Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

Loading ...

segunda-feira, outubro 22, 2012

Grave: SAMU estaria sendo usado para Tráfico, Transporte de Armas e Desvios de verbas, diz PF


A Polícia Federal está apurando denúncia de que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de João Pessoa está sendo utilizado para traficar armas e drogas, entre outras irregularidades, inclusive, desvio de verbas. Os denunciantes estão sendo alvos de ameaças por parte dos investigados que já foram afastados do serviço por parte da Prefeitura Municipal de João Pessoa.

A denúncia, que faz parte de matéria da Revista Época, foi feita pelo motorista do Samu, Valdemir Santos Evaristo, ao relatar que em 2011 foi convidado para participar do esquema criminoso que já está sendo investigado, desde agosto, deste ano, pelo delegado Felipe Alcântara, da Polícia Federal. Com medo das ameaças, revelou o motorista, passou a residir no interior de Pernambuco.

Na íntegra a matéria públicada pela Revista Época:

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) é a linha de frente da saúde pública desde 2003, quando suas ambulâncias começaram a ser distribuídas pelo país. Ainda hoje, a maioria das cidades não dispõe delas em número suficiente. Também são frequentes as denúncias de que elas estão em más condições ou sucateadas. O milhão de pessoas que vivem na região metropolitana de João Pessoa, na Paraíba, dispõe de apenas 16 ambulâncias. Lá, as denúncias envolvem crimes, e não apenas o mau estado dos veículos.

Desde o início de agosto, a Polícia Federal (PF) investiga um esquema de venda de plantões disseminado entre os funcionários do Samu da capital paraibana. Segundo as denúncias, eles fazem escalas mensais de dez plantões e recebem por 25. Uma pequena parte do dinheiro, o equivalente a cinco turnos, fica com o funcionário. O restante vai para seus chefes. “É desvio de verbas”, diz o delegado federal Felipe Alcântara, responsável pelo caso.

A apuração começou depois que um dos motoristas socorristas denunciou os crimes. Valdemir Santos Evaristo, de 34 anos, relatou que, no início de 2011, foi convidado a participar da quadrilha por seu então superior imediato, José Leonardo Alves, um ex-policial militar. No mesmo dia, Evaristo diz que foi procurado pelo coordenador administrativo do Samu de João Pessoa, Gilmore Lins. À PF, Evaristo declarou que Gilmore sugeriu que ele pedisse transferência para o Samu de outro município. Novamente, Evaristo não concordou. “Recusei, e minha vida virou o inferno”, diz. Em seguida, começou a receber ameaças. Em março, resolveu contar tudo o que sabia à secretária municipal de Saúde, Roseana Meira. Para provar que dizia a verdade, levou duas testemunhas, uma técnica de enfermagem e uma telefonista do Samu. Roseana ouviu e pediu provas materiais.

Dias depois, Evaristo voltou com documentos com evidências de que seus colegas haviam fraudado as escalas de plantão. Nessa conversa, deu mais detalhes da fraude e dos desmandos ocorridos no Samu. Segundo Evaristo, muitos chamados de socorro da população deixavam de ser atendidos porque as equipes estavam de plantão só no papel. Recebiam como se tivessem trabalhado, mas não estavam lá quando ocorriam as emergências. Outras vezes, os doentes deixavam de ser resgatados porque as ambulâncias eram usadas para fins particulares, como para levar os filhos dos funcionários à escola ou fazer compras.

Os delitos e irregularidades presenciados por Evaristo, pela técnica de enfermagem e pela telefonista não se restringiam ao superfaturamento de plantões. Eles relataram que as ambulâncias do Samu também eram usadas para traficar armas e drogas. “Isso era feito de noite e nos fins de semana. A gente via os carregamentos de pistolas e revólveres três ou quatro vezes por mês. Era tudo novinho. A droga era uma coisa mais escondida. No prazo de um ano, só vi oito ou dez vezes”, disse Evaristo a ÉPOCA. Segundo ele, os carregamentos incluíam tabletes de maconha, trouxas de cocaína e pedras de crack. Evaristo diz não saber que destino era dado às armas ou às drogas.

Depois que Evaristo e suas testemunhas fizeram o relato à secretária Roseana Meira, José Leonardo Alves e outros dois envolvidos foram afastados de suas funções. As punições não interromperam as ameaças. “Falei com a doutora Roseana pensando que recobraria minha vida, mas o que aconteceu foi o contrário”, afirma. De acordo com o relato de Evaristo, em junho, a casa dele foi invadida, e sua mulher agredida. Na central do Samu de João Pessoa, diz ele, um soldado dos Bombeiros tentou agredi-lo e jurou matá-lo. Acabou contido pelos colegas. Um colega de Samu entrou armado numa das bases das ambulâncias à procura de Evaristo, que não estava de plantão naquele momento. Ele diz que dias depois foi emboscado por dois homens numa motocicleta. O carona atirou em seu carro.

Apavorado, Evaristo resolveu se esconder no interior pernambucano. Achou que estaria mais protegido se sua história fosse pública e estivesse nas mãos das autoridades. Por isso, gravou dois vídeos em que relata os crimes que presenciou e as ameaças que sofreu. Os depoimentos foram colhidos pelo dono de uma produtora de um amigo de Evaristo. Deu cópias a um amigo, ao produtor e ficou com outra (assista ao vídeo ao lado). Em seguida, Evaristo seguiu a recomendação de um advogado e depôs à PF. A notícia crime registrada pelo delegado Felipe Alcântara é farta em detalhes sobre a venda de plantões. Traz o nome de José Leonardo Alves e de outros quatro acusados por Evaristo, além de quatro testemunhas. Além da técnica de enfermagem e da telefonista que o acompanharam no depoimento à secretária de Saúde, estão relacionados outro técnico de enfermagem e um sargento da Polícia Militar da Paraíba, ex-funcionário do Samu.

O delegado Alcântara considera a denúncia sobre o desvio de verbas públicas suficiente para embasar um inquérito. Para ele, as acusações sobre o superfaturamento de plantões foram consistentes o suficiente para que ele decidisse ouvir a secretária Roseana Meira. Alcântara não deu o mesmo tratamento às informações sobre tráfico de armas e de drogas. Segundo ele, Evaristo não apresentou provas materiais desses crimes nem indicou como elas poderiam ser obtidas.

