RÁDIO CIDADE AO VIVO

domingo, julho 15, 2012

Apodi registrou ontem o terceiro assalto em duas semanas


Local Do Assalto


  A polícia militar da cidade de Apodi registrou ontem (15/07) um crime de assalto ocorrido no centro comercial da cidade, mais precisamente na rua Antônio Lopes Filho. A vítima foi um comerciante bastante conhecido na cidade como João de tonhô, que vende mercadorias no atacado e no varejo.
  O crime ocorreu por volta das 18h30min, quando, segundo informações repassadas pela vítima, um homem moreno de estatura alta, chegou a pé e de cara limpa, o criminoso sacou um revolver Cal.38 e anunciou o assalto, sem opção, o comerciante abriu a gaveta e passou todo o dinheiro que tinha nela mais dois cheques. Segundo informações extra oficiais, após a ação o malévolo fugiu levando cerca de R$ 2,500 em dinheiro e os dois cheques no valor de R$ 800,00 cada. A vítima contou que no momento da fuga o assaltante ainda teve a audácia de dizer a seguinte frase "Se vocês chamarem a polícia eu venho aqui com meus colegas e mato todo mundo".
  Segundo testemunhas a vítima fugiu do mesmo modo que chegou, a pé e sozinho pela pracinha que dá acesso a igreja matriz de Apodi (Foto). A polícia foi acionada e após colher todas as informações, a RP da cidade e o GTO/Apodi realizaram diligências e barreiras no entorno da cidade no intuito de prender esses malévolos, afinal este já é o terceiro assalto consecutivo em 15 dias em nossa cidade, sendo eles um na zona rural (Poço Tilon) e dois na zona urbana (Espeto de Ouro e João de tonhô).

Rota de fuga do assaltante


Fonte: Plantão Apodi/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Agricultor é morto a golpes de foice e pauladas na zona rural de Parnaiba/PI

ATENÇÃO!!!IMAGENS MUITO FORTES ABAIXO

Por volta das 17 horas de hoje (14) no povoado Márcia Machado, na zona rural de Parnaíba-PI, o lavrador José Pereira de Brito, 25 anos, foi agredido a pauladas e golpes de foice pelos seus vizinhos identificados por Vicente, Adailton e Moisés.
A vítima ficou com o rosto completamente desfigurado e ainda chegou ser socorrida com vida pelo SAMU, vindo a óbito a caminho do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde.

O motivo da briga é desconhecido até o presente momento.
A Polícia Militar foi acionada e está diligenciando na área no intuito de prender os acusados.







Fonte: Passando na Hora/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Homem é assassinado em praça pública de Macau-RN

ATENÇÃO!!! IMAGENS FORTES ABAIXO

Manhã de sábado 14 de Julho de 2012, na cidade de Macau. O crime aconteceu por volta de 6 horas da manhã em plena praça publica da cidade. A policia acredita que o crime esteja relacionado ao tráfico de droga. Um indivíduos conhecido como ”Marcelo”,morador do Bairro Marium, sofreu três cutiladas de faca peixeira e morreu no local.
Os dois principais acusados foram detidos pela policia local. Após a pericia técnica no local, o corpo da vitima foi removido pela equipe do perito Joaquim Guimarães para os procedimentos de necropsia na sede do Instituto Técnico e Cientifico de Policia em Mossoró.






Fonte: Passando na Hora/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

TENTATIVA DE HOMICÍDIO NA ZONA RURAL DE MOSSORÓ.


Uma tentativa de homicídio foi registrada na noite deste sábado, (14/07/12), pelo CIOSP, por volta das 18h30min na comunidade Sitio Coqueiro Zona Rural da Cidade de Mossoró, estrada de Alagoinha. 
De acordo com informações repassadas pela policia, o ex companheiro de Célia Regina Pereira de Andrade, 26 anos de idade, desferiu dois tiros contra ela, Célia foi atingida por dois disparos de arma de fogo, sendo, um não transfixante no tórax e outro na parte superficial do pescoço.
Regina foi socorrida no local e depois foi conduzida pela equipe ALFA 01 do SAMU coordenada pelo médico intervencionista e os socorristas Cleverton, Enf. Sávio e a Téc. Alziene, para o Hospital Regional Tarcísio Maia, onde foi recebida pela equipe médica de plantão.
Célia passará por uma cirúrgia, após realizar exames. Ela deu entrada na unidade hospitalar consciente e orientada, seu estado de saúde é estável. 
Policiais da viatura de área foi ao local enviada pelo CIOSP, juntamente com a RP-Maísa, que fizeram patrulhamento no Sítio Coqueiro e áreas adjacentes, na tentativa de localizar o acusado que segundo familiares trabalha em Fortaleza e vinha fazendo ameaças constantes, pois não aceitava a separação. Ainda de acordo com informações de familiares eles separavam e com um tempo curto voltavam novamente. Dessa última vez fazia três meses que os dois estavam, separados e ele não aceitava a separação e jurava ela de morte.

