Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

Loading ...

quarta-feira, abril 24, 2013

MPF inaugura Procuradoria em Pau dos Ferros


O Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN) irá inaugurar, no próximo dia 2 de maio, às 17h, a Procuradoria da República no Município de Pau dos Ferros. A PRM, localizada na avenida Getúlio Vargas, 1911, Centro, é a quarta unidade física do MPF no estado, que já conta com o edifício-sede da Procuradoria da República no Rio Grande do Norte (PR/RN), em Natal; além de PRMs em Mossoró e Caicó.

A Procuradoria da República no Município de Pau dos Ferros já funcionava interinamente em Mossoró e agora, com o prédio a ser inaugurado, tanto o procurador da República quanto os servidores que atuam na Procuradoria irão dar expediente no próprio município de Pau dos Ferros, facilitando o trâmite dos processos junto à Justiça Federal localizada na cidade, assim como aproximando ainda mais a instituição da população da região do Alto Oeste.

A área de atuação inclui, além de Pau dos Ferros, outros 37 municípios. O atual procurador da República que atua na PRM, Cléber de Oliveira Tavares Neto, será substituído pelo novo procurador da República Tiago Misael de Jesus Martins logo após a inauguração.

Além da PRM de Pau dos Ferros, o MPF/RN já está trabalhando para instalar a Procuradoria da República no Município de Assu, totalizando cinco unidades no Rio Grande do Norte. Em todo o Brasil, desde 2012 foram criadas 54 PRMs e, até 2014, há previsão da instalação de 22 novas.

Confira a área de atuação da PRM/Pau dos Ferros.

Água Nova
Alexandria
Almino Afonso
Antônio Martins
Coronel João Pessoa
Doutor Severiano
Encanto
Francisco Dantas
Frutuoso Gomes
Itaú
João Dias
José da Penha
Lucrécia
Luís Gomes
Major Sales
Marcelino Vieira
Martins
Messias Targino
Olho D'Água dos Borges
Paraná
Patu
Pau dos Ferros
Pilões
Portalegre
Rafael Fernandes
Rafael Godeiro
Riacho da Cruz
Riacho de Santana
Rodolfo Fernandes
São Francisco do Oeste
São Miguel
Serrinha dos Pintos
Severiano Melo
Taboleiro Grande
Tenente Ananias
Umarizal
Venha-Ver
Viçosa

Por Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Ministério Público investiga festa de Luan Santana em Alto do Rodrigues


luan santana
O promotor Marcos Adair Nunes deflagrou processo de investigação sobre a contratação do show do cantor Luan Santana na festa junina da cidade de Alto do Rodrigues, ocorrida ano passado. A suspeita é de “ilegalidade” na negociação.

O promotor enviou comunicado ao ex-prefeito Eider Medeiros para que no prazo de 15 dias envie ao MP cópia integral do processo de pagamento do show. Além disso, o empresário de Luana Santana, Amarildo Aparecido Santana, deverá remeter, em prazo semelhante, documentos informando o valor recebido pela apresentação.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Ministro da Saúde quer incorporar vacina contra HPV no calendário de vacinação


Ministro_Alexandrre_Padilha
O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, disse nesta quarta-feira (24/4) que a vacina contra o papilomavírus humano (HPV) deve ser incorporada ao calendário nacional de vacinação em 2014.

Atualmente, a dose é aplicada nas escolas da rede pública apenas pelo governo do Distrito Federal em meninas de 11 a 13 anos. A imunização também pode ser feita em laboratórios particulares.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Apodi= Foragido da justiça do Ceará é preso pela Policia Militar.


Apodi- Na manhã de hoje, 24, A Policia Militar recebeu uma denúncia anônima de que um foragido da justiça estaria morando em uma casa da Rua Marechal Floriano Peixoto, Centro da cidade. De imediato uma guarnição comandada pelo Sgt. Ivanildo, juntamente com os Sd´s Geilson e Valério, se deslocaram até o local informado, e ao chegar na residência se se depararam com uma homem sem a sua documentação, suspeito o homem foi levado para a delegacia de policia civil. Trata-se de José Rogério Moreira Colares Junior, 24 anos natural de Taboleiro do Norte-CE, contra o mesmo existe um mandado de prisão em aberto da comarca de Limoeiro do Norte-CE, pelo crime de latrocínio, roubo seguido de morte. O acusado disse que estava morando em Apodi desde agosto de 2012.

Nota: Parabéns ao Sgt. ivanildo pelo excelente trabalho, a população apodiense agradece.

Reprodução Cidade News Itaú via Sentinelas do Apodi
Leia Mais ››

ATROPELAMENTO COM VÍTIMA FATAL BR-405, NO BAIRRO FORNO VELHO SAÍDA PARA A CIDADE DE APODI.


 Um atropelamento registrado por volta das 15:40hs desta quarta feira (24/04/13) na BR-405 na saída para a cidade de Apodí, entre o bairro Forno Velho e a comunidade do Jucuri, deixou uma vítima fatal.
 A vítima de nome Pedro Anselmo da Silva, 67 anos, aposentado, morador da comunidade Baixa do Arroz, zona rural de Mossoró, vinha de bicicleta, no sentido Apodi/Mossoró, quando foi atropelado por um caminhão Volvo de cor Branca Placa NOS 8802 de Apodi/RN, tendo morte no local.
  O caminhão parou há cerca de 500m do local da colisão e o motorista não foi localizado pelos patrulheiros da PRF.
   Ambulâncias do SAMU foram até o local e constataram a morte do senhor.



Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

DENARC prende elemento acusado de tráfico de drogas no bairro Santo Antônio em Mossoró.


 Agentes da Policia Civis da Delegacia Especializada em Narcóticos de Mossoró (DENARC) prenderam no inicio da tarde desta quarta-feira, 24 de Abril de 2013, um elemento acusado de tráfico de drogas no bairro Santo Antônio.
 De acordo com o delegado Rafael Arraiz, titular da delegacia, a um certo tempo existia a informação do ponto de venda de drogas em uma residência na Rua Miguel Joaquim da Silva. Os policiais se dirigiram ao local no inicio da tarde de hoje e prenderam em flagrante Joseilson Rodrigues Lopes, 32 anos de idade, com R$445,00 em dinheiro, 2 papelotes de cocaína, 3 tabletes pequenos de maconha e 23 pedras de crack. Segundo o delegado o dinheiro apreendido é fruto da comercialização do entorpecente.
  O acusado foi conduzido para a DEFUR onde foi atuado no artigo 33, tráfico de drogas, e aguardá decisão da justiça. Ainda de acordo com o delegado, Joseilson, já responde a roubo.



