RÁDIO CIDADE AO VIVO

Ouça pela Rádios Net ou clique na imagem abaixo

Ouça pelo Listen 2 My Rádio ou clique na imagem abaixo

Imagem relacionada
Loading ...

segunda-feira, março 04, 2013

Dois acidentes são registrados em Itaú-RN neste domingo com danos materiais


No final da tarde deste domingo (03), entre as 17:30h e 18h um jovem conhecido por Nicherlangelo, residente e domiciliado na Cidade de Itaú em uma moto colidiu de frente com um jumento na altura do sítio Currais, na BR 405, sendo socorrido em seguida com ferimentos leves (arranhões), causando apenas danos materiais, já o animal não obteve a mesma sorte, veio a óbito no local do sinistro.



Ainda neste domingo (03) por volta das 21:30h mas um acidente foi registrado na altura do sítio Currais, na BR 405, a apenas alguns metros do 1º acidente, o jovem itauense, conhecido por Ailton saia do Assentamento Paraná, na companhia de outro jovem conhecido por Elineudo, que após uma bebedeira resolveram voltar para casa, e quando se aproximou da curva, acredita-se que o mesmo tenha cochilado, vindo perder o controle do automóvel um Fiat Uno placa CEV2359, de cor cinza, capotando em seguida.



Apesar da gravidade do capotamento, o veículo ficou praticamente destruído, os ocupantes sofreram apenas ferimentos leves, do tipo arranhaduras e pancadas, que logo foram socorridos para o hospital maternidade Marcolino Bessa.

Em seguida o veículo foi retirado do local com a ajuda de amigos e familiares de Ailton que permaneceram no local até a remoção do veículo da ribanceira.





Arlindo Maia da Redação do Cidade News
Leia Mais ››

Fazer sexo duas vezes por semana aumenta vida em até um ano e meio


São apenas quatro letras que mexem com a imaginação, a autoestima, o comportamento e o humor: sexo. E a atividade não faz bem apenas para o corpo e a mente – a expectativa de vida também se beneficia. Quem transa duas vezes por semana pode ganhar até um ano e meio, segundo um estudo inglês.

O Ministério da Saúde brasileiro recomenda que as pessoas façam sexo com frequência, algo considerado tão importante quanto controlar a pressão arterial e estar no peso adequado. O próprio ato ajuda a emagrecer: em uma boa sessão de meia hora, podem-se queimar até 500 calorias.

Então…

O remédio é transar!!! Muito!!!

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Juízes federais teriam desviado mais de R$ 20 milhões


dinheiro
O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) iniciou ontem, 28 de fevereiro, o julgamento do processo administrativo disciplinar contra os juízes federais Moacir Ferreira Ramos, Hamilton de Sá Dantas, Solange Salgado e Charles Renaud Frazão de Freitas, aberto pela Corregedoria do Tribunal em 2011.

Os quatro juízes federais atuam na 1ª Região e são acusados de utilizar de forma fraudulenta o nome de 157 juízes para desviar mais de R$ 20 milhões, enquanto exerceram a presidência da Associação de Juízes Federais da 1ª Região (Ajufer), entre 2000 e 2009. O esquema envolvia a tomada de empréstimos fictícios na Fundação Habitacional do Exército (Poupex-FHE), com a qual a Ajufer mantinha convênio. Os magistrados acusados pegavam dinheiro emprestado em nome dos colegas associados, falsificando assinaturas e documentos.

Do Ministério Público Federal

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Secretaria de Estado da Educação abre inscrições para 11.272 vagas no Pronatec 2013.1


A Secretaria de Estado da Educação abriu inscrições para o Pronatec 2013.1. Nesse primeiro semestre, estão sendo ofertadas 11.272 vagas no total, sendo 10.797 para os cursos de Formação Inicial e Continuada – FIC, e 475 vagas para os cursos Tecnológicos – TEC. As inscrições podem ser feitas até o dia 15 de março, no site do Pronatec.

Após a inscrição no site, os estudantes selecionados devem procurar as instituições onde os cursos serão ministrados para efetuar a matrícula, entre os dias 8 a 12 de abril. É necessário apresentar CPF, comprovante de residência e declaração da escola onde estuda. As aulas estão previstas para começar na primeira quinzena de abril.

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego é voltado para estudantes da rede estadual, que estão cursando Ensino Médio ou Educação de Jovens e Adultos - EJA. Os cursos de Formação Inicial e Continuada tem carga horária de 180 a 360 horas. Já os cursos Técnicos Profissionalizantes tem carga horária de 800 a 1.200 horas. Ambos são oferecidos no contra turno.

A Secretaria de Educação do Rio Grande do Norte e o Ministério da Educação realizam o Pronatec em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte, através da Escola Agrícola de Jundiaí, Escola de Enfermagem e Escola de Música; com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - SENAC, Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial - SENAI, Serviço Nacional de Aprendizagem Rural - SENAR, Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte – SENAT e com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte – IFRN.

Clique aqui  para ver a sua inscrição.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Ministério da Saúde bloqueia recursos do PSF para 15 cidades do RN


O Ministério da Saúde suspendeu hoje (4) a transferência de dinheiro para 479 municípios beneficiários dos programas Saúde da Família e Saúde Bucal. Entre os estados, está o Rio Grande do Norte. No estado foram bloqueados recursos par 15 cidades e entre as cidades está Caicó. Foi bloqueado também o pagamento de agentes comunitários de saúde que apresentaram duplicidade no Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde.

Os agentes quebraram a regra para cadastramento de profissionais de saúde. Eles são proibidos de acumular mais de dois cargos ou empregos públicos e de se cadastrar em mais de uma equipe do programa. Segundo o ministério, as equipes são responsáveis pelo acompanhamento de um número definido de famílias em uma comunidade; atuam na promoção da saúde, prevenção, recuperação e reabilitação de doenças, e na manutenção da saúde das comunidades.

