RÁDIO CIDADE AO VIVO

Ouça pela Rádios Net ou clique na imagem abaixo

Ouça pelo Listen 2 My Rádio ou clique na imagem abaixo

Imagem relacionada
Loading ...

quarta-feira, janeiro 30, 2013

Casa da Moeda do Brasil envia nota de esclarecimento ao Blog Cidade News Itaú


A assessoria de impressa da Casa do Moeda enviou nota de esclarecimento ao blog Cidade News Itaú, dando suas explicações a respeito da matéria intitulada “Cidade do interior do RN cria moeda própria para incentivar economia local” reproduzida pelo blog. Esclarecendo aos nossos leitores que não é responsável pela fabricação da moeda “Gostoso”.

Confira a reportagem no link e o e-mail enviado a nossa redação:

Caro Arlindo Maia,

boa tarde.

Sou assessora de imprensa da Casa da Moeda e solicito, por favor, a inclusão do nosso posicionamento referente à notícia abaixo, em que somos citados:


Diz o texto da notícia: “1 gostoso vale um real. E as notas tem total segurança”, disse João Eudes. O presidente da AMJP contou que as notas foram confeccionadas em pepel especial, semelhantes ao da moeda oficial do país. “Elas foram feitas pela mesma empresa que faz o real. Tem, inclusive, alguns dos mesmos itens de segurança que o dinheiro convencional tem, como numeração de série e marca d'água”, revelou.

Nota da Casa da Moeda do Brasil:

“A Casa da Moeda do Brasil, responsável pela produção do Real para o meio circulante brasileiro, esclarece que não fabrica a moeda social denominada “Gostoso”, conforme citada na reportagem. A empresa pública ressalta ainda que não tem nenhuma participação no projeto.”

Seria possível, por favor, colocar nosso posicionamento logo abaixo do parágrafo onde somos citados?

Arlindo Maia da Redação do Cidade News
Leia Mais ››

Blog volta a normalidade



Informamos aos nosso leitores que o blog Cidade News Itaú voltou a sua normalidade na tarde desta quarta-feira (30).

Após alguns dias com suas configurações modificadas conseguimos voltar como antes, onde também está sendo possível a cópia das nossas matéria.

Atenciosamente à
Redação do Cidade News Itáu
Leia Mais ››

Pais prendem a filha em jaula e vão ao cinema


Casal foi detido por ter colocado a filha adotiva de oito anos em uma jaula enquanto seguia para o cinema, informou a polícia. Foto: AFP Photo

Um casal americano foi detido por ter colocado a filha adotiva de oito anos em uma jaula enquanto seguia para o cinema, informou a polícia.

Cindy Patriarchias, 33 anos, e Edmond Gonzales, 37, foram acusados de negligência parental depois que a menina, que sofre de um problema de crescimento, foi encontrada presa em uma jaula de madeira de fabricação artesanal no trailer da família em Las Cruces, Novo México.

A jaula, de 1,52 m de comprimento, 0,74 m de profundidade e 1,26 m de altura, tinha uma porta fechada com duas peças de madeira e um colchão de bebê no chão, segundo a polícia de Las Cruces.

Os agentes foram chamados na sexta-feira à noite pelo ex-marido de Cindy, que suspeitava que a menina havia sido deixada sozinha e no escuro dentro da casa, enquanto o casal ia ao cinema, situado em uma escola próxima, acompanhado dos outros três filhos.

A menina recebeu atendimento médico, mas não parece ter sofrido ferimentos físicos, segundo a polícia.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Delegado diz que crime contra ator foi latrocínio e não homofobia; artistas realizam “palhaceata”


Reprodução Facebook
José Ismar
O delegado Marcelo Falcone, da Delegacia de Crimes contra a Pessoa, disse acreditar que o assassinato do ator pernambucano, José Ismar Eugênio, de 42 anos, trata-se de um latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte.

Segundo Marcelo Falcone explicou que até o momento não há indícios de que se trate de um crime homofóbico como teria sido levantado por algumas pessoas. Ele investiga a linha de investigação de latrocínio porque foram levados pertences da vítima.

O assassino teria entrado em luta corporal com a vítima, de acordo com os sinais encontrados no local do crime e foi registrado roubo de um computador e dinheiro. Apesar da residência não ter sido arrombada, esse indícios apontam na opinião do delegado para o latrocínio. José Ismar Eugênio foi encontrado morto a facadas no último domingo (28) dentro do apartamento dele no Pedro Gondim, em João Pessoa.

De acordo com a Delegacia de Crimes Contra a Pessoa, além de ter realizado todos os procedimentos de costume no local de crime – como isolamento da área e recolhimento de vestígios pela equipe do Instituto de Polícia Científica (IPC) – a polícia já ouviu diversas pessoas, entre familiares, vizinhos e amigos do ator.

Artistas realizam protesto

Artistas circenses, palhaços, atrizes e integrantes de movimentos sociais farão uma “palhaceata” contra os crimes homofóbicos registrados em João Pessoa, na próxima terça-feira (5), às 15h30, em homenagem ao ator Ismar Pompeu (palhaço Pirulito), encontrado morto a facadas no último domingo (28). A concentração será no Theatro Santa Roza, no Centro.

Os organizadores do evento querem que a polícia investigue se os crimes estão sendo executados pela mesma pessoa ou até grupo. “Os métodos são os mesmos, usam arma branca e sempre são crimes com altos requintes de crueldade. O cenário quase sempre é o mesmo, a casa e o apartamento das vítimas”. A Paraíba ocupa o segundo lugar em assassinatos de homossexuais no Brasil, perdendo apenas para Pernambuco.

“É de estarrecer que toda a sociedade silencie diante de algo assim, até hoje pouquíssimos casos foram solucionados ou se descobriu os criminosos”, diz o artista e dançarino Vant Vaz, da Tribo Ethnos.

