Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

quarta-feira, outubro 17, 2012

Força Tática de Assú apreende menor após roubo



Aconteceu na noite dessa terça-feira (16), um assalto a cantina São Francisco que fica localizada na Avenida João Celso Filho, Nº 1190, bairro São João. Segundo as vítimas, o assaltante chegou ao local e perguntou por vários produtos e em seguida saiu, retornando minutos depois usando uma meia feminina como capuz e anunciando o assalto, tendo em suas mãos uma pistola.

O COPOM foi avisado e de imediato acionou a Força Tática, NORE e GTO que estavam em patrulhamento, e em menos de uma hora do sinistro os policiais da Força Tática conseguiram localizar e prender o acusado, que já estava em um ponto de venda de entorpecentes no bairro Vertentes.

O acusado foi identificado como sendo o adolescente de iniciais D. N. G. de 14 anos, de vulgo “Niel”. Com ele foi encontrado a quantia de aproximadamente R$70.00 e apreendida uma pistola de plástico “arma utilizada no crime”.

Os policiais conduziram o adolescente a sua residência e informaram o acontecido aos seus responsáveis, e nesse momento todas as partes envolvidas estão se deslocando para Mossoró a DP de plantão para procedimentos cabíveis.

Fonte: Força Tática/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Policia Militar cumpre mandado de prisão em Francisco Dantas/RN


Policiais Militares do Destacamento Policial de Francisco Dantas/RN, sob o comando do cabo Nelson,  prenderam no inicio da  tarde desta terça-feira (16), no Sítio Cinzenta, zona rural do município, Vanilson da Silva, 29 anos, vulgo “Poldo” em razão de existir um mandado de prisão preventiva expedido pelo juízo da Vara Criminal de Pau dos Ferros/RN.

Uma equipe de Policias da 4ª DRPC tomou conhecimento que o mesmo se encontrava no Bairro São Geraldo, mas antes da chegada dos policiais conseguiu escapar e sair com destino a cidade de Portalegre, quando passava pelo Sítio Cinzenta, zona rural de Francisco Dantas/RN, os moradores desconfiaram que o mesmo estava fugindo, já que andava ligeiro e a todo tempo olhando para trás, comunicaram o fato ao cabo Nelson que se deslocou para o local e localizou o foragido, dando voz de prisão.

Vanilson foi acusado de ter praticado violência sexual contra uma vizinha de 44 anos, fato ocorrido no dia 01 de setembro do corrente ano,  no Bairro São Geraldo em  Pau  dos Ferros,  na ocasião Poldo, teria aproveitado que o esposo da vitima teria saído  para trabalhar na feira livre da  cidade, invadiu a residência, segunda ela,  praticado a ato.

O mesmo  se encontrava foragido desde o dia do fato,  tendo  o Dr. Inácio Rodrigues  solicitado sua prisão preventiva, sendo expedida pelo Poder Judiciário.

Fonte: Nosso Paraná/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Acidente entre caminhonete e ônibus deixa um morto em Brasília Teimosa no RN


Um grave acidente foi registrado na manhã de hoje, na avenida 25 de dezembro, em Brasília Teimosa. A colisão entre um ônibus da empresa conceição e uma caminhonete Frontier aconteceu no cruzamento após a delegacia na direção Ponte Nova – Cidade.

O motorista da caminhonete morreu no local. Segundo relatos de quem presenciou o acidente, a camioneta vinha em alta velocidade.

Fonte: Eduardo Dantas/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Dois homens são executados em cabaré no RN


A Polícia Militar do Rio Grande do Norte confirmou a identificação dos dois homens executados a tiros na madrugada desta quarta-feira (17), em uma casa de prostituição localizada entre os municípios de Ceará-Mirim e Ielmo Marinho, na região metropolitana de Natal.

Segundo o capitão Harrison Moreira, do 11º Batalhão da PM em Macaíba, os mortos foram identificados como Julimar Soares da Silva, de 39 anos, e William da Silva Ferreira, de 21. "Os dois já tinham sido presos por tráfico de drogas", revelou o oficial.

Ainda de acordo com o capitão, a dupla assassinada mantinha uma relação homossexual e gerenciava os negócios no prostíbulo. No cabaré, inclusive, os dois também manteriam em funcionamento uma boca de fumo. "Acreditamos que o duplo homicídio tenha sido motivado pelo tráfico de drogas. Acerto de contas, com certeza", afirmou Moreira.

Outra informação confirmada pelo capitão trata da forma como a dupla foi executada. Ao G1, Moreira disse que uma das vítimas levou um tiro de espingarda no olho. O outro, tiros de pistola.

O duplo assassinato foi registrado por volta das 3h30 desta quarta. Na ocasião, quatro homens encapuzados e fortemente armados invadiram o cabaré, amarraram duas prostitutas que dormiam na casa, arrastaram os dois homens para o lado de fora e, na beira da estrada, os executaram com tiros à queima-roupa.

A PM informou que já havia recebido várias denúncias sobre a comercialização de drogas no local, mas nunca havia conseguido flagrar a venda dos entorpecentes na casa.

Fonte: Notícias do RN/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Caminhão carregado de frutas capotou na RN-089 entre Jardim do Seridó e Ouro Branco

Ilustração

Um caminhão cargueiro tipo VW/8.120 de cor branca e placas MYP 2865, ano 2007, conduzido pelo jovem Jaquias Alves da Silva, 23 anos, capotou na manhã de hoje, por volta das 05h00min, na RN 089 que liga o município de Jardim do Seridó ao município de Ouro Branco, mais precisamente, na curva que dá acesso ao sítio Sombrio nesse município. 

O caminhão, carregado com manga e uva, espalhou a carga pela via expressa e o motorista teve que ser socorrido para o Hospital e Maternidade Dr. Rui Mariz, se queixando de fortes dores pelo corpo. 

O mesmo recebeu os primeiros socorros na unidade de saúde supra e, em seguida, foi transferido para a cidade de Currais Novos/RN. 

O sinistro foi registrado pela Rádio Patrulha comandada pelo SGT PM Pereira, o qual, resguardou a carga até a chegada dos responsáveis pela mesma.

Fonte: PM Jardim do Seridó/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

TCE impõe devolução de recursos a ex-prefeitos de Maxaranguape, Umarizal, Francisco Dantas e São Rafael


A Segunda Câmara de Contas do TCE, em sessão plenária realizada nesta terça-feira (16/10), votou pela aplicação de multa em processos de apuração de responsabilidade de prefeituras e câmaras municipais. Entre os ex-gestores que sofreram penalidades, está Amaro Alves Saturnino, ex-prefeito de Maxaranguape, que deverá ressarcir ao erário a importância de R$ 174 mil referentes às despesas sem comprovação específica.