Questionada sobre as denúncias, a prefeitura de João Pessoa levou 48 horas para se manifestar. Só o fez depois que as questões chegaram ao gabinete do prefeito, Luciano Agra (PSB). A Secretaria de Saúde deu respostas contraditórias às denúncias formuladas por Evaristo. Primeiro, afirmou em nota que aguarda o resultado das investigações da PF para decidir se abre um inquérito próprio para investigar o superfaturamento de plantões.

Depois, enviou outra comunicação afirmando que o processo interno está aberto. A secretária Roseana Meira evitou atender a reportagem de ÉPOCA em seu gabinete e em casa. Gilmore, que ofereceu transferência a Evaristo, disse desconhecer as fraudes nos plantões. Indagado sobre o afastamento de José Leonardo Alves, desligou o telefone.


O motorista Evaristo voltou a sua casa na região metropolitana de João Pessoa. Sua família não. A mulher e os dois filhos dele moram, agora, com parentes. Evaristo vive só e usa colete à prova de balas. Quando precisa sair, pede que amigos policiais o acompanhem fardados e armados. “Acho que vou morrer por causa disso. Quero entrar no programa de proteção a testemunhas”, diz.

Fonte: 190PB/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Polícia prende quadrilha de paulistas que assaltava bancos excursiones na PB, SE e PE e esbanjava luxo


Quadrilha presa em Sergipe
Sete pessoas foram presas em Aracaju, capital de Sergipe, por policiais do Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Militar da Paraíba. Todas são acusadas de pertencer a uma quadrilha interestadual de assalto a bancos. Policiais sergipanos também participaram da operação. De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança e Defesa Social do Estado (Seds), a quadrilha atuaria nos estados da Paraíba, Pernambuco e Sergipe. Segundo a Polícia, todos são oriundos de São Paulo e vieram ao Nordeste especialmente para cometer os crimes. Pelo menos cinco furtos foram realizados, causando um prejuízo de mais de R$ 1 milhão. Para a polícia de Sergipe, não há dúvida de que se trata de uma nova modalidade criminosa praticada por uma quadrilha de jovens criminosos especializados neste tipo de ação. Até o momento, a polícia já sabe que os integrantes dessa quadrilha gostam de esbanjar riqueza e gastar o dinheiro furtado em roupas, perfumes e viagens de luxo. “Eles vieram de São Paulo até Salvador de avião. No aeroporto de Salvador pegaram um táxi com destino a Aracaju”, disse Everton. Foram presos Odair José Moura, 22 anos; Raphael Margado Silva, 26; Bruno Rodrigues de Andrade, 18; Guilherme Miron da Silva, 19; Paulo Guilherme de Carvalho Neto, 23; Elizeu Cordeiro, 27; e Jhonatham da Silva Draije, 22. Parte da quadrilha foi presa em uma pousada do bairro Siqueira Campos, na capital sergipana, e outra parte em uma pousada no centro de Itabaiana, na região Agreste daquele estado. Em Sergipe, o Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope) começou a investigar a quadrilha há 15 dias, quando ela roubou R$ 70 mil do Banco do Brasil do município de Salgado. De acordo com o delegado Everton Santos, a Divisão de Inteligência Policial (Dipol) identificou que furtos semelhantes ocorreram na Paraíba e entrou em contato com a inteligência daquele Estado. O delegado paraibano Cristiano Jaques, que estava em Sergipe, disse que a Polícia Civil da Paraíba já estava investigando o grupo e que havia conseguido imagens da ação dos criminosos em dois bancos privados de João Pessoa. Com o aprofundamento das investigações, a polícia descobriu que eles agiriam na noite desta quinta-feira em um banco de Moita Bonita, no estado sergipano. “Eles excursiones já tinham isolado as portas da agência, mas como eles viram a movimentação de polícia o crime foi frustrado”, explicou Everton. Como a quadrilha agia Segundo a polícia, a quadrilha não age com violência e não utiliza armas. “Eles isolam a porta das agências antes que elas travem e durante a madrugada retornam para fazer a 'pescaria' dos caixas eletrônicos, com o aparelho que eles chamam de guincho. Eles estouram o parte plástica do cash e ali provocam um curto circuito no sistema dos caixas, que acabam liberando todo o dinheiro das gavetas”, explicou o delegado Everton Santos. O delegado Cristino Jaques ressaltou que esta tática de furto é uma novidade para a polícia nordestina. “Aqui o usual é o uso de explosivos e de outros métodos mais violentos”, destacou o delegado. Everton enalteceu o trabalho conjunto das polícias de Sergipe e da Paraíba. Para o delegado Jaques, a quadrilha acreditava que o Nordeste era uma região desprovida de segurança pública. Equipamentos do crime Utilizando um conhecimento técnico e com o auxílio de equipamentos artesanais e industriais, os criminosos conseguiam fazer um procedimento denominado pescaria, onde todas as cédulas das máquinas eram captadas com o mínimo de barulho. Conforme o coronel Maurício Iunes, comandante geral da Polícia Militar de Sergipe, o equipamento fundamental da quadrilha é um guincho industrial e um cabo de choque elétrico acoplado em uma máquina. A junção desses equipamentos possibilitam os criminosos remover todo o dinheiro. “O arrombamento era feito pela parte frontal da máquina, onde os danos eram mínimos. O barulho era quase nulo. Além disso, eles sempre agiam de madrugada, entre 2h e 4h da manhã”, enfatizou o coronel. Os paulistas permanecerão presos em Sergipe e equipes de Alagoas e Bahia farão o reconhecimento dos acusados. “Não acredito que eles tenham agido na Paraíba, Pernambuco e Sergipe e pulado os estados de Alagoas e Bahia. Creio que eles praticaram outros crimes no Nordeste”, enfatizou Everton. Material apreendido Foram apreendidos seis celulares, R$ 1.070 em dinheiro, fardas da empresa pública Sabesp, guincho de carro, material elétrico acoplado em uma espécie de controle para confundir o sistema dos caixas eletrônicos, dois amassadores de maconha. A estrutura utilizada nas prisões e apreensões contou com 50 policiais de Sergipe e da Paraíba.

Fonte: É Sertão/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Vendedor de redes foi morto a tiros na cidade de São Bento no sertão da Paraíba


O vendedor de redes Adriano, mais conhecido por ‘Bacurau’, foi assassinado por volta das 7h30min desta segunda-feira (22), em frente ao Cemitério Campo da Paz, no bairro Loteamento Portal, em São Bento, no Sertão Paraibano. 

Segundo a polícia, a vítima havia chegado de Goiânia, capital do estado de Goiás, no último domingo(21), e poucas horas depois, foi executada, com um disparo de espingarda calibre 20. 