Os municípios com irregularidades são: quatro do Acre, oito de Alagoas, cinco do Amazonas, um do Amapá, 75 da Bahia, 40 do Ceará, cinco do Espírito Santo, sete de Goiás, 64 do Maranhão, 62 de Minas Gerais, quatro de Mato Grosso do Sul, 12 de Mato Grosso, 19 do Pará, 22 da Paraíba, 35 de Pernambuco, 13 do Piauí, 20 do Paraná, nove do Rio de Janeiro, 15 do Rio Grande do Norte, um de Rondônia, dois de Roraima, 13 do Rio Grande do Sul, 13 de Santa Catarina, 13 de Sergipe, nove de São Paulo, e oito do Tocantins.

As cidades do Rio Grande do Norte que tiveram os recursos bloqueados foram: Augusto Severo, Bom Jesus, Caicó, Ipueira, Jucurutu, Lagoa de Velhos, Lagoa Salgada, Macau, Monte Alegre, Mossoró, Pedro Velho, Rio do Fogo, São Gonçalo do Amarante, São José do Campestre e Tibau. A relação está publicada no Diário Oficial da União, edição desta segunda-feira, (04).

Reprodução Cidade News Itaú via Sidney Silva
Leia Mais ››

Homem preso acusado de assalto em São Fernando/RN pode ter ligações com o PCC


Ary Muniz está preso na cidade de Catolé do Rocha
O homem preso na semana passada no estado da Paraíba, não é suspeito de matar o agente penitenciário federal assassinado em Mossoró, em 2012. A Polícia Federal, que investiga o caso, descobriu que Ari Muniz da Silva, de 33 anos, que era foragido de diversos presídios, inclusive de São Paulo, estava residindo no Sertão paraibano. Os federais passaram as coordenadas para as polícias Civil e Militar, que efetuaram a prisão. A investigação da morte do agente penitenciário continua.

A prisão de Ari Muniz, aconteceu na manhã de quinta-feira, (28), por volta das 10 horas, na rodovia que liga os municípios de São Bento/PB a Paulista/PB. Ele é natural de Pombal/PB, e já cumpriu pena em Mossoró/RN e São Paulo/SP, tendo, inclusive fugido.

Informações extra-oficiais dão conta que Ari Muniz, tem ligações com o Primeiro Comando da Capital – PCC.

Quando foi preso na Paraíba, Muniz usava nome falso. Ele estava morando na cidade de São Bento. Quando foi abordado, estava conduzindo um veículo Fiat Strada de cor vermelha e placas EVP-6297/Guarulhos/SP. Quando os policiais pediram o documentos ele apresentou identidade em nome Rogério Almeida de Albuquerque.

Depois de ser autuado por falsidade ideológica, o preso foi levado ao presídio de Catolé do Rocha/PB, onde fica a disposição da Justiça.

São Fernando

Os policiais que estavam na diligência acabaram descobrindo que Ari Muniz, esteve diretamente ligado ao assalto dos Correios da cidade de São Fernando/RN, ocorrido na semana passada. Na ação delituosa foi usado uma Fiat Strada de cor vermelha.

Contra ele, existem vários mandados de prisão. Os federais estão investigando a sua participação em uma numerosa quadrilha que atua na região Nordeste. Os mandados de prisão contra o foragido são oriundos dos estados de São Paulo, Rio Grande do Norte e Paraíba.

Reprodução Cidade News Itaú via Sidney Silva
Leia Mais ››

SÃO RAFAEL: REALIDADE DAS CONDIÇÕES DE TRABALHO DA POLÍCIA



A cidade de São Rafael está ganhando manchetes em todo mundo, pela crescente quantidade de assaltos praticados nos últimos meses.

3 pneus dentro da viatura.

Assalto a posto de gasolina, comerciantes, cambistas, jovens, jóias, e por último a agência dos correios.
Hoje, quero mostrar a vocês que a guarnição policial que atendeu a ocorrência do assalto aos correios e saiu em perseguição aos bandidos, por pouco não morreu, Afinal não morreu porque Deus não quis. Só que não foi trocando tiros com os bandidos não, antes fosse, foi de um capotamento. Tudo por conta da péssima condição dos pneus da viatura; uma viatura que não tem pneus ,os que tem são carecas.O pneu de suporte? também é careca, uma viatura que não marca a velocidade, uma viatura que não tem buzina, O rádio de comunicação está com problemas. Bom, mas ainda sim é a viatura de São Rafael/RN.

Vamos aos fatos:

pneu estourado


Estávamos em perseguição pela RN 118, quando em uma curva um dos pneus da viatura estourou, por virmos em uma velocidade compatível para uma perseguição não conseguimos parar no momento do estouro do pneu, saímos fazendo zigue zague na pista , até subirmos no acostamento e estourarmos outro pneu. Graças a Deus, em nenhum momento pisei no freio pois, ali seria uma tragédia anunciada. Depois de muita “briga” com o veículo e Deus nos colocando na pista, conseguimos parar o veículo. Ali estavam dois pneus estourados, Colocamos o pneu de suporte, também careca e recebemos ajuda da viatura de Itajá que nos emprestou outro pneu. Continuamos a diligência e já na estrada carroçável que dá acesso a Angicos, o pneu do suporte fura, motivo, estava mostrando os arames! Sorte que ia passando no momento um cidadão que nos cedeu o pneu de suporte do seu veículo. ( Fiquei com tanta vergonha que me achei na obrigação de pagá-lo, e o fiz.).

segundo pneu estourado e popular ajudando


Pois é pessoal dessa querida cidade de São Rafael, o qual tenho enorme carinho e que me acolheu durante todos estes anos. Não sei de quem é a culpa, pouco me interessa! Mas , com a situação que a cidade se encontra, total falta de segurança,  de efetivo e de uma viatura, abram os olhos autoridades! Antes que um cidadão de bem pague com a própria vida a falta de segurança que impera no momento. Já está na hora de vir uma viatura nova para São Rafael. Pois a situação irá se complicar ainda mais. A polícia tem feito o que pode e trabalha com as condições que nos são dadas. Como eu tinha falado lá no início, antes morresse trocando tiros, pois é um risco que existe em minha profissão, mas morrer por falta de condições de trabalho, esse risco nenhum de nós, policiais e você cidadão de bem, deve aceitar!

Sd Batista.