PASSANDO NA HORA
PASSANDO NA HORA



Fonte: Passando na Hora/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Homem é preso por posse ilegal de arma de fogo.



Felipe Guerra- Na tarde de ontem 14, após denúncia, uma guarnição da Rádio Patrulha composta pelo Sgt. Edésio e os Sds. Nilson e Costa Neto, foram até a residência da pessoa de Edson Carlos de Freitas, 39 anos, localizada no Sítio Arapuá, Zona Rural dessa cidade, e conseguiram apreender um revolver cal. 38 com quatro munições intáctas, a arma estava escondida em cima de uma parede da casa. O acusado juntamente com a arma foram encaminhados para a delegacia de policia civíl de apodi onde foi feito os procedimentos cabíveis.


Fonte: Sentinelas do Apodi/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Briga por causa de política pode ter acabado em assassinato


O sobrinho do vereador de Ouro Branco Edwilson, Eyder Kennedy Azevedo de Araújo, de 32 anos, foi assassinado esta madrugada (15), enquanto chegava em sua residência, na Zona Rural do município.

Segundo a esposa da vítima, que conseguiu fugir correndo enquanto Eyder era alvejado pelos tiros, eles retornavam de uma festa e no momento em que a vítima desceu da moto para abrir a porteira do sítio, seus algozes saíram do matagal, atirando várias vezes contra ele, que morreu no local.

Ainda envolta de mistérios, a Polícia investiga a possibilidade do crime ter sido motivado por vingança, vez que, segundo testemunhas, na semana passada a vítima discutiu com um homem por questões políticas.

Fonte: Portal Nominuto/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Feirante é assassinado enquanto montava barraca


Gerlane Lima
Roberto da Silva foi atingido por dois tiros, um em cada olho.

O feirante Roberto da Silva, de 41 anos, foi assassinado, por volta, das 5h15 deste domingo, na feira livre do Nova Natal. De acordo com o soldado Jacinto, da Polícia Militar, Roberto foi atingido por dois tiros, um em cada olho. A polícia ainda não sabe a motivação do homicídio.

O pai da vítima, Francisco Gomes da Silva, afirma não saber qual o motivo do crime, mas lembrou que há aproximadamente 3 meses, tentaram assaltar o Roberto, também em um dia de feira, em uma rua próxima ao local da execução, e na ocasião dispararam cinco tiros, mas nenhum o atingiu.

Francisco Gomes, muito abalado, disse que o filho era um homem trabalhador e batalhador pela vida. Roberto da Silva era divorciado e deixou uma filha de 10 anos.

Fonte: Portal Nominuto/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Dupla é presa escondida em navio encalhado


Arquivo Nominuto.com
PM foi alertado por populares que a dupla estava escondida no navio.

Um policial militar de folga e populares conseguiram prender dois acusados de terem roubado um mercadinho na praia de Barreta nesse sábado (14), minutos depois, escondidos em um navio pesqueiro, encalhado na praia de Búzios.

A dupla havia roubado cerca de 500 reais e alguns produtos da loja, e fugido pela beira mar no sentido Búzios.

Ao tomar conhecimento do roubo o policial passou a procurá-los seguindo pelo mesmo itinerário. E próximo ao navio, o PM foi alertado por populares que a dupla estava escondida lá e os prendeu.

A arma usada no crime não foi encontrada, mas a quantia e produtos roubados foram todos recuperados.

Fonte: Portal Nominuto/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 6 milhões


O sorteio de número 1.406 da Mega-Sena, realizado na noite deste sábado em Ipameri, em Goiás, acumulou. O sortudo que acertar as seis dezenas sorteadas na próxima quarta-feira poderá levar o valor de R$ 6 milhões.

As dezenas sorteadas foram: 07 - 10 - 17 - 24 - 38 - 57.