A polícia revelou, também, que a autoria do crime é desconhecida. O corpo foi conduzido para o IML de Patos-PB, onde será feito o exame cadavérico. Leomarque Pereira - 

Fonte: É Sertão/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Homem tem pênis picado por cobra ao usar banheiro no interior do RN


Uma cobra da espécie jararaca picou o pênis de um pecuarista na zona rural de São José do Seridó, município a 227 quilômetros de Natal. Segundo o irmão da vítima, na tarde do domingo (21) o homem usou um banheiro desativado, e ao sentar no vaso sanitário foi surpreendido pela cobra.
Em seguida, chamou a família e pediu que o ajudassem a matar o animall. Mesmo sentindo dor, a vítima seguiu de moto até a unidade de saúde mais próxima, a maternidade Santa Costa.
Depois foi transferido para o hospital regional de Caicó, onde passou todo o domingo internado, recebendo hidratação.Nesta segunda-feira (22) o agricultor recebeu alta e passa bem.

Fonte: G1/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Penitenciária de Alcaçuz, no RN, é liberada e já recebe novos presos


Pavilhão Rogério Coutinho Madruga, em Alcaçuz (Foto: Ricardo Araújo/G1)


A Penitenciária Estadual de Alcaçuz, a maior unidade prisional do Rio Grande do Norte, foi liberada pela Justiça nesta segunda-feira (22) e já começou a receber novos detentos. Segundo o juiz da Vara de Execuções Penais Henrique Baltazar, corregedor geral da unidade e responsável pela medida, 29 presos já foram remanejados para o Pavilhão Rogério Coutinho Madruga, também chamado de Pavilhão 5.

A penitenciária de Alcaçuz foi parcialmente interditada no último dia 8 de agosto por apresentar problemas estruturais, principalmente no Pavilhão 5, cuja rede elétrica não atendia a demanda do prédio. Com a conclusão das obras e consequente liberação da unidade, oito presos foram transferidos do Centro de Detenção Provisória de Macaíba. Outros 21 internos - que já estavam encarcerados em outras alas da própria penitenciária – também passaram a ocupar as celas do Pavilhão Rogério Coutinho Madruga.
Segundo o juiz Henrique Baltazar, a ala deverá ter sua capacidade máxima ocupada até o final da semana. O Pavilhão 5 possui capacidade para 400 presos.

Fonte: G1/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Governo do RN executa menos de 2% dos R$ 755 mi destinados à seca


Seca assola 139 município do RN (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)Seca assola 144 município do RN
(Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)
O Governo do Rio Grande do Norte assegurou o repasse de aproximadamente R$ 755 milhões junto à União, para investir na infraestrutura de recursos hídricos do estado e combater os efeitos da pior estiagem dos últimos 30 anos. A monta, que inclusive supera o valor do Produto Interno Bruto (PIB) anual de cidades como Caicó, no Seridó potiguar, só teve 1,29% executado até o momento. Este percentual corresponde a R$ 13,8 milhões investidos na construção de adutoras e sistemas de abastecimento, recuperação e instalação de poços, dessalinizadores e barragens submersas. 

O prejuízo econômico estimado pela estiagem no estado supera os R$ 4,8 bilhões e já atinge 83% do rebanho bovino e 93% do rebanho caprino e ovino do Rio Grande do Norte. "Hoje a seca afeta mais de meio milhão de potiguares. As ações emergenciais são importantíssimas. Precisamos tirar desse momento ações e lições. Nossa terra é fértil se tiver água", destacou a governadora Rosalba Ciarlini. Como medidas de contenção da estiagem, o Governo do Estado anunciou, em coletiva de imprensa na manhã desta segunda-feira (22), uma série de medidas e investimentos que podem superar R$ 1 bilhão até 2013.
A governadora destacou que, com a conclusão das obras previstas no plano de enfrentamento da estiagem, o estado poderá ampliar a geração de empregos, renda e sustentabilidade das famílias camponesas. "Nosso estado tem mais de 90% da área territorial no semi-árido. Mesmo assim, com água, podemos crescer ainda mais", asseverou a chefe do Executivo Estadual. Além dos recursos já executados, mais R$ 391,5 milhões em obras estão em fase de execução. O Governo do Estado tem a conveniar outros R$ 134 milhões através do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC-Seca) para construção de sistemas de adutoras, cisternas e irrigação.

Rosalba Ciarlini, governadora do Rio Grande do Norte (Foto: Ricardo Araújo/G1)Rosalba anunciou investimentos contra a seca
(Foto: Ricardo Araújo/G1)
"Estou indo a Brasília ainda hoje (segunda-feira, 22) para viabilizar a construção da Barragem de Oiticica, cujo projeto está em análise", destacou Rosalba Ciarlini. O Rio Grande do Norte tem, em projetos sob análise federal, obras orçadas em R$ 446,2 milhões.
Como parte das medidas paliativas adotadas para reduzir os impactos da estiagem, o Estado iniciou o pagamento, em julho passado, do Seguro Safra. O valor do seguro é de R$ 680 por família, dividido em cinco parcelas de R$ 136. No estado, 31.604 famílias já recebem a ajuda financeira. O número de beneficiados, porém, ultrapassará os 37 mil quando todos os municípios potiguares cumprirem os trâmites burocráticos necessários à liberação dos recursos. Outras 43.030 famílias, não inscritas no Seguro Safra, recebem auxílio do Bolsa Estiagem desde julho. O valor pago é de R$ 400 divididos em cinco vezes iguais de R$ 80.

Betinho Rosado, secretário de Agricultura do Rio Grande do Norte (Foto: Ricardo Araújo/G1)Betinho Rosado acredita que rebanho deixará de
morrer com medidas anunciadas pelo Governo
(Foto: Ricardo Araújo/G1)
A Secretaria Estadual de Agricultura viabilizou a distribuição de 7.878 toneladas de forragem para o rebanho potiguar. A medida atende criadores com até 10 bovinos ou 35 caprino-ovinos, cadastrados na Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB), incluindo o Programa do Leite Potiguar. A compra da forragem pelo Estado foi orçada em R4 2,5 milhões. Além da forragem, 64 mil toneladas de milho foram adquiridas para o RN, até dezembro deste ano através da venda subsidiada. O Governo, inclusive, reabriu armazéns de Lajes, Umarizal e João Câmara para facilitar a distribuição aos produtores rurais.
Operação Carro Pipa (OCP)
Os municípios de Luís Gomes, Antônio Martins e João Dias são abastecidos com carros-pipa, com um custo mensal de R$ 170 mil pagos através da Companhia de Águas e Esgotos (Caern). A Defesa Civil Estadual, através da Secretaria de Justiça e Cidadania, está iniciando operação de abastecimento de água potável aos 52 municípios não atendidos pela OCP do Exército Brasileiro.

