Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

terça-feira, abril 02, 2013

Operadora de táxi-aéreo amplia atividade e inclui RN na rota


colt
A Colt Aviation, empresa de táxi-aéreo com 10 anos de operação, vai ampliar seu raio de ação neste ano. A intenção é operar a malha aeroviária do Nordeste. A proposta da empresa é estar presente em 20 aeroportos espalhados entre os nove estados nordestinos.

A proposta de operação da malha aérea intrarregional da Colt Aviation foi apresentada na última semana, em reunião na Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (SUDENE), com presença de nove secretários e representantes estaduais de turismo. “Em contrapartida, os estados ficaram responsáveis por reduzir e unificar a alíquota do QAV (querosene da aviação), além de correr com a manutenção dos aeródromos das principais cidades de seus estados, para receber os voos propostos pela empresa”.

O secretário estadual do Turismo do RN, Renato Fernandes, disse ainda que o primeiro voo da Colt Aviation está previsto para operar dentro de seis meses nos 20 aeroportos nordestinos. “De acordo com a demanda eles serão aumentados”, acrescentou o secretário.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Bancada federal vai ganhar mais 1 deputado e a estadual 3 no RN


Congresso Nacional Brasilia


A presidente do TSE Carmem Lúcia recebeu hoje à tarde a bancada federal da Paraíba.Em pauta, a nova distribuição de parlamentares (estaduais e federais) de acordo com o último Censo do IBGE.

O Rio Grande do Norte sai ganhando com a alteração; um deputado federal e três estaduais, mas outros seis estados da Federação perderão representação em suas bancadas.

O processo está na mesa do relator e deve ir a Plenário nos próximos dias.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

PREFEITOS DEVEM FICAR ATENTOS ÀS RESPONSABILIDADES DO ACESSUAS.


Os municípios interessados em aderir ao Programa Nacional de Promoção do Acesso ao Mundo do Trabalho (Acessuas) precisam ficar atentos aos requisitos e obrigações. Para participar o Município precisa mobilizar, encaminhar e acompanhar os usuários em situação de vulnerabilidade ou risco social, para ações de inclusão produtiva e ter uma equipe técnica especializada. O presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, alerta que os gestores devem verificar as regras de co-financiamento e valores de repasse. “O Município precisa saber se o valor repassado pela União será suficiente para disponibilizar equipe técnica e formação de rede, além de ceder estrutura de capacitação técnica à população”, adverte Ziulkoski.
O Programa foi criado pela Resolução do Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS) 18/2012 e procura integrar ações das diversas áreas de políticas públicas. O Acessuas tem como objetivo realizar o acesso a cursos de qualificação e formação profissional, ações de inclusão produtiva e serviços de intermediação de mão de obra; além de ações de articulação com outras políticas públicas para superação das vulnerabilidades sociais. Os principais Eixos de trabalho são: encaminhamento; mobilização; articulação e monitoramento da trajetória. O Público alvo a ser atendido são as populações urbanas e rurais em situação de vulnerabilidade e risco social com idade entre 16 e 59 anos.
Para aderir .
Para aderir ao Programa o Município precisa estar habilitado em gestão básica ou plena do Sistema Único de Assistência Social (Suas) e ter Centro de Referência de Assistência Social (Cras) em funcionamento. O Município ainda precisa ter mais de 200 vagas no Programa Nacional de acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).
Esses critérios serão pactuados e deliberados anualmente na Comissão Intergestores Tripartite (CIT) e no Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS). 

Reprodução Cidade News Itaú via Serrinha de fato
Leia Mais ››

Superintendente da PF não acredita em quadrilha especializada em assalto aos Correios


Foto: Sérgio Costa
O superintendente da Polícia Federal no Rio Grande do Norte, o delegado Kandy Takahashi, concedeu entrevista ao Portal BO, nesta terça-feira (2), e falou sobre os casos de assaltos contra agências dos Correios no Estado. Ele acredita que os crimes não são praticados por uma quadrilha específica.

“A percepção que temos é que esse tipo de roubo é feito por pessoas da região e, às vezes, até mesmo da própria cidade. Temos casos, inclusive, que o assaltante invadiu a agência e depois empreendeu fuga em bicicleta. Então, não acreditamos que esses casos, principalmente no interior, seja ação de uma quadrilha especializada”, comenta.

Em relação aos recentes assaltos, o delegado Kandy Takahashi explica que a Polícia Federal faz trabalho de inteligência como forma de tentar antecipar a ação de algum grupo especializado, porém, como a maioria das ocorrências não estão associadas a um único grupo, o trabalho de investigação tem se concentrado mais no pós-crime, com realização de perícia, interrogatórios e identificação dos ladrões.

Atualmente, a Superintendência da Polícia Federal conta com uma unidade específica para apurar crimes como roubo aos Correios. “Temos a Delegacia de Combate aos Crimes contra o Patrimônio, com dois delegados e efetivo próprio, e que investiga os casos na região da Grande Natal. Na região de Mossoró, são os policiais de lá que se responsabilizam pelas investigações”, destaca.

Ainda de acordo com o delegado Kandy Takahashi, existe uma determinação judicial, motivada por uma ação civil pública do Ministério Público Federal, que estabelece que os Correios devem adotar medidas como instalação de porta giratória, segurança privada e monitoramento de câmeras, o que na prática não tem sido cumprido.

A reportagem também entrou em contato com os Correios para tentar obter informações sobre os assaltos, mas o chefe de comunicação da empresa, Mauro José da Silva, explicou que os Correios não costumam divulgar detalhes sobre os roubos, principalmente números, como forma de evitar exposição da estrutura das agências e, possivelmente, estimular novos assaltos.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Bombeiros resgatam jovem que ameaçava pular de torre de alta tensão em Mossoró


 Terminou sem problemas mais graves, o resgate do Corpo de Bombeiros ao jovem que ameaçava se jogar de uma torre de alta tensão, na Favela do Tranquilim, zona oeste da cidade. Na manhã desta terça-feira (2), por volta das 07 horas. o homem conhecido como "Solom", subiu em uma torre que tem aproximadamente 30 metros, e anunciou que poderia pular a qualquer momento. Populares se aglomeraram na região, à espera do desfecho do caso. O fato causou preocupação no Corpo de Bombeiros, pois o risco de o jovem levar uma descarga elétrica também era grande. Uma equipe da Cosern foi chamada para comparecer ao local e prestar apoio à Unidade. A empresa garantiu a segurança nas imediações, isolando o trecho e permitindo que os militares pudessem trabalhar com segurança no resgate. O mesmo recebeu atendimento médico em uma ambulância no local, e apesar do susto passa bem. Populares que presenciaram a cena, não souberam informar o motivo que levou "Solom", a subir na parte extrema da torre, e tentar se jogar. 

