Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

quarta-feira, agosto 01, 2012

Calendário do mês de Agosto das coligações em Itaú



No dia 24 de julho de 2012, foi realizada uma reunião com todas coligações que fazem parte da comarca de Apodi-RN. Nessa reunião a Juíza Ana Clarisse Arruda Pereira determinou as datas permitindo as coligações do município de Itaú-RN realizarem suas manifestações.

Para o mês de agosto de 2012 ficou definido o seguinte calendário:

AGOSTO DE 2012
COLIGAÇÃO:
"Vontade do Povo"
COLIGAÇÃO:
"Unidos para fazer melhor"
01; 03; 05; 07; 09; 11; 13; 15; 17; 19; 21; 23; 25; 27; 29 e 31
02; 04; 06; 08; 10; 12; 14; 16; 18; 20; 22; 24; 26; 28 e 30

Arlindo Maia da Redação do Cidade News
Leia Mais ››

Governadora entrega placa de agradecimento a potiguar campeão de MMA


Na final da tarde desta quarta-feira (1º), a governadora Rosalba Ciarlini e secretários estaduais receberam o lutador de MMA potiguar, Renan Barão, para a entrega de uma placa em agradecimento e reconhecimento pela conquista do título mundial do UFC. A solenidade foi realizada na Governadoria, no Centro Administrativo, e registrou ainda a presença do treinador do atleta, Jair Lourenço, e de produtores que deram continuidade a gravação do documentário “Lutando para vencer”, que retrata a trajetória de lutadores brasileiros.

Durante a conversa com o grupo, a governadora Rosalba Ciarlini ressaltou a importância do esporte na vida dos jovens como forma de afastá-los das drogas e aproveitou a ocasião para convidar o lutador para o lançamento do RN Vida, bem como visitar escolas e falar sobre o seu envolvimento com o esporte desde a infância. Programa RN Vida tem o objetivo de orientar crianças, jovens e adultos sobre os problemas causados pelo uso de entorpecentes. Durante o encontro, a chefe do Executivo Estadual parabenizou o feito do atleta e disse que a conquista do cinturão do UFC no último dia 21 de julho, em Calgary, Canadá.

Fonte: Robson Pires/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

CARRO CAPOTA NA RN 117, DUAS PESSOAS FICAM FERIDAS PRÓXIMO AO BAR DA CURVA.


Um veículo tipi Fiesta de cor branca placas MZB  3800 Mossoró,Rn  capotou na RN 117 entre Mossoró e Governador Dix-Sept-Rosado, à altura do Sítio Curral cerca de 12 quilômetros de Mossoró, fato ocorrido por volta das 14 horas de quarta feira 01 de julho de 2.012.
O veículo era ocupado por quatro pessoas. O condutor de nome Welton  Ângelo e três jovens ligadas  a Comunidade Shalon que vinham da cidade de Caraúbas.
O condutor do veículo informou a polícia de transito que esteve no local, que um carro de condutor e placas não identificados  invadiu a  contra mão, e para evitar a colisão puxou bruscamente para o lado, perdendo  o controle da direção e descendo a pista de rolamento vindo a capotar.
Duas jovens saíram com ferimentos e escoriações, e foram conduzidas por uma viatura do SAMU para o Hospital Regional Tarcísio Maia.
O condutor do veículo nada sofreu. A polícia de transito DPRE fez a perícia no local, e a remoção do carro para o pátio externo do órgão em Mossoró.

Foto: Ferreira Monte

Foto: Ferreira Monte

Foto: Ferreira Monte


Fonte: Passando na Hora/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

ROCAM RECUPERA DUAS MOTOS TOMADAS DE ASSALTO EM MOSSORÓ.


Policiais da Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas (ROCAM) prenderam na tarde de desta quarta-feira, 1 de Agosto de 2012, em uma residência na Rua Cícero Luiz da França, Favela do Pirrichil no grande Alto de São Manoel, duas maricas (cachimbo) para o consumo de entorpecentes, uma escopeta calibre 12 de fabricação caseira e recuperaram duas motocicletas roubadas em Mossoró.
  Três menores foram apreendidos juntamente com o dono da residência de nome Robson Kennedy de Oliveira, 25 anos. Segundo Robson, ele teria saído para um programa de coleta de lixo e quando retornou encontrou as motocicletas e os menores dentro da sua residência. Outro elemento ainda conseguiu fugir na abordagem.
   Na residência foram localizadas duas motos, uma Biz de cor rosa, placa NNZ-7812 Mossoró, que foi tomada de assalto na noite de ontem (31/07) próximo a madeireiro planalto, no Alto de São Manoel e uma Titan de cor azul, placa MYM-5865 Mossoró, que foi tomada de assalto na noite de sábado (28/07) por trás da Socel veículos, também no Alto de São Manoel. Ambas reconhecidas pelos seus proprietários.
   Os menores foram encaminhados para o CIAD e os materiais apreendidos juntamente com o dono da residência foram conduzidos para a DEFUR para ser realizados os procedimentos.

Viaturas da  ocorrência:
ROCAM-12 SDs Morais, Jucenaro e Renato
ROCAM-13 SDs Igor, Reginaldo, Gilzelio, Gideone e S. Alves
E Viatura do Comandante do 12º BPM Major Corrêia Lima, que pessoalmente acompanhou toda a ação da ROCAM, que tem sido fundamental juntamente com a Força Tática e viaturas de área, no combate a criminalidade em Mossoró. Com equipes treinadas e com bastante experiência na corporação o que tem sido fundamental para o êxito nas ocorrências, assim como levando mais tranquilidade a população.


