RÁDIO CIDADE AO VIVO

quinta-feira, abril 25, 2013

Em reunião, professores tentam encontrar soluções que beneficie a categoria.


A classe dos Professores de Itaú-RN realizou reunião na Câmara Municipal na manhã de ontem (quarta-feira, 24) que iniciou-se por volta das 9:20, aberta pelo vereador Ítalo Medeiros que cumprimentou a presença de todos, justificando a falta do Vereador Presidente Paulo Moreira (PHS). O vereador convidou a Presidenta do Sindicato (SINDSERTRIS) Francisca Emirene Lucena de Araújo, a secretária Nilza Maria Souza Campos, a vice presidenta Maria Alexsandra Ferreira Maia, o presidente do Fundeb Stênio Maia de Lima para fazerem parte da mesa e a Secretária de Educação Maria Mirianete Brasil.


A vice presidenta Alexsandra iniciou a reunião agradecendo a Deus pelo momento vivido e pelo espaço cedido pela Câmara para realização da reunião, agradecendo a todos os presentes, lamentando a falta de descompromissos dos demais vereadores que não compareceram nessa luta, onde apenas o vice e o presidente da Câmara enviaram justificativa, Gildo Pinheiro (PR) e Paulo Moreira (PHS) respectivamente. Lamentou também a ausência do Prefeito Municipal Ciro Bezerra que também não justificou a sua falta. Comparecendo apenas os vereadores Ítalo Medeiros (PMDB) e Márcio Lima (PSB).

Alexsandra começou explicando sua visita ao estúdio da Rádio Cidade no dia anterior (terça-feira, 23), onde um assessor marcaria presença na reunião desta quarta-feira, porém os compromissos em outros municípios do RN, não teve tempo hábil de estar na reunião no município de Itaú-RN. Prometendo a presença do mesmo em uma outra reunião com o Prefeito Municipal Ciro Bezerra.

A representante da classe explicou o porquê da Parada dos Professores dizendo que não era somente do município de Itaú e sim Nacional. Em seguida apresentou os pontos de reivindicação da categoria para a secretária de Educação Mirianete Brasil.

O primeiro deles foi o Piso Salarial dos Professores, dizendo que os municípios precisavam unir-se para exigir o pagamento do piso. Apresentando os dados do IDEB que sempre vem trazendo elevação.


Alexsandra relatou que o sindicato já havia entrado em contato com o Prefeito Ciro Bezerra, em reunião, falando sobre as exigências da categoria, para o mesmo ficar a par do assunto, dizendo que precisaria conhecer os pontos e em seguida cumprir com as necessidades da categoria, ficando ajustado, se possível, pagar 10% a categoria, revendo demais percas que poderiam ser revistas e pagas de junho a dezembro, porém, o mesmo percebeu ser inviável a liberação dos 10%, sendo repassado 7,97% a partir de fevereiro/2013.

A representante da categoria questionou o prefeito municipal, na reunião passada, se o município tem tanto professor, porque contratar professor?; porque de acordo com ela a justificativa dada pelo poder executivo, existe um grande número de professores e com isso não dá para pagar o piso. Em seguida foi levanta a questão dos professores que não querem estar em sala de aula, mas querem permanecer recebendo o salário como se estivesse em sala de aula; justificando que estão doentes e não podem dar aula e assim designam.

Os outros pontos apresentados pela categoria foram: a carga horária, onde a jornada de trabalho seja de acordo com a lei do fundeb; O Calendário de Pagamento, um calendário de Licença Prêmio, avaliação das Referencias dos funcionários, e o Terço de Férias.

Alexsandra como conselheira da previdência do município, pediu para que os servidores fizessem as fiscalizações, não deixando somente a cargo dos conselheiros.

A presidenta do Sindicato Emirene disse que somente os municípios de Itaú e Severiano Melo resolveram parar os três (03) dias, pelo fato dos demais municípios receberem o piso salarial e carga horária, vendo assim não necessário a adesão. Reafirmou a conversa que teve com o prefeito, onde o mesmo se comprometeu em cumprir as ações, mas não cumpriu, e estavam ali refazendo uma cobrança.

Emirene disse que os professores estão tendo uma perda de 14,59%, tendo um reajusto em fevereiro, faltando o retroativo de janeiro, cobrando assim soluções da prefeitura municipal. A presidenta falou da divisão do pagamento dos professores que deveria ser repassado em igual período, cobrando da secretária de educação algo positivo, para que a parada não seja em vão.

O presidente do FUNDEB, Stênio Maia, apresentou o descumprimento da jornada de trabalho dos professores que não estão sendo pagas as horas extras. Dizendo que não estão lutando só por salários mais por qualidade na educação. Denunciando que a política educacional está indo de contra mão, quando contrata funcionários que não são do quadro. Stênio cobrou também as eleições nas escolas, onde só através das eleições haverá autonomia e liberdade na defesa dos direitos dos trabalhadores da educação.

Uma professora aproveitou para expressar o bom momento vivido pela categoria, em que estão se mobilizando e a administração está aberta para sentar e conversar, e as pessoas que estavam na frente das secretarias era que mais lutavam a favor da educação.

O Vereador Ítalo Medeiros (PMDB) passando a palavra para a Secretária de Educação, pediu atenção dos presentes a tudo o que estava sendo falando e se ficasse dúvidas perguntassem, porque aquele era o momento de não saírem dali questionando algo não entendido.

Mirianete Brasil começou parabenizando a classe dos professores por estarem unidas, mesmo não reunindo 50%, dizendo ser de direito, lutar e até mesmo parar, desde que depois reponha as aulas perdidas, pois os alunos não podem sair prejudicados; dando sequência explicando os questionamentos da vice-presidenta Alexsandra pedindo a compreensão de todos, justificando que a política interfere em todos os setores da administração, mesmo sendo contra. Sendo difícil administrar diante dessa situação, onde muitas vezes é tachada como ruim, besta e nojenta. Argumentando que mesmo sendo Secretária de Educação, e tendo o poder de execução de ordem, não pode usar, porque os secretários não ordenam, e muitas decisões fogem do controle do secretário, vindo a interferência do Prefeito que é o poder maior, sendo necessário voltar a trás.

