RÁDIO CIDADE AO VIVO

Ouça pela Rádios Net ou clique na imagem abaixo

Ouça pelo Listen 2 My Rádio ou clique na imagem abaixo

Imagem relacionada
Loading ...

domingo, janeiro 27, 2013

Última sexta-feira movimentada no setor polícia em Itaú-RN


Na última sexta-feira (25) a Polícia Militar do Município de Itaú-RN teve um dia cheio, logo pela manhã por volta das 07:30h a guarnição de Itaú-RN sob o comando do Sg. Xavier foi acionada dando conta de um capotamento de uma carreta Scania, na BR 405 no Sítio Currais, município de Itaú-RN.

Um policial do destacamento que vinha da cidade de Apodi-RN dar plantão na DP de Itaú-RN, presenciou a ação, onde o mesmo acionou os demais policiais para fazerem os procedimentos da ocorrência.

De acordo com a polícia que esteve no local do fato e colheu depoimento do motorista. O mesmo informou que deu carona a uma mulher que estava em Mossoró em um posto de combustível, que pedia carona até a cidade do Juazeiro, por volta das 18h de quinta-feira (24), onde a mesma teria inventado uma história que convenceu o motorista a trazê-la.

Chegando na cidade de Apodi-RN parou em um posto para descansar (dormir) e em seguida prosseguir viagem, foi quando resolveu tomar uma bebida com a sua companheira antes de dormir.

O motorista foi vítima do famoso golpe boa noite cinderela, ao acordar no dia seguinte (sexta-feira, 25) não avistou mais a mulher e deu por falta de seus dois celulares, carteira de cédulas, 12 mil reais em cheques e dinheiro.

Mesmo não estando totalmente lúcido para continuar a viagem, pois sentia meio tonto, o motorista decidiu continuar o percurso, não indo muito longe, logo perdeu o controle do veículo na curva do Sítio Currais no município de Itaú-RN e desceu o aterro, ocasionando o tombamento de uma das carrocerias que era guinchada pela carreta, carregada de sal.

De acordo com o policial que vinha no mesmo percurso disse que o veículo fazia zigue-zague na pista, depois de fazer a ultrapassagem não demorou muito e avistou pelo retrovisor uma grande poeira.

Briga

No período da tarde a PM foi acionada para conter uma briga que estava acontecendo na Rua Cleofas Nunes, onde um grupo fazia uma bebedeira vindo a se desentender. Ao chegar no local a PM encontrou uma faca de mesa enterrada dentro do canteiro, não encontrando o dono do objeto, dispersou todos do local. Ninguém foi preso.

Atropelamento


No final da tarde de sexta-feira (25) por volta das 18:30h o Senhor conhecido por Antônio Rufino, pai do atual Prefeito Ciro Bezerra, foi atropelado por um veículo pequeno de cor vermelha, placa não identificada, na entra da cidade, sentido Itaú-RN/Apodi-RN, na BR 405. A polícia não soube informar que tipo de carro o atingiu, pois os populares que presenciaram o atropelamento entraram em contradições, não sabendo informar se era um gol ou um Fiat vermelho, o motorista do veículo empreendeu fuga sem prestar socorro à vítima.

Ao chegar no local do acidente a polícia encontrou o Sr. Antônio Rufino caído no chão com um ferimento profundo na cabeça, que foi socorrido para o hospital de Apodi-RN, sofrendo alguns pontos na cabeça, que foi logo atendido e em seguida liberado.

Apreensões

Ainda de acordo com informações do Sg. Xavier, foram feitas apreensões de algumas motos, pelos pilotos não estarem usando os equipamentos de seguranças necessários, de acordo com o que e exigido pelo CTB.

Arlindo Maia da Redação do Cidade News
Leia Mais ››

Polícia alerta população itauense para o uso do Capacete


“O capacete é o equipamento para condutores e passageiros de motocicletas e similares que, quando utilizado corretamente, minimiza os efeitos causados por impacto contra a cabeça do usuário em um eventual acidente”, afirma Elaine Sizilo, pedagoga, especialista em trânsito.

Em contato com o blog Cidade News Itaú o Sg. Xavier do destacamento do município, vem alertar a população itauense a ficarem atenta ao uso de capacete, visto que o mesmo tem percebido a constante desobediência dos pilotos e caronas ao não uso do objeto de segurança.

O Sargento informou que a partir desta semana estará fazendo um trabalho ostensivo no intuito de coibir a prática delituosa.

Segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), andar sem capacete e vestimenta adequada constitui em uma infração gravíssima, com perda de sete pontos, aplicação de multa de R$ 191,00, suspensão do direito de dirigir e recolhimento da Carteira Nacional de Habilitação.

O infrator que for pego sem o uso do equipamento será autuado (multa) e este bem como a motocicleta ficará detido para regularização imediata da infração. Não sanando a irregularidade da infração no local, além da autuação (multa) o veículo é recolhido ao local designado pelo Órgão Competente para os veículos irregulares daquela comarca.

