RÁDIO CIDADE AO VIVO

Ouça pela Rádios Net ou clique na imagem abaixo

Ouça pelo Listen 2 My Rádio ou clique na imagem abaixo

Imagem relacionada
Loading ...

terça-feira, junho 18, 2013

Facebook mostra mensagem dizendo que está fora do ar

Ao tentar entrar na página do Facebook na noite desta terça-feira (18), os internautas se deparavam com uma mensagem de erro: "Sorry, something went wrong. We're working on getting this fixed as soon as we can" (em tradução livre, Desculpe, algo está errado. Estamos trabalhando para consertar o mais rápido possível) 
Leia Mais ››

Grupo saqueia e depreda comércio na região central de SP; ao menos 8 são detidos


Veículo da TV Record estacionado em frente à Prefeitura de São Paulo é incendiado

Um grupo de manifestantes saqueou estabelecimentos comerciais na região central de São Paulo na noite desta terça-feira (18) durante o sexto ato contra o aumento da tarifa de ônibus na capital paulista. Oito pessoas foram detidas, com sacolas de roupas e uma delas com uma televisão, segundo a Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo. 

Ao menos três dos detidos eram moradores de rua, como informou uma equipe da PM que trabalhava na região no momento dos saques. 

Os manifestantes invadiram e depredaram duas agências do Itaú e outra da Caixa Econômica e chegaram a levar com eles teclados e computadores. A invasão também aconteceu nas lojas Marisa, Americanas e Claro. A reportagem do UOL presenciou pessoas com eletrodomésticos, video-games e até televisores de LED. É a primeira vez que saques são registrados na onda de protestos pela redução das tarifas de transporte coletivo em São Paulo. Antes desta terça, houve outros cinco dias de protestos.

Praticamente todas as lojas da rua Direita, na região da Sé, foram saqueadas pelos vândalos, que mais cedo tentavam invadir o prédio da Prefeitura de São Paulo. Pessoas que passavam pelo local também aproveitaram para se beneficiar dos saques. O centro de São Paulo se transformou em um cenário de destruição. 

Um número reduzido de policiais iniciou a ação contra os participantes, mas, por volta das 21h10, a Tropa de Choque chegou para reforçar a segurança e usou bombas de efeito moral e gás lacrimogêneo, mas não impediu que os vândalos continuassem a agir. 

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública informou que os "poucos episódios de depredação registrados nas manifestações são fatos isolados, provocados por uma pequena minoria" e garantiu que "os responsáveis estão sendo monitorados e serão investigados".

A pedido da Prefeitura a PM, segundo a SSP, havia posicionado uma equipe da Força Tática no interior do prédio, mas avaliou que intervir em meio à multidão poderia prejudicar parte da maioria pacífica de manifestantes. 

Paralelamente ao ato de vandalismo de uma a minoria, um grupo maior participava de passeata pacífica na avenida Paulista, que ocupava desde a rua da Consolação até a Brigadeiro Luis Antonio.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Morre em São Paulo, aos 103 anos, o conde Francisco Scarpa

Notícia triste nesta terça-feira. Morreu em São Paulo, aos 103 anos, Francisco Scarpa, patriarca da família Scarpa. Símbolo do high society paulistano, ele deixa três filhos: Chiquinho, Fátima e Renata, e quatro netos. A saúde do conde estava debilitada desde dezembro do ano passado, quando ele sofreu um AVC, alguns meses após a morte de Patsy, mulher com quem compartilhou uma vida. Chico faleceu em sua casa, no Jardim Europa, e deixa na nossa memória lembranças como a festa de arromba que comemorou os seus 100 anos.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Em fúria, manifestantes queimam carro da TV Record em SP

Brasil247O entorno da prefeitura de São Paulo se transformou em palco de vandalismo depois que um grupo tentou invadir a sede do Executivo municipal. Enquanto um grande grupo de manifestantes seguia pacificamente pela Avenida Paulista, radicais depredavam os arredores do prédio. Um caminhão de link da TV Record e um posto policial localizado na área foram queimados.

A manifestação corria pacífica até um grupo de jovens tentar invadir o prédio. Os guardas municipais que faziam a segurança, defendendo a entrada do prédio, acabaram cedendo e entraram, para se proteger atrás das portas. Após a tentativa de invasão, alguns manifestantes chegaram a recolocar as grades de proteção que estipulam o acesso até onde os manifestantes devem ir. Mas, enquanto alguns manifestantes recolocam as grades, outros voltam a derrubá-las. Às 20h, um grupo de 20 estudantes começou a jogar pedras e bombas na unidade de transmissão da TV Record, que acabaria reduzida a cinzas.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Ladrões roubam quase uma tonelada de alimentos em igreja no Paraná

Quase uma tonelada de alimentos que seriam doados para famílias carentes e que estavam no salão da Paróquia Santo Inácio de Loyola de Jesuítas, no oeste do Paraná, foi levada por ladrões. Apenas alguns quilos de feijão, açúcar, arroz, macarrão e litros de óleo foram deixados. O incidente aconteceu na madrugada de domingo (16).
De acordo com o Padre Laudemir da Rocha, todo mês a igreja faz um mutirão para arrecadar alimentos para os moradores mais necessitados e não imaginava que os ladrões pudessem roubá-las. O salão da igreja está em reformas e, segundo o padre, os ladrões arrombaram uma das entradas principais. “Sozinho é impossível uma pessoa sair à noite e levar todo esse alimento. Com certeza foi mais de um, e não é só um carro não. Com certeza foi um carro grande, um veículo grande para mobilizar todo esse alimento e retirar do salão paroquial”, acredita.
O padre também informou que está preocupado e pretende, mais uma vez, pedir ajuda à população para arrecadar mais alimentos. “Se não houver uma resposta da nossa parte, infelizmente, essas famílias vão ficar sem comida esse mês”, completou.
Até a tarde desta terça-feira (18), ninguém havia sido preso.

Reprodução Cidade News Itaú via Intervalo da Notícia
Leia Mais ››

Le Monde: governo de Dilma ‘paga o preço’ por gastos exagerados na Copa

Le Monde: governo de Dilma 'paga o preço' por gastos exagerados na CopaO “milagre brasileiro está em pane”, diz a manchete do jornal francês Le Monde desta terça-feira, que ainda dedica uma página inteira aos acontecimentos e à “maré humana” que varreram o País nos protestos contra a alta dos preços, a corrupção e os gastos com a Copa do Mundo. Segundo o jornal, o governo da presidente Dilma Roussef “paga hoje o preço” de uma revolta popular instigada pelas “despesas suntuosas da Copa do Mundo de 2014″.