Segundo ele, as pessoas podem se juntar ao protesto com os artistas circenses para pedir um basta contra a violência. “Pedimos que as pessoas se vistam de palhaços ou usem cores, levem apitos, cornetas, percussões, trombetas, confetes e serpentinas. Vamos celebrar em sorrisos e alegrias a vida desta pessoa humana chamada José Ismar Eugênio Pompeu que muitos de nós conhecemos como Pirulito”, disse Vaz. Músicos, atores e atrizes, palhaços e palhaças, acrobatas, malabaristas, bailarinos e bailarinas, artistas visuais foram convidados a participar da palhaceata contra violência.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Campanha de prevenção às DST e AIDS para o carnaval será lançada nesta quinta


O secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa, irá representar o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, no lançamento da Campanha de Prevenção às DST/aids para o Carnaval 2013. O evento será realizado nesta quinta-feira (31) no Morro dos Prazeres, Santa Teresa, Rio de Janeiro.

Além da apresentação da campanha – que neste ano tem como tema “A vida é melhor sem AIDS. Proteja-se. Use sempre a camisinha”, serão homenageados os trabalhos desenvolvidos por 18 agentes de prevenção.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Justiça condena ex-vereadora por receber Bolsa Família sem ser beneficiária


Justiça Federal
A Justiça Federal condenou a ex-vereadora do município de Alcantil (PB) Lurdinalva Pereira da Silva por estelionato, em razão de ter recebido nove parcelas no valor de R$ 80,00 do Bolsa Família, sem estar inscrita como beneficiária do programa assistencial. A denúncia foi oferecida pelo Ministério Público Federal em Campina Grande. 

A pena de 1 ano e 8 meses de reclusão foi substituída por prestação de serviços à comunidade e prestação pecuniária, a ser delimitada na execução do processo. Também foi aplicada multa de R$ 400,00, além da indenização de R$ 720,00, a título de reparação de danos (natureza civil). 
    
Na ação penal pública, o MPF explicou que de janeiro a setembro de 2005 Lurdinalva Silva recebeu conscientemente o dinheiro do programa sem preencher os requisitos para percepção do benefício, já que à época dos fatos percebia a remuneração de R$ 1 mil pelo cargo de vereadora.
    
Assim, ficou comprovada a obtenção da vantagem ilícita e o prejuízo aos cofres públicos. Foi aplicado, ainda, aumento de pena porque o crime foi cometido contra a União. Cabe recurso. 

* Ação Penal Pública nº 0002642-92.2006.4.05.8201

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Governadora consegue liberação imediata de R$ 5 milhões para instalação de poços artesianos


rosa ministro
A governadora Rosalba Ciarlini se reuniu com o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, na manhã desta quarta-feira (30), para discutir o andamento da liberação de recursos para diversos projetos de ampliação de sistemas de abastecimento d’água, implantação de adutoras, recuperação de barragens e instalação de poços artesianos, apresentados pelo Governo do Rio Grande do Norte no ano passado e aprovados pelo Governo Federal, dentro do programa PAC Semiárido.

O ministro se comprometeu a agilizar a liberação de R$ 22 milhões, que já estão autorizados. A Governadora pediu prioridade máxima para os recursos destinados à instalação de poços artesianos, que, segundo ela, são a solução imediata mais efetiva para minimizar os efeitos da estiagem na vida da população, dado o atual cenário de redução do nível de água dos açudes. Sensível ao pleito da Governadora, o Ministro autorizou a liberação de mais 5 milhões de reais, somente para a instalação de poços artesianos.

A governadora e o ministro também acertaram detalhes da visita que a Presidente Dilma fará ao Rio Grande do Norte, no início do mês de março. Na ocasião será inaugurada a primeira fase da Adutora do Alto Oeste, que está sendo concluída com recursos estaduais e federais. O investimento do Governo do Estado é de R$ 24 milhões. A obra, que está na fase final de testes, vai levar água a municípios com deficiência crônica de oferta, como Luís Gomes.

Reprodução Cidade News Itaú via Robson Pires
Leia Mais ››

TCE condena ex-gestor do DER à devolução de recursos públicos


Os conselheiros da Segunda Câmara do Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) votaram pelo ressarcimento ao erário público do valor de R$ 89 mil pelo ex-diretor geral do Departamento de Estrada e Rodagem (DER), José D’Arimatea Fernandes, por irregularidades na prestação de contas,pregão presencial nº 009/2010. A decisão foi em sessão realizada nesta terça-feira.

A licitação teve como objeto a aquisição de agregados para produção de pré-misturados a frio – PMF, para fins de conservação das rodovias sob a jurisdição do I Distrito Rodoviário – Mossoró/RN. O relator da matéria, conselheiro Tarcisio Costa, entendeu “que  a aquisição de material sem comprovação de sua destinação por meio documental caracteriza dano ou prejuízo ao Erário, e gera, dentre outros efeitos, a obrigação de restituir o valor despendido.”

Diante do fato, o ex-gestor deve devolver aos cofres públicos o valor  corrigido, em virtude da despesa sem destinação específica, além de aplicação de multa no equivalente a 10% do valor do débito, com fulcro no art. 78, inciso I, combinado com o art. 102, inciso I, todos da Lei Complementar nº 121/94. (Processo Nº 013272/2011.)

Venha Ver

O conselheiro Tarcísio Costa também foi relator do processo nº 010116/2005- TC,  que teve parecer desfavorável à aprovação, com devolução de recursos ao erário, pelo ex-presidente da Câmara Municipal de Venha Ver, Anízio Pessoa de Souza, com as seguintes medidas sancionatórias:   ressarcimento do valor de R$ 37.185,02 devidamente corrigido, sendo R$ 2.750,00 em virtude da concessão irregular de diárias; R$ 34.359,65 em razão da realização de despesa sem comprovação da sua destinação pública R$255,37 concernente ao pagamento indevido de multas de trânsito.

O ex-gestor também sofreu multa equivalente a 10% do valor do débito, além de multa no valor total de R$ R$ 300, sendo R$150,00 referente a ausência de Guia de Tombamento e R$ 150,00 atinente às falhas formais verificadas em licitação.

Goianinha

O ex-prefeito de Goianinha, Rudson Raimundo Honório Lisboa, também teve contas consideradas irregulares pelo TCE, com devolução de recursos aos cofres públicos no valor de  R$ 77.660,00,  devidamente corrigido. Desse valor,  R$ 4.100,00 é referente a soma das diárias recebidas indevidamente e  R$ 66.560,00  em virtude da despesa sem destinação específica.