Reprodução Cidade News Itaú via PM São Rafael
Leia Mais ››

Agência dos correios de São Rafael foi assaltada na manhã de hoje


Hoje por volta das 09h00min a agência dos correios da cidade de São Rafael foi assaltada por 03 elementos que estavam em um Renault clio cinza e placas de Natal/RN.
Segundo informações os elementos chegaram a agência se passando por clientes e renderam todos que ali estavam, os trancafiando em um quartinho. Logo em seguida os assaltantes pegaram todo o dinheiro que estava sendo usado para pagamento dos aposentados e fugiram no veículo que os aguardavam do lado de fora. A polícia militar tinha passado em frente a agência no exato momento em que o assalto estava em andamento, mas como ninguém do lado de fora da agência se manifestou e pela porta dos correios ser escura não viu que no momento estaria acontecendo um assalto. 


Assim que avisada a polícia militar saiu em diligências e devido as informações serem um pouco desencontradas, pois muitos falavam que seria um pálio prata, outros um pálio verde e por fim um Renault clio cinza. Diligências foram efetuadas por todas as viaturas da região. GTO Assu, Angicos , GTO Jucurutu e São Rafael. 

Até que a polícia militar de São Rafael recebeu uma informação que o veículo teria sido visto na estrada carroçável que dá acesso a Angicos. Depois de uma longa procura pela caatinga os policiais do GTO de Assu conseguiram localizar o veículo Renault Clio de cor cinza e placas de Natal, abandonado dentro do mato, mais precisamente no sítio Carnaubinha. Além do veículo foi encontrada pela viatura de São Rafael, na estrada uma garrafa de água, que um dos elementos teria pedido em uma residência. O veículo e a garrafa de água foram apreendidos e as investigações a partir de agora ficarão por conta da polícia federal.

Reprodução Cidade News Itaú via PM São Rafael
Leia Mais ››

GABARITOS DO PSV/UERN 2013 - 2º DIA


A Comissão Permanente de Vestibular (COMPERVE/UERN) divulgou o gabarito preliminar do segundo dia de prova do Processo Seletivo Vocacionado (PSV 2013). O gabarito preliminar do primeiro dia do PSV 2013 foi divulgado ontem (03).

Os candidatos que discordarem do resultado de alguma(s) questão(ões) do gabarito têm o prazo de 48 horas (a contar a partir do horário da publicação) para entrar com recurso.

CLIQUE AQUI  e veja o gabarito.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Mesmo cassada, Cláudia Regina continua prefeita de Mossoró


Nada muda em Mossoró. Pelo menos, não por enquanto. É assim que a defesa de Cláudia Regina, do DEM, avalia a decisão do juiz eleitoral Herval Sampaio, da 33ª zona eleitoral, que cassou o mandato da prefeita mossoroense e do vice dela, Wellington Filho, do PMDB, em decisão proferida na última sexta-feira – publicada oficialmente hoje. Isso porque a intenção dos advogados da dupla é entrar com um embargo, ainda nesta segunda-feira, suspendendo a decisão e fazendo o magistrado proferir uma nova sentença.

O motivo desse embargo são alguns pontos que teriam ficado, na visão da defesa, obscuros na sentença já proferida. “A questão do nexo causal entre os atos da governadora e as ações do Governo do Estado que resultaram em prejuízos à Cláudia Regina e à Wellington Filho. No próprio texto, o juiz não citou uma só atitude irregular da prefeita, então, não tinha porque ela ser punida por uma ação de outra pessoa”, avaliou o advogado Kennedy Diógenes, que defende Wellington Filho e está em contato direto com Emanoel Antas e Humberto Fernandes, advogados de Cláudia Regina, em Mossoró.

Dessa forma, com o embargo para pedir que o juiz esclareça o porquê de Cláudia Regina ter sido punida por uma ação do Governo do Estado, a defesa espera conseguir a suspensão da decisão. “Aguardaremos a nova decisão e nada vai mudar por enquanto. Cláudia Regina continua cumprindo sua agenda administrativa sem nenhum prejuízo. Na nova sentença, o juiz pode extinguir o processo ou reformar algumas avaliações. Se houver a manutenção da condenação, já temos a minuta de um recurso para dar entrada no TRE (Tribunal Regional Eleitoral, em Natal)”, explicou o advogado.

Vale lembrar que na decisão proferida pelo juiz eleitoral Herval Sampaio, a cassação de Cláudia Regina e Wellington Filho tinha efeito imediato e seria necessária a realização de uma nova eleição na cidade. Enquanto isso não ocorresse (a preparação para um novo pleito leva alguns meses), quem deveria gerir a cidade seria o presidente da Câmara Municipal da cidade, Francisco José Júnior, o “Silveirinha”.

Porém, a informação que chega ao Jornal de Hoje vinda de Mossoró é que a prefeita, que diariamente visita obras e participa de eventos, nesta segunda-feira, não fez nada disso. Francisco José Júnior, fez menos ainda. Ele não foi encontrado, tampouco, oficialmente citado que deve assumir a Prefeitura. Ele, é importante ressaltar, é aliado da prefeita (até o fechamento desta edição) cassada e ao assumir o cargo poderia levar ainda mais desgaste para a relação dela com o eleitorado.

Em manifestação oficial sobre o assunto, feita por meio de nota, Cláudia Regina pediu tranquilidade aos eleitores, certa de que não teria mais problemas com a questão eleitoral. “Além de respaldada pela decisão do povo, tenho a consciência limpa. Minha vida é feita de desafios que foram vencidos com dedicação e transparência, pilares de minha formação familiar, humana, profissional e política. Minha palavra é de serenidade e de alma sossegada por saber que cada dificuldade jamais me abaterá. Tenho Deus em meu coração e a certeza de que vocês caminham ao meu lado”, afirmou.

Autor da ação avalia argumento da defesa: “É irrelevante”

O argumento é fraco. Aliás, fraco não. Irrelevante. Foi assim que o advogado Marcos Araújo, um dos autores da ação elaborada pela coligação de Larissa Rosado, do PSB (candidata derrotada por Cláudia Regina pela Prefeitura de Mossoró), classificou o argumento da defesa da democrata e do peemedebista.

