Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

Loading ...

segunda-feira, setembro 30, 2013

Atleta de handebol do São Caetano morre de infarto aos 24 anos


O jogador de handebol do São Caetano, Lucas de Souza, morreu nesta segunda-feira após sofrer um infarto fulminante. A notícia foi confirmada pelo site oficial do clube. São, como era conhecido, era armador e capitão do time.

Segundo seus perfis nas redes sociais, o atleta é natural de São Caetano e torcedor fanático do Palmeiras. No São Caetano, ele disputava o Super Paulistão 2013, competição na qual o time é o quinto colocado com 18 pontos em 11 jogos.

A Federação Paulista de Handebol divulgou uma nota lamentando o falecimento de Lucas. "Vamos sentir sua falta, moleque. Como vamos. Nós que convivemos com você desde que era criança, vamos senti-la todos e a cada um dos dias que forem passando sem uma nova mensagem sua, sempre inteligente, sempre bem articulada. Sempre motivada pela busca do melhor nas coisas e nas pessoas", diz o comunicado.

Além do São Caetano, Lucas defendia a Fefisa (Faculdades Integradas Santo André) em campeonatos universitários. Segundo alguns companheiros, o jogador levava uma vida saudável, não fumava e nem bebia. 



Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

ACIDENTE DE TRANSITO NA RN 406 MATA CANTOR NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

Um grave acidente aconteceu por volta das 12:00 de hoje (30) de setembro de 2013 na RN-406 próximo a cidade de Afonso Bezerra. De acordo com as primeiras informações, Francisco Diassis Ribeiro de Lima, 40 anos de idade, mas conhecido por Laertte Lima, cantor natural da cidade de João Câmara, que residia na rua Senador Nilton Campos, bairro Santo Amaro em São Paulo, seguia de Natal para Afonso Bezerra, quando perdeu o controle do veiculo em uma curva vindo a capotar tendo morte no local. O veiculo que Laertte conduzia era um palio branco com placas FEV 3109 de São Paulo. O cantor norte rio grandense foi arremessado para fora do veículo vindo a óbito no local do acidente. policiais do NORE de Assu estiveram no local aguardando os peritos do itep que removeram o corpo para a sede do orgão em Natal. 



Reprodução Cidade News Itaú via Focoelho
Leia Mais ››

Atleta de handebol do São Caetano morre de infarto aos 24 anos


O jogador de handebol do São Caetano, Lucas de Souza, morreu nesta segunda-feira após sofrer um infarto fulminante. A notícia foi confirmada pelo site oficial do clube. São, como era conhecido, era armador e capitão do time.

Segundo seus perfis nas redes sociais, o atleta é natural de São Caetano e torcedor fanático do Palmeiras. No São Caetano, ele disputava o Super Paulistão 2013, competição na qual o time é o quinto colocado com 18 pontos em 11 jogos.

A Federação Paulista de Handebol divulgou uma nota lamentando o falecimento de Lucas. "Vamos sentir sua falta, moleque. Como vamos. Nós que convivemos com você desde que era criança, vamos senti-la todos e a cada um dos dias que forem passando sem uma nova mensagem sua, sempre inteligente, sempre bem articulada. Sempre motivada pela busca do melhor nas coisas e nas pessoas", diz o comunicado.

Além do São Caetano, Lucas defendia a Fefisa (Faculdades Integradas Santo André) em campeonatos universitários. Segundo alguns companheiros, o jogador levava uma vida saudável, não fumava e nem bebia. 



Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Balão fez Airbus perder sensor no RJ como em queda do AF447, diz Cenipa

relatório Pitot cenipa (Foto: Cenipa/reprodução)

Relatório do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), divulgado nesta segunda-feira (30), aponta que um banner de plástico fixado em um balão de ar provocou a interrupção de três pitots (sensores de velocidade) de um Airbus da TAM no Rio de Janeiro, em 2011, quase provocando um acidente semelhante ao do AF 447.
Em 1º de julho de 2009, um Airbus da Air France que fazia o trajeto Rio-Paris perdeu as informações de velocidade após o congelamento das sondas pitot e caiu no Oceano Atlântico, deixando 228 mortos. Em junho de 2012, o G1 divulgou com exclusividade o resultado da investigação do BEA (Escritório de Investigações e Análises), da França, que apontou que o pilotos não receberam treinamento suficiente e não compreenderam que estavam sem indicadores de velocidade confiáveis, fazendo com que a aeronave perdesse sustentação e caísse no mar.
Segundo o Cenipa, o caso no Brasil ocorreu dia 17 de junho de 2011 com o voo JJ-3756, que partiu do Aeroporto Santos Dumont às 8h54 com destino a Confins, em Belo Horizonte. A aeronave, que levava 95 passageiros e seis tripulantes, chocou-se com o balão seis minutos após a decolagem, a cerca de 10 mil pés de altitude (mais de 3 mil metros).
Apesar das semelhanças entre os episódios, o caso do AF 447 não é citado no relatório de investigação. O BEA, no entanto, acompanhou as apurações do novo caso.

A investigação da Aeronáutica apontou o balão como o principal fator que contribuiu para o incidente. O piloto e o copiloto da aeronave de prefixo PT-MZC não adotaram as atitudes devidas, desconsideraram os alarmes e também não avisaram os órgãos responsáveis pelo controle aéreo que estavam sem indicadores de velocidade confiáveis, diz o relatório.
A FAB constatou ainda que, mesmo após o acidente da Air France, a TAM não tinha em seu programa de operações treinamento para os pilotos entenderem o que estava acontecendo com o avião quando há perda de informações confiáveis de velocidade. O G1 questionou a TAM sobre os problemas levantados no relatório e aguarda retorno.
Mesmo sem informações sobre a velocidade até o pouso, o Airbus chegou ao destino e ninguém ficou ferido. Segundo o Cenipa, um acidente só não ocorreu porque as condições visuais eram boas. Ao contrário do acidente da Air France, em que uma tempestade e a escuridão da noite contribuíram para que os pilotos não conseguissem reverter a situação, os pilotos da TAM voavam durante o dia e com um tempo bom, sem nuvens que os atrapalhassem.

