RÁDIO CIDADE AO VIVO

segunda-feira, junho 17, 2013

Globo tira logotipo de microfones de seus repórteres; veja

Temendo pela integridade física de seus repórteres, a Globo adotou uma estratégia inédita durante a cobertura das manifestações que acontecem em São Paulo nesta segunda-feira. Tanto o repórter Jean Raupp, que cobriu o evento para o "Jornal Nacional", como seu colega Fabio Turci, apareceram na Globo sem o chamado "cubo" no microfone.

O cubo é aquela peça que fica logo abaixo do bocal do microfone, e onde todas as emissoras pintam seu logotipo. A coluna apurou que os carros usados pela emissora para levar os repórteres até os locais de manifestação também não tinham o logotipo da emissora.

Reprodução UOLAté as 21h, uma parte dos manifestantes --estimados em 65 mil por volta das 18h pelo Datafolha, mas que aumentaram com o passar das horas-- queria se dirigir à sede da Globo, na Luiz Carlos Berrini.

Desde a semana passada, postadores em redes sociais avisavam que a emissora seria um dos "alvos" dos protestos --cuja origem é o aumento no preço das passagens de ônibus em SP --de R$ 3,00 para R$ 3,20.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Manifestantes invadem Congresso Nacional, em Brasília; 2 são detidos, diz PM

Internauta registra concentração para protesto em frente ao Congresso Nacional, na noite desta segunda-feiraApós serem contidos por um cordão de isolamento da Polícia Militar, dezenas de manifestantes conseguiram furar o bloqueio e invadiram a área externa do Congresso Nacional, em Brasília, nesta segunda-feira (17), aos gritos de "a-ha, u-hu, o Congresso é nosso". Eles ocuparam a marquise onde ficam as duas cúpulas, a da Câmara e a do Senado.

Segundo o tenente-coronel Maurício Gouvêa, que comanda a ação policial, duas pessoas foram detidas. Em alguns momentos, os policiais chegaram a usar spray de pimenta para reprimir os ativistas. Uma vidraça do prédio também foi quebrada.

Os ativistas participam de um protesto que pede recursos para educação, saúde, passe livre no transporte público e contra os gastos públicos na Copa das Confederações e do Mundo (2014), entre outras reivindicações. A manifestação ocorre simultaneamente em várias outras cidades do país, como em Belo Horizonte, São Paulo, Natal, Belém, Campinas, no Rio de Janeiro e em Florianópolis.

Os manifestantes continuam a subir na laje do Congresso -- a PM só conseguiu bloquear uma das entradas.

Por volta das 19h30, o plenário do Senado encerrou suas atividades em virtude dos protestos. Alguns senadores chegaram a tentar negociar com manifestantes, sem sucesso.

O estudante Wellington Fontenelle, um dos organizadores do protesto, disse que a intenção da manifestação não era invadir a sede do Legislativo e que o movimento não representa o grupo que ocupa da rampa e a cúpula. 

Reivindicações
No ato, os principais gritos de guerra eram contra a presidente Dilma Rousseff e contra o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT). Voltados em direção ao Palácio do Planalto, os integrantes do protesto gritaram "Isso é só o começo" e cantaram "Que país é esse", música da banda Legião Urbana.

Outros políticos também foram alvo das reclamações. Era possível ouvir gritos de "Fora, Sarney" e "Fora, Renan".

Um dos organizadores do evento no Facebook entregou à polícia legislativa uma lista de reivindicações dos manifestantes. Entre os itens, há um pedido para que a Câmara abra investigação sobre a violência policial contra os manifestantes.

Manifestantes ouvidos pelo UOL afirmaram que foram motivados por indignação contra a corrupção, contra  PEC (Proposta de Emenda Constitucional) que tira poderes de investigação do Ministério Público e contra os gastos na Copa do Mundo.

Também houve gritos contra os PMs -- "ei, polícia você está do lado errado" -- e contra a Copa do Mundo de 2014 -- "Copa do Mundo, eu abro mão. Quero dinheiro na saúde e educação".

Com cartazes, faixas e bandeiras do Brasil, o protesto por volta das 17 horas, no Museu da República, no início da Esplanada dos Ministérios. Durante a caminhada, mais pessoas foram aderindo à manifestação, que ocupou todas as faixas da Esplanada.

O protesto foi organizado pelas redes sociais. Na chegada ao Congresso, um grupo chegou a invadir o espelho d'água em frente ao prédio.

Segundo a PM do Distrito Federal, cerca de 5.000 pessoas participam do protesto e havia, inicialmente, 400 policiais no local. Mas após a invasão do Congresso, a Secretaria de Segurança Pública do DF afirmou que mais 3.500 PMs estão sendo deslocados para o local para "proteger os prédios públicos". O reforço policial conta com homens da Tropa de Choque, da Rotam e da cavalaria.

Procurado pela reportagem do UOL, o governador do Distrito Federal afirmou, através de sua assessoria de imprensa, que não iria se manifestar. O Palácio do Planalto emitiu nota oficial em que a presidente Dil

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

DOIS ELEMENTOS ASSALTARAM A AGÊNCIA DOS CORREIOS DA CIDADE DE CARNAUBAIS


Na tarde de hoje 17 de junho por volta das 14:45hs dois elementos assaltaram a agencia dos correios da cidade de Carnaubais.
Segundo informações os meliantes chegaram na agência e anunciaram o assalto em seguida fugiram em uma moto tipo Broz de cor preta com destino ignorado.
Policiais realizam diligencias na tentativa de localizar e prender os assaltantes.

Reprodução Cidade News Itaú via Focoelho
Leia Mais ››

Homem que ameaçou de pular de torre em Currais Novos é acusado agir em 170 cidades

 Google mostra várias ações de Zé da Torre

A cidade de Currais Novos/RN foi a escolhida da vez de José Carlos Conceição, 30 anos, (ZÉ DA TORRE) indivíduo conhecido no Brasil inteiro por agir sempre com os mesmos moldes operandis que é de subir em uma torre de telefonia e ameaçar pular da mesma alegando problemas financeiros e falta de oportunidades.

O homem já é conhecido pela polícia justamente por praticar o mesmo ato em mais de 170 cidades por onde passou. Ele se diz revoltado com a vida, com a polícia e sempre pede dinheiro par descer da torre. 

De tanto fazer a mesma pratica o Baiano ficou conhecido como Zé da Torre. Como sempre faz ele não pulou de torre nenhuma em Currais Novos e já desceu.