“Ao vermos, dia após dia, os manifestantes cada vez mais números irem às ruas para criticar à má administração e as quantias abissais investidas na organização da Copa do Mundo, enquanto os serviços públicos como a saúde e a educação estão em um estado deplorável, podemos questionar se os dirigentes (do País) não tiveram o olho maior do que a barriga”, escreveu o Le Monde.

Segundo o jornal, uma conjunção de diferentes fatores fez desmoronar o “paradigma” de que a Copa do Mundo iria permitir desenvolver diferentes regiões do País. O primeiro fator, diz o vespertino, é o fraco crescimento econômico brasileiro, que sinaliza “perda de fôlego”. Outro elemento importante é a inflação, “um tema sensível para os brasileiros”, que “dá sinais de febre forte”.

“A tudo isso se somam os anúncios sobre o custo suplementar astronômico das obras dos estádios. Alguns deles permanecerão carcaças vazias por falta de espectadores (após a Copa) e outros serão dificilmente acessíveis às pessoas de baixa renda em razão do aumento dos preços dos ingressos”, diz o Le Monde.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

No sertão, vereadores aprovam projeto e vão trabalhar apenas 24 dias por ano

Os vereadores do município de Jericó, na Paraíba, aprovaram um Projeto de Resolução que mudou o regimento interno da Câmara Municipal e agora eles terão o direito de trabalhar apenas 24 dias por ano. 

De acordo com a proposta aprovada pelos parlamentares, as sessões ordinárias ocorrerão apenas uma vez por semana e num período curto do ano.


As reuniões funcionarão da seguinte forma: ocorrem todas às sextas-feiras, às 17h, no período de 1º de março a 31 de maio e de 1º de setembro a 30 de novembro.

Numa conta simples, só haverá reuniões apenas uma vez por semana, durante somente seis meses do ano, serão 24 sessões anuais.

Reprodução Cidade News Itaú via Catingueira Online
Leia Mais ››

Governo do RN decreta fim do expediente às 15h em dia de jogos do Brasil

O Governo do Rio Grande do Norte publica na edição do Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (19) o decreto que dispõe sobre o expediente durante os jogos da Seleção Brasileira na Copa das Confederações 2013. De acordo com o documento, o expediente nos órgãos e entidades da Administração Pública Direta e Indireta do Estado, nos dias dos jogos, será encerrado às 15h. O Decreto não se aplica nos casos de atividades e serviços essenciais de natureza contínua.

Redação do Cidade News via Gov. RN
Leia Mais ››

Corpo retirado do mar em praia do Litoral Sul é de argentino desaparecido

Turista argentino Pablo Leonardo Simon, de 40 anos, foi levado por correnteza em praia do RN (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)O corpo encontrado na manhã desta terça-feira (18), na praia de Barreta, no Litoral Sul do estado é o do turista argentino, Pablo Leonardo Simón, desaparecido desde o último sábado (15), quando tomava banho na praia de Pipa. A informação foi confirmada pelo tenente Daniel Costa, comandante do pelotão da Polícia Militar da praia de Pipa. 

De acordo com o tenente, o corpo foi recolhido pelo Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep), e encaminhado para a sede do órgão. Ainda nesta tarde a namorada do turista fará o reconhecimento do corpo. 

Segundo o policial militar, o reconhecimento feito pela namorada irá apenas confirmar os fortes indícios, já que todas as caraterísticas levam a dar certeza que o corpo seja do argentino. “Temos certeza, pois este foi o único caso de afogamento registrado nos últimos dias“, acrescentou o comandante. 

O argentino Pablo Leonardo Simón, 40 anos, estava hospedado em um condomínio de Pipa e por volta das 16h desse sábado, resolveu banhar-se na Praia das Minas. Ele estava acompanhado de uma amiga, também argentina, de 18 anos. Segundo sua amiga, Pablo não tinha bebido à tarde, mas desapareceu após um mergulho no mar.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Bandidos assaltaram agência dos Correios da cidade de Serra Negra/RN e fugiram com destino a Paraíba

Dois homens armados assaltaram a Agência do Correios da cidade de Serra Nega do Norte/RN, por volta de 15h00,  desta terça-feira e levaram uma quantia em dinheiro que estava no caixa do estabelecimento de valor ainda não revelado. 

Os homens chegaram na agência em uma moto Honda Fan de cor preta,  entraram na agência e armados praticaram o crime.

Após o assalto os bandidos fugiram com destino ao Estado da Paraíba e abandonaram a moto Honda com placas de São Paulo que foi usada no assalto.
Informações passada ao nosso site por Sgt. Marcelo, comandante do pelotão da Cidade de Serra Negra do Norte.

Reprodução Cidade News Itaú via TVSN/É Sertão
Leia Mais ››

Enem poderá se tornar obrigatório para estudantes do ensino médio

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado Federal aprovou hoje (18) projeto de lei (PLS 696/2011) que torna obrigatório o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para todos os concluintes dessa etapa da educação básica. O projeto estabelece que o exame se torne obrigatório de forma progressiva.

A justificativa apresentada no próprio projeto é que o Enem, "por suas qualidades pedagógicas e por constituir uma política de Estado, merece ser valorizado como instrumento de avaliação do ensino, de indução de mudanças curriculares e de seleção de candidatos aos cursos de educação superior. Assim, participar do exame deve constituir um percurso necessário dos alunos, ao se tornar um componente curricular obrigatório do ensino médio".

O projeto foi proposto pelo senador Anibal Diniz (PT-AC). Agora deverá voltar à pauta da próxima reunião, para votação em turno suplementar, exigência regimental para substitutivos aprovados em caráter terminativo. Se confirmado, poderá então seguir diretamente para análise da Câmara, sem passar pelo Plenário.

Em 2013, o Enem recebeu número recorde de inscrições: 7.173.574. Segundo o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, atualmente o Enem já está próximo à universalização.  Quase 90% dos estudantes concluintes do ensino médio se inscreveram. A previsão de concluintes em 2013 é 1,8 milhão de alunos. Desses, 1,6 milhão se inscreveram para o exame.

O Enem é voltado para aqueles que já concluíram ou vão concluir o ensino médio até o fim do ano em que é aplicado, mas pode ser feito também quem quer apenas treinar para a prova. O resultado no exame é usado no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas de educação superior. Além disso, uma boa avaliação no Enem é também requisito para participação do estudante nos programas Universidade para Todos (ProUni) e Ciência sem Fronteiras e para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Caos na obstetrícia do RN: partos no Hospital Santa Catarina estão sendo realizados na sala de exames

Com enfermarias lotadas e três salas de partos ocupadas com parturientes, mulheres não tem para onde ir. Foto: Heracles DantasCom o fechamento da Maternidade Professor Leide Morais, o Hospital Doutor José Pedro Bezerra, conhecido como Hospital Santa Catarina, passou a ser a única unidade a receber as parturientes da zona Norte, principalmente aquelas do parto de risco habitual, ou seja, pacientes de baixo risco que deveriam ter o seu atendimento garantido pela rede municipal de saúde, bem com as dos municípios do litoral Norte do Estado. Na manhã de hoje (18), as três salas de parto do Centro Obstétrico do Hospital Santa Catarina estavam ocupadas com puérperas, pacientes que já tinham realizado o parto, mas como não tinha vaga nos leitos de enfermarias, permaneceram nas salas, impossibilitando a realização de novos partos.

