RÁDIO CIDADE AO VIVO

Ouça pela Rádios Net ou clique na imagem abaixo

Ouça pelo Listen 2 My Rádio ou clique na imagem abaixo

Imagem relacionada
Loading ...

quarta-feira, junho 19, 2013

Em Niterói, protesto termina em confronto; ponte fecha por 1h e pessoas vão para casa a pé

Pelo menos 5.000 mil pessoas, segundo a NitTrans (Niterói Transportes e Trânsito), da Prefeitura de Niterói, participaram das manifestações contra o aumento das tarifas do transporte público na cidade da região metropolitana do Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (19). O protesto terminou em confronto e causou o fechamento da ponte Rio-Niterói por mais de 1 hora.

Centenas de passageiros que seguiam de ônibus para a cidade e já estavam na ponte desceram dos veículos e seguiram a pé para casa. O mesmo aconteceu para quem ia para o Rio de Janeiro. Os passageiros desceram no acesso à avenida Brasil, no bairro do Caju, zona portuária, e procuraram uma forma de seguir para casa.

A manifestação começou às 17h, na praça Arariboia, no centro da cidade, e seguiu rumo à prefeitura, na mesma região. Por volta das 19h, o prefeito Rodrigo Neves (PT) anunciou a revogação do aumento da tarifa dos transportes. O valor passou de R$ 2,95 para R$ 2,75.

Muitos manifestantes comemoraram a decisão, enquanto outros resolveram seguir com o protesto em direção à ponte Rio-Niterói. A Tropa de Choque da PM montou uma barreira humana em um dos acessos, mas um grupo tentou chegar até a via e houve confronto. Enquanto algumas pessoas jogavam pedras nos policiais, eles revidavam com tiros de balas de borracha e bombas de gás lacrimogêneo.

Por volta das 19h, a ponte Rio-Niterói foi fechada em ambos os sentidos. Os carros que chegavam à praça do Pedágio, em Niterói, tiveram que voltar para o Rio. Às 20h25, o trânsito sentido Rio de Janeiro foi liberado e, às 21h, os dois sentidos foram reabertos.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

David Luiz deixa estádio com suspeita de fratura no nariz

Nariz de David Luiz começa a sangrar após zagueiro se chocar com a cabeça de Thiago SilvaA trombada entre os zagueiros David Luiz e Thiago Silva pode custar caro para a seleção brasileira. O cabeludo deixou o estádio do Castelão, após a vitória por 2 a 0 sobre o México, com suspeita de fratura no nariz. Ele fará exames na quinta-feira, em Salvador.

"Tem uma suspeita da fratura, mas ainda não temos a confirmação. Amanhã vamos fazer exame para ter a certeza", afirmou o médico da seleção, José Luiz Runco, que avisou que a fratura não tira, necessariamente, o atleta da Copa das Confederações.  "A princípio, ele não é dúvida para o jogo contra a Itália [sábado, na Fonte Nova]. Se ele tiver uma fratura, mas não tiver um desvio de septo, ele joga", completou.

A lesão aconteceu ainda no primeiro tempo. O nariz de David Luiz começou a sangrar logo depois do choque com o companheiro de zaga. Ele teve de ser atendido duas vezes fora de campo, entre o 33º e 40º minutos do primeiro tempo. Mesmo assim, seguiu em campo até o fim do jogo.

"Está tudo bem. Na hora, eu não queria sair de campo. Queria voltar o mais rápido possível. Já tive outra fratura e sabia que era só estancar o sangue e voltar a campo", explicou o jogador. "Acho que tive uma fraturazinha, mas faz parte. Ossos do ofício. Agora é esperar a competição terminar para fazer uma cirurgia e melhorar não só o nariz, mas a cara toda (risos). Ainda bem que foi o nariz, não a perna".

Outro jogador brasileiro deixou o campo sob cuidados médicos. No segundo tempo, após uma bela arrancada, que começou no campo de defesa e só parou próximo à área mexicana, o volante Paulinho torceu o tornozelo direito. "Foi uma torção leve. Ele saiu com dores e será avaliado", disse Runco.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Justiça do Acre proíbe pagamentos e novas adesões ao Telexfree

TelexFREE (Foto: Raissa Natani/G1)A 2ª Vara Cível da Comarca de Rio Branco julgou procedente uma ação civil pública proposta pelo Ministério Público do Acre, e suspendeu os pagamentos e a adesão de novos contratos à empresa de marketing multinível Telexfree até o julgamento final da ação principal, sob pena de multa diária de R$ 500 mil.
De acordo com o MPE, os donos da empresa são suspeitos de montar uma pirâmide financeira. A decisão foi divulgada no final da tarde desta terça-feira (18).

Nesta quarta-feira (19) a promotora de Defesa do Consumidor, Nicole Gonzalez, deu uma entrevista coletiva onde explicou o que levou o MPE a formalizar a denúncia. De acordo com ela, a Telexfree no Brasil estaria fazendo o recrutamento de investidores e criando um esquema de pirâmide sob o disfarce de marketing multinível.

"Existem empresas de marketing multinível já consolidadas no mercado como a Herbalife, Mary Kay e Tupperware. Elas trabalham com esse sistema, no caso da Telexfree o interesse não é vender os produtos, mas recrutar novas pessoas", explica. Ela acredita que cerca de 70 mil pessoas possuem contratos com a Telexfree no Acre.


Nicole diz que o foco da Telexfree no Brasil não é a venda de produtos ou serviços, mas a adesão de novas pessoas para alimentar o sistema de pagamento. Ela argumenta que o suposto produto oferecido pela Telexfree, um software para realização de ligações pela internet, deve ser comprado em kits.

"No entanto estamos diante de um software, que no site é só se cadastrar, baixar e pagar para obter. Concluímos que é para mascarar a taxa de adesão", explica. A promotora diz ainda que os pagamentos feitos pela Telexfree na verdade seriam uma espécie de 'recompra' feita pela empresa dos kits. "Se ela recompra significa que não precisa dos divulgadores", enfatiza.