Reprodução Cidade News Itaú via Ismael Sousa
Leia Mais ››

GRAVE ACIDENTE ENVOLVENDO DOIS CARROS E UMA MOTO NO CENTRO DE MOSSORÓ.


Na tarde desta terça feira 02 de abril de 2013, um grave  acidente no cruzamento das Avenidas Alberto Maranhão com Prudente de Morais, no Centro de Mossoró, mobilizou equipes do SAMU. A colisão envolveu três carros e uma motocicleta, e duas pessoas sofreram ferimentos leves. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual de Trânsito (DPRE), o acidente teria sido provocado por um veículo do tipo Vectra, que foi atingido por um Celta, ao avançar o sinal vermelho. Com a violência do impacto, o Vectra capotou e atingiu um mototaxista, e um veículo que estava estacionado. O mototaxista disse que por pouco não foi esmagado entre os dois veículos. Duas vítimas que estavam no Vectra foram socorridas pelo SAMU e encaminhadas com escoriações leves para o Hospital Regional Tarcísio Maia. Policiais do DPRE realizaram a perícia no local. Equipes da Gerência de Trânsito do Município, interditaram parcialmente a Avenida Alberto Maranhão, para os trabalhos de retirada dos veículos envolvidos. Durante os trabalhos no local, o trânsito ficou tumultuado e confuso, onde condutores tiveram que pegar rotas alternativas. Apesar de o cruzamento possuir um semáforo e sinalização, muitos condutores ainda desrespeitam o local. Segundo moradores, vários acidentes já ocorreram na área, e a maioria é provocado por imprudência por parte dos condutores.











Reprodução Cidade News Itaú via Passando na Hora
Leia Mais ››

Anvisa decide manter suspensão de lotes de Ades


Problema foi detectado em lote do suco de maçâ Ades (Foto: Divulgação)Problema foi detectado em lote do suco de maçã
Ades (Foto: Divulgação)
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou nesta terça-feira (2) que decidiu manter suspensa a fabricação, distribuição e venda de lotes dos produtos com soja da marca Ades, em embalagens de 1L e de 1,5L, que podem ser identificados pelas iniciais "AG" no número do lote. A supensão está em vigor desde o dia 18 de março, após contaminação de uma das linhas de produção em Pouso Alegre (MG) por produto de limpeza.
Segundo a Anvisa, a suspensão será mantida uma vez que a fabricante do Ades ainda precisa esclarecer algumas informações para que o relatório de inspeção sanitária na fábrica da Unilever possa ser concluído pela Vigilância Sanitária de Minas Gerais e Pouso Alegre.

"A Anvisa aguarda que a empresa Unilever Brasil Industrial cumpra com todas as exigências expostas pelas autoridades sanitárias de Minas Gerais para que a Agência possa avaliar, novamente, o caso. Enquanto a Agência não tiver informações sobre a segurança dos produtos, por precaução e para proteger a saúde da população brasileira, os mesmos continuarão suspensos", informou a agência em comunicado.
A Anvisa informou ainda que já comunicou os órgãos de vigilância sanitária de todo o país sobre a manutenção da suspensão.
Segundo a Anvisa, entre as informações pendentes estão: avaliação dos perigos e pontos críticos de controle do processo; providência de contratação de um supervisor; realização de manutenção preventiva da máquina; realização de treinamento recente dos operadores da máquina, monitoramento do recall realizado pela empresa e alteração dos critérios que determinam o início do processo de investigação pelo SAC.
Procurada pelo G1, a Unilever informou que a fábrica de Pouso Alegre já foi visitada em duas ocasiões pelas autoridades e "todas as medidas corretivas solicitadas pela Secretaria Estadual de Saúde já foram implementadas". A empresa informou ainda que as informações adicionais mencionadas no comunicado publicado pela Anvisa "já foram esclarecidas".
Segundo a assessoria de imprensa da Unilever, das 96 unidades que foram envasadas com soda cáustica, 46 foram recolhidas.
Soda cáustica
A suspensão abrange apenas uma das 11 linhas de produção de Ades da fábrica de Pouso Alegre. A medida da Anvisa atinge os lotes da bebida fabricados pela linha de produção TBA3G, em diferentes sabores, identificados pelas iniciais "AG" no número do lote.
Na ocasião, a Unilever informou que houve uma falha no processo de higienização, que resultou no envase de embalagens com solução de limpeza da máquina.
No dia 22 de março, a  Superintendência Estadual de Vigilância Sanitária divulgou laudo que constatou que embalagens de Ades foram envasadas somente com hidróxido de sódio (soda cáustica) a 2,5% e água, e não com suco de soja.
A falha foi detectada no processo de envase do Ades sabor maçã – Lote AGB 25 envasado no equipamento TBA3G  no dia 25 de fevereiro de 2013 com validade até 22 de dezembro de 2013.
Segundo a vigilância sanitária, o estoque do tanque que alimentava a linha de envase estava reduzido, o que caracterizaria final de processo e que a linha estaria pronta para o processo automático de limpeza. No entanto, o equipamento foi acionado novamente para o processo de envase. Dessa forma, houve o envase da substância no lugar do suco.
A empresa não percebeu o desvio e o produto, embalagem de 1,5 litros do suco de maçã da Ades, foi distribuído ao mercado.
Segundo a Unilever, o problema limitou-se a "96 unidades de Ades sabor maçã, 1,5 litro" e que, desde o dia 13 de março nenhum produto fabricado na linha TBA3G foi distribuído ao mercado.
Dano causado por Ades é como uma 'afta forte'
O vice-presidente da Unilever Brasil, Newmam Debs, afirmou no dia 27, em audiência na Comissão de Defesa do Consumidor na Câmara dos Deputados, que uma série de medidas adotadas pela empresa após o incidente. Segundo o executivo, todos os operadores das linhas de produção foram treinados novamente. Além disso, houve revisão do software da máquina que apresentou defeito e o plano amostral das linhas foi ampliado, aumentando, segundo Debs, a segurança do produto antes de ser liberado para consumo.
De acordo com Newmam Debs, a empresa se empenhou em dar “o máximo de conhecimento possível aos consumidores para evitar que as pessoas consumissem desavisadamente aquele produto que estava impróprio”.
“A Unilever adotou a postura de cuidado dos consumidores, transparência e colaboração de todas as autoridades”, disse o empresário.
Segundo Debs, o ferimento provocado pelas unidades de suco Ades que continham soda cáustica são como uma “afta forte” e que a boca dos consumidores afetados vão se “autocurar”.
"A sensação de ingerir esse produto é como se fosse uma afta forte, uma ardência. A boca se autocura, um processo de regeneração da mucosa. Em nenhum caso houve internação, as pessoas estão bem”, declarou o vice-presidente da empresa.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Israel lança ataque aéreo à Faixa de Gaza, segundo o Hamas