Mirianete disse que existe sim um grande número de professores no quadro da prefeitura, porém é obrigada a contratar professores, justificando que há professores em readaptação de função, tem professor que não está em readaptação, mas está doente e não pode lecionar, mesmo sendo contra os profissionais ganharem sem trabalhar.

O Vereador Ítalo questionou a secretária se existe no município um plano de incentivo para os professores que estão em sala de aula. A secretária disse que no plano anterior existia, mas hoje não existe mais devido o piso, mas é algo que está em pensamento da atual administração. E tudo isso só acontece devido os apadrinhamentos políticos, tornando a situação difícil, não aceitando alguém em São Paulo e uma pessoa trabalhando no lugar, sendo inadmissível, pois o prefeito está acima dela, fazendo assim as coisas sair do controle da secretária.

A presidenta do sindicato apontou um caso como sugestão que aconteceu no município de Severiano Melo, quando em caso de professores que não estão em sala de aula, estão numa secretaria, ou na educação, existem os arrumados políticos, nesse caso com muita luta esse professor é retirado do quadro do FUNDEB, onde o conselho conversa com o profissional, explicando que se o mesmo deseja sair da sala de aula, também sairá do quadro do FUNDEB.

A Secretária justificou que no município não existe pessoas nesse caso, apenas enquadrados em atividades pedagógicas, como sala de leitura e apoio pedagógico. Ao termino da reunião a reportagem do Cidade News aproveitou para questionar a presidenta do sindicato se na lei isso era permitido, ou existia alguma forma de fazer uma denúncia para remoção desses profissionais do quadro, porém a maneira como acontece no município está tudo na legalidade, visto que há um apadrinhamento político dos casos, gerando desconforto na categoria.

A presidenta sugeriu que o número seguisse o plano de cargo, pois existe um total x de cargos. Só assim os professores, conselheiros poderiam fiscalizar e evitar esses desconfortos.

Em relação as referências a secretária disse que elas haviam sido mudas em 2010 sem avaliação. Já sobre o calendário, a mesma disse que já foi traçado com o prefeito, e para justificar a diferença nos dias de pagamentos, apontou a variação de recursos, demonstrando através de valores repassados pelo governo referente ao mês de março.

A professora Leônia Rêgo demonstrou sua insatisfação em relação a classe da educação infantil, onde eles se consideram desvalorizados, não somente em relação ao pagamento, mas até mesmo pela própria comunidade escolar, quando abusam da vontade dos professores, que são obrigados a permaneceram no ambiente escolar até a saída da última criança, sendo muitas vezes obrigadas a levarem até as suas residências esperando a boa vontade de cada um vir apanhar o seu filho, já sobre o pagamento a mesma agradeceu o desengavetameto do FUNDEB, antigo FUNDEF, dizendo que muitos professores já estavam desesperançosos em receber o benefício, deixando-os angustiados quando vão sacar o dinheiro, e o mesmo não está, sendo que outros professores anunciam o recebimento a dias. A secretária ainda brincou e disse que iria pedir para o tesoureiro inverter os repasses, arrancando aplausos dos prejudicados com a espera dos repasses. Mirianete sugeriu a solução do problema com a criação do calendário através das terminações, comprometendo-se em apresentar os questionamentos ao prefeito municipal.

A sindicalista Emirene disse que em seu município eles conseguiram provar que era possível a educação funcionar sem a contratação de professores, com isso Mirianete pediu a participação do conselho do FUNDEB, para ela um conselho atuante ajuda a administração caminhar, eximindo culpa de uma única pessoa. Foi quando uma servidora mencionou que na escola a qual ela trabalha existem 10 professores fora da sala de aula.

Foi quando a secretária pediu para que ao fazerem reivindicação ao executivo, façam por escrito, enviem ofício, porque de boca não tem como provar o acordo.

O redator e apresentador do Cidade News Itaú vendo a falta de entendimento dos servidores, resolveu apresentar o seu ponto de vista a classe dos professores, onde foi possível perceber que mesmo organizados para a realização da parada nacional, os mesmos apresentavam um certo despreparo na hora de reivindicar os seus direitos, ou seja, a classe que buscava o interesse de um todo, espera apenas que uma única pessoa, ou um grupo de duas ou três pessoas fossem responsável pelas exigências, foi quando denunciei que o medo a represália, os professores preferem calar-se diante do poder executivo.

O exemplo da comunidade de Severiano Melo, de um conselho organizado e atuante, sabem o que realmente estão buscando, o real objetivo de uma manifestação, algo que não foi visto no município de Itaú pela nossa reportagem, pois muitos ali nem sabiam quem fazia parte dos conselhos.

A secretária de educação mesmo dizendo está do lado dos servidos, muitos preferem olhar a situação de uma maneira avessa, mostrando a falta de compromisso com uma causa, que ao invés de buscar soluções preferem gerar mais problemas, como se estivesse em busca de um interesse próprio ao invés do grupo de servidores, fazendo com que o tempo seja perdido, e o que era para se ter uma solução acaba na mesma, sem nenhuma tomada de decisão.

O nosso intuito, como meio de comunicação, não é defender um partido político, ou uma secretaria, uma administração, um sindicato, e sim, apresentar a sociedade como o quão é importante esse tipo de manifesto, mas quando o mesmo há uma elaboração e todos cumpram o seu papel. O que foi visto e denunciado por muitos, foi o medo de diretores e secretários, recusarem a Parada por estar ligado ao poder executivo, deixando de lado seus interesses para satisfazer um poder maior, mesmo sabendo está errado. Algo que também recebeu críticas da secretária de educação, quando apresentou a covardia de servidores municipais que não lutam por seus direitos, assim como o pouco caso por parte dos vereadores do município, que preferem fechar os olhos para não desagradar o regime, apresentado desculpas esfarrapadas para não apoiar o direito do povo.

