Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

Loading ...

domingo, agosto 12, 2012

Coligação "Unidos para fazer melhor" comemora aniversário do Presidente do PMDB

A convite da coligação "Unidos para fazer melhor" a equipe do blog Cidade News Itaú, marcou presença na tarde deste domingo (12) na comemoração do aniversário de Dr. Neuremberg Fernandes, presidente do PMDB. As festividades do evento deu-se início logo pela manhã de hoje.

Os correligionários e membros da coligação "Unidos para fazer melhor" compareceram a fazenda de Dr. Neuremberg Fernandes onde era celebrado seu aniversário. Por volta das 14h, a nossa equipe compareceu ao local e registrou através de fotos parte dessa comemoração.

As lideranças políticas que compõe a chapa da coligação também estava presente; Dr. Neuremberg fez um pequeno discurso para os presentes, onde relatou que é a primeira vez que faz um discurso em meio ao sol tão escaldante do momento, o mesmo ainda pediu para os companheiros de chapa que fossem cautelosos em seus discursos, fazendo referência que ao invés de atacar os adversários e proferirem palavra de baixo calão, mostrasse o plano de governo que a coligação preparou para o povo itauense, e que acima de tudo buscassem fazer um política de paz no município.

Foi cantado parabéns e encerrou-se com a distribuição do bolo para os presentes. Parabenizamos o Dr. Neuremberg por mais uma primavera, Feliz Aniversário!












Nota do blog: Em virtude de questionamentos por parte de alguns itauenses que são adeptos a coligação "vontade do povo" viemos através deste esclarecer o não comparecimento da nossa equipe no evento realizado pela coligação neste sábado (11), devido a falta de comunicação por parte dos organizadores do evento, nós que fazemos o blog Cidade News Itaú não fizemos a cobertura do mesmo, portanto, a nossa reportagem só fará presença em eventos convocados pelas coligações, sejam elas Unidos para fazer melhor, ou Vontade do povo. Nossas desculpas aos nossos leitores e pedimos a compreensão de todos, o nosso objetivo principal e levar a informação com credibilidade a todos os ouvintes e internautas. Lembrando que a coligação unidos para fazer melhor realiza chás nos bairros da cidade nos dias que foram determinados a coligação realizarem eventos e nossa equipe também não fez referência ao mesmo, não por falta de convites, e sim, pelo fato de os mesmos acontecerem na semana e não estarmos tendo compatibilidade com os horários dos mesmo.