Reprodução Cidade News Itaú via Eduardo Dantas
Leia Mais ››

Parte do material furtado da rouparia do Corintians foi recuperado e policia investiga o caso


A Policia foi acionada nesta segunda-feira e conseguiu recuperar uma parte do material esportivo que foi furtado na madrugada de ontem (domingo) da rouparia do Atlético Clube Corintians no Bairro Barra Nova.

Uma denuncia levou a Policia até o Bairro Frei Damião onde foram recuperadas nove (09) bolas com a marca do ACC. 

A Policia está investigando o caso e já tem algumas pistas que podem identificar os autores do crime. Um carro que pode ter sido utilizado no crime já foi identificado.

Reprodução Cidade News Itaú via Eduardo Dantas
Leia Mais ››

Homem é morto após sair de forró na cidade de Pombal; mulher suspeita do crime já foi presa

O sétimo homicídio de 2013 em Pombal foi registrado nas primeiras horas da manhã deste domingo (16), no bairro Vida Nova, e teve como vítima o ajudante de serviços gerais Raimundo Antônio da Silva, de 51 anos, conhecido por "Netinho", que morava na rua José de Almeida Filho, bairro Nova Vida.

O crime aconteceu em frente ao bar de “Chico Germano”, na saída para Paulista, onde acontecia um forró.

A reportagem apurou junto às polícias que “Netinho” foi morto com uma golpe de faca no peito esquerdo. “Netinho” trabalhava no bar da galinha e era separado, pai de dois filhos.

O sargento Kenedy da polícia militar local revelou que viu a vítima com uma mulher, identificada por Maria de Fátima, minutos antes do homicídio.

Ela é a principal suspeita do crime e foi presa, mas a PM também deteve outra mulher conhecida por “Negra Sandra”, que estava nas proximidades.

As duas foram encaminhadas à delegacia de polícia civil, e o delegado Aroldo Queiroga vai apurar a participação delas no assassinato.
O corpo de “Netinho” foi conduzido para o IML da cidade de Patos.


O sargento Kenedy da polícia militar local revelou que viu a vítima com uma mulher, identificada por Maria de Fátima, minutos antes do homicídio.

Ela é a principal suspeita do crime e foi presa, mas a PM também deteve outra mulher conhecida por “Negra Sandra”, que estava nas proximidades.

As duas foram encaminhadas à delegacia de polícia civil, e o delegado Aroldo Queiroga vai apurar a participação delas no assassinato.
O corpo de “Netinho” foi conduzido para o IML da cidade de Patos.

Reprodução Cidade News Itaú via Liberdade Fm/É Sertão
Leia Mais ››

Artigo: O Brasil acordou. Chega de sofrimento

brasil choro

A humanidade desconhece da força que tem….

Nesses últimos dias, 000,1% acordaram para a vida, me parece que estão descobrindo o poder que juntos temos.

O governo não é feito por quem está por dentro e sim por quem está de fora. Somos nós brasileiros que elegemos pessoas que supostamente pensávamos que pudesse ajudar o povo, povo que tem paciência de sobra, povo sofrido, calejado, mas paciência tem limite.

A educação é a melhor arma que podemos ter, utilize-a com sabedoria e terás o que reivindicou.

A ganância sobre o dinheiro, sobre o umbigo de ouro desfavorece os mais fracos. O dinheiro muda as pessoas. Hoje em dia é mais fácil criar leis, porém muda-las ou impedi-las é missão para os 4 Fantásticos.

A verdade é que a mentira não é mais pecado. Roubar e cobiçar o próximo virou modismo e ser educado, gentil virou homofobia. A vida é muito curta para sofrermos tanto e no fundo somos todos prisioneiros dentro de um país onde o governo se faz se desentendido, mas no fundo quem é que assina todos esses projetos?

Essas supostas papeladas tem endereço certo com remetente e destinatário, ISSO É FATO. O MANÉ GARRINCHA deu um drible de super futuramente na construção do estádio onde nem se quer time de futebol tem… Ôooo BRASÍLIA, em seu leito a nossa pátria e amada!!!

São as boas ideias que transformam o mundo, não é a força… Também entendo. Pois papai sempre me dizia assim: Filho cuidado! Paciência tem limite. Realmente Educação vem de berço.

Reprodução Cidade News Itaú via Robson Pires
Leia Mais ››

Minha Casa, Minha Vida: divulgação de inscritos e selecionados pode ser obrigatória

minha casa minha vidaUma resolução discutida na 37ª Reunião do Conselho das Cidades (Concidades), no início de junho, quer tornar obrigatória a divulgação das informações dos inscritos, selecionados e os critérios municipais utilizados para a seleção dos beneficiários do Programa Minha Casa, Minha Vida.

A resolução foi submetida pelo Comitê de Habitação do Conselho das Cidades ao plenário. Na ocasião a proposta foi aprovada, mas para se tornar realmente válida, precisa de regulamentação do Ministro das Cidades e da publicação no Diário Oficial da União (DOU) para fins legais.

Durante a reunião, que ocorreu nos dias 5 a 7 de junho, foi debatida a importância da construção do Sistema Nacional de Desenvolvimento Urbano – tema central da 5ª Conferência Nacional das Cidades -, além da aprovação do regulamento da conferência.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Acidente com ônibus da banda Canários do Reino deixa um morto

canarios do reino
O ônibus da banda de forró Canários do Reino se envolveu em um acidente grave, no Km 56 da BR 116, próximo a Pacajus, na noite do domingo (16). Após realizar um show a banda retornava para Fortaleza. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista do ônibus partiu para uma ultrapassagem perigosa no KM 56 da BR, e acabou batendo de frente com um carro de passeio. 

O motorista do carro, Francisco Erivaldo Justino, teve morte instantânea com o impacto da batida. A mulher dele ELIZETE PEREIRA JUSTINO e a filha ÉRIKA JUSTINO, que também estavam no veículo, foram socorridas em estado grave ao IJF na capital. 

No ônibus, estavam cerca de 30 pessoas, entre músicos, staffs e produtores da banda, apenas o motorista se feriu levemente com pequenas lesões na perna. A Polícia informou que os dois motoristas que acompanhavam a banda se revezavam durante a viagem e ambos foram levados à delegacia de Eusébio para prestar depoimento. 

A assessoria de imprensa do IJF informou na manhã desta segunda-feira que Elizete teve evolução no tratamento e está em estado estável. Já a filha do casal Érika continua em estado de emergência e esta sob suspeita de traumatismo craniano.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

MP que evitar interferência política em Apodi, Felipe Guerra, Itaú e outros municípios

O Ministério Público Estadual, por intermédio da Promotoria de Justiça da Comarca de Apodi, encaminhou Recomendação ao Comandante Geral da Polícia Militar e ao Delegado-Geral de Polícia Civil para que se abstenham de realizar qualquer interferência indevida na atividade finalística dos policiais civis e militares lotados no município.