Ao todo, 134 bilhetes fizeram a quina e devem levar, cada, R$ 12.809,17. Outros 9.133 fizeram a quina e deve receber R$ 268,48, cada um. 

As apostas podem ser feitas, de acordo com a Caixa Econômica Federal, até as 19h do dia do sorteio. A aposta mínima - com seis números - custa R$ 2. 

Fonte: Portal Nominuto/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Homem é preso em Martins acusado de abusar sexualmente adolescente de 13 anos


Um homem foi preso acusado de abusar sexualmente de uma adolescente de 13 anos, com problemas mentais, em Martins, Região Oeste do estado, na última sexta-feira (13). A jovemt eria desaparecido de casa e a família passou a procurá-la. No início da noite, vizinhos ouviram um barulho em residência próxima e flagraram o acusado com a criança.

O acusado foi preso e conduzido para a delegacia da Policia Militar da cidade e deverá ser transferido para a cidade de Caraubas, por medida de segurança.

A Criança foi conduzida ao Instituto Técnico e Cientifico de Policia Itep, em Mossoró, onde foi submetida a exames. Segundo a Técnica “Ilcivone Uchoa”, não houve penetração, mas o Delegado Regional, Clayton Pinho, afirma que o caso pode ser considerado abuso sexual e o acusado deverá ser punido com prisão que varia de 12 a 30 anos de reclusão, sem fiança.

Fonte: DN Online/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Comerciante é sequestrado e bandidos levam R$6mil na Grande Natal


Um comerciante foi vítima de roubo e sequestro por volta das 19h30 deste sábado (14), em São José do Mipibu, região da Grande Natal. Rogério Bento da Silva estava em uma granja com a família no Sítio Curral Novo, estrada que liga o município a Brejinho, quando foi abordado por quatro assaltantes. Segundo informações do tenente Paulo, oficial em serviço, a quadrilha rendeu todos, levou R$ 6 mil da casa, além de sequestrarem o comerciante. Rogério foi abandonado pelos assaltantes em seguida, em uma estrada próximo ao local. 

Segundo informações da polícia, os bandidos estavam em dois veículos, um Pálio, com três ocupantes, e um Siena, dirigido por Antônio Felix da Silva, que durante uma troca de tiros com a polícia, ainda na noite de ontem, colidiu com o muro de uma residência. Antônio Felix deu entrada no hospital de São José do Mipibu, mas morreu em seguida. 

Fonte: DN Online/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Policia Civil conduz preso jovem que confessou ter matado o professor Carlos Magno, da UERN


Cézar Alves
Policiais civis conduzindo suspeito de ter assassinado o professor Carlos Magno, da UERN

O delegado Inácio Rodrigues de Lima Neto, da Delegacia Regional de Pau dos Ferros, confirma que vai fazer a reconstituição do assalto seguido de assassinato do professor Carlos Magno, da UERN, ocorrido no dia 21 de novembro de 2011, na próxima quarta-feira, dia 18, com apoio técnico de duas equipes do Instituto Técnico-científico de Polícia (ITEP), de Mossoró.

O crime aconteceu na rodovia de acesso da cidade de Pau dos Ferros a cidade de Doutor Severiano (subida da serra), no Alto Oeste Potiguar. O delegado Inácio Rodrigues, depois de sete meses de investigação, prendeu cinco pessoas, sendo que três participaram diretamente do crime e dois indiretamente. Os suspeitos foram apresentados esta semana.

Veja AQUI.

Francisco Rafael Leite Mendes, de 21 anos; (atirou no olho do professor).
Ivan Bueno de Sousa Junior, de 18 anos; (piloto da moto de Francisco Rafael)
Elias Rodrigues Nunes, de 21 anos (piloto da moto de Francisco Rodrigues);
Francisco Rodrigues de Oliveira, de 21 anos (planejou o assalto);
Augusto César de Freitas, que é do Goiás (Comprou o celular roubado do professor).

O plano da quadrilha era assaltar R$ 600,00 do dono de um quiosque em Doutor Severiano e matar com tiro na nuca, segundo relatou Francisco Rafael e Ivan Bueno de Sousa Junior. O crime foi descoberto através do celular que Ivan Bueno de Sousa Junior roubou do professor Carlos Magno sem que os comparsas Francisco Rafael e Elias Rodrigues tomassem conhecimento. Ele vendeu o celular a Augusto César, que estava a passeio na região.