Decisão afeta todo o país
TelexFREE (Foto: Yuri Marcel/G1)Nicole diz que a decisão tomada pela juíza Thaís Borges afeta os divulgadores da Telexfree em todo o país ou fora dele. Ela diz que a medida foi tomada para evitar que novas pessoas acabem envolvidas no esquema e possam se prejudicar. Ela diz ainda que foi efetuado um pedido de bloqueio das contas bancárias dos sócios administrativos da Telexfree.
A empresa deverá disponibilizar no prazo de dois dias em sua página, um “pop-up”, informando sobre a decisão judicial, além de modificar seu sistema, de modo a não permitir novos cadastros através dos “back offices“.
A promotora disse que enviou uma cópia da decisão para a Delegacia de Fraudações e Falsificações (Defa) que investiga a empresa no Espírito Santo.

Em relação às outras empresas de marketing multinível que surgiram após a Telexfree, a promotora diz que por enquanto elas não estão sendo investigadas. Nicole disse que agora o MPE tem até 30 dias para ajuizar a ação principal.
Telexfree tenta reverter decisão
A empresa publicou na tarde desta quarta-feira (19) em seu site um vídeo esclarecendo aos clientes e divulgadores que a empresa ainda não foi notificada oficialmente da decisão mas que está tomando todas as providências para derrubar a liminar da Justiça do Acre.
"A transparência sempre foi e sempre será o fundamento desta empresa.  Tomamos conhecimento pela mídia, ainda não fomos comunicados oficialmente da íntegra da decisão. O jurídico está trabalhando para derrubar a liminar," informa Carlos Costa, diretor de marketing da Telexfree.
O advogado da empresa, Horst Fouchs, está atualmente em Rio Branco para acompanhar o caso. "Estamos conhecendo o processo para nós então tomarmos as medidas necessária. Depois que estivermos totalmente interados do processo, podemos ate nos manifestar de uma forma mais completa", afirmou Fouchs.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Três são detidos em confronto com a polícia ao lado do estádio Castelão

Manifestante ferido é carregado por um policial, em Fortaleza (Foto: Vanderlei Almeida/AFP)
Três pessoas foram detidas acusadas de “incitar agressão a policiais”, de acordo com a Polícia Civil do Ceará. De acordo com a inspetora do 16 º, um dos detidos tem 25 anos, outro 26 e o terceiro não portava documentos. Segundo o coronel da Polícia Militar que coordena a operação de contenção dos manifestantes, “uma minoria de 1%” realiza “badernas e quebra-quebra”. O comandante da Polícia Militar, afirmou que daria entrevista coletiva ainda nesta quarta-feira (19) sobre as manifestações.
Os policiais e manifestantes tiveram um novo confronto por volta das 17h ao lado do Castelão, onde jogam Brasil e México pela Copa das Confederações. Segundo o coronel da PM, este é pelo menos o quarto confronto entre manifestantes e policiais.

Manifestantes e policiais militares entram em novo conflito na tarde desta quarta-feira (19), na Avenida Paulino Rocha, bem próximo à Arena Castelão (Foto: Andre Penner/AP)

A polícia tenta conter o grupo, que está no bloqueio policial da Avenida Paulino Rocha, a alguns metros do estádio, usando bombas de efeito moral, gás e spray de pimenta. "Está parecendo uma praça de guerra, é muita bomba. Tivemos que pedir abrigo em uma casa e as pessoas estão preocupadas porque o helicóptero ciontinua sobrevoando e na casa tem duas crianças pequenas", diz Carmina Dias, que participa dos protestos.
“Quase todos estão aqui para protestar pacificamente, mas há uma minoria que insiste em fazer baderna”, disse Mendonça. Manifestantes e policiais militares entram em novo conflito na tarde desta quarta, na Avenida Paulino Rocha, bem próximo à Arena Castelão, onde jogam Brasil e México pela Copa das Confederações. Segundo o coronel da Polícia Militar Cláudio Mendonça, os confrontos foram iniciados por uma minoria dos manifestantes.
Os manifestantes gritam “Não à violência”, além de gritar palavras de ordem contra governadores e denúncias de corrupção. Duas das quatro vias que dão acesso ao Castelão estão bloqueadas, enquanto ocorre o jogo. Os torcedores tiveram que ir ao estádio pela Avenida Dedé Brasil e Juscelino Kubitschek, que seguem com acessos liberados.

A polícia Rodoviária Federal estima que 25 mil pessoas participem dos protestos, divididas em duas frentes, nas avenidas Paulino Rocha e Alberto Craveiro. Na manhã desta quarta-feira houve protesto também na Avenida Paulino Rocha, quando parte dos manifestantes furou um dos quatro bloqueios da via.
Não há números oficiais de feridos, mas há relatos de pessoas que sofreram tiros de bala de borracha. Um jornalista cearense levou um tiro de borracha no olho, mas afirmou passar bem pelas redes sociais.

Protestos fecham segunda via de acesso ao Castelão (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)

Início dos protestos
Centenas participam do protesto desde 10 horas desta quarta-feira (19) nos arredores da Arena Castelão. Os manifestantes começaram a se concentrar no quilômetro 3, da BR-116, e protestar contra a corrupção e os gastos excessivos com a realização da Copa do Mundo.
O protesto furou barreiras policiais feitas e seguiram até bem perto do estádio. Uma viatura da Autarquia Municipal de Trânsito (AMC) foi incendiada.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Mulher é encontrada morta em porão de escola em Itariri, SP

Uma mulher, de 25 anos, foi encontrada morta dentro de um porão de uma escola, no centro de Itariri, no Vale do Ribeira, na fim da tarde desta segunda-feira (18). Ela estava desaparecida desde o dia 15 de junho.
Segundo informações da polícia, a vítima foi estuprada e possuía marcas no rosto. Além disso, parte de uma das orelhas dela estava cortada. Os policiais estão investigando o caso e ainda não possuem pistas sobre o autor do crime.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Em decisão conjunta, Rio e São Paulo anunciam a redução da tarifa do transporte coletivo


Após manifestação popular nas principais capitais do Brasil, os governos do Rio de Janeiro e de São Paulo anunciaram na noite desta quarta-feira (19) a redução das tarifas do transporte público.