“A Lei hoje não é mais quem prática, mas sim quem é beneficiado. Desde a Lei 135, a Lei da Ficha Limpa, que o entendimento já é diferente. E é importante que seja assim, senão ficaria muito complicado. O candidato poderia só ficar em casa, mandando seus assessores comprar voto e fazer as outras irregularidades e ele nunca seria punido”, avaliou Marcos Araújo.

Diferente do advogado Kennedy Diógenes, que constatou alguns pontos obscuros na sentença do juiz eleitoral Herval Sampaio, Marcos Araújo viu a decisão do magistrado como bastante positiva. “Foi bem fundamentada no entendimento de que houve mesmo abuso de poder em Mossoró. Aliás, todos em Mossoró sabem que houve o abuso de poder nas eleições”, afirmou Araújo.

É importante lembrar que, conforme publicou O Jornal de Hoje na edição do final de semana, a cassação de Cláudia Regina foi motivada por atitudes da governadora Rosalba Ciarlini, que interferiu de maneira decisiva no processo eleitoral da cidade, beneficiando Cláudia Regina em detrimento dos adversários dela, entre eles, Larissa Rosado, deputada estadual que representou na disputa a coligação encabeçada pelo PSB.

Entre as irregularidades praticadas pela governadora, estão a promessa de regularização de terras em comunidade rural caso Cláudia Regina vencesse a disputa eleitoral; a presença da candidata democrata em inaugurações do Governo do Estado em Mossoró e, ainda, depoimento da gestora estadual em carros de som que circulavam pela cidade.

CUMPRIMENTO DA DECISÃO

Enquanto a decisão foi proferida, mas não cumprida, Marcos Araújo afirmou em contato ao JH que a expectativa é sobre a forma como a Justiça Eleitoral vai receber o recurso motivo pela defesa de Cláudia Regina. “Esperamos para saber se vai ser devolutivo ou devolutivo suspensivo. Se for o primeiro, a prefeita vai ter que ser afastada até o julgamento do mérito. Se for suspensivo, a sentença é suspensa. Estamos esperando para ver de qual forma a Justiça vai entender essa questão”, analisou.

É importante lembrar que, além da decisão que cassou seu mandato, Cláudia Regina responde a outras 11 ações na Justiça Eleitoral em Mossoró. São sete de autoria do Ministério Público Eleitoral (MPE), por compra de votos, abuso de poder político e abuso do poder econômico.

Entre essas ações do MPE, inclusive, há uma com relação a prática de Rosalba Ciarlini no pleito eleitoral. Segundo as promotoras autoras da ação, Ana Ximenes e Karine Crispim, ao nomear a filha do vereador Chico da Prefeitura, do DEM, para um cargo comissionado no Detran, a governadora se utilizou do cargo que ocupa para garantir que o vereador continuasse a apoiar a candidatura de Cláudia Regina em Mossoró. Popular na cidade, Chico ameaçava apoiar Larissa Rosado por entender que foi preterido pela cúpula do DEM no momento da escolha do candidato ao prefeito.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Rosalba usou avião oficial para ir 56 vezes a Mossoró


Rosalba Ciarlini usou avião do Governo para ir a Mossoró duas vezes por dia, em média, no último mês de campanha eleitoral. Foto: Divulgação
Rosalba Ciarlini usou avião do Governo para ir a Mossoró duas vezes por dia, em média, no último mês de campanha eleitoral. Foto: Divulgação
Foram sete as irregularidades citadas pela coligação de Larissa Rosado que teriam sido praticadas por Rosalba Ciarlini durante a campanha eleitoral em Mossoró. Entre elas, inclusive, o fato de que a gestora estadual usou o avião do Governo do Estado, simplesmente, 56 vezes para se deslocar de Natal a Mossoró em um único mês. A atitude representaria a preocupação da governadora com a eleição em Mossoró e, além disso, a mistura entre o desejo da eleitora Rosalba com a estrutura governamental.

A denúncia está no blog do jornalista Carlos Santos, de Mossoró, e seria baseada em dados oficiais levantados no Departamento de Aviação Civil (DAC). O avião pousou 56 vezes em setembro de 2012 no Aeroporto Dix-sept Rosado em Mossoró. A maioria dos registros estão centrados em finais de semana. Com essa média mensal, Rosalba teria pousado e decolado de Mossoró duas vezes por dia.

Segundo o jornalista, a movimentação é tão desproporcional, que seria como se existisse situação emergencial – justificando transporte de grande quantidade de pessoas doentes ou mantimentos, em calamidades naturais como terremotos ou enchentes. Sobretudo, se comparado com o movimento de pousos e decolagens verificado no ano anterior, no mesmo equipamento aeroportuário: foram apenas 98 voos para o Aeroporto Dix-sept Rosado durante todo o ano de 2011.

Vale lembrar que essa não é a primeira vez que Rosalba se envolve em polêmica pela utilização do avião, supostamente, para voos particulares. No início de 2012, o avião do governo do Estado, prefixo PT-FRG, saiu do hangar oficial da administração pública do Rio Grande do Norte, no Aeroporto internacional Augusto Severo, em Parnamirim, rumo a Currais Novos, no Seridó. Em tese, seria uma viagem oficial, como deve ser toda e qualquer excursão da aeronave estatal, cujo vôo é bancado pelo erário. Mas, neste caso, foi para a celebração de Bodas de Ouro do casal Maria Coeli e Geraldo Gomes, prefeito do município.

Assim como naquela oportunidade, quando o Tribunal de Contas do Estado (TCE) e o Ministério Público do RN (MP/RN) não se preocuparam com o fato e não tomaram qualquer medida, nas viagens para Mossoró o juiz eleitoral Herval Sampaio também não viu como algo que valesse condenação. Tanto foi assim que na sentença que cassou Cláudia Regina e Wellington Filho, o magistrado desconsiderou o fato.