BLOG PASSANDO NA HORA

BLOG PASSANDO NA HORA

BLOG PASSANDO NA HORA

BLOG PASSANDO NA HORA

BLOG PASSANDO NA HORA

BLOG PASSANDO NA HORA

BLOG PASSANDO NA HORA

BLOG PASSANDO NA HORA

BLOG PASSANDO NA HORA

BLOG PASSANDO NA HORA

BLOG PASSANDO NA HORA

BLOG PASSANDO NA HORA

Fonte: Passando na Hora/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Dupla de assaltantes morre após tiroteio em Nísia Floresta


No início da noite desta quarta-feira, dois homens ainda não identificados que teriam tentado assaltar um mercadinho em Nísia Floresta, foram baleados e morreram no local.

De acordo com a polícia, os dois assaltantes teriam sido surpreendidos por um popular que estava armado e iniciou o tiroteio.

Os dois suspeitos foram feridos e morreram no local e o popular que efetuou os disparos fugiu. A polícia foi ao local e aguarda a chegada do Itep.

Fonte: DN Online/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Justiça determina que hospitais retornem atendimento a usuários da Unimed


O Tribunal de Justiça do RN, através do juiz Paulo Sérgio Lima concedeu liminar em favor do pedido do Ministério Público para o retorno imediato do atendimento aos usuários do plano Unimed Natal nos pronto-socorros dos hospitais São Lucas, Promater e Hospital do Coração.

O MP Estadual havia pedido que a Justiça determinasse de imediato a suspensão da paralisação dos serviços prestados e pede aplicação de multa diária de R$ 50 mil para cada um dos hospitais em caso de descumprimento de eventual decisão de liminar.

O representante do Ministério Público na ação de cautelar requer que Juiz de Direito de uma das Varas Cíveis da Comarca de Natal reconheça as “consequências trágicas” que a paralisação no atendimento possa gerar, entre elas o extremo sofrimento ou mesmo morte de diversos pacientes que buscam a prestação dos serviços hospitalares de pronto-socorro nesses hospitais credenciados ao plano de saúde e que anunciaram intempestivamente a suspensão.

Fonte: DN Online/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Unimed se diz surpresa com suspensão de atendimento



Em nota à imprensa a Unimed esclarece a suspensão do atendimento em pronto-socorro dos hospitais São Lucas, Hospital do Coração e Promater a partir desta quarta-feira (1).

De acordo com a nota, a cooperativa se diz surpresa e ressalta que a decisão unilateral dos donos dos hospitais, além de surpreender a Unimed Natal, fere gravemente uma das cláusulas contratuais entre a cooperativa e os hospitais credenciados, que prevê a obrigação de uma comunicação prévia de trinta dias para o cancelamento da prestação dos serviços.

Confira a nota na íntegra:
A Unimed Natal foi surpreendida no final da tarde desta última terça-feira, dia 31 de julho, com uma carta assinada pelos diretores dos hospitais São Lucas, Hospital do Coração e Promater comunicando a suspensão intempestiva dos serviços de pronto socorro em suas unidades, a partir de primeiro de agosto.

A decisão unilateral dos donos dos hospitais, além de surpreender a Unimed Natal, fere gravemente uma das cláusulas contratuais entre a cooperativa e os hospitais credenciados, que prevê a obrigação de uma comunicação prévia de trinta dias para o cancelamento da prestação dos serviços. Em nenhum momento, a Unimed Natal descumpriu qualquer acordo prévio ou item contratual. 

Frente a esta situação inesperada, a Unimed ampliou sua estrutura hospitalar, oferecendo maior capacidade de atendimento na sua rede própria e contando com reforço de outros hospitais parceiros conveniados – Natal Hospital Center, Papi, Policlínica, entre outros. 

Esperamos que essa seja uma situação passageira e asseguramos que a Unimed Natal está fazendo todo o esforço possível para assegurar o atendimento de pronto socorro a todos os seus usuários com a garantia de qualidade que caracteriza a Unimed como o plano de saúde preferido pelo natalense. 

Fonte: Portal Nominuto/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Mais de 450 mil candidatos terão que prestar contas parciais até amanhã


Os candidatos, os comitês financeiros e os partidos políticos têm prazo até o dia 2 de agosto para apresentar à Justiça Eleitoral a primeira prestação de contas parcial de campanha. Faltando dois dias para o fim do prazo, o TSE recebeu apenas 7% do total dessas contas. A preocupação da área técnica de análise das contas é de que a maioria deixe para a última hora o envio das informações, o que poderá causar um congestionamento na rede e até mesmo a indisponibilidade do sistema, já que são esperados mais de 450 mil balanços contábeis. O prazo de entrega da segunda prestação de contas parcial termina no dia 2 de setembro, podendo ser enviada a partir do dia 28 de agosto.

Os relatórios parciais devem discriminar as doações em dinheiro ou estimáveis em dinheiro recebidas para o financiamento da campanha eleitoral e os gastos realizados. As informações devem ser encaminhadas pelo Sistema de Prestação de Contas Eleitorais (SPCE) desenvolvido pela Justiça Eleitoral para essa finalidade.