As irregularidades estão na prestação de contas do terceiro bimestre de 2003, processo nª 014000/2003-TC, que também geraram aplicação de multa no equivalente a 10%  do valor do débito, com fulcro no art. 78, inciso I, combinado com o art. 102, inciso I, todos da Lei Complementar nº 121/94; d) pela imputação de multa de R$ 300,00, nos termos do artigo 102, inciso II, alínea “b”, da Lei Complementar nº 121/94, em face da ausência delicitação.

O colegiado ainda recomendou à atual administração do município de Goianinha/RN para que, doravante, não repita as falhas atinentes à classificação indevida das despesas e à numeração de páginas e envelopes exigidos por lei nas licitações.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Sanfona de músico morto foi achada na cozinha de boate de Santa Maria


Sanfona e documentos apreendidos na boate foram levadas à delegacia  (Foto: Tahiane Stochero/G1)
A sanfona do gaiteiro Danilo Jaques foi encontrada pela perícia na cozinha da boate Kiss, em Santa Maria. O músico da banda Gurizada Fandangueira é um dos 235 mortos na tragédia. O instrumento, uma lanterna e um fichário com documentos da boate foram levados à 1ª Delegacia de Polícia nesta quarta-feira (30).
Depois de passar pela perícia o material foi levado à polícia para servir como prova na investigação. O fichário continha nomes e endereços de funcionários da casa noturna. Segundo o delegado Marelo Arigony, a boate será fechada com um tapume nesta quarta-feira (20).

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Polícia leva testemunhas à boate Kiss e faz reconstituição do incêndio


Polícia leva testemunhas à boate Kiss e faz reconstituição do incêndio. Cinco pessoas voltaram ao local e relembraram momento do início do fogo. (Foto: Adriano Vizoni/Folhapress)

Cinco testemunhas foram levadas à boate Kiss, nesta quarta-feira (30), para fazer uma reconstituição do incêndio que matou 235 pessoas na madrugada de domingo (27), em Santa Maria. Segundo a Polícia Civil, todos afirmaram que o ponto de origem do fogo foi no teto do palco.

“Foi uma breve reconstituição com objetivo de esclarecer algumas dúvidas que estão surgindo no inquérito. Todos afirmaram que o fogo começou no mesmo lugar, no teto, do lado direito do palco, onde o vocalista da banda fazia o show pirotécnico”, afirmou o delegado Sandro Meinerz, um dos responsáveis pela investigação. “Todos os indícios apontam que o sputnick [sinalizador] causou o incêndio”, disse ele.
Conforme a polícia, as testemunhas também foram unânimes em afirmar que o extintor de incêndio que estava do lado direito do palco foi acionado, mas não funcionou. Eles afirmaram ainda que a fumaça demorou entre 40 segundos e um minuto para tomar conta de toda a boate.
“Certamente, a espuma funcionou facilitando a propagação rápida da fumaça porque não era da especificação adequada para o revestimento do local. A espuma foi trocada na metade do ano. Um funcionário que admitiu isso à polícia”, disse o delegado Meinerz. “Foi feito de forma amadora e ingênua”, acrescentou o delegado regional, Marcelo Arigony.
Donos formais da boate
Nesta quarta-feira foram ouvidas mais 14 pessoas, entre elas duas mulheres: a mãe e a irmã de Elissandro Spohr, que emprestaram o nome para a construção do contrato e são as sócias formais da Kiss. "Na verdade, elas emprestaram o nome.  A mãe inclusive era funcionária, recebia salário para trabalhar lá”, segundo o delegado Arigony.

A polícia diz ter um contrato de gaveta que é a prova da ligação de Mauro Hoffmann, um dos sócios presos, com a boate. Segundo a polícia, as sócias formais afirmaram em depoimento que ele participava ativamente do gerenciamento, inclusive tendo reuniões periódicas com os demais sócios.

"Documentos começaram a chegar, como do registro de imóveis, cartório, temos que descobrir todas as intercorrências que houve desde que aquela casa foi construída. Já temos mil páginas no inquérito", diz o delegado. Tanto a prefeitura quanto o Corpo de Bombeiros já enviaram as respostas.

A polícia espera até sexta-feira, quando vence a determinação judicial que determinou a prisão temporária de 5 dias, que tenha provas para pedir a prorrogação das prisões. “A investigação caminha para isso”, disse Arigony. “A prisão deles era imprescindível para que as investigações ocorressem sem interferências, para preservar os locais e as testemunhas”, acrescentou.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Mais de 20 municípios já cancelaram carnaval em razão de tragédia no RS


Homenagem de familiares de vítimas de incêndio em Santa Maria em frente à boate Kiss (Foto: Tatiana Lopes/G1)Incêndio na boate Kiss matou 235 pessoas em
Santa Maria (Foto: Tatiana Lopes/G1)
O incêndio na boate Kiss em Santa Maria já provocou o cancelamento das festividades de Carnaval em 22 municípios no Rio Grande do Sul até o momento. Só na Região Central, onde ocorreu a tragédia que vitimou mais de 230 pessoas na madrugada de domingo (27), prefeituras de 17 cidades já anunciaram que em 2013 o carnaval não ocorrerá.
Ainda na Região Central, duas cidades não definiram se adiam ou não as festas. Em Rosário do Sul, a definição só ocorrerá após o retorno do prefeito, que está em Brasília. O município de São Francisco de Assis também não anunciou uma definição. Em São Gabriel, as festas foram adiadas e ocorrerão entre os dias 22 e 24 de fevereiro.
Em Pelotas, no Sul do estado, a definição da corte para o Carnaval de 2013, que ocorreria na noite desta quarta-feira (30), foi adiada devido à tragédia, mas ainda não tem data definida para ocorrer. A festa de carnaval está confirmada.
Veja as cidades que já cancelaram o carnaval
- Santa Maria
- Jaguari
- Agudo
- Dona Francisca
- Faxinal do Soturno
- São João do Polêsine
- Nova Palma
- Ivorá
- Formigueiro
- Santiago
- São Martinho da Serra
- São Sepé
- Silveira Martins
- Santa Margarida do Sul
- Toropi
- Pinhal Grande
- Restinga Seca
- Cerro Largo
- Santa Bárbara do Sul
- Tupanciretã
- Pejuçara
- Cachoeira do Sul

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Obra em teto da boate Kiss foi feita sem aviso, diz defesa


A defesa de um dos sócios da boate Kiss admitiu nesta quarta-feira (30) que a casa noturna revestiu por conta própria o teto do estabelecimento com uma espuma que foi instalada em cima do isolamento acústico. O local foi incendiado no último domingo (27) provocando a morte de 235 pessoas.