De acordo com o CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO, a seguir no artigo ele explica e determina:

Art. 244 - Conduzir motocicleta, motoneta e ciclomotor:
I - sem usar capacete de segurança com viseira ou óculos de proteção e vestuário de acordo com as normas e especificações aprovadas pelo CONTRAN;
II - transportando passageiro sem o capacete de segurança, na forma estabelecida no inciso anterior, ou fora do assento suplementar colocado atrás do condutor ou em carro lateral;
III - fazendo malabarismo ou equilibrando-se apenas em uma roda;
IV - com os faróis apagados;
V - transportando criança menor de sete anos ou que não tenha, nas circunstâncias, condições de cuidar de sua própria segurança:
Infração - gravíssima;
Penalidade - multa e suspensão do direito de dirigir;
Medida administrativa - Recolhimento do documento de habilitação;
VI - rebocando outro veículo;
VII - sem segurar o guidom com ambas as mãos, salvo eventualmente para indicação de manobras;

Arlindo Maia da Redação do Cidade News
Leia Mais ››

Mulher pediu socorro pelo Facebook: 'Incêndio na KISS'


Às 3h20 de sábado, um pedido de ajuda no Facebook anunciava o incêndio na boate Kiss, em Santa Maria (RS). "Incêndio na KISS socorro". A mensagem foi publicada na página de Michele Cardoso. O nome de Michele, que informava ser protética em um laboratório da cidade, consta na primeira listagem oficial das vítimas.

Minutos depois do pedido de socorro de Michele, amigos começaram a pedir mais informações, ainda sem dimensão sobre a tragédia. Em um dos comentários, um amigo disse que ouviu os bombeiros subirem a Rua dos Andradas, onde a boate fica localizada. Depois, outros colegas pediram para Michele dar notícias, mas não obtiveram nenhuma resposta. 

Antes mesmo da liberação da lista de mortos, amigos e familiares confirmaram que Michele estava entre as vítimas. A prima Amanda Cardoso, que está nos Estados Unidos, escreveu: "Uma garota que era tão jovem, linda, com um sorriso bonito, e uma vida longa pela frente". "Eu estou sem chão", falou Amanda.

Clarisse Lima Teixeira, que é listada no Facebook como irmã de Michele, também aparece na listagem de vítimas.


Mensagem com pedido de socorro no Facebook. Imagem: Reprodução/Facebook


Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Tragédia similar na Argentina gerou mudanças em boates


O incêndio que deixou 194 mortos em 2004 na Boate República Cromañón, em Buenos Aires, similar ao que ocorreu neste domingo (27) em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, provocou uma série de mudanças na segurança nas casas noturnas da capital argentina.

As medidas incluíram mais sinalização interna das discotecas indicando a saída de emergência; menos tolerância no tocante ao limite de público autorizado para cada local e a colocação de cartazes indicando a quantidade permitida de pessoas no recinto.

Locais com mais de um andar devem também agora atualizar, regularmente, informações sobre a resistência do prédio, segundo documento da Agência Governamental de Controle publicado (AGC) no site do governo da cidade de Buenos Aires.

As medidas foram definidas após reunião com empresários do ramo, músicos, arquitetos, engenheiros e os grupos que representam os pais das vítimas daquela tragédia na República Cromañón. Cabe à AGC verificar que as normas de segurança estão sendo cumpridas, de acordo com informações oficiais.

Além de novas exigências para as casas noturnas, também foram definidas e intensificadas as normas de segurança para bares, teatros independentes, clubes com música ao vivo e salões para tango, por exemplo. As exigências de segurança deverão ser respeitadas antes da abertura do local e durante seu funcionamento.

De acordo com o governo da cidade, os “cidadãos poderão saber o estado de habilitação e funcionamento dos locais na internet”.

O documento diz que eventos de grande público, como recitais e festas, deverão ter “autorizações especiais”.

As novas regras de segurança incluíram decretos, resoluções e leis. Muitos dos debates contaram com a participação dos familiares das vítimas e foram transmitidos ao vivo pelas principais emissoras de televisão do país.

Na prática, a tragédia na casa noturna portenha gerou uma série de medidas batizadas de “Efeito Cromañon”. Logo após o episódio, que ocorreu no dia 30 de dezembro de 2004, várias casas noturnas foram interditadas no país.

Levantamentos indicaram, na ocasião, que das quase 200 casas noturnas da cidade, somente 61 atendiam às novas exigências de segurança. Investigações policiais e judiciais revelaram que a discoteca República Cromañón tinha o certificado de bombeiros vencido, cerca do triplo de público permitido e problemas com a saída de emergência.

A perícia apontou que o uso de pirotecnia provocou o incêndio, que gerou uma fumaça mortal. O grupo de rock teria o hábito de usar pirotecnia em seus shows, o que não teriam feito naquela noite, sugerindo que a iniciativa poderia ter partido do público. A tragédia provocou prisões de empresários, dos músicos e renúncias de políticos na cidade.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

POLÍCIA MILITAR PRENDE HOMEM TRANSPORTANDO DROGA NA ESTRADA DA RAÍZ EM MOSSORÓ


Policiais Militares do (CIPAM) polícia ambiental na viatura composta pelos Sds Italo,Junior,e Sd Lopes,em uma abordagem de rotina na tarde de hoje domingo 27 de janeiro de 2012,ao revistar o condutor da moto vermelha HONDA TITAN 150 placa MYL6467 Mossoró-RN identificado como Giliarde Francisco de Oliveira Miranda 37 anos morador da Av.Alberto Maranhão no bairro Santo Antônio em Mossoro flagraram o mesmo tranportando pouco mais de 50 gramas de crack e dinheiro fracionado . De acordo com o mesmo ele estava levando o entorpecente para a cidade de Grossos-RN. Após a prisão o mesmo foi conduzido para a delegacia de plantão para ser autuado no artigo 33 por tráfico de drogas. 




Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Suspeito de assaltar lotérica é preso com arma e máscaras de carnaval


Um jovem suspeito de assaltar uma casa lotérica, no bairro de Petrópolis, foi preso pela Guarda Municipal e pela Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicleta (Rocam), neste domingo (27). Anderson Rodrigues da Costa, de 19 anos, estava com um carro roubado quando foi abordado em Ponta Negra. Com ele, foi encontrado um revólver calibre 38 e duas máscaras de carnaval.