Israel lançou um ataque aéreo à Faixa de Gaza nesta terça-feira (2), segundo o Hamas, movimento islâmico que controla o território palestino.
Seria o primeiro ataque do gênero desde a trégua de novembro passado, que encerrou oito dias de hostilidades entre os rivais.
"Aviões da ocupação bombardearam uma área aberta no norte de Gaza, e não houve feridos", diz comunicado do Ministério do Interior do Hamas.
Um porta-voz militar de Israel disse que não faria comentários imediatos e disse que estava checando o relato.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Senado do Uruguai aprova legalização do casamento gay


Ativistas acompanham os debates na sessão do Senado que aprovou nesta terça-feira (2) o casamento gay no Uruguai (Foto: AFP)
O Senado do Uruguai aprovou nesta terça-feira (2) um projeto que legaliza o casamento entre homossexuais. O texto deve voltar à Câmara dos Deputados, onde deve ser novamente aprovado.
O projeto de lei foi aprovado no geral com 23 votos sobre 31, após sete horas de debates, com o apoio de todos os legisladores da Frente Ampla (FA, situação), e parte dos senadores da oposição Partido Nacional e Partido Colorado.
O texto aprovado sustenta que "o casamento civil é a união permanente, com ajuste na lei, de duas pessoas de sexo diferente ou igual" e modifica várias normas do Código Civil para igualar o casamento entre heterossexuais com aquele que une pessoas do mesmo sexo.
O texto já tinha sido aprovado em dezembro de 2012, na Câmara dos Deputados, mas, como o Senado fez modificações, deverá voltar à câmara baixa para sua ratificação.

Está previsto que os deputados o votem novamente na próxima semana.
O texto inclui a opção de escolher a ordem em que serão dados os nomes aos filhos, também no caso dos casais heterossexuais. Atualmente, os filhos têm primeiro o sobrenome do pai.
A Igreja Católica fez duras críticas ao projeto nos últimos dias.
Nos últimos seis anos, o Uruguai legalizou a união de homossexuais e a adoção de crianças por casais de mesmo sexo, além de habilitar a mudança de nome e sexo e a entrada de gays nas Forças Armadas.
Na região, o casamento homossexual está autorizado na Argentina desde 2010 e na Cidade do México desde 2009.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Homem é preso em Natal suspeito de homicídio na Paraíba, diz PF


Sede da Polícia Federal em Natal (Foto: PF/Divulgação)Homem foi preso na sede da PF
(Foto: PF/Divulgação)
A Polícia Federal do Rio Grande do Norte prendeu na manhã desta terça-feira (2), em Natal, um agricultor de 34 anos, que estaria envolvido em um homicídio praticado em 2011, no município de Catolé do Rocha, na Paraíba. A prisão aconteceu no momento em que ele se dirigiu ao prédio da superintendência da PF, em Natal, para receber um registro de arma de fogo.
De acordo com a PF, há dias o homem havia procurado a sede regional do órgão visando renovar o registro de um revólver, calibre 38, de sua propriedade. Posteriormente, ao analisar a documentação deixada pelo requerente, os policiais descobriram que contra ele existia um mandado de prisão em aberto, expedido pelo juiz da 1ª. vara criminal de Catolé do Rocha, na Paraíba, por envolvimento em um crime de homicídio praticado no ano de 2011, naquela cidade.
Ao ser preso, o acusado declarou que não sabia da existência da ordem judicial expedida contra a sua pessoa. Ele permanece custodiado na sede da PF e deve ser transferido nos próximos dias para Catolé do Rocha, onde ficará à disposição da Justiça.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Micro-ônibus cai de viaduto e mata sete pessoas no Rio de Janeiro


O ônibus caiu do viaduto Brigadeiro Trompowski na pista lateral da avenida Brasil
Um micro-ônibus da linha 328 (Castelo-Bananal), da Viação Paranapuan, procedente da Ilha do Governador que seguia em direção ao centro do Rio, sofreu um acidente por volta das 16h30 desta terça-feira (2), no viaduto Brigadeiro Trompowski, altura da Ilha, na zona norte, quando caiu na avenida Brasil, matando sete pessoas, segundo o Corpo de Bombeiros.  O secretário estadual de Defesa Civil, coronel Sérgio Simões, afirmou que as vítimas fatais são cinco homens e duas mulheres, todos adultos. O número de feridos é de 15 pessoas, das quais nove foram levadas para hospitais --entre eles o motorista do veículo.

A corporação enviou para o local cerca de 50 homens de cinco quartéis: Ramos, Benfica, Penha, Méier, Ilha do Fundão e Grupamento de Busca e Salvamento. Além disso, cinco ambulâncias do Samu (Serviço de Atendimento de Emergência) e carros da Polícia Militar foram enviados para auxiliar os trabalhos no ponto onde o ônibus despencou. Operários de uma obra da prefeitura foram os primeiros a socorrer as vítimas do acidente.

Os feridos foram encaminhados para o hospital de Bonsucesso, também na zona norte, além dos hospitais Souza Aguiar, na área central da cidade; Getúlio Vargas, na Penha; Miguel Couto, na zona sul; e de Saracuruna, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Três helicópteros auxiliaram na locomoção.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, dois homens foram encaminhados ao Hospital Miguel Couto em estado grave, com quadro de politraumatismo. Um homem e uma mulher foram levados com fraturas no braço e na perna ao Hospital Souza Aguiar e se encontram com quadro estável.

