RÁDIO CIDADE AO VIVO

quinta-feira, maio 09, 2013

Operário da Arena das Dunas sofre acidente e é levado a hospital no RN


Foto aérea da Arena das Dunas, divulgada pela Fifa (Foto: Arena/Fifa.com)
Um operário da obra da Arena das Dunas, estádio de Natal que vai receber quatro jogos da Copa do Mundo de 2014, sofreu um acidente na tarde desta quinta-feira (9). Edson Wenis, de 36 anos, caiu de uma altura de mais de cinco metros. Ele foi encaminhado ao pronto-socorro Clóvis Sarinho, no bairro do Tirol, zona Leste da capital do Rio Grande do Norte, por uma equipe do consórcio responsável pela construção do estádio.

Segundo informações fornecidas pelo hospital, Edson está consciente e não corre risco de morte. Ele sofreu um corte no queixo. O hospital ainda não sabe se Edson teve algum outro ferimento ou fratura.
O operário ainda será submetido a um exame de raio-x. Segundo o hospital, ele passa bem e está fora de risco, embora não se lembre do acidente. Edson foi informado do que aconteceu pelos colegas de trabalho.
Procurado pela reportagem, o gerente de marketing do consórcio responsável pela Arena, Arthur Couto, afirmou não ter conhecimento de acidente algum no canteiro de obras do estádio.
"Até o momento eu não tomei conhecimento de acidente algum. Não estou sabendo de nada", disse.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Mesmo com operação, polícia do RN ainda tem 7 mil mandados em aberto


Secretário de Segurança, Aldair da Rocha, delegado geral Fábio Rogério e diretor da Dpgran, Correia Júnior participam de coletiva (Foto: Felipe Gibson/G1)
Cerca de sete mil mandados de prisão ainda estão em aberto em todo o Rio Grande do Norte. A informação foi repassada pelo titular da Delegacia Especializada de Capturas (Decap), Ben-Hur Cirino de Medeiros, durante coletiva de imprensa concedida na tarde desta quinta-feira (9) na Delegacia Geral da Polícia Civil (Degepol) para apresentação do balanço parcial da operação PC27, que cumpre mandados no estado. Até as 17h, a Polícia Civil registrou 118 prisões e 13 apreensões de adolescentes. A ação continua até meia noite.

Apesar do volume de prisões ter superado a expectativa do secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Aldair da Rocha, que vinha trabalhando com uma estimativa de 30 a 40 detenções, nem todos os suspeitos com mandados em aberto foram localizados. "Muitos não foram encontrados", destacou o diretor de Polícia Civil da Grande Natal (Dpgran), Correia Júnior, explicando que várias detenções foram efetuadas em flagrante. "Não foram suspeitos presos aleatoriamente, existia uma investigação por trás de cada prisão", acrescentou o diretor da DPGran.

O delegado de Capturas, Ben-Hur Cirino, detalhou que todos os sete mil mandados são de 2010 até agora, incluindo os renovados pela Justiça. "Os cumpridos na operação foram elegidos entre eles", afirma. O titular da Decap conta que algumas prisões previstas para ocorrerem durante a PC27 foram antecipadas, como a recente apreensão de 150 quilos de maconha na comunidade Passo da Pátria, na zona leste de Natal. "Imagine quantos crimes a gente evitou com essas prisões", ressalta o titular da Delegacia de Capturas.

Prisões em 22 municípios
Do total de prisões, 64 ocorreram na Grande Natal e 54 no interior. Só na capital potiguar foram mais de 40 presos. O delegado geral Fábio Rogério, detalha que A operação PC27 foi articulada há 20 dias em reunião entre os 27 delegados gerais do país no Rio de Janeiro. A maioria das delegacias do estado participaram da operação colocando em prática investigações e mandados de prisão a cumprir.

A operação prendeu pessoas em 22 municípios do Rio Grande do Norte, dos quais seis na Grande Natal e 16 no interior do estado. Entre os detidos estão pelo menos 20 homicidas, além de suspeitos por assaltos, estupros e tráfico de drogas, segundo o delegado geral Fábio Rogério. "Tudo isso vai proporcionar uma sensação de segurança maior à população", destaca o delegado geral.

  •  
Pavilhão 1 da Penitenciária de Alcaçuz é alvo da operação de revista da PM (Foto: Henrique Dovalle/G1)Vagas foram liberadas nos CDPs após ida de
presos para Alcaçuz (Foto: Henrique Dovalle/G1)
Falta de vagas preocupa
Com o volume de prisões sendo atualizado a todo momento, o secretário de Segurança admite o risco de não haver lugar para custodiar os presos. "Está havendo um pouco de dificuldade porque previamos entre 30 e 40 prisões, mas não nos pautamos pela quantidade de vagas do sistema penitenciário", afirma Aldair da Rocha. O delegado geral Fábio Rogério reforça essa posição. "Risco existe, mas o mais importante é tirar de circulação essas pessoas más. Isso é mais difícil", acrescenta.

Fábio Rogério explica que inicialmente os presos ficaram detidos nas próprias delegacias, no entanto estão sendo redistribuídos pelos chamados CDPs, Centros de Detenção Provisória, espalhados por todo o RN. No início da tarde desta quinta-feira (9), o coordenador do sistema penitenciário do RN, major Castelo Branco, relatou que 30 vagas foram abertas nos CDPs após um remanejamento de presos sentenciados para a Penitenciária de Alcaçuz, no município de Nísia Floresta, Grande Natal.


PC27
Segundo o delegado geral Fábio Rogério, a operação PC27 é realizada em todos os 26 estados do país mais o Distrito Federal em comemoração ao Dia da Polícia Judiciária, celebrada em 9 de maio. No Rio Grande do Norte, a ação é comandada pela Delegacia Geral da Polícia Civil (Degepol), mas não há uma centralização na hora de cumprir os mandados. "A operação só deve ser encerrada às 18h desta quinta, quando poderemos apresentar o resultado dela", disse. (Veja o vídeo ao lado)
O delegado geral confirmou ainda que os mandados que estão sendo cumpridos em várias cidades do estado são relativos a diversos crimes, entre eles homicídios, tráfico de drogas e assaltos.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

DENARC prende três pessoas da mesma família acusados de tráfico do drogas na Pousada do Thermas em Mossoró.