Foi quando uma servidora parabenizou o incentivo e a coragem da secretária e pedir ajuda, ao dizer que acha importante essa manifestação, mas que ela sozinha está de mãos atadas, e só com a intervenção do conselho e a fiscalização de cada servidor a coisa possa ser cumprida de acordo com o papel. O vereador Ítalo também saiu em defesa da secretária quando disse que aquele momento o convite deveria ser lançado ao Prefeito, para ele estar ali, porque Mirianete não poderia responder todas as questões.

A partir daí iniciou-se outra discussão quando a secretária disse que o Prefeito não havia recebido o oficio, convocando para a reunião, gerando desconforto por parte dos sindicalistas que mostram o documento assinado comprovando o recebimento pelo assessor de gabinete do prefeito, responsabilizando o mesmo pelo descompromisso de não entregar ao prefeito Ciro Bezerra.



Apresentou-se questões sobre as licenças dos funcionários, visto que muitos funcionários são beneficiados e outros não, onde foram apresentados soluções para o problema.
A secretária mostrou aos professores que todos os erros apresentados por eles é de conhecimento da mesma, mas ela não ordena, e quando a política interfere nada vai pra frente, e se dependesse dela a situação era diferente, pois ela não apoia, mas permanece de mãos atadas.

Emirene questionou a secretária se o prefeito chegou a falar com a mesma a respeito das percas, foi quando a secretária disse estar difícil para o prefeito analisar e estudar, por estar entrando na gestão agora, e não há tempo de tomar conhecimento de certos assuntos da administração, devido o acumulo de atendimento a comunidade quando comparece a prefeitura. Prosseguindo perguntando sobre a jornada de trabalho, porém algo que ficou sem respostas devido as leis deixarem brechas sobre o assunto.

O vereador Ítalo Medeiros disse ser um absurdo um prefeito não tirar um tempo para ficar a par dos assuntos da administração.

Os debates iam e vim girando em torno de um mesmo assunto, gerando um desconforto, onde alguns professores abandonaram a reunião devido o prolongamento da mesma, a secretária retirou-se antes do término por haver outros compromisso a ser cumpridos. O vereador Márcio Lima gostaria de expressar alguns assuntos, mas ficou na vontade, porque não iria expor suas indagações sem a presença da secretária.

Depois de muitas discussões que não viabilizavam um acordo foi criada uma Comissão especial para que os assuntos sejam levados ao poder executivo, exigindo ações e soluções para os pontos apresentados. Sendo escolhidos Leônia como representante dos professores da educação infantil; Iêda, representante dos professores do ensino fundamental; Alexsandra, representante do sindicato, Stênio, representante do FUNDEB e Márcio Lima, representa da casa legislativa

A reunião encerrou com o convite para a programação de hoje logo mais 16h na sede do sindicato, onde todos são convidados a participar.









Arlindo Maia da Redação do Cidade News
Leia Mais ››

Polícia do Paraná prende pedófilos que atraíam meninos pelo Facebook


A Polícia Civil do Paraná prendeu dois homens suspeitos de pedofilia que utilizavam o Facebook para se aproximar e abusar de meninos. Os acusados foram detidos na última sexta-feira, no momento em que entregavam uma câmera fotográfica a um menino de 12 anos, em Piraquara (PR), na região metropolitana de Curitiba. Edison Mariano Atanásio, 29 anos, e Waldomiro Rodrigues da Silva, 36 anos, eram procurados pela polícia desde que o pai de um adolescente denunciou que o garoto estava sendo assediado pela dupla.

Com os suspeitos, o Centro de Operações Especiais (Cope) da Polícia Civil apreendeu 32 mil imagens de meninos nus, mantendo relações sexuais com adultos e se relacionando entre eles. "Descobrimos que eles não só tinham imagens das crianças, como em alguns casos chegaram a manter relações com os garotos", disse o delegado titular do Cope, Amarildo José Antunes. "Eles chegaram a obter material pornográfico de um menino de 5 anos e mantiveram relações com dois irmãos gêmeos. Após isso, obrigaram os dois irmãos a manterem relações entre si”, afirmou ele.

O delegado Antunes disse que, desde que a dupla foi presa, já foram identificadas nove vítimas. "O Atanásio é soropositivo, o que mais assusta aos pais das crianças que descobriram que seus filhos foram abusados ou correram esse risco ao se aproximarem da dupla", afirmou.

Pai descobre assédio ao filho pelo Facebook e faz denúncia
O Cope prendeu a dupla graças à ação do pai de um garoto de 12 anos, que descobriu que o filho estava sendo assediado. "Ele descobriu que o filho estava tendo conversas estranhas pelo Facebook. Entrou no meio da conversa, inibiu o pedófilo, mas em seguida ele voltou a procurar o garoto. Então, o pai veio até o Cope e nós conseguimos prender os dois", afirmou o delegado.

Antunes explicou que a dupla sempre utilizava as rede sociais para chegar até os garotos. Eles criavam perfis falsos de crianças e pediam para que a vítima ficasse nua e se masturbasse em frente à webcam. "Para aqueles que não tinham webcam, eles disponibilizavam câmeras fotográficas. Foi numa dessas ações que nós os prendemos", disse. A dupla oferecia entre R$ 5 e R$ 10 para que os meninos gravassem os vídeos.

Os suspeitos costumavam também participar de grupos envolvendo crianças, como de igrejas e de escoteiros, para poder se aproximar das vítimas. O delegado salientou que a dupla não se contentava apenas em fotografar e filmar os meninos.

"Eles chegavam a manter relações sexuais com eles. Há casos em que eles mantiveram relações com o menino dentro da casa dele, quando os pais saíam de casa", disse Antunes. A sede de uma organização não-governamental (ONG) em Rio Branco do Sul e uma chácara em Piraquara também foram usadas como palcos dos crimes.