Fonte: G1/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Falha no freio pode ter causado acidente que deixou mortos no Rio



Peritos de Polícia Civil vão investigar se o ônibus que saiu da pista e caiu em uma ribanceira, deixando 11 mortos e pelo menos 19 feridos, na altura do km 102 da rodovia Rio-Teresópolis (BR-116), por volta de 14h30 desta segunda-feira (22), teria perdido o freio antes do acidente. A falha técnica é uma das hipóteses investigadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), que também trabalha com a possibilidade de o motorista, que também morreu, ter passado mal.

A linha de investigação da PRF é baseada em relatos de testemunhas, que viram o ônibus, da empresa Auto Viação 1001, descer a serra na contramão, com o alerta ligado. A técnica de enfermagem Sônia Tambara e o aposentado Sebastião Tambara seguiam para Teresópolis quando viram o ônibus descer a serra na contramão.
Sebastião diz que conseguiu desviar, mas o veículo colidiu na lateral do carro. O casal fez o retorno para ir atras do ônibus e tentar pará-lo, mas não achou mais o coletivo na estrada. "Descemos a serra até a delegacia e ao chegar lá fomos saber do acidente", contou Sônia. "A gente ia bater de frente. Descemos rezando o terço juntos", completou.

Ônibus que saiu de Itaperuna tomba na Rio-Teresópolis e deixa mortos (Foto: Domingos Peixoto / Agência O Globo)
Frente do ônibus destruiído entre as árvores
 (Foto: Domingos Peixoto / Agência O Globo)

Segundo peritos, o tacógrafo, que registra a velocidade do ônibus, marcava 80 km/h. A velocidade máxima permitida é de 60 km/h. A polícia também afirmou que não há marcas de freio. O onibus será levado para o pátio da empresa e lacrado ate a polícia ir ao local fazer uma perícia mais aprofundada.
A 1001 informou que faz inspeções constantes e manutenção nos ônibus e que vai investigar se o veículo acidentado havia sido inspecionado recentemente.

O ônibus saiu da cidade de Itaperuna, no Noroeste Fluminense do Rio, às 9h da manhã desta segunda-feira (22) com 29 pessoas, segundo a 1001. A assessoria disse ainda que, na hora do acidente, o número de passageiros poderia ser maior, já que o ônibus parou em outras cidades, como Miracema, Santo Antonio de Pádua, Pirapetinga e Além Paraíba. O destino do veículo era o Rio de Janeiro, com chegada prevista para 16h.
Segundo o Corpo de Bombeiros, pelo menos oito pessoas ficaram feridas. A CRT, companhia que administra a rodovia, informa que socorreu outros 11. Os corpos dos mortos serão levados para o Instituto Médico Legal (IML) do Rio, no Centro da cidade. Segundo a PRF, 10 vítimas morreram no local e apenas uma, a caminho do hospital.
Segundo os bombeiros, os oito feridos socorridos foram levados para o Hospital das Clínicas de Teresópolis (5 vítimas), o Hospital Adão Pereira Nunes, em Saracuruna, na Baixada Fluminense, (1 vítima) e o Hospital Municipal Miguel Couto (2 vítimas), na Gávea, Zona Sul do Rio.
De acordo com a CRT, os 11 feridos pela concessionária foram levados para o Hospital das Clínicas de Teresópolis, Hospital Adão Pereira Nunes e Hospital Municipal José Rabelo, em Guapimirim. Até 18h20, a empresa não havia informado quantos feridos haviam sido levados para cada unidade.
A Secretaria municipal de Saúde confirma a chegada de dois feridos no Miguel Couto, um homem e uma mulher. Ele é alemão, tem cerca de 50 anos e está em estado grave, com várias fraturas pelo corpo. Ainda não há informações sobre o estado da mulher.
Segundo a Concessionária Rio-Teresópolis, a via chegou a ficar interditada por 35 minutos, foi liberada.

Segundo a assessoria da BR-040, não há indícios de outro veículo envolvido no acidente (Foto: Reprodução / TV Globo)
Segundo a assessoria da BR-116, não há indícios de outro veículo
envolvido no acidente (Foto: Reprodução / TV Globo)

Fonte: G1/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Multidão tenta invadir delegacia onde suspeito de matar criança está detido



Uma multidão tentou invadir a delegacia da cidade de Uruana no domingo (21) depois que um homem foi preso suspeito de ter matado Gabrielly Caroline Dias Rocha, de 10 anos. A menina despareceu na manhã última quinta-feira (18), quando saiu de casa para doar um cachorro. De acordo com a polícia, o suspeito confessou o crime e afirmou em depoimento que o corpo da criança foi abandonado dentro de um saco plástico em uma mata à beira de uma estrada próxima ao município de Carmo do Rio Verde.
As buscas pelo corpo da menina continuam sendo feitas pela Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e até moradores. Cães farejadores estão sendo usados nesse trabalho. Uma tenda foi montada na casa da família para que parentes, amigos e vizinhos pudessem aguardar notícias.

Gabrielly Caroline, menina desaparecida em Uruana, Goiás (Foto: Arquivo pessoal)Gabrielly Caroline (Foto: Arquivo pessoal)
A avó da menina, Maria Rosa Dias Lourenço, de 60 anos, conversou com o G1 por telefone na manhã de sábado (20) e disse estar desesperada. "Não temos nenhuma notícia, nada. Só tenho ela e mais uma menina de neta e a Gabrielly foi criada comigo. Vinha todos os dias tomar café na minha casa", lembrou.

A garota foi vista pela última vez na porta da casa de uma amiga. Na sexta-feira (20), o delegado da cidade, Valdir dos Santos Dourado, informou que o pai desta colega está detido para averiguação. "Uma vizinha dele ouviu a menina gritar o nome da colega dela, filha do suspeito. Mas nesse horário a outra criança estava na escola", explicou o delegado. Uma das sandálias de Gabrielly foi encontrada no pátio da casa.

Fonte: G1/ Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Raio cai em propriedade rural e mata trinta bois, no sudoeste do Paraná


Árvore tinha sinais de ter sido atingida por raio, diz veterinário (Foto: Michelli Arenza/RPC TV)
Trinta bovinos de uma propriedade rural de Francisco Beltrão, no sudoeste do Paraná, morreram após a queda de um raio na manhã de domingo (21). Todos os animais estavam embaixo de uma árvore para se proteger da chuva. Segundo o Instituto Técnológico Simepar (Simepar), neste dia, choveu 15 milímetros e foram registrados seis raios entre as 9h e 10h. Os animais foram enterrados na tarde desta segunda-feira (22).