  Em um trabalho de intensa investigação, agentes da Delegacia Especializadas de Combate as Drogas sobe o comando do Delegado Dr. Rafael Arraiz prenderam na tarde desta quinta-feira, 9 de Maio de 2013, três pessoas da mesma família acusadas de tráfico de drogas.
  Segundo o delegado, os policiais fizeram uma campana nas proximidades da residência investigada, localizada na Rua Luiz Lopes de Oliveira, no Conjunto Pousada do Thermas, bairro Abolição IV e flagraram mãe e filha comercializando o entorpecente. Antônia Raquel Bessa de Lima, 30 anos de idade, natural de Pereiro/CE e sua mãe, Francisca Freire de Lima, 54 anos de idade, natural de Ererê/CE.
   No momento da abordagem, Eliedson Natan Lopes, 37 anos de idade, esposa de Raquel, foi preso quando chegava na residência em um veículo tipo Fiat Uno de cor vermelha, placas MNF-1291 Mossoró. O mesmo ao perceber a aproximação da Polícia, tentou se desfazer de um tablete de maconha e de um revolver calibre 38 com seis munições. 
   Na residência foi encontrada uma balança, R$493,00 em especie e mais um cheque de R$200,00, 14 tabletes de maconha e mais quatro papelotes, além de sacos para a embalagem da droga, dois facões e três celulares. O carro foi detido para averiguação.
    A casa tinha um grande equipamento de segurança, como cerca elétrica e mais ou menos sete câmeras de vigilâncias, que segundo o Delegado Rafael Arraiz, funcionava para perceber a chegada da polícia.
    Ainda de acordo com o delegado, Eliedson, vai responder pela posse da arma, e mais tráfico de drogas e associação ao tráfico. E mãe e filha serão indiciadas por tráfico de drogas e associação ao tráfico.










Reprodução Cidade News Itaú via Passando na Hora
Leia Mais ››

Justiça do RJ nega habeas corpus a pastor acusado de estuprar fiéis




O Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro negou, na noite desta quinta-feira (9), os dois pedidos de habeas corpus para Marcos Pereira da Silva, pastor da Assembleia de Deus dos Últimos Dias, preso na noite de terça-feira (7), acusado de estupro. As decisões são da Terceira e da Oitava Câmaras Criminais.

O pastor é acusado pelo Ministério Público Estadual por dois crimes de estupro, cujos processos foram distribuídos para a 1ª e a 2ª Varas Criminais de São João de Meriti. Pereira teve a prisão preventiva decretada pelos dois juízos: no dia 2 de maio, pela 2ª Vara Criminal, e, no dia 8 de maio, pela 1ª Vara Criminal.

O desembargador relator que fundamentou a decisão da 8ª Câmara Criminal do TJRJ alegou proteção à ordem pública. O da 3ª Câmara Criminal disse que, "em  juízo sumário de cognição, a decisão sobre a prisão não se mostra flagrantemente ilegal". Caberá aos colegiados das duas câmaras julgar o mérito dos habeas corpus.

Segundo as denúncias, o réu é pessoa de alta periculosidade, e ameaça direta e indiretamente as pessoas que o contrariam. Ainda de acordo com o MP, o pastor utiliza-se de sua autoridade religiosa para amedrontar e, até mesmo, aterrorizar suas vítimas.

Entenda o caso
O pastor Marcos Pereira foi preso na noite da terça-feira (7), suspeito de estuprar seis mulheres no Rio de Janeiro. Ele é suspeito de abusar sexualmente de seis fiéis da igreja que comanda, a Assembleia de Deus dos Últimos Dias. Uma das vítimas já foi casada com o pastor e teria sido abusada enquanto ainda era mulher do suspeito.

Segundo o delegado Márcio Mendonça, da DCOD (Delegacia de Combate às Drogas), as investigações começaram há pouco mais de um ano, a partir de acusações que o coordenador da ONG AfroReggae, José Júnior, fez sobre o suposto envolvimento de Marcos Pereira com tráfico de drogas e lavagem de dinheiro. Ao longo das investigações, a polícia descobriu que o pastor teria estuprado seis fiéis, entre elas três menores de idade.

Ele é investigado ainda pela suposta participação em quatro homicídios, esquemas de lavagem de dinheiro e organização de orgias com menores de idade em um apartamento em Copacabana avaliado em R$ 8 milhões e registrado em nome da Assembleia de Deus dos Últimos Dias. As pessoas eram chamadas para cultos, mas Pereira as forçava a participar da orgia para "serem purificadas", segundo o delegado. O policial disse ainda que o pastor costumava agir com violência, e que obrigava mulheres a fazer sexo com mulheres e homens a transar com homens.

Um dos assassinatos no qual Marcos Pereira estaria envolvido seria o de uma jovem que descobriu as orgias e teria tentado denunciá-lo. Um sobrinho de Marcos Pereira também estaria envolvido neste assassinato. O pastor não possui formação em Teologia. Por isso, será encaminhado nesta quarta-feira a uma prisão comum no Complexo Penitenciário de Gericinó, na zona oeste.

Marcos Pereira ganhou notoriedade por ajudar na reabilitação de dependentes quimícos e resgatar criminosos ameaçados de morte por traficantes. Em 2004, ele negociou com detentos o fim de uma rebelião em um presídio no Rio de Janeiro.

Ele chegou a trabalhar junto com a ONG AfroReggae, que se dedica a recuperar moradores de favelas que tiveram envolvimento com o tráfico de drogas. A parceria terminou em fevereiro de 2012, quando José Júnior, em entrevista ao jornal "Extra", acusou o pastor de ter ordenado os ataques realizados por traficantes contra policiais do Rio, em 2006 e 2010. Pereira negou as acusações e processou Júnior por calúnia e difamação, mas o processo foi extinto pela Justiça.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Joaquim Barbosa vota por execução de pena após embargos


Joaquim Barbosa tomou decisão sobre caso de 2010
O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Joaquim Barbosa, votou pela execução imediata da pena do ex-deputado José Tatico (PTB-GO), assim que for concluído o julgamento dos embargos de declaração. Esse voto pode servir de prévia para o julgamento dos embargos do mensalão.