No entanto, por volta das 10h de hoje, a dona de casa Maria da Conceição, que mora no município de Ceará-Mirim, grávida do décimo filho, entrou em trabalho de parto. Ela conta que procurou o Hospital de Ceará-Mirim na noite de ontem (17), e como tem 39 anos, a médica de plantão se recusou a fazer o parto e a encaminhou para o Hospital Santa Catarina. Ela chegou à unidade por volta da meia noite e ficou sentada em uma cadeira, que funciona como um leito, até a hora do parto. Com mais de nove centímetros de dilatação, o parto de Maria da Conceição tinha que ser realizado às pressas.

Como as três salas de parto estavam ocupadas, não houve outra escolha para a equipe médica: realizar o parto na sala de exames e triagem. O birô de atendimento dos médicos serviu como mesa de apoio para os equipamentos e material do parto.  A mesa de exame se transformou em mesa de parto. “A sala é um ambiente completamente inadequado para um parto, mas é necessário fazer”, afirmou a obstetra Walkiria Caldas, que fez o parto de Maria da Conceição.

O parto de Maria da Conceição durou mais de 30 minutos, em virtude de uma complicação. Enquanto a paciente ocupava a sala de exames, a estudante Clara Félix chegou ao Hospital tendo sido encaminhada pela Maternidade das Quintas. Aos nove meses de gestação, com uma gravidez de alto risco, em virtude de uma hipertensão gestacional, Clara teve que esperar por mais de uma hora para que os médicos a examinassem, já que os profissionais estavam realizando o parto de Maria da Conceição, uma gestação de risco habitual. Reclamando de fortes dores, Clara esperou atendimento em uma maca do Samu, que ficou presa no Hospital, por não ter leito para a paciente, já que a condição dela não permitiria que esperasse em uma cadeira.

“Eu moro na Redinha e fui para as Quintas porque já sabia que a situação estava precária aqui. Mas quando cheguei lá, me encaminharam para cá e agora estou aqui, com muitas dores, sem atendimento e em uma maca no chão. Isso é uma vergonha. Um momento tão esperado por mim está se transformando num momento de dor e tristeza”, desabafou a estudante Clara Félix.

A dona de casa Amanda Rochelle, de 22 anos, mora no bairro de Nossa Senhora da Apresentação, na zona Norte de Natal, e está grávida do terceiro filho. Desde sábado (15), ela está internada no Centro Obstétrico do Hospital Santa Catarina, pois está com o nível do líquido amniótico baixo. “Desde então, a única coisa que faço é tomar soro. Hoje eu consegui uma maca, mas até a madrugada estava sentada em uma cadeira, sem lençol, com frio e com fortes dores”, desabafa a gestante. Ela está no oitavo mês de gestação e conta que está apenas com 1,5 centímetro de dilatação. “Eles não querem fazer a minha cesárea e, enquanto isso, eu fico agonizado em dor, nessas péssimas condições”.

Hoje, o Centro Obstétrico conta com uma capacidade para 12 leitos de enfermaria, mas estava com 30 pacientes internadas. Com todos os leitos de enfermarias e pré-partos ocupados, as seis cadeiras que ficam dentro do Centro Obstétrico se transformaram em seis leitos improvisados, inclusive com os suportes de soro afixados próximo a cada cadeira.

Médicos relatam o caos

O obstetra Walmir Camilo conta que a situação nos últimos meses está sempre variando de “caótica a ruim”. “A nossa rotina é essa. Tem dias menos ruins (sic) e dias menos piores (sic), mas sempre superlotação, principalmente com pacientes vindos do interior. A nossa especialidade são as pacientes de alto risco, mas a grande maioria são pacientes de baixo risco e não podemos deixar de recebê-las”. Desde a quinta-feira [13], quando a Maternidade Leide Morais foi fechada, o médico disse que a situação continua o mesmo caos.

O médico foi taxativo ao dizer como é trabalhar em meio a esse caos: “estressante”, revela o obstetra. “Nós somos a única maternidade do Estado de alto risco e funcionamos numa situação física que é um corredor. Temos um espaço físico reduzido, com a presença de acompanhantes e às vezes chega a ficar mais de 60 pessoas num mesmo local, que não comporta, o que torna o ambiente ainda mais estressante. A nossa estrutura física é totalmente inadequada”, disse.

O obstetra Ildeberto Brito acredita que enquanto Estado e municípios não se unirem para criar um cinturão ao redor da Região Metropolitana de Natal garantindo a assistência obstétrica nos municípios, o problema só aumentará. “Se não colocarem pelo menos um obstetra, pediatra e anestesista de plantão nos hospitais dos municípios não conseguiremos resolver esse problema nunca”, afirmou o Ildeberto Brito.

O Hospital Santa Catarina fica localizado na zona Norte de Natal e tem o seu setor de Obstetrícia como referência estadual em gestação de alto risco. A unidade possui 237 leitos no total, sendo 61 deles de obstetrícia, especialidade que no período de 10 a 17 de junho realizou 347 atendimentos.  “O Hospital Santa Catarina sozinho não pode receber toda a demanda, pois se tentar fazê-lo a paciente de alto risco não vai ter onde ter o seu parto assegurado”, disse Luiz Roberto Fonseca, durante entrevista coletiva realizada ontem.

Atendimento na Maternidade das Quintas ainda é tranquilo

O movimento da Maternidade das Quintas, localizada na zona Oeste de Natal, esteve tranquilo durante toda a manhã de hoje. No entanto, segundo a direção da Maternidade, desde quinta-feira da semana passada, quando a Maternidade Leide Morais foi fechada, houve um acréscimo de aproximadamente 15%. Diante do crescimento da demanda, a unidade, que contava com 30 leitos obstétricos, abriu mais dez leitos e a expectativa é que até sexta-feira (21) mais sete leitos sejam abertos.  Para isso, profissionais e equipamentos da Maternidade Leide Morais estão sendo transferidos para as Quintas.

A diretora da Maternidade das Quintas, Aloma Tereza Fonseca, conta que a unidade é responsável por atender parturientes de risco habitual e que as gestantes com gravidez de alto risco estão sendo encaminhadas para a Maternidade Divino Amor, em Parnamirim, já que a Maternidade do Hospital Santa Catarina está superlotada. A diretora conta ainda que há um grande número de pacientes do interior do Estado, o que corresponde a cerca de 30% dos atendimentos.

