roberval", gravada no dia 18 de maio de 2011, o procurador confirma sua ida à Sesap: "...eu estou indo para o Estado, hoje inclusive quando eu não lhe atendi eu tava em reunião com o secretário estadual já, devo comandar a assessoria técnica dele lá, assessoria de gestão como ele chama, mas assim não perco as minhas raízes com a Prefeitura...", diz.
Pouco mais de um mês após esse diálogo, no dia 21 de junho, Alexandre Magno conversa com o então secretário de Saúde de Natal, Thiago Trindade, e diz que esteve reunido com o ex-titular da Sesap, Domício Arruda, e que ele e o ex-secretario estadual de Saúde tinham o mesmo pensamento, mas que a então secretária adjunta de Saúde, Ana Tânia, tinha uma visão diferente de como as coisas deveriam funcionar. Na mesma conversa, Thiago Trindade diz que "se não for para implementar o Terceiro Setor", Alexandre "não tem função nenhuma ali", fazendo ainda o seguinte questionamento: "tu vai ficar fazendo processo administrativo, é?"; quando o procurador responde: "pois é; não tem o menor sentido isso".
No diálogo seguinte, registrado no dia 28 de junho de 2011 entre Alexandre e Domício, fica claro que ideia do terceiro setor foi introduzida no Governo Estadual com sucesso. O MP pontua que na gravação Domício Arruda havia relatado a governadora Rosalba Ciarlini que o caminho para a implantação de um hospital-materno infantil em Mossoró era a terceirização (Terceiro Setor). Na sequência, Alexandre Magno entra em contato com Thiago Trindade e confirma que eles precisam "executar" aquilo que havia sido tratado na semana anterior, ou seja, a implementação da terceirização no âmbito da Sesap.
"Salta aos olhos, então, o direcionamento conduzido por Alexandre Magno para que a entidade do terceiro setor a ser contratada pelo Estado seja a associação MARCA, a mesma entidade que ele ajudou a se instalar no município de Natal e da qual rotineiramente ele recebe vantagem. O que efetivamente se concretizou, conforme amplamente noticiado pela mídia", sintetiza o Ministério Público.
Em entrevista concedida a um jornal da capital, o ex-secretário Domício Arruda informou que o convite para que Alexandre Magno fosse cedido para a Sesap surgiu devido a experiência do procurador com os contratos de terceirização firmados na Prefeitura do Natal, destacando que Alexandre era uma pessoa de confiança da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) da capital. O ex-secretário justificou também que a Marca foi escolhida para assumir o Hospital da Mulher porque era a única Organização Social com atuação no Estado. 

Associação que dirige unidade hospitalar movimenta mais de R$ 15,8 milhões

Conforme ajustado no Termo de Parceria efetuado entre o Governo e a Associação Marca para administração do Hospital da Mulher (inaugurado no dia 9 de março deste ano), o RN se comprometeu a repassar à entidade, no período de seis meses, a quantia de R$ 15.806.075,91, sendo que desse total, mais de R$ 10 milhões já foram transferidos para a Organização.
O Governo alega que a contratação da Marca ocorreu de forma emergencial devido a necessidade da prestação do serviço, e que esse modelo de gestão já havia sido adotado em outros estados obtendo resultados satisfatórios.
Após a "Operação Assepsia", a Marca está sendo administrada pelo advogado Marcondes de Souza Diógenes Paiva, nomeado pelo juiz Cícero Martins de Macedo para a função. Paralelamente à decisão judicial, a Sesap informou a suspensão temporária do repasse dos valores referentes ao contrato firmado com o Governo do Estado. A administração estadual anunciou a instauração de auditoria extraordinária, que terá prazo de 30 dias para conclusão dos trabalhos, que incluem avaliação dos aspectos referentes à legalidade, eficácia e eficiência do contrato, bem como a aplicação de recursos públicos pela entidade privada.