Tatico foi condenado por sonegação de contribuição previdenciária, em setembro de 2010, pelo STF. A decisão foi unânime, e a pena foi fixada em sete anos de reclusão, em regime semiaberto. Após a condenação, Tatico pagou os seus débitos e interpôs embargos de declaração. Os embargos começaram a ser julgados em dezembro de 2011. O relator era o ministro Carlos Ayres Britto, que se aposentou em novembro de 2012. Britto foi contra os embargos. Assim que ele acabou de votar, houve pedido de vista de Fux.

Nesta quinta-feira (9), Fux levou o seu voto e afirmou que Tatico pagou os débitos, aceitando os embargos.

Após Fux votar esse ponto relativo ao pagamento dos débitos, Barbosa disse que passaria a ser o relator em substituição a Britto e seguiria o ministro que se aposentou. "Acompanho o voto do relator (Britto), rejeito os embargos de declaração, indefiro o pedido de extinção da punibilidade pelo superveniente pagamento do debito tributário e determino a imediata execução a pena", declarou o presidente do STF.

No julgamento dos embargos interpostos pelos condenados no mensalão, os ministros vão ter que definir se eles devem ser presos imediatamente após uma eventual decisão contrária a esses recursos ou se esperam pela publicação da decisão dos embargos no "Diário da Justiça".

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Globo promove nova dança das cadeiras entre jornalistas; veja quem vai e quem fica


Marcos Losekann, Flávio Fachel, Ana Luiza Guimarães, Márcio Gomes e Roberto Kovalic
Uma nova onda de mudanças vai ocorrer no jornalismo da Globo a partir de junho.

Entre os correspondentes, Marcos Losekann deixa a vaga de Londres e vai para Brasília.

Já Márcio Gomes, atual âncora do "RJTV 2ª Edição", assume o posto de correspondente da Globo em Tóquio.

Por sua vez, Roberto Kovalick, que estava no país asiático, vai para Londres.

No lugar de Márcio no "RJTV" ficará Ana Luiza Guimarães, que era do "Bom Dia Rio".

Em seu lugar, entra o repórter Flávio Fachel.

A informação é da coluna Outro Canal, assinada por Keila Jimenez e publicada na Folha desta quinta-feira (9).

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Proibido de correr de kart, Balotelli leva Ferrari para circuito indoor


Fã de kart, Mario Balotelli teve seu hobby proíbido pelo Milan em contrato, para evitar possíveis lesões. Mesmo assim, o atacante não deixou a paixão de lado e deu um “jeitinho” para continuar correndo em circuitos indoor.

O italiano levou sua nova Ferrari 405 para a pista de kart. O chefe de uma das pistas de Milão permitiu que o jogador corresse com seu carro pelos circuitos de alta velocidade. Balotelli não perdeu a oportunidade e foi visto nesta quinta-feira com um grupo de amigos no local.

Ele ficou cerca de uma hora correndo em alta velocidade pelo circuito de 600 metros.

O dono do local, Joe Ghiringhelli, disse, em entrevista ao jornal inglês Daily Mail, que Balotelli adora ir ao seu circuito e que escreveria uma carta ao Milan para que eles mudassem o contrato e deixassem o jogador correr. “Ele nunca se machucou aqui”, argumenta.

Enquanto isso, o atleta se diverte com sua Ferrari. “Deixamos ele trazer a Ferrari para a pista e ele ficou correndo, rindo e se divertindo”, conta Ghiringhelli, que também falou sobre a ex-noiva do jogador.

“Ele é um galanteador, não vai ficar preocupado com ela e logo, logo aparece com outra pessoa”, disse.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Comerciante resgata bebê deixado trancado em carro na Paraíba



Uma adolescente foi detida após deixar seu filho de um ano e oito meses trancado dentro de um carro no bairro do Varadouro, em João Pessoa, na tarde desta quinta-feira (9). Segundo informações da delegada da Criança e do Adolescente da capital, Joana Darc de Oliveira, em seu depoimento a mãe explicou que havia ido até o local comprar presentes para o Dia das Mães com uma amiga e deixou o filho no banco traseiro. "Ela disse que o menino estava dormindo e que não achou que fosse demorar".
O filho da adolescente, deixado dentro do carro, foi resgatado por um homem que passava pela Rua Irineu Pinto, onde o carro estava estacionado. Renato de Souza, o comerciante que retirou a criança do carro, conta que o carro estava alarmando e várias pessoas estavam se aglomerando ao redor do carro, comentando que havia uma criança presa. “Quando vi a situação liguei para polícia. Os policiais me autorizaram a quebrar a janela do carro para retirar o menino de dentro, que estava chorando”, relatou.

Vendedor mostra como agiu para retirar criança deixada dentro de carro, em João Pessoa (Foto: Walter Paparazzo/G1)Vendedor mostra como agiu para retirar criança
deixada dentro de carro, em João Pessoa
(Foto: Walter Paparazzo/G1)
Segundo Renato de Souza, a mãe chegou cerca de 45 minutos após a retirada do bebê do veículo. Todos foram levados para Delegacia de Repressão a Crimes Contra a Infância e Juventude, no Centro de João Pessoa. De acordo com a delegada, em seu depoimento a mãe da criança explicou ainda que o fato aconteceu por um descuido.
“Talvez pela inexperiência, por ser adolescente, ela deixou a criança dentro do carro. Ela informou que tinha ido com uma amiga, de 42 anos, até o Varadouro para comprar presentes para o Dia das Mães da igreja à qual elas frequentam. Mas mesmo sendo adolescente, ela vai responder por abandono de incapaz, porque o filho dela correu todos os riscos”, explicou a delegada.
A mãe da criança foi liberada após ser ouvida. Já a amiga dela, maior de idade, precisou pagar fiança referente a um salário mínimo para poder ser liberada, segundo informações da Delegacia da Infância e Juventude.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Mecânico é absolvido da acusação de homicídio dentro da penitenciária

Gilberto inocentado

O Tribunal do Júri Popular (TJP), sob a presidência de Henrique Baltazar Vilar dos Santos, absolveu o mecânico Gilberto Lima, de 38 anos, do assassinato de José Leite Filho, o Neto Babalu, no dia 26 de abril de 2006 dentro do Complexo Penal Mário Negócio, em Mossoró. O julgamento aconteceu no plenário do Fórum Municipal Silveira Martins, no Centro de Mossoró. O Ministério Público Estadual foi representado pelo promotor Italo Moreira Martins e a defesa do réu pelos advogados Abraão Dutra e José Galdino da Costa. Os trabalhos começaram às 9h e foram concluídos às 11h22. O réu Gilberto estava na CPMN por um assassinato ocorrido em 2001. Neto Babalu, que estava preso por vários homicídios e outros tipos crimes, era parente desta pessoa que Gilberto havia assassinado e estava o ameaçando-o, chegando a tentar matá-lo. O promotor Ítalo Moreira, depois de lançar duras críticas ao trabalho de investigação do caso, pediu a absolvição do réu, alegando que no processo não havia provas. “O Estado foi incapaz de investigar o caso e, pior, de impedir que um apenado matasse outro a tiros dentro do presídio”, reclama o promotor Ítalo Moreira Martins.