“Quanto ao uso do avião do Governo do Estado, não há provas suficientes para que se possa afirmar que seu uso foi desvirtuado, sendo usado para fins políticos, ainda que se entenda que a finalidade ultima da governadora, em vir a Mossoró, fosse ato de campanha, como sua vinda estava quase sempre ligada a uma assinatura de licitação, inauguração de obras, entre outras atividades que são inerentes ao seu cargo, entendo que não há provas suficientes para a configuração de abuso nesse caso, ressaltando que existe outra ação com conteúdo bem maior em que se tem uma linha de investigação própria nesse sentido e que se diligenciou outras provas que oportunamente serão apreciadas, porém aqui não se considera como comprovada tal alegação exordial”, avaliou.

É importante ressaltar também que o avião do Governo do Estado não é a única aeronave que está gerando polêmica e dando motivo para se apontar irregularidades de Cláudia Regina. O Ministério Público Eleitoral, por meio das promotoras Ana Ximines e Karine Crispim, ingressaram com ações na 33ª zona eleitoral e no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para denunciar a utilização, por parte da candidata do DEM, do helicóptero de um empresário mossoroense que teria sido cedido a ela sem devida prestação de contas por parte da coligação democrata.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Agentes da Delegacia Especializada em Narcóticos fecham mais um ponto de venda de droga em Mossoró


Agentes da Delegacia Especializada em Narcóticos, sob o comando do Bacharel Rafael Arraes, localizam uma residencia utilizada como ponto de venda de droga na Rua Anatalia de Melo Alves no Bairro Paredões em Mossoró.

Duas pessoas foram detidas na tarde de segunda feira 04 de Março de 2013 e com elas os Agentes encontraram, cerca de 550 gramas de maconha e 250 de Crack , uma balança de precisão e uma arma de fogo tipo escopeta calibre 32, modificada. A droga ainda estava sendo fatiada para ser entregue.

Os agentes chegaram até a residencia através de denuncia anonima. No local foram detidos: Florêncio Capistrano Alves, 41 anos de idade e Joselito Anselmo da Silva, 56. A maconha e a arma foram encontradas dentro da residencia. O Crack, estava envolvido em um saco plastico enterrado no quintal da residencia a quase meio metro de profundidade.

Florêncio administrava uma casa de recuperação para dependente químico. Joselito já tem passagem pela policia do estado do Ceará acusado por furto.

Florêncio Capistrano Alves e Joselito Anselmo da Silva, foram conduzidos para Delegacia Especializada e deverão responder pela pratica criminosa. Os mesmo serão conduzidos para a Cadeia Publica Juiz Manoel Onofre de Souza, onde aguardarão a decisão da justiça.






Reprodução Cidade News Itaú Itaú via O Câmera
Leia Mais ››

"A coisa tem de ser boa para todas as partes", diz assistente de acusação sobre confissão de Bruno; defesa do goleiro nega acordo


O assistente de acusação no julgamento do caso do sumiço de Eliza Samudio, José Arteiro Cavancanti, não confirmou ainda um possível acordo de confissão do goleiro Bruno, que é julgado hoje (4) pelo crime, em Contagem (região metropolitana de Belo Horizonte). Segundo Arteiro, no entanto, as condições dessa possível confissão não estão claras. "A coisa tem de ser boa para todas as partes", afirmou.

"Não conversamos ainda com o promotor [Henry Castro] nem com a defesa, mas caso o Bruno confesse tudo, quem foi que pagou e quem foi quem executou o crime, a sua pena pode ser reduzida de 35 anos para 18", afirmou.


Arteiro disse acreditar que partes do corpo de Eliza --a modelo teria sido esquartejada depois de ser morta-- ainda podem aparecer e facilitar a identificação por meio de DNA.

"Esse corpo está perto de aparecer", afirmou, sem explicar que informações teria para embasar sua tese.

"Indecência" e "imoralidade"
Mais tarde, Lucio Adolfo da Silva, advogado do goleiro Bruno, voltou a afirmar, durante um intervalo no salão do júri, que não existe acordo entre os advogados de acusação e defesa para a confissão de Bruno --como mandante do sequestro e assassinato de Eliza Samudio.

"Não existe acordo. Aquela imoralidade, aquela indecência que aconteceu com o Macarrão é absolutamente ilegal. O acordo que foi feito durante o julgamento do Macarrão não existe no direito brasileiro"' afirmou o advogado.

Durante o julgamento de Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, em novembro, a sua confissão de que ele havia sido responsável de levar a vitima até o sítio em que ela teria sido assassinada, acabou lhe beneficiando, com a redução da pena. Macarrão acabou condenado a 15 anos de prisão.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Polícia encerra inquérito sobre padre acusado de estuprar irmãs no RJ