Ainda não há confirmação sobre as causas do acidente, mas testemunhas relataram por telefone à "Globo News" que o motorista do ônibus estaria discutindo com um passageiro quando perdeu o controle do veículo.

O Corpo de Bombeiros chegou a interditar totalmente a via para facilitar o trabalho de resgate. Às 18h, três faixas da via --na pista central --já estavam liberadas. Técnicos da Companhia de Engenharia de Tráfego farão a retirada do ônibus.

O Centro de Operações ‏da Prefeitura do Rio de Janeiro informou, via Twitter, que há congestionamento no sentido zona oeste da avenida Brasil até a altura da Ilha, com reflexos até o túnel Rebouças, sentido zona norte. Já na avenida Brasil sentido centro, havia lentidão desde o Cordovil até a Ilha, trecho onde houve o acidente. 







Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Deputada pede à Câmara abertura de processo contra Feliciano por quebra de decoro


O deputado Marco Feliciano em entrevista ao Poder e Política
A deputada federal Iriny Lopes (PT-ES) entregou nesta terça-feira (2) um pedido para Mesa Diretora da Câmara dos Deputados para abrir processo disciplinar por quebra de decoro parlamentar contra o deputado Marco Feliciano (PSC-SP). Ele ele disse que a Comissão de Direitos Humanos (CDH) e Minorias da Casa Legislativa era "dominada até ontem por Satanás".

"É inaceitável que um deputado faça esse tipo de declaração, ferindo a honra e a imagem dos nobres colegas que atuam com dedicação e firmeza para promoção e valorização dos direitos humanos", afirmou Iriny no documento. 

Iriny é ex-ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República do governo Dilma Rousseff e já presidiu a Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados. Atualmente, o posto está sob o comando de Feliciano, que vem sofrendo uma série de críticas e pressões por suas declarações consideradas homofóbicas e racistas.

No documento, a deputada argumenta que a declaração de Feliciano fere o Código de Ética Parlamentar de "zelar pelo prestígio, aprimoramento e valorização das instituições democráticas".

Depois de recebido o requerimento, o trâmite do pedido tem início com a entrega do documento à Mesa Diretora da Câmara, que o encaminha à Corregedoria da Casa Legislativa.

Na Corregedoria, o caso passa a ter um relator que terá a missão de analisar o pedido e devolver um parecer à Mesa Diretora. As punições sugeridas podem variar de advertência à perda de mandato.

Caso a Corregedoria avalie que a gravidade dos atos de Feliciano é suficiente para a perda de mandato, o caso volta à Mesa Diretora que, se concordar, o enviará para o Conselho de Ética da Câmara.

No Conselho de Ética da Câmara, um relator será indicado para analisar o assunto, Feliciano poderá fazer sua defesa e os integrantes poderão votar por uma punição ou arquivar o caso. Se a maioria votar pela cassação, o tema deverá ser referendado por todos os deputados no plenário da Câmara em votação secreta.
O caso deve demorar a iniciar sua tramitação, uma vez que o novo corregedor ainda não tomou posse. Hoje foi escolhido o presidente do Conselho de Ética, mas ainda não há definição sobre o 1º e 2º vice-presidentes do órgão. 

Audiência cancelada
A audiência pública prevista para amanhã da CDH foi cancelada. A assessoria da comissão não soube informar o motivo do pedido de cancelamento da reunião, cujo tema era "desafio da inclusão no mercado de trabalho, assegurando a igualdade de direitos e oportunidades, sem descriminação de cor, etnia, procedência ou qualquer outra".

Depois de enfrentar manifestações contra e a favor, na última quarta-feira (27), Feliciano conseguiu presidir uma audiência pública sobre a contaminação por chumbo em Santo Amaro (BA).

A audiência passada só conseguiu ser concluída depois da troca de salas, de reforço policial no local e da proibição da participação de manifestantes. Dois manifestantes chegaram a ser levados pela Polícia Legislativa para prestar esclarecimentos e depois liberados.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Pato é convocado e volta à seleção após oito meses para duelo com a Bolívia


Alexandre Pato volta à seleção brasileira após quase oito meses sem ser convocado
Alexandre Pato está de volta à seleção brasileira. O atacante corintiano é uma das novidades da lista de Luiz Felipe Scolari para o amistoso contra a Bolívia, no sábado, em Santa Cruz de La Sierra. Vale lembrar que apenas jogadores que atuam no Brasil foram chamados, já que o duelo não é em uma data reservada pela Fifa para amistosos.

Outro que voltou a figurar entre os 18 convocados é o meia Ronaldinho Gaúcho, do Atlético-MG. Felipão já havia indicado anteriormente que faria um rodízio entre Kaká e Ronaldinho. Como atletas 'estrangeiros' não foram chamados, Gaúcho foi o escolhido. Ele havia sido convocado para o duelo contra a Inglaterra, na reestreia do comandante à frente do time nacional.

Pato não era chamado desde o amistoso contra a Suécia, no dia 15 de agosto do ano passado, pouco após o vice-campeonato olímpico em Londres. Retornar à seleção, aliás, era um dos objetivos dele quando acertou com o Corinthians, em janeiro deste ano.

Osvaldo, um dos destaques do São Paulo até aqui na temporada, também foi lembrado por Felipão. Ele já havia sido chamado para substituir Lucas, lesionado, nos jogos contra Itália e Rússia. Porém, não teve a oportunidade de entrar em campo. 

Uma das ausências é o atacante Fred, do Fluminense, que foi titular nos dois últimos amistosos e marcou contra Itália e Rússia, além de também deixar o dele contra os ingleses. A decisão de deixá-lo de fora faz parte de um acordo de Luiz Felipe Scolari com Fluminense e Grêmio, que farão um jogo decisivo na semana que vem.

O técnico, aliás, conversou com todos os treinadores que sofrerão algum desfalque pela lista. Até mesmo Muricy Ramalho, que chegou a reclamar publicamente do amistoso, foi contatado e não fez nenhuma queixa, mesmo tendo perdido Neymar e Arouca por alguns dias. 

Paulo Henrique Ganso, que começa a ganhar sequência no São Paulo e surgiu como uma das grandes promessas da seleção para a Copa de 2014, também ficou fora dos relacionados para o duelo. 