Reprodução Cidade News Itaú via Passando na Hora
Leia Mais ››

DOIS IRMÃOS SÃO ASSASSINADOS E TEM OS CORPOS ESQUARTEJADOS E ENTERRADOS


Dois irmãos gêmeos tiveram  seus corpos mutilados, suas cabeças foram separadas do corpo, seus troncos enterrados em uma cova rasa, braços e pernas picotadas e separadas dos seus corpos.O sinistro macabro aconteceu na manhã do domingo,  a polícia foi informada de que um cadáver havia sido encontrado enterrado às margens do açude do governo, nas proximidades do Bairro Procanô, na cidade de Mari.Chegando ao local, os policiais encontraram a cena de um crime cometido com requintes de crueldade, de um lado do açude foram encontrados, pelo menos 5 cápsulas de balas de pistola 380, massas encefálicas espalhadas pelo chão, dentes e partes de um crânio, do outro lado era possível ver partes de um corpo enterrado e algumas vestes, incluindo um cordão de prata.A área foi isolada pela polícia e uma equipe de peritos foi chamada para o local, e começaram a cavar o local onde dava para ver partes de um cadáver,  veio a surpresa dois corpos foram encontrados, esquartejados, um sobre o outro, logo no inicio as vítimas não foram identificadas, pois suas cabeças não estavam juntas dos corpos.mas populares encontraram um saco sujo de sangue ao lado de um par de tênis, dentro do mato, também às margens do açude, os peritos foram chamados e ao abrirem o saco encontraram as duas cabeças juntas. Ao verem as cabeças, algumas pessoas entre os curiosos reconheceram as vítimas apenas pelos apelidos: Willian e Kekê, residentes naquelas proximidades.
Atenção imagens extremamente fortes.

Reprodução Cidade News Itaú via Passando na Hora
Leia Mais ››

Juiz do CNJ considera presídios do RN 'piores que masmorras'


 Juiz Luciano Losekann visitou unidade prisionais em Natal (Foto: Tasso Pinheiro/TJRN)
O juiz Luciano Losekann, que atua junto ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) coordenando a fiscalização do Sistema de Execução de Medidas Socioeducativas (DMF), inspecionou nesta quarta-feira (24) unidades em Natal. Ao constatar as condições dos prédios, o magistrado classificou os locais como “piores que masmorras”. Na sexta-feira (19), o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, visitou a maior unidade prisional do RN e também avaliou mal a penitenciária. “É caótica. A situação do sistema do Rio Grande do Norte é uma das mais graves do país”, afirmou.
Os magistrados foram ao Centro de Detenção Provisório (CDP) da Ribeira, à Cadeia Pública Raimundo Nonato, além do Complexo Penal João Chaves, onde inspecionaram a detenção e o sistema semiaberto masculino. Em todos os locais, o quadro é de absoluta falta de estrutura e de um cenário degradante e promíscuo para os presos, classificou o Tribunal de Justiça do RN (TJRN). Na avaliação dos magistrados, falta uma melhor gestão nas cadeias e presídios que poderiam minimizar certas situações e ao mesmo tempo promover o trabalho dos presos, como a limpeza das celas.

Unidades visitadas foram classificadas como 'piores que masmorras' (Foto: Tasso Pinheiro/TJRN)

O coordenador do DMF também criticou a alegação do Poder Executivo estadual de que não há dinheiro para criação de novas vagas no sistema, lembrando que o próprio Governo Federal tem recursos para a criação de presídios. “O que faltam são os projetos”, disse Losekann. Como exemplo de avanço, Luciano Losekann citou o caso do Espírito Santo, o qual investiu R$ 430 milhões em recursos próprios na construção de 27 unidades prisionais em oito anos. Os recursos vieram dos royalties do petróleo. “Ainda está longe do ideal, mas já melhorou em muito a situação lá”, apontou.
CDP Ribeira
Na Ribeira, Luciano Losekann inspecionou os reparos do CPD, que foi depredado após uma rebelião de 110 presos no domingo (21). Os magistrados ouviram relatos dos agentes sobre a rebelião e vistoriaram os reparos das celas. O CDP Ribeira tem 55 vagas nominais, mais abriga atualmente 93 presos – os demais foram removidos após a rebelião. “Eles só não saem daqui porque não querem. É um verdadeiro fator de insegurança pública”, criticou Luciano Losekann. O juiz enfatizou  a fato do CDP ter um histórico de fugas e estar instalado em uma área de grande circulação de pessoas.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Dois casos de raiva animal são diagnosticados no RN, informa Sesap