Galdino e Gilberto foto Cezar Alves
Os advogados de defesa, Abraão Dutra e José Galdino, reforçaram o pedido de absolvição do réu, que em depoimento no plenário, disse que estava preso numa cela fechada e não havia como está na cela onde Neto de Babalu foi morto a tiros. O Conselho de Sentença, após os debates entre Ministério Público e Defesa, decidiu pela absolvição do réu. Gilberto Lima, que atualmente mora e trabalha em São Paulo, disse que se sente aliviado, pois conclui no próximo mês a sentença do crime que ele fez em 2001. Julgamento sexta-feira, dia 10 O juiz Henrique Baltazar Vilar dos Santos encerrou os trabalhos, já deixando intimados os jurados para comparecer amanhã no Fórum Silveira Martins, ocasião que serão julgados Elenilson Silva Vidal e Salmi Caldas Oliveira, que teriam matado a tiros Francisco Fábio Fernandes no dia 25 de novembro de 2007, em Mossoró. O julgamento desta sexta-feira, dia 10, será presidido pelo juiz Vagnos Kelly Figueiredo de Medeiros, e terá início às 9h. O promotor de Justiça Armando Lúcio Ribeiro vai funcionar na acusação dos réus e na defesa os advogados Abraão Dutra e José Galdino da Costa.


Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

SO FALTAVA ESSSA:ROCAM APREENDE UMA MENOR DE 15 ANOS APÓS TENTATIVA DE ASSALTO A MÃO ARMADA EM MOSSORÓ


Por volta das 13 horas de hoje 09 de maio de 2013,populares avistaram uma pessoa com um revolver na mão na rua Herondina Cavalcante Dantas no bairro Dom Jaime Câmara no grande Alto de São Manoel e acionaram a polícia militar.
Ao chegarem no local da ocorrencia policiais da viatura da ROCAM sob o comando do cabo Renixon e com os Sds Gilzelio e Aciole descobriram que na verdade o homem com a arma tinha sido vítima de uma tentativa de assalto por duas menores que estavam em uma bilicleta e queriam sua motocicleta FENIX/SHINERAY o homem reagiu e tomou a arma da menor e segurou a mesma ate a chegada da polícia..
Uma das menores conseguiu empreender fuga ja a outra foi conduzida para a delegacia de menores juntamente com a bicicleta e um revolver marca TAURUS calibre 32 com duas minições intactas,e logo logo estará em casa pronta para cometer novos "atos infracionais".
Indagada pela reportagem do passando na hora,qual objetivo do assalto a menor que tem cara de criança disse que queria a moto para dar um "balão"



Reprodução Cidade News Itaú via Passando na Hora
Leia Mais ››

No RN, operação PC27 cumpre primeiros mandados em Parnamirim


Primeiras prisões da operação PC27 no RN ocorreram em Parnamirim (Foto: Matheus Magalhães/G1)
A Polícia Civil do Rio Grande do Norte realiza desde as primeiras horas desta quinta-feira (9) uma operação para cumprir mandados de prisão em várias cidades do estado. A ação, batizada PC27, foi confirmada pelo delegado geral Fábio Rogério Silva e realizou as primeiras prisões no município de Parnamirim, na Grande Natal, onde seis suspeitos foram detidos: três por porte de drogas, um por porte ilegal de arma de fogo e outros dois com mandados de prisão em aberto por assaltos.

"Eles vão ficar na delegacia até o final do dia, quando termina a operação", disse Nilson Martins, chefe de investigações da 1ª DP de Parnamirim.
PC27
Segundo o delegado geral Fábio Rogério, a operação PC27 é realizada em todos os 26 estados do país mais o Distrito Federal em comemoração ao Dia da Polícia Judiciária, celebrada em 9 de maio. No Rio Grande do Norte, a ação é comandada pela Delegacia Geral da Polícia Civil (Degepol), mas não há uma centralização na hora de cumprir os mandados. "A operação só deve ser encerrada às 18h desta quinta, quando poderemos apresentar o resultado dela", disse.
O delegado geral confirmou ainda que os mandados são relativos a vários crimes, entre eles homicídios, tráfico de drogas e assaltos.

Segundo a polícia, presos ficarão da DP até o fim da operação (Foto: Matheus Magalhães/G1)

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Operação PC27 tem 60 mandados contra menores para cumprir no RN


Adolescente foi apreendido e levado à delegacia pelos policiais da DEA, em Natal (Foto: Igor Jácome/G1)
Agentes da Delegacia Especializada no Atendimento ao Adolescente (DEA), em Natal, têm 60 mandados de apreensão de menores para cumprir nesta quinta-feira (9). A ação faz parte da operação PC27, que ainda tem mais de 100 mandados de prisão para cumprir em todo o Rio Grande do Norte. De acordo com a Polícia Civil, as ordens de apreensão são contra adolescentes que já estavam cumprindo medidas socioeducativas, mas não haviam comparecido às audiências judiciais.