Reprodução Cidade News Itaú via Intervalo da Notícia
Leia Mais ››

Casa é atingida por raio na zona rural de Taboleiro Grande


Um raio caiu na zona rural de Taboleiro Grande nesta noite de ontem (24) para amanhecer hoje (25), o fato aconteceu no sítio Pau Mocó a 09 Km  da cidade, segundo a dona da casa estava chovendo naquele momento com trovões e relâmpagos, lembrando que choveu 85 milímetros ontem naquela localidade, a mesma se encontrava já deitada no quarto juntamente com o seu filho quando aconteceu a queda do raio, que atingiu a parede do local onde estava, o filho ainda sofreu um pequeno ferimento na cabeça e a mãe foi jogada para a parede do quarto com o impacto do raio, várias outras coisas ficaram danificadas como o espelho que se encontrava no quarto e quebrou totalmente o vidro, uma ponta de linha e até mesmo o piso da cozinha.


Parede do quarto
Espelho quebrado

O fenômeno atingiu as casas vizinhas chegando a queimar produtos eletrônicos, estourando tomadas, fios elétricos, caixa de energia e etc.

Caixa de energia da casa vizinha




Um sítio com 1 km de distância foi atingido chegando a derrubar as chamadas canelas da rede elétrica, deixando o mesmo sem energia, algumas pessoas acreditam que o raio caiu naquele local devido a rede elétrica vim de outra residência e a casa atingida não tinha fio terra.



Reprodução Cidade News Itaú via Taboleiro Grande News
Leia Mais ››

Tribunal de Justiça absolve irmão de Wilma no processo do Foliaduto


carlos farias
O irmão da ex-governadora e atual vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, do PSB, Carlos Faria foi absolvido do processo que apura um dos mais populares esquemas denunciados na gestão “wilmista”: o Foliaduto. A decisão foi proferida pelo Tribunal de Justiça na semana passada, mas somente agora foi divulgada pelas partes. Para o relator do processo, desembargador Dilermando Mota, “não houve ato ou fato ímprobo” que possa ser atribuído a Carlos Faria.

É importante ressaltar que essa análise do TJ ocorre mesmo com o fato de Carlos Faria ter sido secretário-chefe do Gabinete Civil do Governo do Estado quando a denúncia foi formulada, em 2006. E mais: segundo o voto do relator, seguido pelos colegas de 1ª Câmara Cível do TJ, Carlos Faria não passou nem mesmo “perto” de ser condenado por envolvimento no esquema que desviava recursos públicos por meio da contratação de bandas para shows que jamais existiram.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Show do cantor Luan Santana em Alto do Rodrigues custou R$ 400 mil


luan santana

O show do cantor Luan Santana na cidade de Alto do Rodrigues, fato que está sendo investigado pelo Ministério público, custou quase R$ 400 mil.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Padre declara apoio a gays, causa polêmica e bispo pede retratação


O padre Beto é conhecido por abordar posturas contraditórias à da Igreja Católica Foto: Facebook / Reprodução
Após declarações feitas em rede sociais sobre temas como bissexualidade, infidelidade e avaliações sobre os costumes da própria Igreja Católica, um padre de Bauru (SP) terá de se retratar publicamente por determinação da Diocese local, além de retirar todo o conteúdo divulgado na internet. A ordem, publicada no site da Diocese, causou mal estar na comunidade católica de Bauru. Roberto Francisco Daniel, o padre Beto, é conhecido por abordar durante as homilias, em textos publicados por ele em jornais e nas páginas pessoais no Facebook e no Twitter, posturas consideradas contraditórias às pregadas pela Igreja Católica.

Em um vídeo publicado no YouTube, o pároco aparece sentado em uma mesa de bar comentando temas considerados polêmicos por fiéis católicos. Em um trecho, ele opina sobre a bissexualidade e a fidelidade no casamento.

“Isso tem acontecido hoje com mais frequência por causa da liberação sexual, do homem se apaixonar por outro homem e da mulher se apaixonar por outra mulher, e os dois sendo casados. Aqui, existe amor também. Quer dizer, é ele amando uma outra pessoa que é do mesmo sexo e que ele está se descobrindo. Agora, tanto um amor quanto outro amor é preciso decidir: qual vida eu quero levar? O que não pode é a traição. Uma pessoa que tem um relacionamento extraconjugal e que esse relacionamento é aceito pelo cônjuge, aqui existe fidelidade. O que é fidelidade? Fidelidade é transparência”, diz o padre durante o vídeo.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Jovem é morta com 13 facadas na cidade de São Mamede na Paraíba


Uma mulher foi esfaqueada na manhã desta quinta-feira, (25), em praça pública na cidade de São Mamede. A vítima foi Elaine Lima, de 23 anos, natural de São Paulo. 

De acordo com as primeiras informações, Elaine foi atingida com 13 facadas em vários locais do corpo por um homem, por volta das 11h:00.

A vítima foi socorrida e encaminhada para o Hospital Regional de Patos, onde deu entrada por volta de 12h:00, foi submetida a uma intervenção cirúrgica, porém, não resistiu aos ferimentos e veio à óbito.

Segundo informações repassadas ao maispatos.com pelo Soldado Possidônio, o acusado é funcionário público da cidade de São Mamede e já foi preso pela Polícia. Elaine era viúva e residia em São Paulo e veio à Paraíba agilizar uma documentação para dar entrada na sua pensão. Elaine deixa um filho de 2 anos de idade.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Brasil recebe 4,5% mais turistas estrangeiros em 2012


Em 2012, o Brasil recebeu 4,5% mais estrangeiros do que em 2011. Foram 5,7 milhões de visitantes: 243.489 a mais do que no ano anterior. Segundo levantamento do Ministério do Turismo, os turistas vêm, principalmente, da América do Sul. O continente é responsável por 46,3% do total.

Do total de estrangeiros que visitam o Brasil, a maioria é argentina. Em seguida, estão os americanos e, em terceiro lugar, os alemães. Houve uma retração nos números relativos a países da Europa, como Portugal (8,2% do total), Grécia (1,2%) e Espanha (5,2%).