Dois casos de de raiva animal foram diagnosticados, entre os dias 18 e 23 deste mês, no Rio Grande do Norte, segundo divulgou a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) nesta quarta-feira (24). Um morcego e um gato passaram por exames, que deram positivos para a doença. Os animais foram encontrados respectivamente em Natal e Lajes, a 125 quilômetros da capital. O último óbito por raiva no RN foi registrado em  2010, informou a Sesap.
O primeiro animal foi diagnosticado na quinta-feira (18). A amostra do morcego chegou através de uma moradora do bairro das Rocas, em Natal, que havia sido agredida pelo animal. Ela procurou atendimento no Hospital Giselda Trigueiro, levando consigo o morcego que foi encaminhado para o Laboratório de Raiva para o exame da Imunofluorescência Direta. O resultado foi positivo e, segundo a subcoordenadora de Vigilância Ambiental (Suvam) da Sesap, Iraci Nestor de Souza, o diagnóstico foi informado ao Centro de Controle de Zoonoses de Natal. “Serão organizadas ações educativas na área da ocorrência”, afirmou Iraci.
Quanto ao caso do gato positivo, em Lajes, a V Unidade Regional de Saúde Pública (Ursap) foi informada e a equipe está providenciando ações de prevenção. De acordo com Iraci Nestor, o envio de amostras para monitoramento da circulação do vírus é muito importante, pois a partir daí são desencadeadas ações de prevenção contra a doença, como a busca ativa por pessoas agredidas e trabalhos educativos.
O último óbito por raiva registrado no RN foi em 2010, cujo transmissor foi um morcego. Na época, o agricultor foi agredido e, por desconhecimento do risco de transmissão da raiva por essa espécie animal, não procurou atendimento médico.
Apesar da letalidade de aproximadamente 100%, a raiva é totalmente prevenível através da aplicação de soro e vacina. "Por isso é essencial que qualquer pessoa que tenha entrado em contato direto, através de mordeduras, arranhaduras ou lambeduras, com animais potencialmente transmissores da raiva, como cães, gatos, morcegos, raposas, saguis, cavalos, procure atendimento médico imediatamente", disse Iraci.
O que fazer em contato com morcegos
Os morcegos são animais noturnos que podem se alimentar de insetos (insetívoros), frutos (frugívoros), néctar (nectarívoros), pequenos animais (carnívoros) e sangue (hematófagos). Esses animais são de grande importância ecológica, pois contribuem no controle de insetos, na polinização de plantas e disseminação de sementes. Por isso são protegidos por lei (Lei Federal nº 9.605/98), não podem ser caçados ou mortos e sua eliminação indiscriminada é um crime contra a natureza.
No Brasil, os morcegos foram os animais transmissores da raiva para humanos em 45% dos casos notificados nos últimos dez anos, sendo o cão ainda o principal transmissor. No Rio Grande do Norte, desde 2005 já foram registrados 108 morcegos positivos para raiva, só em 2010 foram 64. Em 2011 foram 21 e em 2012, 15.
Para a subcoordenadora da Suvam, Iraci Nestor, apesar do morcego registrar um grande potencial para raiva existe ainda desconhecimento da população quanto ao perigo dos morcegos como transmissores. É importante alertar às pessoas de que ao encontrar um morcego suspeito de raiva, ou seja, encontrado morto ou em situações não usuais, caído ou pousado em parede durante o dia, com voos ou incoordenação de movimentos, agressividade ou paralisias, é recomendado não tocar no animal, pois este pode morder para se defender.
“Se ele estiver no chão, coloque um objeto (balde, bacia ou caixa) sobre ele, tomando cuidado para não o manusear; afaste as pessoas e animais do ambiente onde o morcego se instalou e isole o local; não o provoque ou brinque com ele e chame imediatamente o serviço de controle de zoonoses ou a secretaria de saúde de seu município. Caso o morcego não seja suspeito de raiva e esteja voando dentro de casa apague as luzes e abra todas as janelas, pois ele encontrará a saída sozinho”, orientou.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Após menos de três horas preso, ex-prefeito é solto por juíza no RN


Ricardo de Santana Araújo foi prefeito de duas cidades no RN (Foto: Divulgação/TSE)Ricardo Araújo foi solto na tarde desta quarta
após 3 horas preso (Foto: Divulgação/TSE)
O agropecuarista Ricardo de Santana Araújo, preso por força de um mandado no início da tarde desta quarta-feira (24), não chegou a ficar nem três horas detido. A juíza Ana Carolina Maranhão, da 2ª vara Criminal da zona Sul de Natal, que havia decretado a prisão preventiva, revogou a própria decisão. Ricardo Araújo é ex-prefeito de Galinhos e Serra de São Bento. Ele foi preso por estelionato.
De acordo com a Polícia Civil, Ricardo Araújo vendeu apartamentos a compradores diversos de forma irregular. O ex-prefeito havia sido preso no fórum da zona Sul de Natal por uma equipe da Delegacia Especializada em Falsificações e Defraudações do Rio Grande do Norte (DEFD). O alvará de soltura já foi cumprido.
No final da tarde desta quarta, além de assinar a revogação, a juíza expediu medidas cautelares para a soltura. Segundo Ana Carolina Maranhão, o ex-prefeito terá que comparecer mensalmente ao fórum; não ter contato com o empresário vítima do estelionato; não se ausentar de Natal sem prévia autorização judicial; e não poderá alienar propriedade ou posse de bem imóvel.
No dia 7 de março passado, em depoimento ao delegado Júlio César Barbosa da Costa, titular da DEFD, Ricardo Araújo admitiu ter negociado apartamentos a pessoas diferentes. O G1 teve acesso com exclusividade ao documento. No termo de qualificação, o ex-prefeito diz que "revendeu os apartamentos a (...) sem cientificá-lo da sua decisão, tendo este comprador tomado conhecimento que os apartamentos tinham sido revendidos a terceiros quando procurou registrá-los em cartório".
No depoimento, Ricardo Araújo disse que "está arrependido de ter revendido os apartamentos que foram negociados com o senhor (...), uma vez que está passando por constrangimentos desnecessários".

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Trem atropela motociclista em Extremoz, na Grande Natal



Um trem atropelou um motociclista por volta das 18h desta quarta-feira (24) em Extremoz, na Grande Natal. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, a colisão aconteceu no trevo de Extremoz, na BR-101, que liga a rodovia Federal ao centro do município.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Secretaria de Segurança do RN terá que anular criação de força-tarefa


A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Rio Grande do Norte (Sesed) terá que anular a criação de uma força-tarefa de investigação aos crimes de homicídios com autoria desconhecida e indícios de execução. A decisão é do desembargador Vivaldo Otávio Pinheiro e foi publicada na tarde desta quarta-feira (24). O secretário de Segurança, Aldair da Rocha, só vai se pronunciar sobre o assunto nesta quinta (25), em entrevista coletiva.
Na decisão liminar, o desembargador Vivaldo Pinheiro acatou os fundamentos apresentados pela assessoria jurídica do Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol). Os policiais civis questionam a participação de policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e da 2ª Seção do Estado Maior Geral nas investigações da força-tarefa.
“Essa decisão é importante, posto que convalida a autonomia das atividades da polícia judiciária. Isso mostra  que a justiça não fecha os olhos para certas 'arbitrariedades' dos prepostos estatais (que, na verdade, camuflam os atos governamentais). Ou seja, não podem deliberar arbitrariamente ao arrepio da Lei e aos olhos da sociedade. É uma grande vitória na defesa dos interesses de toda a categoria dos policiais civis do RN”, ressalta, em nota, a diretoria do sindicato.
Vivaldo Pinheiro decidiu ainda que a Sesed se abstenha de elaborar outra portaria nos mesmos moldes e declarou: “Ademais, o Secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Rio Grande do Norte não tem competência legislativa para atribuir aos policiais militares qualquer função diversa da prevista constitucionalmente. Tal medida, parece-me uma tentativa desastrosa de esconder a necessidade de contratação de mais efetivos da polícia civil, os quais, como é de sabença geral, foram aprovados em concurso público e encontram-se há bastante tempo esperando serem chamados”.
Vivaldo Pinheiro observou ainda que “a manutenção dos efeitos desse ato normativo da autoridade coatora, além de expressar uma clara ofensa a normas constitucionais e infraconstitucionais, contribuirá para piorar ainda mais a precária segurança pública que no momento vivenciamos, vez que, para passar a exercer os atos investigatórios que estão sendo atribuídos aos policiais militares, eles terão que sair das ruas, onde têm o dever constitucional de reprimir a ocorrência de crimes”.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Ex-prefeito de duas cidades do RN é preso acusado de estelionato