Relatório mostrou que parte plástica de balão ficou presa na asa de Airbus (Foto: Cenipa/reprodução)

Durante a apuração, a companhia aérea informou aos investigadores que adotou as correções determinadas para que os pilotos tivessem melhor capacitação para identificar a ausência de informações verdadeiras de velocidade e que decisões tomar em relação a isso em todas as etapas do voo.
Colisão com balão
Segundo a investigação do Cenipa, os controladores do Rio informaram à tripulação, no momento da decolagem, que havia balões de ar quente na região, mas piloto e copiloto perceberam o balão tardiamente. Eles acionaram, então, ao mesmo tempo, os controles, tentando evitar a colisão.
O banner de plástico do balão cobriu três sensores de velocidade e um sensor de temperatura externa. Assim como ocorreu com o caso do AF 447, o fechamento dos pitots fez com que a cabine recebesse informações discrepantes de velocidade, e o piloto automático se desconectou.

Da mesma forma que ocorreu no acidente com o voo da Air France, o Airbus passou de um sistema em que possui todas as proteções (chamado de “normal law”) para um que modo de voo em que não há mais proteções automáticas de voo (denominado “alternate law”), permitindo que o piloto faça qualquer tipo de ação.
Na queda do AF 447, os pilotos, sem saber que estavam em alternate law, tomaram atitudes bruscas, elevando o bico da aeronave, provocando a perda de sustentação que levou à queda do avião.
O Cenipa identificou ainda que o comandante disse para o copiloto desconsiderar os alarmes sobre as discrepâncias de velocidade, importantes para entender o que estava acontecendo, e que o comandante também falhou ao não declarar “qualquer tipo de emergência, contingência ou prioridade para pouso”. Também havia pouca familiaridade do copiloto com as tabelas nas telas que deviam ser checadas durante a situação, segundo o relatório.
O texto da investigação diz que, ainda em 2011, ao ser notificada pelo Cenipa, a TAM respondeu “que existe atualmente um projeto de desenvolvimento perante o programa de treinamento de pilotos de forma que o tripulante venha a ter um periodicidade semestral no simulador” e que cumpre as normas da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) sobre a questão.
Segundo o relatório, a Diretoria de Segurança Operacional da companhia respondeu, em setembro de 2011, que cumpriu todas as orientações corretivas determinadas pelo Cenipa para que os pilotos e copilotos tenham o treinamento para perda do pitot.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Palmeiras cumprirá punição imposta pelo STJD em Londrina

O Palmeiras anunciou no início da noite desta segunda-feira que cumprirá os dois jogos da punição imposta pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) na cidade de Londrina.

Assim, o clube jogará contra o Figueirense (dia 8 de outubro) e diante do Guaratinguetá (dia 11) no Jacy Scaff, mais conhecido como estádio do Café.

Para Márcio Araújo, Palmeiras não terá queda de rendimento fora de São Paulo
Confira a classificação da Série B do Campeonato Brasileiro
O Palmeiras foi punido pelo STJD com a perda de dois mandos de campo em virtude da confusão entre as torcidas organizadas do clube no dia 27 de julho. Na partida contra o Guaratinguetá, dois grupos entraram em confronto pouco antes de o jogo começar.

Além da perda dos mandos de campo, o clube terá de pagar R$ 20 mil de multa. O time alviverde não pode mais recorrer da pena.

Com a punição, o Palmeiras jogará as próximas seis partidas fora da capital. Além dos jogos contra o Figueirense e Guaratinguetá, a equipe atuará longe de seus domínios diante do Oeste (dia 1º - em São José do Rio Preto), ABC (dia 5, em Natal), Icasa em (dia 15 - em Juazeiro do Norte) e Bragantino (dia 19 - em Bragança Paulista).

O Palmeiras só voltará a jogar no Pacaembu no dia 26 de outubro, quando enfrentará o São Caetano, pela 32ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

O Palmeiras está na liderança do torneio com 56 pontos --16 a mais do que o Sport, quinto colocado. Com um jogo a menos, a Chapecoense é vice-líder com 46 pontos.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Contas do setor público têm pior resultado para agosto em 12 anos

As contas de todo o setor público, que incluem o governo, os estados, municípios e empresas estatais, registraram um déficit primário (receitas menos despesas, sem a inclusão de juros) de R$ 432 milhões em agosto deste ano, informou o Banco Central nesta segunda-feira (30).

Trata-se do pior resultado, para o mês, desde o início da série histórica do Banco Central, em dezembro de 2001. Deste modo, é o pior valor para meses de agosto em 12 anos. Em igual mês do ano passado, o setor público registrou um superávit primário de R$ 2,99 bilhões.
No acumulado do ano até agosto, o esforço fiscal do setor público consolidado registrou uma queda de 27,2%, para R$ 54 bilhões (1,73% do PIB), ainda de acordo com dados oficiais. Em igual período de 2012, a economia para pagar juros da dívida pública havia somado R$ 74,22 bilhões - 2,58% do PIB.
Compromisso do governo
O ministro da Fazenda, Guido Mantega, tem prometido que o setor público consolidado registrará um superávit primário (economia feita para pagar juros da dívida pública) de 2,3% do PIB neste ano, o equivalente a cerca de R$ 111 bilhões. Em percentual do PIB, isso representará queda frente ao patamar registrado em todo ano passado (2,38% do PIB).
Nos oito primeiros meses deste ano, portanto, o setor público cumpriu 48,6% da meta anual (R$ 111 bilhões) de superávit primário. Em 12 meses até agosto deste ano, ainda segundo o BC, o esforço fiscal totalizou R$ 84,7 bilhões - 1,82% do PIB.
A responsabilidade fiscal foi um dos compromissos assumidos há alguns meses pela presidente Dilma Rousseff em um dos cinco pactos lançados após as manifestações que aconteceram em todo país nos últimos meses.
Mantega, e o secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, têm se mostrado comprometidos com o obtenção da meta de superávit primário em 2013. Isso acontece após críticas registradas nos últimos meses por economistas do mercado financeiro - que reclamam da falta de previsibilidade dos resultados fiscais e das manobras contábeis utilizadas para aumentar o superávit primário nos últimos anos.
Para atingir esse resultado, o governo anunciou em maio um bloqueio de R$ 28 bilhões no orçamento federal e, em julho, um corte adicional de R$ 10 bilhões em gastos.