A Recomendação objetiva evitar interferências políticas no trabalho da polícia e foi encaminhada também aos Comandantes do 2° Batalhão da Polícia Militar, em Mossoró, da Companhia da PM em Apodi, da Polícia Rodoviária Estadual, além dos destacamentos da Polícia Militar, delegado da Polícia Civil e demais policiais da Comarca para que não aceitem qualquer pedido, ordem ou solicitação de políticos que se configurem em intervenções sofridas no exercício profissional, denunciando eventuais casos imediatamente à Promotoria de Justiça.

O representante do MP na Comarca de Apodi, encaminhou a Recomendação aos prefeitos e demais ocupantes de cargos eletivos nos municípios integrantes da Comarca para que se abstenham por si por representantes de intervir direta ou indiretamente na atividade policial, seja para beneficiar ou prejudicar cidadãos.

O MP pede aos cidadãos de Apodi, Felipe Guerra, Itaú, Rodolfo Fernandes e Severiano Melo que denunciem qualquer favorecimento ou perseguição policial motivada por ingerência política ou hierarquia sobre policiais que trabalham nessas cidades.

Na Recomendação, o Ministério Público adverte, que a intervenção indevida no trabalho policial implicará a adoção das ações penais e de improbidade cabíveis, especialmente por violação aos deveres do administrador público no campo da impessoalidade e da imparcialidade.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

CONCLUÍDA A INVESTIGAÇÃO ACERCA DO HOMICÍDIO DE JOSÉ ERIVAN (o van da catingueira), OCORRIDO EM 2012 NA CIDADE DE BARAÚNA

Aos 28/10/2012, no Águas Bar, em Baraúna, a vítima José Erivan de Morais, conhecido como “Van da catingueira”, teve sua vida ceifada ao ser alvejado com dois tiros de arma de fogo, os quais foram disparados por Gilvan Ribeiro Sobrinho, conhecido por “Gilvan de Rimungo”.

Pelo fato de o crime ter ocorrido por volta das 13:30 de um domingo, quando o estabelecimento comercial estava cheio, muita gente sabia quem teria sido o autor e poderia ter testemunhado neste aspecto, permitindo uma rápida conclusão do inquérito policial. Contudo, todo este tempo a policia civil local ficou com o procedimento em aberto por não ter como “botar no papel” e finalizar a apuração, pois ninguém queria testemunhar.

Mas após um esforço da PC no sentido de convencer o autor a se apresentar e assumir a autoria, o mesmo, acompanhado de seu advogado, confessou ter matado a vítima, alegando, contudo, legítima defesa. Tese esta que diverge bastante de comentários anônimos feitos em um site jornalístico à época, que diriam que o autor é quem teria ido ao encontro da vítima para matá-la.

Isto deixa claro, para a Polícia Civil local, que a participação cidadã da população, testemunhando acerca de como realmente se desenrolou o fato apurado, será determinante para que se julgue corretamente o caso ou não. Pois em não havendo a produção da prova testemunhal, ou se correrá o risco de se absolver por legítima defesa quem tinha premeditado a morte da vítima, ou se poderá condenar alguém que teria agido somente para se defender. Ou seja, cada uma das hipóteses representará uma injustiça, injustiça esta que poderá não ocorrer se houver quem testemunhe acerca de como o fato realmente ocorreu.

Para o Delegado Ricardo Adriano, este caso representa bem a dificuldade que a Polícia Civil enfrenta ao tentar desempenhar a contento sua atribuição precípua, que é investigar: “Veja bem: todo mundo sabia, população e a própria polícia, quem tinha sido o autor, mas ninguém falava!! E quando digo falar é falar assinando ao final de um termo de oitiva, o que embasaria no mínimo um pedido de prisão preventiva. Mas ninguém nunca sabe de nada o que, como regra, impede uma apuração mais rápida e eficaz do fato, quando não deixa impune o autor do fato criminoso! Portanto, enquanto a população não assumir seu papel como cidadã, testemunhando sobre o que souber em relação a práticas criminosas, a polícia pouco poderá fazer na elucidação dos crimes. E, neste aspecto, quero ressaltar que há crimes importantes, alguns até recentes, que estão prontos para serem elucidados, mas só não o são pelo mesmo motivo: medo de testemunhar... E também quero destacar que se mantém vivas, e bem vivas, algumas testemunhas que tiveram coragem para depor permitindo a conclusão de investigações de crimes importantes na cidade. E tais testemunhas circulam livremente na cidade. Pois nestes casos, a Autoridade Policial pode pedir (eu sempre peço) segredo de justiça ou até mesmo a inscrição da pessoa no serviço de proteção a testemunha, no intuito de resguardar a privacidade e a segurança delas!”

Por isso mais uma vez a Polícia Civil de Baraúna pede à população que a procure, pessoalmente ou de forma anônima (carta, telefonema etc), para prestar esclarecimentos acerca de crimes ocorridos na cidade. Os telefones na Polícia Civil de Baraúna são (84)3320-4753 e (84)9486-6465.

Reprodução Cidade News Itaú via O Câmera
Leia Mais ››

Trio invade residência, amarra família e rouba objetos, joias e R$ 2 mil

Três criminosos armados invadiram uma residência, na Cidade Satélite, fizeram uma família refém e roubaram vários objetos e dinheiro. O trio chegou a trancar pai, mãe e dois filhos em um quarto e os amarraram com gravatas, fio de um ventilador e fitas. Os bandidos chegaram a ameaçar “estourar os miolos das vítimas”.

O crime aconteceu por volta das 20h, quando os três assaltantes chegaram ao local e abordaram o casal que chegava em casa, em um veículo modelo Pálio, de cor vermelha e placas MWN-7492. Eles entraram na residência e renderam também os dois filhos do casal que já estavam dentro da casa.

Todos foram trancados e amarrados dentro de um dos quartos. Para isso, foram usadas gravatas do pai, fios arrancados de um ventilador e fita isolante. A ação dos criminosos durou alguns minutos, mas foi tempo suficiente para eles reunirem objetos de valor, um TV de 42 polegadas, joias e R$ 2 mil em espécie.

Em seguida, eles fugiram levando o carro da família. Em conversa com a reportagem do Portal BO, o pai, que pediu para não ser identificado, disse que os três assaltantes foram bastante violentos e chegaram a dizer que iriam “estourar os miolos deles”, caso alguém reagisse.