 
De acordo com informações repassadas pela polícia, Anderson é suspeito de vários assaltos à lotéricas em Petrópolis e Tirol. Além disso, ele teria confessado ser autor de um homicídio no bairro das Rocas, há três semanas. O jovem estava em um Pálio que havia sido roubado na última terça-feira (22).

No momento da abordagem, Anderson estava acompanhado de uma adolescente de 15 anos. Ele recebeu voz de prisão e foi levado para a Delegacia de Plantão da Zona Sul, em Candelária. O suspeito teria sido reconhecido por imagens de câmeras da casa lotérica que ele assaltou duas vezes na mesma semana, bem como confessou os delitos.

Ainda segundo a polícia, as duas máscaras de carnaval encontradas em poder de Anderson Rodrigues seriam usadas por ele em outros delitos, como forma de esconder o rosto para não ser reconhecido. 

Reprodução Cidade News Itaú via Portal BO
Leia Mais ››

“Ficamos com medo de linchamento”, diz guitarrista da banda que tocava em boate



O guitarrista da banda Gurizada Fandangueira, Rodrigo Martins, afirmou em entrevista à Rádio Gaúcha que a banda está com medo de sofrer linchamento em Santa Maria, interior do Rio Grande do Sul. Eles temem serem responsabilizados pelas 232 mortes no incêndio provocado por um sinalizador usado pela banda no show, que queimou o teto da casa noturna Kiss na madrugada deste domingo.

“Ficamos com medo de linchamento”, disse ele ao ser questionado sobre a reação da população.

Ele afirmou que essa responsabilização é injusta porque ninguém na banda teria a intenção de provocar o acidente, que vitimou o sanfoneiro do grupo, Danilo Jaques.

“O baterista tentou ajudar. Ele se soltou da gaita [sanfona]. Alguns dizem que ele voltou para pegar a gaita e não foi mais visto”, afirmou Martins.

De acordo com ele, os rodies da banda (ajudantes de palco) eram os responsáveis pelo uso dos sinalizadores em seus shows.

Ele concluiu a entrevista afirmando que os seguranças da casa noturna impediram a saída de algumas pessoas acreditando que a razão fosse alguma briga no interior da boate.

“Mas eles foram atropelados pelas pessoas que precisavam sair”, concluiu.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

“Vi pessoas se escondendo dentro de freezers”, diz sobrevivente de incêndio


Um dos sobreviventes do incêndio que matou 232 pessoas na boate Kiss, na cidade de Santa Maria (RS), o personal training Ezequiel Real, usou sua página do Facebook para contar em detalhes como se salvou da morte. De acordo com ele, foi preciso pisotear pessoas desmaiadas e ver pessoas se escondendo dentro de freezers antes de alcançar a saía e mais tarde voltar para tentar socorrer sobreviventes.

“Acompanhei o início do fogo que veio das faíscas do sparkles e se propagou pelo teto nas esponjas do isolamento acústico”, disse. “Não me apavorei porque não achei que poderia lidar com a situação, mas vi muita gente entrar em pânico, cair e desmaiar umas por cima das outras”.

Ele conta que viu “muita gente em crise” acessando a porta mais próxima, “que era a do banheiro e se alojaram lá dentro. Vi pessoal que trabalhava se escondendo até dentro de freezers! Quando vi que não tinha mais jeito de sair pela saída principal, dei a volta na área Vip e sai pela lateral empurrando e pisando por cima de muita gente, acredito que não sairia se não fosse pela força que utilizei para passar pelas pessoas”.

Ele disse que só ao sair percebeu “que pisava e cruzava por cima de mulheres e homens desmaiados”. “Não vi alarme soando, só gritos. Não vi luz de saída, só fumaça. Quando saí, me passou pela cabeça as pessoas que passei por cima e voltei para retirá-las pois não aguentava escutar berros, ver policias e bombeiros sem dar conta, porque tinha muita gente empilhada. Quando entrei tinha que escolher quem salvar”.

Real conta que não havia saída para a fumaça e, por isso, quem estava envolvido no salvamento começou “a abrir um buraco na parede, arrancar madeiras, grades, janelas”.

“Ao abrir o buraco na parede, um bombeiro me convidou para entrar porque sozinho não conseguiria tirar as pessoas. Entrei e pela primeira vez vi a morte pessoalmente”.

Ele afirma que “logo um enfermeiro pediu para sair lá de dentro, pois tinha risco de desabar. Não acreditei, e ele me mostrou que todos que saiam daí para frente estavam mortos”.

“No primeiro momento em que liguei e foquei a luz na área vip, vi muitos corpos, não sabia mais o que fazer, perdi forças porque vi gente pendurada em grades, vi pessoas empilhadas uma por cima das outras e não era uma ou duas dezenas, era muita gente”, disse. “Imagem que nunca apagarei da minha cabeça, não tive força física para ficar ali e tive que sair derrotado de dentro daquele buraco”.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Furto de animal (gado) é registrado na zona rural de Jucurutu-RN.


objetos deixados no local do crime.
objetos deixados no local do crime.
GEDSC DIGITAL CAMERA
CABEÇA E COURO DO ANIMAL


Hoje por volta das 05h:00min, a guarnição do GTO foi acionada para atender uma ocorrência de furto de animal no Sítio Poço Comprido, zona rural de Jucurutu-RN. De acordo com informações passadas pela vítima , a pessoa de Francisco Batista dos Santos Andrade, de 56 anos, e residente em Jucurutu, chegou ao seu sítio para trabalhar hoje pela manhã, quando se deparou com uma de suas novilhas morta, com a carne do seu corpo retirada e sendo deixado no local apenas o couro, a ossada e as víceras. Junto aos restos do corpo do animal foi encontrado também uma machadinha  e uma marreta que foram usados no abate do animal.