A Maternidade das Quintas conta com um centro cirúrgico e duas salas de parto. Na manhã de hoje, durante o momento em que a reportagem esteve na unidade, não havia nenhuma mulher em trabalho de parto e as duas salas estavam desocupadas. “Estamos nos organizando para dar todo o suporte necessário nesse momento tão difícil para a assistência obstétrica do Estado, em especial Natal”, afirmou a diretora Aloma Tereza Fonseca.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Agripino sugere ao governo que ouça o clamor das ruas

O líder do Democratas no Senado, José Agripino, disse que o governo federal precisa urgentemente ouvir o clamor das manifestações populares que ocorrem em todo país.

Desde a semana passada, milhares de brasileiros em 12 capitais saem às ruas para reivindicar. Os temas são os mais variados: vão desde a redução da tarifa do transporte coletivo até o protesto contra a corrupção e a impunidade no Brasil.

“O governo precisa entender a insatisfação popular e adotar providências para fazer das prioridades da sociedade as suas. É o que a oposição quer: colaborar para que os anseios da sociedade sejam atendidos”, frisou o senador pelo Rio Grande do Norte.

Uma onda de protestos tomou conta das principais capitais do país nessa segunda-feira (17). Em Brasília, cerca de cinco mil pessoas se reuniram na Esplanada dos Ministérios e ocuparam a cúpula do Congresso Nacional.

As manifestações, que também criticam o excesso de gasto público com a construção das obras para as copas da Confederação e do Mundo em 2014, reuniram brasileiros até mesmo fora do país.

Em Londres, mais de sete mil pessoas confirmaram presença na convocação pelas redes sociais para uma manifestação, nesta terça-feira (18), na capital britânica em apoio aos protestos que têm reunido milhares em todo o Brasil.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Fábio Dantas: “O partido mandou eu sair dizendo não estar mais nos seus planos”

Questionado sobre a decisão dos dirigentes do PHS em não lhe conceder a legenda para sua reeleição o deputado Fábio Dantas disse que encaminhou hoje ao TRE um pedido de desfiliação do partido alegando justa causa, já que segundo ele, dirigentes do PHS estão lhe expulsando da legenda. “O partido mandou eu sair dizendo que eu não estava mais nos planos deles”, disse o deputado Fábio Dantas, que se encontra no exercício do primeiro mandato. Antes, o então ex-prefeito de São José de Mipibu, Arlindo Dantas, havia sido eleito deputado estadual  pelo PHS, mas em seguida deixou o partido e a convite do deputado Henrique Eduardo e filiou-se ao PMDB. Em seguida, Arlindo Dantas elegeu-se prefeito de São José de Mipibu numa articulação que terminou num acordo com o ex-prefeito Janilson Ferreira, pai da prefeita Norma Ferreira, tradicionais adversários de Arlindo Dantas. Contrariando a filha prefeita, Janilson indicou a candidata à vice-prefeita e a chapa vencedora foi a do ex-prefeito Arlindo Dantas.

NOVA OPÇÃO

Questionado sobre sua nova opção partidária, o deputado Fábio Dantas disse apenas que tem afinidade política com partidos de esquerda como PT e PC do B, mas ainda não definiu a qual partido se filiará. Existe informação extra-oficial que o deputado recebeu convite do PP e do MD, partido em formação no Estado que deverá ser presidido pelo deputado Antonio Jácome.  O Movimento Democrático (MD) é resultado da fusão do PMN com o PPS. Candidato à reeleição em 2014, Fábio Dantas afirmou ainda, que está examinando alternativas para sua nova filiação. (JP)

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Executiva Nacional do PHS não dará legenda para Fábio Dantas

O Diretório Nacional do PHS não dará a legenda na convenção partidária que acontecerá no próximo mês de julho para o deputado Fábio Dantas disputar a reeleição em 2014, segundo informou na manhã de hoje o presidente estadual, Leandro Prudêncio. A decisão da cúpula partidária foi adotada com a alegação de que o deputado de São José de Mipibu cometeu infidelidade partidária e descumpriu o estatuto do PHS em várias oportunidades. “O deputado Fábio Dantas apoiou candidatos de outros partidos em 2010 para deputado federal, à revelia do partido, votando por exemplo em Rogério Marinho e em 2012 votou na candidata do PSB, Júlia Arruda em Natal e Gilson Moura para prefeito de Parnamirim, quando a orientação do partido era votar pela reeleição do prefeito Maurício Marques”, esclarece o dirigente partidário.

Leandro Prudêncio informa também, que o próprio prefeito de São José de Mipibu, Arlindo Dantas, pai do deputado, elegeu-se para a Assembleia Legislativa pelo PHS e posteriormente deixou o partido e filiou-se ao PMDB, provocando assim, uma perda significativa para os quadros do partido na região Agreste do Estado. “Mesmo diante de todos esses problemas, não existe briga nem litígio com o deputado Fábio Dantas, inclusive orientamos o deputado a procurar outro partido e ele entendeu a situação. Não temos nada de pessoal contra ele e esperamos que o deputado Fábio Dantas consiga outra legenda para se filiar e tenha êxito na sua reeleição”, ressalta Leandro Prudêncio, evidenciando que o problema foi ocasionado pelo descumprimento estatutário por parte do deputado e a caracterização de infidelidade partidária.

CAMPANHA DE FILIAÇÃO

O presidente do Diretório Estadual do PHS, Leandro Prudêncio informou que o partido iniciou uma campanha de filiação para revitalizar a legenda com vistas às eleições do próximo ano, quando pretende eleger 1 deputado estadual e 1 deputado federal no Rio Grande do Norte. Questionado sobre apoio à chapa majoritária nas eleições do próximo ano, Leandro Prudêncio disse não existir entendimento sobre esse assunto, e que a discussão prioritária até outubro será sobre a composição proporcional e nomes que disputarão vagas na Assembleia Legislativa e na Câmara Federal. Ele admite, inclusive, que o vereador de Natal, Maurício Gurgel, poderá disputar mandato de deputado estadual com chances reais de vitória. Cita também o nome do empresário Romildo Queiroz, de Assu, como forte candidato ao Palácio José Augusto, além do radialista Rô Medeiros para deputado federal.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Tiroteio deixa moradores apavorados no bairro Santo Antônio em Mossoró.