Arlindo Maia da Redação do Cidade News
Leia Mais ››

Dia dos Pais é na MLD Modas










Leia Mais ››

Aproveite as ofertas do Dia do Pais na Rede Oeste Supermercados













Leia Mais ››

Pai não é tudo igual

dia_dos_pais_2012
Os genitores cuidam de seus descendentes seguindo as mudanças impostas pela sociedade. Na década de 40 a 50 a maioria das famílias de Mossoró e cidades vizinhas tinham na agricultura, pecuária e no comércio sua forma de sustento, e a maioria das crianças e adolescentes ajudavam na renda doméstica. Atualmente, os pais priorizam os estudos dos filhos e acreditam que o diálogo resolve muito mais que uma palmada.
O aposentado Erialdo Bezerra, 72, disse que muita coisa mudou desde seu tempo de criança. Ele relembra que na sua infância seus irmãos e amigos ajudavam os pais nas tarefas domésticas e as falhas eram corrigidas com severidade.
"Desde menino eu ajudava meu pai, cuidava dos bodes, cavalos. Quando ele chegava da cidade saía conferindo cada coisa que tinha delegado para gente fazer, se houvesse algo fora do lugar a chinelada 'rodava solta', mas não tinha isso de o filho ficar com raiva ou as pessoas dizerem que era errado. Era uma forma de disciplina da época, nós pensávamos duas vezes antes de fazer alguma astúcia", relatou Erialdo.
Ele complementa dizendo que ser pai na década de 60 era diferente dos tempos atuais. "Os homens trabalhavam para manter a casa e as esposas cuidavam dos filhos. E naquela época as famílias eram grandes, eu mesmo tive 8 filhos, sou avô de 16 netos e 4 bisnetos. Com meus netos percebo que as coisas são diferentes, meus genros e filho se fazem mais presentes, vão à escola, ajudam nas atividades, saem juntos, viajam, são mais afetuosos", explicou o aposentado.
O flanelinha Aldivan Celestino ressalta que independente da época ser pai tem suas dificuldades, no entanto, ele diz que elas se tornam menores para aqueles que trabalham pensando no futuro dos filhos.
"Não quero que meus filhos sigam meu exemplo, quero que eles sejam melhores do que eu. Isso é o que diferencia um pai de outro. As dificuldades existem para aqueles que não querem trabalhar. Trabalho como flanelinha e ainda assim consigo prover o sustento dos meus três filhos. Antigamente era diferente porque era mais difícil as pessoas terem acesso as coisas, as pessoas tinham menos recursos. Minhas crianças têm o que eu não pude ter, pois meu pai sempre foi muito pobre e desde cedo tive que trabalhar para ajudar em casa".
O estudante Kleber de Assis contou que foi pai aos 18 anos e hoje aos 20 explicou que muitas foram as mudanças em sua vida.
"Cada um tem uma dificuldade. A gente que é mais novo vê como principal problema a questão financeira, pois ainda estamos finalizando os estudos, buscando um espaço no mercado de trabalho. Com o passar dos anos, as mensalidades das escolas se ajustam, os preços de leite e fraldas têm acréscimos. Ser pai sem planejar é muito difícil, a gente precisa reorganizar cada setor da vida. Mesmo assim não me vejo sendo outra coisa além de pai".
O comerciante Francisco da Chagas aponta as dificuldades encontradas pelos homens no século 21. "As crianças e adolescentes não tinham tanto acesso aos meios de comunicação, hoje a gente precisa ter o cuidado de fiscalizar o conteúdo a que elas estão tendo acesso. Os jovens são influenciados diariamente pelos amigos, redes sociais, entre outras coisas. Além disso, devido ao grande número de informações, elas aprendem sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), lutam mais por seus direitos. Muitas vezes uma palmada vira uma discussão". 
Importância da figura paterna no desenvolvimento infantojuvenil

Especialistas afirmam que a relação entre pais e filhos é afetada diretamente pelos momentos de transição que a sociedade vivencia, ou seja, as mudanças na economia, nas leis, na religião, afetam a forma como as famílias criam seus filhos, por exemplo, o ECA proíbe qualquer trabalho a menores de quatorze anos de idade, salvo na condição de aprendiz, soma-se a isso o fato que os castigos físicos podem ser enquadrados na Constituição Federal e nos Códigos Civil e Penal.
Kléber de Assis reforça bem essa teoria ao dizer que não utiliza os métodos do seu pai para criar a sua filha.
"Os tempos são outros. Deixo a situação me dizer o que fazer, não fico pensando em como meu pai faria. As coisas mudaram muito. Até a forma de agir das crianças são diferentes, elas são mais ativas, têm mais acesso às informações. Diferente de 30 ou 40 anos atrás. O que a gente não pode perder de vista é a imposição de limites", explicou o estudante.
Os sociólogos afirmam que a presença paterna é muito importante por diversos aspectos, mas principalmente do ponto de vista sociológico, pois a simples convivência com o pai ajuda a criança a exercer sua cidadania. A figura paterna também é responsável por despertar sentimentos e valores positivos. Quando um pai divide as responsabilidades com a mãe, ele está dando lições preciosas de solidariedade e passando valores importantes sobre respeito e colaboração. O pai é ainda um facilitador entre a criança e a sociedade.
Segundo especialistas, apesar de ter se tornado mais carinhoso, o pai ainda é o principal responsável por soltar as amarras dos filhos. As mães em geral, tendem à superproteção e carregam consigo valores como o acolhimento e a proteção. Assim, na maioria das vezes, é delegada ao pai a função de equilibrar esse excesso de proteção e estimular a construção de uma identidade mais autônoma e ousada. Essa relação impede que a criança se torne uma pessoa insegura, desobediente e autoritária.

Fonte: O Mossoroense/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Juiz suspende liminar que determinava a retirada do Facebook do ar

O juiz Luiz Felipe Siegert Schuch, da 13ª zona eleitoral de Florianópolis, suspendeu neste sábado (11) a liminar que determinava a retirada do Facebook do ar por 24 horas em todo o Brasil. Segundo ele, a suspensão ocorreu pelo fato de a empresa ter colaborado com a Justiça Eleitoral.


O juiz havia pedido a suspensão do acesso à rede social Facebook por causa do descumprimento de liminar que determinava a suspensão da página "Reage Praia Mole", por apresentar material ofensivo a um vereador

"Vou suspender essa multa e a retirada do site do ar por enquanto. Vamos reavaliar o caso lá na frente", disse Schuch em entrevista ao UOL.