No entanto, a Lei das Eleições (Lei 9504/97) exige que partidos e candidatos indiquem os nomes dos doadores e dos valores doados para as campanhas somente na prestação de contas final. Porém, os doadores e os fornecedores poderão, no curso da campanha, informar à Justiça Eleitoral sobre as doações que fizeram a candidatos, comitês financeiros e partidos. Para enviar as informações, partidos e candidatos precisam realizar cadastramento prévio nas páginas da internet dos Tribunais Eleitorais.
As informações prestadas à Justiça Eleitoral serão utilizadas para subsidiar a análise das prestações de contas de campanha eleitoral e serão encaminhadas à Secretaria da Receita Federal do Brasil para exame de regularidade.

Caso os candidatos e partidos não apresentem os relatórios parciais de contas, a Justiça Eleitoral divulgará os saldos financeiros, a débito e a crédito, dos extratos bancários encaminhados pelas instituições financeiras.

Prestação final
As contas finais de campanha de candidatos, comitês financeiros e partidos devem ser prestadas à Justiça Eleitoral até 6 de novembro. O candidato a prefeito que disputar o segundo turno em outubro deve apresentar as contas referentes aos dois turnos até 27 de novembro deste ano.

Fonte: Portal Nominuto/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Tumor de Roberto Jefferson é maligno, segundo boletim médico


Roberto Jefferson chega ao Hospital Samaritano, em Botafogo (Foto: Hudson Pontes / Agência o Globo)Roberto Jefferson chega ao Hospital Samaritano,
em Botafogo, na quinta-feira (26)
(Foto: Hudson Pontes / Ag. O Globo)

O tumor no pâncreas do presidente nacional do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), o advogado Roberto Jefferson Monteiro Francisco, de 59 anos, é maligno. A informação foi dada nesta quarta-feira (1º) pela assessoria do Hospital Samaritano, em Botafogo, na Zona Sul do Rio de Janeiro.
De acordo com o boletim médico divulgado pelo hospital nesta quarta, Roberto Jefferson  "se alimenta por sonda intestinal, está lúcido, respira sem a ajuda de aparelhos e os sinais vitais estão mantidos. Todas as medicações já foram suspensas, inclusive as venosas".
Ainda segundo o Hospital Samaritano, "o resultado preliminar do material cirúrgico, realizado pelo patologista Wilhermo Torres, foi de tumor papilar mucinoso ductal, com displasia de baixo grau. O exame definitivo da peça operatória diagnosticou, além da displasia, um foco maligno de tamanho inferior a 2 cm, com a ausência de comprometimento dos linfonodos (gânglios), configurando o estágio mais inicial da doença".

Câncer de pâncreas
De acordo com o médico oncologista Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo, do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, o tumor detectado em Roberto Jefferson é o estágio 1 do câncer de pâncreas, em uma escala de 0 a 4. Macedo afirma que o tumor papilar mucinoso ductal é “extremamente frequente, com uma porcentagem alta de cura quando detectado na fase inicial”.
Especializado em cirurgia no pâncreas, vias biliares e fígado no Albert Einstein, Macedo explica que há casos de pessoas que foram operadas deste tipo de câncer há mais de 20 anos. “O procedimento cirúrgico tem mortalidade de 2% e as pessoas que passam por ele recebem alta perto do oitavo ou nono dia de internação”, explica.
O oncologista disse ainda que, em alguns casos, não há necessidade de reforçar o tratamento com sessões de quimioterapia. “Basta cirurgia e acompanhamento clínico, se o câncer não tiver afetado os gânglios [linfonodos] ou causado metástase”.
Jefferson não tem previsão de alta médica e só está recebendo visitas da família.
Na quinta-feira (2), os médicos do presidente do PTB vão dar uma coletiva de imprensa, informando o tratamento ao qual o paciente será submetido.
Cirurgia 
No sábado (28), Roberto Jefferson foi submetido à cirurgia de gastroduodenopancreatectomia cefálica (retirada de parte do estômago, parte do pâncreas, duodeno e parte do canal biliar). Além disso, os médicos retiraram os lifonodos regionais (gânglios linfáticos). O boletim divulgado após a cirurgia que durou oito horas, informava que não havia sinais de que o tumor seria maligno. No entanto, os médicos ressaltaram que seria necessário aguardar o resultado definitivo.
Jefferson, que denunciou o esquema do mensalão no Congresso Nacional, no primeiro mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, chegou ao Hospital Samaritano por volta das 8h de quinta-feira (26). Na sexta-feira (27), o político passou por procedimentos pré-operatórios, como cuidados com alimentação e exames clínicos.
Réu no mensalão
Jefferson é um dos 38 réus do julgamento do mensalão programado para ter início no dia 2 de agosto, no Supremo Tribunal Federal (STF). Ele é acusado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) de corrupção passiva e lavagem de dinheiro por, supostamente, ter recebido R$ 4 milhões do chamado “valerioduto”, que, segundo a denúncia, era operado por Marcos Valério e abastecia parlamentares aliados ao governo.
Em 2005, em entrevista ao jornal “Folha de S.Paulo”, Jefferson relatou o “modus operandi” do mensalão, detonando o maior escândalo político do governo Lula (2003-2010).
Luiz Francisco Corrêa Barbosa, advogado do ex-deputado, cassado em 2005, pretende sustentar diante dos 11 ministros do STF que, mesmo que Lula não tivesse conhecimento sobre o suposto pagamento de propina a parlamentares em troca de apoio político no Congresso, ele deveria ter sido responsabilizado criminalmente pela existência do mensalão.

