RÁDIO CIDADE AO VIVO

Ouça pela Rádios Net ou clique na imagem abaixo

Ouça pelo Listen 2 My Rádio ou clique na imagem abaixo

Imagem relacionada
Loading ...

quinta-feira, fevereiro 21, 2013

Pai de namorada de Adriano morre de ciúmes da filha, e mãe elogia o Imperador: ‘Ótima pessoa’


Renata tem dois pais para sentirem ciúmes dela com Adriano: seu Eduardo e o irmão gêmeo Felipe

O namoro entre o atacante Adriano e a estudante de odontologia Renata Fontes despertou o ciúme do pai da moça, Eduardo. Um dos donos do motel “Te Adoro”, na Tijuca, o empresário vai ter que se acostumar com o novo dono do coração da carioca de 23 anos. Pelo menos é o que falou a mãe da moça, a fonoaudióloga Regina Fontes.

Renata com os pais Regina e Eduardo e a irmã Roberta

- Pai é sempre ciumento, e ele não é diferente. E ela tem pai em dose dupla (gêmeos), então o ciume é dobrado - brincou a mãe de Renata, referindo-se ao tio da jovem, Felipe.
Até o momento, Regina teve pouco contato com o jogador, mesmo ele namorado a filha há um mês e meio. Ela assumiu publicamente no Facebook no dia 18, e o atacante publicou uma foto dos dois juntos na quarta-feira.

Renata, a nova namorada de Adriano, apaga as velinhas no seu aniversário com o Imperador ao lado

- Não tenho muito contato com ele pelo pouco tempo, mas o pouco que conheci me parece ser uma ótima pessoa! Eu já sabia do possível envolvimento deles, por isso não me assustei com a noticia. uma mãe só que a felicidade de seus filhos, se ele fizer minha filha feliz estará me fazendo também - disse a fonoaudióloga, que não ficou apreensiva pelo fato de ser Adriano o novo namorado da menina e por ele estar direto na mídia. - Sendo da mídia ou não, ele é uma pessoa como outra qualquer, com defeitos e qualidades.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Gretchen revela que está apaixonada por francês e já pensa em 17º casamento


Gretchen está apaixonada por francês
A vida amorosa de Gretchen sempre deu muito o que falar. Depois de muitos casamentos (especula-se 16 ao total), ela vive, pela primeira vez, um longo período solteira. Mas tudo indica que seus dias de carência estão acabando. Morando em Portugal desde agosto, a rainha do rebolado contou ao Extra que está apaixonada por um francês.
“Tenho uma paixão na França, é algo recente, mas não quero falar mais nada sobre isso porque é muito particular. Sempre recebi muitas cantadas e não estou pretendendo ficar muito tempo solteira”, avisa.
Desde que se separou do pecuarista Túlio Souto Maior, em julho, ela diz não sentir falta de sexo, e afirma que a idade (52 anos) a tornou ainda mais exigente com os homens: “Até sinto falta da companhia, mas de sexo, não. Acontece que a idade faz com que selecionemos mais”.

Gretchen em boate de Portugal

Depois de um período conturbado no Brasil, Gretchen foi buscar paz em Portugal. Feliz e realizada, há seis meses na cidade com seus três filhos, ela avisa que está na melhor fase da sua vida, "em todos os sentidos", e diz que não esperava ser tão querida e reconhecida pelos portugueses.
O grande assédio fez com que a cantora interrompesse o descanso para trabalhar. Gretchen iniciou uma série de shows em casas noturnas de Portugal, Espanha e Suíça, com o Gang Gretchen, grupo que montou com quatro dançarinas brasileiras. “Não vim para cá para trabalhar, nem pensando em lucros. Vim para descansar e ter tempo para meus filhos”, explicou.
Enquanto espera se entender com o seu príncipe encantado, Gretchen dedica seu tempo aos filhos, Giulia, de 8 anos, Valentina, de 3, e Sergio, de 21. Ela também tem tempo para babar a primogênita, Thammy Miranda, que está em “Salve Jorge”: “Estou muito feliz e orgulhosa por ela”.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Homem suspeito de estuprar criança de três anos é espancado por vizinhos na Grande BH


Um homem de 45 anos foi preso na noite desta quinta-feira suspeito de estuprar uma criança de três anos no Bairro Monte Verde, em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Uma vizinha da garota flagrou o abuso e acionou a Polícia Militar. Revoltados, moradores invadiram a residência do acusado e o agrediram. 

De acordo com a PM, o suspeito foi visto tentando forçar a criança a fazer sexo oral nele. “Uma vizinha flagrou ele colocando o pênis na boca da criança”, explica o sargento Rodrigo Otávio Fortaleza. A mulher contou para moradores da região que invadiram a casa para linchar o homem. 

“Quando chegamos encontramos o suspeito todo machucado e caído no chão. Os vizinhos correram quando entramos na casa”, diz o sargento. O suspeito negou os abusos. “Ele já responde em liberdade, um estupro cometido contra a irmã desta vítima de hoje. Mas os dois fatos ele nega”, conta o militar. 

O homem foi preso em flagrante e encaminhado para a 3ª Delegacia de Polícia Civil de Ribeirão das Neves.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Negociações não avançam e rebelião segue na Penitenciária Nelson Hungria


Presos querem o retorno das visitas das mulheres grávidas (Juarez Rodrigues/EM/D.A.Presss)
Já passa mais de dez horas a rebelião na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. As negociações começaram por volta das 13h desta quinta-feira e ainda não houve avanço. No início da noite, havia a expectativa da rendição, porém, os presos recuaram e a situação voltou para a estaca zero. Os detentos seguem no telhado do Pavilhão 1 encapuzados e empunhando pedaços de ferro e madeiras. Eles usam colchões para escrever reivindicações, como a saída do diretor do presídio, Luiz Carlos Danúzio. Durante a tarde, mais ônibus com militares da tropa de choque da Polícia Militar chegaram ao local. Uma professora e um agente penitenciário são mantidos reféns. 

O líder dos detentos, que negocia com o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) por um rádio comunicador, foi identificado. Trata-se de Daniel Augusto Cipriano, 29 anos, que tem cinco condenações por roubo e uma por homicídio. Foi ele quem ligou, nesta manhã, para a Rádio Itatiaia e exigiu a presença da imprensa e do deputado estadual Durval Ângelo (PT) da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, na penitenciária. Muito nervoso, disse que só libertará os reféns, após cumprimento das exigências. Ele é conhecido pelos apelidos de Carioca e Snap. 