Para 2014, a previsão é de 2,1% do PIB - nova redução em ano eleitoral, possibilitando o aumento de gastos públicos.
Juros da dívida pública e resultado nominal
Segundo o Banco Central, a apropriação de juros sobre a dívida pública somou R$ 163 bilhões (5,23% do PIB) nos oito primeiros meses deste ano, contra R$ 147,5 bilhões, ou 5,13% do PIB, em igual período do ano passado.
Após as despesas com juros, as contas registraram um déficit (pelo conceito "nominal" no jargão financeiro) de R$ 109 bilhões de janeiro a agosto deste ano, o equivalente a 3,5% do PIB. Em igual período de 2012, o déficit nominal somou R$ 73,3 bilhões, ou 2,55% do PIB. Em 12 meses até agosto, o déficit nominal somou 3,12% do PIB.
Dívida do setor público
A dívida líquida do setor público, indicador que fornece uma indicação sobre o nível de solvência (capacidade de pagamento) de um país, somou R$ 1,57 trilhão, ou 33,8% do Produto Interno Bruto (PIB), em agosto deste ano. Em julho, estava em R$ 1,57 trilhão, ou 34,1% do PIB.
A dívida bruta, por sua vez, somou R$ 2,74 trilhões no fim de agosto, o equivalente a 59,1% do PIB, contra R$ 2,74 trilhões, ou 59,5% do PIB em julho. No fechamento do ano passado, este indicador estava em R$ 58,7% do PIB.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Equipe da ONU que investiga uso de armas químicas deixa a Síria após missão de seis dias

A equipe da ONU (Organização das Nações Unidas) que investiga alegações de uso de armas químicas na Síria deixou o país depois de completar sua missão de seis dias, afirmou um porta-voz da ONU nesta segunda-feira (30). 

"A equipe vai agora passar para a fase de finalização de seu relatório, que se espera estar pronto até o final de outubro", disse o porta-voz da ONU, Martin Nesirky, a jornalistas em Nova York.

Liderados pelo cientista sueco Ake Sellström, a equipe tem o mandato de avaliar toda a informação disponível relacionada a todas as denúncias relatadas pelos Estados-membros, com a finalidade de preparar o seu relatório final. 

Essas alegações incluem diversos incidentes, como os de Khan al-Asal, Sheikh Maqsud e Saraqueb, de março e abril deste ano. Além disso, a equipe continua a avaliar junto ao governo sírio informações sobre três acusações adicionais, incluindo os incidentes em Bahhariyeh, de 22 de agosto, em Jobar, em 24 de agosto, e em Sahnaya, em 25 de agosto.

Depois de uma visita à Síria no mês passado, a equipe --apoiada por especialistas da OMS (Organização Mundial da Saúde OMS) e da OPAQ (Organização para a Proibição de Armas Químicas)– encontrou "provas claras e convincentes" de que o gás sarin foi usado em um incidente ocorrido em 21 de agosto na área de Ghouta, nos arredores de Damasco, deixando centenas de pessoas mortas. Muitas delas eram crianças.

Na sexta-feira (27), o Conselho de Segurança da ONU pediu a eliminação de armas químicas da Síria, além de endossar um plano diplomático de negociações pela paz liderado pelos sírios. Através da adoção unânime da resolução 2118, o Conselho pediu a rápida implementação de procedimentos elaborados pela OPAQ "para a destruição rápida do programa de armas químicas da República da Síria e sua rigorosa verificação".

No texto, o Conselho destacou "que nenhuma parte na Síria deve usar, desenvolver, produzir, adquirir, armazenar, conservar ou transferir armas químicas". A resolução também pediu a convocação, o mais breve possível, de uma conferência internacional de paz que represente plenamente o povo sírio.

Mais de 100 mil pessoas foram mortas desde que o conflito na Síria começou, em março de 2011, com mais de 2 milhões de pessoas tendo fugido para países vizinhos e outros 4 milhões de pessoas deslocadas dentro do país.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Imagens mostram depredação de trens após atraso no metrô do Recife

Bilheterias, luminárias e painéis foram danificados (Foto: Reprodução / TV Globo)Imagens registradas por câmeras de celulares e gravadas pelo sistema de segurança do metrô do Recife serão entregues à polícia para ajudar a identificar os envolvidos na depredação de trens e da estação Coqueiral, na Zona Oeste da capital. Composições e uma das plataformas foram danificadas por passageiros que se revoltaram com o atraso nas viagens, na manhã desta segunda-feira (30). O caso será investigado pela Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio.


De acordo com a assessoria de imprensa do Metrô do Recife (Metrorec), uma sobrecarga de energia deixou um trem com as rodas travadas entre as estações Werneck e Barro, que ficam antes do terminal Coqueiral. O reboque demorou cerca de 20 minutos, atrasando as viagens. Revoltados com a demora, alguns passageiros atiraram paus e pedras nas janelas dos trens. “Começou com quatro meninos brincando, batendo com a mão no trem. Um foi batendo, o pessoal começou a vaiar e começou a quebrar”, contou o assistente de manutenção Reginaldo Pereira.