De acordo com o médico veterinário, fiscal agropecuário da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (ADAPAR), Marcos Santolin, foi constatado que foi um raio, pois a árvore estava com marcas e os bois apresentavam sinais de que tinham sido eletrocutados.

“No piquete tinha umas 50 cabeças de gado e, dessas, 30 morreram. As que estavam embaixo da árvore”, completou Santolin.
Segundo o veterinário, o dono dos bovinos ficou sabendo do ocorrido após um vizinho perceber que os animais estavam muito tempo deitados. “O vizinho percebeu que até o meio dia não haviam levantado e pediu para o dono ir lá. Foi quando perceberam que estavam todos mortos”, relatou.

Animais foram enterrados nesta segunda-feira (Foto: Michelli Arenza/RPC TV)

Fonte: G1/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Relator e mais quatro ministros condenam Dirceu e cúpula do PT por formação de quadrilha


Os ministros Luiz Fux, Gilmar Mendes, Marco Aurélio e Celso de Mello, acompanhando o relator Joaquim Barbosa, condenaram o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, o ex-presidente do PT José Genoino, o ex-tesoureiro do partido Delúbio Soares e réus dos núcleos financeiro e publicitário pelo crime de formação de quadrilha na sessão desta segunda-feira (22), no STF (Supremo Tribunal Federal). O revisor Ricardo Lewandowski, Rosa Weber, Cármen Lúcia e Dias Toffoli absolveram todos os réus. O placar está 5 a 4 pela condenação. Ainda falta votar o presidente do tribunal, ministro Ayres Britto, que pode decidir o veredito caso vote pela condenação ou empatar se decidir inocentar os réus. 

O publicitário Marcos Valério, seus ex-sócios Ramon Hollerbach e Cristiano Paz, sua ex-funcionária Simone Vasconcelos e seu advogado Rogério Tolentino, além de Kátia Rabello e José Roberto Salgado, ligados ao Banco Rural, foram condenados pelos ministros Fux, Mendes, Aurélio e Mello, além de Barbosa. Vinícius Samarane, também do banco, foi condenado pelo relator, Fux, Mendes e Mello, mas absolvido por Aurélio. 

Ao contrário dos demais nove ministros que já votaram, Marco Aurélio foi o único a votar pela condenação de Geiza Dias (ex-funcionária de Valério). Celso de Mello votou também pela absolvição Ayanna Tenório --ela foi a única ré absolvida por todos os ministros.

Fonte: Portal Uol/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

McLaren deve trocar motor Mercedes por Honda e reeditar parceria dos tempos de Senna


A McLaren de Ayrton Senna em 1991 era equipada com motor Honda
A McLaren usa motores Mercedes desde 1995, e desde então conquistou três títulos do Mundial de Pilotos e um de Construtores. Mas, a partir do ano que vem, a escuderia inglesa terá que pagar R$ 26 milhões para a fabricante alemã, que já conta com sua própria equipe no grid. Visando economizar e aproveitar a volta dos propulsores turbo prevista para 2014, o time de Woking poderá reeditar a parceria com a Honda, que fez sucesso nos tempos de Ayrton Senna.

A informação é do jornal inglês The Sun, que publicou a seguinte declaração de uma fonte da equipe: “Não há nenhuma chance de a McLaren continuar como cliente dos motores Mercedes”. Antes da montadora alemã lançar sua própria escuderia na Fórmula 1, o time inglês tinha a prioridade no fornecimento de motores.

Mas, com a taxa milionária que passará a ser cobrada no ano que vem, a McLaren já conversa com outros fabricantes, incluindo a Porsche. Mas as conversas mais avançadas são com a Honda, que saiu da categoria em 2008, mas já ajudou a equipe inglesa a conquistar quatro títulos entre 1988 e 1991, três deles com Ayrton Senna.

Diretor de desenvolvimento da Honda, Yoshiharu Yamamoto não descartou a volta da fabricante à Fórmula 1 quando a categoria promover a mudança de motores V8 para V6. No começo do mês, ele declarou: “Acompanho o regulamento, e se tivermos uma oportunidade, seria bom voltar”.

Como fornecedora de motores, a Honda tem cinco títulos de pilotos da Fórmula 1: três com Senna, um com Alain Prost em 1989 e outro com Nelson Piquet, pela Williams, em 1987. Como escuderia, nunca foi campeã. Após três temporadas mantendo sua própria equipe entre 2006 e 2008, a montadora japonesa decidiu encerrar suas atividades na categoria. Mas, em 2014, poderá estar de volta. 

Fonte: Uol Esporte/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Zizao faz 3 gols em treino do Corinthians e aguarda nova chance no Brasileirão


Atividade desta segunda-feira foi realizada em metade do campo do CT alvinegro
O chinês Zizão mostrou nesta segunda-feira que pode ter nova oportunidade no Corinthians no Brasileirão. Ele marcou três gols na atividade realizada no CT Joaquim Grava. O treino aconteceu em campo reduzido e contou com a presença dos principais titulares.

A disputa foi feita da seguinte forma: duas equipes treinavam em metade de um campo. O time que sofresse gol, saía, dando espaço para entrada de um terceiro time que aguardava ao lado do campo.

Zizao ajudou seu time a permanecer na atividade comandada por Tite.

“O Zizao tem evoluído. Aos poucos vai ganhar espaço no Corinthians”, comentou Paulinho.

A estreia do chinês pelo Corinthians neste Brasileirão foi breve. Ele atuou por apenas 10 min na derrota do time contra o Cruzeiro, 2 a 0, em Varginha.

No jogo seguinte, diante do Bahia, ele foi cortado da relação dos jogadores que ficaram no banco de reservas. Restam seis partidas partidas para o término do torneio. Tite avisou que pretende usar força máxima. Zizao, portanto, terá de vencer a concorrência com Jorge Henrique, Romarinho, Martínez, Guerrero e Chiquinho. Emerson Sheik está lesionado.