No início da tarde, os militares informaram que pretendiam encerrar as negociações até o início da noite. Uma invasão não foi descartada. Porém, ainda não há indícios que isso vai acontecer. Todos os pavilhões da Nelson Hungria estão cercados.

O motim começou por volta de 9h, com cerca de 100 rebelados. Segundo o subsecretário de Administração Prisional, Murilo Andrade de Oliveira, os presos aproveitaram uma distração da segurança. “Foi uma questão de oportunidade. Um deslize do agente. A professora estava na sala e eles renderam primeiro o agente e depois a professora”, disse Murilo Andrade. Em seguida, o agente foi levado para o pátio do pavilhão, onde foi ameaçado por um material parecido com barras de ferro e facas. A princípio, foi descartada a posse de armas de fogo pelos detentos. 

 (Arte/Soraia Piva)

Os presos usaram lençóis para escreverem as palavras "opressão" e "sistema". Alguns lençóis e colchões foram queimados e os bombeiros tiveram de conter as chamas. Do lado de fora da penitenciária, foi possível ouvir barulho de bomba e tiros no pavilhão, mas a PM nega que ocorreram disparos. Os rebelados, com rostos cobertos, quebraram telhas e ameaçaram colocar fogo em um detento. Neste momento, eles seguem em cima do telhado gritando para os presos de outros pavilhões para incentivá-los a também fazer um motim. Porém, segundo a Suapi, nos outros blocos todos estão dentro de suas celas. 

Durante a tarde, a professora, que é mantida refém, passou mal e teve que ser medicada devido a pressão alta. Por meio do rádio, ela informou aos negociadores que não foi ferida e que está sendo respeitada pelos presos.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Aposentados podem pedir revisão para renda mais benéfica, decide STF


O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (21), por 6 votos a 4, que os aposentados podem pedir revisão de benefícios já concedidos para obter renda melhor. A revisão pode ser solicitada desde que o marco temporal esteja entre a data do direito adquirido à aposentadoria e o efetivo momento que ela foi requerida, ainda que nenhuma nova lei tenha sido editada no período.

Os ministros analisaram o caso de um beneficiário que poderia ter se aposentado em 1976, mas que continuou trabalhando até 1980. Segundo cálculos feitos posteriormente, ele descobriu que seria melhor ter se aposentado em 1979 e, por isso, entrou na Justiça pedindo a revisão do benefício (entre 1979 e 1980 não houve qualquer alteração na lei).  O aposentado também pedia que o cálculo do melhor benefício fosse pago retroativamente em relação às últimas décadas.

O caso começou a ser julgado pelo STF em 2011, sob a relatoria da então ministra Ellen Gracie. Ela atendeu em parte ao pedido do aposentado, liberando o ajuste da data, mas negando o pagamento retroativo. Hoje, foi acompanhada pelos ministros Teori Zavascki, Luiz Fux, Marco Aurélio Mello, Celso de Mello e Joaquim Barbosa.

A posição da maioria se firmou na tese de que, uma vez adquirido o direito à aposentadoria, ele pode ser desfrutado no período que seja mais benéfico para o cidadão, regra que já existe na legislação desde 1991.  "Não se trata da questão de desaposentação, da pessoa que se aposenta e, em função de fatos supervenientes, novas contribuições, pretende recálculo para incorporar novas contribuições. Aqui a situação é diferente. O que se pretende é exercer um direito que se adquiriu antes de ser exercido", explicou Teori Zavascki.

Autor do pedido de vista que interrompeu o julgamento em 2011, o ministro Antonio Dias Toffoli hoje votou contra a concessão do pedido do aposentado. Para o ministro, não há qualquer ilegalidade que precise ser sanada e o segurado teve a liberdade de optar pelo melhor momento de se aposentar. 

Toffoli foi seguido pelos ministros Cármen Lúcia, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes. "Essa decisão joga luz de insegurança sobre o sistema em termos atuariais. Em 2012 estamos discutindo um fenômeno de 1980", criticou Mendes.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Pau dos Ferros tem denúncias de apenados fazendo assaltos


Pau dos Ferros: justiça apura denúncias contra presos (Arquivo)
Após denúncias de participação de apenados do regime semiaberto do Complexo Penal Regional de Pau dos Ferros em assaltos na cidade, o juiz da Vara Criminal da Comarca, Rivaldo Pereira Neto, fiscalizou trabalho externo dos detentos, ontem, com a Polícia Civil.

A Vara Criminal de Pau dos Ferros também recebeu denúncias de compra de carta de trabalho por apenados custodiados no Complexo Penal.

O juiz foi ao local de trabalho de seis apenados e, no horário da inspeção, nenhum deles estava trabalhando. Por isso, Rivaldo Pereira Neto determinou, cautelarmente, a regressão de regime semiaberto para o regime fechado dos seis apenados.

Nos próximos dias, acontecerá audiência de justificativa, na qual os apenados explicarão os motivos da ausência do trabalho. Também não está descartada a possibilidade dos empregadores responderem pelo crime de falsidade ideológica, com pena que varia de um a três anos de reclusão e multa.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Pagamento do INSS injetará R$ 354,5 milhões na economia potiguar


INSS começa pagamento dia 22 para quem recebe até um salário mínimo
O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começa amanhã o pagamento dos benefícios referentes ao mês de fevereiro, aos 510.167 aposentados, pensionistas e demais beneficiários do INSS no estado do Rio Grande do Norte.

A liberação dos valores de até um salário mínimo inicia no quinto dia útil antes do fim do mês em curso e vai até o quinto dia útil do mês seguinte. 
Amanhã, serão liberados os valores de quem possui cartão com número final 1, desconsiderando o dígito. Dia 25 (segunda-feira) recebem os benefícios de final 2, na terça-feira, final 3 e assim sucessivamente, até o dia 7 de março, quando recebem os que possuem benefícios de final zero.

No Rio Grande do Norte, o INSS vai injetar na economia dos 167 municípios, nesse período, R$ 354,5 milhões. Do total de beneficiários, 258.203 mil são segurados rurais que irão receber R$ 151 milhões e 251.954 mil, urbanos, o que representa R$ 203,5 milhões.

Um estudo realizado pelo Departamento do Regime Geral da Previdência Social mostrou que duas em cada três cidades brasileiras recebem mais recursos de pagamento de benefícios do INSS do que a transferência do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

De acordo com o levantamento feito em 2011, em 3.774 municípios brasileiros, os repasses da Previdência superavam os do FPM - o que representa quase 68% do total das cidades do Brasil.

