RÁDIO CIDADE AO VIVO

Ouça pela Rádios Net

Ouça pelo Listen 2 My Rádio

Imagem relacionada
Loading ...
Loading ...

quarta-feira, março 13, 2013

Bandidos assaltam mercadinho no Povoado Cruz e atiram no proprietário em Currais Novos-RN


Currais Novos realmente vem passando por uma situação desagradável no quesito segurança. A cada dia surge um novo fato constrangedor no município.
Hoje mais um assalto foi registrado no município. Dois homens armados em uma moto, que, provavelmente seja a mesma que foi tomada de assalto de um curraisnovense ontem na estrada de Frei Martinho, assaltaram na tarde de hoje (13/03/13) por volta das 16h o Mercadinho de Everaldo no Povoado Cruz.
Segundo informações repassadas por Everaldo Sales, proprietário do mercadinho, os bandidos chegaram em uma moto Titan vermelha, um vestindo uma jaqueta do exercito e outro com uma camisa social azul clara e renderam a pessoa que estava tomando conta da loja, fazendo com que o mesmo repassasse todo dinheiro do caixa, cerca de R$ 500,00.
Quando os assaltantes iam saindo, Everaldo chegou e os bandidos se assustaram com a presença dele. Os assaltantes disparam dois tiros, por sorte nenhum deles acertou o comerciante.
A polícia está a procura dos assaltantes.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Situação de adolescentes infratores do RN preocupa o CNJ


O juiz auxiliar da presidência do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Luciano Losekann, que coordena o Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e do Sistema de Execução de Medidas Socioeducativas (DMF) disse ser preocupante a situação vivida no Rio Grande do Norte, onde desde outubro do ano passado, por determinação do Tribunal de Justiça daquele estado, instituições responsáveis pela execução de medidas socioeducativas estão interditadas parcialmente por falta de estrutura para receber adolescentes infratores.
“A interdição, necessária, amplia a sensação de impunidade, já que muitos autores de atos inflacionais são sentenciados, mas não há estrutura nas unidades para o efetivo cumprimento da medida quando imposta pelo Poder Judiciário”, afirmou Losekann.
O Relatório Final do Programa Justiça ao Jovem realizado pelo DMF/CNJ, que foi entregue em fevereiro de 2011 ao governo do estado do Rio Grande do Norte, já apontava uma série de irregularidades nas unidades de internação de adolescentes, como escassez de recursos humanos e comida em quantidade insuficiente e de baixa qualidade. 
 O coordenador do DMF diz que o CNJ tem todo o interesse em auxiliar o estado do Rio Grande do Norte na solução dessa questão, mas, para isso, precisa haver interlocução com o governo do estado. “Em novembro passado, estive conversando com o Secretário de Segurança Pública, Aldair da Rocha, que disse que em breve a governadora receberia a equipe do DMF para tratarmos da questão. Ainda estamos aguardando”, declarou Losekann.

Reprodução Cidade News Itaú via PM Currais Novos
Leia Mais ››

Homem é preso acusado de matar palhaço na PB


Um homem suspeito de matar o ator José Ismar Eugênio Pompeu foi preso na Paraíba. De acordo com a polícia, o suspeito, que trabalha como garçom, confessou o crime. Segundo informações da assessoria de imprensa da Secretaria da Segurança, os detalhes da prisão e das investigações devem ser apresentados durante uma entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira (13), na Central de Polícia, em João Pessoa.

O ator pernambucano Ismar Pompeu, de 42 anos, foi morto a facadas no dia 27 de janeiro, dentro do próprio apartamento no bairro Pedro Gondim, em João Pessoa.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Cespe/UnB fará concurso do Ibama para 61 vagas


O Cespe/UnB fará o concurso do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) para 61 vagas de analista administrativo, que exige nível superior de escolaridade. O extrato de dispensa de licitação foi publicado no “Diário Oficial da União” desta quarta-feira (13).

O concurso foi autorizado pelo Ministério do Planejamento em setembro de 2012, por meio da portaria nº 459, publicada no “Diário Oficial da União”. A remuneração inicial para o cargo é de R$ 5.137,24.