O voto do auditor relator Marco Antônio de Moraes Rêgo Montenegro foi pelo encaminhamento dos autos ao Ministério Público estadual para averiguação de possível prática de ato de improbidade administrativa e/ou ilícitos penais. Processo nº 16325/2006-TC.

Já a ex-prefeita de Umarizal, Maria de Loreto Amorim Lino, deverá devolver ao erário a quantia de R$ 16 mil também por não comprovar onde gastou os recursos públicos. Pela irregularidade, vai responder junto ao Ministério Público Estadual. Processo nº 4128/1997-TC.

O plenário da Segunda Câmara votou pela aplicação de multas ao ex-gestor Geraldo Margela Chaves de Lima, do município de Francisco Dantas, em R$ 121 reais, pelos atrasos na entrega dos Relatórios Anuais, Relatórios de Gestão Fiscal e prestações de contas bimestrais referentes aos exercícios de 2004 e 2005 – Processo nº 2291/2008-TC e também pelo atraso na entrega dos Relatórios Anuais referentes aos exercícios de 2006, 2007 e 2008 – Processo nº 5352/2010-TC.

Processo da lavra do conselheiro Renato Costa Dias condenou o ex-prefeito do Município de São Rafael, José Ribamar de Souza, a devolver ao erário municipal a importância de R$ 155 mil, referente à ausência de documentação na prestação de contas do mês de setembro/2000. O ex-gestor ainda foi multado no valor de R$ 1 mil reais. Processo nº 9146/2001-TC.

Participaram da sessão o presidente da Segunda Câmara, conselheiro Paulo Roberto Chaves Alves, e os conselheiros Tarcisio Costa, Renato Costa Dias, além do conselheiro em exercício Marco Antônio de Moraes Rego Montenegro.

Fonte: Robson Pires/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Mulher católica usa arame farpado na coxa para continuar virgem


Reprodução / MailOnline
A britânica Sarah Cassidy (foto) usa um cilício, objeto usado por alguns integrantes da Opus Dei para fazer alusão ao sofrimento de Cristo.

Ele é colocado na coxa para reprimir os desejos sexuais. O acessório é uma espécie de arame farpado e serve para mortificação e penitência.

Aos 43, ela ainda usa o cilício todas as noites para manter-se virgem.

Solteira, Sarah disse ao jornal “The Daily Mail” que não bebe, não fuma, recrimina drogas e nunca teve relações sexuais. Hoje ela é diretora de uma escola de ensino primário do Reino Unido.

Aos 19 anos, ela estudava física na Universidade de Manchester e decidiu dedicar sua vida para a organização católica. Sua mãe e seu tio eram membros do Opus Dei.

‘Eu não vou dizer que estava correndo atrás do celibato, mas não era algo totalmente estranho para mim” , diz ela. “Meu tio era padre, e muitas das minhas tias eram freiras. O sexo não me assustava nem causava repulsa.

Quando eu era pequena, sempre imaginei que iria me casar e ter filhos. Mas esta é a vocação que Deus me deu. É um dom, e há muito amor nisso. “

Sarah é a mais velha dos cinco filhos e tinha nove anos quando sua mãe entrou para o Opus Dei.

“Meus pais [o pai era fotógrafo de um jornal] tinham uma relação muito profunda com Deus e passaram isso para nós. Costumávamos rezar todos os dias juntos, como família – dar graças antes das refeições e fazíamos orações antes de dormir. Nós oramos quando meu pai perdeu o emprego, ou quando não consegui os resultados dos exames que eu queria, ou a minha mãe perdeu um bebê. Minha mãe sempre nos ensinava que em tudo Deus tinha um plano.

‘Eu não gostei do que vi promiscuidade na universidade “, diz ela.

“Eu não queria isso para mim. Eu não queria aquela vida. Eu não queria fazer parte disso. “

Sarah tinha 20 anos quando começou a usar o cilício (foto). “As primeiras vezes  que você usa, não é agradável. Mas depois de algum tempo é apenas algo que faz parte de sua vida. O resultado é que você se torna uma pessoa muito melhor depois.”

Fonte: Robson Pires/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Jovem de 19 anos morre vítima de acidente em Catolé do Rocha/PB


Um fatídico acidente automobilístico aconteceu por volta das 13h00 desta quarta-feira (17), na PB 323, próximo ao Posto Fiscal do Bambu, zona urbana de Catolé do Rocha. Uma motocicleta colidiu lateralmente com uma caminhonete veraneio D-20, deixando uma vital fatal. A Caminhonete Veraneio Chevrolet, placas KFD 2719 Caicó (RN), cor azul, que servia como transporte Alternativo na Linha Catolé-Caicó, conduzida pelo seu proprietário, o Senhor Expedito de Oliveira Brito, 68 anos, residente na Rua Cândida Bela, no Bairro Tabajara, em Catolé do Rocha, ao tentar entrar numa Rua Projetada no lado sul da PB 323, próximo ao Posto Fiscal do Bambu, no final da Avenida Senador Rui Carneiro, colidiu lateralmente com uma motocicleta Honda Fan, 150, placa MOJ 9510, cor cinza, de propriedade do jovem Flaviano de Araújo Silva, 22 anos, Auxiliar de Serviços Gerais, residente no Sítio Rancho do Povo, que no momento conduzia o veículo. No impacto da colisão, o carona, Geniálison de Araújo Silva, de 19 anos, Auxiliar de Serviços Gerais, irmão do condutor da moto, que residia no Sítio Rancho do Povo, zona rural de Catolé do Rocha, não resistiu e morreu no local. As vítimas do acidente foram socorridas pela equipe do SAMU, e conduzidas para o setor de Emergência do Hospital Dr. Américo Maia de Vasconcelos, onde foi constatado o óbito do jovem Geniálison, enquanto que o seu irmão, Flaviano, sofreu apenas escoriações leves.

Fonte: É Sertão/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Número de divórcios dobra no RN



Um levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que o percentual de divórcios dobrou no Rio Grande do Norte entre 2000 e 2010.  Os dados constam de pesquisa realizada com base no Censo 2010.

Segundo o IBGE, O número de rupturas nas uniões é representado por 1,29% de desquites ou separações e 2,29% de divórcios. A pesquisa mostra que o Rio Grande do Norte encontram-se abaixo da média nacional e acima na região nordeste.

O levantamento aponta que 59,7% da população é solteira. Esse dado está acima da média nacional. Enquanto, o número de pessoas casadas abaixo desta mesma média, com 32,3%.

Fonte: DN Online/Cidade News Itaú

Leia Mais ››

RN é o quarto no nordeste em número de casais gays


 (Fabyana Mota/ON/D.A Press)
Um levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que o Rio Grande do Norte possui o 4º maior percentual de uniões homoafetivas do Nordeste. Mais de 25% encontram-se na faixa etária de 30 a 34 anos. Os dados constam de pesquisa realizada com base no Censo 2010.