O delegado descobriu que o celular de Carlos Magno estava com Augusto César, no Goiás, e o prendeu. Daí descobriu toda a história e prendeu os assassinos. Eles confessaram o crime e contaram detalhes. Na próxima quarta-feira, o delegado Inácio Rodrigues, acompanhado com duas equipes de peritos do ITEP, de Mossoró, vai determinar precisamente a participação de cada um dos suspeitos no crime, durante a reconstituição.

Em seguida, o delegado Inácio Rodrigues envia o inquérito ao Poder Judiciário, indiciando os suspeitos. O passo seguinte é o Ministério Público Estadual, com base nas provas do inquérito, oferecer denuncia contra os suspeitos no Poder Judiciário, que poderá julgá-los até o final de 2012. Dependendo da participação, os suspeitos podem pegar até 30 anos de prisão. 

Delegado Inácio Rodrigues relata como elucidou o assalto seguido de assassinato do professor Carlos Magno.



Fonte: Defato/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

“Parece que foi hoje”, diz mãe, um ano após acidente da Noar


Marcos Garcia
Dona Liceuda segura retrato da filha

Tristeza e revolta se misturam à saudade dos parentes de Antônia Fernanda Jalles, a única mossoroense entre as 16 pessoas que morreram no acidente com o avião modelo LET-410 da Nordeste Avião Regional Linhas Aéreas (NOAR), que completou um ano na última sexta-feira, 13.
“Ninguém foi punido. A Justiça foi muito falha. Foi como se não tivesse acontecido nada. Morreu e acabou. Ficou por isso mesmo,” disse a mãe de Fernanda, dona Maria Liceuda, de 67 anos, que, vez por outra, segura o choro para falar da filha.
A professora-doutora nasceu em Mossoró, mas morava em Natal, com o marido e três filhos: Vitor Jalles, 26 anos, dentista, filho do primeiro casamento; Rodrigo Jalles Veras, 14, e Ana Laura Jalles Veras, 12.
Fernanda ajuda dona Liceuda a se recuperar da perda do marido, que havia morrido menos de dois meses antes do acidente. Antes de viajar a Recife (PE), a professora levou a mãe à praia de Tibau para passarem um fim de semana juntas. “Parecia que ela estava se despedindo. Lá, a gente conversou muito, brincou muito”.
Fernanda, contudo, estranhamente brincava com o futuro. 
“Ela falou que o coveiro do pai disse que o corpo do meu marido estava muito mole e que aquilo era ele chamando uma pessoa da família. Aí ela falou: ‘Mamãe, será que sou eu?’ Eu disse: ‘Mulher, deixe de conversar besteira’.”, relembra.
Apesar da forma trágica da perda, a senhora e os familiares dizem que, quando se lembram de Fernanda, a primeira coisa que vem à mente é a alegria que ela tinha de viver.
“À minha mente vem sempre um sorriso, de uma pessoa sempre de bem com a via”, declarou o irmão, Geraldo Jalles Dantas Junior. 
Uma missa de um ano foi organizada para ocorrer neste sábado, na Igreja São João Batista, no bairro Doze Anos (zona sul), às 17h.

Aeronáutica marca reunião
O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) marcou uma reunião com as famílias para a quarta-feira, 18, na qual se espera o laudo final sobre o que provocou o acidente. A Polícia Federal é quem investiga o caso, sobre o qual não deu detalhes.
Auditorias realizadas pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) na Noar Linhas Aéreas resultaram em nada menos que 148 autos de infração - sendo 62 contra a própria empresa, 85 para comandantes e um para o diretor de manutenção da companhia aérea.
A Noar e os funcionários recorreram administrativamente e não descartam procurar a Justiça, se o caso exigir.

Indenização e memorial
A Associação de Famílias e Amigos das Vítimas do Acidente da Noar Linhas Áreas (AFAV NOAR) divulgou à imprensa que todas as famílias receberam o seguro Responsabilidades do Explorador ou Transportador Aéreo (R.E.T.A.), benefício obrigatório de responsabilidade do proprietário da aeronave para cobrir danos materiais e corporais. 
A associação está também lutando para a construção de um memorial em homenagem às vítimas do acidente. O projeto foi encaminhado para a Prefeitura de Recife para análise. A verba vem do plano de emergência da Noar.