Fonte: G1/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

‘Achei que daria resultado’, diz idosa armada em banco de Rio Preto, SP


Arma usada pela idosa para ameaçar o gerente (Foto: Reprodução / TV Tem)Arma usada pela idosa para ameaçar o gerente
(Foto: Reprodução / TV Tem)

A idosa Janete Benfati, de 73 anos, que entrou armada em uma agência bancária em São José do Rio Preto (SP) para ameaçar um funcionário disse acreditar que, desta forma, conseguiria reaver os R$ 50 que estariam faltando em seu saque. "Queria mostrar o revólver para a caixa para ver se ela soltava meu dinheiro. Achei que ia dar resultado ir armada", disse a aposentada.
Ela reclamou do mau atendimento que recebeu.  Segundo depoimento, foi ao banco na terça-feira (31) para sacar R$ 538, provenientes do aluguel de um imóvel. Porém, segundo a idosa, a caixa do banco teria dado apenas R$ 488, faltando R$ 50 para completar o valor.
A idosa só sentiu falta do dinheiro após ir embora. “Estava com dor de cabeça e não quis conferir o dinheiro na hora. Quando cheguei em casa, minha sobrinha contou o dinheiro e falou que faltavam R$ 50. Não pude ir lá no mesmo dia porque tinha médico marcado e voltei hoje (quarta-feira)", diz.
A idosa voltou ao banco armada com um revólver. "Se eu te apontar uma arma, você não ficaria com medo? Sei que podia ter matado alguém sem querer, mas, graças a Deus, não aconteceu nada”, afirmou a idosa.

Como a caixa que a atendeu não estava lá, a idosa resolveu ameaçar o gerente. Os funcionários e clientes da agência conseguiram acalmar a mulher, que guardou a arma na bolsa e foi embora. A polícia foi chamada e seguiu a idosa até seu apartamento, onde foi detida.
Segundo depoimento, a idosa contou que herdou a arma do pai dela e não sabe explicar como passou pelo detector de metais do banco, mas diz estar arrependida do que fez. “Estou arrependida de ter ido armada, porque a arma não resolve nada. Resolve apenas na mão de bandido, mas na minha mão não iria resolver”, pondera.
A mulher de 74 anos irá responder processo por porte ilegal de arma e vai pagar R$ 630 de fiança. A arma era registrada e estava carregada. “Em 20 anos de profissão eu nunca vi uma coisa dessas, uma situação dessas”, afirma o delegado Marcelo Goulart, que agora vai ouvir funcionários da agência bancária onde tudo aconteceu. A polícia também vai investigar porque o detector de metais da porta giratória do banco não funcionou.

Idosa de 74 anos entrou no banco armada para reaver R$ 50  (Foto: Reprodução / TV Tem)
Idosa de 74 anos entrou no banco armada para reaver R$ 50 (Foto: Reprodução / TV Tem)

Fonte: G1/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Polícia consegue mandado de prisão e divulga identidade de suspeito de matar idosa na zona sul do Rio


Foto de um site de relacionamento mostra Alpha Dias Kieling e o filho, o empresário Robert Dannenberg. A aposentada foi encontrada morta na tarde deste domingo (29) num terreno em São Conrado, zona sul do Rio de Janeiro
A Justiça do Rio de Janeiro expediu nesta quarta-feira (1º) um mandado de prisão temporária à pedido da Divisão de Homicídios (DH) contra o caseiro Ênio Tomaz da Rocha, 47, suspeito de matar e ocultar o cadáver da aposentada Alpha Dias Kieling, 76 anos. O corpo da vítima foi encontrado enterrado no quintal de sua casa em São Conrado, zona sul do Rio, na noite do último domingo (29).

O suspeito seria morador da favela da Rocinha, também na zona sul, e já é considerado foragido. De acordo com um dos seis depoimentos colhidos pelo delegado da Divisão de Homicídios, Rivaldo Barbosa, Rocha trabalhou na residência da vítima durante cinco meses e, neste período, teve posse de uma cópia da chave da casa.

Para não dar margem a suspeitas, o caseiro teria informado ao depoente que a idosa havia viajado para Teresópolis, na região serrana. A versão foi confirmada pelo filho da aposentada, Ricardo Dannenberg, que também prestou depoimento. Agentes da DH realizam buscas na Rocinha a fim de localizar o caseiro.

Os investigadores também estão analisando os vídeos das câmeras de vigilância da rua onde residia a aposentada com o objetivo de elucidar as circunstâncias do homicídio. O laudo cadavérico, que deve apontar as causas da morte e identificar o corpo, reconhecido por roupas, ainda não está pronto.

Segundo a polícia, o corpo foi encontrada pelo filho por conta do forte cheiro de decomposição. Dannenberg registrou o desaparecimento da mãe no dia 27 de junho na 15° Delegacia de Polícia (Gávea). Ela estava desaparecida havia dez dias.

Dannenberg, que mora em São Paulo, já teria estado na casa, mas não havia percebido nada estranho, já que não notou marcas de arrombamento, e, a princípio, não havia percebido sinais de assalto, mas alguns objetos e joias foram roubados.

Em mensagem posta no Facebook ele lamentou a morte da mãe e agradeceu a ajuda de parentes e amigos que estavam em busca de indicações do paradeiro dela. Segundo ele, sua mãe foi "vítima da violência que assola e banaliza todos". A aposentada foi enterrada na tarde de segunda-feira (30), no cemitério do Caju, zona portuária do Rio.