Segundo o IBGE, dentre as uniões homoafetivas, observou-se que 25,8% das pessoas declararam possuir superior completo, e 47,4% se declararam católicos. 

Na região nordeste, o estado que lidera o ranking é o Ceará, seguido por Pernambuco e Paraíba. Apesar do Rio Grande do Norte possuir o 4º maior índice do nordeste (0,07%), encontra-se abaixo na média nacional (0,1%). 

No país, foram identificados 60 mil casais homoafetivos vivendo juntos, a maioria formada por católicos (47,4%) e mulheres (53%).

Fonte: DN Online/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Candidatos podem utilizar novo sistema de prestação de contas


O Tribunal Superior Eleitoral disponibilizou, na última quinta-feira (11), o Sistema de Prestação de Contas Eleitorais (SPCE) Cadastro, sistema por meio do qual candidatos, partidos políticos e comitês financeiros poderão elaborar, imprimir demonstrativos e encaminhar, pela internet, a sua prestação de contas. 

Esse envio só vale para aqueles que encerraram sua participação no pleito no primeiro turno de votação, e não isenta da obrigatoriedade de entrega à Justiça Eleitoral de todos os demonstrativos e peças na forma impressa e assinados, até o próximo dia 6 de novembro.

O sistema é pioneiro para remessa eletrônica das contas, mas exige que o prestador realize atualização para a versão 1.07. Acesse aqui o link para download do SPCE Cadastro 1.07.

Ressalte-se que o envio das prestações de contas finais pela Internet não isenta os candidatos, os partidos e os comitês financeiros da obrigatoriedade da entrega de todos os seus demonstrativos e peças na forma impressa e devidamente assinados, à Justiça Eleitoral, dentro do prazo legal, ou seja, até 6 de novembro de 2012, ocasião em que será realizada a conferência e a validação do número de controle da sua entrega. 

Para isso, deverá ser observado o horário de funcionamento dos cartórios eleitorais e da Secretaria do TRE-RN. Desse modo, somente serão consideradas prestadas as contas que forem tempestivamente validadas pela Justiça Eleitoral.

Outras informações importantes que devem ser lembradas pelos prestadores de contas: 
1) A nova forma de envio somente será válida para candidatos, partidos e comitês que disputaram apenas o primeiro turno da votação, dado o expressivo volume de prestação de contas em todo o país; 
2) Em razão disso, o mecanismo não será utilizado por ocasião da prestação de contas alusiva ao 2º turno de votação; 
3) Qualquer retificação nas contas, inclusive nas parciais, deverá ser efetivada mediante entrega da mídia, acompanhada dos demonstrativos impressos e peças, exigidas pela Resolução TSE nº 23.376/2012, de forma presencial, perante o Juízo Eleitoral respectivo, não sendo possível, portanto, fazê-lo pela Internet.

O prestador de contas também pode fazer a entrega do arquivo gravado em mídia, juntamente com as peças impressas e demais documentos, devidamente assinados, diretamente no Juízo Eleitoral competente, como nas eleições passadas.

O SPCE Cadastro versão 1.07 foi recentemente desenvolvido pelo Tribunal Superior Eleitoral para desafogar o fluxo de dados eletrônicos historicamente concentrados nos últimos dias de entrega das contas, principalmente daquelas relativas às eleições municipais.

Fonte: Portal Nominuto/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

MP pede reabertura de inquérito sobre morte de Matsunaga para investigar 3ª pessoa na cena do crime


Elize Araújo Kitano Matsunaga disse, durante as investigações, que assassinou e esquartejou o marido sozinha
O promotor de Justiça José Carlos Cosenzo, do 5º Tribunal do Júri da capital paulista, informou nesta quarta-feira (17) que vai pedir a reabertura do inquérito que investiga a morte do empresário Marcos Kitano Matsunaga, ex-diretor executivo da Yoki, morto no dia 19 de maio deste ano. O Ministério Público quer apurar a presença de uma terceira pessoa na cena do crime.

O primeiro inquérito concluiu que Elize Matsunaga, mulher de Marcos, assassinou e esquartejou o marido. Ela confessou o crime. Durante as investigações, porém, Elize negou a participação de uma terceira pessoa, mas, segundo Cosenzo, foram encontrados três tipos sanguíneos no local do esquartejamento, a suíte do apartamento do casal. O primeiro é de Marcos Matsunaga, o segundo supõe-se que seja de Elize e a identidade do terceiro, do sexo masculino, é o que quer descobrir a nova investigação.

"Estou tentando buscar essa terceira pessoa. Há suspeitas, mas agora não sei se iremos identificar", disse o promotor. Segundo os laudos, ainda não é possível esclarecer quando este terceiro DNA apareceu na cena do crime, se antes, durante ou depois. Cosenzo acredita que Elize atirou em Marcos sozinha, mas foi auxiliada no esquartejamento.

Outro indício apontado pela promotoria para a confirmação da participação de uma terceira pessoa é que os cortes na região abdominal e membros inferiores do corpo de Marcos têm características de terem sido feitos por alguém com noções de anatomia. Elize é técnica em enfermagem. Já os cortes nos membros superiores aparentam terem sido mais retalhados.

Esse inquérito vai ficar novamente a cargo do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa), que fará um outro laudo e confrontará com os anteriores. O MP já ouviu cinco pessoas e pretende coletar material biológico de todos os suspeitos para confrontar com o que foi encontrado na suíte. Essa terceira pessoa poderá responder por coautoria de homicídio e ocultação de cadáver.

"Não consegui me convencer de que ela sozinha, com seu porte franzino, conseguisse fazer tudo isso ali", disse o promotor. "Se vamos encontrar ou não [essa terceira pessoa] eu não sei, mas temos a probabilidade de estar não muito longe dela", completou, sem citar qualquer nome. "Deve ser uma pessoa de amizade, de confiança da família", sinalizou.

Cosenzo afasta ainda a teoria usada pela defesa da Elize de que a morte tenha sido realizada no calor de uma discussão. "O crime foi claramente premeditado", afirmou.

O crime
Um suposto caso extraconjugal teria sido o motivo de uma briga entre o casal no último dia 19 de maio, que culminou com a morte do executivo. Elize era casada desde 2009 com Marcos, com quem tinha uma filha de um ano. O crime ocorreu no apartamento do casal, na Vila Leopoldina, zona oeste de São Paulo.

Em depoimento à polícia no dia 6 de junho, Elize disse ter matado Matsunaga com um tiro de pistola calibre 380 na cabeça após uma discussão, quando ela contou ao marido que havia contratado um detetive e descoberto que o empresário havia saído com outras mulheres no mês passado. “O marido deu um tapa no rosto dela e seguiu agredindo-a verbalmente; falou coisas bem pesadas”, disse o advogado.

No dia 20 de junho, Elize Matsunaga foi transferida da Cadeia Pública de Itapevi, na região metropolitana de São Paulo, para o Presídio Feminino de Tremembé, no interior paulista.