De acordo com o advogado Jader Marques, o sócio Elissandro Spohr, 28, fez um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) com o Ministério Público após a vizinhança se queixar do excesso de barulho do local. O processo, com mais de 500 páginas, foi firmado entre 2009 e julho de 2012, e previa a instalação de uma proteção acústica que formava uma espécie de "sanduíche" com gesso, manta de fibra de vidro e gesso novamente.


Segundo o advogado, essa obra foi feita, mas como as queixas dos moradores não cessaram, o sócio decidiu, segundo o advogado, procurar especialistas e engenheiros para resolver o problema.

Marques disse que a espuma foi a opção apontada, mas admitiu que o Ministério Público não tinha conhecimento dessa mudança. Questionado sobre quem eram esses profissionais consultados, o advogado não soube responder.


O advogado disse que a casa tinha "plenas condições" de receber a festa.

Segundo testemunhas, o fogo na boate Kiss começou na espuma de isolamento, após um integrante da banda Gurizada Fandangueira manipular um sinalizador. Faíscas atingiram o teto e iniciou as chamas. O guitarrista da banda afirmou que o extintor de incêndio não funcionou.


SINALIZADORES

Segundo Marques, a banda Gurizada Fandangueira nunca tinha usado sinalizadores nas apresentações dentro da boate, apesar de a banda divulgar em seu site que fazia "espetáculo pirotécnico".

O advogado disse que um dos integrantes da banda disse ao sócio que "tinha novidades" para o show e que ele foi surpreendido com o sinalizador. "Ele não podia tomar providência porque não sabia o que seria feito. Foi uma surpresa". comentou.

SUICÍDIO

O advogado confirmou que Spohr, conhecido como Kiko, tentou suicídio no hospital onde está internado junto com a mulher, que está grávida. Segundo Marques, ele aproveitou um momento de distração dos acompanhantes e tentou se enforcar no banheiro. Agora, ele está algemado na cama e está sob o efeito de sedativos.

BOMBEIROS

O advogado reclamou da forma como o Corpo de Bombeiros atendeu a ocorrência. Segundo ele, um funcionário da boate ligou às 3 horas para pedir socorro e a chamada não foi atendida. "Foi uma operação desastrosa, ineficiente e desorganizada", afirmou Marques.

Ele diz que os bombeiros não poderiam ter permitido que civis ajudassem no resgate de outras vítimas. "Um bombeiro responsável não deve submeter um civil a tamanho risco."
Segundo ele, a água jogada pelo caminhão dos Bombeiros na única porta de saída da casa noturna também dificultou a saída dos frequentadores da casa noturna.

FERIDOS

Nesta quarta-feira, subiu para 143 o número de pessoas internadas em Santa Maria e Porto Alegre vítimas do incêndio. Nesse número estão 20 pessoas a mais que procuraram os serviços de saúde porque estiveram na casa noturna no momento da tragédia e apresentaram sintomas como cansaço e falta de ar, típicos da pneumonite química que pode ocorrer até cinco dias depois do acidente.

O número de pessoas em estado crítico, com risco de morte, permanece em 75. Eles estão dentro de um grupo de 82 pessoas internadas em UTIs (Unidades de Terapia Intensiva), sendo que desses, 57 estão em Porto Alegre e 25 em Santa Maria. Não há previsão de novas transferências, hoje, de pacientes para a capital.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Jovem é flagrado pichando fachada da boate Kiss em Santa Maria


No início da tarde desta quarta-feira (30) um jovem escalou casas vizinhas à boate Kiss, em Santa Maria (RS), subiu no telhado e pichou os dizeres 'Justiça a todos'.
A polícia o esperava na rua mas ele escapou pulando em telhados vizinhos.

Jovem picha fachada da boate Kiss nesta quarta-feira (30) (Foto: Evelson de Freitas/Estadão Conteúdo)Jovem picha fachada da boate Kiss nesta quarta-feira (30) (Foto: Evelson de Freitas/Estadão Conteúdo)
Rapaz pichou a frase 'Justiça a todos' (Foto: Evelson de Freitas/Estadão Conteúdo)Rapaz pichou a frase 'Justiça a todos' (Foto: Evelson de Freitas/Estadão Conteúdo)


Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Ministério Público do RS começa a fazer investigação própria sobre boate Kiss


O Ministério Público estadual em Santa Maria (RS) instaurou inquérito civil público para apurar as irregularidades na boate Kiss, onde um incêndio matou mais de 230 pessoas na madrugada do último domingo (27).O inquérito, instaurado na terça-feira (29), pretende apurar responsabilidades cíveis, independentemente da área criminal.

"A instauração do inquérito civil nos permite requisitar documentos e produzir provas para apurar esse tipo de responsabilidade", disse o promotor César Carlan.

"Estamos, neste momento, acompanhando o trabalho da polícia, onde os elementos de prova produzidos serão úteis para a nossa investigação".

Na área criminal, o delegado regional da Polícia Civil, Marcelo Arigony, que coordena as investigações do incêndio da boate, disse já ter certeza de que o funcionamento do estabelecimento era irregular

De acordo com ele, uma série de circunstâncias possibilitaria "até a uma criança" concluir que a casa não deveria estar funcionando.

Arigony disse ainda que, segundo sugerem as investigações iniciais, houve irregularidades nos extintores, na iluminação do banheiro, na largura da porta, na disposição da casa e na lotação do estabelecimento.