Fonte: O Mossoroense/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

América bate o Guarani por 1 x 0 e assume liderança da Série B


O América venceu o Guarani-SP por 1 x 0, no Nazarenão, em Goianinha, na noite desta sexcta (29) e assumiu a liderança temporária da Série B, com 19 pontos. O gol foi marcado por Isac, de cabeça, aos 3 minutos da etapa complementar, num lance contestado pelos jogadores do bugre de Campinas.

No primeiro tempo, o alvirrubro teve maior posse de bola e procurou mais o ataque, mas não encontrou o caminho das redes, enquanto o adversário não conseguiu chegar perto do gol americano.

Os lances mais perigosos foram do América. Aos 16 minutos, Wanderson bateu escanteio e Isac cabeceou perigosamente. A boa raspou o travessão. E aos 37, Wandersou mandou bom chute de fora da área, mas o goleiro Emerson saltou e desviou a boa. 

Para alegria de sua torcida, o América abriu o marcador logo após a volta do intervalo. Aos 3 minutos, Isac aproveitou cruzamento da esquerda e mandou de cabeça. O goleiro ainda defendeu, mas a arbitragem disse que a bola entrou e confirmou o gol, motivo de reclamações dos jogadores do Guarani.

Aos 25, o mesmo Isac pegou rebote do goleiro Emerson e mandou para as redes, mas o juiz marcou impedimento. E aos 37, a maior chance do time de Campinas: Schwenck avançou e tocou para Kleiton Domingues, que entrou na área mas permitiu a defesa de Dida.

Fonte: Defato/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Ricardo Teixeira ainda recebe salários da CBF


Ricardo Teixeira ainda recebe salários da CBF

Pressionado pelo governo federal e pela Fifa, Ricardo Teixeira renunciou à presidência da CBF há mais de três meses, alegando que precisava cuidar da saúde.

Longe do Brasil, o cartola deixou o comando da confederação, mas ainda recebe pagamentos da entidade que dirigiu por 23 anos.

Morando em Miami desde então, o ex-presidente ganha de José Maria Marin, seu sucessor, mais do que amealhava como dirigente. Na nova gestão, os depósitos para Teixeira continuam sendo feitos na agência do Itaú localizada no condomínio onde funciona a sede da CBF, no Rio.

A primeira liberação de pagamento foi autorizada no dia 30 de março. Segundo o borderô da entidade, o dirigente foi autorizado a receber R$ 105 mil. Como presidente da confederação, ele ganhava R$ 98 mil mensais.

A operação foi repetida no final do mês seguinte. Em 30 de abril, a CBF liberou um depósito ainda maior. De acordo com o borderô daquele dia, o cartola recebeu R$ 120 mil. Em maio, a entidade fez nova liberação. A reportagem não conseguiu precisar o valor que foi concedido.

Na nova CBF, Teixeira recebe como uma espécie de assessor especial da presidência. A função também é exercida pelo presidente da Federação Paulista de Futebol, Marco Polo Del Nero.

O cartola também é remunerado na CBF. Desde o início da gestão Marin, ele recebe mensalmente cerca de R$ 130 mil da confederação.

O paulista deve ser nomeado hoje vice-presidente da região Sudeste. Por ser o mais velho dos vices, Del Nero, 71, será o substituto de Marin em caso de eventual problema com o atual mandatário.

Marin sucedeu Teixeira graças a Del Nero. Há cerca de quatro anos, o cartola da federação paulista indicou o antigo político para ocupar uma das vice-presidências.

Fora dos holofotes desde o dia 12 de março, quando enviou de Miami sua carta de renúncia, Teixeira permanece influente na entidade. Funcionários o informam semanalmente sobre a movimentação financeira da CBF.

No início deste mês, Marin se encontrou pessoalmente com seu antecessor.

No exterior, eles conversaram sobre os bastidores da Fifa e do futebol nacional, além de terem discutido a organização da Copa. Teixeira presidia também o Comitê Organizador Local de 2014.