Imagem ilustrativa
No inicio da noite desta terça-feira, 18 de Junho de 2013, por volta das 18 horas um tiroteio entre gangues rivais deixaram moradores e alunos e professores da Escola Estadual Raimunda Nogueira do Couto, no bairro Santo Antônio amedrontados.
  Segundo informações da polícia, elementos em um carro não identificados atiraram contra um grupo que estava apé, que revidaram, houve uma troca de tiros no local, mas ninguém ficou ferido.
    Varias viaturas da Polícia Militar foram acionada ao local e realizam patrulhamento na tentativa de localizar os autores dos disparos.

Reprodução Cidade News Itaú via Passando na Hora
Leia Mais ››

Serviço de inteligência prende duas armas e moto roubada em uma residência no Aeroporto I em Mossoró.

O serviço de inteligência da Polícia Militar de Mossoró prendeu no inicio da tarde desta terça-feira, 18 de Junho de 2013, três pessoas em uma residência, localizada as margens da BR-304, próximo ao terminal rodoviário, no bairro Aeroporto I.
De acordo com informações, o CIOSP recebeu denuncias que na residência, cerca de dez elementos estavam em atitude suspeita, armados e com uma motocicleta roubada. Os policiais do serviço de inteligência juntamente com uma rádio patrulha do BH chegaram à casa e abordaram os indivíduos.
Na ação foram presos Francisco Reinaldo dos Santos, 25 anos de idade, dono da casa, e que estava de posse de um revolver calibre 32 municiado. Ele informou a policia, que usava o revolver para se defender de inimigos e que já teriam tentado matar o mesmo duas vezes.
Helisson Rafael da Silva Caboclo, 20 anos de idade, conhecido como “Helinho”, residente no Ouro Negro, foi preso com um revolver calibre 38 municiado. Segundo os policiais que fizeram a abordagem, Helinho estava também com uma moto Fan 125 de cor preta que foi tomada de assalto no ultimo domingo no sítio Juremal, zona rural de Baraúna.


Todo o material apreendido foi encaminhado para a Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR) onde ficará a disposição do delegado. O menor de 16 anos foi levado para prestar esclarecimentos.

Reprodução Cidade News Itaú via Passando na Hora
Leia Mais ››

Suspeito de assalto é baleado e detido após reação de populares


Dois jovens suspeitos de um assalto, na tarde desta terça-feira (18), foram surpreendidos por reação de populares. Um deles chegou a ser baleado por um homem ainda não identificado que passava pelo local e teria presenciado o assalto a um transeunte que passava pela rua Vivaldo Cavalcante, na Vila Paraíso, na zona Norte de Natal.

De acordo com o que o foi repassado por populares para polícia, a dupla teria roubado o celular de uma pessoa que caminhava em via pública. Quando estavam fugindo, um homem que passava em um veículo e viu o assalto teria atirado e atingido um dos ladrões, que caiu em uma calçada.

Em seguida, outros moradores da região partiram para cima dos suspeitos e ainda tentaram linchá-los. No entanto, policiais do 4º Batalhão da Polícia Militar e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foram acionados para deter os suspeitos e também para prestar socorro ao jovem baleado.

O rapaz que foi baleado nas costas não teve a identidade revelada. Já o possível comparsa dele foi preso e identificado como Gilton Amaro Barbosa Junior, de 18 anos. Ele foi conduzido para o 9º Distrito Policial, onde deverá ser autuado por roubo. A polícia não localizou e nem identificou o homem que teria atirado no jovem suspeito de assalto.

Reprodução Cidade News Itaú via Portal BO
Leia Mais ››

Deputado apresenta PEC para 9% do Orçamento do Estado ser da Segurança

O deputado Walter Alves anunciou a apresentação de uma Proposta de Emenda Constitucional que terá como objetivo a destinação de 9% do Orçamento Geral do Estado para Segurança Pública. Ele e outros parlamentares lembraram, na sessão desta terça-feira (18), da onda de violência nas cidades do Rio Grande do Norte.

O próprio Walter Alves citou que os homicídios aumentaram 50%, em relação ao mesmo período do ano passado, e já chegam a 471, nesses quase seis meses de 2013. Só no último fim de semana, foram 19 assassinatos no Estado.

“Os governos não têm agido de maneira eficaz para oferecer a segurança que precisamos. Como podemos cobrar resultados da investigação da polícia civil? Como cobrar ações se nem pistolas existem? Novas comarcas já deveriam ter sido criadas há muito tempo, assim como o aumento do efetivo”, declarou.

Segundo dados da Secretaria Nacional de Segurança Pública, o ITEP do Rio Grande do Norte tem uma das piores condições de trabalhos e equipamentos. “A polícia científica é incapaz de gerar provas técnicas para desvendar os crimes. Hoje, 95% dos assassinatos não são esclarecidos”, afirmou Walter Alves, que apresentou um balanço dos requerimentos atendendo aos pedidos de moradores e autoridades de diversos municípios para o aumento do efetivo e aquisição de viaturas.

A proposta recebeu apoio dos parlamentares presentes na sessão ordinária. O deputado Fábio Dantas (PHS) sugeriu a nacionalização da iniciativa. “A segurança deve ter transferência fundo a fundo como é a saúde”, declarou. “Proporcionalmente a situação do RN é pior do que São Paulo”, reclamou Márcia Maia (PSB).

Diante da onda de protesto pelo país, a deputada Larissa Rosado (PSB) afirmou que a população deve incluir a pauta da segurança nas mobilizações. Os deputados Tomba Farias (PSB) e George Soares (PR) também ofereceram apoio a PEC da Segurança.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

'É preciso respeitar e ouvir as reivindicações', diz prefeito de Natal

Carlos Eduardo anunciou que irá ao TJ solicitar auditoria na administração municipal (Foto: Ricardo Araújo/G1)O prefeito Carlos Eduardo Alves afirmou que 'é preciso respeitar e ouvir as reivindicações' nas manifestações do movimento intitulado #RevoltadoBusão, que protesta por melhorias no transporte público de Natal. A mensagem foi divulgada na página da Prefeitura de Natal no Facebook na tarde desta terça-feira (18).

"Toda manifestação popular faz parte da democracia. Esperamos que tudo ocorra sem qualquer forma de violência, seja da polícia, seja dos manifestantes. É preciso respeitar e ouvir as reivindicações", diz a mensagem do prefeito, que ressalta a redução da tarifa de ônibus na capital potiguar após a desoneração dos impostos PIS e o Cofins sobre o transporte urbano, medida adotada pelo governo federal.

Carlos Eduardo reforça que o projeto de lei autorizativa para a licitação do transporte público de Natal será enviado à Câmara Municipal nesta sexta-feira (21). "Todo o processo de licitação será feito com transparência, garantindo a consulta pública e as audiências para que o tema seja amplamente debatido com a sociedade de forma democrática e plural”, declara.