Além do retorno de Pato e Ronaldinho, as novidades foram diversas. A começar por Matheus Vidotto, quarto goleiro do Corinthians, que se junta a Jefferson, do Botafogo, na posição. Douglas Santos, do Náutico, e Dória, do Botafogo, são outras "surpresas".

O amistoso contra os bolivianos, às 16h30 (de Brasília), é em homenagem a Kevin Espada, jovem de 14 anos morto ao ser atingido por um sinalizador, durante o duelo entre San Jose e Corinthians, pela Libertadores da América. Por conta disso, CBF e Federação da Bolívia doarão parte da renda da partida para a família do garoto.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

MP oferece denúncia contra oito pessoas em caso da boate Kiss


O Ministério Publico de Santa Maria denunciou, nesta terça-feira (2), oito pessoas pelo incêndio na boate Kiss. Na tragédia, ocorrida em 27 de janeiro, morreram 241 pessoas e outras dezenas ficaram feridas. Os promotores aceitaram parte dos indiciamentos feitos pela Policia Civil, que responsabilizou 28 pessoas no caso.

O juiz da 1ª Vara Criminal de Santa Maria, Ulysses Fonseca Louzada, irá se manifestar nesta quarta-feira (3). O magistrado anunciará se aceita ou não a denúncia dos promotores.

Elissandro Spohr e Mauro Hoffmann, sócios da boate, e Luciano Bonilha Leão e Marcelo de Jesus dos Santos, integrantes da banda Gurizada Fandangueira, foram denunciados por homicídio doloso qualificado.

Os qualificadores, segundo o MP, são a asfixia e o motivo torpe. "Não havia qualquer outra intenção dos proprietários do que o fim arrecadatório, o que para nos significa torpe", afirmou o promotor Joel Dutra, ressaltando também a indicação nessa qualificação aos membros da banda. "Utilizaram aquele fogo de artificio inadequado por ser o mais barato."

O promotor David Medina descreveu o porquê do homicídio doloso qualificado. "Estamos trabalhando claramente com a figura do dolo eventual, que não exige premeditação. Basta a pessoa ser indiferente à vida das outras."

Duas pessoas foram denunciadas por fraude processual: os bombeiros Gerson da Rosa Pereira e Renan Severo Berleze.

"Havia fogo em um local em que o uso era completamente inapropriado para qualquer tipo de fogo. Além disso, era um fogo de artifício inadequado para ambientes internos, como dizia na embalagem. E tanto é que os responsáveis sabiam do risco de queima, que usaram luvas para acender. A Kiss era um labirinto. Além de superlotado, era impossível sair caso acontecesse qualquer problema. Havia barras, pessoas despreparadas para qualquer emergência e uma ordem genérica para que os seguranças não deixassem sair qualquer pessoa sem pagar a conta", declarou Medina.

"Eles começaram a dar entrevistas de que a capacidade da boate era de mil pessoas. Posteriormente, suas declarações começaram a ser de 691 pessoas. Essa mudança se deu porque uma engenheira havia afirmado em documento entregue à prefeitura. Um dos bombeiros foi à casa da engenheira, buscou esse documento e autenticou como se estivesse dentro do plano de prevenção de incêndio da Kiss, como se ele sempre tivesse dentro da pasta."

Os promotores fizeram uma mudança de qualificação de homicídio doloso (quando há intenção de matar) para culposo (sem intenção) nos casos dos bombeiros Gilson Martins Dias e Vagner Guimarães Coelho, que vistoriaram a boate. O caso, agora, será remetido à Justiça Militar.

Outras duas pessoas foram denunciadas por falso testemunho: o contador Volmir Astor Panzer e o ex-sócio da Kiss Elton Cristiano Uroda, que não constava no inquérito policial. Para os promotores, eles tentaram afastar a responsabilidade de um dos sócios, que desde 2009 aparece como sócio oculto.

"O sócio era o pai do Elissandro, que aportava recursos [no negócio]. O Elton era um laranja.

Os promotores solicitarão à polícia novas investigações sobre o envolvimento de quatro pessoas: Ângela Aurelia Callegaro (irmã de Kiko, proprietária da boate no papel), Marlene Teresinha Callegaro (mãe de Kiko, proprietária da boate no papel), Miguel Caetano Passini (secretário de Mobilidade Urbana) e Beloyannes Orengo de Pietro Júnior (chefe da fiscalização da Secretaria de Mobilidade Urbana).

O MP também solicitou três arquivamentos: o de Ricardo de Castro Pasche (gerente da Kiss), Luiz Alberto Carvalho Junior (secretário do Meio Ambiente de Santa Maria) e Marcus Vinicius Bittencourt Biermann (funcionário da Secretaria de Finanças que emitiu o alvará de localização da Kiss).

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Flor do Caribe: Personagem de Henri Castelli se veste de dançarina


Depois de passar por muitas atribulações para fugir da prisão e tentar voltar para sua terra natal, Cassiano (Henri Castelli) ainda terá que se vestir de mulher na novela das 18h, Flor do Caribe, escrita por Walther Negrão.

Ele e seu fiel escudeiro, Duque (Jean Pierre Noher), se disfarçam de dançarinas e receberão ajuda de Amaralina (Sthefany Brito) e Cristal (Moro Anghileri) para finalmente retornarem a Vila dos Ventos.

As cenas estão previstas para ir ao ar nesta quinta-feira (04).

Reprodução Cidade News
Leia Mais ››

Médica de cidade do Sertão da Paraíba sofre acidente em João Pessoa


Um acidente na BR-101, em João Pessoa, deixou uma jovem ferida. A médica recém-formada Priscila Dantas, 24 anos,natural da cidade de Uiraúna, Sertão da Paraíba, perdeu o controle de seu veículo, um Fiat Siena, e veio a capotar. Apesar da violência do acidente, a vítima foi socorrida com ferimentos leves para o Hospital de Trauma de João Pessoa.

Priscila estava indo para um plantão em um hospital da capital.


Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Moradora de rua é agredida com pauladas na cabeça em Patos


A vulnerabilidade social em que vivem expostos os moradores de rua fez mais uma vítima de agressão na noite desta segunda-feira, dia 01. O fato ocorreu por volta das 21:30h na Rua Solon de Lucena, em frente a Catedral de Nossa Senhora da Guia, no Centro de Patos.