A suspensão foi solicitada pelo vereador Dalmo Deusdedit Menezes (PP), de Florianópolis, que concorre à reeleição.

O parlamentar argumentou que houve veiculação de "material depreciativo" contra ele na página, feita de maneira anônima por um usuário. O juiz eleitoral também determinou a identificação das pessoas que criaram a página no Facebook.

Na decisão de sexta-feira, o juiz determinava que a rede social deveria interromper o acesso e apresentar informação de que o site estava fora do ar por descumprir a Legislação Eleitoral. Caso a medida não fosse cumprida, o site teria de pagar multa diária de R$ 50 mil e o prazo de suspensão de seria duplicado.

Questionado sobre o que o levou a mudança de posição, Schuch afirmou que foi a disposição da empresa de origem norte-americana em colaborar com a determinação da Justiça Eleitoral.

O Facebook repassou os números do IP (que permite localizar o usuário) do computador de duas pessoas de Florianópolis, que já foram identificadas e notificadas a se apresentar no cartório eleitoral em até cinco dias.

"Estamos satisfeitos com a suspensão da aplicação da multa e da ordem de bloqueio ao site", se posicionou o Facebook, em nota.

A Justiça Eleitoral tem também a informação sobre a participação de outro internauta na administração da página, mas seu nome não foi citado no processo.

Fonte: Uol Esporte/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Mega-Sena acumula mais uma vez; prêmio deve chegar a R$ 28 milhões


Ninguém acertou as seis dezenas do último dos três concursos da Mega-Sena dos Pais, realizado neste sábado (11). Os números sorteados foram: 26, 36, 40, 46, 49 e 51. Para o próximo sorteio, o prêmio estimado é de R$ 28 milhões.

O prêmio para os 39 ganhadores da quina será de R$ 61.075,63. Já as 3.766 pessoas que acertaram a quadra vão levar R$ 903,55.

Em comemoração ao Dia dos Pais, a Caixa Econômica Federal programou três concursos para esta semana. Mas os sorteios realizados na terça (7) e na quinta (9) não tiveram acertadores, deixando o prêmio acumulado.

Se um único apostador acertar os números do concurso 1.416 e investir o valor na poupança, terá dinheiro suficiente para comprar 140 imóveis no valor de R$ 200 mil.

O sorteio foi realizado em Ascurra, em Santa Catarina.

Fonte Portal Uol/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Com gol de Montillo, modificado time do Cruzeiro vence Bahia e chega à 6ª posição


Bahia0x1Cruzeiro

Com um time bastante modificado em relação ao que perdeu para o Santos, na rodada anterior, o Cruzeiro venceu o Bahia, na noite deste sábado, no Estádio de Pituaçu, por 1 a 0, recuperando-se de duas derrotas seguidas e mantendo o Bahia na zona de rebaixamento do Brasileiro. O time baiano, que não vence há quatro partidas, sendo três delas em sua casa, foi muito vaiado por sua torcida ao término da partida.

O técnico Celso Roth decidiu mudar radicalmente a equipe, por questões técnicas e escalou cinco jogadores que não começaram a partida em que o Santos venceu por 4 a 2, na última quarta-feira. Na defesa Thiago Carvalho e Marcelo Oliveira substituíram Victorino e Diego Renan, enquanto no meio, Lucas Silva e Charles ocuparam as vagas de Tinga e Sandro Silva. No ataque, Wallyson saiu e voltou Wellington Paulista.

O Bahia, por sua vez, sofreu com desfalques: sete. Essa situação obrigou, por exemplo, o técnico Caio Júnior a improvisar os volantes Diones e Hélder nas laterais. E o time da casa sentiu as ausências e foi dominado pelo adversário na maior parte do jogo. O gol sofrido logo aos 9 min do primeiro tempo, marcado pelo argentino Montillo, dificultou ainda mais para o clube baiano.

Com os três pontos obtidos como visitante, o Cruzeiro chegou a 26 pontos, ocupando, momentaneamente, a sexta colocação do Brasileiro. O Bahia se manteve com 13 pontos, ocupando a 18ª posição na tabela de classificação.