Depois que os bandidos foram embora, as vítimas ligaram para o Centro Integrado em Operações de Segurança Pública (Ciosp), no entanto, aproximadamente 30 minutos depois, nenhuma viatura tinha sido enviada ao local. Depois de todo esse tempo, policiais militares da Rondas Ostensiva com Apoio de Motocicleta (Rocam) passavam pelo local e foram avisados por populares do assalto.

As vítimas relataram que os três bandidos que invadiram a residência tinham aparência de menores de idade e um deles tinha corte de cabelo diferenciado, com formação de desenhos que não puderam ser identificados.

Reprodução Cidade News Itaú via Portal BO
Leia Mais ››

Dez suspeitos são procurados pelo sequestro de empresário no RN

Cearenses Ezequiel Serafim Leitão e José Wilson Trajano de Freitas são procurados pela polícia do RN  (Foto: Divulgação/Polícia Civil do RN)

Além dos dois presos suspeitos de envolvimento com o sequestro do empresário mossoroense Fábio Porcino Rosado Chaves, de 23 anos, a Polícia Civil do Rio Grande do Norte acredita que mais dez pessoas também tiveram participação no crime. O jovem passou quatro dias acorrentado até ser libertado, na última sexta-feira (14), em uma cabana de lonas pretas armada na zona rural da cidade de Canindé, no Ceará. Segundo a delegada Sheila Freitas, que comanda as investigações, destes dez que são procurados, oito foram responsáveis diretos pelo sequestro. “São os oito que foram até a concessionária do pai dele, em Mossoró, e o levaram de lá”, afirmou a delegada. Os outros dois, ainda segundo Sheila, são considerados os mentores do crime. Um deles, inclusive, é apontado como o líder da quadrilha. Os nomes e fotos destes últimos foram revelados e divulgados pela polícia nesta segunda (17) durante entrevista coletiva.

“Os dois têm mandados de prisão expedidos pela Justiça”, revelou a delegada, se referindo aos cearenses José Wilson Trajano de Freitas e Ezequiel Serafim Leitão. O primeiro, segundo Sheila, é o líder da quadrilha. “Ele é muito perigoso, remanescente do bando de Valdetário”, disse ela, se referindo a Valdetário Benevides, líder da quadrilha dos Carneiro, morto em dezembro de 2003 durante confronto com a polícia na cidade de Lucrécia, na região Oeste potiguar. A quadrilha de Valdetário ganhou notoriedade pelos inúmeros assaltos a bancos realizados em vários estados do Nordeste.
Ainda de acordo com a delegada, Trajano foi preso em setembro de 2006, no estado do Ceará, apontado como membro de uma quadrilha que sequestrou o empresário gaúcho Dagoberto Antônio Faedo, que permaneceu 57 dias em cativeiro. "Trajano também já respondeu por homicídio e tentativa de assassinato no município de Tabuleiro do Norte (CE), ocorrido no dia 3 de junho de 1998", acrescentou. Sheila afirmou também que o cearense foi solto em abril deste ano. "Ele estava preso no Instituto Penal Paulo Sarasate, em Fortaleza. Ele foi beneficiado com a progressão de regime e estava no semiaberto", complementou.

Polícia do RN localizou cativeiro de Fábio Porcino na cidade de Canindé, CE (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Quanto a Ezequiel, a delegada revelou que ele é sobrinho do dono da fazenda Garrote, propriedade rural onde os criminosos armaram o cativeiro. Foi lá que a polícia prendeu um dos suspeitos, um homem que estava de guarda, vigiando o empresário. “Durante os quatro dias que ficou em poder dos sequestradores, Fábio Porcino foi impedido de tomar banho. E por mais incrível que pareça, este vigia também não”, disse ela.
O outro homem detido no dia em que a polícia estourou o cativeiro foi preso pouco antes, na cidade de Canindé. “Eu não posso dizer como nós chegamos a este homem, mas posso dizer que ele é motorista de uma empresa terceirizada que presta serviço para a prefeitura da cidade. Foi ele quem entregou o restante do bando e foi ele quem nos levou ao local do cativeiro”, afirmou Sheila Freitas.  O suspeito, ainda segundo a delegada, é sobrinho de Ezequiel Leitão, dono da fazenda onde os criminosos armaram o cativeiro.
A polícia não revelou nada sobre os oito homens que chegaram à concessionária de veículos se passando por policiais federais e que levaram Fábio Porcino.
Carta à família
Ainda durante a coletiva realizada nesta segunda para detalhar o fim do sequestro de Fábio Porcino, a delegada que comanda as investigações revelou que os criminosos pretendiam fazer contato com a família dele por meio de uma carta. Segundo Sheila Freitas, o empresário foi forçado a escrever, de próprio punho, uma carta para os pais. O conteúdo da carta, no entanto, não foi revelado. “Não revelamos valores, mas posso dizer que a carta tinha várias exigências e a quantia pedida pelos sequestradores estava muito além do patrimônio da família”, disse a delegada.

A carta não chegou as mãos da família. “Não sabemos onde a carta está e nem com quem. Soubemos dela porque foi o próprio Fábio quem nos contou que foi obrigado a escrevê-la”, contou a delegada. Sheila acrescentou que a carta tinha data certa para ser entregue à família. “Dia 16. Nós o libertamos no dia 14, por isso a carta não chegou à família dele”, acrescentou.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

#RevoltadoBusão confirma nova manifestação nesta quinta em Natal

Estudantes do Padre Miguelinho se uniram ao protesto #RevoltadoBusao na manhã desta segunda em Natal (Foto: Igor Jácome/G1)

Um novo protesto do movimento #RevoltadoBusão está confirmado para quinta-feira (20) em Natal. Na página do evento no Facebook, mais de 19 mil pessoas confirmaram presença na manifestação até o fim da tarde desta segunda-feira (17). O ato está marcado para acontecer às 17h da quinta nas imediações do shopping Via Direta. O protesto foi confirmado pelo estudante Tiago Aguiar, que integra o Comitê de Comunicação do movimento #RevoltadoBusão. "A expectativa é de uma manifestação com milhares de pessoas", afirma.

Nesta segunda-feira (17), a Comissão de Estrutura do movimento enviou nota convocando entidades e movimentos sociais a participar de uma reunião plenária na terça-feira (18), às 17h, no Centro de Convivência da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). De acordo com a nota, "o objetivo da plenária o acúmulo de forças entre entidades e manifestantes que possuam como pauta comum o direito à cidade, e possam mobilizar a população por mudanças reais para a população".