São Paulo é a principal porta de entrada dos turistas estrangeiros: foram mais de 2 milhões de chegadas em 2012. O Rio de Janeiro aparece em primeiro lugar na lista de destinos de lazer, com 1,1 milhão de turistas.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Ministro da Integração confirma liberação de R$ 6 milhões para combate a seca no RN


Ministro Fernando  Bezerra - Ministério da Integração Fot Mariana Di Pietro (8)
Em audiência com o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, a governadora Rosalba Ciarlini recebeu a confirmação da liberação de R$ 6 milhões para a compra de máquinas perfuratrizes, que irão contribuir para as ações de enfrentamento aos efeitos da estiagem no Rio Grande do Norte.

Além disso, a chefe do Executivo Estadual também recebeu do ministro a informação de que R$ 60 milhões do PAC Estiagem serão liberados para a construção das barragens de Poço de Varas e Pedra Branca, além da ampliação do sistema de abastecimento de água em São Miguel.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Emparn registra 1.350 milímetros na Região Oeste e prevê mais chuva


chuva oeste
A Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) registrou 1.350 milímetros na Mesorregião Oeste Potiguar em 29 municípios, entre 7h de ontem e 7h de hoje.

As maiores chuvas da região e do Estado ocorreram em Taboleiro Grande (92 milímetros), Portalegre (87 mm) e Major Sales (86 mm), todos na “Tromba do Elefante”. A Emparn registrou 58 postos com chuvas em todo o Rio Grande do Norte, conforme o mais recente boletim pluviométrico da empresa, divulgado hoje.

A previsão do tempo para amanhã (26) é de pancadas de chuvas e predominância de céu parcialmente nublado em todas as regiões do Estado. Isso ocorrerá, segundo a Emparn, devido à atuação da Zona de Convergência Intertropical, que tem provocado chuvas no Nordeste nos últimos dias.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

PM diz ter encontrado material usado em arrombamento de caixas no RN


Cilindro de gás e maçarico foram achados numa casa em São Gonçalo (Foto: Divulgação/PM)
Policiais militares da Companhia de Polícia de São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal, afirmam ter encontrado, na manhã desta quinta-feira (25), equipamentos usados em arrombamentos de caixas eletrônicos no Rio Grande do Norte. O material estava em uma casa abandonada. De acordo com o capitão Ivisson Lima de Araújo, a operação foi uma parceria entre a PM e a delegacia de Polícia Civil do município e contou com a ajuda do helicóptero Potiguar I, da Secretaria de Segurança Pública do estado.
Segundo o capitão, uma ligação anônima realizada na semana passada denunciou que o local era usado por uma quadrilha como ponto de apoio para criminosos. “A Polícia Civil fez algumas investigações, fizemos uma reunião e montamos a operação para hoje”, disse Ivisson. No entanto, ao chegar no local, a polícia não encontrou ninguém. “A casa é abandonada. Não tinha móveis. Era utilizada somente para guardar o cilindro de gás e o maçarico”, disse. "As investigações continuarão", concluiu.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Começa a 1ª etapa de recuperação do calçadão de Ponta Negra em Natal


Obras no calçadão de Ponta Negra na manhã desta quinta (25) (Foto: Alex Régis)
A obra de recuperação do calçadão da praia de Ponta Negra, zona Sul de Natal, começou na noite desta quarta-feira (24). Segundo a Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi)  o trabalho segue um cronograma de execução de acordo com a tábua de marés. As obras, que estão orçadas em R$ 4,8 milhões, serão pagas com recursos do Ministério da Integração Nacional.


As obras foram começaram  no final da Avenida Erivan França, trecho que dá acesso a saída da praia, com destino a Via Costeira. “Começou ontem e já estão sendo montados os primeiros 20 metros do enrocamento.

A equipe trabalhou das 18h até a meia-noite e retornou hoje [quinta] para o período das 7h às 12h”, informou o secretário adjunto de Obras da Semopi, Caio Pascoal.
Segundo o secretário, a orla tem 2,2 quilômetros de extensão, e o trabalho será feito em partes, a cada 20 metros de extensão. O serviço envolverá, diariamente, cerca de 40 operários, a utilização de caçambas, pás carregadeiras e escavadeiras hidráulicas. A obra será desenvolvida em direção ao Morro do Careca.

Caio Pascoal explicou que no trecho em obras foi iniciado a montagem dos primeiros 20 metros de fundação com a utilização de pedras de vários tamanhos e pesos. Concluído isso, será feito sobre ele o enrocamento que consiste na interposição de pedras maiores embaixo com pedras menores preenchendo os espaços vazios formando um talude sobre a fundação. Tudo isso está sendo construído com uma distância mínima de dois metros antes de chegar ao calçadão, espaço esse que depois será preenchido com areia.
“Daqui a 30 dias, iniciaremos a recuperação do calçadão nesse trecho onde foi feito o enrocamento”, disse o secretário de Obras. De acordo com ele, o calçadão receberá um piso intertravado de concreto semelhante ao utilizado na Via Costeira. O espaço entre ele e as obras de contenção será posteriormente urbanizado.
Quando as obras de enrocamento e de recuperação do calçadão estiverem concluídas serão feitas as definitivas, cujo estudo técnico será contratado nos próximos dias pela Semopi. Esse estudo irá definir a obra de proteção contra a erosão na praia que poderá ser espigão ou engorda, ou os dois juntos. Recursos nesse sentido estão sendo disponibilizados junto ao Ministério da Integração no valor de R$ 17,6 milhões.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Dedé entra na Justiça para driblar bloqueio e poder atuar pelo Cruzeiro


O zagueiro Dedé busca os seus direitos na Justiça para poder atuar pelo Cruzeiro
O que era esperado nos bastidores foi consumado nesta quinta-feira. O zagueiro Dedé entrou na Justiça do Trabalho para obter o desbloqueio dos direitos federativos e reunir condições para atuar pelo Cruzeiro. A iniciativa se deu por conta da barração da transferência para o clube mineiro em razão de dívidas do Vasco com a Fazenda Nacional.