"Por que eu tenho certeza de que alguma irregularidade havia? Porque, se uma dessas circunstâncias se confirmar, já se comprovaria [a irregularidade]", disse.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Lodeiro brilha, Botafogo atropela o Audax e encosta no líder Vasco


Lodeiro comemora gol do Botafogo sobre o Audax (Foto: Cezar Loureiro / Agência O Globo)
Pressionado por dois empates consecutivos, o Botafogo assumiu uma postura diferente e foi muito mais eficiente na tarde desta quarta-feira, no triunfo por 4 a 0 sobre o Audax (confira os gols), em Moça Bonita, pela quarta rodada da Taça Guanabara. O embalo teve o brilho de Lodeiro, que fez um golaço e ainda participou de outros dois. Fellype Gabriel, Bruno Mendes e Bolívar completaram a melhor apresentação do time no ano.
A superioridade foi reconhecida pela própria torcida, que deu trégua na briga com o técnico Oswaldo de Oliveira e cantou músicas especiais para Vitinho, definindo-o como melhor do que o Neymar, e Bolívar, com a letra que foi de Dodô: "Uh, tá maneiro, o Bolívar é artilheiro".


O Botafogo pulou para a vice-liderança do Grupo A, com oito pontos, mas pode ser ultrapassado pelo Friburguense, que tem seis e enfrenta o Fluminense às 22h. O líder é o Vasco, que tem nove e pega o Flamengo nesta quinta. O Madureira, que bateu o Macaé por 2 a 1, também soma oito pontos, mas leva a pior no critério de saldo de gols. O Audax tem sete pontos no Grupo B, assim como Fluminense e Flamengo, mas ocupa o terceiro lugar.
O meia Andrezinho afirmou que o modo como a vitória saiu foi o mais importante.
- Acho que precisamos de uma vitória dessas, convencer da forma que convencemos. O espírito é esse, marcação forte, não diminuir o ritmo. Agora precisamos da vitória em Macaé para selar uma classificação que vimos lutando muito - resumiu.
A partida contra o Macaé será às 19h30m de domingo, no Moacyrzão. O Audax enfrenta o Madureira um dia antes, às 17h, em Conselheiro Galvão.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Polícia lacra boate em Santa Maria (RS) para preservar coleta de provas


A Polícia Civil do Rio Grande do Sul lacrou a boate Kiss, nesta quarta-feira (30), para a finalização dos trabalhos da perícia e a preservação da coleta de provas no local. Um incêndio no local, no último domingo (27), deixou 235 mortos --a maioria, entre 16 e 20 anos-- e mais de cem feridos.

De acordo com a assessoria da corporação, a lacração é ainda uma forma de preservar o local "para o caso de novas perícias que venham a ser requisitadas" na casa noturna dentro do prazo de 30 dias, que é o curso mínimo do inquérito.

Ainda segundo a assessoria, apenas policiais e peritos têm tido acesso ao interior da Kiss, que, do lado de fora, tem atraído curiosos desde o dia da tragédia.

Por outro lado, a assessoria alegou não ter informações ao ser indagada sobre eventual prevenção à manipulação ou sumiço de provas.

Nesta semana, a promotora criminal Waleska Flores Agostini afirmou que a não localização de imagens de câmeras internas da boate também teriam motivado as prisões temporárias de sócios do estabelecimento. Além deles, dois músicos da banda Gurizada Fandangueira, que se apresentavam e podem ter iniciado o incêndio, também estão presos.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Homem mantém criança refém após matar motorista de ônibus nos EUA



Um homem armado invadiu um ônibus escolar no estado do Alabama na terça-feira (29), matou o motorista e sequestrou uma criança de 5 ou 6 anos, levando-a para um "bunker" no porão de sua casa na cidade de Midland City.
Ela continuava sendo mantida sob cativeiro nesta quarta.
O homem foi identificado como Jimmy Lee Dykes, de 65 anos, por seus vizinhos.
Segundo autoridades e grupos antiódio, ele seria um veterano da guerra do Vietnã com posições políticas "anti-EUA".
Ele era considerado o "louco" da vizinhança e, nesta quarta, deveria comparecer ao tribunal para responder à acusação de ter atirado contra seus vizinhos.

Policiais cercam nesta quarta-feira (30) o ônibus em que ocorreu o incidente no Alabama (Foto: AP)

Ainda não estava claro se ele tinha alguma ligação com a criança.
A WSFA, uma afiliada da CNN, destacou que as rodovias locais tiveram sua circulação interrompida e as escolas nas vizinhanças cancelaram as aulas devido à situação com refém.
O motorista morto foi identificado como Charles Albert Poland Jr., de 66 anos.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Polícia começa a entregar pertences de vítimas de incêndio a familiares


Polícia começa a entregar pertences de vítimas de incêndio a familiares Adriana Franciosi/Agencia RBS

A Polícia Civil liberou, nesta quarta-feira, o acesso aos pertences das vítimas que morreram no incêndio da boate Kiss, em Santa Maria. Itens como celulares, bolsas, documentos, cartões de crédito e celulares começaram a ser entregues aos familiares que foram à sede da 1ª Delegacia de Polícia.

Os pertences foram recolhidos pelos Bombeiros e entregues para a polícia. Uma perícia foi feita nos aparelhos eletrônicos, já que eles podem reunir fotos e vídeos do show da banda Gurizada Fandangueira que poderiam auxiliar na investigação do incêndio.

A pedagoga Vanda Denise Puccini Dacorso, 51 anos, foi até a 1ª DP na tarde desta quarta-feira e recuperou a bolsa, documentos, a carteira, o cartão de crédito, o celular e um molho de chaves da filha Vitória, estudante de Nutrição. A menina de 22 anos morreu junto de outras três amigas. As quatro comemoraram seus aniversários, realizados ao longo do último mês.

— É um processo muito traumático. Não basta minha filha morrer em uma chacina e ainda tem todos esses trâmites — afirma Vanda.

Indignada, ela afirma que, além de ter percorrido hospital, ter tido que identificar a filha em meio a outros corpos e ter passado pelo processo de velório e enterro, pretende buscar na Justiça a responsabilização dos culpados pela tragédia.