Além da revovação dos aumentos das tarifas no transporte público, o movimento informa que está entre as pautas "a defesa da liberdade de manifestação política, que tem sido atacada pela repressão aos movimentos sociais". Tiago Aguiar reforça que outra meta da plenária é discutir questões estruturais do ato e articular a busca do diálogo com o governo para evitar repressão. "Queremos tentar o diálogo para que não haja repressão. Em São Paulo foi garantida a segurança dos manifestantes e a polícia não poderá utilizar balas de borracha no próximo protesto", explica o estudante. Segundo ele, a convocação das entidades visa "unificar toda a possibilidade de movimento popular. A ideia é fortalecer", conclui.

A pauta de reivindicações do movimento na página do protesto de quinta inclui a redução imediata das tarifas em toda grande Natal; acabar com a dupla função do motorista cobrador; bilhetagem única (ônibus e alternativos); integração entre os ônibus da grande Natal/RN; passe-Livre para Estudantes e Desempregados; criação do Fórum permanente sobre transporte público; ônibus 24h; renovação imediata de toda frota; retorno imediato de todas as linhas extintas; construção de corredores exclusivos para ônibus, bem como malha viária adequada para ciclistas (ciclovias); por um transporte 100% público.

Protesto do movimento Revolta do Busão (Foto: Felipe Gibson/G1)Comissão convocou entidades e movimentos
sociais para plenária (Foto: Felipe Gibson/G1)
Foram convocados mandatos de seis vereadores de Natal, além das seguintes entidades e movimentos sociais: Comitê Popular da Copa, Amigos do Bosque das Dunas, 10 Mulheres, SOS Ponta Negra, Associação Potiguar Amigos da Natureza (Aspoan), Centro de Referência em Direitos Humanos da UFRN, Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Ensino Superior (Sintest), Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública (Sinte), Sindicato dos Trabalhadores em Saúde no RN (Sindsaude), Sindicato dos Servidores Públicos de Natal (Sinsenat), Sindicato dos Bancários, Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica (Sinasefe), Sindicato dos Servidores da Administração Indireta (Sinai), Sindicato dos Servidores do Serviço Público (Sintsef), Sindicato dos Guardas Municipais (SindGuardas), Associação dos Subtenentes e Sargentos da Polícia Militar (Asspm), Sindicato dos Vigilantes (Sindforte), Diretório Geral dos Estudantes (DCE) UFRN, DCE UNP, DCE Maurício de Nassau, DCE UERN, Central Sindical e Popular (CSP-Conlutas), Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Central Única dos Trabalhadores (CUT), Executiva Nacional dos Estudantes de Comunicação Social (Enecos), Movimento Sem Terra (MST), Fora do eixo, Blogprog, Tropa Trupe, Bicicletada Natal, Levante Popular da Juventude, Motyrum, Marcha das Vadias, Pau e Lata, Coletivo Antiproibicionista Potiguar, Torcidas Organizadas Garra Alvinegra/Máfia Vermelha/Alecrim, Forum potiguar de comunicação e Forum LGBT.

Confira a nota na íntegra
"A Comissão de estrutura do movimento #RevoltadoBusao, vem através da presente, mui respeitosamente, convidar as entidades e movimentos sociais a participar de reunião plenária, a acontecer na próxima terça feira, 18, às 17h, no centro de convivência da UFRN.
O objetivo da plenária é o acumulo de forças entre entidades e manifestantes que possuam como pauta comum o direito à cidade, e possam mobilizar a população por mudanças reais para a população. Temos como pautas, entre outras, a revogação do aumento das tarifas no transporte público e a defesa da liberdade de manifestação política, que tem sido atacada pela repressão aos movimentos sociais.
Em momento em que as cidades brasileiras se unem por esta luta, é imprescindível a presença de nossas forças em conjunto para as melhorias para a população.
Natal, 17 de junho de 13
Comissão de estrutura do movimento #Revoltadobusao"

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Secretaria de Saúde do RN confirma mais de 2 mil casos de dengue

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) confirmou 2.662 casos de dengue de janeiro até 15 de junho no Rio Grande do Norte. O boletim com os números atualizados do Programa Estadual de Controle da Dengue foram divulgados nesta segunda feira (17). No período foram notificados 9.543 casos suspeitos da doença. No mesmo período de 2012, a Sesap informa que foram 26.792 casos suspeitos e 10.443 confirmados.

A estudante universitária Fernanda Letícia Medeiros, de 21 anos, que morreu na madrugada da última quinta-feira (13), ainda não foi confirmada como vítima da doença. De acordo com a Sesap, o caso ainda está em análise. A jovem passou cinco dias internada apresentando sintomas de dengue hemorrágica, segundo o delegado Getúlio Medeiros, que é tio de Fernanda.

Além do caso de Fernanda, que ainda está sendo analisado, em 2013 foram confirmados quatro óbitos por dengue, sendo dois por dengue hemorrágica, conforme a Sesap. Os números do boletim da secretaria mostram reduções de 74,5% nos casos suspeitos e 64,3% nos casos confirmados em relação ao mesmo período do ano passado.

A Sesap acrescenta que do total de municípios do RN, 56 apresentam baixa incidência da doença, 33 estão com média, 54 com alta e 24 com incidência silenciosa. Os cinco municípios que apresentam as maiores notificações de casos suspeitos são: Pau dos Ferros (1.102), Natal (1.060), Currais Novos (493), Parelhas (482) e Parnamirim (380).
De acordo com a Sesap, a prevenção e o combate ao mosquito precisam ser mantidos durante todo o ano. "É importante que a população continue verificando o adequado armazenamento de água, o acondicionamento do lixo e a eliminação de todos os recipientes sem uso que possam acumular água e virar criadouros do mosquito. Além disso, é essencial cobrar o mesmo cuidado do gestor local com os ambientes públicos, como o recolhimento regular de lixo nas vias, a limpeza de terrenos baldios, praças, cemitérios e borracharias", diz a secretaria em nota enviada à imprensa.
Os sintomas mais comuns da doença são febre,  dores no corpo, principalmente nas rticulações, e dor de cabeça. Também podem aparecer manchas vermelhas pelo corpo e, em alguns casos, sangramento, mais comum nas gengivas. É fundamental não tomar remédio por conta própria, pois isso pode mascarar sintomas e dificultar o diagnóstico, devendo ainda estar alerta para sinais de agravamento, como vômitos e dores abdominais.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Três ônibus se envolvem em acidente na zona Norte de Natal

Ilustração
Três ônibus se envolveram em um acidente na avenida Felizardo Moura nas imediações da Ponte de Igapó, na zona Norte de Natal.

O chamado foi recebido por volta das 15h10 pelo Centro Integrado de Operações da Segurança Pública (Ciosp). Os veículos já foram liberados do local do acidente.