De acordo com a portaria, o provimento dos cargos está condicionado à existência de vagas suficientes na data de publicação do edital de abertura de inscrições para o concurso público; e à declaração do respectivo ordenador de despesa, quando do provimento dos referidos cargos, sobre a adequação orçamentária e financeira da nova despesa à Lei Orçamentária Anual e sua compatibilidade com a Lei de Diretrizes Orçamentárias, demonstrando a origem dos recursos a serem utilizados.

O prazo para publicação do edital de abertura do concurso público será de até seis meses, contado a partir da data da publicação da portaria, ou seja, deve ser publicado até este mês.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

POLÍCIA MILITAR PRENDE CUMPLICE DE ASSALTANTE MORTO EM CONFRONTO COM A PM EM AREIA BRANCA


Após identificar o elemento como Antonio Evandro de Moura “Uga-uga” mototaxista, 29 anos, que participou do assalto contra o comerciante Cleitinho da “Só Bebidas”, que tem loja localizado na Rua dos Calafates, no centro de Areia Branca, foi preso em sua residência portando uma faca pelos policiais SD Raniere e SD marrom. O mesmo confessou para a polícia que participou do crime. Ele usava uma moto Honda Fan de cor preta. 



Juntamente com “Uga-uga”, foi preso um individuo por desacato a autoridade (Foto calção azul), os mesmos foram conduzidos para a DP de plantão, e apresentados ao delegado pra que se tome as medidas cabíveis.



Reprodução Cidade News Itaú via Passando na Hora
Leia Mais ››

Denarc faz mais uma prisão por tráfico de drogas em Mossoró


Policiais da DENARC (delegacia especializada em narcótico), tiraram de circulação  na tarde de hoje 13 de Março de 2013, um elemento acusado de tráfico de drogas no Bairro Barrocas em Mossoró. João Paulo Anselmo da Silva, 29 anos, residente na Rua Orlando Dantas Bairro Barrocas, foi preso em sua casa com dez gramas de Crack, sacos plástico de din-din (para embalar drogas), e dinheiro fracionado. De acordo com as informações da policia, no momento em que foi abordado, o acusado correu para o banheiro e deu descarga em uma certa quantidade de droga no vaso sanitário. João Paulo foi conduzido para a DENARC, e foi apresentado ao Delegado Dr. Rafael Araes, será autuado no artigo 33 por trafico de drogas, e será  encaminhado a Cadeia Publica Juiz Manoel Onofre. O mesmo e reincidente e já  cumpriu pena por tráfico de drogas.

Reprodução Cidade News Itaú via Jr Dantas
Leia Mais ››

Tentativa de assalto a distribuidora de bebidas termina com um morto; bandidos foram surpreendidos pela polícia e houve troca de tiros

Assaltante morto ainda não foi identificado
 pela Polícia nem pela equipe do Hospital Sara Kubitschek

Luiz Henrique da Silva, 18 anos, morador do bairro Nossa Senhora dos Navegantes, morreu em troca de tiros com a polícia, na tarde de hoje (12/03/2013), quando tentava assaltaram a distribuidora de bebidas do comerciante “Cleytinho”. O fato aconteceu há poucos minutos. A vítima foi atingida por três balaços, sendo um na cabeça. Segundo as primeiras informações, dois elementos chegaram ao local num moto e um deles, armado, anunciara o assalto. Uma pessoa que passava pelas proximidades vindo a manobra, teria telefonado para a polícia, relatando o fato. Ato contínuo, uma viatura da polícia chegou ao comércio de “Cleytinho” e houve troca de tiros entre os policiais e o elemento armado, que foi alvejado e levado para o Hospital Sara Kubitschek, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. Quanto ao segundo elemento, que pilotava a moto, se evadiu do local e a polícia está no seu encalço. O capitão Jailson Andrelino, comandante da Cia da Polícia Militar local, disse que esse elemento já foi identificado e deve ser preso a qualquer momento. Com o elemento morto não não foi encontrado nenhum documento que o identificasse.