Em São Paulo, o governador do Estado, Geraldo Alckmin (PSDB), e o prefeito da capital paulista, Fernando Haddad (PT), anunciaram que o valor dos ônibus, metrô e trem voltarão a ser R$ 3 a partir da próxima segunda-feira (24). A decisão representa uma diminuição de R$ 0,20.  

O aumento no valor das passagens de ônibus, metrô, trens e barcas no Rio de Janeiro também foram suspensos, segundo o prefeito da capital fluminense, Eduardo Paes, que disse que a decisão foi combinada com o Estado vizinho. "Essa suspensão se dá em conjunto com o prefeito de São Paulo."

São Paulo
A passagem de ônibus em São Paulo foi reajustada de R$ 3 para R$ 3,20 no último dia 2. A inflação desde o último aumento nos ônibus da capital, em janeiro de 2011, foi de 15,5%, de acordo com o IPCA (índice oficial, calculado pelo IBGE). No caso do metrô e dos trens, o último reajuste ocorreu em fevereiro de 2012. Se optassem por repor toda a inflação oficial, a gestão Haddad teria de elevar a tarifa para R$ 3,47 e o governo de Geraldo Alckmin, para R$ 3,24.

Inicialmente, Alckmin e Haddad se mostraram irredutíveis e descartaram inclusive a hipótese de suspender, por 45 dias, o reajuste já aplicado nas tarifas. O prefeito afirmou ainda que uma possível diminuição implicaria em reduzir recursos destinados para outras áreas, como educação e saúde.

Os discursos, no entanto, começaram a mudar com a resistência dos manifestantes. No início desta semana, Haddad chegou a dizer que avaliava "algumas alternativas" para reduzir o valor das passagens.

Ontem, a ministra Gleisi Hoffmann afirmou que duas desonerações feitas pelo governo federal permitiam que os municípios, inclusive São Paulo, fizessem reajustes menores ou reduzissem o preço nos casos em que o reajuste já havia sido feito, com queda de 7,23%.

No entanto, Haddad "corrigiu" a informação da ministra e afirmou ao UOL que "o reajuste da tarifa de ônibus no município já foi feito com base nas desonerações do governo federal.

Nesta quarta, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou que o governo não tem mais espaço para cortar impostos que incidem sobre as tarifas de transporte público no país. Segundo o ministro, "a parte mais salgada da conta já foi reduzida".

Em entrevista coletiva na manhã de hoje, Haddad disse que reduzir a tarifa de ônibus seria uma medida populista e que não iria tomar essa decisão se tivesse que retirar dinheiro de outras áreas do orçamento da capital paulista.

Rio de janeiro
A passagem de ônibus no Rio havia aumentado de R$ 2,75 para R$ 2,95, causando uma série de protestos pela cidade. O prefeito anunciou ainda que os aumentos no metrô (de R$ 3,20 para R$ 3,50), trens (de R$ 2,90 para R$ 3,10) e barcas (R$ 4,50 para R$ 4,80) também serão revogados.

"São R$ 200 milhões que têm que ser arcados pelo poder público. Arcar com esses recursos significa, sim, a escolha de prioridades. Serão R$ 200 milhões a menos investidos em outras áreas", afirmou o prefeito do Rio. A revogação nos valores valerá a partir de quinta-feira (20), quando a decisão deve ser publicada nos diários oficiais do município e do Estado.

Programados via redes sociais, os protestos que tomaram o Brasil na última segunda-feira (17) surpreenderam pelo tamanho e, em alguns locais, pela violência, caso do Rio de Janeiro, onde cem mil pessoas tomaram o centro da cidade e ao menos 31 ficaram feridas; dois manifestantes seguem internados devido a ferimentos causados por armas de fogo atribuídos à polícia.

Imagens mostram ainda policiais militares atirando para cima com fuzis. Em entrevista coletiva na terça, o coronel Frederico Caldas, porta-voz da Polícia Militar do Rio de Janeiro, afirmou que as imagens de policiais atirando para o alto com fuzis e revólveres durante o protesto demonstram que não havia "objetivo de atingir quem quer que seja". Segundo ele, apenas a perícia da Polícia Civil determinará se algum dos feridos por arma de fogo foi atingido por algum policial.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Mantida, 7ª manifestação em SP será "ato para comemorar vitória do povo na rua", diz MPL

Representantes do MPL (Movimento Passe Livre) afirmaram nesta quarta-feira (19) que o anúncio de redução temporária das tarifas de transporte coletivo para R$ 3 não impedirá a manifestação marcada para esta quinta (20) na Praça do Ciclista, na avenida Paulista.

"Mas aí o que teremos será um ato para comemorar a vitória do povo na rua", disse Mayara Vivian, uma das líderes do MPL. Segundo ela, que falou com a reportagem pouco antes do anúncio coletivo em que o governador Geraldo Alckmin (PSDB) e o prefeito Fernando Haddad (PT) anunciaram a redução temporária, o MPL se reunirá agora à noite para avaliar a medida e anunciar os próximos passos e detalhes do evento de amanhã.

Outro líder do movimento, o professor de história Lucas Monteiro avaliou que "finalmente o poder público cedeu à pressão popular".

"Eles [governantes] perceberam que a questão da tarifa não é uma questão técnica, mas política. A gente trouxe esse debate à tona na esfera em que ela tinha que estar", avaliou.

Segundo Monteiro, o recuo de Estado e do município com a revogação do aumento "amplia o debate" sobre o transporte público nas capitais, não apenas em São Paulo. Ele citou também a redução da tarifa anunciada hoje também pelo prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB).

"Agora é discutir a opção por se construir uma cidade pela qual as pessoas circulem sem que isso seja excludente a elas", disse, para completar: "E a decisão mostra que o cidadão pode produzir vitórias a partir da mobilização popular e construir uma cidade por onde ele possa, enfim, circular", concluiu.