Em geral, esse dinheiro injetado pela Previdência é que movimenta a economia dos municípios. A importância da renda recebida do INSS todos os meses é visível nas pequenas e médias cidades do interior onde o comércio sobrevive em função da venda de seus produtos aos aposentados e pensionistas, garantindo que o dinheiro circule nos municípios.

CONSULTA 
O pagamento de quem recebe acima do salário mínimo tem os valores liberados a partir do dia 1º e vai até o dia 7 de março.

Os segurados podem consultar o valor dos benefícios pelo telefone 135, de segunda-feira a sábado, das 7h às 22h. A ligação é gratuita, se feita de um telefone fixo. Também podem consultar o extrato de pagamento no site www.previdencia.gov.br, em Agência Eletrônica: Segurado - Extrato de Pagamento de Benefícios.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

FPE: Senado votará novas regras de repasse para Estados dia 19 de março


Reunião da Mesa Diretora do Senado, hoje, decidiu prioridades
Após sair da reunião da Mesa do Senado, há pouco, o senador Romero Jucá (PMDB-RR), 2º vice-presidente, anunciou que a votação das novas regras de distribuição do Fundo de Participação dos Estados (FPE) está marcada para 19 de março no Plenário da Casa.

Posteriormente, a matéria também terá de ser votada  pela Câmara dos Deputados. Ele observou que a votação será realizada mesmo que não se chegue a um acordo quanto ao texto final.

Jucá também disse que será levada ao Plenário uma proposta para que as agências reguladoras façam, anualmente, sua prestação de contas ao Senado, de forma similar ao que ocorre com o Banco Central.

Outra proposta a ser apresentada, informou Jucá, refere-se à reforma do Regimento Interno da Casa, "com o objetivo de agilizar as atividades no Senado". Ele ressaltou ainda que será proposta, por meio de um projeto de resolução, a criação de sessões temáticas, exclusivas para o debate de grandes temas, como, por exemplo, pacto federativo e segurança pública.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Mais de um milhão e meio de eleitores faltosos podem ter o título cancelado em todo o Brasil


Para regularizar a situação, os eleitores devem comparecer ao cartório eleitoral no período de 25 de fevereiro a 25 de abril
1.512.884 eleitores brasileiros que não votaram e não justificaram a ausência nas três últimas eleições podem ter o seu título cancelado. Para regularizar a situação, esses eleitores devem comparecer ao cartório eleitoral no período de 25 de fevereiro a 25 de abril portando documento oficial com foto, título eleitoral e comprovantes de votação, de justificativa eleitoral e de recolhimento ou dispensa de recolhimento de multa.

A partir desta quarta-feira (20), a relação das inscrições passíveis de cancelamento ficará disponível nos cartórios eleitorais para consulta pelos interessados. O eleitor também pode verificar se o seu documento está sujeito a cancelamento no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na opção "Serviços ao eleitor".

A Justiça Eleitoral ressalta que não será expedido qualquer tipo de notificação ao eleitor, seja de forma impressa (correspondência) ou eletrônica (e-mail), sobre a situação do título. O não comparecimento ao cartório eleitoral para comprovação do exercício do voto, da justificativa de ausência ou do pagamento das multas correspondentes implicará o cancelamento automático do título de eleitor, que será efetivado de 10 a 12 de maio de 2013.

Se um eleitor deixou de votar no primeiro e no segundo turno de uma mesma eleição, já serão contadas duas eleições para efeito de cancelamento. Além disso, poderão ser contadas faltas às eleições municipais, eleições suplementares e referendos. Não serão computadas as eleições que tiverem sido anuladas por determinação da Justiça. Os eleitores no exercício do voto facultativo – menores de 18 anos, maiores de 70 anos e os analfabetos – não serão identificados nas relações de faltosos. As pessoas com deficiência para as quais o cumprimento das obrigações eleitorais seja impossível ou extremamente oneroso também não terão o título cancelado.

Números por estado

Maior colégio eleitoral do Brasil, o Estado de São Paulo registra o maior número de eleitores que poderão ter o título cancelado, um total de 372.441. Em seguida aparece o Rio de Janeiro, com 145.867, e Bahia, quarto colégio eleitoral do país, com 132.503.

Entre os municípios, São Paulo (capital) também se destaca com o maior número de eleitores irregulares passíveis de cancelamento do título: 117.996 no total. Em segundo lugar está a cidade do Rio de Janeiro, com 46.462, e, em terceiro, Salvador, com 39.302.

As capitais com menos faltosos são Goiânia-GO e Aracaju-SE (4), Maceió-AL (5) e Curitiba-PR (7). Porto Velho não tem nenhum faltoso.

Eleições anteriores

A atualização cadastral ocorre sempre no ano posterior às eleições. Em 2011, 1.395.334 eleitores tiveram seus títulos cancelados por não terem votado nem justificado a ausência nas três últimas eleições realizadas até 2010. Em 2009, o total de títulos cancelados foi de 551.456, isso para os eleitores que completaram, nas eleições municipais de 2008, três eleições sem votar ou justificar a ausência. Em 2007, 1.640.317 documentos foram cancelados. Em 2006, ano posterior ao referendo realizado em 2005, a Justiça Eleitoral retirou dos seus cadastros 569.899 títulos eleitorais. Já em 2005, foram cancelados 1.081.721 documentos, após o registro das ausências ao pleito de 2004.

Consequências

Quem não regularizar a situação do título eleitoral a tempo de evitar o cancelamento do registro poderá ser impedido de obter passaporte ou carteira de identidade, receber salários de função ou emprego público e obter certos tipos de empréstimos e inscrição.

A irregularidade também pode gerar dificuldades para investidura e nomeação em concurso público, renovação de matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo e obtenção de certidão de quitação eleitoral ou qualquer documento perante repartições diplomáticas a que estiver subordinado.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Denarc apreende maconha, cocaína e crack no Santo Antônio


Um trabalho de investigação feito pelos agentes da Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC) comandado pelo delegado, Rafael Arraes, que durou cerca de dois meses resultou na apreensão de mais de 1 kg de maconha prensada, cerca de 50g de cocaína e aproximadamente 30 g de crack.

A apreensão aconteceu com uma abordagem dos agentes na residência do suspeito de tráfico Alex Gomes de Souza, mais conhecido pelo apelido de “Bobila”. A ação dos policias era prender o suspeito que conseguiu fugir antes da chegada dos agentes. Na residência, em vários locais da casa, os policiais encontraram a droga escondida que foi apreendida.