GEDSC DIGITAL CAMERA
UMAS DAS PATAS DA VACA
UMAS DAS PATAS DA VACA


Reprodução Cidade News Itaú via PM Jucurutu
Leia Mais ››

Acidente deixa duas pessoas mortas na BR 405, na região Oeste do RN


Duas pessoas morreram e outras duas ficaram feridas depois do choque frontal entre dois carros de passeio, um Uno branco e outro azul, na BR 405 neste domingo (27). Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o local é próximo ao município de Rafael Fernandes, a 407 quilômetros de Natal.
Uma agricultora, de 55 anos, que estava abordo do Uno branco, morreu no local. O condutor do mesmo veículo chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. O outro passageiro do Uno branco, filho da agricultora, e o condutor do uno azul, que estava sozinho, foram encaminhados para o Hospital Regional de Pau dos Ferros e, segundo a Polícia Militar, estão conscientes.
De acordo com o marido da agricultora, ela estava levando o filho, de 31 anos, para o Hospital Regional de Pau dos Ferros. “Ela estava indo no carro da prefeitura. Ela seguia com o motorista e o nosso filho”, disse o agricultor Jacinto Bernardo.
“Ainda não sabemos o que provocou a colisão. A perícia está sendo realizada”, finalizou Genikartere Martins, policial Militar do município de Rafael Fernandes.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Tarso pede inquérito 'profundo e rápido' sobre tragédia em boate


Tarso Genro acompanha trabalhos da polícia em Santa Maria (Foto: Guilherme Gomes/Divulgação)Tarso Genro acompanhou trabalhos da polícia em
Santa Maria (Foto: Guilherme Gomes/Divulgação)
O governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, fez um pronunciamento oficial no final da tarde deste domingo (27)  sobre o incêndio que matou pelo menos 232 pessoas na casa noturna Kiss, de Santa Maria. Sem apontar responsáveis pela tragédia, Tarso pediu um inquérito “profundo e rápido” para que a Justiça possa apontar culpados. 
“Tomamos a recomendação para que se faça um inquério profundo, incisivo e rápido, com provas técnicas para que possam ser analisadas e preservadas de maneira eficiente. A partir das causas, a autoridade policial vai apontar os responsáveis. Toda nossa equipe está mobilizada para fazer a apuração”, discursou o governador.

Tarso esteve ainda pela manhã na cidade, onde teve contato com autoridades e famílias dos atingidos. “Fui no local, vi os corpos dos jovens, homens e mulheres. Me reuni com todos os responsáveis que estão fazendo a apuração. Recebi a solidariedade de diversos governadores, Força Aérea e Exército. Toda comunidade está mobilizada para dar apoio aos familiares que estão em sofrimento terrível”, complementou. 

Durante a coletiva, Tarso mostrou todo cuidado para não emitir opinião sobre culpados. Ao ser questionado sobre a legalidade para a utilização da casa noturna, disse que o proprietário do estabelecimento iria se pronunciar oficialmente e apresentar todos os documentos, como o alvará. “É natural que haja uma cobrança, por isso que temos que apurar rigorosamente as causas. Falar agora em culpa de alguém é uma falta de respeito ao trabalho que vem sendo feito. O faremos de maneira responsável. Hoje já vai ser ouvido o dono da boate. Ele terá que apresentar todos os documentos necessários”, explicou.

O governador decretou luto oficial de sete dias no estado após o incêndio. Já o prefeito de Santa Maria, Cezar Schirmer, ampliou o luto para 30 dias no município.

Dilma visita vitimas
Por volta das 14h deste domingo (27), a presidente Dilma Rousseff esteve no Hospital de Caridade de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, onde visitou feridos do incêndio na boate Kiss, que causou, pelo menos, 232 mortes. Após passar pelo hospital, a comitiva presidencial se dirigiu ao ginásio do Centro Desportivo Municipal, onde está ocorrendo o reconhecimento dos corpos das vítimas da tragédia.

Dilma conversou com alguns familiares que aguardam para fazer o reconhecimento dos corpos, mas, muito emocionada, logo deixou o local sem falar com a imprensa.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Criança é encontrada morta dentro de máquina de lavar no Recife


Menino foi encontrado dentro de máquina de lavar roupa. (Foto: Reprodução / TV Globo)Menino foi encontrado dentro de máquina de lavar roupa.
(Foto: Reprodução / TV Globo)
Uma criança de dois anos de idade foi encontrada morta dentro de uma máquina de lavar roupas no bairro de Afogados, no Recife, no sábado (26). Ele estava enrolado em um lençol, ensanguentado e com marcas de facada, segundo a mãe do menino, Jadna Rodrigues. O suspeito, um homem de 27 anos, foi preso neste domingo (27) e teria confessado à policia que abusou sexualmente e matou o menino.
O garoto estava brincando na calçada, perto da casa da avó, por volta das 17h do sábado, quando desapareceu. A mãe estava chegando do trabalho quando uma prima contou que a criança tinha sumido, enquanto a avó tomava conta. Vizinhos e parentes se uniram para procurar de porta em porta a criança.
A busca levou aproximadamente quatro horas. "Quando ele foi encontrado estava morto dentro de uma casa do vizinho perto da casa da minha mãe. Encontraram meu filho numa máquina de lavar todo enrolado num saco junto com lençol, todo ensanguentado, com várias facadas no pescoço. Uma crueldade fizeram com meu filho", disse Jadna Rodrigues.