— Não quero indenização, porque isso é até uma afronta à minha filha. Eu quero punição — declara.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Entreguei-os para Deus quando saíram para a boate, diz mãe que perdeu dois filhos no incêndio


Elaine Gonçalves, mãe de Gustavo Gonçalves, comparece ao enterro dele no cemitério ecumênico de Santa Maria (RS). O jovem teve 70% do corpo queimado e não resistiu aos ferimentos. Na última segunda-feira (28), Elaine enterrou outro filho, Deivis Gonçalves, também vítima do incêndio na casa noturna

"Eu entreguei eles para Deus na hora em que saíram para a boate", diz a doceira Elaine Gonçalves, 61, mãe de Gustavo e Deivis Marques Gonçalves. Os dois irmãos morreram em consequência do incêndio da boate Kiss --Deivis no mesmo domingo (27) da tragédia, Gustavo agonizou com 70% do corpo queimado e teve morte encefálica nesta terça-feira (29) no Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre.

O velório dele, a vítima número 235 da tragédia de Santa Maria, começou com a chegada do caixão na capela 5 do Hospital de Caridade. A mãe procurava confortar os irmãos e os amigos, demonstrando firmeza, mas o tempo todo com estava com o rosto lavado de lágrimas. "O calor está me matando" era sua única queixa, além do lamento pela morte dos filhos.

"Ela é uma mulher guerreira", elogia o cunhado --que não quis ter o nome publicado. Dona Elaine assumiu um papel informal de porta-voz dos pais ao perder dois filhos no intervalo de dias, celebrizada pela dor em rede nacional.

Hoje, no velório, ela recontou seu drama: "Gustavo queria ir para a boate, mas eu disse que ele deveria reunir os amigos aqui em casa, como fez no aniversário dele dia 16". Mas, Gustavo queria a festa na Kiss e a vontade do filho prevaleceu. Ela não se opôs: "Eu sei como é ser jovem, eu também fui festeira".

A mãe conta que "não sei o que foi que meu deu, mas aquela noite eu não peguei no sono logo. Estava vendo TV, não tive nenhum palpite, nada. Antes de dormir, entreguei meus filhos ao Senhor, numa oração, como sempre faço".

A mãe vai repetindo a história para quem chega nos fundos da capela 5, onde passa momentos à sombra. Amigos entram e saem o tempo todo. Ela vai mudando de assunto –ao mesmo tempo, comanda tudo. São delas todas as decisões sobre o enterro. "Agora nós temos que seguir em frente", diz, resignada, enquanto abraça a filha Daniele.

"Eu quero a Justiça de Deus, porque meus filhos saíram de casa banhadinhos, arrumadinhos, bonitinhos, não é justo comigo nem com os outros pais que eles voltem mortos".

Ela ainda alterna momentos de dor com sorrisos, quando conforta os amigos dos filhos, integrantes do piquete de cavalarianos Ari Gonçalves --um piquete é uma versão dos CTGs (centro de tradições gáuchas), do qual Deivis era fã. A mãe dos rapazes disse ainda que o pior momento de sua vida foi "saber que meu filho Deivis morreu". Àquela dor ela somou a da morte de Gustavo: "Dois golpes destes podem matar uma pessoa".

A mãe contou que foi acordada por um telefonema da filha apenas às 9h do domingo (27). "Ela me disse que os meninos não tinham voltado da Kiss e eu não pensei nada", relembra.

Quando a filha falou do incêndio, ela não aceitou a realidade: "Fomos procurar por eles. Só lá pelas 16h achamos o Deivis, no ginásio municipal (entre os mortos). E quando encontraram o Gustavo, no hospital, eu achei que teríamos sorte".

A família Gonçalves não teve sorte. Gustavo estava em estado grave, com queimaduras em 70% do corpo. Ainda no domingo ele foi um dos primeiros transferidos para Porto Alegre, para o centro de referência de queimados do Hospital de Pronto Socorro: "Não pude ir com ele porque tinha que ficar para o enterro do Deivis", diz dona Elaine.

Ela para de recontar seu drama para encarar o momento final de Gustavo. Às 16h, a funerária começa a levar o caixão para o Cemitério Municipal. A capela 5 e o saguão explodem em palmas às 16h02. Cerca de 100 pessoas mantêm a homenagem por quase um minuto.

No Cemitério Ecumênico, Elaine carregou as flores e liderou a última caminhada de Gustavo. Ele estava num caixão com a bandeira do Grêmio, seu time favorito.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Morre Nenê Benvenuti, ex-baixista da banda Os Incríveis


Capa do disco 'Milionário', da banda Os Incríveis (Foto: Divulgação)Capa do disco 'Milionário', da banda Os Incríveis
(Foto: Divulgação)
Morreu às 5h50 desta quarta-feira (30) o músico Nenê Benvenuti, que foi baixista da banda Os Incríveis, um dos destaques do rock brasileiro nas décadas de 1960 e 1970.
A informação é da assessoria de imprensa do hospital Sancta Maggiore, em São Paulo, onde ele foi internado nesta quarta-feira (29), em razão de um câncer de pulmão com metástase óssea. O corpo foi velado, até as 15h, no hospital Beneficência Portuguesa, também em São Paulo. Procurada pelo G1, a assessoria não soube informar onde ocorreria o enterro.

O grupo Os Incríveis ficou marcado por interpretar a música "Era um garoto que como eu amava os Beatles e os Rolling Stones", que ganharia uma nova versão nos anos 1990, gravada pelo Engenheiros do Hawaii.
Em 2009, Benventuri lançou o livro "Os Incríveis anos 60-70 – ...E eu estava lá". O perfil do músico e escritor no site da Novo Século, que editou a obra, informa que ele iniciou a carreira aos 12 anos de idade, em 1959, "como baterista do grupo The Rebels". Dois anos mais tarde, ele teria optado pelo instrumento com o qual tocaria nos Incríveis.

O texto da editora lembra ainda que Nenê Benvenuti acompanhou, ao longo da carreira, artistas como Roberto Carlos, Elis Regina, Raul Seixas.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Justiça aceita denúncia do MP, e Prefeitura é impedida de repassar verba do UFC SP


Gilberto Kassab, ex-prefeito de São Paulo, brinca com Daniel Sarafian em evento em SP
O Tribunal de Justiça de São Paulo aceitou a denúncia feita pelo Ministério Público e concedeu uma liminar ao MP que impede que a Prefeitura da cidade repasse qualquer valor para os gastos com o UFC SP, realizado no último dia 19, no Ginásio do Ibirapuera.