Segundo informação de um dos agentes que participou da operação, havia droga escondida até em um coqueiro no quintal da casa. A operação aconteceu por volta das 17h30 de quarta-feira, 20. 

A droga apreendida foi levada para a Denarc e apresentada aos delegados Rafael Arraes e Denys Carvalho da Ponte.

Reprodução Cidade News Itaú via O Câmera
Leia Mais ››

Refém é libertada e assaltante preso após confronto em Parnamirim, RN


A Polícia Militar conseguiu a libertação da mulher que foi mantida refém por um assaltante durante boa parte da manhã e início da tarde desta quinta-feira (21), após uma tentativa de roubo a uma academia de musculação que fica na Av. Maria Lacerda Montenegro, no bairro de Nova Parnamirim, em Parnamirim, na Grande Natal. Segundo a PM, o criminoso também se entregou. Antes, em confronto com os policiais, outro criminoso foi baleado e socorrido ao hospital. Ainda de acordo com a polícia, o assaltante, ainda não identificado, resolveu libertar a vítima depois de uma negociação realizada com os policiais, logo após ele exigir a presença da mãe dele, que foi ao local. O assaltante exigiu um colete a prova de balas e balas, a presença da mãe dele e da imprensa. O suspeito manteve a mulher refém desde o fim da manhã, quando se refugiou na casa dela após participar do assalto à academia. Segundo o coronel Jair Júnior, comandante do policiamento em Parnamirim, após a negociação a mulher saiu ilesa e o suspeito foi detido. Ao se entregar, o assaltante também entregou uma pistola calibre ponto 40, arma de uso exclusivo da polícia. Ele foi encaminhado à 2ª Delegacia de Polícia de Parnamirim. O caso Um criminoso foi baleado e uma mulher foi mantida refém após assalto registrado na manhã desta quinta-feira (21) a uma academia de musculação localizada em um posto de combustíveis na Av. Maria Lacerda Montenegro. Segundo informações da Polícia Militar, que realizou um cerco no local, um dos assaltantes conseguiu escapar da troca de tiros, pulou o muro de uma residência e manteve a mulher sob a mira de uma arma.


Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

CASAL TOMA MOTOCICLETA DE ASSALTO EM MOSSORÓ E SÃO PRESOS PELA POLÍCIA MILITAR


No final da manhã de quinta feira, 21 de fevereiro de 2013, os policiais militares Diniz e Coelho da Radio Patrulha 227 receberam informações de que uma motocicleta Phenix da Shineray de cor branca, que tinha sido tomada de assalto da senhora Amanda na noite de quarta feira, (20), por volta das 19 horas, nas proximidades da Clinica Sesi, situada a Rua Silva jardim no Bairro Doze Anos, estava guardada em uma residência na Rua Francisco Marques de Sousa no Bairro Santo Antonio em Mossoró.Os policiais de posse destas informações se deslocaram até a residência informada e constataram a veracidade da informação, na referida casa que é da genitora do acusado, um menor de 17 anos de idade, estava a referida motocicleta tomadas de assalto e uma Honda Titan de cor prata, placa HWW 0408 de Aracati/CE, que foi usada pelo casal no assalto.Foram detidos e conduzidos até a Especializada em Furtos e Roubos de Mossoró, “DEFUR”, para serem apresentados ao bacharel Luis Fernando, o menor de 17 anos de idade, sua companheira GEISA VIEIRA DE ARAÚJO, 28 anos de idade, ambos residentes na rua e bairro acima citado, juntamente com a motocicleta tomada de assalto e a que foi usado no assalto e alguns objetos produtos de roubos.De acordo com informações nos repassadas pela senhora Amanda, vitimas do assalto, ela trafegava e sua motocicleta na rua Silva Jardim Próximo a Clinica Sesi, quando foi surpreendida pelo casal assaltante com um revolver, que lhe tomaram sua moto, um cordão de ouro, uma bolsa com dois celulares e a quantia de R$ 150,00 em espécie. Amanda estava da DEFUR para receber sua motocicleta e os dois acusados, foram ouvidos pelo delegado que autuou os mesmos no art. 157 do Código Penal Brasileiro, por assalto, GEISA que é maior de idade, será conduzida para o CDPFM, onde funciona nas dependências da Penitenciária Agrícola Mario Negócio, já o menor será entregue a seus pais, mais o fato será encaminhado a promotoria do menor infrator, que tomará as medidas cabíveis dentro da lei.

 Moto Honda Titan usada no assalto
 Shineray tomada de assalto e recuperada pela PM

 Geisa participou do assalto com seu companheiro  menor de idade


Reprodução Cidade News Itaú via Passando na Hora
Leia Mais ››

PSOL entra na Justiça contra aumento salarial do prefeito de Natal



Vereador Sandro Pimentel votou em Amanda Gurgel para presidência da CMN (Foto: Ricardo Araújo/G1)Presidente estadual do PSOL, vereador Sandro
Pimentel (Foto: Ricardo Araújo/G1)
O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) do Rio Grande do Norte entrou com uma ação junto ao Tribunal de Justiça do estado pedindo a declaração de inconstitucionalidade da Lei municipal nº 6.374/13, que reajustou os vencimentos do prefeito e dos vereadores do município de Natal, além dos salários dos demais integrantes dos Poderes Executivo e Legislativo vinculados, direta ou indiretamente, aos cargos mencionados.

De acordo com os autos do processo, a lei alvo da ação foi aprovada e promulgada pela Câmara Municipal de Natal em 18 de dezembro de 2012, sendo sancionada pelo prefeito em 17 de janeiro de 2013. A referida lei aumentou a remuneração do prefeito, vice-prefeito, vereadores, procurador geral do município, controlador geral do município, secretários municipais e dos presidentes da Administração Indireta do Município. De acordo com a lei, o salário do prefeito passa de R$ 14 mil para R$ 20 mil e os salários dos vereadores passam de R$ 15.019 para R$ 17 mil.