Ricardo de Santana Araújo foi prefeito de duas cidades no RN (Foto: Divulgação/TSE)Ricardo de Santana Araújo foi prefeito de Galinhos e
Serra de São Bento (Foto: Divulgação/TSE)
O agropecuarista Ricardo de Santana Araújo, de 57 anos, foi preso nesta quarta-feira (24) acusado de estelionato. Ele já foi prefeito nas cidades de Galinhos e Serra de São Bento, distantes, respectivamente, 156 e 128 quilômetros de Natal. Segundo a Polícia Civil do Rio Grande do Norte, Ricardo Araújo vendeu apartamentos a compradores diversos de forma irregular.
Atualmente, Ricardo Araújo ocupa o cargo de tesoureiro na Prefeitura de Galinhos. A prefeita da cidade, Josineide Cunha de Medeiros, a Neidinha (PSD), é mulher dele. Ricardo Araújo chegou a se candidatar nas eleições do ano passado, mas renunciou. Ele declarou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ter R$ 309.718,90 em bens imóveis e em cabeças de gado.
O G1 tentou contato com o advogado Felipe Cortês, mas o telefone dele estava desligado.
O ex-prefeito foi preso no fórum da zona Sul de Natal por uma equipe da Delegacia Especializada em Falsificações e Defraudações do Rio Grande do Norte (DEFD). No dia 7 de março passado, em depoimento ao delegado Júlio César Barbosa da Costa, titular da DEFD, Ricardo Araújo admitiu ter negociado apartamentos a pessoas diferentes. O G1 teve acesso com exclusividade ao documento. No termo de qualificação, o ex-prefeito diz que "revendeu os apartamentos a (...) sem cientificá-lo da sua decisão, tendo este comprador tomado conhecimento que os apartamentos tinham sido revendidos a terceiros quando procurou registrá-los em cartório".
No depoimento, Ricardo Araújo disse que "está arrependido de ter revendido os apartamentos que foram negociados com o senhor (...), uma vez que está passando por constrangimentos desnecessários".
O delegado Júlio Costa disse que as investigações sobre os crimes de Ricardo Araújo começaram há mais de dois anos. "Em 13 de abril de 2011 tomamos conhecimento que o Ricardo Araújo havia negociado três apartamentos em Capim Macio, bairro da zona Sul de Natal, com um bancário por R$ 315 mil. Mas duas dessas unidades já tinham sido negociadas anteriormente com uma empresária e com um advogado. Cada um deles comprou um apartamento por R$ 50 mil quando ainda estavam na planta", contou Júlio Costa.
Diante do que foi apurado na investigação, Júlio Costa pediu a prisão preventiva de Ricardo Araújo em 5 de março passado. O Ministério Público concordou com o pedido. No dia 21 de março, a juíza Ana Carolina Maranhão, da 2ª vara Criminal da zona Sul de Natal, decretou a prisão. Na decisão, a juíza destaca que "a permanência em liberdade do denunciado coloca em risco a aplicação da lei penal e face a gravidade dos crimes contra ele imputado (venda reiterada de apartamentos a compradores diversos) abala seriamente a ordem pública, posto que solto poderá cometer novos delitos de igual natureza".

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Campanha de vacinação contra gripe é prorrogada até 10 de maio


Gripe A vacina (Foto: Ivo Gonçalves/ Divulgação PMPA)
A campanha nacional de vacinação contra a gripe foi prorrogada até o dia 10 de maio, informa o Ministério da Saúde. A previsão anterior era que a campanha terminasse nesta sexta-feira (26).
O prazo maior é necessário para dar mais tempo para as pessoas se imunizarem, diz a pasta. Até agora, a vacinação atingiu mais de 40% do público-alvo de 39,2 milhões de pessoas, número considerado satisfatório, disse ao G1 o secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa.
"Estamos fazendo uma recomendação para os municípios que estejam com baixa procura para que que abram os postos de saúde para vacinação no sábado", disse ele. O secretário ressaltou que a campanha permanece igual, com exceção da mudança de data.
A prorrogação é necessária porque houve diferença na vacinação ocorrida nas regiões - no Sul, por exemplo, a imunização andou mais rápido do que no Norte, ponderou Barbosa. Ele assinalou que a extensão do prazo ocorre todos os anos e está dentro da normalidade.
A meta nacional é atingir 80% ou 32 milhões de pessoas do público-alvo, segundo a pasta. O novo prazo vale para todo o país, mas municípios e estados que tiverem atingido suas metas não precisam adotá-lo, ressaltou Barbosa.
Vírus influenza
A imunização protege contra os três subtipos do vírus influenza que mais circularam no inverno passado: A (H1N1) – conhecido popularmente como gripe suína –, A (H3N2) e B.
Foram distribuídas, neste ano, 43 milhões de doses da vacina para 65 mil postos de saúde, segundo a pasta. Em 2012, 26 milhões de pessoas foram imunizadas, número equivalente a 86,3% do público-alvo naquele ano. O índice superou a meta prevista, de 80% do público.
O objetivo deste ano é de atingir cerca de 80% do público-alvo da ação, que inclui idosos com 60 anos ou mais, crianças de seis meses a dois anos, gestantes, indígenas, presidiários e profissionais de saúde. Doentes crônicos e mulheres no período até 45 dias depois do parto também devem receber  a vacina.
"A vacinação é segura e feita com o objetivo de diminuir o risco de ter doença grave e evitar o óbito. Ao mesmo tempo, as pessoas que apresentarem os sintomas de gripe devem procurar o posto de saúde, porque tem tratamento", afirmou o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, em nota oficial divulgada pelo ministério.
Segundo o ministro, o governo federal quer estimular estados e municípios a terem uma estratégia de busca ativa do público-alvo.
Reduzir internações
O principal objetivo da campanha é ajudar a reduzir as complicações, internações e mortes decorrentes da gripe. De acordo com Padilha, a meta é reforçar o atendimento às pessoas com doenças crônicas, independentemente da faixa etária. Isso inclui quem tem problemas cardíacos, pulmonares, transplante de rim, obesidade, deficiência mental e pacientes que usam medicamentos imunossupressores, entre outros.
A novidade de 2013 é que os doentes crônicos terão acesso ampliado a todos os postos de saúde, e não apenas aos Centros de Referência de Imunobiológicos Especiais (Cries). Para isso, é preciso apresentar apenas a prescrição médica no ato da vacinação.
Pacientes já cadastrados em programas de controle de doenças crônicas do Sistema Único de Saúde (SUS) devem procurar os postos em que estão inscritos. Caso a unidade de saúde que oferece atendimento regular não tenha um posto de vacinação, a pessoa deve solicitar uma prescrição médica.
Os pacientes da rede privada ou conveniada também devem ter prescrição médica e apresentá-la nos postos durante a campanha.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Lewandowski faz quatro e lidera goleada do Borussia sobre Real