Nesta terça-feira, a Secretaria de Comunicação do executivo municipal informou que o projeto de lei está em fase de ajustes finais e seria enviado à Câmara até quinta-feira (20), mesmo dia em que está marcado um novo protesto do movimento nas ruas da capital potiguar.

Protestos começaram em maio
A série de protestos por melhorias no transporte público de Natal começaram no dia 15 de maio, dois dias depois da Prefeitura de Natal anunciar o reajuste da tarifa de ônibus de R$ 2,20 para R$ 2,40. O novo valor entrou em vigor no dia 18 de maio.

As manifestações continuaram e no dia 31 de maio, o executivo municipal anunciou a redução de R$ 0,10 preço após a desoneração dos impostos PIS e o Cofins sobre o transporte urbano, medida adotada pelo governo federal. No dia 4 de junho passou a vigorar a tarifa de R$ 2,30.

Confira a nota completa:
“Toda manifestação popular faz parte da democracia. Esperamos que tudo ocorra sem qualquer forma de violência, seja da polícia, seja dos manifestantes. É preciso respeitar e ouvir as reivindicações. Nós já aplicamos a redução da tarifa quando o governo federal publicou Medida Provisória desonerando o PIS e o Cofins. Na próxima sexta-feira estaremos enviando à Câmara Municipal o projeto de lei que autoriza a licitação do transporte público. Todo o processo de licitação será feito com transparência, garantindo a consulta pública e as audiências para que o tema seja amplamente debatido com a sociedade de forma democrática e plural”.
Carlos Eduardo, prefeito de Natal

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Secretaria de Segurança do RN deve evitar confrontos, determina Rosalba

Manifestantes entraram em confronto com a PM durante a Revolta do Busão, em Natal (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)Agir somente em casos de violência, depredação de patrimônio ou atos de vandalismo. É esta a determinação que a Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Norte recebeu da governadora Rosalba Ciarlini em razão do novo protesto pela revogação do aumento da passagem de ônibus de Natal previsto para o final da tarde desta quinta-feira (20), segundo informou ao G1 o secretário Aldair da Rocha. A ordem, disse ele, "é evitar confrontos entre as forças policiais e manifestantes".
"A governadora entende que é livre o direito de manifestação. Nós também. Por isso a polícia só vai agir se houver violência, depredação do patrimônio, atos de vandalismo. Todos nós esperamos um protesto pacífico", disse Aldair.

Nesta terça, a assessoria de comunicação de Rosalba enviou à imprensa um nota em que ela se pronuncia sobre os atos os protestos mais recentes realizados em várias cidades. Em um trecho da nota, a governadora pede paz: “A minha orientação à polícia é no sentido de manter a paz, de proteção às manifestações democráticas, garantindo a liberdade de manifestação do pensamento". Noutro, ela classifica os atos como fortalecimento da democracia: “Vejo os movimentos sociais que estão acontecendo por todo o país como uma prova do fortalecimento da nossa jovem democracia”.
Um novo ato nacional contra o aumento das passagens de ônibus e por melhorias no sistema de transporte público está previsto para acontecer em várias capitais e cidades do país na quinta. Em Natal, mais de 16 mil manifestantes, que seguem a página da #RevoltadoBusão nas redes sociais, já confirmaram participação e prometem novamente tomar ruas e avenidas da capital potiguar. A concentração foi confirmada por representantes do movimento para ter início às 17h, na parada do circular da UFRN que fica ao lado do shopping Via Direta, no conjunto Mirassol, às margens da BR-101. O percurso do protesto, no entanto, sé deve ser definido em plenária a ser realizada na noite desta terça (18), no campus da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Operação apreende armas e drogas com adolescentes em Natal, diz PM

Material apreendido na operação na comunidade Alto da Torre (Foto: BPChoque)O Batalhão de Choque da Polícia Militar (BPChoque) apreendeu drogas e armas com dois adolescentes em operação realizada na manhã desta terça-feira (18) na comunidade Alto da Torre, no bairro da Redinha, zona Norte de Natal. Os menores de idade foram apreendidos e levados para a Delegacia Especial de Atendimento ao Adolescente (DEA).

De acordo com a assessoria de comunicação do BPChoque, a operação mobilizou cerca de 40 militares e foi acompanhada pelo comandante e subcomandante da unidade. Foram apreendidos uma pistola 380 com 12 munições, 67 pedras de crack, um quilo de crack em tablete, dezenas de trouxas de cocaína, um tablete de maconha e uma balança de precisão.

Além disso, os policiais também recolheram um moto da marca Broz com queixa de roubo, uma caixa com diversas jóias, dezenas de relógios, duas potências de som de carro, além de R$ 475 em dinheiro trocado.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Polícia da Turquia prende dezenas de relacionados com as manifestações

A polícia da Turquia prendeu nesta terça-feira (18) dezenas de pessoas de movimentos de extrema-esquerda supostamente relacionadas com as manifestações contrárias ao governo, que afetam o país desde o começo de junho.

Em Istambul, a polícia prendeu em suas residências quase 90 membros do Partido Socialista dos Oprimidos (ESP), uma pequena formação ativa nas manifestações, informaram diversas fontes à France Presse.
A polícia também invadiu a sede do jornal "Atilim" e da agência de notícias Etkin, ligados ao partido, informaram os canais NTV e CNN-Türk.

A NTV informou ainda a detenção de 30 pessoas em Ancara, 13 em Eskisehir (noroeste), além de operações policiais em outras 18 províncias.
A polícia turca já havia detido quase 600 pessoas no domingo em Istambul e Ancara nas manifestações.
Na segunda-feira, o governo turco ameaçou recorrer ao exército para apagar os últimos focos de protesto popular contra o primeiro-ministro conservador Recep Tayyip Erdogan.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Ato com 50 mil participantes ocupa região central de SP; grupo tenta invadir prefeitura

Manifestantes tentam invadir a sede da Prefeitura de São Paulo, no centro da cidade, na tarde desta terçaCerca de 50 mil manifestantes --segundo medição do Datafolha-- voltaram às ruas da capital paulista para participar do sexto grande ato contra o aumento da tarifa de ônibus, realizado na região central de São Paulo, na noite desta terça-feira-feira (18). A estimativa da PM era que, às 18h30, ao menos 10.000 pessoas participavam do ato. Por volta das 18h45, um pequeno grupo tentou invadir a sede da Prefeitura de São Paulo, que fica no viaduto do Chá, mas a GCM (Guarda Civil Metropolitana) o impediu.

As grades de proteção do local foram retiradas pelos manifestantes, que se aproximaram do cordão de isolamento da GCM. Objetos foram atirados contra os agentes, que só reagiram com gás de pimenta e bombas de efeito moral quando o grupo se aproximou da entrada principal. Cinco portas de vidro foram depredadas durante a ação.