O Complexo Penitenciário do Tremembé é conhecido por receber acusados em casos de grande repercussão, como Suzane von Richthofen e Anna Carolina Jatobá.

À época, o advogado de defesa de Elize, Luciano de Freitas Santoro, afirmou ao UOL que Matsunaga havia traído a mulher quando ela estava grávida, há cerca de dois anos.

“O casamento já não andava bem de uns seis meses para cá. Ela descobriu que ele a tinha traído de novo. Porque a primeira vez tinha sido há uns dois anos, quando ela estava grávida”, afirmou Santoro.

Fonte: Portal Uol/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Cantor Leonardo diz que filho Pedro voltou a ensaiar: 'toca violão e canta'


Cantor Leonardo e a esposa foram ver espetáculo circense, em Goiânia (Foto: Gabriela Lima/G1)
Quase seis meses após um grave acidente automobilístico, o cantor Pedro Leonardo voltou a ensaiar. A informação é do pai do artista, o sertanejo Leonardo. Ele falou ao G1 na noite de terça-feira (16), quando prestigiou o espetáculo AbraKdabra, no Circo Tihany, em Goiânia, e afirmou: "Pedro está ensaiando, tocando violão, cantando e dirigindo. Está cada vez melhor".


Acompanhado da mulher, Poliana Rocha, do filho José Felipe, de 14 anos, e amigos, o ídolo sertanejo falou sobre a recuperação de Pedro. Segundo Leonardo, uma das principais atividades de fisioterapia do filho é, justamente, tocar violão. "Ele tinha uma dificuldade na mão direita e o violão está fazendo com que ele desenvolva muito a mão direita", explicou.
Pedro, que faz dupla com o primo Thiago, também tem gostado de cantar com os primos e com o irmão José Felipe. "A voz dele está perfeita, já voltou ao normal", garante Leonardo.
O sertanejo contou que o filho "ainda não está 100%", mas tem feito tratamento regularmente no Centro de Reabilitação e Readaptação Dr. Henrique Santillo (Crer), em Goiânia. O jovem, segundo o pai, voltou a dirigir carros, mas apenas dentro das dependências do Crer.

José Felipe, filho do cantor Leonardo (Foto: Gabriela Lima/G1)José Felipe, filho de Leonardo, canta em casa com
o irmão Pedro (Foto: Gabriela Lima/G1)
Sobre a rotina do filho, o sertanejo contou que almoça com Pedro duas vezes por semana. Mas o jovem sai pouco em público, por recomendações médicas: "ele não está totalmente liberado". O artista goiano preferiu não dar uma data para um retorno do filho aos palcos. "Será o mais breve possível", afirmou.
Acidente
Pedro Leonardo Dantas sofreu um acidente de carro em abril deste ano, quando voltava de um show em Uberlândia (MG). Ele passou 81 dias internado, dos quais 30 permaneceu em coma.
Depois da capotagem, na rodovia MGC-452, no município de Tupaciguara (MG), próximo à divisa de Minas Gerais com Goiás, ele foi levado para um Hospital de Itumbiara, a 142 quilômetros de Goiânia, onde recebeu os primeiros socorros e passou por cirurgia para reconstituição do baço.
Posteriormente, o cantor foi encaminhado para a capital goiana, onde seguiu internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) até ser transferido para a capital paulista, no dia 26 do mesmo mês. Ele teve alta do Hospital Sírio-Libanês no dia 9 de julho e retornou a Goiás. Agora, Pedro Leonardo deve finalizar o tratamento na capital goiana.

Fonte: G1/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Operação da polícia desarticula esquema de tráfico interestadual


Esquema de tráfico interestadual de drogas coordenado por uma organização com ramificações nos estados do Pará, Amazonas e Amapá foi desarticulado nesta terça-feira (16), durante operação integrada das polícias Civil e Militar, no município de Porto de Moz, na ilha do Marajó, no Pará.
De acordo com a polícia, o esquema tem ligação direta com traficantes de drogas peruanos. Após mais de um mês de investigações, a equipe policial apreendeu, em um barco, 4,3 quilos de "pedras de crack", droga derivada da cocaína. Um suspeito foi detido.
Segundo a polícia, o detido fazia constantes viagens para as cidades de Tabatinga e Manaus, no Amazonas; Gurupá, no Pará, e Santana, no Amapá. A rota do esquema de tráfico de drogas começava na cidade de Altamira, no sudoeste do Pará, com destino à Santana, no Amapá.
Quando foi preso, o suspeito embarcaria na cidade de Vitória do Xingu, próximo a Altamira, com destino ao Amapá. Assim que atracou no porto hidroviário, em Porto de Moz, a embarcação foi revistada.

Fonte: G1/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

'Repórteres Sem Fronteiras' emite nota sobre sumiço de jornalista no PR


'Ele não tem o hábito de sumir sem deixar vestígio', afirma irmã (Foto: Divulgação/Sindicato dos Jornalistas do Paraná)Anderson saiu da produtora onde trabalha e não foi mais
visto (Foto: Divulgação/Sindicato dos Jornalistas do Paraná)
A organização Repórteres Sem Fronteiras emitiu uma nota, nesta quarta-feira (17), sobre o desaparecimento do jornalista Anderson Leandro da Silva, dono de uma produtora de TV, em Curitiba. No dia 10, Anderson saiu do prédio da produtora para ir à Quatro Barras, na Região Metropolitana da capital e, desde então, não há qualquer indício de onde ele possa estar.
Na nota, a RSF oferece apoio à família do jornalista. Anderson era ligado a vários movimentos sindicais, a Igreja Católica e, em 2008, filmou o momento em que um policial militar atira contra um grupo de repórteres que cobriam uma reintegração de posse.

Para a organização, o desaparecimento do jornalista reacende o alerta para outros casos de mortes de repórteres que ainda não foram totalmente esclarecidas no Brasil. “Todos aqueles que defendem a liberdade de informação devem ficar atentos ao caso. Muitos jornalistas e blogueiros brasileiros foram tragicamente mortos nos últimos tempos. Desde o início do ano, cinco jornalistas foram assassinados. As autoridades devem manter os compromissos de combater a impunidade”, diz trecho da nota.
Passeata
A família de Anderson e o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná vão organizar uma passeata, no Centro de Curitiba, nesta quinta-feira (18), para pedir agilidade nas investigações. O grupo vai se reunir, a partir das 11h, na Praça Tiradentes e deve seguir até a Boca Maldita.
Na manifestação, que recebe o nome de “Cadê Anderson Leandro”, parentes de outras pessoas desaparecidas também devem comparecer.

Fonte: G1/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Corpo do repórter Linguarudo é sepultado em Santos


Thiago de Angelis, o repórter Linguarudo, entrevista Claudia Leitte para o programa "TV Fama" (02/2011)
O corpo de Thiago de Angelis, o repórter Linguarudo do “TV Fama”, da Rede TV!, foi sepultado na tarde desta quarta-feira (17), em uma cerimônia que começou às 15h no Cemitério da Areia Branca, em Santos, sua cidade natal.