Os representantes do camisa 26 decidiram tomar providências para viabilizar o direito do atleta em exercer a sua profissão independente do imbróglio envolvendo o antigo clube. Mas o zagueiro já não pode atuar no Campeonato Mineiro devido ao encerramento das inscrições. Inicialmente, a estreia só deve ocorrer no confronto contra o Resende, dia primeiro de maio, pela segunda fase da Copa do Brasil. Atualmente, o Cruzmaltino tem cerca de R$ 20 milhões penhorados por conta do passivo de R$ 50 milhões com a Fazenda Nacional.

O Vasco recebeu R$ 13 milhões do Cruzeiro e usou o montante para quitar salários atrasados, FGTS e demais acordos judiciais. O clube carioca ainda tem pouco mais de R$ 1,3 milhão parcelados para receber e que podem ser desviados diretamente para a Fazenda caso não aconteça um acordo.

Apesar da justificativa, o Cruzmaltino terá de prestar contas na Justiça para comprovar os gastos em torno dos valores pagos pelo Cruzeiro. No entanto, o clube mostra-se arredio sobre a possibilidade após a iniciativa do atleta em buscar os seus direitos.

“O Vasco foi intimado, mas tudo se desenrolou desde sexta-feira, e os valores deveriam ser destinados ao pagamento da dívida com a Fazenda. O clube pode até prestar contas, mas não irá fazê-lo. O Dedé ingressou na Justiça do Trabalho para tentar a sua liberação. O Vasco vai recorrer dessa liminar”, explicou Marcelo Macedo, advogado do Vasco, à Rádio Tupi.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Suspeitos de atentado em Boston planejavam atacar Nova York


Os suspeitos do atentado na Maratona de Boston, que matou três pessoas e deixou mais de 200 feridos, tinham a intenção de acabar com o resto de explosivos que ainda tinham na Times Square, em Nova York. A informação foi confirmada nesta quinta-feira (25) pelo prefeito nova-iorquino, Michael Bloomberg.

Dzhokhar Tsarnaev, que está detido acusado pelos ataques, disse inicialmente aos investigadores que ele e seu irmão, Tamerlan, planejavam ir para Nova York para ir a uma festa. Essa informação foi divulgada na quarta-feira (24) pelo chefe da polícia nova-iorquina, Ray Kelly.


No entanto, Dzhokhar afirmou depois que discutiu com Tamerlan a possibilidade de explodir uma bomba na Times Square, praça que é um dos principais pontos turísticos de Nova York.

Dzhokhar está internado em um hospital de Boston, após ter sido ferido no momento de sua prisão. Ele foi interrogado pelo FBI.

O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, afirmou, em uma entrevista coletiva, que recebeu a informação do FBI na noite de quarta-feira (24).

Segundo Bloomberg, os suspeitos já tinham até mesmo os explosivos prontos para o ataque. "Nova York continua sendo um dos alvos principais daqueles que odeiam os Estados Unidos", afirmou o prefeito.

Kelly contou que Dzhokhar esteve duas vezes em Nova York no ano passado, uma em abril e outra em novembro. No entanto, ele não soube dizer que as visitas tinham alguma relação com o atentado. 


Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Pista no Facebook leva polícia a identificar motorista que atropelou menina há 45 anos


Carolee Sadie Ashby, 4, morreu há 45 anos após ser atropelada por um carro em Fulton (EUA)
Um motorista que atropelou e matou uma garota de 4 anos na cidade de Fulton (EUA) em 1968 foi finalmente identificado, depois que um detetive aposentado fez um apelo no Facebook por informações sobre o crime.

Segundo o "Huffington Post", o policial aposentado Russ Johnson publicou no ano passado detalhes do crime ocorrido há 45 anos em sua página no Facebook. Uma mulher, que não teve a identidade revelada pela polícia, viu o post e deu uma pista que levou à identificação de Douglas Parkhurst, 62, morador de Oswego (EUA), como o motorista que atropelou e matou Carolee Sadie Ashby.

A mulher entrou em contato com policial aposentado, pelo Facebook, e contou ter sido abordada na mesma época do atropelamento por um membro da família de Parkhurst. Esse parente do motorista teria pedido a ela que desse um álibi, dizendo que estava junto dele naquela noite. A mulher se recusou a fornecer o álibi e também nunca soube o motivo do pedido.

Ao ler o post no Facebook, ela se lembrou do ocorrido e relacionou o pedido ao atropelamento de Carolee. Com essa informação, os policiais foram interrogar Parkhurst, que acabou admitindo ter bebido na noite do acidente e atropelado "algo". Ele alegou ter pensado que tinha atropelado um animal e depois ficou sabendo da morte da criança ao ser interrogado pela polícia em 1968.

Atropelamento

Em 1968, a garota, uma irmã e um primo estavam voltando para a casa depois de ir a uma loja comprar velas de aniversário quando Carolee foi atropelada. Parkhurst foi interrogado na época, depois de a polícia descobrir que ele tinha se envolvido em uma batida na mesma noite do crime.

Parkhurst confirmou que tinha batido o carro, mas mentiu à polícia, afirmando que o acidente tinha ocorrido na cidade vizinha de Volney. O irmão dele também estava no carro, mas dormindo no banco de trás.

O motorista não será indiciado pela polícia, porque pelas leis estaduais o crime prescreveu. O sargento de polícia Stephen Lunn Jr. afirmou, no entanto, que a solução do crime era importante. "Sempre foi nosso objetivo levar à família uma solução, qualquer que fosse."

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Ex-pagodeiro Waguinho tem prisão decretada por não pagar pensão


Solange Gomes e o o cantor Waguinho na "Banheira do Gugu", do "Domingo Legal"
O ex-pagodeiro e atual pastor Waguinho teve a prisão decretada por não pagar pensão alimentícia à filha, Stephanie, do relacionamento com a modelo Solange Gomes. A decisão é da juíza Daniela Brandão Ferreira, da 11ª Vara de Família do Rio de Janeiro.