A equipe do G1 acompanhou uma das equipes da DEA, que saiu logo cedo para cumprir cinco destes mandados. Apenas um menor foi encontrado pelos agentes. Os agentes deixaram a Delegacia às 8h30 e seguiram para três bairros da zona Oeste da capital potiguar. Os policiais fizeram buscas em Cidade da Esperança, Cidade Nova e Felipe Camarão. A única apreensão ocorreu neste último bairro.
Alguns dos adolescentes já não moravam nos endereços apontados nos mandados. “Este aqui foi expedido dia 22 de abril. Mas os populares informaram que ele já não mora aqui há mais de um ano”, afirmou o agente Anderson Pedroso.
O terceiro dos quatro filhos da dona de casa Regineide Amaro, de 33 anos, foi o único adolescente encontrado pela polícia. “É o único que dá trabalho”, afirmou a mãe. “Ele rouba demais. Também não quer ir de jeito nenhum para a audiência com o juiz”, disse ela. Segundo a família, o garoto é usuário de drogas desde os dez anos de idade e rouba para manter o vício.
O garoto de 15 anos se escondeu ao perceber a chegada da polícia. O menino só foi encontrado quando os agentes estavam de saída da comunidade Barreiros, onde era procurado. Na casa do adolescente, os policiais encontraram equipamentos de som roubados de uma igreja evangélica durante a madrugada desta quinta. “Ele não confessou, mas agora poderá ter mais esse flagrante de furto ou receptação contra ele”, afirmou o agente.
Atualmente, a DEA possui 200 mandados expedidos para serem cumpridos. Os agentes, no entanto, afirmam que não estão cumprindo os mandados de apreensão porque não há vagas nos Centros de Educação do Estado, os Ceducs. “Ele será levado ao Fórum Miguel Seabra hoje à tarde e será liberado em seguida”, explicou.

Primeiras prisões da operação PC27 no RN ocorreram em Parnamirim (Foto: Matheus Magalhães/G1)Primeiras prisões da PC27 no RN ocorreram
em Parnamirim (Foto: Matheus Magalhães/G1)
Prisões
As mais de 45 prisões realizadas até o momento, ainda de acordo com o delegado geral, são decorrentes do cumprimentos dos mandados expedidos pela Justiça e casos de flagrante delito. “Prendemos muitos suspeitos de homicídios, mortes que aconteceram recentemente. Punir estes criminosos é o mais importante”, ressaltou Fábio Rogério.
Ao G1, o delegado destacou as prisões que aconteceram em Natal, onde três suspeitos, sendo duas mulheres e um homem, foram detidos por envolvimento na morte do economista carioca Carlos Norberto Holtz, cuja ossada foi localizada pela polícia no dia 31 de janeiro deste ano na cidade de Macaíba, na região metropolitana da capital potiguar.
Em Parnamirim, onde foram feitas as primeiras prisões nesta quinta, seis suspeitos foram detidos até o momento: três por porte de drogas, um por porte ilegal de arma de fogo e outros dois com mandados de prisão em aberto por assaltos.
Outros três homens foram detidos em Macaíba, também na Grande Natal, suspeitos de envolvimento em recentes assassinatos ocorridos na cidade. De acordo com, Elialdo Moura, chefe de investigações da delegacia, os três são apontados de envolvimento na morte de seis pessoas, executadas a tiros entre a noite do último dia 30 e madrugada do dia 1º deste mês. Em todos os casos, os crimes tiveram características de execução. "Os criminosos já chegam atirando”, afirmou a Polícia Militar na ocasião dos homicídios.
PC27
Segundo o delegado geral Fábio Rogério, a operação PC27 é realizada em todos os 26 estados do país mais o Distrito Federal em comemoração ao Dia da Polícia Judiciária, celebrado em 9 de maio. No Rio Grande do Norte, a ação é comandada pela Delegacia Geral da Polícia Civil (Degepol), mas não há uma centralização na hora de cumprir os mandados. "A operação só deve ser encerrada às 18h desta quinta, quando poderemos apresentar o resultado dela", acrescentou.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Operação PC27 prende suspeitos de assassinatos em Macaíba, RN


Presos em Macaíba são suspeitos de envolvimento em recentes crimes de homicídio  (Foto: Matheus Magalhães/G1)
A Polícia Civil do Rio Grande do Norte realiza desde as primeiras horas da manhã desta quinta-feira (9) uma operação batizada de PC27, cujo objetivo é cumprir mandados de prisão em várias cidades do estado. Além de seis prisões já confirmadas em Parnamirim, outros três homens foram detidos em Macaíba, também na Grande Natal, suspeitos de envolvimento em recentes assassinatos ocorridos na cidade.

De acordo com Elialdo Moura, chefe de investigações da delegacia de Macaíba, dois dos suspeitos foram detidos por força de mandados de prisão. “O terceiro foi preso em flagrante por posse ilegal de munição”, confirmou.
Os três presos nesta manhã são apontados de envolvimento na morte de seis pessoas, executadas a tiros entre a noite do último dia 30 e madrugada do dia 1º deste mês. Em todos os casos, os crimes tiveram características de execução. "Os criminosos já chegam atirando”, afirmou a Polícia Militar na ocasião dos homicídios.

PC27
Segundo o delegado geral Fábio Rogério, a operação PC27 é realizada em todos os 26 estados do país mais o Distrito Federal em comemoração ao Dia da Polícia Judiciária, celebrado em 9 de maio. No Rio Grande do Norte, a ação é comandada pela Delegacia Geral da Polícia Civil (Degepol), mas não há uma centralização na hora de cumprir os mandados. "A operação só deve ser encerrada às 18h desta quinta, quando poderemos apresentar o resultado dela", disse.
O delegado geral confirmou ainda que os mandados são relativos a vários crimes, entre eles homicídios, tráfico de drogas e assaltos.

Primeiras prisões da operação PC27 no RN ocorreram em Parnamirim (Foto: Matheus Magalhães/G1)

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Operação PC27 prende suspeitos de sequestro e morte na Grande Natal


Viatura da Decap faz busca pelo corpo  (Foto: Rafael Barbosa/G1)Viatura da Decap durante as busca pela ossada do
economista morto no RN (Foto: Rafael Barbosa/G1)
Duas mulheres e um homem foram presos nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (9), em Natal, suspeitos de envolvimento na morte do economista carioca Carlos Norberto Holtz, cuja ossada foi localizada pela polícia no dia 31 de janeiro deste ano na cidade de Macaíba, na região metropolitana da capital potiguar. De acordo com o delegado Graciliano Lordão, titular da 15ª DP, as prisões dos suspeitos foram realizadas em decorrência da operação PC27, deflagrada pela Polícia Civil do Rio Grande do Norte em cumprimento a mandados de prisão em aberto em todo o RN.