Na Ação Direta de Insconstitucionalidade (ADI), o partido expõe diversas dificuldades enfrentadas pelo Município em razão de dificuldades financeiras e questiona a necessidade do aumento. O PSOL aponta que o Regimento Interno da Câmara Municipal determina que a CMN deve fixar a remuneração dos vereadores antes da eleição para este cargo. Do contrário, a remuneração da nova legislatura deverá ser igual a do último mês da legislatura que acabou, exceto se houver alteração dos subsídios dos deputados estaduais – o que não ocorreu, segundo a ação.
“A lei orgânica do município determina a remuneração deve ser fixada antes das eleições justamente para que os vereadores não votem em causa própria”, afirmou o presidente estadual do PSOL, o vereador Sandro Pimentel.
O G1 entrou em contato com o procurador geral do município, Carlos Castim, e ele informou que não havia recebido nenhuma notificação a respeito da ação e preferiu não se posicionar “enquanto não tomar ciência dos termos do processo”.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Polícia do RN vai a PB buscar casal suspeito de matar mãe filha em Natal


Anderson Elias e Daniele foram presos na Paraíba (Foto: Divulgação/Polícia Civil do RN)

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte confirmou que o casal Anderson Elias do Nascimento, de 28 anos, e Daniele da Silva Miranda, de 25 – presos na manhã desta quinta-feira (21) na Paraíba –, serão recambiados no início desta noite para a capital potiguar. Em Natal, os dois são suspeitos de terem matado Lorrana Vicente do Nascimento, de 29 anos, e a filha dela, Jasmim Lorrana Nascimento Santos Lopes, de 8 anos. O crime aconteceu em 24 de novembro do ano passado, na comunidade do Japão, no bairro das Quintas, zona Oeste da capital potiguar.

A prisão do casal aconteceu durante uma operação conjunta de repressão ao tráfico de drogas envolvendo policiais da Polícia Civil e Militar da Paraíba e Rio Grande do Norte. Além de Anderson e Daniele, outras três pessoas foram detidas durante a ação, realizada na cidade de Guarabira, no Agreste paraibano.
De acordo com o coronel Arílson Valério, do 4º Batalhão de Policia Militar de Guarabira, a operação tinha o objetivo de desarticular pontos conhecidos de tráfico de droga na cidade.
O crime
O duplo homicídio aconteceu na madrugada de 24 de novembro do ano passado. Ao G1, o comandante geral da Polícia Militar, coronel Francisco Araújo Silva, contou que a polícia foi acionada por volta de 2h, quando vizinhos ligaram dizendo que haviam ouvido barulhos de disparos de arma de fogo.


Veja no vídeo ao lado matéria da Inter TV Cabugi feita na manhã do crime 

Quando as viaturas chegaram ao local, os policiais se depararam com os corpos da mãe e filha debruçados sobre a cama, no quarto da casa. “A mãe tinha perfurações feitas à bala na cabeça. A menina, golpes de faca", confirmou o coronel.
Na casa dos suspeitos, ainda de acordo com a Polícia Militar, que fica praticamente muro com muro com a residências das vítimas, foram encontradas 29 pedras de crack e uma faca banhada a sangue, além de vários objetos utilizados em rituais de magia negra, como facas, garrafas de cachaça, castiçais e velas pretas.
Após a identificação dos nomes dos suspeitos, a Polícia Civil do Rio Grande do Norte também divulgou as fotos do casal.
De acordo com o delegado Raimundo Lucena, da 7º DP, a identificação do casal veio após cinco dias de investigações. “A mãe foi morta a tiros pelo Dinho (como é mais conhecido Anderson do Nascimento) e a filha teve o pescoço esfaqueado por Daniele”, afirmou.
Ao G1, o vice-diretor da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, Cleidson Câmara, confirmou que Dinho é foragido da unidade desde janeiro de 2009. “Ele recebeu indulto natalino no dia 24 de dezembro de 2008 e deveria ter retornado no dia 6 de janeiro, mas não o fez”, confirmou. Ainda segundo o vice-diretor, ele cumpria pena de 13 anos por homicídio. “Ele cometeu um assassinato e foi preso em 25 de setembro de 2005”, acrescentou.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Bento XVI decidiu sair após relatório sobre 'chantagens internas', diz jornal



O jornal italiano "La Repubblica" afirmou nesta quinta-feira (21) que o Papa Bento XVI decidiu renunciar após ter recebido um "informe ultrassecreto", elaborado por três cardeais, em que é denunciada uma suposta trama de corrupção, sexo e tráfico de influências no Vaticano.
De acordo com o jornal, em uma reportagem assinada pela jornalista Concita di Gregorio, o relatório que foi encomendado por Bento XVI a três cardeais no ano passado - o espanhol Julián Herranz, o eslovaco Jozef Tomko e o italiano Salvatore De Giorgi -, após vazamentos de documentos confidenciais em um escândalo que ficou conhecido como VatiLeaks, revela um sistema de "chantagens" internas baseado em fraquezas sexuais e ambições pessoais no clero.
O texto de 300 páginas, que se refere a um suposto "lobby gay" dentro do Vaticano, foi entregue em dezembro ao pontífice, segundo a jornalista, que não esclarece como teve acesso ao documento.
"Fantasias, invenções, opiniões", retrucou o porta-voz do Vaticano, o padre Federico Lombardi, após advertir que não comentaria a reportagem e dizer que os cardeais citados não aceitarão conceder entrevistas.
Com o título "Não fornicarás, nem roubarás, os mandamentos violados no informe que sacudiram o Papa", o jornal sustenta que o ancião cardeal espanhol Herranz, da ordem Opus Dei, ilustrou ao Papa no dia 9 de outubro do ano passado, os "assuntos mais escabrosos" do relatório, em particular a existência de uma "rede transversal unida pela orientação sexual".
"Pela primeira vez a palavra homossexualidade foi pronunciada no gabinete papal", relata a jornalista.
O "La Repubblica" sustenta que, durante oito meses, os cardeais interrogaram muitos prelados e laicos, dividindo-os por congregação e nacionalidade, e estabeleceram que existem vários grupos de pressão dentro do Vaticano, entre eles um sujeito a chantagem, a "impropriam influentiam", por sua homossexualidade.
Outro grupo é especializado em montar e desmontar carreiras dentro da hierarquia vaticana e outro ainda aproveita para usar recursos multimilionários para seus próprios interesses à sombra da cúpula de São Pedro através do Banco do Vaticano, segundo a publicação.
Em uma publicação especial, a revista "Panorama" defende que o documento será determinante para a eleição do sucessor de Bento XVI, em um artigo assinado por Ignazio Ingrado.
Para as duas publicações, o Papa se convenceu que um sucessor mais jovem, forte e enérgico é o melhor indicado para fazer uma limpeza na instituição milenária e por isso teria decidido deixar o Trono de Pedro no próximo dia 28 de fevereiro.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Fiscalização apreende comida fora de validade no Copacabana Palace


O Copacabana Palace, o hotel mais tradicional do Rio de Janeiro, foi flagrado com grande quantidade de comida fora da data de validade em suas dependências.