A cerimônia foi conduzida por um padre da igreja messiânica. Thiago também foi homenageado pelos amigos, que lembraram histórias alegres do repórter.

O sepultamento foi acompanhado por uma equipe do programa "TV Fama". As apresentadoras Monica Arpor e Flávia Noronha estiveram no local para prestar suas últimas homenagens ao repórter.

Thiago morreu na terça-feira, vítima de um câncer raro nos ossos. O tumor foi diagnosticado em outubro de 2011 inicialmente no rim, quando o repórter foi afastado da atração.

Thiago estava internado no Hospital do Câncer A.C Camargo, em São Paulo, onde se tratava com quimioterapia. Apesar do tratamento, Thiago teve duas metástases que atingiram o pulmão e a coluna.

O velório do jornalista aconteceu no Salão Nobre da Beneficência Portuguesa de Santos.

Encontro com Hebe
Recentemente, Linguarudo comentou no Twitter que encontrou a apresentadora Hebe Camargo nos bastidores da Rede TV! e que se sentiu mais forte depois de falar com ela sobre sua doença.

“Encontrei com Hebe na TV e disse: 'Eu tenho um tumor'. Ela olhou nos meus olhos, sorriu e falou: 'Tumor? Ah, isso não é nada!'", escreveu o repórter em 1 de outubro, dois dias depois da morte de Hebe.

Também no microblog, o jogador de futebol Neymar lamentou a morte do repórter. "Hoje dedico meus gols ao Linguarudo. Falei com ele há 2 dias e prometi que faria um gol para ele. E hoje fiz 2. Descanse em paz", escreveu o atacante se referindo aos gols marcados na partida Brasil e Japão disputada nesta manhã.

Fonte: Portal Uol/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Comício de Pelegrino terá Dilma e telão na noite final de Avenida Brasil


A presidente Dilma Rousseff vai participar na noite de sexta-feira (19), em Salvador,  do primeiro comício no segundo turno das eleições municipais no país. O evento será ao lado do candidato Nelson Pelegrino (PT), no bairro de Cajazeiras, periferia da capital baiana, com previsão de começar às 19h.
A data do comício coincide com o último capítulo da novela Avenida Brasil, da Rede Globo. Segundo o coordenador político da campanha, o senador Walter Pinheiro (PT), um telão será instalado no local do evento, onde as pessoas poderão acompanhar o final da trama.
"Vai ter um telão lá porque isso já era previsto e faz parte do comício. Quando acabar, o público poderá assistir à programação da TV normal, inclusive a novela", afirmou ao G1 Walter Pinheiro, líder do PT no Senado.

Por meio da assessoria, a campanha local de Pelegrino informou na tarde desta quarta-feira (17) que não tem conhecimento sobre a instalação do telão porque o coordenador político da campanha e organizador do comício é o senador Walter Pinheiro.
"Eu considero uma boa ideia, uma ótima ideia para os nossos eleitores aproveitarem também a novela", comentou o candidato Pelegrino na noite de terça-feira (16) sobre a possibilidade da exibição ao vivo de Avenida Brasil.
O senador comentou que a coincidência não resultou em alteração no cronograma do partido. O horário escolhido para o comício, que deve terminar antes do início da novela, levou em consideração as agendas de Dilma e Pelegrino. "A gente precisava que fosse cedo por causa da presença da presidente. Ela não vai pernoitar em Salvador. Vem e volta no mesmo dia, por isso o horário", disse.
Walter Pinheiro adiantou que está programada para semana que vem a presença do ex-presidente Lula na próxima semana em Salvador. Lula esteve em Salvador durante a campanha do primeiro turno de Pelegrino.
Apoio da presidente
A presidente Dilma Rousseff participará de ao menos três comícios no segundo turno das eleições municipais deste ano. Ela subirá no palanque dos candidatos Nelson Pelegrino (Salvador), Fernando Haddad (São Paulo) e Vanessa Grazziotin (Manaus), segundo assessorias das campanhas dos candidatos.

No sábado, será a vez de Fernando Haddad (PT) receber a presença de Dilma em seu palanque. O candidato ficou em segundo lugar na disputa pela prefeitura de São Paulo e disputa o segundo turno contra José Serra (PSDB).
O vice-presidente da República, Michel Temer, confirmou nesta terça-feira (16) que ele, Dilma e Gabriel Chalita (PMDB) – que ficou em quarto lugar na disputa – participarão do comício. O PMDB apoia o PT em São Paulo.
Na segunda-feira (22), Dilma deverá ir a Manaus, onde participará de um comício ao lado de Vanessa Grazziotin (PCdoB), segundo assessoria da candidata. Ela disputa o segundo turno contra o tucano Arthur Virgílio e chegou a se reunir com a presidente na semana passada para acertar sua presença no comício.
A participação de Dilma nos comícios foi confirmada pelas assessorias dos candidatos, mas não pela Secretaria de Imprensa da Presidência, que informou que não trata de compromissos partidários da presidente.
No primeiro turno, Dilma participou de apenas dois comícios, sendo um de Fernando Haddad e outro de Patrus Ananias (PT), que disputou a prefeitura de Belo Horizonte com Márcio Lacerda, mas ficou em segundo lugar e não chegou ao segundo turno.

Fonte: G1/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Sonnen avisa Jones que "é tarde demais" para fugir; Griffin comemora por não enfrentar falastrão


Chael Sonnen deu início à temporada de provocações contra Jon Jones
Depois do anúncio de que irá enfrentar Jon Jones no próximo reality show The Ultimate Fighter, Chael Sonnen não perdeu tempo e, no mesmo dia, foi ao programa “UFC Tonight” na terça-feira à noite para abrir a temporada de provocações ao campeão dos meio-pesados, que só deverá acabar quando os dois lutarem em abril do ano que vem.

“Fiz tudo o que eu pude para alertar esse cara. Eu levantei um grande sinal que dizia: 'Hey Jon, eu estou voltando para a divisão, o que significa que você deve arrumar suas malas e sair dela’. Ele estava falando em mudar para os pesados, e era o que ele deveria ter feito. Ele esperou demais, e agora o homem chegou”, disparou Sonnen.

O “Gângster Americano” aproveitou para fazer uma previsão de como será trabalhar com os novos lutadores no reality show: “Haverá alguns tremendos jovens talentos. Eu vou pegar 50% deles e vou ensiná-los a lutar. A outra metade vai aprender como ser um pirralho egoísta com Jones. A boa notícia para esses 50% é que, quando tudo acabar, tenho certeza de que o técnico Jones vai dar uma festa dos infernos”.