Fonte: Portal Uol/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Pedreiro encontra bolsa com R$ 30 mil e devolve ao dono em Minas Gerais


  • Divulgação/Polícia Militar de Minas Gerais
    Pedreiro acionou a polícia para devolver os pertences ao dono, que foi roubado na segunda-feira (30)
    Pedreiro acionou a polícia para devolver os pertences ao dono, que foi roubado na segunda-feira (30)

Um pedreiro de 44 anos encontrou em um matagal e devolveu ao dono uma bolsa contendo R$ 30 mil que haviam sido roubados de uma distribuidora de bebidas localizada na cidade de Paracatu (482 km de Belo Horizonte).

Luzimar Andrade, que trabalha nas imediações do estabelecimento comercial, acionou a Polícia Militar mineira para a devolução do dinheiro, que seria utilizado no pagamento dos salários dos funcionários da empresa, assaltada por 4 homens armados na última segunda-feira (30).

De acordo com o tenente Michael da Silva, do 45º Batalhão da PM, a polícia foi chamada ainda durante o assalto e dois suspeitos do crime foram capturados nas imediações da distribuidora. Eles teriam confessado a participação no assalto. Outros dois homens ainda são procurados.

Silva afirmou que os ladrões provavelmente se livraram da bolsa com o dinheiro (em espécie e em cheques) no terreno baldio por conta de ela ter ficado pesada com o acúmulo de moedas.  

“Fui eu que atendi a ligação do senhor Luzimar, que trabalha próximo ao local do assalto, informando ter encontrado a bolsa. Fomos até o local e verificamos que se tratava da mesma bolsa utilizada para acondicionar o dinheiro levado da distribuidora. Ela estava muito pesada por causa das moedas, que eram muitas. Isso deve ter dificultado a fuga deles e levado ao consequente descarte do material no mato”, afirmou.

Segundo ele, a ligação do pedreiro à polícia foi feita no mesmo dia do assalto.

O oficial disse que a ação de Andrade foi elogiada por moradores da cidade e pelo proprietário do estabelecimento comercial, que gratificou o pedreiro com uma soma em dinheiro não revelada.

“Ele disse que não hesitou em devolver o dinheiro. Em primeiro lugar, afirmou que o dinheiro não pertencia a ele e, em segundo lugar, quem o perdeu certamente estaria precisando dele. Por isso ele nos ligou relatando a intenção de entregar o dinheiro ao verdadeiro dono”, disse o tenente.

Os suspeitos foram presos em flagrante e levados a uma delegacia da Polícia Civil da cidade. Posteriormente, foram encaminhados ao presídio local e estão à disposição da Justiça.

O UOL tentou contato com Andrade no número indicado, mas não obteve sucesso.

Fonte: Portal Uol/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

"Ele não teve a humildade de ouvir o outro lado e debater", diz Tas sobre Rafinha Bastos


"Ele não teve a humildade de ouvir o outro lado e debater", diz Tas sobre Rafinha Bastos (agosto/2012)
Depois de Rafinha Bastos dizer que o “CQC”, da Band, virou um programa de “bundão”, o jornalista e apresentador Marcelo Tas afirmou em entrevista à revista “Quem”, que chega às bancas nesta quarta (1°), que não achou errado a saída do humorista do programa em 2011.

“Não acho injusto e também não acho que seja o caso de ele voltar para o “CQC”. Quem saiu foi ele. Ele não foi expulso, isso é mentira. Ele pisou no tomate e não teve a humildade de ouvir o outro lado e debater. Ele foi embora sem dizer adeus. Acho que é um processo de maturidade que ele ainda não atingiu.”

Polêmica

Rafinha Bastos foi entrevistado no programa Roda Viva, da TV Cultura, na segunda-feira (30) e afirmou que o "CQC" era mais ousado antigamente. “Na minha época, o programa arriscava muito mais", disse o humorista, que hoje apresenta o "Saturday Night Live" na Rede TV!.

Bastos também comentou o episódio da piada sobre a cantora Wanessa Camargo e seu bebê, que levou à sua demissão da Bandeirantes. Ele evitou mencioná-la pelo nome, apenas se referindo como “a cantora”.

“Uma das primeiras piadas que eu ouvi foi: ‘qual é o cúmulo da pontaria? Você come a mulher e acerta o bebê’”, falou. “Eu ouvi essa piada aos dez anos. Será que não tinham outros interesses por trás para acontecer tanta polêmica?", questionou.

Ele disse que não pediu desculpas públicas pelo episódio, pois não achou que fez nada de errado, e criticou os colegas do "CQC" que se manifestaram contra a piada, Marco Luque e Marcelo Tas. “Tenho carinho por eles, por todos com os quais eu trabalhei no 'CQC', mas eles se equivocaram em se desculpar”.

Fonte: Portal Uol/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Audiência que iria ouvir Cachoeira em Brasília é adiada para fim de agosto


1º.ago.2012 - Escoltado por policiais, o bicheiro Carlinhos Cachoeira chega à 5ª Vara Criminal de Brasília para prestar depoimento no processo em que responde por formação de quadrilha e tráfico de influência nos contratos de transporte coletivo do Distrito Federal


A audiência  no Tribunal de Justiça do Distrito Federal, em Brasília, onde o bicheiro Carlinhos Cachoeira iria depor nesta quarta-feira (1º), foi encerrada e adiada para o dia 29 de agosto sem que o contraventor fosse ouvido. A audiência de instrução é relativa ao processo em que ele responde por formação de quadrilha e tráfico de influência no sistema de transporte coletivo do Distrito Federal.

Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, chegou ao local escoltado por agentes da Polícia Federal armados. Vestindo uma camisa azul clara, ele passou rapidamente pela imprensa que o aguardava no hall do elevador. O bicheiro estava com as duas mãos juntas para trás e estava algemado. Segundo a assessoria do tribunal, ele chegou ao prédio por volta de 13h40. A imprensa não teve acesso à área onde ocorreram os depoimentos.

Logo no início da audiência, por determinação da juíza Ana Cláudia Costa Barreto, as algemas foram retiradas. Além da juíza e dos oito réus, estiveram presentes à audiência 12 advogados e dois promotores. Cachoeira é representado pelo advogado Rafael Tucherman, do escritório Cavalcanti & Arruda Botelho, que já estava no caso, atuando com Márcio Thomaz Bastos, que pediu para deixar o cliente nesta semana.

O primeiro a depor foi o secretário dos Transportes do GDF (Governo do Distrito Federal), José Walter, testemunha no processo. Segundo ele, a licitação para contratar a operadora de bilhetagem era de responsabilidade da DFTrans e, à época, custava R$ 60 milhões apenas para a instalação do sistema e não o custeio mensal do serviço. Hoje, diz, a contratação poderia ser feito por um terço deste valor. Ele disse não conhecer Cachoeira e disse nem recebeu nenhuma proposta em relação ao serviço.

A segunda testemunha a depor foi Milton Martins, que era diretor administrativo financeiro do DFTrans. Ele também negou conhecer os réus.

Cachoeira é acusado de tentar articular um esquema para conseguir operar o sistema de bilhetagem eletrônica. Cachoeira está preso há cinco meses no presídio da Papuda, em Brasília, em decorrência da Operação Monte Carlos, que investigou o seu envolvimento com empresários e políticos.

Após o depoimento das duas testemunhas da Promotoria, foram ouvidos José Antônio Ramalho e Ricardo Jardim do Amaral na condição de testemunhas de defesa. Outras quatro testemunhas foram dispensadas.

Cachoeira chegou a deixar a sala onde acontecia a audiência para que pudesse depor o réu Gleyb Ferreira da Cruz, apontado como um dos seus principais auxiliares. Ao final do depoimento de Cruz, o advogado de defesa dele pediu a substituição da sua prisão preventiva.  Diante disso, o Ministério Público pediu um prazo para analisar a questão e uma nova audiência foi remarcada para o dia 29 de agosto, quando os outros réus devem depor.

O motivo da remarcação foi que os outros réus quiseram aguardar os depoimentos de duas testemunhas de defesa, que serão feitos por carta precatória.

Após o fim da audiência desta quarta, apenas o advogado de Cruz falou com a imprensa: “Não houve edital, não houve licitação, não houve crime. O erário público não sofreu nenhum prejuízo.”

Além de Cachoeira, são réus no processo: Claudio Dias de Abreu, ex-diretor da Delta Construções; Heraldo Puccini Neto, representante da Delta no Sudeste; Gleyb Ferreira da Cruz, auxiliar de Cachoeira; Valdir dos Reis, lobista encarregado de azeitar as relações com a secretaria de Transportes; Geovani Pereira da Silva, apontado como contador de Cachoeira (está foragido); Dagmar Alves Duarte, apontado como lobista do esquema de Cachoeira;  e o vereador Wesley Clayton da Silva (PMDB), de Anápolis (GO).

Após o fim da audiência desta quarta, apenas o advogado de Cruz falou com a imprensa: “Não houve edital, não houve licitação, não houve crime. O erário público não sofreu nenhum prejuízo”, afirmou Douglas Dalto Messoura.

Na CPI
No Congresso, há mais de dois meses uma CPI investiga as relações do contraventor com empresários e políticos. Quando foi depor em maio, Cachoeira permaneceu calado.

Na terça-feira (31), o escritório do ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos deixou oficialmente a defesa do empresário.  Segundo informações obtidas pela reportagem da Folha de S.Paulo, a detenção de Andressa Mendonça, noiva de Cachoeira, foi o estopim.

Andressa é investigada em um inquérito policial por corrupção ativa. Ela é suspeita de tentar chantagear o juiz Alderico Rocha Santos, responsável pela ação penal contra o grupo de Cachoeira na 11ª Vara da Justiça Federal em Goiânia.

Na segunda-feira, a Polícia Federal fez uma busca e apreensão na casa dela, no condomínio de luxo Alphaville, em Goiânia. Foram apreendidos dois computadores e dois iPads, além de documentos. Em seguida, ela foi conduzida coercitivamente até a PF para prestar depoimento.
Santos assumiu o processo da Monte Carlo depois que o juiz Paulo Moreira Lima foi ameaçado e pediu para deixar o caso.

Depoimento da ex-mulher
Na terça-feira (31), a defesa de Andrea Aprígio de Souza, ex-mulher de Cachoeira, entrou com um habeas corpus no STF (Supremo Tribunal Federal) para garantir que ela possa ficar em silêncio durante o depoimento à CPI do Cachoeira. Andrea deve depor no dia 8 de agosto.