A vítima de agressão foi Jacilene dos Santos de Lima, de aproximadamente 25 anos. Jacilene foi agredida, provavelmente por outro morador de rua, após discussão por motivos banais. De acordo com o esposo de Jacilene, que também é morador de rua, o homem que a agrediu desferiu uma paulada na cabeça da vítima e depois se evadiu do local tomando destino ignorado.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU socorreu a vítima que teve um ferimento profundo na região frontal da cabeça, isso provocou perca de sangue e desorientação pelo impacto da agressão. Os profissionais do SAMU notaram uso de bebida alcoólica por Jacilene e também por seu esposo que a acompanhou até o Hospital Regional de Patos.

Duas guarnições da Polícia Militar estiveram no local para tentar localizar o agressor. O homem, que foi caracterizado apenas pelas vestimentas que trajava no momento da agressão, segundo informações, não foi localizado.

Reprodução Cidade News Itaú via Patos Online/É Sertão
Leia Mais ››

RN: Distribuição no Programa do Leite do estado cai 43,8%, em três meses


Segundo dados do Sinproleite, agora em março o Governo distribuiu apenas 38,7 por cento do volume inicialmente contratado
O flagelo da seca não devasta somente o rebanho bovino e a produção agropecuária no Rio Grande do Norte. Milhares de famílias que dependem da ajuda nutricional do Governo do Estado, através do Programa do Leite, estão sendo prejudicadas pela redução da produção do laticínio que, entre os meses de dezembro de 2012 e fevereiro de 2013, sofreu uma queda na oferta específica ao Programa, da ordem de 43,8%, segundo dados do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater/RN), em relação ao volume inicialmente contratado que era de 155 mil litros de leite. Em dezembro do ano passado, o Governo distribuiu 105 mil litros por dia. Em janeiro deste ano, a entrega caiu para 102 litros/dia e, em fevereiro, para 87,9 mil litros/dia. Mas, o total distribuído pode estra sendo, agora em março, ainda menor.


Dados do Sindicato dos Produtores de Laticínios (Sinproleite/RN), a redução de março é a maior já registrada, com a entrega de somente 38,70% do montante acordado com o Governo do Estado. Este percentual corresponde à distribuição de 60 mil litros de leite, diariamente. Os produtores que resistem às dificuldades ocasionadas pela estiagem reclamam da falta de subsídios governamentais à produção que ainda resta, e ressaltam que estão afogados em dívidas contraídas para o financiamento da produção.

As despesas não conseguem ser liquidadas em decorrência dos baixos valores pagos pelo Governo  por cada litro do produto pasteurizado, apontam os produtores. Uma das soluções encontradas pelos criadores cujos animais não morreram de fome ou sede foi vendê-los. Isto reflete diretamente no número de famílias atendidas pelo Programa do Leite. 

Até julho de 2012, em torno de 145 mil famílias eram assistidas pelo Programa em todo o estado potiguar. Não há dados atuais de quantas pessoas foram afetadas pela diminuição da oferta do laticínio. Conforme dados do Sinproleite, menos da metade do total de litros contratados pelo Governo são entregues à população atualmente. Os números de hoje em dia confirmam uma previsão do antigo presidente do Sindicato, Lirani Dantas, em entrevista à TRIBUNA DO NORTE em julho do ano passado. 

À época, ele analisou que ocorreria uma diminuição na entrega de litros contratados de 155 mil para 70 mil até o final daquele ano. O que, de fato, aconteceu com um número ainda menor no início de 2013. Hoje, são produzidos algo em torno de 60 mil litros de leite para o Programa. O dado é confirmado pelo atual presidente do Sinproleite, Francisco Belarmino. “Não tenho um número exato. A gente estima que estão sendo entregues entre 35% e 45% do contratado”. 

O percentual restante, ainda de acordo com Belarmino, não é reposto. Afinal, os rebanhos que duelam com a falta d’água e comida estão sendo comercializados. Lirani Dantas, que foi dono de 300 vacas leiteiras até o início da estiagem mais severa, em 2012, afirmou que já vendeu 100 reses e colocará mais uma centena à venda.

“O Governo precisa tomar uma atitude para o presente. Tudo o que é anunciado, é para o futuro. O gado está morrendo sem comida”, lamentou o produtor. 

Os efeitos da queda

Com baixa produção, os produtores recebem menos do Executivo Estadual. “O dinheiro está ficando no orçamento do Estado”, destacou Francisco Belarmino. Com isto, as dificuldades de manutenção do rebanho produtor, em tempos de seca, aumentam. Os produtores não descartam que possa ocorrer uma redução ainda maior do atual quadro. Descartam, porém, o fim do Programa do Leite.

 O presidente da Emater, Ronaldo Cruz, foi procurado pela reportagem para comentar o caso. Entretanto, não foi localizado. De acordo com Francisco Belarmino, os produtores de leite espalhados pelo estado recorreram ao Ministério da Integração Nacional para que haja uma valorização do litro preço do laticínio vendido aos Estados e sugeriram uma equiparação, em nível nacional, do valor do litro em R$ 1,40. 

 Há aproximadamente 30 dias, o Sinproleite protocolou um pedido na Emater para subir o custo comercializado com o Governo do Estado de R$ 0,93 para R$ 1,30. A Emater, entretanto, ainda não se posicionou em relação à tal demanda. O nível de dependência  dos produtores e das usinas em relação ao programa é alto no RN. Segundo o IBGE, 77% do leite beneficiado é destinado ao programa.

Governo assina convênio para construção da Oiticica

A governadora Rosalba Ciarlini assinou, ontem, o termo de compromisso que estabelece a migração da responsabilidade da construção da barragem de Oiticica do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS) para o Governo do RN. 

Aguardada desde a década de 1950, a barragem terá capacidade de 560 milhões de metros cúbicos e beneficiará diretamente meio milhão em potiguares de 17 municípios. A obra custará R$ 311 milhões. 

O diretor-geral do Dnocs, Emerson Fernandes, afirmou ontem que a decisão de transferir a obra ao Governo do Estado atendeu uma sugestão do presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves. A sugestão, explicou Emerson Fernandes, teve como uma das principais justificativas a garantia de mais agilidade na execução. 

O deputado Henrique Eduardo Alves destacou a importância da barragem para melhorar a infraestrutura hídrica do Estado. “Finalmente essa barragem vai sair do papel, ampliando as condições do Estado para ter os recursos hídricos necessários ao desenvolvimento”, disse Henrique Eduardo.