Procurada pelo UOL, a advogada de Solange, Rosana Aparecida de Oliveira Miranda Nogueira, contou que Waguinho nunca pagou pensão ao longo dos 13 anos de Stephanie. "Ele só faz o pagamento da escola da filha e isso de alguns anos para cá. A Solange na verdade só recorreu à Justiça quando teve necessidade", explicou Rosana.

Indagada sobre valores, Rosana afirmou não poder revelar, uma vez que o processo corre em segredo de Justiça. "A prisão foi decretada no último dia 18, mas acredito que ele irá se apresentar", opinou. A prisão refere-se aos valores devidos desde abril de 2012, quando o processo foi reaberto.

Em 2004, Waguinho chegou a passar cinco dias na prisão pelo mesmo problema envolvendo a pensão da filha. Ele foi solto após pagar R$ 15 mil.

Ao UOL, a assessora de Waguinho contou que o pastor tem uma renda mensal de R$ 10 mil, que é dividida entre os cinco filhos. "Ele não tem condições de pagar oito salários mínimos a Stephanie", informou a assessora. "O máximo que pode acontecer é o Waguinho ser preso e evangelizar os detentos", frisou.

A assessora fez questão de frisar que a relação do ex-pagodeiro com a filha é "maravilhosa" e que recentemente a adolescente esteve junto ao pai em uma festa de família.

Waguinho e Solange se conheceram quando a modelo fazia parte do quadro "Banheira do Gugu", exibido pelo "Domingo Legal".

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Torcedores do Real Madrid protestam em aeroporto: "Menos milhões, mais colhões"


Torcedores do Real Madrid lamentam goleada sofrida para o Borussia Dortmund
A torcida do Real Madrid não digeriu bem a goleada sofrida por 4 a 1 para o Borussia Dortmund, na última quarta-feira, pela semifinal da Liga dos Campeões. Nesta quinta, os atletas merengues encontraram um grupo enfurecido no aeroporto Münster (perto de Dortmund), que protestou.

Irritados com o desempenho do time e também pelo fato da maioria dos jogadores não terem cumprimentado os torcedores que viajaram à Alemanha para ver o jogo, eles gritaram palavras de ordem e pediram, essencialmente, mais raça e vontade ao time.

"Menos milhões, mais colhões", foi um dos gritos mais ouvidos no aeroporto, segundo informou o jornal Marca, da Espanha. Também houve uma série de pedidos pela saída do técnico José Mourinho.

A partida de volta entre Real e Dortmund será na próxima terça-feira, no estádio Santiago Bernabéu, em Madri. O time da capital espanhola precisará buscar uma vitória por 3 a 0 ou por quatro gols de diferença para avançar direto à final - em caso de placar repetido, o duelo vai para a prorrogação.

Já o Borussia joga por um empate ou pode até mesmo perder por dois gols de diferença para ir à decisão da Champions League em busca de seu segundo título.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Seleção brasileira terá mais 11 amistosos em 2013


 Neymar após final da partida entre Brasil e Chile, no Mineirão, nesta quarta
De acordo com calendário divulgado na madrugada desta quinta-feira pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol), a seleção terá mais 11 amistosos para disputar em 2013. A entidade usará todas as datas Fifa e jogará também dois jogos fora do calendário da entidade, quando poderá chamar apenas atletas que atuam no Brasil.

Dos 11 jogos marcados, cinco já têm adversários definidos. São os dois amistosos antes da Copa das Confederações, contra França e Inglaterra, em junho, o jogo contra a Suíça, em agosto, e a edição do Superclássico das Américas, com dois jogos contra a Argentina.

Luiz Felipe Scolari diz contar com esses jogos para armar o time que disputará o Mundial. Até porque em 2014 antes da Copa há apenas uma data Fifa prevista para amistosos.

O calendário da CBF também confirmou que a preparação para a Copa das Confederações começará no dia 27 de maio, com apresentação no Rio de Janeiro. A lista com os jogadores convocados será divulgada duas semanas antes, em 14 de maio.

Caso o Brasil vá para a final da Copa das confederações, Felipão terá mais de duas dezenas de treinamentos com o time.

"Vocês podem esperar ai uma equipe melhor treinada, entrosada. Sem treino é comum o desacerto", afirmou o técnico após a má atuação do time no empate com o Chile, nesta quarta-feira, no Mineirão. 

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Palmeirense Valdivia está fora das decisões contra Santos e Tijuana


Valdivia realiza treinamento físico intenso na Academia de Futebol
Valdivia está fora das próximas duas partidas decisivas do Palmeiras: contra o Santos, pelas quartas de final do Campeonato Paulista, neste sábado, e contra o Tijuana, pelas oitavas de final da Libertadores, na semana que vem.

O meia reclamou de dores e foi vetado pelo departamento médico alviverde. Ele não participou do treinamento realizado ontem no campo de futebol society e também não treinou no campo nesta quinta-feira. Ele ficará apenas fazendo reforço na academia.

Na tarde de quarta-feira, o Palmeiras realizou treinamento em um clube vizinho na Barra Funda, em São Paulo. O motivo foi o fato de no local o campo de futebol ser de grama sintética. A ideia da comissão técnica é adaptar os jogadores ao gramado society do estádio do Tijuana, no México. 

Valdivia não joga desde o dia 14 de março. Sua última partida foi contra o Paulista. Ainda não existe uma previsão de quando ele voltará ao time. O treinador Gilson Kleina admitiu inclusive que o meia terá uma “administração especial” no clube. Assim que se recuperar de sua lesão, a ideia é que o chileno atue em apenas 50% dos jogos do time. Para o treinador, já está mais do que evidente que ele não suporta a maratona de partidas. Por isso, é melhor tê-lo inteiro em metade dos compromissos do que ficar sem ele.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

São Paulo diz que clubes não têm moral para falar de aliciamento: "Nem recolhem impostos"


Vice-presidente de futebol do São Paulo, João Paulo de Jesus Lopes, rebateu acusações
O vice-presidente de futebol do São Paulo, João Paulo de Jesus Lopes, rebateu os clubes que anunciaram um boicote a torneios de base em que o clube tricolor participar. Eles acusam a equipe do Morumbi de aliciar os jovens atletas, tirando de outros times, e levá-los para Cotia – centro de treinamento da base do clube.