A Guarda Civil, que estava na portaria da prefeitura, foi para o lado de dentro do prédio. As grades que protegem a portaria foram levantadas e impediram a invasão do grupo. Os próprios manifestantes recolocaram as grades de proteção no lugar e gritavam para que o grupo menor que tenta invadir a prefeitura parasse.

Na frente da prefeitura, os manifestantes pediam que o prefeito Fernando Haddad (PT) descesse para conversar. No local, alguns chegaram até queimar um boneco com a foto de Haddad. Uma bandeira de São Paulo foi retirada do mastro e o grupo tentou atear fogo nela. 

O movimento, que se concentrou na praça da Sé, se dividiu em dois grupos: um seguiu para a frente da Prefeitura de São Paulo e o outro passou pelo Terminal Parque Dom Pedro 2º em direção à avenida do Estado para chegar à marginal Tietê, mas às 19h, os participantes decidiram mudar o trajeto e voltar para a sede da prefeitura, para se juntar ao restante do grupo.

Um outro grupo bloqueia a avenida Paulista, nos dois sentidos, e deve se juntar ao grupo maior que está na prefeitura.

Apoio
Ao passar pelo largo São Francisco, também no centro, a manifestação recebeu o apoio de motoristas de ônibus que começaram a buzinar. Um dos condutores afirmou à repórter Janaina Garcia: "A manifestação está certa. A tarifa aumenta, mas nosso salário não". "Ô motorista, ô cobrador, o seu salário também não aumentou", gritavam os participantes.

No início do ato, foi registrada uma pequena confusão entre manifestantes que estavam carregando bandeiras de partidos e aqueles contrários à "partidarização" do ato. Duas pessoas com bandeira do PCR (Partido Comunista Revolucionário), foram vaiadas por cerca de cinquenta pessoas e alguns manifestantes tentaram tirar a bandeira de suas mãos

Haddad se comprometeu a examinar a planilha de custos de transporte do município para "refletir no que poderia cortar de serviços para viabilizar a redução da tarifa". Ele, no entanto, não revogou o aumento durante a reunião do Conselho da Cidade, que foi praticamente unânime ao pedir a suspensão do novo valor de R$ 3,20.

Quinto protesto
Ao menos 65 mil manifestantes --de acordo com medição do Datafolha-- participaram do quinto grande ato contra o aumento da tarifa de ônibus, realizado na zona oeste da capital paulista nesta segunda-feira (18). A PM estimou em 60 mil o número de participantes.

Além de gritos e cartazes contra o aumento da tarifa de ônibus, que subiu de R$ 3 para R$ 3,20 no começo do mês, os manifestantes exibiam cartazes contra o presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, Marco Feliciano (PSC), outros pediam o fim da corrupção e mais cartazes traziam os dizeres: "Fora, Alckmin".

O ato começou com a interdição da avenida Faria Lima, da altura da rua Cardeal Arcoverde até a avenida Presidente Juscelino Kubitschek, em ambos os sentidos, e também passou pela marginal Pinheiros, desde a ponte Eusébio Matoso (sentido Interlagos), passando pela ponte Estaiada e pela avenida Morumbi. O movimento se dividiu em duas partes: um grupo seguiu em direção ao Palácio dos Bandeirantes; e o outro partiu para a avenida Paulista.

Mas, após uma passeata pacífica pelas principais vias da capital paulista, um grupo menor de manifestantes tentou invadir o Palácio dos Bandeirantes, sede do governo do Estado de São Paulo, no Morumbi, zona oeste da cidade. Policiais da Tropa de Choque responderam com bombas de gás lacrimogêneo.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Líder de policiais diz que militares protestarão no Castelão de máscara

Presidente da Aprospec (Associação de Profissionais de Segurança Pública do Estado de Ceará), o capitão Wagner Gomes diz que policiais militares protestarão contra a Copa do Mundo na próxima quarta, diante do Castelão, de máscaras. O artifício será usado pelos oficiais para evitar futuras represálias por parte da Secretaria de Segurança Pública do Estado.

"Acredito que muitos policiais vão [à manifestação], mas como o militarismo não permite, eles devem ir com máscaras para não mostrar os rostos", disse Wagner Gomes.

Vereador em Fortaleza, o capitão Wagner, como é conhecido, revelou a participação da Aprospec em entrevista à Folha de S. Paulo. O evento em questão vai acontecer a partir das 10h desta quarta, em Fortaleza, e terá como alvo os gastos em grandes eventos como a Copa das Confederações.

A passeata promete atribular o ambiente cearense nas horas que antecederão o jogo entre Brasil e México, que ocorrerá no Castelão, pela segunda rodada do torneio. Wagner espera que policiais civis, bombeiros e outros afiliados à Aprospec também compareçam, à paisana, à manifestação.

Atualmente, a entidade vive em disputa política intensa com a Secretaria de Segurança Pública. Em janeiro desse ano, segundo a Aprospec, dez policiais foram demitidos e outros 30 foram punidos com dez dias de prisão por terem participado de uma reunião do sindicato.

"Em janeiro de 2012, a gente cessou uma paralisação com um acordo. Ele tinha oito pontos, e em janeiro deste anos. apenas três haviam sido atendidos. Nessa reunião ninguém falou em greve. Só foi prestar contas à categoria sobre o que estava acontecendo com relação ao acordo. E depois teve essa retaliação", explica Wagner.

A manifestação desta quarta será a terceira da cidade e, provavelmente, a maior delas. Em nenhuma delas, até agora, houve confronto entre policiais e manifestantes. Mesmo assim, há uma recomendação para que não haja tumulto entre oficiais que estarão em serviço e aqueles que estão protestando.

"Só vai policial que está de folga. A gente não está chamando pessoal de serviço. A gente está orientando o pessoal a não ir armado para evitar qualquer tipo de confronto. Acho que a possibilidade disso acontecer é bem remota", disse Wagner. 

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Polícia instaura inquérito para apurar suspeitas de intoxicação em MG

Funcionários foram contaminados quando chegavam à fazenda na última sexta-feira (Foto: Reprodução/TV Integração)A Polícia Civil (PC) de Patrocínio instaurou, nesta terça-feira (18), o inquérito que vai apurar as circunstâncias e a responsabilidade de uma possível intoxicação de mais de 100 trabalhadores rurais da Fazenda Santa Cruz da Vargem Grande, no Alto Paranaíba. O fato ocorreu na última sexta-feira (14) quando os trabalhadores chegavam para trabalhar e inalaram  um forte produto químico utilizado na plantação de cebola. Na ocasião, os empregados sentiram náuseas e falta de ar e precisaram ser hospitalizados.
O delegado Alexandre Boaventura Diniz, responsável pelo caso, informou ao G1 que os investigadores da Polícia Civil estiveram no local no dia do ocorrido e periciaram a área. Segundo o delegado, o laudo deve sair em até 10 dias.