Vizinhança ficou revoltada com a morte da criança. (Foto: Reprodução / TV Globo)Vizinhança ficou revoltada com a morte da criança.
(Foto: Reprodução / TV Globo)
O sargento da Polícia Militar, José Edilson Lima, conta que abordaram o suspeito no Alto do Céu, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife, acreditando que podia ser um dos fugitivos do Complexo do Curado, antigo Presídio Aníbal Bruno. "Ele inicialmente disse ser doente mental, mas a gente levou ele até a Delegacia de Jaboatão para confirmar até porque ele informou que era ex-presidiário. Na delegacia a gente confirmou que ele era ex-presidiário e que tinha um mandado de prisão em aberto contra ele. Ele confessou ter assassinado o menino na noite anterior no bairro de Afogados, assassinado e estuprado", detalha Lima.
O suspeito foi levado para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa para ser interrogado. Do lado de fora da delegacia, moradores que passaram a noite em busca do suspeito estavam revoltados neste domingo.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Governo no DF cancela festa pelos 500 dias para a Copa do Mundo



O governo do Distrito Federal cancelou a solenidade em comemoração pelos 500 dias para a Copa do Mundo, que seria realizado na tarde desta segunda-feira (28), ao lado do Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília.

O governador do DF, Agnelo Queiroz, anfitrião do evento, decidiu cancelar a festa em luto pela tragédia em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, onde 233 pessoas morreram e 92 pessoas ficaram feridas durante incêndio ocorrido em uma boate, na madrugada deste domingo (27).
Além de marcar os 500 dias para o início da Copa do Mundo de 2014, o evento teria o lançamento do poster oficial da competição.
O GDF informou que a visita ao estádio está mantida, mas não confimou as autoridades que estarão presentes. Inicialmente, a previsão era que estivessem no evento o secretário geral da FIFA, Jérôme Valcke, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, o presidente do Comitê Organizador Local (COL), José Maria Marin, os integrantes do Conselho de Administração do COL, Ronaldo e Bebeto, e outras autoridades. A visita está prevista para as 10h30 desta segunda (28).
Veja abaixo nota do GDF lamentando o ocorrido em Santa Maria e cancelando o evento pelos 500 dias para a Copa do Mundo.
"Em pesar pela tragédia ocorrida em Santa Maria (RS), o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, consternado, determinou o adiamento do evento, do qual seria o anfitrião e que se realizaria nesta segunda-feira (28), no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha. A cerimônia, que marcaria a contagem regressiva para os 500 dias da Copa do Mundo da FIFA 2014, era uma parceria entre o GDF, o Ministério do Esporte, a FIFA e o Comitê Organizador Local (COL).
O governador lamentou o ocorrido no Rio Grande do Sul. 'Este domingo é um dia de grande tristeza para mim e para todo o povo do Distrito Federal. Em nome dos brasilienses e dos demais brasileiros que moram na nossa capital, quero me solidarizar com os pais, mães, irmãos, familiares e amigos das vítimas dessa terrível tragédia em Santa Maria (RS) e com todos os gaúchos', afirmou."

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Após tragédia em boate, Planeta Atlântida será transferido no RS


A tragédia que matou 233 pessoas após um incêndio em uma boate, em Santa Maria, fez o Grupo RBS suspender todos os eventos que seriam realizados por intermédio de seus veículos, incluindo o Planeta Atlântida. O festival realizado anualmente no Litoral Norte do Rio Grande do Sul estava marcado para os dias 1 e 2 de fevereiro. Uma nova data será anunciada pela organização do evento em breve.
A organização informa que quem já comprou ingressos não sofrerá prejuízo. A orientação é aguardar as próximas informações. As atrações também estão sendo comunicadas e agendadas para a próxima data. A venda de entradas, no entanto, está suspensa até a divulgação da nova data. Informações sobre devolução do valor dos ingressos já adquiridos serão disponibilizadas posteriormente no site do evento.

Confira a nota oficial
Consternado com a tragédia ocorrida na madrugada deste domingo (27), em Santa Maria/RS, e em respeito à memória das vítimas e em solidariedade a seus familiares e amigos, o Grupo RBS comunica que todos os eventos que seriam por ele realizados, ou por intermédio de seus veículos, incluindo o Planeta Atlântida, estão suspensos nos próximos sete dias, acompanhando o período de luto oficial decretado pelo governo do Estado do Rio Grande do Sul.

O Grupo RBS está trabalhando para reprogramar essas datas e tão logo seja possível informará amplamente por meio de seus veículos de comunicação.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Veja fotos do interior da boate após incêndio em Santa Maria


O ginásio do Centro Centro Desportivo Municipal de Santa Maria (RS) recebeu 233 corpos de vítimas do incêndio na boate Kiss, ocorrido na madrugada deste domingo (27). Segundo as autoridades, este é o número que está sendo divulgado como oficial.
No dia seguinte, a boate estava irreconhecível. Ainda havia um cheiro muito forte de queimado no local. A estrutura está aparentemente comprometida, com ferros retorcidos. Há também plástico derretido.