Enquanto Sonnen começa a disparar sua metralhadora contra Jon Jones, o lutador que iria enfrentá-lo admitiu ter sentimentos mistos quanto ao cancelamento do combate. Forrest Griffin estava se preparando para enfrentar Chael e ficou sem luta depois do anúncio do próximo TUF, mas nem deu tanta importância.

“Na verdade, estou contente por não lutar contra ele agora, porque suas lutas são muito chatas e tediosas”, comentou Griffin. “Não o culpo por ter conseguido essa luta. Por que trabalhar para chegar até o topo, se você pode falar para chegar até o topo?”, ironizou.

As filmagens do 17º TUF começam no dia 29 de outubro em Las Vegas. A luta entre os técnicos Sonnen e Jones está marcada para o dia 27 de abril de 2013, ainda sem local definido. 

Fonte: Uol Esporte/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Jurídico do Vasco conversa com Juninho e adota silêncio até julgamento de sexta


Juninho entra em campo contra o Botafogo na quinta e aguarda julgamento no STJD
Estratégia estudada e defesa pronta para o julgamento da próxima sexta-feira no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva). Na tarde desta quarta-feira, o departamento jurídico do Vasco conversou com o meia Juninho sobre a infração de dois artigos do Código Mundial de Dopagem no jogo contra a Ponte Preta, dia 23 de setembro, em Campinas, e que pode acarretar em uma suspensão de dois anos. O camisa 8 explicou o ocorrido e os advogados mostraram-se tranquilos. No entanto, o silêncio será usado até o tribunal para que não comprometa a atuação em favor do capitão frente aos juízes.

Fernando Lamar, diretor jurídico do futebol cruzmaltino, foi o responsável pela conversa com o jogador antes do treino no Vasco-Recreio, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Juninho recordou o episódio e transpareceu um pouco de ansiedade com o processo que terá de enfrentar daqui a dois dias. O departamento jurídico também vai esperar o julgamento do lateral Juan, do Santos, na próxima quinta-feira, para acrescentar elementos na defesa caso seja necessário. O atleta do time paulista será julgado pelo mesmo motivo.

O Pernambucano não foi a campo nesta quarta-feira em razão de uma conjuntivite, mas está confirmado no clássico contra o Botafogo, quinta-feira, às 21h, no Engenhão, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. No clube, o objetivo da diretoria e comissão técnica é passar tranquilidade ao veterano durante o momento delicado.

Na partida contra a Ponte Preta, Juninho foi sorteado para fazer o antidoping e informado de que deveria se dirigir direto à sala de coleta, fato que não ocorreu. De acordo com a Coordenação Local de Controle de Dopagem, o atleta foi para o vestiário primeiro. Com isso, será julgado no STJD nos seguintes artigos do Código Mundial de Dopagem: 2.3 (recusar-se ou não apresentar uma justificativa válida a submeter-se a coleta de amostra após notificado de acordo com as regras antidoping) e 2.5 (adulteração ou tentativa de alteração de qualquer componente de controle).

Além da possibilidade de ser suspenso por dois anos, o camisa 8 também responderá ao artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva por “assumir qualquer conduta contrária à ética desportiva”, que prevê suspensão de até seis partidas. De acordo com Albino Pinto, médico que acompanhou a delegação na ocasião, a pressa de voltar ao Rio de Janeiro causou a confusão.

“Ele desceu e foi ao vestiário. Muitos jogadores fazem isso. Estávamos com pressa, pois a viagem de retorno ao Rio de Janeiro era logo em seguida. Esse foi o único motivo. Em alguns jogos fora de casa a coisa é complicada, trancam o vestiário do visitante cedo, as pessoas esquecem materiais, celulares... Ele foi pegar a bolsa dele de viagem e voltou. O médico que estava lá chamou a atenção, mas o Juninho logo se desculpou com ele. Tinham três médicos no estádio e acabaram indiciando-o. O Juninho fez o exame direitinho. Acho certo exagero. É um atleta que nunca teve qualquer problema na carreira. Acreditamos que no máximo será advertido por toda a sua história”, explicou ao UOL Esporte.

Fonte: Uol Esporte/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Corinthians leva calote de R$ 1 milhão de patrocinador e ameaça acionar a Justiça


Corinthians havia firmado acordo pontual com a Apito Promocional por 7 jogos
O Corinthians ainda não recebeu algumas parcelas do contrato de patrocínio firmado com a Apito Promocional. A empresa fechou acordo em agosto para exibir anúncio no uniforme por sete partidas do Brasileirão e pagaria R$ 1,5 milhão ao Corinthians. Mas a dívida é de pouco mais de R$ 1 milhão. O departamento jurídico do clube informou que acredita em um desfecho “amigável”, entretanto adiantou que levará o assunto à Justiça caso o valor pendente não seja quitado.

Irritado com a falta de pagamento das parcelas do patrocínio, o presidente do Corinthians, Mário Gobbi, ordenou que a propaganda da Apito Promocional fosse retirada do uniforme antes do prazo pré-estabelecido (o sexto jogo já não tinha o anúncio).

“O Corinthians aguarda posição da empresa, mas acreditamos que esse assunto será resolvido. A informação que nos foi passada foi a de que houve atraso (no pagamento) porque não eles não tiveram o retorno esperado com a promoção. Mas deve ser acertado isso em breve. Se não houver uma definição até o fim do ano, aí levaremos essa questão para a esfera judicial”, informou ao UOL Esporte o diretor jurídico do Corinthians, Luis Alberto Bussab.

A reportagem entrou em contato no fim da tarde de terça-feira com a Apito Promocional. A empresa informou que o assunto seria repassado à diretoria, havendo retorno nesta quarta-feira.

A Apito Promocional comercializa títulos de capitalização com foco direcionado ao Mundial de Clubes, oferecendo 120 viagens com ingressos para o Japão, além de 12 motos e 12 carros.

Patrocínio master

O Corinthians busca um patrocinador master desde o começo de abril deste ano. A ideia inicial era fechar contrato master para a camisa no valor de R$ 40 milhões, mas as negociações com interessados não avançaram.

Para minimizar a ausência de um investidor, o clube fechou patrocínios pontuais na campanha da Libertadores, faturando mais de R$ 7 milhões. A Iveco, por exemplo, pagou R$ 3,6 milhões para ter sua logomarca estampada nos três jogos das finais da competição.

O departamento de marketing do Corinthians diz ter como trunfo a participação do time no Mundial de Clubes, da Fifa. Para o torneio no Japão, será permitido apenas um patrocinador no uniforme. Essa restrição aumentará a concorrência e, consequentemente, tornará a camisa mais valiosa, sustenta o vice-presidente do clube, Luis Paulo Rosenberg.

Fonte: Uol Esporte/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Turquia bombardeia Síria em represália a outro ataque na fronteira


A artilharia turca bombardeou nesta quarta-feira (17) o território sírio em represália pelo lançamento por parte dos sírios de um projétil de obus que impactou a poucos metros da fronteira, já em solo turco.