Dois trens ficaram sem condições de circular e tiveram que ser recolhidos. O sistema ficou parado por duas horas. O quebra-quebra foi generalizado. Fora os trens depredados, catracas foram quebradas. Uma bilheteria foi destruída e o vidro da passarela e as câmeras de vigilância, arrancados. Destroços ficaram espalhados nas plataformas e nos trilhos.
Policiais militares da Patrulha dos Bairros foram acionados para controlar a confusão. “Quando entramos [na estação], tinham pessoas ainda quebrando metrôs, catracas, e quando viram a gente saíram correndo”, disse a soldado da PM Marcilene Monteiro.

Ninguém ficou ferido, mas o susto deixou prejuízos e traumas nos passageiros.  “Eu sou contra [o vandalismo], porque a gente que anda de metrô todo dia é mais lesado, mas foi um momento de fúria, porque isso aqui é um descaso”, comentou a promotora de vendas Amanda Roberta. A assessoria do Metrorec informou que o intervalo entre as viagens já foi normalizado.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Em palestra, Barbosa afirma que não há sistema jurídico mais confuso que o brasileiro

Em palestra, Joaquim Barbosa qualificou o sistema legal brasileiro como uma "monstruosidade"
Em palestra realizada nesta segunda-feira (30) em São Paulo no Exame Fórum 2013 --evento promovido pela revista de mesmo nome--, o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Joaquim Barbosa, qualificou o sistema legal brasileiro como uma "monstruosidade" e disse que não há no mundo Justiça tão confusa quanto a brasileira.

O presidente da Corte ainda fez críticas ao "bacharelismo pomposo", à "multiplicidade de recursos" cabíveis na Justiça e ao que considera inchaço da máquina judiciária. O magistrado apontou que estes elementos provocam morosidade na Justiça e são entraves ao desenvolvimento econômico do país. "A morosidade da Justiça causa graves entraves à economia. Os processos que se atrasam e a multiplicidade de recursos para aqueles que desejam procrastinar o processo (...) não trazem benefícios para a população", afirmou Barbosa.

Ele disse que esses entraves são "expressões vivas de um bacharelismo decadente, palavroso, mas vazio, e, sobretudo, descompromissado com a eficiência".

"O bacharelismo serve para criar soluções para problemas inexistentes ou para cantar glórias de batalhas não travadas", afirmou Barbosa, que criticou também o que chamou de "apego ao academicismo histérico e pomposo". "Em alguns meios, um título acadêmico serve de mera plataforma para soberba ou funciona como marca de ostentação nobiliárquica."

Indicação política
Ao responder uma pergunta da plateia, Barbosa afirmou que a indicação política faz com que juízes não tenham independência na hora de tomar decisões. O presidente da Corte disse que "é preciso deixar o juiz em paz."

Veja Álbum de fotos
"Um dos fenômenos --que eu chamo de mais pernicioso-- é a indicação política. Não há mecanismos que criem automatismo, que, passado um determinado tempo, um juiz seja promovido sem que tenha que sair com o pires na mão. É isso que eu digo, deixe o juiz em paz, permita que ele evolua na sua carreira, na carreira que abraçou, de maneira natural, sem que políticos tenham que se intrometer, sem que tenha que pedir apoios. Esta é uma das razões do porquê os juízes não decidem", afirmou.

O magistrado afirmou que só não aplica a lei o juiz que é "medroso, comprometido ou é politicamente engajado em alguma coisa e isso o distrai, o impede moralmente de cumprir sua missão."

Para Barbosa, historicamente o Brasil adotou o aumento da máquina judiciária para tentar resolver a lentidão dos processos no judiciário. "A solução fácil de aumento da máquina judiciária é apenas momentaneamente paliativa e não resolve a origem do problema, que está na vetustez barroca da nossa organização de todo sistema judiciário."

Recado para o próximo presidente
Questionado pelo jornalista Ricardo Boechat, mediador do debate, sobre qual recado gostaria de dar ao próximo presidente da República, Barbosa disse que o orientaria a se reunir com os presidentes da Câmara e do Senado e do próprio STF e que pedisse três coisas: "simplicidade, objetividade e eficiência."

Outra solução apontada por Barbosa é valorizar e dar prioridade à primeira instância da Justiça e "reduzir o número excessivo de recursos que atualmente permite que se passe uma década sem que haja solução definitiva do litígio.

Lula
Barbosa evitou comentar recente declaração do ex-presidente Luiz Inácio Lula Silva, que afirmou, em entrevista publicada neste domingo (29) no jornal "Correio Braziliense", que seria "mais criterioso" hoje nas nomeações de ministros do Supremo. O atual presidente do STF foi um dos oito ministros nomeados por Lula.

"Não tenho nada a dizer. Ele foi presidente da República, eu não sou presidente da República, não tenho nenhum papel na nomeação de ministros para o Supremo e nunca procurei exercer influência sobre esse papel, que não me cabe", afirmou.

Sobre a criação de novos partidos, Barbosa afirmou que é algo "péssimo" para a "estabilidade do sistema político brasileiro". "Nenhum sistema político funciona bem com dez, 12, 15, muito menos com 30 partidos. Tínhamos algo que existe em vários outros países, que é a chamada cláusula de barreira, mas o STF declarou-a inconstitucional. Esse é o caminho, da representatividade, sobrevive aqueles partidos que continuam a ter representatividade no Congresso."

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Corpos de casal e dois filhos são achados dentro de casa, em Goiás

Corpos de casal e dois filhos são achados dentro de casa, em Cidade Ocidental, Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Quatro pessoas da mesma família foram encontradas mortas na tarde desta segunda-feira (30), dentro da casa onde moravam, em Cidade Ocidental, cidade goiana do Entorno do Distrito Federal. As vítimas da chacina são um casal e dois filhos, que segundo familiares, tinham 7 e 4 anos. A Polícia Civil está investigando o crime.