O economista, segundo o delegado Ben-Hur de Medeiros, foi assassinado após ser sequestrado em outubro do ano passado. “Ele já era aposentado, mas ainda trabalhava comprando e vendendo imóveis. E tinha dupla nacionalidade. Era brasileiro e suíço”, afirmou.
Ainda de acordo com Lordão, os três presos também são suspeitos de participação na morte do taxista Antônio Ferreira, executado a tiros no mês de dezembro em Parnamirim, também na região metropolitana da capital. “Prendemos as duas mulheres e este homem agora pela manhã, mas também cumprimos mandados contra outros três suspeitos que já estão presos por envolvimento nestes dois crimes. Trata-se de uma quadrilha muito grande”, acrescentou o delegado.
Além dos três suspeitos presos na delegacia de Ponta Negra, em Natal, outras seis pessoas foram presas suspeitas de tráfico e assaltos na cidade de Parnamirim e três suspeitos de assassinato foram detidos em Macaíba. O balanço final da operação PC27 deve ser divulgado apenas no final do dia.

Primeiras prisões da operação PC27 no RN ocorreram em Parnamirim (Foto: Matheus Magalhães/G1)Primeiras prisões da operação PC27 ocorreram
em Parnamirim (Foto: Matheus Magalhães/G1)
PC27
Segundo o delegado geral Fábio Rogério, a operação PC27 é realizada em todos os 26 estados do país mais o Distrito Federal em comemoração ao Dia da Polícia Judiciária, celebrada em 9 de maio. No Rio Grande do Norte, a ação é comandada pela Delegacia Geral da Polícia Civil (Degepol), mas não há uma centralização na hora de cumprir os mandados. "A operação só deve ser encerrada às 18h desta quinta, quando poderemos apresentar o resultado dela", disse.

O delegado geral confirmou ainda que os mandados que estão sendo cumpridos em várias cidades do estado são relativos a diversos crimes, entre eles homicídios, tráfico de drogas e assaltos.

Presos em Macaíba são suspeitos de envolvimento em recentes crimes de homicídio  (Foto: Matheus Magalhães/G1)

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Vítimas de golpe, alunos da UFRN ficam sem formatura em Natal



Alunos do curso de Biblioteconomia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) foram vítimas do chamado "golpe da formatura" e perderam cerca de R$ 6 mil para a realização da festa em Natal. O dinheiro estava na conta de uma das integrantes da comissão de formatura, a estudante Tamara Fernandes de Oliveira, que está desaparecida. (Veja o vídeo ao lado)

De acordo com os alunos prejudicados, o dinheiro estava com Tamara porque a mesma havia disponibilizado a conta no início dos preparativos para a formatura. Os colegas confiaram, mas foram surpreendidos em março, quando o serviço de fotografia não foi pago. Aos demais integrantes da comissão, a estudante desaparecida teria dito que estavam todos errados e que ela tinha a consciência tranquila. Desde então nunca mais foi vista.

O crime vem sendo investigado pela 5ª Delegacia de Polícia, que procurou a estudante no endereço cadastrado na matrícula da UFRN. Entretanto, além de não localizar Tamara, a polícia constatou que a casa pertencia à tia dela.

Informações do cerimonialista Júlio César Frederico, que trabalha em uma empresa especializada em organização de formaturas, dão conta que a prática não é novidade. Só em 2011 foram registrados 17 casos na capital potiguar. Historicamente, o maior golpe ocorreu quando um aluno roubou cerca de R$ 31 mil dos colegas.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Polícia Civil do RN já conta mais de 100 prisões durante operação PC27


Primeiras prisões da operação PC27 no RN ocorreram em Parnamirim (Foto: Matheus Magalhães/G1)

Dados atualizados da Delegacia Geral de Polícia Civil do Rio Grande do Norte revelam que 106 pessoas foram presas em todo o estado nesta quinta-feira (9) desde a deflagração da operação PC27, que cumpre mandados de prisão em aberto em vários municípios potiguares. Segundo o delegado geral Fábio Rogério, que confirmou o número ao G1, a operação PC27 é realizada em todos os 26 estados do país mais o Distrito Federal em comemoração ao Dia da Polícia Judiciária, celebrada neste 9 de maio.

Ainda de acordo com o delegado, esta é a maior operação em número de prisões já realizada no estado. Em abril de 2011, após uma greve da Polícia Civil, 63 suspeitos foram detidos num dia só durante a operação 'Retorno'. Poucos tempo depois, em agosto, 93 suspeitos foram parar na cadeia durante a operação 'Xerife', em alusão à aposentadoria do delegado Maurílio Pintos de Medeiros.
Fábio Rogério acrescenta que o número de detidos ao longo desta quinta pode aumentar ainda mais. “A operação não acabou. Temos mais de 100 mandados expedidos pela Justiça, mas muitos suspeitos estão sendo presos em flagrante. E o nosso trabalho vai até as 18h”, ressaltou. Os números finais da ação serão divulgados no final desta quinta, em coletiva de imprensa a ser realizada na Delegacia Geral de Polícia Civil (Degepol), em Natal.
A assessoria de comunicação da Secretaria Estadual da Justiça e da Cidadania (Sejuc), pasta responsável pela custódia dos presos, disse que a Coordenadoria de Administração Penitenciária já foi informada sobre a demanda de novos presos. "O diretor Castelo Branco tentará remanejar presos já custodiados para abrir novas vagas para os detidos ao longo da operação", acrescentou a assessoria.
Agentes da Delegacia Especializada no Atendimento ao Adolescente (DEA), em Natal, também cumprem mandados de apreensão contra menores. Ao todo, são 60 mandados para serem cumpridos ainda nesta quinta. 
Prisões
As mais de 106 prisões realizadas até o momento, ainda de acordo com o delegado geral, são decorrentes do cumprimentos dos mandados expedidos pela Justiça e casos de flagrante delito. “Prendemos mais de 15 suspeitos de homicídios, mortes que aconteceram recentemente. Punir estes criminosos é o mais importante”, ressaltou Fábio Rogério.
Ao G1, o delegado destacou as prisões que aconteceram em Natal, onde três suspeitos, sendo duas mulheres e um homem, foram detidos por envolvimento na morte do economista carioca Carlos Norberto Holtz, cuja ossada foi localizada pela polícia no dia 31 de janeiro deste ano na cidade de Macaíba, na região metropolitana da capital potiguar.
Parnamirim
Em Parnamirim, onde foram feitas as primeiras prisões nesta quinta, seis suspeitos foram detidos até o momento: três por porte de drogas, um por porte ilegal de arma de fogo e outros dois com mandados de prisão em aberto por assaltos.