A sexta manifestação, ocorrida ontem, terminou com saques e depredações no centro de São Paulo provocadas por um grupo que não seguiu a manifestação até a avenida Paulista. Eles permaneceram em frente à prefeitura, e, por volta das 18h30, começaram a depredar o edifício e, em seguida, agências bancárias. Lojas das ruas Direita e Barão de Itapetininga foram depredadas e saqueadas.

A Polícia Militar agiu cerca de três horas após o início das depredações, com o envio de homens da Força Tática e da Tropa de Choque ao local. Ao todo, até esta tarde, 69 pessoas, segundo a Secretaria de Segurança Pública do Estado, haviam sido detidas em função dos saques e das depredações --registradas também na região da avenida Paulista.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Emerson Sheik falta ao treino no Corinthians e relata doença de sua macaca como motivo da ausência

O atacante Emerson Sheik utilizou sua conta no Instagram na tarde desta quarta-feira (19) para informar os fãs e a imprensa o motivo de não ter ido ao treino da manhã como os colegas de Corinthians.

Relatando um problema de saúde de Cuta, sua macaca de estimação, e a impossibilidade de deixa-la aos cuidados de alguém, Sheik inclusive divulgou o recado que enviou a Edu Gaspar (gerente de futebol) e Duílio Monteiro Alves (diretor adjunto) sobre o problema.

Leia na íntegra:

“Hoje as 7h da manhã quando eu estava saindo de casa, fui dar um beijo na Cuta, como de costume (minha macaca) e percebi que a mesma estava com comportamento diferente, como se estivesse doente. Imediatamente liguei para o veterinário... Assim que desliguei o telefone, entrei em contato com o gerente de futebol (Edu Gaspar) e nosso diretor (Duílio). Os dois rapidamente se mostraram preocupados com o acontecido e me deixaram a parte da manhã livre para resolver essa questão... A Cuta está bem graças a Deus!!! Segue a mensagem, só para esclarecer o motivo, para ninguém perder tempo querendo adivinhar: Edu / Duílio, bom dia... Ainda não saí de casa, minha macaquinha está passando muito mal!!! Já chamei o veterinário e estou aguardando o mesmo aqui... Como estou sozinho, não tenho com quem deixá-lá... Tem algum problema eu ficar aqui na parte da manhã e compensar o treino à tarde? (não tenho como deixar o bichinho sozinho e hoje, infelizmente, estou sozinho). Fico no aguardo.”

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

"Religiões estão promovendo caça às bruxas", diz Gabi ao lançar programa sobre sexo

Atração irá ao ar todas as quartas, à meia-noiteA jornalista e apresentadora Marília Gabriela recebeu a imprensa nos estúdios do SBT, em São Paulo, para promover seu novo programa, "Gabi Quase Proibida", um debate sobre sexo que irá ao ar todas as quartas, à meia-noite. Durante a conversa, ela disse que pretende desmistificar o assunto em uma época em que o Brasil passa por um retrocesso moral a respeito do tema.

"Acho que veio bem a calhar porque ontem foi aprovado esse projeto da 'cura gay'. As religiões hoje em dia estão promovendo uma caça às bruxas. E o programa pretende discutir de onde vem essa hipocrisia brasileira em relação ao sexo. Eu digo de onde vem: da culpa causada pela religião", disse.

A apresentadora contou que a ideia do programa surgiu em 2004, quando ela estava fazendo a novela "Senhora do Destino" na Globo. Segundo Gabi, ela visitou o Museu do Sexo, em Nova York, e ofereceu à emissora carioca a ideia de fazer um programa sobre o tema.

"Achei que podia ser um programa de utilidade pública. Mas o Otávio Florisbal [diretor-geral da Globo] consultou o conselho da emissora e acharam que não valia. Quero mostrar que esse assunto também é de interesse das pessoas e que não é preciso se envergonhar", disse.

O primeiro entrevistado do programa será o cantor Ney Matogrosso. Em seguida, será o padre Beto, aquele que foi excomungado pela igreja católica por defender os homossexuais. A terceira convidada será a cantora Daniela Mercury.

"Eu vou começar com pessoas famosas para atrair a atenção do público. Mas eu vou também trazer pessoas que não são conhecidas, mas que tenham algo a dizer sobre o assunto. Por exemplo, outro dia eu estava no teatro e encontrei um amigo meu da época da faculdade, lá em Ribeirão Preto, e perguntei para ele como estava a vida. E ele me respondeu que estava sobrevivendo a Aids havia 28 anos. Perguntei se ele me daria entrevista e ele topou", afirmou.

Questionada se traria o pastor Marco Feliciano para debater o projeto de "cura gay", Gabi respondeu o seguinte: "Será que ele precisa mesmo desse espaço? Vocês não acham que talvez outras pessoas poderiam vir a esse programa e discutir muito melhor os assuntos suscitados por esse senhor?", indagou.

O formato do programa será de entrevistas com até duas pessoas, assim como é o "De Frente Com Gabi".

"O programa de quarta-feira acabava passando batido pela audiência. Muita gente achava que ele era uma reprise do programa de domingo. Então apresentei a ideia para o SBT e eles acharam que seria uma boa maneira de aproveitar esse horário", disse Gabi, que também afirmou não ter recebido nenhuma limitação editorial da direção do SBT. "Vamos poder falar de tudo".

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Técnico nega imagem de soberba da Espanha ao usar time reserva contra o Taiti

Del Bosque poupará suas estrelas em um jogo de vitória mais do que esperada no Rio
No embate mais desigual da Copa das Confederações, pelo menos no campo da teoria, a Espanha encara o Taiti nesta quinta-feira no Maracanã. Para o jogo, o técnico Vicente del Bosque deve usar dez reservas de início, mas diz esperar que sua decisão não transmita uma imagem de soberba dentro da competição.

"Não é um menosprezo a ninguém. Temos 23 jogadores do mesmo nível, e tentamos dar oportunidades a todos na competição", declarou o treinador da seleção campeã do mundo.

Em entrevista coletiva nesta quarta-feira no Maracanã, Del Bosque confirmou que trocará Iker Casillas por outro goleiro (Victor Valdés ou Pepe Reina) e admitiu que fará uma série de mudanças.