Governo estuda propostas para recuperar produção 

O secretário estadual de Agricultura, Júnior Teixeira, informou que o Governo trabalha na tentativa da resolução “não só dos problemas relacionados ao leite, mas, também, da agropecuária como um todo”. Ele ressaltou que uma possibilidade de retomada da produção nos mesmos patamares anteriores está sendo analisada. Entretanto, não deu prazos para a apresentação dos resultados dos estudos. Ele ressaltou, entretanto, que numa reunião que ocorrerá hoje em Fortaleza, com governadores do Nordeste, a chefe do Executivo potiguar, Rosalba Ciarlini, irá apresentar propostas de recuperação da produção leiteira no estado à presidenta Dilma Rousseff. 

Além disso, Júnior Teixeira pontuou que, pelo menos, três medidas devem ser adotadas para que se tente modificar o atual cenário da produção leiteira local. “Temos que resolver o problema das dívidas dos produtores rurais para tentar normalizar a produção; além de desburocratizar as linhas de financiamento de crédito para todos os tipos de produtores e disponibilizar milho da Conab numa quantidade significativa a esses produtores”, afirmou Teixeira.

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), inclusive, anunciou que comprou 50 mil toneladas de milho num leilão realizado no final do mês de março. O Rio Grande do Norte será um dos estados que receberá os grãos a partir da próxima semana. O montante que será enviado ao estado potiguar, porém, ainda não foi divulgado. A TRIBUNA DO NORTE tentou contato com o representante da Conab no RN, mas não obteve êxito.

Sindileite considera inviável a produção de leite no RN

O presidente do Sindileite - outra instituição que representa os produtores de laticínios no Rio Grande do Norte -, Marcelo Passos, afirmou que o Programa do Leite está “capenga”. “Hoje, produzir leite é inviável”, disse quando analisou o valor pelo Governo do Estado por cada litro produzido. Ele destacou que os custos da produção são muito altos e em cidades como Lagoa Nova, na região Seridó, não há mais vacas leiteiras. 

“Se não chover nos próximos dias, iremos perder mais rebanho”, disse Marcelo Passos. Ele destacou que, em decorrência da seca, somente os grandes produtores conseguiram se manter no mercado. “Os médios e pequenos produtores de leite desapareceram. Falta oxigênio ao Programa do Leite”, enfatizou. Marcelo Passos comentou, ainda, que muitos dos empresários que se mantém no mercado o fazem porque vendem o leite produzido a supermercados, queijeiras e consumidores divergentes do Governo. 

Para o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Rio Grande do Norte (Faern), José Vieira, se o Governo do Estado “não intervir, de forma imediata, ocorrerá um colapso na produção”. A Federação defende que o Governo adote medidas de contratação de financiamentos junto ao BNDES ou Banco do Nordeste, com a oferta de um fundo de aval para captação de recursos. Para recuperar o rebanho potiguar e, consequentemente a produção leiteira, a Faern defende que o Governo contrate o financiamento de aproximadamente R$ 250 milhões. O Executivo Estadual, porém, ainda não sinalizou se irá acatar a recomendação da Faern.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Caiçara do Rio do Vento e Serra do Mel terão eleições suplementares no próximo domingo (07).


Em Mossoró, a Justiça Eleitoral cassou a prefeita Cláudia Regina (DEM) e determinou a realização de uma eleição suplementar no município, porém, o processo de cassação ainda tramita com recursos e não há previsão se um novo pleito será mesmo realizado. Situação bem diferente, no entanto, vive os municípios de Caiçara do Rio do Vento e Serra do Mel. Nessas cidades, a eleição já foi confirmada para o próximo domingo (7), com novos candidatos que, até, já realizaram campanha eleitoral.

Em Caiçara do Rio do Vento, cidade localizada a 95 quilômetros de Natal, o TSE decidiu, em dezembro do ano passado, manter indeferido o registro de candidatura de Felipe Muller ao cargo de prefeito de Caiçara do Rio do Vento, que obteve 1,6 mil votos nas eleições de outubro, ou seja, a 52% de todos os votos. Assim, mais de 50% dos votos terminaram sendo anulados, obrigando a realização de um novo pleito.

Agora, duas coligações disputam a prefeitura. A primeira é encabeçada pela candidata Conceição de Maria, do DEM, conhecida como Ceiça, filha do ex-prefeito Etevaldo Lisboa. Do outro lado, o PMDB lançou a candidatura do ex-prefeito Francisco Edson, o Etinho.

Em Serra do Mel, a 320 quilômetros de Natal, outras duas coligações se inscreveram para concorrer as eleições, mas uma delas também encabeçada pelo PMDB: Fábio Bezerra de Oliveira (prefeito) e Erivaneide Zacarias da Costa Sobral (vice) compõem a chapa. A segunda coligação, formada pelos partidos PT, PTB e PCdoB, concorre com as candidatas Francisca Rodrigues Costa, para o cargo de prefeito, e Maria da Conceição Pinheiro Melo.

É importante lembrar que, no caso de Serra do Mel, o prefeito eleito foi Manoel Cândido, do PMDB, que venceu a eleição com uma diferença de 123 votos, mas não teve o registro de candidatura deferido pela Justiça Eleitoral. Ele foi punido por não ter prestado contas de sua campanha a deputado estadual em 2010. A segunda colocada, Irmã Lúcia, do PMDB, não foi diplomada por que a sua votação somada aos brancos e nulos não alcançou os 50% do eleitorado.

Reprodução Codade News itaú via Portal No Ar
Leia Mais ››

40 presos foram transferidos de Mossoró para o Presidio Federal de Catanduva no Paraná


Ao contrario do que foi divulgado, os presos não estavam chegando, mas sim, saindo do Presidio Federal de Mossoró, para o estado do Paraná. Segundo informações o procedimento faz parte do sistema de rodizio adotado pelo Sistema Penitenciário Federal.

Reprodução Cidade News Itaú via O Câmera
Leia Mais ››

Homem é encontrado morto dentro de casa no Conjunto do IPE em Mossoró


Policiais da VTR 225 (SD Muniz e SD Ailton Reis) foram acionados pelo Ciosp para uma ocorrência de encontro de cadáver dentro de uma residência localizada à rua Maximiliano Urbano de Sá,no Conjunto do IPE em Mossoró. Raimundo Nonato Leão Soares,45 anos de idade,foi encontrado sem vida,dentro de uma rede no interior da residência. De acordo com o SD Muniz,que atendeu a ocorrência,não havia sinais de violência no corpo,que foi removido para o ITEP,onde será examinado para diagnósitco da causa da morte.