Fonte: Uol Esporte/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Vagner Love comemora o primeiro de seus dois gols na vitória do Flamengo neste sábado V. Love brilha mais uma vez com dois gols, Fla vence Náutico e confirma recuperação


Flamengo2x0Náutico
Técnico: Dorival JúniorTécnico: Alexandre Gallo

Após quatro jogos sem vencer, demissão de técnico e problemas internos, o Flamengo e, principalmente, Vagner Love definitivamente encontraram o rumo certo no Campeonato Brasileiro. Com dois gols do "Artilheiro do Amor" neste sábado, em Volta Redonda, o time superou o Náutico por 2 a 0, chegou à segunda vitória seguida e confirmou a recuperação na competição sob o comando do técnico Dorival Júnior.

O time pernambucano, por sua vez, não conseguiu confirmar a reabilitação na tabela. Após boa vitória sobre o Santos e um empate fora de casa com o Internacional, a equipe do técnico Alexandre Gallo voltou a ser derrotada no Brasileiro.

Assim como na vitória da última quarta-feira sobre o Figueirense, quando iniciou sua recuperação no campeonato, o Flamengo controlou as primeira ações da partida e mostrou muita disposição em busca do resultado. O Náutico ainda se esforçou para responder, mas o bom momento do rubro-negro e, principalmente, de Vagner Love falaram mais alto.

Fonte: Uol Esporte/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Popó Porcino quebra o silêncio e fala sobre os 37 dias que ficou nas mãos de sequestradores

popo_02
Depois de amargar 37 dias em um cativeiro, nas mãos de uma quadrilha de sequestradores, o empresário Porcino Fernandes da Costa Segundo, Popó Porcino, 19, quebrou o silêncio e concedeu uma entrevista exclusiva ao O Mossoroense. Ele relata o sofrimento do cárcere e diz que nunca perdeu a fé em Deus e no trabalho da polícia.

Simples no jeito de falar, Popó Porcino diz que a amizade feita com os sequestradores o ajudou nas negociações e a superar o medo. Ele destaca que a partir de agora vai ser mais cuidadoso e prestar mais atenção por onde anda.
Leia entrevista a seguir: 



O Mossoroense: Como foi a sua captura?
Popó Porcino: Quando terminei de correr, antes de entrar no caminhão de apoio, fui interceptado e levado pelo bando.


OM: Durante o trajeto até o cativeiro você estava com os olhos vendados ou via para onde ia sendo levado?
PP: Estava com a cabeça para baixo sem ver nada.

OM: O que os criminosos falavam durante o percurso até o cativeiro?
PP: Não falaram nada, silêncio profundo.

OM: No cativeiro, você ficou acorrentado e como era a relação com a quadrilha?
PP: Fiquei acorrentado, mas fiquei amigo deles. Foi onde facilitou tudo para as negociações.

OM: Qual o momento mais tenso durante o cativeiro?
PP: No momento da mudança do cativeiro, esse sempre era o momento mais tenso.

OM: Chegou a ser agredido fisicamente?
PP: Não.

OM: O que passava pela sua cabeça durante os dias em que esteve em poder dos sequestradores?
PP: Tentei ficar bastante tranquilo, foi o que ajudou a passar o tempo.

OM: Chegou a falar com a sua família? Com quem? O que falou?
PP: Sim, cheguei a falar com meu pai e minha mãe. Só pedia para eles me tirarem dali.

OM: No dia do resgate, quando você ouviu a polícia invadindo, o que passou na sua mente?
PP: No momento não imaginei que fosse a polícia. Quando eles entraram no quarto onde eu estava só fiz comemorar e agradecer a Deus pelo pesadelo ter chegado ao fim.

OM: Como foi o reencontro com a família?
PP: Só alegria. Fiquei bastante feliz em rever minha família.

OM: Qual a importância da polícia no seu sequestro?
PP: Tenho muito a agradecer a eles, pois os policiais foram muitos profissionais. Estão de parabéns.

OM: O que muda de agora em diante?
PP: Ter bastante cuidado e prestar atenção onde ando.

Entenda como foi o sequestro do empresário Porcino Segundo, "Popó Porcino"

O empresário Porcino Fernandes da Costa Segundo, Popó Porcino, foi sequestrado em 16 de junho durante uma vaquejada em Ceará-Mirim. Após 37 dias de sequestro, a equipe da delegada Sheila Freitas, titular da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor), estourou o cativeiro localizado na Praia de Pitangui.
Na ocasião, a vítima foi libertada ilesa, enquanto quatro marginais foram detidos, um deles tendo sido baleado e um quinto morreu em confronto com a polícia. O empresário foi devolvido à família e desde então a Deicor tem travado uma verdadeira guerra para prender o restante da quadrilha de sequestradores, que era comandada pelo filho de um militar cearense, identificado como Paulo Vitor Lopes Monteiro, preso durante a invasão do cativeiro.
Ao todo, já foram indiciados nove membros da quadrilha: Bruna de Pinho Landim, José Orlando Evangelista Silva, Paulo Victor Lopes Monteiro, Francisco Genério Bruno da Silva (morto em confronto com a polícia), Luís Eduardo Lima Magalhães Filho, Anderson de Souza Nascimento, Orlandina Torres Carneiro, além de Leonora Gomes de Sena e Antônia Berenice Damasceno Lima que estão foragidas.
"A prisão dos foragidos é questão de tempo. Logo vamos estar com toda a quadrilha atrás das grades", assegurou Sheila Freitas.