Quem encontrou os corpos, já em avançado estado de decomposição, foi o cunhado da mulher, Paulo Batista da Rocha. Ele contou ao G1 que desde a última sexta-feira (27), tentava entrar em contato com os parentes, mas não conseguiu. Então ele resolveu ir até a casa onde eles viviam, no Setor Araguaia.
"Quando cheguei até a casa, chamei por eles na porta, mas ninguém atendeu. Então pulei o muro e ao entrar no lote, senti um cheiro forte. Com um martelo, conseguiu quebrar a janela do quarto e ver os corpos", descreveu.
Segundo Paulo, todas as vítimas estavam em um dos quartos da casa. As duas crianças estavam sobre a cama e o casal, no chão do cômodo.
O local foi isolado pela PM e técnico da Polícia Técnico-Científica já realizaram a perícia. Os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal de Luziânia (IML). Ainda não informações sobre como as vítimas foram assassinadas, por conta do estado em que foram encontradas. Porém, segundo informações preliminares da polícia, a família teria sido assassinada a facadas.

Suspeito
Corpos de casal e dois filhos são achados dentro de casa, em Cidade Ocidental, Goiás 2 (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Parente quebrou vidraça para poder ver corpos
(Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
De acordo com o delegado responsável pelas investigações, Rafael Pareja Camargo, o principal suspeito do crime é um rapaz que seria ex-marido de uma irmã da mulher morta. Ele teria matado a família porque a ex-mulher não queria reatar o relacionamento.
"Ele estava procurando a ex, mas como não encontrava, foi até a casa da irmã dela para tentar descobri informações. Por algum motivo, ele deve ter matado toda a família", disse ao G1.
O delegado afirmou que a ex-mulher do suspeito prestou depoimento e confirmou que o homem já havia a ameaçado. A polícia confirmou ainda que a moto do homem morto também foi levada pelo suposto assassino.
Rafael Pareja Camargo afirmou que deve ouvir mais testemunhas e pedir a prisão preventiva do suspeito já na terça-feira (1).

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Em agosto, só pequenas empresas contrataram mais do que demitiram

Em agosto, somente as empresas de pequeno porte contrataram mais gente do que demitiram, segundo estudo divulgado nesta segunda-feira (30) pelo Sebrae. O levantamento foi elaborado com base em dados do Ministério do Trabalho e Emprego e considera só vagas com carteira assinada.

Em agosto, as médias e grandes empresas demitiram mais gente do que contrataram. Isso resultou em um saldo de 2.400 vagas fechadas. 

Por outro lado, os pequenos negócios contrataram muito mais do que demitiram e, com isso, tiveram um saldo de 127,4 mil novas vagas.

Isso representa um aumento de 128% sobre o volume registrado em julho deste ano (56 mil novos postos). Em relação a agosto de 2012, o aumento superou 31%.

Para o presidente do Sebrae, Luiz Barretto, os resultados comprovam que o Brasil hoje tem um mercado interno forte, com mais de 100 milhões de consumidores, sendo que 40 milhões deles pertencem a essa nova classe que aumentou a demanda junto aos empreendimentos de pequeno porte.

"Esse novo público tem mais condições de comprar serviços e produtos do que nas últimas décadas e é muito mais amplo e variado. Como consequência, a alta geração de empregos nos empreendimentos de pequeno porte. Além disso, as micro e pequenas empresas são menos vulneráveis às oscilações e crises da economia internacional", analisa.

Serviços lidera
Ainda de acordo com o estudo, entre os pequenos negócios, o setor líder das contratações continua sendo o de serviços, com saldo líquido positivo de 59,3 mil postos de trabalho, correspondendo a quase a metade do total de empregos gerados pelos pequenos negócios.

Em segundo lugar, está o setor de comércio, com 42,4 mil vagas, seguido da construção civil, responsável por 22 mil novos postos de trabalho.

No recorte geográfico, houve aumento do emprego nas cinco regiões brasileiras, com destaque para a região Sudeste, Sul e Nordeste. O Estado de São Paulo ocupa a primeira posição do ranking na geração de empregos no Brasil.

Em agosto, gerou 43,8 mil novos postos de trabalho, quase quatro vezes mais do que a quantidade de vagas criadas pelo segundo lugar, o Paraná.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

'Sensacionalismo', diz suspeita de esquema de desvio de verba


O esquema de lavagem de dinheiro e fraude em entidades previdenciárias, investigado pela Polícia Federal e que resultou na prisão de 23 pessoas no último dia 19, usava mulheres para aliciar prefeitos e convencê-los a aplicar dinheiro em fundos de investimento criado para dar prejuízo, segundo a PF.

A reportagem do Fantástico entrevistou uma das envolvidas, de acordo com as investigações, a administradora de empresas Luciane Hopers. Indiciada por lavagem de dinheiro, corrupção ativa e formação de quadrilha, ela tinha a função de viajar pelo país e tentar convencer pessoalmente os prefeitos a investir nos fundos de pensão em troca de propina.
Luciane nega ter aliciado os prefeitos. “Foi criado um sensacionalismo em cima das meninas que eram contratadas. Realmente, sempre foram quatro meninas que trabalhavam aqui, bonitas e bem apessoadas, mas em nenhum momento foi com o intuito de aliciamento de prefeito, ou porque tinha objetivo de seduzir prefeito e abrir portas com prefeitos”, disse.

Segundo Luciane, a beleza facilitava o contato das meninas com os prefeitos, mas nessas reuniões eram apresentadas apenas as propostas de investimentos financeiros da empresa comandada pelo doleiro preso Fayed Traboulsi.

Ela também nega pagamento de propina. “Não era pagamento de propina algum. O que acontecia era que nós fazíamos intermédio de venda de fundos de investimento e recebíamos a corretagem, mas não recebíamos propina.”

“Mesmo que isso fosse realidade de eu aliciar o prefeito, ele não precisaria assinar. Quem assina são essa pessoas, os gestores. Se eu tivesse que aliciar prefeito, o que ele ia fazer? Colocar revólver na cabeça deles e fazer assinar? Ou ameaçar exonerá-los? São 14 pessoas exoneradas. Ele ia fazer isso por causa de uma loira ou uma morena?”, afirmou.