Fonte: Portal Uol/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

"Esse foi o gol mais perdido da minha carreira", admite Neymar após 'isolar' a bola


Neymar desta vez não conseguiu brilhar diante das câmeras e perdeu um gol incrível em Newcastle
Neymar esteve longe de brilhar diante do fraco time da Nova Zelândia, na tranquila vitória do Brasil por 3 a 0 sobre a Nova Zelândia nesta quarta-feira. O atacante até perdeu um gol sem goleiro, aos 15 min do segundo tempo, quando recebeu de Rafael mas pegou mal na bola e chutou por cima do gol.

Após a partida, ao ser questionado sobre o lance, o jovem de 20 anos sorriu e admitiu: “Sim, esse foi o gol mais perdido [da minha carreira].”

Rafael avançou pela direita e o goleiro neozelandês fechou o ângulo. O camisa 2 viu Neymar sozinho no meio e tocou à meia-altura. “A bola deu uma quicada e eu tentei dar uma escoradinha, mas ela veio meio forte e acabou subindo”, contou.

O santista falou ainda sobre seu amigo Paulo Henrique Ganso, que acabou vetado da partida por conta de dores musculares e corre o risco de ser cortado da Olimpíada, caso o exame de ressonância magnética diagnostique alguma lesão.

“Ele ficou triste por ficar fora desse jogo, mas acho que ele vai se recuperar e estar com a gente já no próximo.”

Fonte: Uol Olimpíadas/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Neymar leva Record a ter o dobro de audiência da Globo


Neymar conseguiu mais uma proeza. Seu jogo pela seleção brasileira na Olimpíada de Londres, na manhã de quarta-feira (1), fez a Record registrar o dobro da audiência da concorrência.

A partida olimpíca Brasil X Nova Zelândia obteve dez pontos de audiência no horário, ante cinco pontos da Globo e quatro do SBT. Cada ponto equivale a 60 mil domicílios na Grande SP.

O ibope da Record na faixa foi maior do que a soma das audiência de Globo e SBT.

É a terceira vez que um jogo da seleção brasileira na Olimpíada leva a Record à liderança em audiência. Ninguém torce mais do que a emissora para que o Brasil conquiste uma medalha no futebol.

Prepare-se para um verdadeiro culto ao Neymar nos próximos programas da Record.

Fonte: Outro Canal/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Fla paga dívida e restabelece linha telefônica, mas CT fica sem energia em treino


Ninho do Urubu ficou sem luz nesta quarta, mas problema não tem relação com o Fla
O Flamengo encerrou dívida antiga e teve a sua linha telefônica religada na tarde desta quarta-feira. Por falta de pagamento de uma conta do ano de 2006 no valor aproximado de R$ 2, os telefones do clube pararam de funcionar na terça. A linha já está reestabelecida após o pagamento. Um problema de distribuição de energia ao centro de treinamento Ninho do Urubu, no entanto, gerou mais temores no clube.

Funcionários e torcedores presentes em Vargem Grande nesta quarta chegaram a cogitar uma nova falha de planejamento do clube e mais dívidas. Porém, a falta de energia atinge outros locais do bairro de Vargem Grande, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. O problema não tem ligação com o Flamengo.

A falta de luz no CT não atrapalhou o treinamento de Dorival Junior, mas gerou piadas nos bastidores sobre outro possível problema na administração de Patricia Amorim.

O caso da linha telefônica acabou gerando mais um desconforto na gestão da presidente, que está em Londres acompanhando os Jogos Olímpicos. Opositores dos mais diversos grupos políticos rubro-negros aproveitaram o episódio para ironizar e atacar a mandatária em redes sociais.

Fonte: Uol Esporte/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Dirigentes apontam Valdivia como pior contratação da história do Palmeiras e falam em relacionamento difícil após oferta do Qatar


Dirigentes classificam Valdivia como pior negócio da história do Palmeiras e falam em relacionamento difícil após oferta do Qatar.

O clima entre a diretoria do Palmeiras e Valdivia azedou de vez após o chileno se contundir ao fracassar sua transferência para o Qatar. Dois cartolas ouvidos pelo blog afirmam que a convivência com o jogador a partir de agora será “muito difícil”. Ambos rotulam a contratação do Mago como a pior da história do clube.

Os principais motivos de irritação são as constantes lesões, as também frequentes ameaças de adeus e as raras atuações em alto nível de Valdivia.

De quebra, os cartolas reclamam de que a sondagem do Qatar não evoluiu porque o jogador teria feito uma pedida alta demais até para os padrões árabes.

A insatisfação é tanta que um dos dirigentes afirmou que o clube emprestaria o chileno de graça e ainda pagaria metade de seu salário. Isso se o Palmeiras ainda não tivesse que arcar com cerca de 5 milhões de euros referentes à contratação dele. Por causa da dívida, os dirigentes acreditam que o alviverde virou refém do jogador.

Apesar do descontentamento de seus diretores, Arnaldo Tirone não demonstra vontade de se livrar do chileno. Ao menos publicamente.

Fonte: Uol Esportes/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Brasil perde da Austrália e só se classifica se vencer seus próximos dois jogos


Nadia tenta o toco sobre jogadora da Austrália em terceiro desafio do Brasil na Olimpíada
O jogo da seleção brasileira feminina de basquete não foi ruim. Mas, agora, o Brasil oficialmente está em uma situação complicadíssima no torneio olímpico. Com os 67 a 61 para a Austrália, o time de Luiz Cláudio Tarallo soma três derrotas em três partidas. As chances de classificação ainda existem.