Uma fiscalização do Procon-RJ, autarquia de defesa do consumidor ligada ao Governo do Estado do Rio de Janeiro, recolheu nesta quinta-feira três caixas de carnes, peixes, massas, frutas, pães e pastas com prazo vencido. Os alimentos estavam nas três cozinhas do prédio e abasteciam os restaurantes e quartos do hotel.

O gerente do hotel responsável pelo setor alimentos, cujo nome não foi revelado, foi preso em flagrante por crime contra o consumidor. O hotel receberá uma multa, ainda não definida, mas que, segundo o Procon, pode ultrapassar R$ 270 mil. O estabelecimento terá 15 dias para apresentar sua defesa ou 30 dias para pagar a multa.

As informações foram repassadas à imprensa pelo presidente do Procon-RJ, Rodrigo Roca, que acompanhou a operação e conversou com jornalistas na porta do hotel. Segundo Roca, havia nas dependências do estabelecimento carnes com data de validade de janeiro de 2012 e também de agosto do ano passado.

O coordenador da fiscalização, Marco Antônio da Silva, considerou o caso grave, mas disse não ter sido surpreendido, já que muitos estabelecimentos do Rio já foram flagrados na mesma situação.

"A gravidade é grande, bem como o porte econômico da empresa. Não surpreende porque em quase todos os locais que visitamos constatamos o mesmo problema", disse ele.

OUTRO LADO

Em nota, o hotel afirmou que apoia a iniciativa do Procon-RJ e disse que diante de "algumas irregularidades encontradas" já colocou todas as medidas corretivas em prática.

"O Copacabana Palace passou por uma fiscalização do Procon nesta quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013. Algumas irregularidades foram encontradas e todas as medidas corretivas já foram colocadas em prática", afirmou em nota da assessoria de imprensa.

Segundo agentes que participaram da operação, a fiscalização foi acompanhada pela gerente-geral do hotel, Andrea Natal, que teria reunido toda a equipe e cobrado explicações no ato da verificação.

JOALHERIA

Os agentes fizeram também fiscalizações na piscina e nas butiques do hotel. Não foi constatada irregularidades na piscina, já que, segundo o Procon-RJ, o número de salva-vidas estava de acordo com a exigência.

Na joalheria H.Stern, que fica na fachada do hotel, contudo, o Procon identificou que os produtos das vitrines não apresentavam preço, prática considerada irregular pela autarquia.

Segundo Roca, os preços devem constar na vitrine para evitar que o estabelecimento cobre um preço de acordo com a aparência do cliente que visita a loja. A multa ainda não foi definida.

A reportagem procurou a assessoria da H.Stern, mas a empresa ainda não se pronunciou sobre o caso.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Bezerro com rara condição genética nasce sem pelos na Bélgica


Um bezerro nascido em uma fazenda na Bélgica apresenta uma rara condição genética que o levou a não ter pelos. O animal nasceu na semana passada, no dia 14 de fevereiro, na propriedade em Liberchies. Apesar da falta de pelos, o animla aparenta estar saudável, informaram agências internacionais nesta quinta-feira (21) (Foto: Virginie Lefour/AFP)

Um bezerro nascido em uma fazenda na Bélgica apresenta uma rara condição genética que faz com que ele não tenha pelos. O animal nasceu na última semana, no dia 14 de fevereiro, em uma propriedade rural em Liberchies. Apesar da falta de pelos, o animal aparenta estar saudável, informaram agências internacionais nesta quinta-feira (21) 

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Neymar ignora críticas e se diz honrado ao ser comparado a Pelé em revista norte-americana


Pelé fez duras críticas a Neymar na última quarta-feira e levantou polêmica
O atacante Neymar ignorou as duras criticas que recebeu de Pelé e postou uma mensagem no Twitter exaltando o Rei do Futebol. O camisa 11 do Santos destacou o orgulho de ter sido comparado com o ex-camisa 10 na revista norte-americana Time em sua capa.

A revista publicou a seguinte manchete na publicação: "The next Pelé", "O próximo Pelé", na tradução em português. Neymar também aproveitou a publicação para agradecer o fato de ter sido o oitavo brasileiro a figurar na capa de uma das revistas mais importantes do mundo.
"Muito orgulhoso por ser o oitavo brasileiro a ser capa da Time. Orgulho maior ainda em ser comparado ao incomparável Pelé", escreveu Neymar, no Twitter, nesta quinta-feira.

Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, Pelé criticou o atual craque santista por suas atitudes dentro e fora de campo. O Rei do Futebol revelou que procurou o treinador Muricy Ramalho para alertá-lo em relação ao individualismo de Neymar.

“O Santos está perdendo com ele em campo. Todas as faltas, escanteios, pênaltis é com o Neymar. Cada falta que ele bate, fica fora do jogo um minuto. Ele tem de ficar na cabeça da área para pegar a bola, dar um drible, usar a habilidade. O Neymar tem de largar mais a bola, jogar para o time”, analisou.

O ex-camisa dez ainda relatou uma experiência vivida por seu filho Edinho, que faz parte da comissão técnica do Santos. O fato reforça a imagem de como Neymar lida quando sofre uma marcação mais cerrada. “O Edinho faz os treinos do time. Ele não dá falta nos treinos e o Neymar fica bravo. Ele está viciado nas faltas”, contou.

Pelé também opinou sobre uma discussão recorrente quando se fala sobre Neymar na seleção brasileira. Para o Rei do Futebol, o craque santista não mantém o mesmo desempenho de suas partidas no Santos. “O Neymar, por exemplo, toda vez que chega na seleção vira um jogador comum”, disse Pelé, que não vê Neymar preparado para assumir a responsabilidade de principal atleta da seleção.

“Todos acham que ele tem de resolver os problemas da seleção. Neymar não está preparado para receber esse peso. Não vai dar para ele. Neymar não está preparado para isso. Ele não joga no exterior, o futebol europeu é diferente do futebol latino. Nós do Santos falamos que ele é o melhor do mundo, claro. Mas ele já se preocupa mais em aparecer na mídia do que em jogar para o time. O Neymar tem muita responsabilidade. E sua preocupação é mudar o estilo, mudar o corte de cabelo", concluiu.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Sem cortar o cabelo há 25 anos, americana exibe madeixas de 6,4 m


Conhecida como a “Rapunzel negra”, Asha, moradora de Clermont, na Flórida (EUA), não corta o cabelo há mais de 25 anos, fazendo com que suas madeixas ultrapassassem impressionantes 6,4 m de comprimento, de acordo com o jornal “Huffington Post”.