De acordo com o subtetente Marcelo Félix, oficial de operações do Policiamento Rodoviário Estadual, o acidente não teve feridos graves. "Apenas uma pessoa teve ferimentos leves na colisão", afirma o oficial.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Motoristas protestam contra assaltos a ônibus em Natal

Um protesto dos motoristas de ônibus de Natal contra a onda de assaltos a transportes coletivos interditou o trânsito na Avenida Rio Branco, próximo ao Viaduto do Baldo, região Leste da capital. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do RN (Sintro/RN), foram registrados 13 assaltos a ônibus somente neste fim de semana.
O presidente do Sintro informou que o protesto foi organizado pelos próprios trabalhadores. A paralisação causou congestionamentos na região. Apenas uma faixa da Avenida Rio Branco está liberada para o tráfego de veículos. Agentes da Secretaria de Mobilidade Urbana estão no local para organizar o trânsito.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Bombeiros encerram dia de buscas por argentino levado pelo mar no RN

Turista argentino foi levado pela corretenza na praia das Minas, em Pipa, no litoral do RN  (Foto: Matheus Magalhães)O Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Norte encerrou às 17h desta segunda-feira (17) mais um dia de buscas pelo turista argentino Pablo Leonardo Simon, de 40 anos. Ele foi arrastado por correntezas no litoral Sul potiguar na tarde deste último sábado (15). O estrangeiro tomava banho na praia das Minas, em Tibau do Sul, quando desapareceu. As buscas continuam nesta terça-feira (18) das 7h às 17h.

De acordo com o soldado Francisco Canindé Nascimento, da Polícia Militar de Pipa, Pablo Simon é natural da cidade de Mendoza, capital da província de mesmo nome, que fica próximo à Cordilheira dos Andes, no Oeste da Argentina. A PM informa que o turista trabalha como psicólogo.

O trabalho realizado pelo Corpo de Bombeiros começou ainda no sábado, se estendeu durante todo o domingo (16) e continuou até as 17h desta segunda-feira (17). O tenente Jonas Alves informa que as buscas foram realizadas com uma embarcação e uma viatura. "A equipe iniciou o trabalho na praia das Minas, seguindo a correnteza até a Praia do Amor, em Pipa. Foram feitas busca visual e mergulhos em alguns pontos. Enquanto isso, uma viatura fez a busca em terra, observando as partes mais rasas do mar", explica.
De acordo com a argentina Ambar Benegas, de 18 anos, que é amiga de Pablo, uma onda os atingiu e puxou o turista para o fundo do mar. "Estávamos na praia e decidimos tomar um banho. Fomos atingidos por uma onda e ele começou a ser puxado para dentro do mar. Consegui nadar contra a correnteza e sair do mar, mas o Pablo ficou", disse ela.
A praia das Minas fica próxima a Pipa, uma das mais visitadas do Rio Grande do Norte, distante 85 quilômetros de Natal. O incidente aconteceu próximo ao Chapadão, um dos principais pontos turísticos da região.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Bombeiros protestam seminus próximo a aeroporto na Espanha

Bombeiros foram às ruas seminus e protestaram pelas ruas de Barcelona (Foto: Albert Gea/Reuters)

Diversos bombeiros seminus protestaram em Barcelona, na Espanha, próximo ao aeroporto de Sabadell. O motivo da manifestação era devido a cortes no orçamento da categoria.

Manifestação ocorreu próximo ao aeroporto de Sabadell, na Espanha (Foto: Albert Gea/Reuters)

Bombeiros protestavam contra corte de gastos do governo espanhol (Foto: Albert Gea/Reuters)

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Noiva de jovem que morreu 2h antes de se casar está 'destruída', diz mãe


Mãe da jovem que perdeu o noivo 2 horas antes do casamento, Marta Maria de Souza conta o drama vivido pela filha: "Minha filha está destruída". A jovem Viviane Maria de Souza se casaria no último sábado (15) com Leandro Alves da Silva, de 27 anos, e soube da morte do futuro marido na porta da igreja.
Viviane e Leandro estavam juntos havia 7 anos. Ele foi o primeiro e único namorado dela. "O sonho da vida dele era esse namorado. Ela está arrasada, não reage para nada", diz a mãe. O rapaz morreu em um acidente de motocicleta na BR-414. A mãe dele, Dalva Alves, não se conforma: "Ele estava muito ansioso, muito feliz e interrompeu a felicidade dele".
Os parentes afirmam que o acidente foi causado pela caminhonete, que teria tentado uma ultrapassagem. "Espero justiça. Que isso não fique assim. A pessoa acabou com a vida de um jovem que estava se preparando para iniciar uma família", desabafa a mãe da noiva.

A cerimônia estava marcada para as 19h, na Igreja Divino Pai Eterno, no Bairro das Bandeiras, na região norte da cidade. A secretária da igreja, Fernanda de Souza Silva, disse ao G1 que o local estava decorado e todos os convidados já haviam chegado quando receberam a notícia da morte.
Diferente das outras noivas que atrasam no casamento, Viviane foi pontual, chegou até meia hora antes da cerimônia e ficou esperando no carro. Segundo a família, ela viu a inquietação dos convidados que já sabiam da notícia e desconfiou que algo de errado tinha acontecido.

Noivo morre em acidente 2 horas antes de se casar, em Anápolis, Goiás (Foto: Reprodução/Facebook)Viviane e Leandro estavam juntos havia 7 anos
(Foto: Reprodução/Facebook)
Acidente
Leandro dirigia uma motocicleta quando colidiu de frente com uma caminhonete, por volta das 17h, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF). A família conta que o rapaz foi ao local onde aconteceria a festa de casamento para checar os últimos detalhes.
O caso está sendo investigado pelo 4º Distrito Policial de Anápolis. Ao G1, o delegado Hélio Rodrigues de Sousa informou que instaurou inquérito para apurar os fatos, mas acha prematuro apontar culpados no momento. "Pedi os boletins de ocorrência da PRF e aguardo o laudo da Polícia Técnico-Científica para saber a conclusão dos peritos. Só então poderei saber o que aconteceu", disse o delegado.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Dilma considera manifestações 'legítimas', diz ministra

A ministra da Secretaria de Comunicação Social da Presidência, Helena Chagas, afirmou nesta segunda-feira (17) que a presidente Dilma Rousseff considera "legítimas e próprias da democracia" as manifestações em várias cidades do país.
"A presidente considera que as manifestações pacíficas são legítimas e próprias da democracia e que é próprio dos jovens se manifestarem", afirmou a ministra.
Segundo ela, Dilma está acompanhando a atuação policial nas cidades, mas "não está envolvida diretamente", segundo descreveu. Nesta tarde, presidente esteve com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, que fez relatos sobre a situação de segurança.
"Ela está encarando isso como questão normal da democracia", disse Helena Chagas sobre os protestos.
Questionada sobre as vaias recebidas pela presidente na abertura da Copa das Confederações, no último sábado (15), Chagas disse que "isso não tem relevância".