A delegada Marta Dominguez, titular da Delegacia Especial de Apoio à Mulher (Deam) de Niterói, Região Metropolitana do Rio de Janeiro, encerrou o inquérito sobre o padre suspeito de estuprar duas menores nesta segunda-feira (4). O caso será remetido ao Ministério Público estudal e, segundo a delegada, ficará a cargo da 7ª Promotoria de Investigações Penais 2ª Central de Inquéritos.
Emilson Soares Corrêa, de 56 anos, que era responsável pela paróquia da Igreja Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, no bairro do Cubango, em Niterói, foi indiciado  por estupro de vulnerável de duas irmãs. Uma delas teria 7 anos quando o caso ocorreu, há três anos. A outra irmã, atualmente com 19 anos, disse ter feito sexo oral com o padre quando tinha 13 anos. Ele está afastado de suas funções na paróquia e da Igreja Católica.
O pai das meninas também foi indiciado, pelo crime de extorsão. De acordo com a delegada, testemunhas do padre e a mãe da jovem de 19 anos confirmaram em depoimento que o pai tentou obter vantagens financeiras ao mostrar ao padre o vídeo em que o religioso aparece fazendo sexo com uma menor de 15 anos.
Segundo Marta Dominguez, as investigações não apontaram para crime de exploração sexual. "A extorsão foi confirmada por testemunhas do padre e pela própria mãe da jovem de 19 anos. Ela contou que depois de gravar o vídeo do padre fazendo sexo com uma menor, o pai chamou o padre para mostrar a gravação. Segundo ela, o pai disse: 'Agora que ajudou na reforma da casa, dê uma casa para ela'".
Ainda segundo a delegada, a mãe da menina também contou que o pai ainda fez uma ameaça velada ao padre dizendo que, se soubesse do caso, o ex-namorado da menor iria matá-lo quando sair da prisão", destacou Marta, acrescentando que o pai faz uma grave ameaça ao padre ao exigir uma compensação para não divulgar as imagens.
O caso de abuso sexual vem sendo investigado desde novembro de 2012, quando Ubiratan procurou a delegacia para denunciar que o padre havia acariciado as partes íntimas de sua filha, hoje com 10 anos, durante um passeio, há três anos.  A menina foi submetida a exames de corpo de delito, que provaram que ela não foi desvirginada. Já a irmã mais velha, atualmente com 19 anos, inicialmente contou que mantinha relações com o padre desde os 15 anos. Depois reviu o depoimento e afirmou que fazia sexo oral com o religioso aos 13 anos de idade.
A delegada também ouviu a menor que aparece no vídeo com cenas de sexo entre ela e o padre. O pai entregou na terça-feira passada (26) o vídeo à delegada. Tanto o padre Emilson quanto Ubiratan responderão pelos crimes em liberdade.
Jovem admitiu relacionamento com o padre
A jovem de 19 anos admitiu à família que mantinha relações com o padre e, após a confissão, foi orientada pelo pai a gravar um vídeo do encontro com o religioso. A menina, então, teria chamado uma amiga de 15 anos, que topou gravar o vídeo. É essa menina que aparece nas imagens em relações sexuais com o padre. A partir de 14 anos, quando não há violência e o sexo é consensual, não configura crime, como esclareceu a delegada da Deam de Niterói.
"Em depoimento, a jovem disse que às vezes se encontrava com o padre na sua própria casa e, outras vezes, na casa paroquial. Ainda não tivemos acesso ao vídeo. Vou dar um prazo de 48 horas para que o pai traga a gravação. Se ele não trouxer, vai responder por desobediência", disse a Marta Dominguez.
Emilson Soares admitiu ter mantido relações sexuais com a irmã mais velha, mas alegou que isso foi apenas depois que ela completou 18 anos, em 2012. O padre disse ainda que foi chantageado depois que o vídeo foi gravado, denúncia que levou ao indiciamento dele.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Cura de bebê cria esperança de geração sem Aids, diz ONU


Caso de menina pode ser esperança de crianças soropositivas
O Unaids, programa da ONU para o combate à Aids, comemorou a notícia de que uma criança de 2 anos pode ter sido completamente curada do vírus nos Estados Unidos.

Em comunicado, a ONU afirma que, se os resultados forem confirmados, este será o primeiro caso documentado de uma criança com o vírus HIV que parece não ter mais níveis detectáveis do vírus após parar o tratamento.

"Essa notícia nos dá muita esperança de que uma cura para o HIV em crianças é possível e pode ser um passo a mais rumo a uma geração livre da Aids", disse o diretor executivo da UNAIDS, Michel Sidibé, em comunicado oficia.

"Isso também ressalta a necessidade de pesquisa e inovação, especialmente na área do diagnóstico precoce."

Mais testes

Médicos americanos revelaram no domingo que uma menina soropositiva do Estado do Mississippi (sul do país), de 2 anos e meio, não demonstra sinais de infecção pelo vírus após deixar o tratamento por cerca de um ano.

No entanto, mais testes serão necessários para assegurar que o tratamento - que foi iniciado 30 horas após o nascimento da menina - funcionaria para outras pessoas.

A virologista Deborah Persaud, da Universidade Johns Hopkins em Baltimore, apresentou os resultados do tratamento na Conferência sobre Retrovírus e Infecções Oportunistas em Atlanta.

"É uma prova do conceito de que o HIV pode ser potencialmente curável em crianças", disse.

Coquetel antivírus

Se a garota americana continuar saudável, esse será o segundo caso documentado de um soropositivo que consegue se livrar do vírus HIV.

Em 2007, Timothy Ray Brown se tornou a primeira pessoa. Sua infecção foi erradicada por meio de um tratamento elaborado para a leucemia, que envolveu a destruição de seu sistema imunológico e um transplante de medula de um doador com uma mutação genética rara que resistia à ação do vírus.

O caso do bebê do Mississippi envolveu um coquetel de drogas disponíveis no mercado, conhecido como terapia antiretroviral, que já é usado para tratar a infecção em crianças.

Os resultados sugerem que o tratamento rápido aniquilou o vírus antes de que ele pudesse se depositar em "esconderijos" no organismo, os chamados reservatórios de células dormentes.

A existência desses reservatórios geralmente faz com que pessoas que interrompem o tratamento com o coquetel voltem a ter os níveis anteriores de infecção, segundo Deborah Persaud.

Surpresa

A menina nasceu em um hospital rural onde a mãe havia sido testada positivamente para infecção por HIV.

Porque a mãe não havia recebido nenhum tratamento pré-natal contra o HIV, os médicos sabiam que o bebê corria um alto risco de estar infectado.

De acordo com os pesquisadores, a menina foi transferida para o Centro Médico da Universidade do Mississippi em Jackson.

Uma vez lá, a especialista em HIV pediátrico Hannah Gay deu início ao tratamento com o coquetel de drogas apenas 30 horas depois do nascimento do bebê, mesmo antes de os testes de laboratório confirmarem a infecção pelo vírus.

O tratamento continuou por 18 meses, mas nesse momento a criança deixou de frequentar o hospital. Cinco meses depois, a mãe e a filha voltaram, mas haviam parado o tratamento.

Os médicos fizeram testes para determinar se o vírus havia retornado e ficaram surpresos ao descobrir que não.

"Muitos médicos de seis laboratórios diferentes fizeram testes diferentes e muito sofisticados para tentar encontrar o HIV nessa criança e ninguém conseguiu encontrar nada, disse Rowena Johnston, médica da Fundação de Pesquisa sobre Aids.

"Estamos confiantes de concluir até esse momento que a criança parece estar curada."