Fonte: Defato/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Sorteio da Copa do Mundo será em dezembro de 2013 na Bahia


Copa-2014
Em reunião do Comitê Organizador Local (COL), na quinta-feira (28), ficou decidido que o sorteio final para a Copa do Mundo será em dezembro de 2013, na Costa do Sauípe, na Bahia. Já o sorteio da Copa das Confederações está confirmado para 1º de dezembro de 2012, no Complexo do Anhembi, em São Paulo.

De acordo com o secretário-geral da Federação Internacional de Futebol (Fifa), Jérôme Valcke, Recife deve apressar o passo para que seu estádio fique pronto a tempo para participar da Copa das Confederações. A cidade tem até a primeira semana de novembro deste ano para ter sua situação definida, quando começará a ser feita a venda de ingressos antecipados para a Copa das Confederações.

O secretário-geral da Fifa elogiou o ritmo das obras dos estádios, dizendo que 80% delas estão dentro dos prazos estabelecidos pela entidade. "A maioria dos projetos está em tempo para a Copa. Isso porque todos trabalharam mais, com mais afinco, desde 8 de maio, quando tivemos a última reunião do Comitê Organizador. Agora, todos estão falando a uma só voz", disse.

Lei Geral

Valcke negou que haja conflito entre a FIFA e o governo brasileiro em relação à Lei Geral da Copa, embora ela contenha "coisas que não correspondem à expectativa da associação". Na questão da liberação da venda de cerveja nos estádios, ele afirmou que a Fifa está preparada para negociar com os governos dos estados onde o comércio é proibido, conforme ficou definido pela lei.

Fonte: Portal Brasil/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

MP pediu na Justiça anulação de parceria do Estado com Associação Marca



Na semana anterior à deflagração da Operação Assepsia, que investiga supostas irregularidades na contratação de Organizações Sociais (OSs) para administrar unidades de saúde da Prefeitura do Natal, o Ministério Público Estadual ajuizou Ação Civil Pública contra o Governo do Estado e a Associação Marca, que administra o Hospital da Mulher, em Mossoró, por irregularidades relativas à contratação firmada entre o Estado e referida Associação.

A Marca também foi contratada pela Prefeitura do Natal para gerir a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Pajuçara e diversos Ambulatórios Médicos Especializados (AMEs). Esses contratos são o objeto da Operação Assepsia. Nesta quinta-feira, a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) determinou auditoria no contrato firmado com a Marca relativo ao Hospital da Mulher.

Na Ação, que tramita na Vara da Fazenda Pública de Mossoró e tem por número 0008561-37.2012.8.20.0106, o MP pede, entre outras coisas, a anulação do termo de parceria para que a Associação Marca faça a gestão do Hospital da Mulher; que o Estado se abstenha de renovar o termo de parceria firmado em caráter emergencial; e que se abstenha de firmar termos de parceria semelhantes com entidades privadas sem fins lucrativos antes que seja normatizada, em âmbito estadual, a qualificação de tais entidades como organizações da sociedade civil de interesse público, bem como observar as normas de licitação previstas em lei para seleção da entidade parceira.

Na ação, o MP pede também que a Justiça condene o Estado a convocar e nomear imediatamente em quantidade suficiente para completar as escalas do Hospital da Mulher, os candidatos aprovados no último concurso público pela Secretaria Estadual de Saúde Pública. E que promova o treinamento dos servidores nomeados a fim de que possam substituir o pessoal irregularmente contratado pela Associação Marca para prestar serviços no Hospital da Mulher em Mossoró, a fim de garantir a continuidade do serviço público.

Entre os pedidos que constam na Ação Civil Pública, representante do MP quer também que a Justiça condene o Estado a reassumir a prestação do serviço público de saúde à população no Hospital da Mulher, cessando ao final de prazo sugerido de 80 dias os repasses dos recursos financeiros a Associação Marca.

Fonte: Defato/Cidade News Itaú
Leia Mais ››