Lancha apreendida pela Polícia Federal no lago Paranoá, em Brasília, durante a Operação Miquéias (Foto: Divulgação / Polícia Federal)Lancha apreendida pela PF no lago Paranoá,
em Brasília, durante a Operação Miquéias
(Foto: Divulgação / Polícia Federal)
Luciane também disse que nem ela nem as outras mulheres tentavam seduzir os prefeitos. “Só porque sou uma mulher bonita eu sou condenada a ser prostituta? Só porque sou uma mulher bonita eu não tenho capacidade para convencer que um instituto de previdência pode investir em um instituto que seja mais rentável para ele? Este é o preconceito que existe no Brasil?”

“Dentro do meu interrogatório, a delegada mostrou só a escuta minha com alguns envolvidos em mais de 396 escutas. Se tiver alguma que coloque eu como prostituta, cobrando para ir para a cama, ou me oferecendo para ir para cama, combinando algum encontro, que a delegada solte e comprove isso. Eu estou aberta a isso. Vim dar a minha cara para bater porque tenho consciência do que estou falando.”

A Polícia Federal ainda investiga a relação entre Luciane, o doleiro Fayed e os políticos com quem negociavam. A corporação quer saber qual o papel de Luciane e de cada uma das outras mulheres no esquema e afirma que novas prisões não estão descartadas.

O advogado de Fayed Traboulsi disse que as empresas criadas pelo seu cliente seguiam as regras do mercado. Ele é um dos nove indiciados que continuam presos em Brasília.

No último dia 19, a Polícia Federal deflagrou uma operação para cumprir 27 mandados de prisão e 75 de busca e apreensão em dez unidades federativas do país. A ação chamada "Miquéias" ocorreu no DF, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Maranhão, Amazonas e Rondônia.

Lamborghini apreendida pela Polícia Federal durante a operação Miquéias, em Brasília (Foto: Elza Fiúza/ABr)Lamborghini apreendida pela Polícia Federal
durante a operação Miquéias, em Brasília
(Foto: Elza Fiúza/ABr)
Segundo a Polícia Federal, os líderes das duas organizações ficavam no Distrito Federal. Dos 23 presos, 15 foram detidos na capital. De acordo com a PF, dois dos presos são delegados da Polícia Civil do DF e dois são agentes.

Os presos devem responder por gestão fraudulenta, operação desautorizada no mercado de valores mobiliários, corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e falsidade ideológica.

Em Brasília, foram apreendidos cinco carros de luxo e uma lancha de R$ 5 milhões, comprados com dinheiro lavado, segundo as investigações.

A investigação começou há um ano e meio, para apurar lavagem de dinheiro por meio da utilização de contas bancárias de empresas de fachada ou fantasmas, abertas em nome de “laranjas”.

A PF disse que detectou a existência de um "verdadeiro serviço de terceirização para lavagem do dinheiro proveniente de crimes diversos". Nos 18 meses de investigação, a polícia estima que foram sacados mais de R$ 300 milhões das contas dessas empresas. Foram identificadas 30 empresas de fachada.

Nas investigações, a PF também detectou que policiais civis do Distrito Federal eram responsáveis pela proteção da quadrilha. A corporação descobriu ainda que a organização criminosa aliciava prefeitos e gestores de Regimes Próprios de Previdência Social para que eles aplicassem recursos das respectivas entidades previdenciárias em fundos de investimentos com papéis geridos pela quadrilha, o que configurava o desvio dos recursos.

Os prefeitos e gestores dos regimes próprios de previdência eram remunerados com um percentual sobre o valor aplicado. O prejuízo para os fundos de pensão é de R$ 50 milhões, segundo a polícia.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Comerciante é suspeito de matar noiva e atear fogo em corpo

O comerciante José Geraldo Loyola Freire, de 40 anos, foi preso nesta segunda-feira (30) em Sorocaba (SP), suspeito de ter matado e ateado fogo ao corpo da noiva, Deusinete Silva Araujo, de 50 anos.

O corpo foi encontrado carbonizado no porta-malas de um carro, no Jardim Maria Eugênia, zona norte da cidade. Moradores chamaram a polícia depois de ouvir uma explosão e ver o veículo em chamas. Os policiais foram à casa do comerciante depois de checar a placa do veículo. Ele se tornou suspeito porque tinha o braço e a sobrancelha chamuscados.

Os policiais acharam na casa um galão de combustível semelhante ao encontrado ao lado do carro. O homem acabou confessando ter causado a morte da noiva, mas alegou ter sido um acidente. Ele teria encontrado mensagens de outro homem no celular da mulher e, com ciúmes, discutiu com ela e acabou empurrando-a. Deusinete teria rolado pela escada e morrido na queda. Com receio de ser acusado, ele decidiu incendiar o carro com o corpo. O caso foi denunciado como homicídio doloso --com intenção de matar. A polícia aguarda os laudos para confirmar a causa da morte.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Em vídeo, 'peladão' sai às ruas para xavecar mulheres na Noruega

Um jovem norueguês identificado como “FreddyFairhair” publicou um vídeo em seu canal no YouTube no qual ele sai pelas ruas da cidade completamente nu, pedindo o número de telefone de diversas garotas 

Na gravação, as mulheres ficam chocadas com a atitude e a naturalidade do jovem, que afirma que “era o mais tímido da classe” e que, antigamente, “tinha vergonha de tomar banho do vestiário após as aulas de educação física”, conforme informações do vídeo.
O jovem diz também que, na maioria das vezes, o microfone que gravou o áudio das conversas estava preso à roupa de baixo, tirada instantes antes do homem xavecar as mulheres.
Apesar de não usar nenhuma roupa, as norueguesas foram simpáticas no geral, e algumas até pareceram dar o número de telefone ao peladão. Ao final, o jovem é abordado por policiais para prestar esclarecimentos sobre o episódio.
Em menos de 24 horas, o vídeo foi assistido mais de 233 mil vezes.


Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Empresário é preso após atirar em radar com espingarda em Americana (SP)

Filho do ex-candidato a prefeitura Omar Najar, Omarzinho foi detido após fugir para empresa da família

O empresário Abdo Omar Najar Neto, 38, foi preso em flagrante na tarde de domingo (29) suspeito de atirar com uma espingarda em um radar de velocidade na avenida Nossa Senhora de Fátima, em Americana, interior de São Paulo. Ele foi liberado no final da tarde desta segunda-feira (30).

Indiciado por porte ilegal de arma, disparo de arma de fogo em via pública e dano contra o patrimônio, ele passou a madrugada desta segunda-feira (30) na cadeia de Sumaré. A pena pode chegar a oito anos e seis meses de prisão.

Eduardo Schiavoni/UOL
Conhecido na cidade como Omarzinho, ele é filho do também empresário Omar Najar, candidato do PMDB derrotado nas eleições de 2012 para a Prefeitura de Americana, e que pode assumir o comando da cidade, já que o prefeito Diego De Nadai (PSDB) teve o registro de candidatura cassado na semana passada.

Fuga e perseguição
De acordo com o registro da Gama (Guarda Armada Municipal de Americana), um carro em patrulhamento recebeu a denúncia, na tarde de ontem, de que um homem estaria efetuando disparos com uma arma de fogo. Os guardas foram ao local e avistaram um carro modelo Tuareg, que tentou fugir do local quando avistou a viatura.

Houve perseguição e o carro entrou na Têxteis Najar, empresa de Omar Najar. Mesmo dentro do local, houve nova tentativa de fuga, com mais perseguição. Depois que o veículo parou, o carro foi revistado e uma espingarda de calibre 12 foi localizada.

A arma está registrada no nome de Omar, mas o registro, para colecionadores, está vencido desde maio.

No interior do carro, os guardas também acharam quatro cartuchos de munição deflagrados. Omarzinho foi levado então ao plantão policial, onde foi preso em flagrante.

O delegado Robson Gonçalves de Oliveira, que registrou o caso, informou que já pediu ao IC (Instituto de Criminalística) a perícia residuográfica nas duas mãos do acusado, para checar se há vestígios de pólvora, bem como perícia na arma de fogo, na munição e no radar para determinar se a arma encontrada no carro foi a mesma utilizada para os disparos.

Outro lado
O advogado de Omarzinho, Alex Niuri, afirmou que o empresário estava somente transportando a arma e negou que ele tenha efetuado qualquer disparo.

Ainda segundo Niuri, o empresário nega que tenha atirado e informou que apenas transportava a arma para a empresa do pai dele. "Ele não atirou, apenas transportava a arma. Ele nega totalmente que tenha atirado contra o radar", declarou.

A reportagem tentou contato com Omar Najar, mas ele não atendeu às ligações.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Lancha naufraga e 22 pessoas são salvas por pescadores, no Amazonas

Passageiros foram salvos por pescadores e levados a uma praia (Foto: Reprodução/TV Amazonas)Uma lancha naufragou, nesta segunda-feira (30), no Rio Solimões, no município de São Paulo de Olivença, a 985km de Manaus. Ao todo, 22 pessoas foram salvas por pescadores que passavam pelo local.
O acidente ocorreu por volta das 9h30 próximo à comunidade Parauasé. A lancha seguia de São Paulo de Olivença com destino a Tabatinga, transportando 22 pessoas, entre elas duas crianças.

O naufrágio aconteceu quando a lancha colidiu com um tronco de madeira e virou. Os passageiros e o motorista foram salvos por dois pescadores e levados em canoas até uma praia.
Voluntários da Defesa Civil encaminharam quatro passageiros de volta a São Paulo de Olivença, e outros 18 seguiram a viagem para Tabatinga em outra embarcação. Ninguém ficou ferido.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Detran divulga calendário de teste de direção veicular no interior do estado para o mês de outubro

Municípios do interior do Estado começam a partir desta terça-feira (01) a receber a equipe técnica de peritos examinadores do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), que serão responsáveis pela aplicação de mais de 3 mil teste de direção veicular durante os 22 dias úteis do mês de outubro. O cronograma com as 18 cidades contempladas foi divulgado hoje (30) pela Controladoria Geral de Trânsito do Órgão.

O ciclo de avaliações inicia pelo município de Currais Novos na terça-feira (01) e finaliza no dia 31 de outubro, onde vão ser contempladas as cidades de Pau dos Ferros e Caraúbas. Vinte e nove centros de formação de condutores espalhados por todas as regiões do interior do RN terão os candidatos que almejam adquirir a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) avaliados.

Os municípios de Caicó, Currais Novos, Pau dos Ferros, Ceará Mirim, Goianinha e Canguaretama vão receber os examinadores em dois momentos distintos. A iniciativa foi tomada após a constatação de que nessas localidades existe um número maior de usuários que vão se submeter aos testes de volante.

O cronograma de exame de direção veicular foi planejado observando a necessidade de abranger todas as principais cidades de cada região, que devem receber também usuários dos municípios circunvizinhos. Em alguns dias a ação vai acontecer simultânea em até duas cidades em regiões distintas.

A subcoordenadora da Controladoria de Trânsito do Detran/RN, Márcia Marques, informou que o processo contínuo de avaliações efetivados nas cidades interioranas já é responsável por equalizar a demanda exigida pela realização do teste, o que configura em um tempo de espera menor por parte dos candidatos a conseguir a CNH. “Com o planejamento pudemos organizar as ações de forma continuada o que resultou na supressão da demanda reprimida que existia nas cidades do interior”, disse.

Todos os candidatos avaliados no teste de direção veicular já passaram pelas avaliações médica e psicológica, sendo considerados aptos em ambas.