Para isso, o time precisa vencer o Canadá, que perdeu mas equilibrou o duelo em todas as suas partidas em Londres até agora, e o Reino Unido, que reuniu uma seleção inexperiente para os Jogos, nas últimas duas rodadas. Ainda assim, duas vitórias não aliviariam muito a barra da seleção: se a classificação vier, as brasileiras passam em quarto lugar e enfrentam o líder da outra chave, provavelmente os EUA.

O vexame, porém, não seria tão grande quanto o de Pequim. Em 2008, comandada por Paulo Bassul, a seleção deixou a Olimpíada chinesa com só uma vitória, sobre Belarus, e terminou na penúltima posição.

Em quadra, os problemas que a equipe mostrou em suas duas primeiras partidas persistiram. O time que Tarallo levou para Londres sofre muito para pontuar. A única que consegue fazer isso com consistência é Érika. Sozinha, porém, a pivô não faz milagres. Ainda mais tendo de lidar,  na defesa, com um garrafão australiano formado por Lauren Jackson e Liz Cambage - não é de se espantar que acabou eliminada com cinco faltas no quarto período.


As outras jogadoras se esforçam, é preciso admitir, mas ainda assim falta material humano. Karla, única fora do garrafão capaz de pontuar, tem um arremesso certeiro de longe e foi muito bem, tanto que acabou como a cestinha do jogo, com 22 pontos. Mas é pequena e teve problemas para aparecer quando as australianas apertaram a marcação no último período. Adrianinha, que já foi brilhante em outras participações olímpicas, não tem mais a mesma velocidade ou controle do jogo - prova é que errou mais (2) do que deu assistências (1).

Damiris é outro exemplo: jovem e talentosa, mas com problemas quando coloca a bola no chão para buscar seu arremesso ? e a seleção não tem nenhuma jogada desenhada para ela, para aproveitar seu bom chute próximo à tabela.

O resultado disso foi uma vitória em que a Austrália mostrou deficiências, mas venceu. Nos dois primeiros quartos, o Brasil não conseguiu marcar mais do que dez pontos em cada (10 e 8 pontos foram as parciais). No segundo tempo, é bom ressaltar, as coisas melhoraram. No terceiro período, as brasileiras marcaram 22 pontos. No quarto, foram mais 21.

No fim do jogo o Brasil até teve chances. Após estar perdendo por 13 pontos, chegou ao minuto final com cinco pontos de desvantagem. Erros de Adrianinha e Nádia, porém, acabaram com ataques que poderiam cortar a o placar para diferença de uma cesta.

Fonte: Uol Olimpíadas/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Brasileiras arrasam o Reino Unido por 30 a 17 e avançam à próxima fase do handebol


Alexandra comemora gol do Brasil sobre o Reino Unido em confronto nesta quarta-feira

A seleção brasileira feminina de handebol conseguiu nesta quarta-feira a sua terceira vitória seguida na Olímpiada, em três compromissos disputados, ao derrotar o Reino Unido por 30 a 17, pelo grupo A. Com o resultado diante das anfitriãs, o time nacional garantiu a classificação e agora tentará lutar pela liderança da chave.

Apesar da animação da torcida que lotou a arena do handebol no Parque Olímpico de Londres, a seleção mostrou personalidade desde o início. As duas seleções haviam realizado um amistoso em março passado, com vitória brasileira folgada (30 a 18). No reencontro, mais uma vez a equipe de Alê e Duda impôs seu jogo. 

Destaque individual para a atuação de Alê, decisiva no ataque pela direita, com direito até a gol por cobertura quase sem ângulo. A canhota Mayara também foi importante na condução do ataque na primeira metade, com mudanças de direção rápidas na coordenação do jogo ofensivo. 

Depois de vitórias com placar apertado sobre Croácia e Montenegro, a equipe nacional sobrou contra as anfitriãs dos Jogos de Londres. O técnico Morten Soubak se deu ao luxo de começar o jogo poupando algumas de suas titulares absolutas, como Duda e Dani Piedade. Mesmo assim, o time não teve dificuldade de abrir vantagem logo de cara. 

Uma das titulares escaladas de início, Chana ajudou a seleção a preservar sua vantagem com defesas em jogadas frente a frente com o ataque britânico. Duda entrou na segunda metade do primeiro tempo para assumir o comando do ataque para Alê descansar. 

Mas se o ataque funcionava, a defesa apresentava alguma dificuldade na marcação um contra um e com as escapadas em contra-ataque das adversárias. Mesmo assim os disparos potentes de Ana Paula asseguraram a confortável vantagem de nove gols antes do intervalo (17 a 8).

O Brasil voltou para o segundo tempo mais uma vez com uma formação cheia de reservas, agora com Mayssa no lugar de Chana no gol. Ana Paula continuou decisiva contra a parede de marcação britânica, e o time nacional confirmou a vitória por placar elástico. 

Com mais uma vitória contabilizada na caminhada olímpica do handebol, as brasileiras agora voltam à quadra pelo torneio olímpico na próxima sexta-feira, quando enfrentam a Rússia, às 12h45 (horário de Brasília), em duelo que deve valer a ponta do grupo A. 

Fonte: Uol Olimpíadas/Cidade News Itaú
Leia Mais ››