Segundo informou em seu site o escritório do governador da província turca de Hatay, o projétil sírio caiu a três metros da fronteira e a cerca de 150 metros de um povoado de Hacipasa, sem causar vítimas nem danos materiais, mas incendiando o local onde caiu.

Seguindo as regras de entrada em combate, que preveem abrir fogo em direção ao ponto de onde partiu o disparo, as forças fronteiriças turcas efetuaram um bombardeio, detalhou o comunicado.

Nas últimas semanas, várias bombas caíram na mesma área de Hacipasa, na faixa oriental da província de Hatay, enquanto outros impactaram perto de Akçakale, na província de Sanliurfa, onde no dia 3 de outubro morreram cinco pessoas atingidas por um projétil similar.

Desde então, a Turquia deu a ordem para responder qualquer disparo que alcance seu território. Fontes do governo indicaram à Efe que esta tática conseguiu afastar os combates da fronteira.

Embora este seja o primeiro projétil em mais de uma semana, a tensão segue alta e na sexta-feira dois caças F-16 turcos se aproximaram da fronteira para intimidar um helicóptero sírio que supostamente bombardeava unidades rebeldes.

Fonte: Portal Uol/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Congresso do Uruguai aprova descriminalização do aborto


Mulheres nuas e com os corpos pintados realizam manifestação na frente do Parlamento uruguaio. (Foto: Matilde Campodonico / AP Photo)
O Senado do Uruguai deu nesta quarta-feira (17) a sanção definitiva à lei que descriminaliza o aborto durante as 12 primeiras semanas de gestação e sob algumas condições.
Com isso, o país se torna o segundo da América Latina a permitir o aborto, após Cuba. Em outros países latino-americanos, ele é permitido apenas em casos como o risco de vida para a mãe, a má-formação fetal ou de gravidez fruto de um estupro.

A legislação teve 17 de 31 votos. Ela foi apoiada pelos 16 parlamentares da governista Frente Ampla e pelo senador Jorge Saravia, atualmente no Partido Nacional, de oposição.
O projeto havia sido anteriormente aprovado pela Câmara dos Deputados, em 25 de setembro, com 50 votos a favor e 49 contra, após uma negociação dos governistas com o Partido Independente.
Agora, a lei precisa ser promulgada pelo presidente José Mujica. Ele já disse, em diversas ocasiões, que não vetará a iniciativa, como fez seu antecessor, Tabaré Vásquez, em 2008, alegando "princípios éticos".
O Parlamento uruguaio encerrou décadas de debates em torno de um tema que dividiu a sociedade, depois do fracasso de cerca de uma dúzia de projetos de legalização do aborto desde 1978.
Inspiração europeia
Inspirado na legislação de países europeus, o texto prevê a descriminação da interrupção da gravidez desde que a mulher manifeste o desejo de abortar diante de uma equipe de ao menos três profissionais, após estar ciente dos riscos, das alternativas e dos programas de apoio à maternidade e à adoção.
Após a entrevista, a candidata ao aborto deverá aguardar cinco dias para confirmar sua decisão e interromper a gravidez, sempre sob supervisão do Estado.

O processo é dispensado quando a gravidez implica risco grave para a saúde da mulher, quando há má-formação do feto incompatível com a vida fora do útero e quando ocorreu estupro.
Polêmica
O debate colocou em lados opostos quem defende o direito do embrião e as pessoas que consideram o projeto uma alternativa para a ineficácia da atual lei, vigente desde 1938, que pune com a prisão a mulher que fizer um aborto e quem colaborar com ela.

"Esta lei está alinhada com os consensos sociais atuais do Uruguai", afirmou o senador do FA, Luis Gallo, enfatizando que "a sociedade não considera que a mulher seja criminosa quando aborta".

Por serem realizados de forma clandestina, os abortos no Uruguai são difíceis de contabilizar, mas, segundo dados de organizações não-governamentais, neste país de 3,4 milhões de habitantes são registrados mais de 30 mil abortos por ano, diante de 47 mil nascimentos.

Na oposição, o senador Alfredo Solari, do Partido Colorado, considerou que "esta é uma solução ruim para um problema médico e social vivido pelo país", indicando que instaura um sistema complexo e complicado, pois a formação de equipes multidisciplinares será praticamente impossível em grande parte do interior do país.

Além dos debates pró e contra, o texto final aprovado também foi questionado por grupos como o "ProVida" e a Coordenação pelo Aborto Legal, que dizem que a lei não garante à mulher o direito de decidir livremente sobre seu corpo, e que não se trata do projeto original pelo qual lutaram há muitos anos.

Já a organização Médicos do Mundo considera que a lei é "um antecedente positivo" para o reconhecimento dos direitos das mulheres na região.

Fonte: G1/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Planeta similar à Terra é descoberto em sistema estelar próximo


Uma equipe de astrônomos europeus descobriu um planeta com uma massa pouco maior que a da Terra orbitando uma estrela no sistema Alfa Centauri, o mais próximo ao nosso, informou nesta quarta-feira (16) o Observatório Europeu do Sul (ESO, na sigla em inglês).




Trata-se ainda do exoplaneta mais leve descoberto até o momento ao redor de uma estrela similar ao Sol e foi detectado pelo instrumento Harps, instalado no telescópio de 3,6 metros situado no Observatório La Silla, no norte do Chile.

As observações de mais de quatro anos "revelaram um sinal minúsculo, mas real, de um planeta que orbita Alfa Centauri B a cada 3,2 dias", precisou Xavier Dumusque, do Observatório de Genebra, do Centro de Astrofísica da Universidade do Porto e autor principal do estudo.

"Este resultado representa um enorme passo rumo à detecção de um gêmeo da Terra na vizinhança imediata do Sol. Vivemos tempos emocionantes", ressaltou o cientista.

De acordo com Stéphane Udry, do Observatório de Genebra, este é o primeiro planeta com uma massa similar à da Terra descoberto ao redor de uma estrela parecida com o Sol. "Orbita muito perto de sua estrela e deve fazer calor demais para abrigar vida como a conhecemos, mas é possível que faça parte de um sistema no qual haja mais planetas", explicou.

Os astrônomos detectaram o planeta ao captar pequenos desvios na movimentação da estrela Alfa Centauri B, gerados pela atração gravitacional do planeta que a orbita. 

Alfa Centauri é uma das estrelas mais brilhantes dos céus austrais e o sistema estelar mais próximo do nosso Sistema Solar, a apenas 4,3 anos-luz de distância. É um sistema estelar triplo, com duas estrelas similares ao Sol - Alfa Centauri A e B -, orbitando próximas uma da outra, e uma estrela vermelha mais distante, conhecida como Próxima Centauri.