Interior da boate Kiss, após incêndio ocorrido na madrugada deste domingo (27) (Foto: Giovani Grizotti/RBS TV)Interior da boate Kiss, após incêndio ocorrido na madrugada deste domingo (Foto: Giovani Grizotti/RBS TV)

Entre os mortos, há 120 homens e 112 mulheres. Inicialmente, a Brigada Militar havia divulgado 245 mortos, mas o número foi revisto no início da tarde.
A expectativa, no entanto, é de que o número de vítimas fatais aumente, já que ainda há 116 feridos em atendimento. "Confirmamos até agora 232 mortes. São 120 homens e 112 mulheres. Algumas pessoas ainda estão sendo removidas do hospital, o que deve aumentar o número de mortes", disse o coronel Jaime Garcia, comandante do CRPO Central.
Segundo informações preliminares, o fogo teria começado por volta das 2h30, depois que a banda que se apresentava teria utilizado sinalizadores durante uma espécie de show pirotécnico.

Tragédia em boate em Santa Maria deixou ao menos 232 mortos (Foto: Giovani Grizotti/RBS TV)Tragédia em boate em Santa Maria deixou ao menos 233 mortos (Foto: Giovani Grizotti/RBS TV)

As faíscas teriam atingido a espuma do isolamento acústico, no teto da boate, e iniciado o fogo, que se espalhou pelo estabelacimento em poucos minutos. O incêndio provocou pânico, e muitos presentes não conseguiram acessar a saída de emergência.
O número de pessoas que estavam na boate ainda não foi confirmado. A festa "Agromerados" reunia estudantes da Universidade Federal de Santa Maria, dos cursos de Pedagogia, Agronomia, Medicina Veterinária, Zootecnia e dois cursos técnicos.
A polícia e o Corpo de Bombeiros ainda trabalham no local em busca de mais informações sobre as circunstâncias da tragédia. A investigação vai ficar a cargo da 1ª Delegacia de Polícia de Santa Maria. Testemunhas já estão sendo ouvidas.

Há 106 feridos internados. Alvará estava vencido desde agosto, dizem bombeiros. (Foto: Giovani Grizotti/RBS TV)Há 106 feridos internados. Alvará estava vencido desde agosto, dizem bombeiros. (Foto: Giovani Grizotti/RBS TV)

Festa reunia universitários
A festa universitária "Agromerados", que tinha classificação etária de 18 anos e ingressos ao preço de R$ 15, começou às 23h de sábado (26), de acordo com as informações divulgadas no site da casa noturna.
O evento era direcionado para jovens da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). As atrações confirmadas no site da boate foram Gurizada Fandangueira, Pimenta e seus Comparsas, além dos DJs Bolinha, Sandro Cidade e Juliano Paim.

Inicialmente, seguranças tentaram barrar saída de boate, diz estudante (Foto: Fábio Almeida/RBS TV)Inicialmente, seguranças tentaram barrar saída de boate, diz estudante (Foto: Fábio Almeida/RBS TV)

Alvará de boate estava vencido
O alvará de funcionamento da boate Kiss estava vencido desde agosto de 2012, segundo o comandante do Corpo de Bombeiros da Região Central do Rio Grande do Sul, tenente-coronel Moisés da Silva Fuchs. Ele disse que o documento serve para atestar as condições de prevenção e combate a incêndios.
"Está vencido desde agosto. O alvará é necessário para o funcionamento da casa na sua normalidade", disse ao G1.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Ao menos 233 morrem em incêndio em casa noturna de Santa Maria (RS); veja lista com 184 mortos


Incêndio de grande proporção atinge a boate Kiss, no centro de Santa Maria (RS)

O incêndio em uma boate deixou ao menos 233 mortos --sendo 120 homens e 113 mulheres-- e mais de 100 feridos em Santa Maria (a 286 km de Porto Alegre), na região central do Rio Grande do Sul, segundo o Corpo de Bombeiros. O fogo começou por volta das 2h deste domingo (27). Inicialmente, os bombeiros divulgaram  que o número de mortos era 245 mas, após uma recontagem, a quantidade foi revista. Trata-se do segundo incêndio mais mortal e a quinta maior tragédia da história do Brasil.

  • Arte UOL
    Localização de Santa Maria, região central do RS
A Secretaria de Segurança Pública divulgou uma lista provisória com 184 mortos na tragédia,veja aqui.

A Prefeitura de Santa Maria decretou luto oficial de 30 dias, e o governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, decretou luto oficial de sete dias no Estado.


  • Reprodução
    Convite da festa que ocorria na boate
Em entrevista à rádio Gaúcha, o delegado Sandro Luís Meinerz, titular da 3ª Delegacia de Polícia de Santa Maria, disse que, a princípio, as pessoas não morreram queimadas, mas asfixiadas pela fumaça por não terem conseguido sair do local.

"Estamos retirando os corpos do local e tomando as providências necessárias para o início das investigações. Não se sabe ainda o número exato de corpos. Mas, em princípio, não há nenhum corpo em situação precária que possa prejudicar a identificação. As pessoas não conseguiram sair. A saída parece pequena para o número de pessoas que estava lá dentro, e o pânico acabou gerando essa situação", contou.

A boate possui apenas uma saída, o que gerou tumulto na hora da fuga das chamas. Os bombeiros tiveram que abrir um buraco na parede externa para auxiliar no salvamento.

"Terminamos o rescaldo no local e estamos fazendo a remoção dos corpos", disse o comandante dos Bombeiros de Santa Maria, Moisés da Silva Fux, à rádio Gaúcha.

"A maior parte dessas pessoas morreu asfixiada. Elas entraram em pânico e acabaram pisoteando umas às outras. O principal fator [para as mortes] foi a asfixia. O isopor gera uma fumaça muito tóxica", afirmou o comandante-geral do Bombeiros do Rio Grande do Sul, coronel Guido de Melo.