Os protestos, iniciados na semana passada em São Paulo por causa do aumento da tarifa de transporte, se alastraram por várias capitais desde o fim de semana. Nesta segunda, as manifestações áreas centrais de Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Maceió, Fortaleza, Belém e Vitória, além de várias cidades no interior.

'Alguma coisa a nos dizer'
Mais cedo, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, recebeu, no Palácio do Planalto, representantes do Comitê Popular da Copa, que participaram de protestos na última sexta e sábado, em Brasília. Após a reunião, ele defendeu as manifestações e pregou diálogo com os jovens.
"Esses jovens têm alguma coisa a nos dizer. Esses jovens nos apontam angústias e se alcançam uma grande repercussão de mobilização é porque correspondem ao anseio de muita gente", afirmou Carvalho, responsável pela interlocução com movimentos sociais.
Ele disse que o governo está preocupado em se aproximar dos manifestantes e negou que a onda de protestos colocarão em risco grandes eventos como a Jornada Mundial da Juventude, evento católico que ocorrerá em julho no Rio de Janeiro.
O convite para a reunião com o movimento, contrário aos gastos com a construção do estádio Mané Garrincha, em Brasília, partiu do próprio ministro. Nos dois dias de protestos na semana passada, houve conflito entre manifestantes e policiais.
Questionado sobre as vaias que a presidente Dilma Rousseff levou quando anunciada na abertura da Copa das Confederações, dentro do estádio, o ministro afirmou que "qualquer manifestação deve nos chamar a atenção e nos fazer perguntas".
"Houve vaia no estádio e, no mesmo momento, um grande aplauso à presidenta Dilma aqui nos telões, quase 200 mil pessoas aqui na praça [Esplanada dos Ministérios]. O que significa isso? Vamos com calma. Vamos entender. Temos que ter a tranquilidade inclusive de não tirar conclusões precipitadas e compreender que o processo democrático é assim mesmo. A ditadura que é fácil", disse em entrevista após a reunião.
"A democracia é assim mesmo, é complexa", afirmou o ministro. "O duro, como já disse a presidenta Dilma, é o silêncio das tumbas, é o silêncio da repressão. Não vamos encaminhar por essa vertente", declarou.

Servidores em protestos
Um dos manifestantes recebidos por Gilberto Carvalho foi o ex-assessor da Secretaria de Relações Institucionais Gabriel Santos Elias, que pediu exoneração do cargo em maio e participou dos protestos da sexta e no sábado.
Ele disse que deixou o trabalho na Presidência para cuidar de sua carreira acadêmica, mas afirmou que "todo servidor público tem direito de participar de mobilizações".

Além de Gabriel, o Movimento Brasil e Desenvolvimento, do qual faz parte, tem outros servidores públicos tanto do governo do Distrito Federal quanto do governo federal em seu quadro, segundo informou Edemilson Paraná, um dos integrantes.

"Temos estudantes, profissionais liberais e alguns, sim, trabalham no governo, mas têm direitos políticos", disse Edemilson, que condenou o que chamou de "criminalização dos atos". "Ser exonerado é a menor preocupação que essas pessoas têm. Estamos preocupados com essa tentativa de difamação".

O ministro disse que o envolvimento de servidores nas manifestações "preocupa politicamente" o governo, mas ponderou que "todo servidor público tem direito de fazer sua manifestação fora do horário de expediente com toda liberdade".
"Se ele cometeu algum ilícito, será responsabilizado pelo ilícito praticado, mas pra isso precisamos ter prova, temos que ter comprovação do eventual ilícito", afirmou.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Homem fura bloqueio em Maceió, dispara e atinge estudante no rosto

O clima ficou tenso durante a manifestação contra o aumento da tarifa de ônibus, que reuniu mais de duas mil pessoas, de acordo com a Polícia Militar, nesta segunda-feira (17). Quando o protesto seguia pela Avenida Fernandes Lima, fechada nos dois sentidos, um motorista furou o bloqueio para forçar a passagem. Os estudantes começaram a bater no carro dele, quando houve um disparo de arma de fogo. O tiro acabou atingindo um estudante no rosto.
O carro foi identificado pela polícia através do número da placa, anotado pelos estudantes. A PM já sabe quem é o motorista, mas não revelou o nome dele à imprensa. O estudante baleado tem 16 anos e foi encaminhado para o Hospital Geral do Estado (HGE) por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) sob aplausos dos colegas.

Protesto fechou Av. Fernandes Lima nos dois sentidos da via. (Foto: Waldson Costa/G1)

Os manifestantes, que tentam evitar que a passagem seja reajustada de R$ 2,30 para R$ 2,85, se concentraram novamente na Praça do Centenário e seguiram em direção ao Centro Educacional de Pesquisas Aplicadas (Cepa), na Avenida Fernandes Lima. A manifestação já dura mais de três horas e reuniu mais de duas mil pessoas, segundo a Polícia Militar, já começa a dispersar.


Mesmo assim, o trânsito continua complicado para quem precisa seguir para a parte alta de Maceió e para quem quer descer. Muitos trabalhadores desistiram de pegar o coletivo e estão voltando para suas casas a pé. A gerente de crédito, Amanda Aline, que está grávida de sete meses, fez um grande percurso a pé.
“Trabalho no Centro e larguei às 17h, mas até agora não consegui chegar em casa. Sou a favor do protesto, a passagem está muito cara, mas tem que ser mais organizado. Estou muito cansada e nem sei que horas vou chegar em casa”, diz Aline que mora no bairro na Chã da Jaqueira, parte alta de Maceió.

Protesto percorreu a Rua das Árvores, no Centro. (Foto: Jonathan Lins/G1)

Uma idosa de 65 anos que estava com o neto de cinco anos, também teve que descer no Farol. Ela pegou um ônibus no bairro da Cruz das Almas e estava indo ao Conjunto Eustáquio Gomes, no Tabuleiro dos Martins. “Tive que descer, porque não sabia até que horas eles iriam fechar as ruas. Não sou a favor do protesto porque é muito desorganizado”, diz maria Cícera dos Santos.
A manifestação começou por volta das 16h com concentração na Praça Centenário, no bairro do Farol, seguiu as ruas do centro e retornou para o bairro do Farol. Durante o percurso os manifestantes utilizaram vários gritos de guerra. “O que estamos fazemos hoje é um ato histórico. Não vamos permitir mais esse assalto. Se tiver o aumento, vamos parar Maceió”, diz.