Fonte: Defato/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Governo gasta cerca de R$ 2,5 milhões por mês para manter presos de Mossoró

major_humberto
Rebeliões, fugas, assassinatos e atentados em presídios, denúncias de maus-tratos e de corrupção, superlotações, dentre outros problemas que refletem o atual cenário da maioria dos presídios e cadeias públicas existentes no Rio Grande do Norte, que têm sido frequentemente notícia nos veículos de comunicação brasileiros.

Para manter um preso em uma instituição penal, o governo do RN gasta R$ 3 mil por mês, um dos Estados da Federação que têm o maior custo com detentos, sem falar nos custos com rebeliões e fugas, que acontecem quase que diariamente, principalmente as fugas.
Em Mossoró, as quatro instituições carcerárias: Cadeia Pública Juiz Manoel Onofre de Souza, Complexo Penitenciário Estadual Agrícola Mário Negócio e os Centros de Detenção Provisória (CDP) masculino e feminino contam com uma população carcerária superior a 600 detentos, que custam mensalmente aos cofres públicos a "bagatela" de quase R$ 2,5 milhões. No entanto, a superlotação torna as instituições prisionais laboratórios de fabricação de marginais, além de péssimas condições estruturais.
Segundo informações repassadas pelo major Humberto Pimenta, diretor da Cadeia Pública de Mossoró e do CDP masculino, as instituições prisionais vivem sempre operando no vermelho, uma vez que o dinheiro gasto para a manutenção dos presos é controlado pela Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania (Sejuc), que não faz repasse em espécie e somente em serviços, por meio de licitações.
"Esse valor que o governo gasta em média com cada preso é refletido nos serviços de manutenção dos presídios, energia, água, vigilância, escolta, alimentação, com a parte administrativa. Serviços básicos de funcionamento das carceragens", explicou o diretor.
O diretor lamenta a ausência de uma verba mensal para os serviços mais imediatos da cadeia. "Quando um dos nossos veículos quebra, demora para ser reparado, chegando a ficar até alguns dias sem utilização, devido a termos que comunicar à Sejuc e aguardar a autorização do serviço. Se existisse uma verba mensal, iríamos poder investir mais na qualidade do funcionamento das coisas básicas", destacou.
A falta de agilidade na solução dos presídios mossoroenses tem refletido na estrutura das instituições, onde são visíveis as péssimas condições de funcionamento. No CPEAMN, por exemplo, a cerca de proteção que circunda a penitenciária quase não existe mais, assim como o muro e o alambrado que separa o regime fechado do semiaberto. Para a direção, esse problema tem ocasionado situações graves, como fugas e entrada de drogas na área fechada.
Semelhantemente aos problemas enfrentados na cadeia pública, tem tirado o sono da direção, em específico, as constantes fugas. Para piorar ainda mais, as condições precárias, quase sub-humanas, atestam cada que o sistema prisional vive o seu pior momento e, o que é mais grave, sem perspectiva alguma de melhorias.
Somente este ano, na Cadeia Pública de Mossoró, mais de 12 presos já fugiram, sendo o último escape acontecido na madrugada do dia 25 de junho, quando sete presos de alta periculosidade escaparam por um buraco escavado na parede da cela cinco do Pavilhão II, por onde fugiram sem nenhum problema. No momento da fuga, havia apenas dois agentes penitenciários de plantão, que só perceberam a ausência dos preso pela manhã.
Do total dos presos que escaparam na cadeia pública, apenas um detento foi recapturado, os demais, apesar da procura policial, ainda não foram localizados. 



No Brasil, gastos com presos são maiores do que investimento em educação

Enquanto o governo do RN investe em média R$ 36 mil por ano em cada preso, um presídio federal gasta aproximadamente R$ 15 mil anualmente com cada aluno do ensino superior, cerca de um terço do valor gasto com os detentos.
Já na comparação entre detentos de presídios estaduais, onde está a maior parte da população carcerária, e alunos do ensino médio (nível de ensino a cargo dos governos estaduais), a distância é ainda maior: são gastos, em média, R$ 21 mil por ano com cada preso, nove vezes mais do que o gasto por aluno no ensino médio por ano, R$ 2,3 mil.
Os dados comparativos são de uma pesquisa divulgada no portal de notícias "G1" que mostra que para pesquisadores tanto de segurança pública quanto de educação, o contraste de investimentos explicita dois problemas centrais na condução desses setores no país: o baixo valor investido na educação e a ineficiência do gasto com o sistema prisional.