Presos em Macaíba são suspeitos de envolvimento em recentes crimes de homicídio  (Foto: Matheus Magalhães/G1)Presos em Macaíba são suspeitos de envolvimento
em homicídio (Foto: Matheus Magalhães/G1)
Macaíba
Outros três homens foram detidos em Macaíba, também na Grande Natal, suspeitos de envolvimento em recentes assassinatos ocorridos na cidade. De acordo com Elialdo Moura, chefe de investigações da delegacia, os três são apontados de envolvimento na morte de seis pessoas, executadas a tiros entre a noite do último dia 30 e madrugada do dia 1º deste mês. Em todos os casos, os crimes tiveram características de execução. "Os criminosos já chegaram atirando”, afirmou a Polícia Militar na ocasião dos homicídios.
Mossoró
Em Mossoró e cidades vizinhas no Oeste potiguar, quinze pessoas foram presas até o momento e quatro armas retiradas de circulação. Entre as armas apreendidas na região está uma pistola calibre 9 milímetros, que o delegado afirma ser de fabricação israelense. “Também retiramos de circulação uma garruncha, um revólver calibre 38 e uma escopeta”, acrescentou o delegado. Quanto aos presos, Denys Carvalho não revelou os nomes, mas disse que são suspeitos detidos por diversos crimes, como homicídios, tráfico de drogas e assaltos.

Adolescente foi apreendido e levado à delegacia pelos policiais da DEA, em Natal (Foto: Igor Jácome/G1)Adolescente foi apreendido e levado pelos
policiais da DEA, em Natal (Foto: Igor Jácome/G1)
Adolescentes
Agentes da Delegacia Especializada no Atendimento ao Adolescente (DEA), em Natal, também cumprem mandados de apreensão contra menores. Ao todo, são 60 mandados para serem cumpridos ainda nesta quinta.
De acordo com a Polícia Civil, as ordens de apreensão são contra adolescentes que já estavam cumprindo medidas socioeducativas, mas não haviam comparecido às audiências judiciais.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Presos postam fotos no Facebook de dentro do maior presídio do RN

Emanuel Martins Genuíno da Silva atualizou fotos dia 21 de abril (Foto: Reprodução/Facebook)Diego Emanuel Martins Genuíno da Silva atualizou fotos dia 21 de abril (Foto: Reprodução/Facebook)

Três detentos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz - maior unidade prisional do Rio Grande do Norte-, estão cumprindo punições por terem atualizado, de dentro de suas respectivas celas, fotos e informações em perfis na rede social Facebook. De acordo com a Secretaria Estadual de Justiça e da Cidadania (Sejuc), pasta responsável pela custódia dos apenados, os detentos foram isolados e vários aparelhos celulares apreendidos.

Ainda de acordo com a Sejuc, dois dos apenados foram identificados: Elton John Nascimento da Silva, condenado a 11 anos de prisão por tráfico de drogas, e Diego Emanuel Martins Genuíno da Silva, condenado a 16 anos por homicídio, porte ilegal de armas e roubo. Inquérito instaurado pela direção da penitenciária descobriu que eles interagiam na mídia social desde março deste ano. Algumas das fotos foram registradas na cela e no pátio de Alcaçuz.
Até o início da tarde desta quinta (9), os perfis dos presos continuavam no ar.

Elton John Nascimento da Silva é o Negro Drama T (Foto: Reprodução/Facebook)Elton John Nascimento da Silva é o Negro Drama T (Foto: Reprodução/Facebook)

De acordo com o juiz da vara de Execuções Penais do estado, Henrique Baltazar, a direção deve apurar como os aparelhos celulares chegaram aos presos. Já os apenados, irão responder pelas postagens e devem ter adiados, por mais um bom tempo, os benefícios que teriam direito com a progressão da pena.

Cordel detonador encontrado durante a revista dentro de Alcaçuz (Foto: Divulgação/Polícia Militar do RN)Cordel detonador encontrado durante revista
em Alcaçuz (Foto: Divulgação/Polícia Militar do RN)
Objetos proibidos
Objetos proibidos são constantemente encontrados dentro de Alcaçuz. No mês passado, por exemplo, revista realizada pela PM antes da visita feita à unidade pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, encontrou 18 facas artesanais, 16 aparelhos celulares, 15 trouxinhas de drogas, duas balanças de precisão, vários carregadores e diversos chips para celular.
Segundo informou a diretora Dinorá Simas, em 22 de fevereiro agentes penitenciários acharam um cordel com 50 centímetros de comprimento e seis espoletas, material utilizado para detonação de explosivos. Além dos componentes do artefato, também foram apreendidos pelos policias 37 aparelhos celulares, 22 chips de telefone de várias operadoras, 17 carregadores de celular, 25 facas artesanais e 32 trouxinhas de maconha.

Penitenciária Estadual de Alcaçuz (Foto: Ricardo Araújo/G1)

Alcaçuz
A Penitenciária Estadual de Alcaçuz, localizada no município de Nísia Floresta, na Grande Natal, possui mais de 900 homens encarcerados. A unidade foi liberada para receber novos presos em outubro do ano passado pela Justiça após passar dois meses interditada em razão da falta de estrutura física e deficiência na segurança.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Em desespero, pessoas se atiram de prédio em chamas no Paquistão


Homem é visto se jogando de prédio em chamas no Paquistão. Pelo menos duas pessoas morreram nesta quinta-feira (9) por causa de um incêndio na cidade de Lahore, no leste do país, após se jogarem do prédio fugindo das chamas, informou a polícia. (Foto: Damir Sagolj/Reuters)
Pelo menos duas pessoas morreram nesta quinta-feira (9) por causa de um incêndio na cidade de Lahore, no leste do Paquistão, após se jogarem do prédio fugindo das chamas, informou uma fonte policial.
O acidente aconteceu pouco depois do meio-dia local entre o sétimo e o décimo andares do imóvel, e 30 pessoas conseguiram se livrar do fogo ao subir para o terraço do edifício, onde foram resgatados com helicópteros.
Uma fonte da polícia de Lahore afirmou uma hora após ser declarado o incêndio que as autoridades temiam que "quatro ou mais pessoas" ainda ficassem presas no edifício comercial.
O jornal local "Express Tribune" elevou para três o número de mortos, um na hora e outros dois já no hospital. O periódico acrescentou que os trabalhos de resgate e controle do fogo foram demorados pelas dificuldades dos veículos de bombeiros em chegar ao local devido aos automóveis mal estacionados nessa área movimentada da cidade.
Lahore, que tem mais de 6 milhões de habitantes, foi cenário de alguns incêndios fatais em edifícios públicos no ano passado, devido ao péssimo estado das instalações e da escassez de medidas de prevenção de incêndio no país.