Muro é pichado por manifestantes. (Foto: Michelle Farias/G1)

Durante a passeata, alguns manifestantes picharam muros de lojas e soltaram fogos de artifício. Quando estavam pelo centro da capital, alguns estudantes bateram no carro da Superintendência de Transporte e Trânsito (SMTT), mas foram repreendidos pela maioria do grupo. “Não vamos permitir isso. A maioria quer um protesto sem violência”, diz o estudante Victor Comette, um dos organizadores do movimento.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Manifestantes atravessam Terceira Ponte em protesto de Vitória


A Terceira Ponte foi bloqueada pelos manifestantes, que saíram da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), na noite desta segunda-feira (17). A via, que tem 70 metros de altura no vão central, liga a capital Vitória até a cidade de Vila Velha. Inicialmente, a organização do protesto previa uma passeata até a praça do pedágio. Durante todo o trajeto, a Polícia Militar apenas observou a ação do grupo. A estimativa é de que mais de 5 mil pessoas tenham aderido ao movimento.
De acordo com os organizadores, o manifesto, que acontece em outras capitais do país, é contra a criminalização dos movimentos sociais, a corrupção, a favor da tarifa zero do transporte público.
Na Avenida Fernando Ferrari, os manifestantes ocuparam completamente o sentido Serra ao Centro de Vitória. Alguns jovens soltaram rojões e foram repreendidos por participantes do próprio movimento. Eles também incentivaram os passageiros dos ônibus a seguirem a passeata. Durante o ato, houve um princípio de tumulto após um desentendimento entre um grupo de jovens e um passageiro. Na Avenida Nossa Senhora da Penha, a passeata parou por um período em frente ao prédio da Petrobras.

Manifestantes cruzam a Terceira Ponte. (Foto: Reprodução/ Rodosol)

Adesão
Várias pessoas confeccionam cartazes dentro da universidade. Os manifestantes cantaram o Hino Nacional por diversas vezes dentro do campus e a maioria veste preto. O trabalhador Giovani Moura, de 43 anos, é estivador e foi ao protesto. Ele diz que quer fazer diferente. “Só vejo os jovens se manifestando. Estou cansado de tanta corrupção e gostaria que os trabalhadores da minha idade também se mobilizassem”, disse.
Trânsito
A Guarda Municipal de Vitória indicou as avenidas Dona Maria Rosa, Maruípe e Leitão da Silva como opções de desvio do congestionamento. Segundo a guarda, no entanto, é possível que todas as pistas fiquem bloqueadas e, por isso, não se pode dar certeza quanto às vias disponíveis para caminhos alternativos.

Ponte
A terceira ponte possui 3,3 quilômetros de extensão, 70 metros de altura e 61 pilares. A ponte conta ainda com 250 postes e 250 lâmpadas instaladas. A praça de pedágio tem 15 pistas, sendo 12 pistas mistas manuais e 5 automáticas.

Manifestantes em Vitória. (Foto: Juliana Borges/ G1ES)

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Novo protesto reúne manifestantes no centro de Porto Alegre

Manifestação em Porto Alegre nesta segunda-feira (17) (Foto: Josmar Leite/RBS TV)

Cerca de 3 mil pessoas se reuniram em frente à Prefeitura de Porto Alegre nesta segunda-feira (17), de acordo com a Brigada Militar. Manifestantes se deslocam pela rua João Pessoa, no Centro de Porto Alegre, e seguem a marcha até o bairro Cidade Baixa. As pessoas que participam ressaltam que a ida às ruas é contra custo de vida, a realização da Copa do Mundo no Brasil e o aumento da passagem do transporte público. Manifestantes ressaltam, ainda, que este não é um protesto por centavos, mas por direitos.


Em Porto Alegre, alguns manifestantes viraram contêineres na Avenida João Pessoa na esquina com a Rua Venâncio Aires. Em seguida, pessoas que caminham de forma pacífica ajudam a levantar as lixeiras. Também pedras foram jogadas em vidros e estabelecimentos comerciais da avenida João Pessoa. A multidão caminha em direção à Avenida Ipiranga.
Às 20h20, manifestantes tocaram um rojão dentro da loja da Honda na esquina da Avenida da Azenha com a Ipiranga. Não há presença da Brigada Militar neste momento. Os próprios manifestantes fazem contenção de quem não se comporta de maneira adequada.


O trânsito nas ruas centrais de Porto Alegre está lento. A avenida João Pessoa está bloqueada, assim como parte da Salgado Filho. De acordo com a Empresa de Transporte Público e Circulação (EPTC), conforme os manifestantes deixam as ruas, elas são liberadas para os veículos, como mostram as imagens do RBS Notícias, da RBS TV (confira no vídeo abaixo).
Na concentração, por volta das 18h, manifestantes ocuparam na totalidade a Praça Montevidéu, além de parte do Largo Glênio Peres e outras ruas da Zona Central da cidade. Eles caminham e gritam palavras de ordem.


O ato nacional contra o aumento da passagem na capital do Rio Grande do Sul começou por volta das 18h. De acordo com a Brigada Militar, 180 homens foram deslocados para acompanhar os protestos na capital do RS. Esse número envolve o 9º Batalhão, 4º Regimento, Pelotões de Operações Especiais e Batalhão de Operações Especiais. A orientação é acompanhar os manifestantes e evitar destruição do patrimônio público.

Manifestação contra aumento de passagem em Novo Hamburgo, RS (Foto: Alexandre dos Santos)Manifestação contra aumento de passagem em
Novo Hamburgo, RS (Foto: Alexandre dos Santos)
Uma outra manifestação ocorre também em Novo Hamburgo, na Região Metropolitana de Porto Alegre. A concentração foi na Praça do Imigrante, na região central do município, e percorre as principais avenidas. Os manifestantes dirigem-se agora para a frente da Câmara de Vereadores. Segundo a Brigada Militar, entre 2 e 3 mil pessoas participam do protesto.
O protesto da última quinta-feira (14) em Porto Alegre reuniu cerca de 2 mil manifestantes. Prédios no centro da cidade foram danificados.
Os protestos na capital gaúcha começaram em março, depois que a prefeitura anunciou um aumento no preço das passagens, de R$ 2,85 para R$ 3,05. Uma liminar suspendeu o reajuste, mas as empresas de transporte brigam na justiça pelo aumento. Já os manifestantes querem garantir que o preço das passagens não volte a subir.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››