Conforme um segurança que trabalhava na boate no momento do incêndio, entre mil e 2.000 pessoas deveriam estar no local durante o incidente, e a maioria era adolescente.

  • Fachada de boate Kiss, em Santa Maria (RS), antes e depois do incêndio



Causas

Informações preliminares dão conta de que o fogo teve início com um sinalizador utilizado no show de uma banda. Faíscas teriam atingido o teto da boate Kiss, na rua dos Andradas, e incendiado a espuma de isolamento acústico.

A quadra do Centro Desportivo Municipal está isolada, pois o local está recebendo corpos para serem identificados pela perícia. Ao menos cinco pessoas que receberam atendimento morreram.

Os bombeiros estão sendo auxiliados por militares da Base Aérea de Santa Maria, por agentes da Polícia Rodoviária Federal, da Polícia Rodoviária Estadual, pela Brigada Militar (o equivalente à Polícia Militar gaúcha), além do auxílio de ambulâncias de urgência de hospitais e clínicas.

Tarso Genro (PT), governador do Rio Grande do Sul, lamentou a tragédia e, via Twitter, disse que se encaminharia para a cidade. 

Rio Grande do Sul
O governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, decretou luto oficial de sete dias em homenagem às vítimas. "Estamos empenhados em dar apoio necessário para que tenhamos, inclusive, levantamento de provas de inquérito de alto nível, para que a gente possa esclarecer as causas deste evento", declarou.

Tarso Genro disse que esta é uma tragédia brutal. "É momento de compartilharmos a dor e a nossa solidariedade a todas as famílias. É um momento muito duro. Tem que ter competência e solidariedade para trabalhar bem".

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Em Facebook atribuído à boate Kiss, nota é divulgada devido à tragédia: Funcionários estavam preparados



Local da tragédia de Santa Maria, que resultou na morte de 233 pessoas devido a um incêndio na madrugada deste domingo, a boate Kiss teria publicado uma nota no que seria a sua página no Facebook, no final da tarde. No texto, a administração do estabelecimento alega que os funcionários eram treinados e estavam preparados para qualquer situação.

Leia a nota na íntegra:

"Comunicado oficial:

É com grande pesar que a Boate Kiss comunica a todos o acidente ocorrido em 26/01/2013.

Nesse primeiro momento, a prioridade da casa é prestar todo o atendimento necessário aos sobreviventes e familiares das vítimas fatais. É isso o que está sendo feito com disponibilidade de informações e acompanhamento de equipe multidisciplinar (psicólogos, médicos, assistentes sociais, etc. (sic.)

Informamos ainda que nosso quadro de funcionário (sic.) possuem a mais alta qualificação técnica e estevam (sic.) devidamente treinados e preparados para qualquer situação de contingência.

Nesse momento nossas operações encontram-se suspensas por tempo indeterminado. Entretanto, desde já nos colocamos a disposição das autoridades para prestar esclarecimentos que se façam necessários.

Sinceramente,

Equipe Boate Kiss

Armando C. Neto - Administração."


Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Perícia busca sinalizador e extintores de boate da tragédia de Santa Maria


O delegado Sandro Meinerz, 3ª Delegacia de Polícia de Santa Maria (RS), informou que a polícia técnica já atua no interior da boate Kiss e procura vestígios para explicar o início do incêndio que vitimou mais de duas centenas de jovens.

"Estamos procurando o sinalizador que muitos sobreviventes apontam como o iniciador do fogo", afirmou Meinerz.

Ele também disse que os extintores da casa já foram localizados e serão periciados para saber se estavam na validade ou se apresentavam algum defeito, o que também foi testemunhado por pessoas que estavam na casa na hora da fatalidade.

"Era um ambiente muito fechado e com portas que davam pouca vazão para o público", analisou o delegado.

Segundo Meinerz, um dos proprietários da boate deu depoimento, e a polícia espera contar com as declarações de outro dono e mais os gerentes para dar continuidade às investigações. Ele afirmou que um dos músicos da banda Gurizada Fandangueira, cujo show pirotécnico teria iniciado o incêndio, também foi ouvido.

De acordo com o major Cleberson Bastianello, comandante do 2º Batalhão da Brigada Militar do BOE (Batalhão de Operações Especiais) de Santa Maria, até o final da tarde de domingo a lista de mortos chega a 233 pessoas.

O titular da 3ª Delegacia de Polícia de Santa Maria disse as pessoas morreram asfixiadas pela fumaça por não terem conseguido sair do local.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Sócio de boate presta depoimento no RS

O incêndio acabou com centenas de mortes no RS / Germano Roratto/Ag. RBS/FolhapressO incêndio acabou com centenas de mortes no RSGermano Roratto/Ag. RBS/Folhapress
Um dos proprietários da Boate Kiss, onde ocorreu um grande incêndio na madrugada deste domingo, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, se apresentou à polícia logo depois do incêndio e deve ser ouvido novamente nesta tarde. A informação é do delegado regional de Santa Maria, Marcelo Arigony, ouvido pela Rádio Bandeirantes. Centenas de pessoas morreram após o incêndio. 

Arigony confirmou que um elemento pirotécnico, provavelmente um sinalizador, provocou o início das chamas. O artefato foi disparado por um dos integrantes da banda que se apresentava na casa noturna.

Ainda de acordo com o delegado, uma força-tarefa formada por 500 pessoas trabalha na liberação dos corpos. 