Asha 'passeia' com seus cabelos pelas ruas da Flórida (Foto: Reprodução)

A história de Asha foi exibida no programa “My Strange Addiction”, exibido pela emissora TLC, no qual a mulher contou que é viciada em “não cortar o cabelo”. Por causa da cabeleira, a americana usa mais de 24 embalagens de xampu por mês, e além de até seis horas diárias para se pentear.

Conhecida como 'Rapunzel negra', os cabelos de Asha medem 6,4m de comprimento (Foto: Reprodução)

“Ele é meu bebê, meu amor, minha coroa. Eu falo com ele, faço carinho, dou beijos, e até dei um nome, é o Sr. Cobra”, contou Asha ao programa. A mulher foi ao médico e foi aconselhada a cortar o cabelo, já que carregar o peso extra poderia causar problemas no pescoço, coluna e ombros. Além disso, as madeixas podem pesar mais de 110 kg caso estejam muito molhadas. 

Longas madeixas podem ate ser usadas como travesseiro, mas, quando molhadas, chegam a pesar mais de 110 kg (Foto: Reprodução)

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Médica faz palavras cruzadas enquanto pacientes esperam por atendimento em hospital no DF


Os pacientes que esperavam atendimento na manhã da última segunda-feira (18) no Hospital Regional de Planaltina (cidade a 40 km de Brasília) se deparavam com uma cena, no mínimo, curiosa. Uma das médicas que deveria fazer a triagem de quem chegava ao local estava se distraindo com palavras cruzadas. A cena foi filmada pela paciente Diana Gomes, que postou o vídeo na internet. 

Diana afirma que chegou ao local às 7h30 da manhã e só foi atendida às 10h30. Na vídeo de cerca de 2 minutos e meio, a médica fica ao lado do vigilante do local fazendo palavras cruzadas de um jornal. Não era possível ver outros pacientes, mas o barulho dava conta que havia muitas pessoas no local. De acordo com Diana, a médica ainda demorou dez minutos para começar a atender os pacientes.

A autora do vídeo diz que a maior surpresa foi ser atendida justamente pela médica que estava jogando na hora do trabalho. "Eu pensava que era alguma enfermeira que estava com o vigilante", diz. Ela foi ao local por que sofria de fortes dores abdominais. De acordo com ela, a médica lhe receitou soro e a mandou de volta para casa.

O vídeo repercutiu em redes sociais e a Secretaria de Saúde do Distrito Federal lançou uma nota afirmando que naquela manhã foram atendidas mais de 100 pessoas no hospital, que no vídeo é o segurança que pede auxílio à médica e que a atividade não prejudicou o atendimento. Confira a nota na íntegra:

Sobre o atendimento no Hospital Regional de Planaltina

A Secretaria de Saúde do DF  – SES/DF informa que na segunda-feira (18), três clínicos gerais, incluindo  a médica que aparece no vídeo, estavam escalados na Emergência do Hospital Regional de Planaltina. Das 7h ao meio-dia, período em que  essa médica estava em  atendimento, na Emergência do HRPL, mais de 100 atendimentos foram realizados.  No momento em que a médica aparece no vídeo, foi o instante em que o vigilante pede auxílio à médica, o que não interferiu no trabalho da mesma.

De acordo com a coordenação do hospital, a médica (que não teve o nome revelado) não irá sofrer punições pelo ocorrido. Em um comentários do vídeo no Youtube, uma pessoa xinga a autora pelo vigilante ter perdido o emprego. Porém, a informação não foi confirmada pela coordenação do HRPL ou pela Secretaria de Saúde.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

'Todo mundo sabia', diz enfermeira sobre mortes provocadas em hospital


Médica é suspeita de mortes no Hospital Evangélico (Foto: Reprodução/RPCTV)Médica é suspeita de mortes no Hospital
Evangélico (Foto: Reprodução/RPCTV)
Uma enfermeira auditora que trabalhou no Hospital Evangélico, o segundo maior de Curitiba, afirmou ao G1 que os demais funcionários – de médicos a técnicos – sabiam que a ex-chefe da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Virgínia Helena Soares de Souza provocava a morte de pacientes. “Todo mundo no hospital sabia o que a doutora fazia, desde o clínico até os técnicos. Então, não adianta abrir sindicância, todos sabiam (...) Isso não é uma coisa nova. Isso vem de longa data”.
A médica foi indiciada nesta quarta-feira (20) pelas mortes ocorridas na UTI. Para a polícia, se trata de homicídio qualificado, porque as pessoas não tinham chance de se defender. A delegada do Núcleo de Repressão aos Crimes Contra a Saúde de Curitiba, Paula Christiane Brisola, evitou comentar detalhes do inquérito, que segue sob sigilo de Justiça, mas garantiu que os esforços da polícia estão voltados para o levantamento de provas sobre os casos.

Em nota, a direção do Evangélico disse que o caso é pontual e ocorreu em uma das quatro UTIs do hospital, na qual toda a equipe foi substituída. Reiterou também que os mais de 300 médicos do Evangélico não devem ser julgados pela atitude de uma funcionária, e que o atendimento em todos os setores do hospital seguem sendo feitos normalmente.
O advogado da médica, Elias Mattar Assad, disse que teve acesso a parte do inquérito e que não há provas contra Virgínia Soares. "Nas várias certidões de óbito de pessoas que teriam morrido, nenhum dos atestados foi firmado pela minha cliente. Todos as certidões também tinham laudos do IML atestando as mortes como sendo ou de causas acidentais ou naturais", ressaltou o advogado.

Desde a prisão da médica, ex-funcionários e familiares de pacientes que faleceram no hospital se sentiram encorajados para entrar em contato com veículos de comunicação e denunciar como ela agia. Segundo a enfermeira, ainda que soubessem da conduta da médica, os demais profissionais do setor não a denunciavam por medo de repressão. Ela disse ainda que o temor aumentou quando a instituição passou por dificuldades financeiras e os salários dos funcionários começaram a atrasar. A enfermeira não trabalhava diretamente com Virgínia Soares, mas a conhecia e, assim como os demais profissionais,  tem conhecimento do que ocorria na UTI.

“Era argumentado que elas detinha os equipamentos da UTI, ela era considera a dona da UTI e as pessoas tinham medo. Ela era considerada o verdadeiro demônio da UTI”, enfatizou a enfermeira. “Por que eles [diretores do hospital] deixavam ela com tanta autonomia na UTI? É rentável”, pontuou.