Mosaico Borussia Dortmund x Real Madrid (Foto: Editoria de Arte)
Sobrenome complicado, futebol fácil. Robert Lewandowski, quase sempre com um toque na bola, tornou a missão do Borussia Dortmund um tanto quanto mais tranquila no sonho de disputar a grande decisão da Liga dos Campeões. Dono de uma atuação perfeita, o centroavante marcou quatro vezes e foi o grande nome da goleada sobre o Real Madrid, por 4 a 1, nesta quarta-feira, no Signal Iduna Park, pelo primeiro jogo da semifinal. Cristiano Ronaldo, ainda no primeiro tempo, chegou a empatar para os merengues em 1 a 1, mas pouco conseguiu fazer na etapa final para impedir a derrota.
Desta forma, o Borussia praticamente repete o feito do Bayern de Munique na véspera ao atropelar o Barcelona, por 4 a 0, na Allianz Arena. Em confrontos que se previa um equilíbrio sem favoritismo, a Alemanha abriu uma vantagem no agregado de 8 a 1 contra a Espanha. As partidas de volta serão disputados na próxima semana, terça e quarta, respectivamente no Santiago Bernabéu e Camp Nou.
O time de José Mourinho pode dizer que está em situação menos desconfortável. Ainda assim, terá de vencer por 3 a 0 para conquistar a vaga na finalíssima de Wembley, no dia 25 de maio. A repetição do placar a favor dos merengues leva o duelo para a prorrogação. O Borussia ainda se classificará se perder por 5 a 2, 6 a 3 ou placares adiantes por três gols de diferença.
Entre os brasileiros, Kaká, por alguns minutos na etapa final, foi o único a pisar de fato no gramado, já que Marcelo, lesionado, sequer viajou a Dortmund, e Casemiro não ficou no banco de reservas por opção de Mourinho. Do lado do Borussia, o zagueiro Felipe Santana, herói contra o Málaga, pelas quartas, comemorou bastante cada um dos quatro gols de Lewandowski, em quem apostou como candidato a destaque da vez em recente entrevista.
Para Mourinho, o jogo teve ainda outro motivo para se tornar um pesadelo. Esta foi a segunda vez em toda a sua carreira que um time seu sofreu quatro ou mais gols. Até o momento, apenas o Barcelona de Pep Guardiola havia imposto tamanha humilhação ao português, justamente no primeiro Superclássico contra o rival, por 5 a 0, no dia 29 de novembro de 2010.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Cigana é presa suspeita de vender a própria filha por R$ 5 mil, em Goiás


Cigana é presa suspeita de vendar a própria filha por R$ 5 mil, em Goiás (Foto: Ricardo Rafael/O Popular)
Uma cigana de 42 anos está presa suspeita de vender a própria filha, em Cromínia, na região sul de Goiás. Segundo a polícia, a adolescente de 12 anos foi entregue a um homem de 28 anos, por R$ 5 mil.
Em entrevista ao G1, o delegado da cidade, Rilmo Braga, disse que a mãe, em seu depoimento à polícia, admitiu ter negociado a filha. "Ela alega que é um costume cigano, como se fosse um dote", relatou.
A mulher teria dito ainda que pediu ao pretendente um dote de R$ 10 mil, mas  aceitou entregá-la por R$ 5 mil. A mãe não chegou a receber o dinheiro, que seria pago no fim desta semana.
Segundo o delegado, a menina foi entregue pela mãe a um farmacêutico que mora em Aparecida de Goiânia. Ele também é cigano e pode ser preso.
Sem aceitar a situação, a adolescente fugiu dois dias após ser levada para a casa do homem. Ela se escondeu em uma casa no mesmo bairro onde o suspeito mora e acabou localizada pela polícia.

Exames
O delegado devolveu a menina ao pai, em Cromínia. Segundo Rilmo, ele é separado da mãe e não sabia da venda da filha. A adolescente passou por exames que não constataram nenhum tipo de abuso, sexual ou físico.
Rilmo Braga disse que a mãe chegou a ser alertada. "Assim que eu tomei ciência da negociação, pedi ao Conselho Tutelar que a procurasse e explicasse que isso não podia acontecer. Mesmo assim, ela insistiu", disse o delegado.
A mãe acabou presa em flagrante, na última quarta-feira (17), com base no artigo 238 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) que diz ser crime: "prometer ou efetivar a entrega de filho ou pupilo a terceiro, mediante paga ou recompensa". O delegado também estipulou ainda uma fiança de 50 salários mínimos.
Ela está no destacamento da Polícia Militar de Mairipotaba, para onde são levadas as mulheres presas na região. Se condenada, pode pegar de um a quatro anos de reclusão.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Índio morre após ser atropelado por avião em aldeia


Aldeia Marubus (Foto: Reprodução TV Cruzeiro do Sul)
Um avião monomotor da Empresa Tucano Táxi Aéreo atropelou e matou o índio Jaquesson Alves, de 13 anos, antes da decolagem em uma aldeia indígena da tribo Marubus, no Vale do Rio Javari, Sudoeste do Amazonas, na última segunda-feira (22). O adolescente teria atravessado a pista quando a aeronave fazia o procedimento.
Os ocupantes do monomotor, entre eles dois médicos que realizavam atendimentos voluntários na aldeia, foram resgatados do local por um helicóptero da Força Aérea Brasileira (FAB) na noite de terça-feira (23) e levados para Cruzeiro do Sul (AC).
As informações são do piloto Ludwig Barbary Pedroza. “Eu não tive visualização de ninguém na pista, fomos surpreendidos pelo impacto. A gente estava próximo da decolagem numa velocidade de 120 km/h aproximadamente. A aeronave saiu da pista e entrou um pouco na mata ficando sem condições de funcionar. Quando saímos do avião encontramos o adolescente, os médicos ainda tentaram reanimá-lo, mas sem sucesso”, narra.
Um indígena que dava suporte aos médicos estava na aeronave. Segundo o piloto, não houve qualquer reação da comunidade indígena que entendeu a fatalidade. “Os outros colegas da vítima falaram que três deles correram para a pista na hora da decolagem, os outros dois se abaixaram”, relata Barbary.
Os ocupantes da aeronave não sofreram qualquer ferimento. O ortopedista Ricardo Afonso Ferreira e o oftalmologista Paulo Junqueira de Melo retomaram a expedição na manhã desta quarta-feira (24). Segundo a Secretaria Especial de Saúde Indígena, os profissionais estão realizando um trabalho de triagem para a realização de um mutirão de cirurgias.
Na mesma missão de resgate foram enviados técnicos do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) para apurar as causas do acidente.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Caseiro mata filha e neto de patrão em Caapiranga, interior do Amazonas


