Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

Loading ...

quarta-feira, julho 03, 2013

55,97% dos Itauenses aprovam administração do Prefeito Ciro Bezerra

Administrar é um termo usado para dar seguimento a uma organização de uma determinada instituição, valendo ainda para qualquer grupo que necessite ser gerido.

Apontar, criticar, difamar são adjetivos utilizados no dia-a-dia das pessoas no que se refere ao outro. Sabemos que administrar ou organizar algo não é para qualquer um, mas apontar os erros, é o que mais se vê nos dias de hoje.

A nossa enquete trouxe cinco (05) opções de escolha, para a avaliação da administração do atual Prefeito Ciro Bezerra, porém, nós, como votantes da enquete, esquecemo-nos na maioria das vezes, de alguns princípios básicos, quando o assunto se refere em apontar ou avaliar alguma coisa, ou alguém.

A primeira impressão sempre é a que fica, isso é inquestionável. Mas na era em que vivemos precisamos ter consciência e antes de julgarmos alguém, é preciso ver a real situação de cada fato, por exemplo:

A maioria das pessoas escolheram a opção péssima ou ótima, o menor e o maior grau de avaliação proposto por nossa enquete, respectivamente, entretanto esquecemos-nos de verificar a situação dos tempos atuais.

Primeiro: antes de julgarmos alguém devemos olhar para nós mesmos, questionando como você se auto avaliaria como administrador, seja da sua casa, seja no seu trabalho, não importa, o importante é fazer uma auto avaliação. Você acha que teria nota máxima nesse quesito, ou era merecedor da menor nota possível?

Segundo: Ninguém é perfeito, uma administração ótima, é a mesma coisa da perfeição, sem erros, e isso é impossível no Brasil em que vivemos hoje, até mesmo dentro de nossa própria casa.

Isso não significa dizer que estou defendendo ou criticando a administração do Prefeito Ciro Bezerra, pelo contrário, apenas quero mostrar o quanto as pessoas só pensam em si mesmas, e quando o assunto é o outro, não medem esforços para diminuir ou aumentar ao máximo.

Prova disso foram as primeiras horas da enquete no ar, onde os supostos “insatisfeitos” logo marcavam a opção péssima, olhando somente para si, e esquecendo-se de um todo. Quando perguntamos a respeito da administração, não nos referíamos a único ponto, nos referimos a um conjunto de setores, que juntos forma o município de Itaú-RN, porém algumas pessoas, ou talvez a maioria, só olha a parte que lhe compete, ou que lhe é beneficiada, mas essa é a lei do ser humano: “Cada um por si e Deus por todos”. Já na reta final o quadro foi mudando e as pessoas começaram a votar como uma verdadeira competição eleitoral, deixando de lado os princípios e os valores de um ser humano.

O resultado pode até não ser o esperado pelo Prefeito Ciro e sua equipe administrativa, que talvez esperassem um maior percentual de avaliação positiva. Só estamos há seis meses, ainda há muito tempo, para essa equipe elaborar estratégias que possam mudar essa situação, sabendo acima de tudo lidar com as influências e que nem tudo é do jeito que supostamente pensamos, precisando ter mais cautela quando o assunto é o povo em geral.

Hoje, com certeza, inicia-se uma nova etapa na administração municipal, que não deixa de ser mais um desafio a ser enfrentado por Ciro em conquistar cada um dos eleitores. Ferramentas para essa conquista não falta, pois a própria população percebe que o Prefeito está bem intencionado, porém alguns empecilhos impedem o andamento de algumas delas.

Sem falar que a enquete trouxe muitos questionamentos nas redes sociais; os questionamentos dos itauenses divergiam, uns relatavam um suposto abandono por parte da administração e outros de um boicote dos próprios azulões, como são conhecidos os eleitores de Ciro Bezerra, que tudo indica não estariam sendo beneficiados como gostariam que fossem; motivando assim um alto índice de desaprovação.

Vejamos:



6,29% o equivalente a 39 votos escolheram a opção ruim;
8,71% o equivalente a 54 votos escolheram a opção regular;
10,97 % o equivalente a 68 votos escolheram a opção boa;
36,29% o equivalente a 224 votos escolheram a opção ótima;
37,74% o equivalente a 234 votos escolheram a opção péssima.


No entanto, podemos perceber que a maioria aprova o plano de Governo do atual prefeito com 55,97% da soma dos votos entre bom, regular e ótimo. Enquanto que a desaprovação atingiu o percentual de 44,03% da soma de votos entre ruim e péssimo.