Alexandre Diniz afirmou que a polícia investiga o ocorrido e que o inquérito tem um prazo de 30 dias para ser concluído. O próximo passo, de acordo com o delegado, é ouvir o dono e o gerente da fazenda e algumas das vítimas. O dia para o recolhimento dos depoimentos ainda não foi marcado.
O delegado ressaltou que chegou a conversar com dois dos médicos que atenderam as vítimas e que eles informaram que, apesar da intoxicação, não houve nenhum caso de maior gravidade, onde a pessoa corresse risco de morte.
Após a apuração, Alexandre Diniz relatou que caso fique comprovado que houve algum crime, os responsáveis pela fazenda podem responder por isso. “Ainda é cedo para fazer alguma conclusão. Estamos apurando o que aconteceu”, salientou.

Intoxicados
No sábado (15) duas pessoas ainda continuavam internadas em um hospital particular da cidade. O G1 entrou em contato com a unidade, mas a pessoa responsável por dar informações sobre estado de saúde e alta de pacientes não estava no local.
Na sexta-feira um dos trabalhadores da fazenda conversou com a reportagem e contou o que havia ocorrido. Damião Dias disse que alguns funcionários chegaram a desmaiar e que ele sentiu dor de cabeça, tontura e o corpo coçando.
O secretário de Saúde de Patrocínio, Carlos Rossi, disse que os trabalhadores foram levados para diferentes hospitais, onde receberam oxigênio e hidratação. Por causa do forte cheiro do produto, médicos, enfermeiros e trabalhadores tiveram que usar máscaras durante o atendimento.

Por meio de nota, o proprietário da Fazenda Santa Cruz da Vargem Grande informou que todas as normas relativas à segurança foram seguidas e que os produtos utilizados na propriedade têm registro do Ministério da Saúde e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), além de toda a documentação necessária para o uso.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Líderes da Câmara criticam aprovação de 'cura gay'

Líderes da Câmara dos Deputados criticaram nesta terça-feira (18) a aprovação da proposta conhecida como "cura gay". O projeto, de autoria do deputado João Campos (PSDB-GO), permite aos psicólogos promover tratamento com o objetivo de curar a homossexualidade.

O texto foi aprovado em votação simbólica na tarde desta terça na comissão de Direitos Humanos da Casa, presidida pelo deputado evangélico Marco Feliciano (PSC-SP).

"É incompreensível que Feliciano tenha feito isso nessa hora", disse André Vargas (PT-PR), presidente interino da Casa, em referência às manifestações que acontecem em todo o país. Ontem, Feliciano foi um dos alvos de manifestantes que ocuparam a marquise do Congresso Nacional.

Os deputados foram informados da aprovação durante reunião de líderes, ocorrida na tarde desta terça. "Oferecer cura ao que não é doença é charlatanismo. Isso não pode passar na CCJ [Comissão de Constituição e Justiça]", disse Beto Albuquerque (RS), líder do PSB.

Além da CCJ, a proposta precisa passar pela comissão de Seguridade social antes de ser votada no plenário.

O projeto de decreto legislativo suspende dois trechos de resolução instituída em 1999 pelo CFP (Conselho Federal de Psicologia). O primeiro trecho sustado afirma que "os psicólogos não colaborarão com eventos e serviços que proponham tratamento e cura das homossexualidades".

A proposta anula ainda artigo que determina que "os psicólogos não se pronunciarão, nem participarão de pronunciamentos públicos, nos meios de comunicação de massa, de modo a reforçar os preconceitos sociais existentes em relação aos homossexuais como portadores de qualquer desordem psíquica".

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Senado aprova MP da cesta básica que garante desconto na conta de energia

O Senado aprovou nesta terça-feira a Medida Provisória 609, que desonera produtos da cesta básica e absorveu dispositivos de outra MP que garantem a redução na tarifa de energia elétrica, uma das bandeiras do governo da presidente Dilma Rousseff.

Aprovada de maneira simbólica pelos senadores, a MP segue à sanção presidencial.

O texto original da MP previa a desoneração de PIS/PASEP e Cofins sobre a venda no mercado interno e sobre a importação de produtos da cesta básica, mas acabou incorporando também dispositivos da MP 605, para permitir o uso dos recursos da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) para garantir a redução das tarifas de energia elétrica.

A medida também autoriza que a CDE forneça recursos para compensar os efeitos da não adesão de algumas empresas à prorrogação de concessões de geração de energia elétrica.

Embora tenha sido aprovada pela Câmara dos Deputados, a MP 605 não chegou a ser votada pelo Senado. O presidente da Casa, senador Renan Calheiros (PMDB-AL) já havia alertado, em outra votação, que não aceitaria medidas provisórias que fossem enviadas pela Câmara com menos de sete dias de validade.

A MP 605 chegou fora do prazo ao Senado e perdeu a validade, razão pela qual teve sua essência incluída no texto da MP da cesta básica.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Garoto diz ter alugado moto por R$ 5 e trafegou por 80 km em rodovia

Garoto de 12 anos pilotou moto por 80 km na Bahia (Foto: Jhone/ Itamaraju Notícias)Um garoto de 12 anos foi apreendido em Itamaraju, no extremo sul da Bahia, na segunda-feira (17), sob a suspeita de roubar uma moto, informou a Polícia Militar. Em depoimento à polícia e ao Conselho Tutelar da cidade, o garoto teria dito que "alugou" a moto por R$ 5, na cidade de Teixeira de Freitas, onde mora.
O Conselho Tutelar informou que o menino percorreu cerca de 80 km pilotando a moto, pela BR-101, e deixou o veículo na localidade de Café Norte, já perto de Itamaraju, por medo do combustível ter acabado. A polícia chegou até o adolescente após uma denúncia anônima. A moto tem registro de roubo.
"Ele disse que um conhecido, que é usuário [de drogas], pediu R$ 5 para ele e ele disse que daria se pudesse dar uma volta com a moto. O homem ajudou ele a montar na moto porque os pés dele nem alcançam o chão, e ele saiu andando. Ele disse que não sabia dar a volta [fazer retorno] e resolveu seguir direto pela BR, que nem sabia para onde estava indo. Quando ele achou que acabou a gasolina, jogou a moto no mato e pegou uma carona para Itamaraju, onde a irmã mora", relatou a conselheira tutelar Iolanda Carvalho.
Segundo ela, o garoto não tem passagens pelo Coselho Tutelar e disse que não tinha intenção de roubar a moto, mas apenas de dar uma volta com o veículo. Após ouvido, o menino foi liberado e entregue a irmã. O Conselho Tutelar infomou que ele será encaminhando para um Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), onde será acompanhado.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››