Na última terça, o treinador da seleção espanhola preparou uma formação quase toda reserva, no treino noturno realizado no estádio de São Januário. Na prática, Del Bosque trabalhou com a seguinte escalação: Valdés; Azpilicueta, Piqué, Albiol, Monreal; Javi Matínez, Cazorla, David Silva, Mata; Torres e David Villa.

Deste time, apenas o zagueiro Piqué carrega o status de titular. A explicação para a presença do jogador do Barcelona no time reserva é que Del Bosque conta com apenas três zagueiros no elenco da Copa das Confederações.

Destaque na vitória da estreia sobre o Uruguai, o meia Andrés Iniesta deve começar a partida contra o Taiti do banco. Mesmo assim, assegurou que seus companheiros entrarão em campo com respeito à seleção número 138 do ranking da Fifa.

"É questão de treinador quem vai jogar amanhã (quinta), se a equipe inicial estará no banco. Todos nos sentimos titulares, não há titulares e reservas. Cada um aqui tem um nível muito alto para jogar, independente dos nomes. Não pensamos em quantos gols vamos fazer, vamos jogar com o máximo respeito possível, com a finalidade de crescer no torneio. Conseguir os pontos para conseguir a classificação. Não pensamos se vamos meter mais ou menos gols", declarou o ídolo do Barcelona.

Em caso de vitória nesta quinta, a Espanha praticamente assegura a classificação na semifinal. Matematicamente, a vaga pode vir à noite, se o Uruguai não vencer a Nigéria em Salvador.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

"Amor": Desesperado, Félix conta para Edith que jogou Paulinha no lixo

http://natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/518f531c4744c1d9dd9291b24b212ae9.jpgNo capítulo desta quinta-feira (20) em "Amor à Vida", Félix (Mateus Solano) vai acabar revelando para Edith (Bárbara Paz) o que fez com a filha de Paloma (Paolla Oliveira) no passado.

Tudo acontece quando Amarilys (Danielle Winits) deixa escapar que Paloma está realizando um exame diferente. Ele imediatamente pede para Simone (Vera Zimermann) investigar o que é.

Dias depois, ele descobre que Paloma fez um teste de DNA, que confirma Paulinha (Klara Castanho) como filha da pediatra.

O vilão fica desesperado e acaba confessando para Edith (Bárbara Paz) que jogou a sobrinha no lixo quando ela nasceu: "Eu joguei aquela menina numa caçamba! Tive um ciúme absurdo, que me tomou inteiro, não enxergava mais nada, só queria me livrar da criança".

A ex-prostituta fica horrorizada e conta tudo para sua mãe, que a convence a ficar ao lado do marido. Tamara (Rosamaria Murtinho) argumenta que, com um trunfo desses, Félix está nas mãos dela e Edith aprova a ideia.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Fifa usa seguranças sem curso obrigatório para grandes eventos no Brasil

Seguranças da Fifa se reúnem nas imediações do Maracanã, no RJ: curso para grandes eventos atrasou

Criado e tornado obrigatório pela PF (Polícia Federal) no final do ano passado já para a Copa das Confederações, o curso para agentes de segurança de grandes eventos não ficou pronto a tempo. Assim, os seguranças da Fifa (ou 'stewards') que trabalham no mundial de futebol em curso no país não contam com a formação definida como obrigatória pelo governo para este fim.

Os seguranças da Copa das Confederações recebem treinamento da Fifa para orientar o público e resolver situações de conflito sem violência, por exemplo. Também são contratados junto a empresas de segurança e possuem formação prévia de vigilante.

Apesar disso, em novembro de 2012 a PF e o COL (Comitê Organizador Local) da Copa de 2014 anunciaram que todos os agentes de segurança privados que fossem trabalhar na Copa das Confederações, na Copa de 2014 e nas Olimpíadas do Rio de Janeiro em 2016 deveriam fazer o curso especial, com 50 horas de duração. 

"É um curso que foca mais no tratamento com o público, com disciplinas de direitos humanos, que é uma nova forma de conduta e atuação dos vigilantes que queremos ter no Brasil", afirmou na ocasião o coordenador geral de segurança privada da PF, Clyton Eustáquio Xavier.

Em março, o UOL Esporte revelou que nem o treinamento dos instrutores para passar o curso aos seguranças havia começado, e que não haveria tempo da formação ser feita para a Copa das Confederações. Os cursos de segurança privada são ministrados por instituições de ensino particulares, mas o currículo, regulamentação e fiscalização fica a cargo da PF, que supervisiona a formação de vigilantes.

Impossibilidade prática
De acordo com a portaria do dia 31 de maio assinada pelo diretor-geral da PF, Leandro Daiello Coimbra, o prazo para a obrigatoriedade do curso de grandes eventos para os vigilantes deixa ser o início da Copa das Confederações, no último sábado (15) e passa a ser março do ano que vem.

De acordo com a PF, o motivo do adiamento foi "a impossibilidade prática de que as empresas de curso de formação de vigilantes capacitem profissionais no 'curso de extensão em segurança para grandes eventos' em quantidade suficiente para a Copa das Confederações".

No currículo, estão previstas aulas de .controle de acesso aos locais dos eventos, gerenciamento de público, gestão de multidões, direitos humanos e resolução de situações de emergência. De acordo com o COL, 15 mil seguranças particulares trabalham na Copa das Confederações. 

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Corra que a vítima vem aí! Mulher persegue ladrão de bicicleta nos EUA

Sarah Tatterson, esportista espetacular, mulher dedicada e amorosa e justiceira nas horas vagas
Uma mulher de Seattle (EUA) reescreveu a história da mocinha que sai correndo do bandido: no caso, foi ela quem perseguiu o ladrão. E conseguiu prendê-lo.

Quando Sarah Tatterson viu a bicicleta de seu marido sendo levada da garagem de casa por um estranho, saiu em disparada atrás do criminoso. 

"Eu corria gritando às pessoas 'chamem o 911 (número da polícia nos EUA), ele está roubando minha bicicleta!"

O gatuno tentou deixar a bicicleta para ver se a mulher ficava, mas sem sucesso. Durante a perseguição, o assaltante disse à Sarah para recuar, mas a resposta dela foi: "eu ia correr 10 km hoje, mas aguento 20".