O caseiro foi levado para o 1º Distrito de Polícia Integrado de Manacapuru, onde passará pelos procedimentos legais (Foto: Aduto Silva/TV Amazonas)
Um caseiro, de 65 anos, confessou ter matado a filha e o neto do proprietário do sítio onde trabalhava, na Zona Rural do município de Caapiranga, a 134 km de Manaus. As vítimas tinham 30 e dez anos, respectivamente. O crime aconteceu nesta terça-feira (23), e o homem foi encontrado pela polícia na manhã do dia seguinte.
O caseiro, natural do Maranhão, estava a 100 metros do local do crime com a filha da vítima, de oito anos, como refém. De acordo com a polícia, o homem afirmou que iria estuprar a criança e cortar a garganta dela, como fez com o irmão.
O crime aconteceu na comunidade Cachoeira, no rio Manacapuru, onde as vítimas e o suspeito residiam. Segundo o cabo da Polícia Militar, Carlos Alberto Pacheco, a mãe foi morta com um tiro de espingarda calibre 12 na cabeça, e o menino com várias terçadadas pelo corpo, incluindo um corte na garganta.
Ainda segundo o cabo, a prisão foi feita após uma denúncia anônima. "Ligaram informando o que tinha acontecido e uma guarnição com três policiais militares e dois civis seguiu para fazer as buscas", contou. Os corpos das vítimas, a criança sobrevivente e o caseiro foram levados para Manacapuru. Os corpos serão avaliados para saber se algum deles sofreu violência sexual antes ou depois de morrer. A criança mantida refém está bem e vai passar por exames médicos.
O caseiro foi levado para o 1º Distrito de Polícia Integrado de Manacapuru, onde passará pelos procedimentos legais. Ele não disse o que o motivou a cometer o crime. O cabo Pacheco informou ao G1 que existe uma grande possibilidade do suspeito ser encaminhado para Manaus, pois a população de Manacapuru está bastante revoltada com a situação. "Queriam linchar o caseiro quando ele chegou no porto da cidade", informou o policial.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Caricaturista libanês Pierre Sadek morre aos 75 anos


Pierre Sadeq em foto de 2005 (Foto: AFP)
O famoso caricaturista libanês Pierre Sadek, que durante mais de 40 anos registrou em nanquim os fatos políticos mais importantes do país, morreu nesta quarta-feira (24) aos 75 anos por causa de uma longa doença.
Sadek colaborou com vários veículos locais, como os jornais Al Nahr e Al Diyar e a rede de TV LBC; e internacionais, como a "The New York Times Magazine", o "France Soir" e o "Washington Post".
Em dezembro de 2012, o presidente Michel Suleiman o condecorou com a Ordem de Comandante do Cedro e durante a cerimônia o então ministro da Informação Walid Dauk afirmou que Sadek "soube chegar ao coração de todos os libaneses".
Meses antes, o desenhista precisou enfrentar uma violenta campanha contra ele por ter publicado uma caricatura do chefe do grupo xiita Hezbollah, o xeque Hassan Nasrallah, no jornal "Al Yamiriya".
Sadek foi condecorado também em 1972 pelo então presidente Suleiman Franjieh e obteve duas vezes o prêmio do poeta Said Akl. Organizou várias exposições no exterior e é autor de quatro livros, entre eles "Caricatura Sadek" e "Béchir". O caricaturista se considerava "um redator que se expressa através de uma galeria de retratos" e "testemunha de uma história que se faz e se desfaz".

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Desabamento de prédio mata mais de 120 pessoas em Bangladesh


Multidão trabalha na retirada de vítimas de um desabamento em Savar, Bangladesh. O edifício de 8 andares que desabou abrigava um shopping center e fábricas de roupas nas imediações da capital Dhaka. (Foto: Andrew Biraj/Reuters)
Ao menos 124 pessoas morreram e mais de mil ficaram feridas nesta quarta-feira (23) no desabamento de um edifício de oito andares que abrigava confecções nas proximidades da capital de Bangladesh, Dacca.
O edifício Rana Plaza, que além das unidades de confecção, também abrigava um mercado e um banco, desabou às 9h (0h de Brasília) na localidade de Savar, perto de Dacca.
Apenas o primeiro andar do prédio ficou intacto, mas o local parecia ter sido atingido por um terremoto, o que leva as autoridades a temer que o balanço de vítimas possa aumentar.
Segundo o ministro do Interior, Muhiudin Khan, o prédio foi construído sem respeitar a legislação vigente.
Com o auxílio de gruas, centenas de bombeiros e oficiais do exército trabalhavam no local em busca de sobreviventes entre a montanha de escombros e de ferros retorcidos. Os socorristas transportavam os feridos em macas improvisadas.
Alguns funcionários das confecções reclamaram publicamente na noite de terça-feira (23) sobre a existência de rachaduras, o que provocou pânico entre os trabalhadores. A situação chegou a provocar uma correria que deixou 10 feridos. Mas todos foram obrigados a retornar ao trabalho pelos chefes.
"Os chefes nos obrigaram a voltar e uma hora depois do retorno o edifício desabou com um grande barulho", contou à AFP Musumi, uma operária de 24 anos.
Musumi afirma que quase cinco mil pessoas trabalhavam no edifício, que também tinha apartamentos e lojas.
"Estou ferida. Não encontrei meu marido, que trabalha no quarto andar", disse.
Uma das unidades de confecção era a New Wave Style, que em seu site informa que trabalha para a empresa espanhola Mango e a italiana Benetton.
A indústria têxtil de Bangladesh é a segunda maior do mundo. Abastece sobretudo marcas ocidentais de baixo custo.
Mas o setor é muito criticado por não respeitar as normas de segurança. Em novembro de 2012, um incêndio em uma fábrica têxtil matou 111 pessoas no subúrbio de Dacca.
Os desabamentos de imóveis em Bangladesh são frequentes, já que as normas de segurança da construção civil raramente são aplicadas no país. Em 2005, pelo menos 70 pessoas morreram no desabamento de uma fábrica têxtil na região de Dacca.
Em novembro do ano passado, 13 pessoas morreram na queda de uma ponte em construção na cidade portuária de Chitagong.

prédio de oito andares que abrigava fábricas e um shopping center desabou nesta quarta-feira na periferia da capital de Bangladesh  (Foto: Andrew Biraj/Reuters)

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Cariocas, mineiros e Palmeiras anunciam boicote a torneios de base que São Paulo participar


Clubes acusam São Paulo de assediar pais de jovens de outros times

Os principais clubes do país anunciaram que boicotarão competições de base que tiverem o São Paulo como participante. A medida é definida pelas equipes descontentes como um protesto à conduta adotada pelo clube do Morumbi na captação de jovens atletas.