Assaltante sem identificação possui tatuagem no braço esquerdo que pode auxiliar na identificação do mesmo

Reprodução Cidade News Itaú via Costa Branca
Leia Mais ››

Delegados do RN repudiam pedido de afastamento do delegado geral


O Conselho Superior de Polícia Civil (Consepol) declarou apoio ao delegado geral do Rio Grande do Norte, Fábio Rogério da Silva,  após o Ministério Público pedir o seu afastamento temporário da função. Quinze delegados do Consepol se reuniram com Fábio Rogério na tarde desta quarta-feira (13) para discutir que medidas serão tomadas diante da recomendação do MPRN.

A delegada Kalina Leite, corregedora do Consepol, afirmou que “não é função da Polícia Civil custodiar presos. Os delegados se disseram surpresos com a recomendação do MPRN.

O Ministério Público Estadual pediu o afastamento do delegado geral de polícia do RN na última terça-feira (12). Segundo o MP, faz-se necessário o afastamento temporário do delegado geral da Polícia Civil do RN, Fábio Rogério da Silva, para assegurar o cumprimento de decisões judiciais que proíbem a custódia de presos pela Polícia Civil, inclusive a que determinou, em agosto do ano passado, a interdição do Núcleo de Custódia que fica no bairro de Cidade da Esperança, na zona Oeste de Natal. 
"Eu pedi o afastamento do delegado geral em razão do descumprimento, há mais de seis meses, das decisões judiciais. É um afastamento parcial. Nós queremos um interventor com a finalidade específica de fazer cumprir a ordem emanada pela Justiça. Ele pode continuar com as outras funções do cargo", explicou o promotor Wendell Beetoven Ribeiro Agra.

O delegado geral, por sua vez, disse que todas as dificuldades enfrentadas em relação à transferência dos presos do Núcleo de Custódia foram informadas à justiça. “A justiça determinou a transferência e nós comunicamos as dificuldades, não temos para onde levar esses presos. Eu estou tranquilo porque todos os problemas enfrentados foram comunicados à Justiça”, disse Fábio Rogério.
Os delegados membros do Consepol voltam a se reunir nesta quinta-feira para discutir ações em apoio à Fábio Rogério.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Novo papa já foi acusado de cumplicidade com crimes da ditadura argentina




 


Recém-eleito papa, o argentino Jorge Mario Bergoglio é acusado de ter sido cúmplice de crimes cometidos pela ditadura cívico-militar de seu país (1976-1983). Arcebispo de Buenos Aires, o cardeal chegou a ser convocado para testemunhar em julgamento sobre a desaparição de sacerdotes durante os anos de terrorismo de Estado.

Em 2011, durante as audiências do processo sobre o plano sistemático de roubo de bebês - nascidos em prisões clandestinas, durante a ditadura, e adotados ilegalmente por outras famílias, em sua maioria próximas a autoridades militares –, Bergoglio chegou a ser citado para declarar, após testemunhas apontarem que ele estava ciente deste tipo de crime.

“Como é que o Bergoglio diz que só sabe do roubo de bebês há 10 anos?”, questionou em uma audiência Estela de la Cuadra, que apresentou ao tribunal cartas de seu pai ao arcebispo, agora papa, nos quais pedia que este intercedesse na procura por sua filha desaparecida, e de sua neta, que nasceu em um centro clandestino de prisão e tortura da ditadura. 

Segundo o depoimento de Alicia De la Cuadra, primeira presidente da Associação Avós da Praça de Maio, durante a busca por sua neta, Bergoglio teria dado a ela uma carta na qual dizia que o bispo argentino Mario Piqui intercederia no caso. Após o contato com autoridades policiais, no entanto, o bispo teria afirmado ao casal que a criança estaria com um “matrimônio bom” e que a suposta adoção já não tinha “volta atrás”.

Além dos indícios de cumplicidade no esquema de roubo e apropriação ilegal de menores, Bergoglio deveria declarar acerca da morte de religiosos durante a repressão, o que foi realizado por meio da visita de juiz à casa do religioso. 