Fonte: Uol Esporte/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Protesto de torcida contra arbitragens pode gerar punição ao Atlético-MG; Fred na mira do STJD


Imagens do protesto da torcida atleticana serão analisadas pela Procuradoria do STJD

Apesar de o árbitro Jaílson Macedo Freitas não ter feito nenhuma referência na súmula aos protestos feitos por seus torcedores contra um possível benefício das arbitragens ao Fluminense e à CBF, o fato pode levar o Atlético-MG a julgamento pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva. O procurador geral do STJD, Paulo Schimitt, informou, nesta segunda-feira, que solicitou imagens de televisão do jogo em que o Atlético-MG venceu o Fluminense, por 3 a 2, no domingo, no Independência. Ele vai avaliar também o lance envolvendo o atacante Fred e o lateral esquerdo Júnior César.

O protesto, que se iniciou antes da partida, teve faixas, cartazes e torcedores com nariz de palhaço. Além disso, quando os times entraram em campo, torcedores fizeram um mosaico, em que se podia ler a sigla CBF, nas cores do Fluminense. “Vou analisar as imagens, ainda não analisei, mas pode haver julgamento, se as mensagens apresentadas tiverem cunho ofensivo a alguém ou alguma instituição, como prevê no código brasileiro e ai o time pode ser multado pelo Tribunal”, afirmou Paulo Schimitt ao UOL Esporte.

Torcedores compraram narizes de palhaço para utilizarem no estádio Independência e levaram cartazes protestando contra a CBF e também o Fluminense. Mesmo diante da resistência da Polícia MIlitar de Minas Gerais, muitos atleticanos conseguiram entrar no estádio.

Antes do apito inicial, a principal torcida organizada do clube, Galoucura fez um mosaico escrito CBF de cabeça para baixo, com as cores do Fluminense, o verde e vermelho. As manifestações de desagrado aumentaram quando o árbitro Jaílson Macedo Freitas anulou o gol de Ronaldinho Gaúcho, no primeiro tempo, assinalando falta do zagueiro Leonardo Silva na barreira. Gritos de “vergonha” entoaram no Independência, por muitos minutos.

O diretor jurídico do Atlético-MG, Lázaro Cândido Cunha, disse que o clube não foi informado oficialmente da medida adotada pela Procuradoria Geral do STJD. “O Atlético-MG só irá se pronunciar quando for oficial”, destacou o advogado atleticano.

O árbitro Jaílson Macedo Freitas não notificou na súmula da partida qualquer tipo de incidente com o torcedor e jogadores e não comentou sobre os protestos. Segundo o árbitro, o comportamento dos atletas foi bom, com exceção aos advertidos. Seis atletas, quatro do Fluminense e dois do Atlético-MG, levaram amarelo.

Além dos protestos de torcedores, o lance envolvendo Fred e Júnior César, no final da partida, também está na mira de Paulo Schimitt, que confirmou que examinará essas imagens, para verificar se o atacante tricolor  deu empurrão em Júnior César. Jaílson Macedo Freitas deu amarelo apenas para Júnior César, não advertindo a Fred, que já havia recebido um cartão amarelo. Dessa forma, o jogador do Fluminense também corre risco de ser denunciado ao STJD. O jogador atleticano também poderá ser denunciado.

Fonte: Uol Esporte/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Exército do Líbano se mobiliza em bairros sunitas de Beirute



O Exército do Líbano se mobilizou nesta segunda-feira (22) nos bairros sunitas da capital, Beirute, onde enfrentou homens armados, e o líder da oposição, Saad Hariri, mostrou-se decidido a derrubar o governo de seu rival Najib Mikati.
Em um comunicado, o Exército manifestou sua determinação de 'restabelecer a segurança e preservar a paz civil' no país, e indicou que matou o palestino Ahmad Quaider (de 20 anos), que disparou contra uma patrulha no sudoeste da capital.

Os soldados se mobilizaram em Tariq al-Jdidé e nos bairros vizinhos, redutos dos partidários de Saad Hariri, e todas as avenidas foram abertas na capital
Durante a manhã, os soldados foram alvo de disparos de homens armados quando tentavam reabrir a estrada que conduz a Tariq al-Jdidé. O Exército respondeu com tiros, constatou um jornalista da AFP.

Integrante do Hezbollah se posiciona em telhado de prédio em bairro xiita de Beirute, capital do Líbano, nesta segunda-feira (22) (Foto: AP)
Integrante do Hezbollah se posiciona em telhado de prédio em bairro xiita de Beirute,
capital do Líbano, nesta segunda-feira (22) (Foto: AP)

'O Exército tomará medidas enérgicas, sobretudo nas regiões onde há confrontos sectários, para impedir que o Líbano se transforme novamente em um campo de batalha para solucionar disputas regionais', advertiu o Exército.
Temendo uma situação de caos, os embaixadores dos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU pediram 'união nacional'.
O Líbano é um país multiconfessional onde cristãos, sunitas e xiitas representam cada qual um terço da população. Se a maioria dos sunitas é hostil ao regime sírio de Bashar al-Assad, pelo contrário, a maioria dos xiitas o apoia. A comunidade cristã está dividida.
Por sua vez, o Exército pediu que os dirigentes políticos libaneses 'sejam ponderados na expressão de suas posições e de suas ideias (...), já que o destino do país está em jogo'.
No domingo, o funeral de um dos chefes da segurança libanesa, um sunita próximo a Saad Hariri e inimigo jurado do governo sírio, se transformou em manifestação violenta contra o primeiro-ministro Mikati, depois que um dirigente da corrente de Hariri pronunciou um discurso inflamado, acusando-o de encobrir este crime.
Embora o chefe de governo e vários ministros sejam sunitas, o atual gabinete é dominado por aliados do xiita Hezbollah, movimento armado próximo à Síria e ao Irã.
Durante a noite, o Exército havia perseguido homens armados em Tariq al-Jdidé, no oeste de Beirute, onde foram ouvidas rajadas de armas automáticas e explosões de foguetes antitanques, segundo uma fonte da segurança.
De acordo com uma fonte oficial, seis pessoas ficaram feridas, entre elas um sírio e um palestino.
Em Trípoli, no norte do país, uma mulher alauita e quatro jovens sunitas morreram nesta segunda-feira, e outras onze pessoas ficaram feridas em confrontos entre um bairro de maioria aluita, a confissão do clã Assad, e outro sunita, segundo fontes da segurança. No domingo, os tiroteios deixaram 3 mortos e 26 feridos.
Na noite de domingo, Saad Hariri manifestou sua determinação em 'derrubar o governo de forma pacífica e democrática', criticando o apoio dos países ocidentais a Mikati.
'Não somos obrigados a seguir os conselhos daqueles que pensam que convém ao Líbano' manter o governo atual. 'O interesse do Líbano é a queda do governo', ressaltou.
Unidade nacional
Os embaixadores no Líbano dos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança e Derek Plumby, coordenador-especial da ONU no Líbano, manifestaram seu compromisso com a estabilidade do país.
Em um comunicado lido depois de um encontro com o presidente Michel Sleimane, convocaram 'todas as partes no Líbano a preservar a unidade nacional'.
'É vital que as instituições e a ação governamental sejam mantidas para assegurar a estabilidade, a segurança e a justiça no Líbano', destacaram.
Para Ghassan al-Azzi, professor de Ciência Política na Universidade Libanesa, 'Saad Hariri e seus partidários concentram seus ataques contra Najib Mikati, já que é um rival político para o cargo de primeiro-ministro, e evitam atacar frontalmente o Hezbollah, já que isto se transformaria diretamente em um confronto entre sunitas e xiitas'.
'Atacar diretamente o Hezbollah significa, sem sombra de dúvidas, estar claramente a favor da guerra civil', advertiu.