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

TENTATIVA DE HOMÍCIDIO EM MOSSORÓ


Mais uma tentaiva de homicídio em Mossoro no inicio da tarde de hoje 27 de janeiro de 2013 domingo na rua Farias (rua principal) da Alameda dos cajueiros após o posto de saúde.
Antônio Missilano Medeiros da Silva,21 anos estava tabalhando de servente de pedreiro quando chegou um elemento em uma moto tipo (HONDA POP) efetuou varios disparos de arma de fogo contra o mesmo ele foi alvejado no braço esquerdo nas costas e no torax .O individuo se evadiu rapidamente do local após o crime.Estiveram no local isolalando a área os Sds da viatura 1216 Adriel e Andrade.
A vítima foi socorrida pela viatura ALFA 01 do SAMU e conduzido para o hospital Regional Tarcisio Maia.


Reprodução Cidade News Itaú via Passando na Hora
Leia Mais ››

Banda que tocava em boate em Santa Maria teve um integrante morto



Dos seis integrantes da banda Gurizada Fandangueira, que tocava na boate Kiss em Santa Maria (RS) na hora do incêndio onde pelo menos 232 pessoas morreram e outras 131 se feriram, apenas um morreu: o sanfoneiro (gaiteiro) Danilo Jaques, o mais jovem do grupo.
O baterista Eliel de Lima, de 31 anos, contou ao G1 que, antes de deixar o local, desatou a sanfona das costas do amigo. Eliel diz que foi o último músico a deixar o palco. Nessa hora, Danilo estava parado ao lado da porta do banheiro, ainda preso à sanfona. Foi quando o baterista ajudou o colega a se livrar do instrumento.
Na imagem abaixo, postada no Facebook da banda, de acordo com Eliel aparecem (da esquerda para a direita) ele, o sanfoneiro Danilo, o percussionista Marcio, o baixista Geovani (mais ao fundo), o vocalista Marcelo e o ex-integrante Wil – todos na faixa dos 30 anos.

Banda Gurizada Fandangueira, que tocava na hora do incêndio em Santa Maria, teve um integrante entre os mortos: o sanfoneiro Danilo Jaques, que aparece acima de camisa azul e blazer preto (Foto: Arquivo pessoal)Banda Gurizada Fandangueira, que tocava na hora do incêndio em Santa Maria, teve um integrante entre os mortos: o sanfoneiro Danilo Jaques, que aparece acima de camisa azul e blazer preto (Foto: Arquivo pessoal)

"Naquela altura, o pessoal já estava correndo, a fumaça levantando, aí não o vi mais, estava tudo escuro, era uma fumaceira", lembra.
Depois disso, Eliel saiu correndo em direção à saída e ficou esperando em um estacionamento em frente pelos outros cinco companheiros da banda. Aos poucos, os músicos se encontraram, mas Danilo não voltou.
"A gente saiu mal, no meio da fumaça, tive dor no peito. Fiquei aguardando para podermos nos achar, para ver quem tinha saído. Fomos nos encontrando aos poucos e ficamos na expectativa de achar o Danilo, mas ele não apareceu", relata.
Eliel só ficou sabendo da morte do amigo no início da tarde deste domingo, pois mora na cidade de Rosário e foi para casa depois do acidente.
Segundo o baterista, Danilo "era uma pessoa maravilhosa, parceira, com um jeito alegre e divertido". Ele conta que tentou ligar para a família da vítima, mas não conseguiu contato e decidiu não insistir para não atrapalhar os parentes nessa hora difícil.
Início do incêndio
Eliel lembra que a banda estava tocando há cerca de meia hora quando o fogo começou. Os integrantes do grupo foram as primeiras pessoas a perceber o incidente, por isso conseguiram escapar rápido, "superapertados". Para chegar até a saída, tiveram que atravessar toda a boate Kiss, pois o palco ficava no lado oposto ao da porta externa.
"Um segurança chegou com um extintor de incêndio, tentou apagar o fogo, mas o extintor não funcionou", revela o baterista, que toca na Gurizada Fandangueira há nove meses – o grupo existe há cerca de nove anos.
O músico diz que não se machucou, apenas se esfolou. Ele conta que ficou em frente à boate por cerca de uma hora, até os bombeiros isolarem a área para pôr os corpos das vítimas na rua. Eliel deixou o local por volta das 4h da manhã.
Show pirotécnico
A banda Gurizada Fandangueira tocava na boate Kiss pelo menos uma vez por mês, de acordo com o baterista. Nas apresentações, o grupo costumava usar efeitos de pirotecnia, que duravam apenas alguns segundos, segundo Eliel.
"Nunca deu problema, e não são os músicos que controlam isso, mas um rapaz da equipe técnica. A gente usava aqueles negócios no chão, que levantam e se apagam sozinhos. Acho que aciona por controle remoto", diz.
Segundo o baterista, os companheiros ainda não conversaram sobre o acidente nem sobre o futuro da banda.
Integrantes de outra banda desaparecidos
Valderson Wottrich, líder da banda Pimenta e seus Comparsas, que tocava na boate Kiss antes do incêndio, disse que dois dos quatro membros do grupo ainda estão desaparecidos.
A banda se apresentou entre 1h e 2h10, antes da entrada do grupo Gurizada Fandangueira, que usou efeitos pirotécnicos durante o show. O vocalista conta que foi difícil enxergar quando abriu a porta para sair do camarim. Ele e o outro integrante conseguiram sair a tempo, logo no início do incêndio, mas os outros dois integrantes estão desaparecidos.
"Conseguimos sair logo no início pela porta que tinha um metro e meio de largura. Só conseguíamos enxergar 5 centímetros à frente por causa da fumaça preta", relata.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››