Os clubes acusam o São Paulo de aliciar os pais de jovens atletas de outros clubes, que quebraria suposto "código de ética" firmado entre os times grandes.

Integram o boicote o Botafogo, Flamengo, Fluminense, Vasco e Palmeiras, Atlético-MG, Vitória, Ponte Preta , Coritiba, Cruzeiro e Goiás. O Santos não se pronunciou. Já o Corinthians participou das conversas com os clubes, mas adota discurso neutro.

O primeiro campeonato sem os descontentes com o São Paulo é a Copa 2 de Julho sub-17, que será realizado de 1º a 13 de julho, na Bahia.

"Onde o São Paulo estiver, o Flamengo e todos os outros clubes da Série A não estarão. Precisamos dar um basta nesse aliciamento", disse Carlos Noval, diretor das categorias de base do Flamengo.

A ideia é que o boicote se estenda para outras competições na temporada.

"Não será apenas o 2 de Julho, na Bahia, mas qualquer competição que o São Paulo for participar. Antes de tomarmos essa atitude tentamos dialogar, mas eles ignoraram a situação. Se nada mudar iremos boicotar também a Copa São Paulo de juniores ", disse o gerente geral da base do Botafogo, Nei Souto.

A reportagem do UOL Esporte entrou em contato a diretoria do São Paulo. O clube informou que irá se inteirar sobre o anúncio do boicote, se pronunciando até o fim da tarde desta quarta-feira.

Por meio da assessoria de imprensa de seu departamento de base, o Palmeiras reforçou o boicote. O UOL Esporte apurou que o clube considera que foi uma resolução tomada em conjunto com todos os clubes porque são repetidos casos de aliciamento do São Paulo com os pais dos meninos.

Embora participe de reuniões para contestar a conduta do São Paulo na base, o Corinthians informou que não viu “graves erros” do São Paulo, salientando que não foi notificado sobre o boicote.

“O São Paulo tem sua maneira de atuar na base. Não tem que ficar chorando. Não tenho essa informação [sobre boicote]. E o Corinthians já não vem participando desse torneio há alguns anos [Copa 2 de Julho]. Provavelmente não participaremos, mas não por boicote, e sim por optar por competições internacionais”, disse Fernando Alba, diretor da base corintiana.

Assédio aos pais dos atletas

Os clubes acusam o São Paulo de assediar os pais dos atletas de outras equipes. Um contrato profissional só pode ser feito a partir dos 16 anos. Para segurar jovens com idade inferior a 16, os clubes afirmam existir “código de ética”, controlando transferências.

Um caso emblemático envolve o meia Lucas, atualmente no PSG. O Corinthians alega que o time tricolor ofereceu enorme quantia aos pais do atleta, que na época não tinha vínculo profissional com o Corinthians.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Proposta que tira direitos de domésticos não vai avançar no Congresso, diz Renan


O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) divulgou nota nesta quarta-feira (23) para defender a manutenção integral dos direitos aprovados pelo Congresso na emenda constitucional dos empregados domésticos.

Em nota, o parlamentar afirmou que não vai permitir que propostas que retirem os direitos já assegurados pela emenda sejam aprovadas pelo Legislativo.

"Reitero o completo apoio à concessão integral de todos os direitos, exatamente como conferido aos demais trabalhadores. Nada que vise suprimir ou mitigar os direitos já assegurados irá avançar no parlamento", escreveu.

A nota foi um recado para o também senador Romero Jucá (PMDB-RR), relator da comissão que analisa a regulamentação da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) dos empregados domésticos e segundo vice-presidente da Casa.

As críticas de Renan a Jucá fortalecem as articulações do Palácio do Planalto para ficar com a "paternidade" dos projetos que vão tramitar no Congresso para regulamentar a emenda. A presidente Dilma Rousseff determinou aos aliados que interfiram no tema para que o Planalto tenha a palavra final sobre as mudanças.

Ontem, a Casa Civil suspendeu reunião que teria com Jucá para o senador discutir a minuta de suas propostas, e a ministra Ideli Salvatti (Relações Institucionais) disse publicamente que cabe ao Executivo a autoria do projeto porque ele traz impactos na Previdência Social e no Orçamento da União.

O relator defende mudanças que, na prática, reduzem os direitos conquistados com a aprovação da proposta --como redução na multa de 40% FGTS para demissões sem justa causa, criação de banco de horas para a categoria e a possibilidade de trabalho além das 44 horas semanais fixadas pela emenda.

DIREITOS IGUAIS

Renan escreveu que, quando afirmou que o Congresso fechava a "última senzala brasileira" com a aprovação da PEC, seu objetivo era dar "completo apoio à concessão integral de todos os direitos, exatamente como conferido aos demais trabalhadores".

"O Congresso deve, sim, facilitar e simplificar a relação trabalhista e observar, na regulamentação, especificidades como os empregados que almoçam e dormem no trabalho, mas, em nenhuma hipótese deve dar com uma mão e retirar com a outra", diz a nota.

Segundo o presidente do Senado, o Legislativo não pode "em nenhuma hipótese" retirar direitos conquistados. "Não tem lógica demorarmos 125 anos após o fim da escravidão para fazer Justiça e vermos ensaios para minimizar direitos apenas um mês após a promulgação."

REGULAMENTAÇÃO

Sete itens da emenda, segundo Renan, ainda precisam de regulamentação do Congresso e não poderão sofrer "nenhuma discriminação ou tentativas de redução de direitos".

São eles: seguro-desemprego, indenização em demissões sem justa causa, conta no FGTS, salário-família, adicional noturno, auxílio-creche e seguro contra acidente de trabalho. "Meio direito não é direito, nem certo", disse Renan na nota.