Crise no sistema penitenciário afeta instituições penais em todo o RN

A crise que tomou conta das instituições penais do RN tem afetado praticamente todos os presídios do Estado. Na Região Metropolitana de Natal, a situação também é muito pior. Os presídios da capital já registraram este ano pelo menos 24 fugas ou tentativas de fuga.
Recentemente, foram cinco, só na Cadeia Pública Raimundo Nonato, em Natal, onde por duas vezes houve quebra-quebra e princípio de rebelião. Pelo menos 60 presos tentaram fugir.
Na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, em janeiro deste ano, fugiram 41 presos de uma só vez, fora outros pequenos escapes registrados, sem mencionar que no início de julho um guariteiro solitário conseguiu impedir a fuga de pelo menos 100 presos, que após quebrarem os cadeados das 30 celas do Pavilhão IV, foram impedidos de escapar quando se preparavam para pular o muro da unidade, entre duas guaritas desativadas.
Cada ação deste tipo representa danos ao patrimônio público e também ao Estado, que precisa repor cadeados, grades, colchões, além de refazer paredes, que são danificadas durante esse tipo de ação.
A superlotação é uma realidade no Estado. Faltam pelo menos quatro mil vagas para abrigar presos. O secretário Kércio Pinto, que assumiu a Sejuc na semana passada, promete reformulações no sistema prisional, com melhorias e implementações de medidas emergenciais, para tentar estancar a onda de fugas que tomou conta das prisões potiguares.
"Sei que não vai ser fácil, mas vamos procurar solucionar com emergência os problemas que têm afetado o funcionamento das instituições penais do Estado. É um desafio que temos encarado para dar uma resposta rápida à sociedade", disse o secretário em seu discurso de posse.

Fonte: O Mossoroense/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Guamaré é a terceira maior renda per capita do NE


Cezar Alves
Exploração e beneficiamento de petróleo em Guamaré eleva renda per capta

O município de Guamaré aparece na terceira posição entre as 15 principais cidades apontadas pelo Banco do Nordeste do Brasil com o maior PIB per capita em sua área de atuação que corresponde à região Nordeste, norte de Minas Gerais e norte do Espírito Santo.
O resultado da pesquisa foi publicado no último dia 12 de julho e, de acordo com o banco, admitindo o ano de 2009 como referência, há sete cidades da Bahia no topo da lista e três de Sergipe.
Pernambuco, Rio Grande do Norte, Paraíba, Piauí e Maranhão registraram um município cada.
Os dados foram levantados pelo Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (ETENE), na pesquisa denominados “Nordeste do Brasil: Sinopse Estatística2012” – um diagnóstico social e econômico da área de Atuação do BNB; e “Nordeste em Mapas”. 
Para o professor, Raimundo Fernandes, da Universidade Potiguar (UNP), campus de Mossoró, especialista em Cenários Econômicos, as desigualdades sociais no Brasil e principalmente no Nordeste ainda são muito elevadas, contudo, o PIB per capita sozinho não revela que a riqueza produzida em Guamaré não está sendo revertida em benefícios para a população local. “O PIB per capita é uma análise importante. Aproxima um pouco a noção da riqueza gerada e uma ideia de como ela é distribuída, porém é necessário observar outros indicadores dentro do conjunto da sociedade, sobretudo na questão da renda pessoal”, explica.
Os municípios que ocuparam as três primeiras posições do ranking foram São Francisco do Conde (BA), com R$ 360.815,80 por pessoa; Ipojuca (PE), com R$ 93.791,80, e Guamaré (RN) 90.233,40. De acordo com o Etene, as cidades que ocuparam essas colocações têm, de forma geral, características excepcionais, puxadas por refinaria, Porto de Suape e Polo Industrial da Petrobras.
Ele disse que alguns fatores contribuem para que essa riqueza produzida nessas cidades não seja refletida no bem-estar dos habitantes. “Há sérios problemas sociais. Não se pode considerar como próspera a riqueza produzida se ela não tem sido convertida em melhorias para as pessoas do local. Podemos citar como exemplo o fato da população flutuante que aparece como residente em Guamaré, mas na verdade vem de outros estados para trabalhar por lá; na concentração de renda e da distribuição dos royalties que também fica concentrada na mão de poucos”, observa.