Mulher abandonou cativeiro com medo de bandidos matarem Popó

Uma entrevista concedida pela delegada da Deicor, Sheila Freitas, esta semana, trouxe novas revelações sobre o sequestro de Popó Porcino. Ela contou que uma mulher identificada como Antônia Berenice Nascimento era a cozinheira dos cativeiros e por não concordar com a forma de tratamento do sequestrador Francisco Genério Bruno da Silva com Popó afastou-se do grupo dias antes da descoberta do cativeiro na praia de Pitangui, e fugiu para o Ceará.
"É provável que Berenice tenha desenvolvido a 'síndrome de Estocolmo'. O Genério dizia que ia enviar partes do corpo de Popó para a família Porcino, como prova de que o jovem estava vivo, e ela não concordava com aquilo, com pena de Popó abandonou o cativeiro e fugiu".
De acordo com o psicólogo João Valério Alves Neto, "síndrome de Estocolmo" é um estado psicológico particular desenvolvido por pessoas que são vítimas de sequestro, em que a vítima desenvolve sentimentos de lealdade para com o sequestrador apesar da situação de perigo em que se encontra colocada, e vice-versa.
A delegada Sheila Freitas disse que, após a descoberta do cativeiro, recebeu uma ligação anônima de alguém se dizendo arrependida e contando detalhes da rotina nos cativeiros de Popó. "Quem ligou não se identificou, mas com certeza esteve naqueles cativeiros".
Questionada se esta pessoa teria sido Berenice, a delegada preferiu silenciar, justificando ainda não poder revelar detalhes sobre a investigação.

Fonte: O Mossoroense/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Juiz avalia interditar presídios superlotados de Mossoró


TCM
Juiz Wagnos Kelly recebe os laudos na próxima semana

O Juiz Wagnos Kelly, da Vara de Execuções Penais de Mossoró, estuda fazer o mesmo com a Penitenciária Estadual Mário Negócio que o juiz Henrique Baltazar Villar dos Santos fez com o Presídio Estadual de Alcaçuz, ou seja, decretou interdição.

Assim como em Natal, o sistema prisional em Mossoró é desastroso. Está superlotado e a estrutura física dos prédios não oferece a menor condição de funcionamento. Mas antes de interditar, o juiz disse que vai fazer um levantamento técnico das condições físicas e sanitárias.

O documento solicitando os laudos já foram enviados ao Corpo de Bombeiros, Crea, Vigilância Sanitária e equipe de engenheiros da Prefeitura Municipal de Mossoró. O quadro não pode continuar. O semi-aberto da Mário Negócio, os presos entram e saem na hora que querem.

Já no Centro de Detenção Provisório Masculino, anexo na Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR), em Mossoró, são mais de presos em 3 celas. O calor é insuportável. O Cenário é tão insalubre quanto no Centro de Detenção Feminino, na II DP.

Após receber os laudos, o juiz disse que o caminho será o decreto de interdição. Assim acontecendo, o juiz Wagnos Kelly disse que os presídios não poderão mais receber detentos. Fica só com os que já têm. Os que forem presos ficam nas delegacias.

Fonte: TV TCM Mossoró/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

MENOR É PRESO EM FLAGRANTE, APÓS PRATICAR ASSALTO EM MOSSORÓ.


 Um menor foi preso em flagrante na noite de hoje 11/08, após praticar um assalto a um comércio de móveis no bairro Nova Vida(Malvinas). Segundo informações repassadas pelos policiais da RP-1201 Sds-Cabral e Wildjame, após o assalto, eles patrulhavam a área nas imediações, e quando o CIOSP repassou as caracteristica do acusado, em uma bicicleta, eles o avistaram na Rua Antônio Bento. Ao perceber a presenca da policia, o menor de 17 anos tentou se desfazer da arma e do material roubado. Com o menor os polociais encontraram um Garruncha, o celular e carteira de cédulas da vítima, além de R$ 472,00 reais, levado do estabelecimento. Os policiais ainda informaram que o menor ofereceu o dinheiro do roubo em troca de sua liberdade, querendo ficar com R$ 50 reais para curtir banda Grafit. Ele foi reconhecido pela vítima e foi conduzido a DP de plantão.