Fonte: G1/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Afegão é preso suspeito de matar a facadas esposa que trabalhava fora


Um afegão assassinou sua esposa a facadas pelo simples fato de a mulher trabalhar fora, em Herat, capital da província de mesmo nome no oeste do Afeganistão, informou nesta segunda-feira (22) uma fonte policial.
'Kulsoom, que utilizava apenas um nome, foi esfaqueada oito vezes por seu marido na sexta-feira porque trabalhava' fora, disse à AFP Noor Khan Nekzad, porta-voz do chefe de polícia da Província de Herat.
'Já prendemos o assassino, Abdul Rahim, seu marido', destacou Nekzad.

Fonte: G1/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Explosão em prisão mata 3 e fere 14 na África do Sul


Funcionários da cadeia Neville Malila aguardam notícias após incidente nesta segunda-feira (22) (Foto: AFP)
Pelo menos três detentos morreram e outros 14 ficaram feridos na explosão de um ônibus de transporte de presos junto a uma prisão de Johannesburgo, informou a polícia, que suspeita de tentativa de fuga.
'Há três mortos e 14 feridos' entre os detentos, declarou o porta-voz da polícia Neville Malila, confirmando informações da agência Eyewitness News.
Dois detentos morreram no momento da explosão e o terceiro no hospital, disse Malila, acrescentando que um preso foi baleado quando tentava escapar.
No momento da explosão havia 36 detentos no ônibus, que voltada de um tribunal de Johannesburgo.

A parte de trás do veículo explodiu quando o ônibus estava parado em um sinal de trânsito, 'dois detentos tentaram fugir e um foi baleado', contou Malila. 'Pelo momento, temos a impressão de que o principal objetivo era permitir uma tentativa de fuga'.

Fonte: G1/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Choque de pequenos aviões no ar mata 2 na Holanda


Equipes observam destroços de um de dois aviões de pequeno porte que se chocaram no ar nesta segunda-feira (22) em Dronten, na Holanda. O acidente matou duas pessoas e deixou dois feridos, segundo a imprensa local (Foto: AFP)

Equipes observam destroços de um de dois aviões de pequeno porte que se chocaram no ar nesta segunda-feira (22) em Dronten, na Holanda. O acidente matou duas pessoas e deixou dois feridos, segundo a imprensa local

Fonte: G1/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

DENARC PRENDE QUATRO PESSOAS COM DROGAS E PISTOLA NO BAIRRO CARNAUBAL EM MOSSORÓ.


  Agentes civis da Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC) de Mossoró sob o comando do Delegado Dr. Denys Carvalho prenderam quatro pessoa por volta das 16h desta segunda feira, 22 de Outubro de 2012, em uma residência onde foi localizado várias pedras de crack e uma pistola.
  O Delegado vinha investigando a residência localizada na Rua João Damásio, no bairro Carnaubal, após várias denúncias. No local foram apreendidas quatro pessoas, sendo uma mulher e três homens, uma pistola calibre 380 com cinco munições intactas no pente, 68 pedras de crack, R$23,00 em dinheiro fracionado e alguns sacos para a embalagem da droga.
  O elemento conhecido como Matheus que já responde a um crime de homicídio foi preso na residência e irá responder por tráfico de drogas e associação ao tráfico.
  A outra pessoa a responder por tráfico de drogas será o jovem Ridson, 18 anos de idade, que assumiu a posse da pistola. Os outros envolvidos irão responder por associação ao tráfico.
 Todos foram encaminhados a Delegacia da DENARC para serem feitos os procedimentos e aguardará decisão da justiça.

BLOG PASSANDO NA HORA

BLOG PASSANDO NA HORA

BLOG PASSANDO NA HORA

BLOG PASSANDO NA HORA

BLOG PASSANDO NA HORA


Fonte: Passando na Hora/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

ROCAM APREENDE MOTO COM MOTOR ADULTERADO EM MOSSORÓ.


 Policiais da ROCAM-6 apreenderam na tarde desta segunda feira, 22 de Outubro de 2012, por volta das 16h20min na Rua Rodrigues Alves, próximo ao Portal do Saber no bairro Abolição I, uma moto Trax de cor azul com motor adulterado.
  Os PMs das motos ROCAM realizava um patrulhamento na região quando o homem que se encontrava na moto empreendeu fuga em alta velocidade. Os militares realizaram a abordagem e constataram que a motocicleta estava com o motor adulterado com peças de um motor de uma moto Biz, podendo alcançar uma velocidade de 90 km/h.
 A Rádio Patrulha 225 foi em apoio e conduziu a Trax para a DEFUR para serem realizados os procedimentos e o proprietário pode até ser atuado no artigo de falsificação ideológica e adulteração.