CRONOGRAMA – EXAME DE DIREÇÃO VEICULAR OUTUBRO 2013

01/10 – Currais Novos;
02/10 – Passa e Fica;
04/10 – Caicó;
07/10 – Goianinha;
08/10 – Ceará Mirim;
09/10 – Nízia Floresta;
10/10 – Goianinha;
11/10 – Currais Novos;
14/10 – Canguaretama;
15/10 – Jucurutu;
16/10 – Caicó;
17/10 – Nova Cruz;
18/10 – Canguaretama;
21/10 – Tangará e Santa Cruz;
22/10 – Apodi;
23/10 – Pau dos Ferros e São Miguel;
24/10 – São Paulo do Potengi;
25/10 – Ceará Mirim;
28/10 – João Câmara e Macau;
29/10 – Jardim do Seridó;
30/10 – Parelhas;
31/10 – Pau dos Ferros e Caraúbas.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Agricultor é baleado com cerca de três disparos de arma de fogo em zona rural de José da Penha, RN

O agricultor José Edival Fontes de Oliveira, de 41 anos, natural de Marcelino Vieira/RN e residente no município de José da Penha/RN, foi vítima de uma tentativa de homicídio na noite deste domingo (29), no Sítio Flechas, zona rural de José da Penha/RN.

De acordo com o Sargento Lima, comandante do policiamento local, o agricultor estava chegando a sua residência, quando foi surpreendido por vários disparos de arma de fogo, provavelmente revólver, sendo atingido por três disparos, um no braço e dois na região peitoral. O agricultor foi socorrido para o Hospital Regional de Pau dos Ferros e segundo informações seu estado de saúde inspira cuidados.

De acordo com a PM, uma pessoa identificada como Francisco Francinaldo da Silva, de 43 anos, foi presa e conduzida a Delegacia de Policia como o principal suspeito do atentado, já que uma testemunha teria presenciado o mesmo no momento da ação. Na oportunidade o mesmo foi autuado em flagrante e em seguida recambiado para o Centro de Detenção Provisória em Pau dos Ferros/RN.

Em conversa com a nossa reportagem, o suposto acusado disse ser inocente e que jamais faria isso, inclusive ontem teria passado à tarde com a vitima e não tinha inimizade com a mesma. Ele disse que já tinha sido preso por dois portes ilegais de armas, mas já teria respondido aos processos, mas desta vez está preso inocentemente. Finalizou.  



Reprodução Cidade News Itaú via Sargento Andrade
Leia Mais ››

Diretor de FM é preso por descumprir decisão de justiça e impedir prefeito falar


O diretor da FM Comunitária Cidade FM, de Fernando Pedroza, Francisco Railton Santana foi preso. Ele que descumpriu decisão judicial para que o prefeito Daniel Pereira, pudesse utilizar os microfones da rádio, neste domingo (29), às 12h, para prestar contas dos 100 dias de sua administração.
O prefeito, quando chegou à rádio, encontrou os portões fechados e ninguém na rádio. Por meio de advogado, o prefeito acionou a justiça por ter o diretor da FM Comunitária descumprindo a decisão da justiça, onde pediu a prisão de Railton, que se consumou na tarde deste domingo (29), por volta das 16h10.

Reporodução Cidade News Itaú via Fogo Cruzado/A Fonte/Serrinha de Fato
Leia Mais ››

Vereadores de Apodi apresentam quase “65” denúncias contra a PMA ao Ministério Público

Ao recebermos a informação de que os vereadores da oposição tinham apresentado denúncias ao Ministério Público de Apodi fomos investigar e constatamos a veracidade dos fatos, ao todo são 52 denúncias contra atos irregulares da atual gestão. Entre elas estão casos que envolvem várias secretarias como é o caso da de turismo em que os integrantes da pasta recebem, mas não trabalham.

Além disso, é possível encontrar denúncias contra a forma de contratação de serviços, aluguel de veículos e imóveis, acúmulo de cargos e desvio de função. Ao todo o documento apresentado contém 166 páginas juntamente com as provas.
Os legisladores apresentaram no documento provas concretas em que em que há vários indícios de fatos não condizentes com a Lei Orgânica do Município e pedem a investigação. O documento foi apresentado no dia 27 do mês de Agosto deste ano e está sendo analisado.

Reprodução Cidade News Itaú via Jair Gomes/Serrinha de Fato
Leia Mais ››

Cidades do RN têm até 11 de outubro para renovar contratos de carros-pipa

As 28 cidades do Rio Grande do Norte atendidas pela Defesa Civil do Estado na Operação Carro Pipa têm até o dia 11 de outubro para renovar os contratos e assinar o protocolo de intenções com os fornecedores. Desde agosto os municípios em questão estão sem receber carros-pipa devido a problemas com documentos e relatórios. O Exército Brasileiro atende outras 110 cidades do RN. Os contratos com os pipeiros estavam previstos para setembro, no entanto o atraso no decreto da situação de emergência das cidades atingidas pela seca impediu as assinaturas. O governo determinou a situação de emergência de 160 municípios no dia 18 de setembro, três dias após a expiração do decreto. A renovação dos contratos dos carros-pipa e do protocolo de intenções com as prefeituras vai acontecer entre os dias melhores franquias baratas 1º e 11 de outubro na sede da Sejuc, localizada no Centro Administrativo do Estado. Os pipeiros devem procurar o setor de Comissão Permanente de Licitações, portando certidões trabalhistas negativas e o documento do veículo em dia. Já os prefeitos serão atendidos pelo Setor de Convênios da Sejuc e devem apresentar seus documentos particulares (CPF, carteira de identidade e comprovante de residência), além do cadastro de pontos de captação com um laudo de potabilidade da água de cada local e uma planilha digital com o cronograma diário de entrega da água. Os municípios a serem atendidos são Campo Grande, Carnaubais, Coronel João Pessoa, Grossos, Guamaré, Ipanguaçu, João Dias, José da Penha, Lagoa Nova, Macaiba, Major Sales, Marcelino Vieira, Martins, Mossoró, Ouro Branco, Patu, Pilões, Portalegre, Rafael Godeiro, Riacho de Santana, Santana do Seridó, São Francisco do Oeste, São Miguel do Gostoso, São Rafael, Sítio Novo, Timbaúba dos Batistas, Triunfo Potiguar e Viçosa. 

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››