Em decisão publicada no último dia 24, a qual o UOL Esporte teve acesso, a Juíza Luiza Barros Rozas, da 6ª Vara da Fazenda Pública da Capital, cita uma  "possibilidade de lesão aos cofres públicos com a execução de contrato de patrocínio em desacordo com as determinações legais".  Explica-se: no fim do ano passado, o então prefeito Gilberto Kassab aprovou o repasse de R$ 2,5 mi para o evento, sendo que, de acordo com o MP, a pasta de Esporte da capital paulista tem uma verba de R$ 3,3 mi para eventos específicos como o UFC.

O Secretário de Esportes, Celso Jatene, ocupou parte de seu tempo até o último dia 19 revisando contratos e renegociando o valor do repasse. Após diversas reuniões, o valor acordado foi R$ 700.000,00, publicado no Diário Oficial no dia 19, a ser repassado para a empresa IMX Esporte e Entretenimento, responsável pela organização do UFC. O UOL Esporte apurou, porém, que este valor - cota única - ainda não foi pago. 

Por meio de sua assessoria de imprensa, a Secretaria não quis se pronunciar, alegando que ainda não foi comunicada oficialmente da decisão da Justiça. Até por isso, houve a publicação no Diário. Procurado, o UFC alegou que não comenta qualquer tipo de informação relacionada a valores ou patrocínio e, por isso, não irá se manifestar. 

No dia 16 de janeiro, o promotor Valter Foleto Santin instaurou um inquérito alegando que o valor que a prefeitura repassaria representava quase 70% da verba disponível. Por isso, aconselhou o não-pagamento. Na época, Gilberto Kassab e membros de sua gestão foram intimados a esclarecerem a situação em até dez dias. 

Ciente de que o alto valor investido poderia gerar problemas à pasta, Celso Jatene conseguiu reaver o patrocínio e diminuiu em 72% a quantia a ser repassada. Internamente, membros da prefeitura atual, liderada por Fernando Haddad, demonstravam descontentamento com a carta de intenção assinada por Kassab no último dia útil de seu mandato. 

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Justiça do RJ reduz pena de assassina da menina Lavínia


Menina Lavínia (Foto: Reprodução TV Globo)Lavínia foi morta pela amante do pai enforcada com
cadarço de tênis (Foto: Reprodução TV Globo)
A Justiça do Rio de Janeiro reduziu em 10 anos a pena de Luciene Reis Santana, condenada pela morte da menina Lavínia Azeredo, que desapareceu em 18 de fevereiro de 2011 e teve o corpo encontrado no dia 2 de março.
Em março de 2012, a assassina havia sido condenada a 43 anos de prisão por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver. No entanto, a defesa de Luciene recorreu da sentença e a 7ª Câmara Criminal decidiu, por unanimidade, na terça-feira (29), diminuir a pena para 34 anos e oito meses de reclusão.
O crime aconteceu em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Luciene era amante do pai da criança, que tinha 6 anos na época do crime. A menina foi sequestrada e morta por asfixia com o cadarço do tênis. O corpo só foi encontrado em 2 de março debaixo do colchão de um quarto de hotel no Centro do município.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Após impasse, PMDB escolhe Eunício Oliveira como líder no Senado


Eunício Oliveira, que será o líder do PMDB no Senado
Para evitar um racha da bancada do PMDB no Senado às vésperas da eleição para a Presidência da Casa, o senador Romero Jucá (PMDB-RR) aceitou ser indicado para a segunda vice-presidência do Senado na chapa de Renan Calheiros (PMDB-AL) --candidato do partido ao comando da instituição.

Jucá disputava com o senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) o cargo de líder do PMDB no Senado.

Jucá também vai ocupar a vice-liderança do partido, o que abre caminho para o senador se efetivar no cargo ano que vem se Eunício for disputar o governo do Ceará em 2014. A oferta da vice-liderança, segundo peemedebistas, pesou na decisão de Jucá aceitar o acordo.

Em nota, Renan disse que "a despeito de comentário recentes", a bancada do PMDB está unida e demonstrou "coesão interna". "Mais uma vez o PMDB demonstra sua unidade interna que tem proporcionado ao Brasil um quadro de estabilidade política fundamental para os avanços sócio-econômicos", diz a nota.

Jucá disse à Folha que aceitou o acordo para evitar rachas no partido. "Unimos o PMDB para não haver disputa", afirmou.

O senador ameaçava levar a decisão sobre o líder para o voto depois que o partido lhe ofereceu a segunda vice-presidência --mas Jucá prefere a liderança, cargo com maior visibilidade e atuação. O senador foi líder do governo no Senado por 14 anos, mas perdeu o posto no ano passado.

Eunício tem o apoio de Renan e da cúpula da sigla, em acordo firmado no ano passado quando o candidato à presidência do Senado deu início às conversas para se eleger ao comando da Casa.

Em almoço patrocinado ontem pelo presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), a cúpula peemedebista tentou convencer Jucá a sair da disputa. O vice-presidente, Michel Temer, entrou em cena para evitar que o racha interno provoque rusgas na candidatura de Renan - que declarou seu voto em Eunício.

Em um tom mais duro, Sarney cobrou publicamente que Jucá acabasse com a disputa. A bancada do PMDB se reúne amanhã para anunciar o nome de Renan e bater o martelo sobre o nome do novo líder.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Britânico tem 1/4 do crânio removido após cair de sacada na Tailândia


Britânico teve 1/4 do crânio removido após queda na Tailândia (Foto: Daily Mail/Reprodução)
Um turista britânico que sobreviveu a uma queda de quase 7 metros de altura na Tailândia voltou para casa sem ¼ do crânio. O pedaço de osso foi transportado na bagagem de mão de Lee Charie, de 32 anos, e os médicos agora pretendem fazer uma placa de titânio com base nesse molde. As informações são do site do jornal britânico "Daily Mail".
Em dezembro, o homem caiu de uma sacada do Resort Tommy na ilha de Koh Tao. Funcionários do local encontraram Charie inconsciente e o levaram a uma clínica. De lá, ele foi transferido para um hospital, na ilha de Koh Samui. O paciente foi considerado morto por dois dias, até ser "ressuscitado".