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Após receber alta, sobrevivente de incêndio na Kiss volta ao hospital



Depois de passar cerca de duas semanas no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, em tratamento após sobreviver ao incêndio da boate Kiss, em 27 de janeiro, Lauro Marçal precisou retornar ao hospital alguns dias após receber alta. Desta vez, o estudante de Direito, de 30 anos, procurou atendimento em Santa Maria, como mostra a reportagem do Jornal do Almoço, da RBS TV (veja o vídeo). Ele sofreu queimaduras na traqueia e nos pulmões e está com 68% da capacidade pulmonar, segundo os médicos. Lauro foi um dos 570 feridos que foram atendidos pelos serviços de saúde da cidade, segundo o governo federal. A tragédia deixou 240 mortos.
“Me pegou de surpresa porque passei quatro dias e depois da alta voltou a dor. Até então eu achei que fosse outra doença, mas o médico descartou. Fiz uma bateria de exames e disseram que por causa da lesão a sensibilidade do meu pulmão está lá embaixo”, define o estudante, que está em observação no Hospital Universitário. “O que a gente tiver de enfrentar, a gente enfrenta. Sempre fui um cara muito ativo, praticava esportes, atividades físicas. Como eu tive uma lesão no pulmão, a recuperação é muito lenta. Estou louco para começar logo esse tratamento para me recuperar o mais rápido possível”.
A orientação do Ministério da Saúde é para que haja um acompanhamento médico tanto dos pacientes que receberam alta, quanto das pessoas que estiveram na boate por algum motivo ou participaram do resgate. Estas pessoas podem ter inalado a fumaça tóxica liberada pelo incêndio e que é apontada pela polícia como a principal causa das mortes.
As consultas para os envolvidos no incêndio serão realizadas no Hospital Universitário de Santa Maria que já começou a fazer o atendimento ambulatorial. Os pacientes vão participar de um mutirão de atendimento clínico e psicosocial, promovido pelo ministério. Para isso, é necessário fazer um cadastro no site do Ministério da Saúde, ou então ligar para o número 136.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Polícia investiga se bombeiros falharam em incêndio que matou desembargador e mulher no Rio


A Polícia Civil no Rio investiga se o Corpo de Bombeiros do Estado falhou no atendimento ao incêndio que matou um casal no Leblon, zona sul da cidade, na noite desse domingo (4). Para fugir das chamas, iniciadas pouco depois das 23h, o desembargador federal do trabalho Ricardo Damião Aerosa, 57, e sua mulher, Cristiane Teixeira Pinto, 33, saltaram de uma altura de pouco mais de 15 metros de uma das janelas do imóvel e morreram.

Segundo a assessoria de imprensa da polícia, a porta de entrada do apartamento do casal não era blindada, e sim, "reforçada". Mais cedo, em nota oficial, os bombeiros haviam atribuído à suposta blindagem na porta "com quatro fechaduras" a dificuldade do acesso.

Ontem, vizinhos do casal relataram que os bombeiros teriam chegado ao local apenas 35 minutos depois do incêndio –tempo que os bombeiros afirmam ter sido de seis minutos para atender o chamado. Houve relatos ainda de que os hidrantes da rua estavam se água no momento do incêndio, outra linha de investigação da polícia e que já havia sido confirmada pelos bombeiros.

O caso é investigado pela delegada Flávia Monteiro, da 14ª Delegacia de Polícia (Leblon). Conforme a policial, por meio da assessoria, a informação sobre a porta e sobre eventuais motivações para o incêndio foi relatada pelo filho único de Areosa. O rapaz já depôs e disse que "acha difícil que o incêndio tenha sido premeditado ou mesmo que o pai tivesse inimigos", informou o órgão.

Hoje de manhã, técnicos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli realizaram perícia no apartamento, uma cobertura na rua General Venâncio Flores, mas o laudo só deve ficar pronto em um período de 15 a 20 dias.

Conforme a polícia, nos próximos dias vão depor familiares, amigos e vizinhos do casal, além de moradores e do porteiro do prédio. A assessoria informou ainda que o comandante da guarnição dos bombeiros que atendeu o chamado também será intimado, mas não soube especificar qual –a a assessoria de imprensa dos bombeiros disse de manhã que oficiais dos quarteis de Copacabana e da Gávea haviam atendido o caso.

A reportagem tentou contato com a assessoria de imprensa dos bombeiros nos números fixo e celular, no final da tarde, mas ninguém foi localizado para comentar as colocações da Polícia Civil.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Após não passar por porta giratória, homem fica de cueca em banco de SC


Aposentado ficou só de cueca na agência (Foto: Flares Roberto Varela/Arquivo pessoal)Aposentado ficou só de cueca
(Foto: Arquivo pessoal)
Um aposentado de 43 anos tirou a roupa em uma agência bancária após não conseguir passar pela porta giratória em Lages, na Serra catarinense. De acordo com ele, a situação ocorreu por volta de 15h50 de quarta-feira (27). O homem disse que possui uma prótese de metal no cotovelo e não conseguiu entrar no banco.
Flares Roberto Varela contou que "a porta travou dez vezes comigo". A primeira vez em que tentou entrar e não conseguiu, achou que era o celular. Perguntou para o guarda se o aparelho dava interferência e ele respondeu que não. Tentou de novo e o vigia questionou se ele tinha algum metal. Respondeu que tinha uma prótese de metal de 10 centímetros no cotovelo, mas o guarda disse que isso não interferia. Tentou mais duas vezes e em outra porta.
Ainda segundo Flares, o vigia, então, disse que ele poderia ter metal nos sapatos. O aposentado tirou o coturno e não conseguiu passar. Tentou em outra porta sem sucesso. O guarda chamou o gerente, que disse que os sapatos tinham metal. Novamente o homem tirou os sapatos e não conseguiu entrar. Então o gerente disse que tinha metal na roupa. O aposentado tirou a camisa, tentou passar, não conseguiu, depois tirou as calças e também não teve sucesso. No final, não conseguiu entrar na agência.
Segundo o gerente geral da agência, Luís Antônio Pacheco de Andrade, o homem estava exaltado. O funcionário que conversou com o aposentado foi o gerente de atendimento, que não conseguiu acalmá-lo. Quando Andrade chegou na porta da agência, Flares não estava mais lá. O gerente geral explicou que a porta "é para a segurança do banco, dos funcionários e dos clientes". Ele também disse que, quando a pessoa tem uma prótese, pode trazer um atestado médico ou chamar o gerente para que a entrada na agência se torne mais fácil.
O aposentado afirmou que registrou boletim de ocorrência na própria quarta (27) por volta das 18h na 1ª Delegacia de Polícia da Comarca de Lages. Ele falou também que entrou com uma ação contra a agência por danos morais e materiais.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Mãe joga as duas filhas pela janela em Bento Gonçalves (RS); uma está na UTI


Um bebê de sete meses e uma menina de dois anos foram arremessados na manhã desta segunda-feira (4) do terceiro andar de um prédio na cidade de Bento Gonçalves (RS) pela própria mãe. A mulher, de 24 anos, tem histórico de depressão e não teve o nome divulgado. As informações são da Polícia gaúcha.