ROMERO JUCÁ

Irritado com a pressão para desistir de suas propostas, Jucá prometeu divulgar hoje a íntegra de suas sugestões para a regulamentação da PEC, mas mudou de ideia após emissários do Palácio do Planalto lhe pedirem para esperar mais alguns dias até a Casa Civil analisar o texto.

Mesmo sob bombardeio do governo, o relator optou por não entrar em rota de colisão com o Planalto. Jucá também ia apresentar a minuta amanhã à comissão que discute a emenda, mas a reunião foi desmarcada.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Teto de escola desaba sobre 15 alunos e um professor no Piauí


Teto de escola desaba em sala de aula em Campo Largo do Piauí
O teto de uma sala de aula da Escola Municipal Eustáquio Portela Nunes, localizada na zona rural do município de Campo Largo do Piauí (a 182 km de Teresina), desabou na tarde desta terça-feira (23) durante o horário de aula.

No momento em que o telhado caiu, 15 alunos e um professor estavam na sala de aula atingida. Segundo a Secretaria Municipal de Educação, apesar dos estragos, apenas um aluno se feriu com gravidade. Ele foi levado para o hospital do município de Porto, a 15 km de Campo Largo do Piauí, pois a cidade possui apenas posto médico. O aluno passa bem e já recebeu alta.

  • Portal O Dia/ Chamada Geral Parnaíba/ Divulgação
    No momento em que o telhado caiu, 15 alunos e um professor estavam na sala de aula atingida
No momento do desabamento não chovia e a direção afirmou que não havia sinais de que o telhado poderia desabar. A direção da escola suspendeu as aulas até que seja providenciado outro espaço para os alunos estudarem.

A Secretaria de Educação informou ao UOL que a escola está interditada e as aulas serão retomadas em outro prédio. O órgão ainda não sabe onde será esse novo espaço.

Nesta quarta-feira (24), uma equipe de psicólogos, assistentes sociais e enfermeiros estão visitando as famílias dos alunos para prestar ajuda psicológica. 

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Para delegado, versão de que partes de Eliza foram atiradas a cães é mentirosa


Delegado Edson Moreira (centro), responsável pelo inquérito policial do desaparecimento e morte de Eliza Samudio
O ex-delegado Edson Moreira, responsável pela chefia das investigações sobre o sumiço de Eliza Samudio, negou na tarde desta quarta-feira (24) que a mão da ex-amante do goleiro Bruno, condenado a 22 anos pelo sequestro e morte da ex-modelo, teria sido arrancada e jogada aos cães. Ele depõe no julgamento do ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, acusado de ser o executor de Eliza Samudio.

Segundo a investigação, Jorge Luiz Lisboa Rosa, uma das principais testemunhas do caso e que colaborou com a polícia, a mão de Eliza teria jogada a cães da raça rottweiller, pelo ex-policial, na cidade de Vespasiano, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Segundo a primeira versão de Rosa, que era menor de idade em 2010, ele e Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, também condenado pelo crime, teriam levado Eliza e o filho dela até a casa de Bola. No local, a moça supostamente foi morta por asfixia e esquartejada.   

"Nós estamos diante de um especialista na arte de matar e dissimular [referindo-se a Bola]. Então, [ele] asfixiou a vítima, quase não saiu sangue. Ele pediu aos dois [Macarrão e Rosa] que saíssem do recinto, que ele ia picar a vítima", disse Moreira.

"Passou-se um tempo. O autor [Bola] sai simulando que tinha picado a vítima e fala: 'olha a mão dela', e joga no canil. Os dois saem correndo do local. Aquilo foi um dissimulação do autor, que não queria que eles soubessem onde o corpo seria jogado para que, no futuro, [caso a polícia os interrogasse] pudesse desacreditar as testemunhas",  disse o ex-policial.

Os cães de Bola chegaram a ser alvo de perícia feita pela Polícia Civil mineira, mas não se comprovou que eles teriam ingerido carne humana. 

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Fora dos planos, Ibson e Alex Silva são liberados pelo Fla para buscar clube


Jorginho (d) informou à diretoria que não pretendia mais contar com Ibson (e) no elenco

Após uma reunião na noite da última terça-feira, o Flamengo começou a liberar alguns jogadores que não fazem mais parte dos planos do técnico Jorginho. E os dois primeiros informados que não devem seguir no clube foram Alex Silva e  Ibson. O empresário do zagueiro, Orlando Almeida, revelou que o diretor de futebol do rubro-negro, Paulo Pelaipe, entrou em contato para comunicar a decisão.

“Ontem [terça] mesmo, após a reunião entre eles [diretoria e comissão técnica], o Pelaipe me ligou e informou que o Alex estava liberado para negociar com outros clubes. Como não está nos planos do Flamengo, vamos procurar um futuro melhor para ele”, disse Orlando.

“Existem algumas sondagens de clubes do Brasil, mas nada de concreto. E o Flamengo também precisa ser consultado na negociação, já que o Alex tem contrato até 2014. Precisamos definir o formato destas saída, se seria um empréstimo, venda ou outra hipótese”, esclareceu o empresário do zagueiro.

Alex Silva tem contrato com o Flamengo até junho de 2014 e uma passagem pelo clube recheada de polêmicas. Em 2012, ele abandonou a delegação às vésperas de uma partida decisiva pela Libertadores por conta de atrasos de salários, foi emprestado ao Cruzeiro e retornou no fim do ano. Em 2013, ganhou chances com Jorginho, mas falhou, foi perseguido pela torcida e pediu para treinar separadamente.

Ibson seguirá o mesmo caminho. Seu caso, porém, deverá ser resolvido apenas nos próximos dias. O empresário do jogador, Eduardo Uram, comunicou à diretoria rubro-negra que está viajando para fora do Brasil e só poderá resolver a saída de seu cliente quando retornar ao país.

"Informamos aos respectivos empresários que Ibson e Alex Silva não estão nos planos da comissão técnica. Eles ficarão treinando separadamente até que se encontre um destino, um novo clube", ratificou o diretor Paulo Pelaipe.

Cleber Santana perto de sair
Cleber Santana, por mais que não estivesse na lista inicial de dispensas da comissão técnica, também está perto de sair do clube. Com propostas de Joinville, Náutico e, principalmente, Avaí, o meia mantém conversas avançadas com o time da capital catarinense e pode se transferir nos próximos dias.

O Avaí ofereceu um salário considerado alto e um contrato de cerca de três anos, que acabou deixando o jogador empolgado. Uma definição deverá ocorrer ainda nesta semana.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››