Reprodução Cidade News Itaú via Alcivan Vilar
Leia Mais ››

Homem embriagado perde controle de caminhonete e capota na RN 223


Na manhã desta terça-feira, 02 de abril, por volta das 08h15, um motorista visivelmente embriagado perdeu o controle do veículo saindo da sua trajetória e capotando. O acidente ocorreu por volta das 8 horas, nas proximidades da Pedreira Potiguar LTDA, na RN 223, sentido Campo Grande/Caraúbas. O condutor da caminhonete F 4000, cor vermelho, placas MMX - 0739, de Caicó/RN, Gean Allan Kardec, 43 anos de idade, trazia uma carga de bolachas e seguia com destino para Pau dos Ferros/RN.A Radio Patrulha da cidade de Caraúbas, comandada pelo Capitão Carvalho, CB. Alves, SD. Rizevânio, SD. Ildonio José compareceu ao local do acidente e registrou a ocorrência. O condutor do veículo, com apenas escoriações pelo corpo foi conduzidos ao Hospital Regional Dr. Aguinaldo Pereira da Silva em Caraúbas, onde receberam atendimento médico. Em seguida, Gean Allan Kardec, natural da cidade de Caicó, foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil por dirigir alcoolizado, pois dirigir embriagado também é crime, conforme dispõe o artigo 306.





Reprodução Cidade News Itaú via Icém Caraúbas
Leia Mais ››

Policiais estouram ponto de venda de droga na Favela do Tranquilim


Presa de justiça é detida na Favela do Tranquilim suspeita de está comercializando droga em casa. Ana Cláudia Leonel da Silva, moradora da Favela do Tranquilim, foi detida por policiais da viatura de Radio Patrulha 1221, suspeita de trafico droga em sua residencia, um barraco no centro da favela. Ana Cláudia, que é esposa de um apenado do complexo penal Mario Negocio, já cumpriu pena por assalto e trafico. Com a acusada os militares encontram 2 tabletes de maconha, algumas pedras de Crack, joias, relógios, celulares, cachimbo para uso da droga e 491 reais em dinheiro e até um binoculo de observação. A policia acredita que Ana Cláudia esteja dando continuidade ao comercio de entorpecente na favela. Os policiais receberam a informação que no local havia uma motocicleta que foi roubada de um Juiz e que os responsáveis estariam todos comemorando o feito dentro da Favela. Durante a abordagem quatro adolescentes foram detidos e conduzidos juntamente com a dona da casa e a droga para a delegacia de plantão.




Reprodução Cidade News Itaú via O Câmera
Leia Mais ››

Escola da Arena das Dunas alfabetiza 1ª turma de operários em Natal


A escola da construtora responsável pelas obras do estádio de futebol Arena das Dunas, que sediará jogos da Copa do Mundo de 2014 em Natal, formou a primeira turma do ensino fundamental com 16 alunos trabalhadores da construção. A escola funciona dentro do canteiro de obras e os trabalhadores têm aulas depois do expediente. Cerca de 1.800 operários trabalham 8 horas por dia na obra do Arena das Dunas.


Assista ao lado a matéria exibida no Bom Dia RN desta terça-feira (2).
O servente de pedreiro Antônio Vieira de Souza é um deles. Trabalhando no local há pouco mais de um ano, ele faz parte da primeira turma de operários que aprendeu a ler no canteiro de obras. “Eu olhava para uma placa e ficava muito triste porque eu queria ler e não conseguia. Se eu quisesse saber o que estava escrito eu tinha que perguntar a alguém”,  conta Antônio Vieira de Souza. 
Aprender a ler e escrever foi a realização de um sonho antigo para o servente de pedreiro de 48 anos de idade que nunca tinha entrado em uma sala de aula antes do curso na arena das dunas. “Você passa a ser um cidadão, antes era um cego e de repente passa a enxergar. Eu penso assim, por isso pra mim é uma felicidade tamanha”, disse.
A mudança na vida de seu Antônio é a realização para os professores que participam desta transformação. “É um mundo que se abre. Eu começo dizendo a eles que a leitura faz o homem criar asas. E eles já estão se conscientizando disso, é o melhor presente que um educador pode receber”, disse a professora Maria Eunice Antunes.
As aulas começaram em janeiro de 2012 e a primeira turma se formou no dia 28 de março de 2013. Uma nova turma foi formada e as aulas já começaram.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Rosalba pede dinheiro a Dilma para tentar aliviar efeitos da seca no RN


Gado está morrendo de fome e sede no interior do Rio Grande do Norte (Foto: Aldair Dantas)
A governadora Rosalba Ciarlini irá a Fortaleza nesta terça-feira (2) para participar da Reunião do Conselho Deliberativo da Sudene (Condel). Durante o evento, que contará com a presença da presidente Dilma Rousseff, serão apresentados os pleitos feitos pelos governadores dos estados do Nordeste com relação aos efeitos causados pela seca. Para o Rio Grande do Norte, dentre as necessidades que serão apresentadas pela governadora, estão a desburocratização e o crédito rural estendido.
“Pediremos a agilização de liberação de recursos para poços, adutoras, cisternas, a ampliação da Bolsa Estiagem e do Seguro Safra até, pelo menos, o final do ano, uma vez que a previsão é de que a estiagem continue. Além disso, queremos que os municípios passem a receber recursos diretamente da Defesa Civil Nacional e, também, que haja a desburocratização. Porque da forma que está acontecendo, demora muito para que os recursos sejam utilizados e a população atendida”, disse Rosalba. “O PAC Estiagem, por exemplo, foi assinado há vários meses. E ainda não chegou um centavo”, acrescentou a governadora.
Os pleitos, ainda segundo a chefe do executivo estadual, vêm sendo definidos durante reuniões realizadas todas as segundas-feiras, em Natal, pelo Comitê de Combate à Seca. “Nós discutimos os assuntos relacionados à seca semanalmente e vamos levar exatamente o que é sentimento de todos e do Governo do Estado. Precisamos levar o socorro à nossa população e não podemos esperar”, ressaltou Rosalba Ciarlini.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››