O que o larápio não sabia é que Sarah é uma corredora de maratona.

Dez quadras depois, o longo e incansável braço da lei deteve o esbaforido meliante.

O blog que noticiou a história não diz se o ladrão foi para a cadeia, nem quantas calorias perdeu na corrida.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Criança entra na Turquia com passaporte de brinquedo

Uma criança de 9 anos de idade conseguiu entrar na Turquia usando um passaporte que a identificava como um unicórnio lilás. Funcionários do aeroporto de Antalya acabaram carimbando documentos de viagem de Emily Harris, apesar da fotografia oficial mostrar o rosto de seu brinquedo de pelúcia favorito.

Sua mãe e seu pai admitiram que estavam atordoados quando sua filha entregou o passaporte errado para as autoridades quando eles desembarcaram para começar uma semana de férias no país.

A pequena Emily Harris tinha levado um passaporte de brinquedo, que estava em nome de seu unicórnio. De férias com ele, usou-o para entrar na Turquia. Sua mãe, Nicky, 43, de Cwmbran, Gales do Sul, conta ao "Daily Mail": "Eu não percebi até que eu estava a uma certa distância da alfândega. Houve um momento de pânico quando eu pensei que alguém viria correndo atrás de nós, mas nada".

O passaporte nem parece real - tem um grande urso dourado na capa e é de tamanho completamente diferente do documento. "O homem ainda perguntou a Emily quantos anos ela tinha, antes de carimbá-lo", conta a mãe.

"Mas, ao mesmo tempo, é uma preocupação para qualquer pai ou mãe, o quão fácil seria para contrabandear uma criança pela alfândega para outro país", reflete a mãe sobre o episódio.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Santos descarta contratação de Robinho após reprovar pedidas milionárias: "impossível"

Santos avisa que valor de Robinho deve baixar somente em dezembro deste anoA diretoria do Santos descartou a contratação do atacante Robinho. O clube confirmou os altos valores financeiros pedidos pelo Milan e também pelo jogador, como revelou o UOL Esporte na última segunda-feira, e considera impossível repatriar o atleta. Os rossoneros pediram 10 milhões de euros (cerca de R$ 28 milhões), enquanto o ex-camisa 7 da Vila Belmiro quer receber cerca de R$ 1,3 milhão de ordenado mensal, livre de impostos.

“As cifras levantadas pelo representante do Milan, tanto os valores destinados ao Milan, quanto ao Robinho, consideramos elevados. É mais ou menos isso (R$ 1,3 milhão). Acho muito difícil, a gente conversando com o Milan, pessoas que o Robinho indicou, números apresentados, se não sofrerem nenhuma revisão, se torna impossível”, afirmou o vice-presidente do Santos, Odílio Rodrigues.

Apesar de não vê possibilidades de contratar Robinho, a “novela” deve continuar na Vila Belmiro e tem data confirmada pelo Comitê Gestor para reiniciar. Os dirigentes santistas acreditam que o valor de 10 milhões de euros (cerca de R$ 28 milhões)deve cair apenas em dezembro.

“Milan alega ano fiscal e coincide com o ano civil. Então, o valor do ativo só se altera no fim do ano, diferente de outros clubes europeus, em agosto. Do Milan só em dezembro, portanto, o valor dos 10 milhões de euros continua”, disse Odílio.

 A diretoria do Santos também descartou envolver algum jogador na transação para abater o alto preço de Robinho. “Milan não tem interesse em jogadores do Santos”, comentou o dirigente santista.

Diretores do clube fizeram questão de revelar os valores da transação para a liderança de algumas torcidas organizadas. Apesar do ex-camisa 7 da Vila ser prioridade na “lista de reforços dos torcedores”, eles entenderam que as cifras exigidas são bem altas e inviáveis no momento.

O Santos tenta reforçar o elenco com atletas consagrados para facilitar a adaptação das novas revelações do clube, como Neilton, Leandrinho, Gabriel, Pedro Castro e companhia. Em 2010, Robinho foi contratado por empréstimo e foi importante na ascensão de Neymar e Paulo Henrique Ganso. O trio comandado pelo técnico Dorival Júnior conquistou a Copa do Brasil e o Campeonato Paulista no primeiro semestre daquele ano.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Em vitória contra o México, seleção, torcida e TV quebram tabus em Fortaleza

Brasil2x0México


Com apoio incondicional da torcida e clima de Copa do Mundo dentro do estádio, a seleção brasileira venceu um rival ingrato e conseguiu tranquilidade para última partida da primeira fase da Copa das Confederações. Nesta quarta-feira, o time bateu o México por 2 a 0, no Castelão, com gols de Neymar e Jô, e chegou a seis pontos em dois jogos do torneio. No sábado, o Brasil enfrenta a Itália, em Salvador.

Num jogo que ficou marcado mais uma vez por manifestações fora do estádio contra os gastos na Copa do Mundo, o time de Luiz Felipe Scolari ouviu apoio a todo momento no Castelão. O protesto, o tumulto e a revolta ficaram fora da arena. Ou ao menos parte deles. Nas arquibancadas, torcedores levaram cartazes apoiando a seleção e as manifestações que acontecem no Brasil desde a última semana.

Após a Fifa (Federação Internacional de Futebol) afirmar que cartazes de protesto não seriam exibidos em imagens da transmissão, a TV Globo, parceira da dona da Copa, usou câmeras exclusivas e registrou torcedores com o protesto na sua transmissão.

Empolgada pelo apoio da torcida, que cantou o hino inteiro de pé e vibrou com a entrada dos jogadores em campo, a seleção brasileira teve um início arrasador no Castelão. Atacando pelos lados do campo, com Marcelo na esquerda e Daniel Alves avançando pela direita, o Brasil chegava com força na área do México.

Em campo, os jogadores pediam apoio à torcida. Neymar, Hulk e Marcelo por várias vezes agitavam os braços pedindo para o público levantar. A resposta era imediata.