Bombeiro joga água para tentar controlar as chamas e amenizar o calor entre as pessoas encurraladas no prédio (Foto: Arif Ali/AFP)

Helicóptero é usado em resgates no edifício em chamas em Lahore (Foto: Arif Ali/AFP)

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

FPF proíbe Gaviões de ir a estádios, e bane torcedor por três meses


Sede da Gaviões Corinthians (Foto: Daniel Romeu / Globoesporte.com)
Em comunicado emitido na tarde desta quarta-feira, a Federação Paulista de Futebol proibiu a Gaviões da Fiel, maior torcida uniformizada do Corinthians, de frequentar os estádios de São Paulo. O grupo foi punido por incidentes ocorridos na semifinal do Campeonato Paulista, no último domingo, contra o São Paulo. A decisão foi tomada após relatório enviado pelo Comando do Segundo Batalhão de Polícia de Choque.
Na documentação, consta que bombas caseiras e baquetas, que servem como instrumentos musicais, foram arremessadas em direção à torcida são-paulina no clássico. Também são citados assentos danificados no Morumbi, e folhetos distribuídos com letras de cânticos ofensivos e de provocações contra os adversários.
Nenhum cidadão poderá entrar nos estádios com roupas e objetos que identifiquem a Gaviões até que se conclua a apuração da responsabilidade dos fatos indicados no relatório. Não há um prazo determinado no comunicado da FPF. Neste domingo, o Corinthians recebe o Santos, no Pacaembu, no primeiro jogo da final do Paulistão. A segunda partida está marcada para o dia 19, na Vila Belmiro.
Além da facção, o torcedor Marcos Sérgio da Silva foi proibido de frequentar os estádios por três meses. Segundo o comunicado, ele foi enquadrado no Estatuto de Defesa do Torcedor.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Cartão para tratamento de usuário de crack custará R$ 4 milhões mensais



O governo paulista lançou na manhã desta quinta-feira (9) o cartão Recomeço, para o pagamento de clínicas especializadas na recuperação de usuários de drogas. O cartão terá um crédito de R$ 1.350 mensais para o  pagamento dos abrigos e unidades terapêuticas. As famílias dos viciados poderão escolher em que unidade eles serão internados. O benefício começar a será distribuído em 60 dias.
Segundo o governo estadual, o cartão Recomeço custará R$ 4 milhões mensais com o projeto. Ele terá validade de 180 dias - que não pode ser renovável. De acordo com o governo estadual, esse tempo é considerado adequado para recuperação de especialistas. O benefício será direcionado a maiores de 18 anos.
"[A droga] É uma doença crônica, reincidente. Não pode-se achar que vai curar em 45 dias", disse o governador Geraldo Alckmin (PSDB). Ele informou que o edital para selecionar as clínicas que serão credenciadas será lançado na semana que vem.
O edital para as clínicas se credenciarem deve ser lançado nos próximos dias pelo governo. Clínicas em 11 cidades poderão participar: Diadema, Sorocaba, Campinas, Bauru, São José do Rio Preto, Ribeirão Preto, Presidente Prudente, São José dos Campos, Osasco, Santos e Mogi das Cruzes.
As cidades foram escolhidas de acordo com o tamanho da rede de referência em assistência social e saúde e a localização nas regiões polo.
"Vão ser exigidas delas [entidades] protocolos de serviços a serem prestados, RH [recursos humanos] mínimos, assitentes sociais, psicólogos, oficineiros, além de um nível de instalação fiscalizada pelo estado e habilitada pelo programa", afirmou o secretário estadual de desenvolvimento social Rodrigo Garcia. Para o secretário, será fundamental a existência de atividades profissionais nas unidades terapêuticas. De acordo com o governador, critérios como experiência na área e boa distribuição geográfica serão adotados para a escolha das entidades credenciadas.
A ideia do programa é conceder um cartão para os dependentes que aceitarem o tratamento voluntariamente. Ao apresentar o cartão nessas unidades, o usuário receberá o tratamento e o dinheiro será repassado do governo de São Paulo diretamente para a clínica credenciada. Inicialmente, serão atendidos 3 mil dependentes químicos.
Há cerca de um ano, a Prefeitura de São Paulo e o governo estadual intensificaram as ações contra o crack no Centro da capital paulista, na chamada Cracolândia. O Programa de Enfrentamento ao Crack na cidade foi lançado em janeiro pelo governador. No entanto, a capital paulista não será beneficiada pelo programa.
"A Cracolândia, talvez, seja a região que tenha mais possibilidade de assistência, são mais de 240 vagas. O problema na Cracolândia é como tirar essas pessoas da rua", disse o coordenador do Programa Recomeço, o professor Ronaldo Laranjeira, sobre a dificuldade em convencer os usuários saírem do local.
Segundo o coordenador do Programa Recomeço, o professor Ronaldo Laranjeira, o programa de enfrentamento ao crack de São Paulo é mais bem definido que em  países avançados. "Ainda falta bastante, ainda temos muito o que fazer, mas temos um eixo", disse. Segundo ele, São Paulo serve de modelo para o paí no combate as drogas. Laranjeiras é professor da Unifesp especialista em álcool e drogas.
Beneficiados
Os critérios de escolha dos usuários beneficiados com o cartão serão definidos pelos municípios, baseados nas necessidades de tratamento dos usuários de drogas. Segundo o coordenador do programa, não importa a classe social do paciente.
A seleção será feita pelo Centro de Atenção Psicossocial (Caps) do município, que irá encaminhar os usuários para essas unidades terapêuticas. Os recursos dos cartões serão disponibilizados nas unidades sociais que receberão o repasse da verba feita pelo governo.
Os menores de idade não serão beneficiados pelo programa inicialmente, já que segundo o governo o Estatuto da Criança e do Adolescente não permite que os adolecentes fiquem no mesmo espaço que os maiores de 18 anos. Apesar disso, Laranjeira disse que eles não foram excluídos. "Menores de idade poderão ser atendidos em moradias assistidas criadas somente para esse público."

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››