Fonte: Defato/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Região Central tem quatro municípios com mais eleitores que habitantes

fernando_pedroza
REGIÃO CENTRAL - Nas cidades de Fernando Pedroza, Pedra Preta, Caiçara do Rio dos Ventos e Jardim de Angicos o número de eleitores aptos a votar no pleito de 7 de outubro vindouro excede a quantidade de habitantes.
Os quatro municípios são os únicos em tal situação entre todos os que se localizam na região Central do estado do Rio Grande do Norte.
O total de eleitores de cada cidade é apontado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Já o quantitativo de moradores é indicado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No caso de Fernando Pedroza os indicadores oficiais revelam que a população oficial é de 2.650 pessoas. Porém, os eleitores do município representam 3.253 pessoas.
Em Pedra Preta, os dados revelam 2.847 habitantes contra 2.996 eleitores. Em Caiçara do Rio dos Ventos, são 2.867 habitantes e 3.455 pessoas que poderão votar em 7 de outubro. No município de Jardim de Angicos a disparidade numérica entre moradores e eleitores é um pouco menor: são 2.670 habitantes e 2.753 eleitores.
Em relação às demais cidades que se situam na área geográfica da região Central do Estado, a soma de habitantes supera a de eleitores aptos ao exercício do voto no processo eleitoral sucessório que se aproxima. A região reúne um total de oito municípios. Em Pedro Avelino, existem 8.006 moradores e a quantidade de votantes é de 6.412 pessoas.
A cidade de Lajes soma 9.399 moradores e 8.861 eleitores. Segundo maior colégio eleitoral da região central potiguar, Afonso Bezerra conta com 10.867 habitantes e 9.585 eleitores.
E, finalmente, Angicos, que detém a condição de principal colégio eleitoral da região, a quantidade de habitantes é de 11.626 pessoas, enquanto o número de eleitores chega a 9.396 pessoas. 
ESTATÍSTICA
O município que mais cresceu em termos percentuais o número de eleitores na região Central foi Afonso Bezerra, com 0,407 ponto percentual em relação ao eleitorado do ano passado. O município que cresceu menos foi o de Jardim de Angicos, com 0,117%.
A menor população é a de Fernando Pedroza (2.650 habitantes), porém, com um número de eleitores (3.253) maior que seu contingente populacional.

Fonte: O Mossoroense/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

ABC perde mais uma e entra na Zona de Rebaixamento


O pensamento era vencer para se afastar da Zona de Rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro, mas o ABC não conseguiu. Na tarde deste sábado (14) a equipe visitou o Atlético/PR, no estádio Gigante do Itiberê e saiu de lá com mais uma derrota na bagagem. O alvinegro perdeu por 2 a 1 para os donos da casa e com o fracasso visita pela primeira vez à zona de risco nesta temporada. Os gols da partida foram marcados por Tiago Adan e Wellington Saci para o Atlético/PR; enquanto Adriano Pardal fez o de honra para o ABC. 

Jogo 

Logo aos quatro minutos a equipe paranaense deu um banho de água fria no ABC, após Tiago Adan receber cruzamento de Maranhão, e sozinho mandar a bola entre as pernas do goleiro Andrey. 

O alvinegro sentiu o gol e o Atlético/PR seguia dominando a partida. Aos oito minutos, Bruno Furlán bateu forte de fora da área e Andrey fez boa defesa. Pouco tempo depois foi a vez de Paulo Baier bater escanteio e Cléberson ter a oportunidade de consagrar o dele, mas o jogador perdeu a chance mandando para fora. 

O ABC só apareceu no jogo na segunda metade do primeiro tempo com Renatinho Potiguar que deu passe primoroso para Erivélton, mas o atleta bateu fraco. Washington também teve a oportunidade dele aos 25 minutos, mas mandou para fora. 

O gol alvinegro só veio aos 33 minutos com uma jogada que começou com o estreante Ivan. O lateral tocou para Erivélton e o jogador cruzou bonito para Adriano Pardal marcar de cabeça o dele. 

No segundo tempo, o Atlético/PR voltou melhor e seguiu na ofensiva alvinegra. Aos 20, Wellington Saci bateu forte, mas a bola desviou em Marcelo e foi para fora. 

Sem reagir, o ABC se complicou ainda mais com a saída de Flávio Boaventura. O jogador foi acusado pelo árbitro de agredir Martín Liguera. O zagueiro foi expulso e o árbitro assinalou pênalti. Na cobrança, Wellington Saci não desperdiçou e carimbou a vitória do Atlético/PR em casa.

Fonte: Defato/Cidade News Itaú
Leia Mais ››