O ápice da empolgação aconteceu aos 9 minutos, quando Neymar marcou o gol do Brasil. Após jogada de Daniel Alves pela direita, o mexicano Rodríguez cortou de cabeça e a bola sobrou para o camisa 10. Assim como fez na estreia, contra o Japão, ele chutou de primeira e abriu o placar.

Só após sofrer o gol que os mexicanos conseguiram trocar passes no campo de defesa do Brasil. Mais recuado que nos 10 minutos iniciais, o time de Luiz Felipe Scolari apertou a marcação e passou a jogar no erro do rival. Quando roubava bola, levava perigo em contra-ataques rápidos.

O México, porém, tinha mais posse de bola e assustava os brasileiros. Aos 15 minutos, a equipe teve o primeira chance de gol. Mier chutou para o gol, após Marcelo perder a bola depois de tentar dar um chapéu dentro da área do Brasil. Para a sorte da seleção, a bola passou rente a trave e saiu. Ainda no primeiro tempo, o México teve mais três chances de gol, mas não conseguiu igualar o placar.

As duas equipes voltaram sem alterações após o intervalo. Mesmo sem mexer no time, Felipão viu uma equipe mais ousada no segundo tempo.  Aos 16, o técnico fez a primeira mudança. Apático no jogo, Oscar foi substituído por Hernanes. Com o meio-campo mais marcador, o Brasil tentava barrar as investidas dos mexicanos, que ainda tinham mais posse de bola.

A seleção brasileira, porém, era mais perigosa e quase ampliou o placar em pelo menos três oportunidades nos vinte primeiros minutos após o intervalo. Numa delas, aos 10 minutos, Neymar ganhou na velocidade de Salcido, invadiu a área e bateu cruzado. A bola passou rente à trave.

A vitória começou e terminou com obra de Neymar. Já nos acréscimos da partida, o atacante driblou Rodríguez, invadiu a área e tocou para Jô ampliar o placar.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Alckmin e Haddad decidem voltar tarifa de ônibus e metrô para R$ 3

Após negociação entre os governos municipal e estadual, a tarifa de ônibus, metrô e trens de São Paulo voltará a custar R$ 3. O anúncio foi antecipado pela Folha, e anunciado pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) e pelo prefeito Fernando Haddad (PT), na noite de hoje, no Palácio dos Bandeirantes.

Em coletiva, Alckmin falou que o retorno da tarifa para R$ 3 representa um "esforço" e acrescentou que serão cortados gastos para que a mudança seja possível. Já o prefeito afirmou que "investimentos serão comprometidos" por conta disso.

Ontem, ocorreu o sexto protesto contra as tarifas na capital paulista. O ato começou de forma pacífica na praça da Sé, mas um grupo mais exaltado atravessou a grades que faziam o isolamento na frente da prefeitura e atiraram objetos contra os guadas-civis que faziam um cordão na frente do prédio. Ao menos dois guardas ficaram feridos.

Houve ainda pichações ao prédio da prefeitura e bandeiras hasteadas na frente do prédio foram arrancadas. Mais tarde, um grupo de pessoas ainda depredou e saqueou lojas da região central. Até a madrugada, ao menos, 63 pessoas tinham sido detidas.

VANDALISMO

Sobre os episódios de violência ocorridos ontem, durante o sexto protesto contra o aumento da passagem de ônibus, o prefeito disse que existem grupos no movimento que querem interditar o diálogo.

"Infelizmente o debate tem sido interditado por grupos que não confiam na democracia. São criminosos os que estão agindo nas ruas", criticou.

"Gestos como o de ontem não contribuem para o funcionamento da cidade. Independente da manifestação, as pessoas têm o direito de chegar ao trabalho, de chegar em casa. Mas você não precisa, para ter manifestação, excluir os demais direitos das pessoas. O que aconteceu foi uma atrocidade contra a cidade."

Sobre as críticas de que a Polícia Militar demorou a agir ontem, Haddad disse que telefonou ao secretário Fernando Grella (Segurança Pública) e ao governador Geraldo Alckmin (PSDB) e ouviu explicações de que existe uma preocupação da polícia em só agir em último caso.

"Obviamente, depois da quinta-feira, existe uma preocupação muito grande para que, de parte da população, não haja uma percepção de que a polícia esteja em contradição com ela. Existe uma preocupação grande da Polícia Militar neste momento de só agir em último caso, preservando a integridade física das pessoas."

Na quinta-feira (13), a PM foi criticada por ter contido a manifestação com uso indiscriminado de balas de borracha, que atingiram inclusive jornalistas, e detenções de pessoas que portavam apenas frascos com vinagre --usado para amenizar os efeitos do gás lacrimogêneo.

Haddad disse ainda que a GCM (Guarda Civil Metropolitana) preservou o prédio da prefeitura e só acionou a PM "no tempo devido".

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Galinha bota ovo com 'rabo' no interior do Acre

Galinha bota ovo com cauda em Cruzeiro do Sul (Foto: Genival Moura/G1)

Um ovo de galinha com uma espécie de cauda tem atraído a curiosidade dos moradores do bairro Aeroporto Velho, em Cruzeiro do Sul (AC). O ovo foi encontrado pela dona de casa Viviane Pereira de Oliveira, durante uma vistoria de rotina aos ninhos das galinhas que cria no fundo do quintal. A casca não tem a mesma consistência de um ovo comum e possui uma espécie de abertura por onde sai a cauda de cor escura.

Ovo com 'cauda' (Foto: Genival Moura/G1)A família é de classe média, mas não abre mão de criar galinhas para o próprio consumo. “Nunca tinha visto isso, acredito que seja um fato raro. Pensei que tinha um pinto gerado dentro do ovo, fiquei espantada e chamei o meu marido que guardou para mostrar aos vizinhos”, comenta a dona de casa que se diverte com a história.
O engenheiro agrônomo Erni Dombrowski, acredita que uma deficiência de cálcio na alimentação da galinha, pode ter causado a má formação do ovo.