BLOG PASSANDO NA HORA

BLOG PASSANDO NA HORA

BLOG PASSANDO NA HORA

BLOG PASSANDO NA HORA

BLOG PASSANDO NA HORA

BLOG PASSANDO NA HORA

Fonte: Passando na Hora/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Homem é preso após espancar o próprio filho de 06 anos em Jucurutu


Na tarde deste domingo, 21, por voltas das 16h30 min. a Polícia Militar de Jucurutu foi acionada para atender uma ocorrência de violência contra menor. Chegando ao local, Sítio Pedra do Navio, os Policiais se depararam com uma criança de apenas seis anos de idade, com várias marcas de violência pelo corpo, marcas essas que, segundo as informações, teriam sido provocadas pelo seu próprio pai, de nome JOSÉ WILSON FLORENÇO DA FONSECA, 28 ANOS, que teria agredido a criança com um mato conhecido por “espada de são jorge”.
Após constatar o fato, os Policiais Militares saíram em diligência na tentativa de prender o agressor, que  foi encontrado na BR 226, entre Jucurutu e Triunfo Potiguar, tentando pegar uma carona para fugir. José Wilson recebeu voz de prisão e foi levado para Caicó, onde foi entregue à Polícia Civil que fez a lavratura do flagrante. A criança, que ficou com várias marcas pelo corpo, foi levada para o ITEP, também em Caicó, onde foi feito o exame de Corpo de Delito.
Não poderíamos deixar de elogiar a Guarnição da Polícia Militar de Jucurutu, composta pelos Soldados Gutemberg, Fábio e Vilani, que, de imediato, fez a prisão do agressor. Esses Policiais vêm mostrando um excelente trabalho, demonstrando sempre honrar a sua Profissão. Foram esses mesmos Policiais que, há alguns dias, fizeram a prisão de dois agressores que tentaram matar um homem sobre a ponte de Jucurutu.


Fonte: PM Currais Novos/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Prejuízos da seca já chegam a R$ 5 bilhões no RN; governo anuncia ações


 (Eduardo Maia/Arquivo DN/D.A.Press)
A governadora Rosalba Ciarlini apresentou na manhã desta segunda-feira (22) as ações em execução e as futuras iniciativas para atender as 142 cidades do Rio Grande do Norte que estão em estado de emergência em decorrência da estiagem. Na ocasião, a Governadora falou como a seca vem prejudicando a economia do Rio Grande do Norte. “No início do ano tínhamos a previsão que iríamos ter um ano normal, porém, em março, fomos pegos de surpresa pela estiagem. Já em abril, estivemos reunidos com a presidenta Dilma para fazermos o possível para resolver esse problema. A seca já atingiu no Estado 83% do rebanho bovino e 92% do rebanho caprino e ovino. O prejuízo já chega a R$ 5 bilhões”, explicou Rosalba Ciarlini.

Os representantes do Comitê Estadual de Combate aos Efeitos da Seca, apresentaram as ações emergenciais que já foram realizadas para superar a estiagem. Entre elas: o Seguro Garantia Safra, que em parceria com o Governo Federal está atendendo atualmente 113 municípios do RN, com um total de 37.138 famílias, no qual o valor pago a cada família é de R$ 680 dividido em cinco vezes de R$ 136; a Bolsa Estiagem, que desde julho conta com 43.030 famílias beneficiadas, que estão recebendo o valor R$ 400 divididos em cinco vezes de R$ 80; a distribuição de 7.878 toneladas de forragem para rebanho; o programa de venda de milho em Balcão, realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB), onde serão repassados, até dezembro, 64 mil toneladas de milho para o Rio Grande do Norte; e a Operação Carro-Pipa, que está atendendo 89 municípios, num total de 193.902 pessoas.

Combate

O Coordenador Estadual de Defesa Civil, Ten. Cel. BM Josenildo Acioli, falou sobre a atuação de sua equipe no combate à seca. “Já visitamos 130 municípios e fizemos relatórios do que essas cidades estão precisando para conviver com a estiagem. O nosso trabalho é de prevenção, mitigação, preparação, resposta e recuperação”, explicou o Cel. BM Acioli.  

O secretário de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Gilberto Jales, apresentou as ações estruturantes, como a instalação/recuperação de 72 poços; a recuperação de nove dessalinizadores; a construção de cisternas; implantação de 535 barragens subterrâneas; recuperação de 12 barragens rompidas; implantação de adutoras etc. 

Nas ações futuras se encontram o PAC SECA, que já tem R$ 120 milhões autorizados pelo Governo Federal para ser utilizado na Adutora Umari-Campo Grande e na Adutora Pendências-Macau-Guamaré; o Programa Água Doce, com a instalação de 64 dessalinizadores; o Programa Água Para Todos, com a implantação de 96 barreiros e 192 sistemas simplificados de abastecimento de água; e a ampliação do Garantia Safra, para a safra 2012-2013, com o objetivo de beneficiar 52 mil agricultores. 

Para finalizar, a governadora Rosalba Ciarlini explicou que, com o trabalho de todos que fazem parte do Comitê, o Rio Grande do Norte conseguirá superar a situação atual.  “Precisamos colocar no nosso estado toda a estrutura necessária para convivermos com este momento. E com a união de todos com certeza conseguiremos”, concluiu a Governadora. 

Ainda estiveram presentes na coletiva os secretários de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca, Betinho Rosado; do Trabalho e da Assistência Social, Luiz Eduardo Carneiro; o Secretário-Chefe do Gabinete Civil, Anselmo Carvalho; e demais integrantes do grupo de acompanhamento das ações de combate aos efeitos da estiagem.

Fonte: DN Online/Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Anatel aplica multas de R$ 13,6 milhões a Embratel, Oi e CTBC


O conselho diretor da Anatel aplicou multa no valor de R$ 8,3 milhões a Embratel por descumprimento a itens do Plano Geral de Metas de Qualidade (PGMQ), como não complementação de chamas, atendimento a reparos em prazo superior ao estabelecido e erros na cobrança do serviço. A agência negou o recurso administrativo apresentado pela operadora, mas ainda é possível recorrer administrativamente da decisão.

O conselho diretor da Anatel aprovou também multa de R$ 4,4 milhões a Oi por não instalação de telefone público em localidades mineiras com mais de 100 habitantes. A agência não aceitou o argumento da prestadora de atribuir a ela a análise do perfil populacional das áreas em que atua, uma vez que o PGMU vincula as concessionárias o dever de acompanhar periodicamente os perfis populacionais de cada localidade situada dentro de sua área de concessão. A pena foi agravada em 5% em função de antecedentes da operadora. Não cabe mais recurso administrativo à decisão.

Foi aprovada ainda sanção a CTBC, no valor de R$ 996 mil, por conduta omissiva e negligente da operadora, que não teria tomado os devidos cuidados e possibilitou habilitações fraudulentas de terminais telefônicos, referentes a três usuários, cujas reclamações foram consideradas procedentes pelo call center da Anatel. E também por não rescisão do contrato pedido, no prazo de 24 horas, prejudicando a 1962 usuários.

A CTBC chegou a pedir a prescrição do processo, aberto em 2004, mas foi negado pelo relator da matéria, conselheiro Jarbas Valente, que afirmou que o processo sofreu andamento no período. A concessionária ainda pode recorrer administrativamente da decisão.

Fonte: DN Online/Cidade News Itaú
Leia Mais ››