“Têm muitos clubes falando de ética e muitos deles não recolhem impostos, têm dívidas. São clubes que não têm moral para falar de ética, para querer reclamar”, atacou. O dirigente, no entanto, não quis citar de quais clubes estava falando.

Integra o boicote o Botafogo, Flamengo, Fluminense, Vasco, Palmeiras, Atlético-MG, Vitória, Ponte Preta , Coritiba, Cruzeiro e Goiás. O Santos não se pronunciou. Já o Corinthians diz estar neutro, embora participe de reuniões com os clubes descontentes com o São Paulo.

Os clubes acusam o São Paulo de assediar os pais dos atletas de outras equipes. Um contrato profissional só pode ser feito a partir dos 16 anos. Para segurar jovens com idade inferior a 16, os clubes afirmam existir “código de ética”, controlando transferências.

Um caso emblemático envolve o meia Lucas, atualmente no PSG. O Corinthians alega que o time tricolor ofereceu enorme quantia aos pais do atleta, que na época não tinha vínculo profissional com o Corinthians.

São Paulo acusa o Vasco

O diretor de futebol do São Paulo, Adalberto Baptista, Adalberto citou um caso envolvendo o lateral Foguete, cortado por lesão da seleção sub-17 no Sul-Americano. O atleta deixou o Vasco após ingressar na Justiça e assinou com o São Paulo logo em seguida.

O dirigente diz que o jovem está com infecção nos dentes e culpa o clube carioca por não tratá-lo adequadamente.

“O Foguete foi cortado da seleção sub-17. Eu recebi relatório médico em que foi apresentada infecção na boca. Se vocês olharem a dentição dele... é um negócio absurdo. Um descaso, descuido. Ele conseguiu na Justiça e 3 ou 4 meses depois estava no São Paulo. Ele foi cortado da seleção sub-17 por ter sido mal cuidado na base anterior”, acusa Adalberto.

O dirigente reiterou que o clube não faz aliciamento. Os atletas são atraídos porque querem jogar em um clube que disponibiliza boa estrutura, diz Adalberto.

“Agora eu pergunto: qual pai que não quer um clube que ofereça melhores condições para o filho? Todo pai quer. O São Paulo busca as melhores condições, assim como outro clube pode oferecer”, complementou.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

'Fizeram uma crueldade', diz mãe de dentista queimada por criminosos


Dentista foi queimada após assalto em São Bernardo do Campo (Foto: Reprodução/Arquivo pessoal)Dentista foi queimada após assalto em São
Bernardo (Foto: Reprodução/Arquivo pessoal)
A mãe da dentista Cinthya Magaly Moutinho de Souza, de 47 anos, que morreu queimada após assalto a seu consultório em São Bernardo do Campo, no ABC, disse na tarde desta quinta-feira (25) que a filha foi vítima de “uma crueldade”. “Fizeram uma crueldade, o que eu espero é Justiça. Mas cadeia é estágio para o crime, eles vão lá e voltam piores, eu não sei o que esperar”, afirmou a mãe, Risoleide Moutinho de Souza.
Segundo a Polícia Militar, um trio invadiu o consultório na Rua Copacabana por volta das 12h30 e anunciou o assalto. Como eles não encontraram dinheiro, a dentista entregou o cartão e a senha.
Waldomiro Bueno Filho, delegado seccional da cidade, informou que os ladrões sacaram R$ 30, enquanto um outro continuava no consultório com a dentista e uma paciente. Depois, os criminosos voltaram, atearam fogo na vítima e fugiram em um carro. Um quarto assaltante aguardava os outros em um Audi estacionado perto do consultório.

Testemunha
A polícia já ouviu a paciente que estava no consultório quando os criminosos chegaram. Ela disse, de acordo com o delegado, que um ladrão colocou um capuz em sua cabeça, mas que ouviu a dentista conversando com os criminosos.
Segundo a testemunha, Cinthya disse que não possuía dinheiro em caixa e deu o cartão de crédito e a senha para que eles fossem sacar, mas informou que tinha pouco saldo na conta.
O delegado conta que a paciente relatou ter ouvido a dentista gritar muito, pedindo para que os ladrões “não fizessem isso”.
Waldomiro disse que já tem suspeitos do crime. “Para dar uma satisfação para essa brutalidade, nós vamos identificar esses criminosos o mais rápido possível”, disse. Ele citou que, há cerca de dois anos, uma quadrilha roubava consultórios odontológicos na capital paulista e agia com a mesma crueldade. O delegado disse que cruzará os dados com os desse caso.
Os pais estavam em frente ao consultório na tarde desta quinta e recebiam o apoio dos vizinhos. Viriato Gomes de Souza, pai da vítima, disse que a dentista não namorava nem era casada. Ele acrescentou que a filha não tinha se envolvido em nenhuma briga que justificasse tamanha crueldade. “Espero que a sociedade possa ser mais harmoniosa e viver em respeito. E que casos como esse não voltem a acontecer”, disse.
Ele contou que a filha atendia apenas pessoas conhecidas, como os vizinhos. O pai lembrou que, em 2010, a dentista sofreu uma tentativa de assalto ao deixar o consultório, mas um segurança da rua conseguiu impedir o roubo.
Vitória Fernandes, que era vizinha e paciente da dentista, mas não estava no consultório no momento do crime, falou sobre a profissional. “Ela era uma pessoa muito boa, muito simples, não cobrava consulta, apenas o tratamento que ia fazer e, dependendo do tratamento, nem cobrava”, contou. A mãe de Cinthya trabalhava com a filha, agendando as consultas.

Interior do consultório da dentista, em São Bernardo (Foto: Glauco Araújo/G1)

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››