Em entrevista à televisão pública argentina, o jornalista Horacio Verbitsky, que publicou diversos livros com temáticas relacionadas à ditadura argentina e a Igreja Católica, afirma que, em audiência ante os tribunais, Bergoglio negou informações concedidas a ele em uma entrevista.





“Tenho detalhes de uma ilha chamada El Silencio, no [delta do] Tigre, que foi vendida pelo episcopado argentino para a Marinha, para servir como centro clandestino de prisão. Mas isso foi negado pelo cardeal perante os juízes”, afirmou o jornalista. “[Ele] negou fatos que eu tenho claramente documentados”, disse Verbistky.

Além disso, Bergoglio foi acusado pelas Mães da Praça de Maio de ter facilitado o sequestro dos sacerdotes jesuítas Francisco Jalics e Orlando Yorio. A versão é corroborada por Verbistky: “[Ele] era chefe da Companhia de Jesus, às quais eles pertenciam, mas em vez de protegê-los, lhes tirou a proteção eclesiástica e poucos dias depois foram sequestrados”.

“Ele os denunciou por estarem vinculados com a subversão e de terem desobedecido seus superiores hierárquicos”, continuou o jornalista, afirmando que a informação está documentada na chancelaria argentina.

Em audiência sobre crimes cometidos na Escola de Mecânica da Marinha (Esma), centro de detenção clandestino da ditadura, a ex-presa e desaparecida María Elena Funes relatou que o arcebispo de Buenos Aires tinha proibido um dos jesuítas de atuar como padre na região de Bajo Flores, no sul da capital argentina, por razões ideológicas.

Berglogio foi denunciado pela primeira vez por cumplicidade com crimes da ditadura em 1986, no livro Igreja e Ditadura, escrito por Emilio Mignone, autor defensor dos direitos humanos que teve sua filha desaparecida.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Arquidiocese de São Paulo diz 'nunca ter ouvido falar' de novo papa



Papa Francisco 1º21 fotos

2 / 21
Papa Francisco 1º, 76, acena para multidão na sacada da Basílica de São Pedro, no Vaticano. O cardeal argentino Jorge Mario Bergoglio foi escolhido o novo papa após dois dias de conclave Leia mais Max Rossi/Reuters


O bispo auxiliar da Arquidiocese de São Paulo dom Edmar Perón se mostrou "surpreso" com a escolha do cardeal argentino Jorge Mario Bergoglio, 76, como o novo papa. Ele será chamado de Francisco 1º.

"Nós nunca tínhamos ouvido falar no cardeal Bergoglio, mas a escolha do nome, Francisco, e seu modo de agir nos dão a impressão de que é um homem simples, voltado aos valores primordiais da igreja", afirmou durante entrevista nesta quarta-feira, (13) na Cúria Metropolitana, em Higienópolis, região central de São Paulo.

Dom Perón também disse que dom Odilo Scherer, antes de partir para o conclave, reuniu família e assistentes para pedir para que não torcessem por ele nem ficassem ansiosos. "Claro que os católicos brasileiros tinham esse sonho, do papa nascido aqui, mas estamos muito alegres com a escolha de um papa que não é europeu."

Quanto à linha que seguirá o novo pontificado, Perón afirma que é preciso aguardar a carta pastoral que será lida na missa de inauguração do papado. "Mas, até aqui, temos a impressão de que ele é uma pessoa próxima do povo. O fato de ele chegar só de batina na sacada para falar com fiéis na praça São Pedro chamou a minha atenção para a simplicidade e a busca do essencial na vida da igreja."

Amanhã (14), ao meio-dia, será realizada uma missa na Catedral da Sé, região central de São Paulo, em homenagem ao novo papa, Francisco 1º.


Ampliar

Conclave para escolha do novo papa200 fotos

1 / 200
13.mar.2013 - O cardeal argentino Jorge Mario Bergoglio (ao centro, de branco), nomeado papa Francisco 1º, fala da sacada da basílica de São Pedro, no Vaticano, com a multidão de fiéis que se aglomeram na praça São Pedro L'Osservatore Romano/AP

Veja vídeos sobre escolha do novo papa e renúncia de Bento 16 - 38 vídeos



Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››