“A ponta preta que aparece no ovo pode ser o espermatozóide, seria o futuro embrião que estragou antes de completar a calcificação. O ovo normal é uma célula onde a gema é o núcleo, quando a calcificação acontece normalmente a casca fica rígida”, conclui.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Delegado revela como chegou a suspeitos de matar arquiteto Petronyo Costa

A Delegacia Geral de Polícia Civil (Degepol) convocou coletiva à imprensa, nesta quarta-feira (19), para detalhar a prisão dos três suspeitos pela morte do arquiteto Petronyo Ulisses Costa, ocorrida em João Câmara, no dia 4 de junho. Na segunda-feira (17), a Polícia Civil realizou as últimas diligência do caso, prendendo Willame Albano da Silva, 22 anos, mais conhecido como “Bileco” e réu confesso do assassinato.

Além de Bileco, encontram-se em poder da polícia Elizonaldo Clemente dos Santos, 22 anos, mais conhecido como “Naldo”, e Izaias Souza dos Santos, 22 anos, ambos com indício de envolvimento no crime.

O titular da Delegacia de Capturas (Decap), Ben Hur Cirino, detalhou que o trabalho investigativo levou até a pessoa de Bileco, detido no município de Passa e Fica. De acordo com ele, “em nenhum momento rastreamos o celular da vítima como chegou a ser noticiado. Nem o celular dele nós temos. Foi fruto do trabalho investigativo. Fomos atrás dele onde tinha conhecidos e familiares”.

Ben Hur detalhou que desde o dia 7 de junho, quando assumiu a investigação do crime, a Decap manteve um trabalho conjunto com a Delegacia Regional de João Câmara, chefiada pelo delegado Antônio Taveira.

Ele lembrou da primeira prisão do caso, relatando que no dia 6, duas pessoas chegaram a ser detidas no momento em que o carro da vítima foi encontrado, em Mãe Luiza. “Até o momento não tem relação aquelas duas pessoas com o crime. Elas estavam na rua em que o carro foi encontrada. O Cleyton, detido naquele dia, foi preso por porte de arma. A investigação não tem indício de sua participação”.

Neste mesmo dia, a delegacia de João Câmara deteve o Bileco que de imediato negou o crime e teve o pedido de prisão temporária negada pelo juiz de plantão da Comarca de Natal. Na última semana, a polícia encontrou mais indícios que embasaram um novo pedido de prisão, agora concedido pela Justiça.

Diante da informação, o Elizonaldo apresentou-se espontaneamente com um advogado a delegacia de João Câmara, onde prestou depoimento. Já Bileco fugiu de João Câmara, sendo encontrado em Passa e Fica, na divisa com a Paraíba. “Recebemos diversas informações. Disseram que ele estava em João Câmara, fomos até lá e não tivemos sucesso. Outra informação é que estava em Extremoz, fomos lá e também não tivemos sucesso. Insistimos nas informações até chegar a ele. Desta vez, em depoimento ele confessou o crime”, afirmou Ben Hur.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Carreta vira, fica pendurada em ponte e motorista cai de altura de mais de 15 metros; trecho PB-RN é interditado

Cabine da carreta ficou pendurada na ponteUm acidente deixou a ponte sobre a BR-101, no sentido João Pessoa/Natal (RN), na saída da localidade de Várzea Nova, em Santa Rita (município da região metropolitana da capital paraibana), interditada desde às 17 horas. Por volta das 21h, uma das vias que é duplicada foi liberada, mas após um grande congestionamento.

Caminhão capota na BR-101A carreta, com placas de Santa Catarina, transportava uma carga de macarrão e perdeu o controle e acabou virando. A carga foi saqueada por moradores da região. A carroceria ficou completamente atravessada, impedindo a passagem de qualquer veículo nas duas pistas, no sentido de quem sai da Paraíba e vai para o Rio Grande do Norte.

Caminhão capota na BR-101Já a cabine da carreta ficou pendurada no vão de cinco metros existente entre os dois sentidos da via. No choque, a porta da cabine abriu e o motorista caiu de uma altura de aproximadamente 15 metros, dentro de uma lagoa. Ele foi socorrido, retirado da água pelo Corpo de Bombeiros e levado para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, mas não apresentava nenhum ferimento grave. Segundo testemunhas, enquanto esperava o socorro, o motorista ficou agarrado em um dos pilares da ponte.

Caminhão capota na BR-101

Caminhão capota na BR-101A Polícia Rodoviária Federal trabalha no local para liberar a outra via. O engarrafamento que se formou foi quilométrico.

O sentido oposto da rodovia (RN-PB) está completamente liberado, não tendo sofrido nenhum prejuízo no tráfego. Até às 23h30, a PRF não informou se havia liberado o trecho da BR-101.

Motorista dentro da água após a queda

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Governo ameaça cortar ponto dos servidores do Itep durante paralisação

Os servidores do Instituto Técnico Científico de Polícia do Rio Grande do Norte (Itep) poderão ter o ponto cortado durante o período da paralisação de 48 horas deflagrada na terça-feira (18). A informação foi repassada pelo presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Rio Grande do Norte (Sinpol), Djair Oliveira.

“Fomos informados por representantes do Governo na tarde de ontem (terça-feira) que teríamos o ponto cortado, mas esta ameaça é infundada. Nós notificamos na última sexta-feira o diretor geral do Itep sobre a paralisação e estamos agindo dentro das leis de trabalho”, declarou o presidente do Sinpol.

Djair Oliveira informou que além de Natal, os municípios de Caicó, João Câmara, Mossoró e Pau dos Ferros pararam suas atividades e conseguiram chamar a atenção do povo e do Governo para a situação dos servidores que aguardam a aprovação do estatuto.

“A paralisação foi maciça e contou com a participação de 70% dos servidores salvo aqueles que o comando de greve pediu para os principais setores permanecessem nos pontos mais críticos como remoção de cadáveres e as autópsias”, explicou Djair Oliveira.

O movimento também serviu para denunciar a atual situação dos servidores de Mossoró, que estão responsáveis pela cobertura de 67 municípios e vem levando mais de duas horas para efetuar os serviços. Segundo o dirigente do Sinpol, a “situação é desumana” e  contrasta com as colocações do diretor geral do Itep, Nazareno de Deus, sobre a distribuição dos setores.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››