"Ela chegava na UTI e apontava este, este e este. Daí todo mundo já sabia o que era", contou. Segundo a enfermeira, não era a médica que desligava os equipamentos. Ela mandava e integrantes da equipe agiam para provocar a morte do paciente.
O diretor clínico do Hospital Evangélico, Gilberto Pascolat, rebate as acusações. "Oficialmente, nós não temos nenhuma queixa contra a doutora Virgínia nem contra a sua equipe da UTI. Todas as queixas que vem da equipe médica ou da equipe de enfermagem tem que chegar a mim e não tem nada contra ela. Nesses vinte anos que ela trabalha na UTI eu que estou no hospital não me lembro de nada que desabonasse a conduta dela nem na parte técnica nem na parte ética", explica Pascolat.
Mortes
A enfermeira contou que a médica estava em um fim de semana em que cinco pessoas morreram no hospital. O número chamou a atenção dos funcionários. “Eu levei o maior choque. Tenho vergonha do que está acontecendo”, lamentou. Ela destacou que pretende ir à polícia prestar depoimento sobre a médica.
Na operação policial, foram apreeendidos prontuários médicos e outros documentos relativos a internações e mortes de pacientes. Na avaliação da enfermeira ouvida pelo G1, entretanto, a medida é inválida porque esses relatórios são alterados. “Nos prontuários eu dúvido que seja encontrado algo. Eles são alterados, às vezes para acrescentar evolução, uma correção. Essas situação envolve aspectos da ética médica, a ética de enfermagem, correção de prontuários. Todo mundo tem acesso, fazer alteração em prontuários, e colocar o carrimbo do médico e está tudo certo”, afirmou.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Inimigos declarados, Eliéser e Anamara ensaiam trégua




Inimigos históricos declarados desde o "Big Brother Brasil 10", Eliéser e Anamara ensaiaram na tarde desta quinta-feira (21) uma trégua entre eles.

Os dois, que se aproximaram nos últimos dias, deram sinais que estão dispostos a ceder e começar um período de paz dentro da casa do "BBB13".

"Uma hora você trata os outros como pessoas e depois como peças de um tabuleiro. Fiquei na dúvida sobre suas ações", disse Anamara. "Todo mundo merece ser respeitado como pessoa, mas não como peça de tabuleiro", completou.

Eliéser disse que não vê os jogadores como simples peças, mas que procura tratar bem a todos. "Você sabe que não agiria desta forma", disse.

"Fiquei feliz de poder conversar com você numa boa, mesmo irritados um com o outro. Percebi que, além do jogo, temos abertura para falar da pessoa por dentro", contou a baiana. "Deu um alívio conversar com você", desabafou.

Anamara explicou que os dois se conheciam há três anos, dentro e fora do reality. "Assim como você se magoou comigo, também fiquei magoada com você", disse.

"Fiquei chateada, pois numa semana você falou que não iria votar em mim, mas depois colocou um colar em mim porque queria me ver fora da casa", contou Anamara, referindo-se a uma tarefa do Big Fone, na qual Eliéser ganhou o poder de imunizar um participante [Kamilla] e indicar uma pessoa que ele gostaria de ver fora da casa.

"Mas, sinceramente, me arrependi de ter colocado o colar em você. Não queria que você saísse", explicou o paranaense.

"Todos os meus adversários são humanos e merecem respeito. Eles não são peças que podem ser usadas e depois descartadas", disse a sister. "Quem é o verdadeiro Eliéser? Aquele que fica fazendo gracinha ou que faz jogo, usa as pessoas e é maquiavélico?", questionou Anamara.

Eliéser nem teve tempo de responder, uma vez que a sister monopolizava o discurso. Mas descartou ser o maquiavélico, e contou ser o engraçado.

"Você usou a palavra calculista para se definir e depois para usar contra mim", contou. "Era uma situação que estava incomodando, mas que se tivéssemos conversado, teríamos nos entendido", opinou Anamara.

Eliéser conseguiu uma brecha para fazer um comentário: "O Bial mesmo disse que não existe o mais forte ou o mais fraco. Não temos noção, a julgar pelos paredões triplos".

"Gosto de ver as coisas boas das pessoas", disse Anamara. "Estou mais calma. Guardar estas coisas dentro da gente não adianta em nada", continuou.

"É bom tirar o peso e a revolta de dentro", desabafou o brother.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Vaticano confirma existência de relatório sobre Vatileaks, mas não relaciona fato à renuncia do papa



A uma semana da renúncia do papa Bento 16, marcada para 28 de fevereiro, os jornais italianos voltaram a relacionar a decisão do pontífice com a investigação do vazamento de documentos confidenciais da Santa Sé, chamada de Vatileaks. Na edição desta quinta-feira (21), o "La Reppublica" apontou um relatório com cerca de 300 páginas sobre o escândalo como estopim para Bento 16. 

"Não espere comentários, negações ou confirmações sobre este assunto". Essa foi a resposta do porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, quando foi questionado pelos jornalistas sobre o conteúdo do documento escrito pelos cardeais Julian Herranz, Salvatore De Giorgi e Josef Tomko.

Lombardi, durante coletiva de imprensa realizada nesta manhã, confirmou a existência do relatório entregue ao papa em dezembro de 2012. "A comissão fez o seu trabalho e entregou o relatório nas mãos do santo padre", completou o porta-voz.

O conteúdo do documento é sigiloso, mas, conforme o "La Reppublica", especula-se que os cardeais não mediram palavras para revelar casos de mau uso de dinheiro, disputas de poder, relações homossexuais dentro da Cúria Romana.

"Nós não estamos correndo atrás de todas as especulações, fantasias ou opiniões que são levantadas sobre a renúncia. E não espere por entrevistas com os três cardeais, porque a linha concordou em permanecer em silêncio e não divulgar informações sobre este tópico."

Antecipação do conclave
O porta-voz do Vaticano reiterou nesta quinta-feira (21) a possibilidade de Bento 16 publicar um "Motu Proprio" para antecipar o conclave e modificar algumas das regras relacionadas às orações e aos rituais da eleição do novo pontífice.

Mas, Lombardi esclareceu que o documento não irá mudar drasticamente o processo da votação. "Seria tocar apenas pontos de esclarecimento, não substanciais", destacou. Segundo ele, ainda não há prazo para a publicação do "Motu Proprio". 

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››