Fonte: Portal Uol/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

MPF faz denúncia contra coronel Carlos Ustra por sequestro


Em imagem de arquivo, coronel Ustra durante período no qual era responsável pelo Doi-Codi (Foto: Reprodução/TV Globo)Em imagem de arquivo, coronel Ustra durante
período no qual era responsável pelo Doi-Codi
(Foto: Reprodução/TV Globo)
O Ministério Público Federal (MPF) protocolou à Justiça Federal de São Paulo uma denúncia contra o o coronel da reserva Carlos Alberto Brilhante Ustra nesta quarta-feira (17). De acordo com o MPF, o coronel seria o responsável, ao lado do delegado aposentado Alcides Singillo e do delegado Carlos Alberto Augusto, ambos da Polícia Civil, pelo sequestro do corretor de valores Edgar de Aquino Duarte, em junho de 1971. Se processados e condenados, denunciados poderão receber penas de 2 a 8 anos de prisão.
Ustra foi o chefe do Doi-Codi, órgão de repressão política durante o regime militar, de 29 de setembro de 1970 e 23 de janeiro de 1974. Procurada pelo G1, a defesa de Ustra disse que sua posição é "idêntica aos casos anteriores". "Ele nega que tenha participado de qualquer ato de abuso de direito a essas pessoas", disse o advogado Paulo Alves Esteves. Segundo ele, o acusado sustenta que tudo o que tinha que explicar está dito na obra que escreveu, na qual que conta toda sua vida.
Na ação, o MPF indica que o corretor teria ficado preso ilegalmente "mediante sequestro
cometido no contexto de um ataque estatal sistemático e generalizado contra a população, tendo eles [os denunciados] pleno conhecimento das circunstâncias desse ataque". A vítima teria ficado, até meados de 1973, presa nas dependências do Destacamento de Operações Internas do II Exército (Doi-Codi) e depois no Departamento de Ordem Política e Social de São Paulo (Deops-SP), quando desapareceu.
Histórico
O fuzileiro naval Edgar de Aquino Duarte foi expulso das Forças Armadas logo após o golpe militar de 1964, acusado de oposição ao regime. Exilou-se no México e em Cuba, e voltou ao Brasil em 1968, quando passou a morar em São Paulo com o falso nome de Ivan Marques Lemos, e trabalhar como corretor da Bolsa de Valores. De acordo com o MPF, depoimentos assegurariam que ele não teria "envolvimento com qualquer tipo de resistência".
Duarte teria sido levado após se encontrar com um antigo colega da Marinha, José Anselmo dos Santos, o “Cabo Anselmo”, detido nove dias antes pelo delegado Carlos Alberto Augusto. Segundo a ação, o "sequestro da vítima foi testemunhado por dezenas de dissidentes políticos que se encontravam presos nas dependências do DOI-CODI-II Exército e do
DEOPS/SP."
Casos anteriores
O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) já havia negado, no dia 14 de agosto, recurso protocolado pelos advogados de Ustra e manteve decisão que aponta o ex-militar como responsável por  torturas ocorridas durante a ditadura militar. A decisão, da 1ª Câmara de Direito Privado do TJ-SP, confirma o teor de uma sentença anterior, que foi considerada inédita: em outubro de 2008, o juiz Gustavo Santini Teodoro, da 23ª Vara Cível central, julgou procedente o pedido dos autores de uma "ação declaratória" que buscava que a Justiça apontasse Ustra como responsável por crimes de tortura.

Na ocasião, o juiz reconheceu que César Augusto Teles, Maria Amélia de Almeida Teles e Criméia Alice Schmidt de Almeida, autores da ação, foram mesmo torturados. Na ação, os autores buscavam mostrar que havia “relação jurídica de responsabilidade civil, nascida de pratica de ato ilícito, gerador de danos morais”.
Logo após a decisão de outubro, o advogado de Ustra, Paulo Alves Esteves, entrou com recurso, com o objetivo de reformular a sentença. A decisão contrária ao pedido foi tomada por desembargadores do TJ-SP.
Ainda em 2006, quando um dos processos começou a ser julgado, Amélia já afirmava que a família não buscava indenização do Estado ou prisão. "É uma ação de efeito político, que vai trazer reconhecimento de que um coronel do Exército, na época major, era torturador", explicou Amélia na ocasião.
Comissão da Verdade
Esteves disse ao G1 que vai pedir um esclarecimento a respeito da decisão, que afrontaria a legislação especial que rege a Comissão da Verdade, criada para investigar e apontar casos de violências cometidas por agentes do estado no período do regime militar.
Segundo ele, como se trata de uma legislação especial, é a Comissão da Verdade que teria a incumbência de apontar se Ustra foi responsável ou não pelos atos de tortura, mesmo com sentença anterior. Independentemente disso, ele afirmou que irá recorrer da decisão.

Na visão da Justiça paulista, a ação declaratório foi aceita porque ela não é limitada pela Lei da Anistia. O ação foi analisada em um juizado cível, que trata da responsabilidade sobre atos e direito sobre bens. Na interpretação da Justiça, a Lei da Anistia impede apenas que ela seja julgada em um juizado criminal, que apura responsabilidade sobre crimes.
Ustra foi o chefe do Doi-Codi, órgão de repressão política durante o regime militar, de 29 de setembro de 1970 e 23 de janeiro de 1974. Em 1972, Maria Teles, o marido dela, Cesar Teles, e a irmã Crimeia foram presos e torturados no Doi-Codi. Os filhos do casal, Janaina de Almeida Teles e Edson Luis de Almeida Teles, à época, também ficaram em poder dos militares
De acordo com a sentença de 2008, ao ser apontado como o responsável pelas torturas, o “réu arcará com custas, despesas processuais e honorários dos advogados dos autores, fixados estes em R$ 10 mil.”
O juiz apontou em sua sentença que “a investigação, a acusação, o julgamento e a punição, mesmo quando o investigado ou acusado se entusiasme com ideias aparentemente conflitantes com os princípios subjacentes à promulgação da Declaração Universal dos Direitos Humanos, devem sempre seguir a lei. O agente do Estado não deve torturar, pois qualquer autorização nesse sentido só pode ser clandestina ou meramente ilegal”.
Ao recorrer da decisão, a defesa de Ustra, o advogado Paulo Alves Esteves, alegou, entre outras coisas, a prescrição dos crimes, a falta de sustentação legal para a acusação, incompetência por parte da Justiça Estadual para julgar a ação e que o seu cliente sofreu cerceamento de defesa.
O relator da apelação, desembargador Rui Cascaldi, argumentou que o Estado tem a obrigação de garantir a segurança e integridade física dos autores da ação e elogiou ainda a sentença de 1ª instância, considerando que as ações meramente declaratórias não prescrevem jamais. Também participaram do julgamento do recurso os desembargadores Carlos Augusto De Santi Ribeiro (revisor) e Hamilton Elliot Akel (3º juiz).

Fonte: G1/Cidade News Itaú
Leia Mais ››