BLOG PASSANDO NA HORA

BLOG PASSANDO NA HORA

Fonte: Passando na Hora/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Navio com combustíveis já está atracado no píer da Petrobras do Porto de Natal


A capital potiguar parece que não vai sofrer carência de gasolina, álcool ou diesel nos postos de combustíveis espalhados pela cidade neste final de semana.

A constatação veio do presidente do Sindicato dos Petroleiros do RN, Antônio Cardoso, que fez uma ronda pelos postos da cidade para saber se há algum posto em situação alarmante.

"Nenhum proprietário entrou em contato comigo alegado falta de combustível. Além disso, temos informação de que o petroleiro já está atracado no porto de Natal", afirma.

De acordo com a assessoria de imprensa da Transpetro, a distribuição de combustíveis no estado potiguar seguirá dentro da normalidade.

O combustível começa a ser descarregado a partir das 13 horas deste sábado (11), e será distribuído a partir de segunda-feira pelos postos de combustíveis de todo o estado.

Fonte: Defato/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Martins espera instalação do teleférico que ligará cidade à Casa de Pedra

casa_de_pedra
MARTINS - A população de Martins, em especial o segmento que lida com o turismo, voltou a demonstrar otimismo com relação à instalação de um teleférico na cidade, prometido pelo Governo do Estado desde 2011. A expectativa é que o projeto saia do papel ainda este ano.
O teleférico, que quando em operação vai ligar a cidade à Casa de Pedra, foi prometido pela governadora RosalbaCiarlini (DEM) à prefeita Maria José de Oliveira Gurgel Costa, "Mazé" (DEM), durante o Festival Gastronômico de Martins no ano passado.
O projeto é visto pelos governos estadual e municipal como mola propulsora para o desenvolvimento do turismo local, já bastante difundido graças às potencialidades e belezas naturais que o município oferece, como a temperatura amena e visão deslumbrante de suas serras.
Recentemente o assunto voltou à tona, com a notícia de que o processo licitatório para contratação da empresa que vai executar o projeto já está em andamento. Para aumentar ainda mais a expectativa da população, em visita ao município no final do mês passado, o engenheiro Roberto Antunes, da Secretaria de Infraestrutura do Estado, tornou público o projeto com imagens ilustrativas do teleférico que será construído em nível local. 
Complexidade do projeto poderá atrasar início das obras

Apesar do otimismo do governo municipal, fontes do Executivo martinense confidenciaram à reportagem que pelo que tem se ouvido sobre a complexidade da obra, dificilmente os serviços terão início ainda este ano. "O mais provável é que esse teleférico só saia a partir do próximo ano", disse a fonte, sem querer se identificar.
Caso sejam confirmadas as projeções feitas pela fonte da prefeitura, o governo teria que correr contra o relógio para entregar o benefício ainda em 2013, pois um projeto do porte do pretendido para Martins, não demoraria menos de um ano para ser concluído. Sem contar com os imprevistos.
O município de Martins possui belezas indescritíveis. Belas paisagens observadas dos mirantes, museus histórico, cultural e arqueológico, reserva florestal, engenhos de cana e casas de farinha que lembram a época colonial, construções antigas ao estilo barroco, sobrado com varanda em pedra de cantaria, cachoeiras, cavernas, enfim, uma infinidade de opções para quem visita a cidade.
Mas todos se encantam pela Casa de Pedra, que de acordo com os historiadores locais, constitui a cristalização mais antiga de um afloramento marítimo de calcário, do período pré-cambriano. Localizada num pequeno vale da Fazenda Trincheira, a Casa de Pedra é uma caverna com 100 metros de comprimento, dividida em vários recintos menores, alguns bastante profundos e escuros.
Tem uma sala espaçosa com 18 metros de comprimento por 12 de largura; o teto alcança mais de 10 metros e dele pendem várias "estalactites" havendo no centro do salão maior uma grande "estalagmite". Está cadastrada na Sociedade Brasileira de Cavidades Naturais como a segunda maior do país, em mármore.

Fotos do Projeto














Fonte: O Mossoroense/Cidade News Itaú
Leia Mais ››