O cirurgião que o examinou primeiro não encontrou nenhum sinal de atividade cerebral. Um flash de luz foi colocado nos olhos do paciente, e também não houve resposta. Como último esforço, os médicos injetaram uma droga no homem e ele tossiu. Foi aí que decidiram tentar salvá-lo.
Um quarto do crânio do britânico foi esmagado no acidente e teve que ser removido, para o cérebro dele ter espaço para recuperar. Duas semanas depois, em 18 de janeiro, Charie foi enviado de volta ao Reino Unido, com os ossos reunidos em uma caixa. Até abril, a nova placa deve ser colocada no lugar.
O britânico, que trabalha com manutenção de piscinas em Stansted Abbotts, no condado de Hertfordshire, já reaprendeu a andar e está começando a falar novamente, apesar da grave lesão na cabeça. Ele está internado no Hospital Addenbrooke's, em Cambridge, e diz que não se lembra da queda nem entende como ela ocorreu. Ainda não se sabe se o homem escorregou da varanda do hotel ou se foi empurrado.
Charie conta que sofreu um grande choque e chegou a chorar ao perceber que faltava ¼ de seu crânio, semanas após o acidente – ele não percebeu antes por causa da grande quantidade de remédios que estava tomando e o deixaram confuso.
O homem passou por um tratamento intensivo, e os médicos foram informados de que ele poderia ficar com o lado direito paralisado – o que não aconteceu. Agora, a família de Charie se concentra em sua recuperação, que a cada dia apresenta avanços.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

COL aprova mais 16 CTs para a Copa do Mundo; seleções já têm 70 opções


Cartaz da Copa do Mundo de 2014 é revelado durante cerimônia no Rio de Janeiro
O COL (Comitê Organizador Local) da Copa de 2014 divulgou nesta quarta-feira a segunda versão do catálogo de centros de treinamento disponíveis para seleções que se classificarem para o Mundial do Brasil. Nesta versão, 16 novos CTs foram aprovados para receber as equipes. Assim, o Brasil já tem 70 locais à disposição dos times.

A divulgação do novo catálogo foi anunciada pelo presidente da COL e da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), José Maria Marin. Segundo ele, hoje, o Brasil já tem seis CTs a mais do que o exigido pela Fifa para a Copa.

"Isso é um legado muito grande", afirmou Marin. "Pela primeira vez, os campos de treinamento do país foram mapeados."

De acordo com Marin, outros locais que pretendem receber seleções durante a Copa do Mundo ainda têm chance de se credenciar para isso. O COL ainda vai visitar e, se possível, incluir mais locais para hospedagem e treinamento das equipes classificadas para o Mundial até novembro. Nesta época, será lançada a versão final dos catálogos de CTs.

Estádios como legado

O presidente do COL disse também que vai iniciar uma negociação para que clubes do país usem as arenas construídas para Mundial em seus jogos. A declaração foi dada depois de Marin participar da festa de inauguração do primeiro estádio adaptado para o Mundial do Brasil: o Castelão, em Fortaleza.

Apesar do estádio já estar preparado para receber partidas, clubes do Ceará não pretendem mandar seus jogos no local. Marin disse que está ciente disso e vai convocar clubes e federações para discutir o assunto. "Vou provocar uma reunião com os interessados para nós chegarmos a uma conclusão visando o melhor aproveitamento."

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Buscas por monomotor serão retomadas nesta quinta-feira (31)


Avião monomotor desapareceu quando ia de Ubatuba a Rio Claro, nesta segunda-feira (Foto: Acervo pessoal)
A Aeronáutica irá retomar as buscas nesta quinta-feira (31) pelo monomotor que desapareceu há dois dias com um comerciante de Rio Claro (SP) e o amigo dele. O mau tempo impediu que os aviões de salvamento sobrevoassem a Serra da Mantiqueira, entre Minas Gerais e São Paulo.
Militares da Força Aérea Brasileira haviam retomado as buscas pelo monomotor na manhã desta quarta-feira (30), porém o vôo na região foi interrompido por um forte nevoeiro e só continuou no início da tarde. Em seguida, as buscas foram suspensas novamente e adiadas para o dia seguinte. A aeronave saiu de Ubatuba com destino a Rio Claro (SP) e está desaparecida desde às 13h30 de segunda-feira (28).
A última informação captada no radar da FAB indicava que o aparelho está próximo ao local. As buscas se concentram na região de Monte Verde, distrito de Camanducaia (MG), próximo à divisa com o Estado de São Paulo, onde existe uma grande faixa de mata fechada.

Após uma ordem judicial, uma operadora de telefonia fez o rastreamento do celular de um dos ocupantes do avião. Um sinal foi detectado por volta das 20h desta segunda-feira (28), na região de serra de São Francisco Xavier, distrito de São José dos Campos.

De acordo com a FAB, a distância entre o ponto em que o radar detectou o sinal da aeronave, em Monte Verde (MG), e o ponto rastreado pela operadora de telefonia móvel, é de cinco quilômetros. As buscas também estão sendo feitas na região de São Francisco Xavier.
Operação
As buscas na região entre São Paulo e Minas contam com o auxílio de um avião SC-105, vindo de Campo Grande (MS), e um helicóptero H-34 Super Puma, do Rio de Janeiro. A operação envolve 20 militares. Um base será montada em São José dos Campos. O Jeep Club de Monte Verde deve colaborar nas buscas por terra.
A aeronave era pilotada pelo comerciante de Rio Claro Diego Perez, que voltava para a cidade com o amigo de infância Marcos, atual morador de Ubatuba. “Eles saíram daqui às 11h55 e deveriam chegar com uma hora e meia de voo em Rio Claro, mas não chegaram e não deram sinal. Ainda não sabemos onde o avião desapareceu”, declarou a mãe de Marcos, Wania Vieira Teixeira Barros.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››