As duas crianças foram socorridas por vizinhos. O bebê está internado na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) do Hospital Bartholomeu Tacchini. A mulher foi atendida no mesmo hospital, onde recebeu atendimento médico e foi encaminhada à Delegacia da Mulher de Bento Gonçalves.

A casa de dois andares fica localizada em cima de uma loja de conserto de motos. As crianças foram arremessadas de uma altura de dez metros, mas a menina de dois anos ficou presa na grade da varanda da casa e não sofreu ferimentos graves. O bebê foi jogado na estrutura do telhado da loja, que quebrou com o impacto.

O gerente de um posto de gasolina retirou a criança do telhado com a ajuda de uma escada. O hospital divulgou um boletim médico do bebê às 13h. A menina deu entrada na UTI com escoriações severas, segundo o relato. Os exames realizados na criança, entretanto, não detectaram fraturas. O estado da menina é considerado regular e ela não corre risco de morrer.

Segundo a delegada Isabel Trevisan, que investiga o caso, a criança mais velha conseguiu se desvencilhar da mãe e se segurou nas grades da casa, evitando a queda. A policial informou que a mãe das duas meninas aparenta confusão mental. Ela será autuada em flagrante por tentativa de homicídio.

No depoimento à polícia, o pai das meninas, Domingos Rossi, 48, afirmou que tentou internar a mulher na noite de domingo, mas que não conseguiu vaga em nenhuma unidade de atendimento psiquiátrico da região.

O homem confirmou que a mãe das crianças tinha histórico de depressão, embora nunca tenha, segundo ele, protagonizado episódios de violência.

De acordo com a delegada que investiga o caso, o pai dormia em casa quando foi acordado pelo barulho das crianças. O homem tem passagens pela polícia por agressão. 

A mãe das crianças continua no hospital, em atendimento médico, sob custódia da polícia. Quando for liberada, vai responder por dupla tentativa de homicídio.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Ataques no dia da eleição matam pelo menos 15 no Quênia


Moradores cercam carro do candidato Justus Kizito Mugali, que teria sido atacado por correligionários de rivais em Kakamega (Foto: AFP)
Pelo menos 15 pessoas morreram em ataques de gangues usando facões nesta segunda-feira (4) no Quênia, num dia em que quenianos faziam fila para votar em uma eleição presidencial que esperam que reconstrua a imagem do país depois da contestada votação de 2007 que desencadeou um derramamento de sangue.
Poucas horas antes do início da votação às 6h da manhã (0h no horário de Brasília), com longas filas em todo o país, pelo menos nove policiais foram mortos na instável região costeira do Quênia, e seis agressores também morreram, disse o chefe da polícia regional Aggrey Adoli.
Houve dois ataques separados e oficiais da polícia culparam um movimento separatista por um deles -- que, se confirmado, sugeriria motivos diferentes dos que causaram as matanças étnicas após a eleição de 2007.
Autoridades e candidatos fizeram apelos veementes para evitar uma repetição dos massacres tribais que ocorreram cinco anos atrás, quando as disputas sobre o resultado das urnas alimentaram confrontos entre apoiadores tribais de candidatos rivais.
Mais de 1.200 pessoas foram mortas, arruinando a reputação do Quênia como uma das democracias mais estáveis ​​da África e levando a sua economia a uma estagnação.
Como em 2007, a corrida eleitoral resultou numa competição apertada entre dois candidatos, desta vez entre o primeiro-ministro Raila Odinga e o vice-primeiro-ministro Uhuru Kenyatta. Ambos dependem fortemente de votos de partidários tribais.
Um dos ataques com facões nesta segunda-feira ocorreu na periferia de Mombasa e outro em Kilifi, cerca de 50 quilômetros ao norte. Oficiais da polícia culparam um movimento separatista pelo ataque que ocorreu perto de Mombasa, o Conselho Republicano de Mombasa, que desejava o cancelamento da eleição nacional e a convocação de um referendo sobre a independência da região.
Não houve reivindicação imediata de responsabilidade pelos ataques e não foi possível identificar de forma independente os agressores.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Lívia tentará fazer nova vítima com injeção letal em "Salve Jorge"


A vilã Lívia Marini (Claudia Raia) vai voltar a sacar sua seringa assassina da bolsinha clutch em "Salve Jorge" (Globo).

Nos próximos capítulos, ela tentará matar Rachel (Ana Beatriz Nogueira) com o mesmo método usado na execução de Jéssica (Carolina Dieckmann).

A enteada de Leonor (Nicette Bruno) estará na Turquia para acompanhar uma competição de hipismo quando vê Wanda (Totia Meirelles) circulando pelo hotel.

Estranhando o fato, ela segue a foragida e bate na porta de seu quarto, mas Wanda não atende.

A comparsa conta a Lívia que foi vista e, para completar, as duas ficam sabendo que Helô (Giovanna Antonelli) também está em Istambul.

Preocupada com o que Rachel pode dizer à delegada, a chefe do tráfico de pessoas decide acabar com a vida dela.

Quando ela aparece no quarto da vilã para contar que viu Wanda, Lívia saca sua injeção letal.

Ela está pronta para dar o bote quando Élcio (Murilo Rosa) aparece e ela é obrigada a adiar seus planos.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››