Os participantes tentavam votar várias vezes na enquete, causando assim um total de 1.647 visualizações, sendo computados apenas 620 votos válidos. Isso porque os votos das nossas enquetes são computados pelo IP do computador, não sendo possível a duplicidade de votos, algo que alguns insistem em burlar o resultado, inválido é claro.


Arlindo Maia da Redação do Cidade News
Leia Mais ››

CRIANÇA COM DIAGNÓSTICO RARO CHAMA A ATENÇÃO DA POPULAÇÃO DE ASSU/RN


Na tarde de hoje 03/07 um bebê de apenas um ano, 06 meses de vida, portador de uma patologia rara, na literatura médica, chamou a atenção de todas as pessoas em Assu/RN.
O pai de Ruhama informou que o relatório médico a garota Ruhama Letícia da Silva Lucena, nascida em 09/02/2012, nasceu com apenas 930 gramas e 25 cm, de gestação gemelar, com diagnóstico de má formação grave do Sistema Nervoso Central (SNC), e com conseqüente má formação crânio-facial, fenda palatina mínima, e artrogripose de articulações dos quatro membros.


Conforme o relatório apresentou investigação com cariótipo por pesquisa de 300 bandas com resultado: 46-xx, e também investigação por exames de imagem os quais se encontram com a família.
Os pais da menina Haroldo e Maricelma, Ruhama nasceu de um parto de gêmeos, no oitavo mês de gestação, sendo o outro bebê do sexo masculino, Ami Matheus, que veio ao mundo sem nenhuma deformação e se mantém saudável até hoje.
Já Ruhama necessita de cuidados especiais, pois se alimenta por chuca com leite de vaca, acompanhado de suplementos alimentares, a exemplo de Nutriday, iogurte e outros ingredientes, numa dosagem de 90 ml a cada três horas.
A mãe da garota, a dona Maricelma, disse que o casal já levou Ruhama a vários hospitais de São Paulo e de outras cidades do Nordeste, e acrescentou que desde do começo da gestação, os médicos falaram que a criança não sobreviveria, mas o bebê já está com quase 2 anos de idade.
Em relação ao tratamento de Ruhama, Haroldo revelou que é, a princípio, deve ser fisioterapêutico, necessitando, também, de acompanhamento multiprofissional e interdisciplinar, sendo a prioridade inicial o acompanhamento fonoaudiológico, além do tratamento gastronômico, para prover condições de alimentação quantitativa e qualitativamente adequada à idade e segura.
O relatório do Hospital aponta que a criança precisa de acompanhamento para orientação com ortopedista, neuropediatria, oftalmologia, nutricionista, fonoaudiologia, fisioterapia e terapia ocupacional.

VEJA EM VÍDEO UM POUCO DE RUHAMA LETICIA

Reprodução Cidade News Itaú via Focoelho
Leia Mais ››

Acusados de assaltar os Correios de Campo Grande/RN foram presos próximo a Janduis/RN

Dois homens acusados de assalto a Agência dos Correios na ultima segunda-feira, 01/07, no município Campo Grande, foram presos na tarde desta quarta-feira, 03/07. 

Policiais Militares de Campo Grande, sob o comando do Sargento PM Tárcio Fernandes Soares e o Soldado Rayron Bobby Silva Melo prenderam Antonio Cassio Praxedes Filho, de 19 anos, natural de Janduís, e Francisco Fernandes de Anselmo, de 32 anos, natural de Campo Grande. 

Os Policiais Militares passaram o dia à procura dos acusados, quando no final da tarde de hoje (03/07), os acusados foram presos no Sítio Bom Futuro, próximo a cidade Janduís, e em seguida foram levados para Delegacia de Polícia de Campo Grande/RN.

Reprodução Cidade News Itaú CG na Midia
Leia Mais ››

Mais de 50 Policiais cercam bandidos que assaltaram agência dos Correios de Timbaúba


A noite chegou a Policia não parou. Cerca de 50 Policiais Militares do 6º BPM e da 5ª CIPM comandados pessoalmente pelo Major Walmery Costa estão no meio do mato na noite desta quarta-feira fazendo o cerco aos bandidos que agiram violentamente na agência dos correios da cidade de Timbauba dos Batistas. 

Os Policiais concentram o cerco em uma área de mata nas margens da BR-427 próximo ao Motel D&D, local onde os bandidos abandonaram o carro usado do assalto e fugiram em direção ao matagal.

Um dos bandidos que trocou tiros com a Policia está morto ainda no local do fato aguardando a chegada do ITEP de Natal. 

O Major Costa disse que a operação só termina com prisão de todos os assaltantes e reforço de cidades próximas já estão ajudando na incursão ao matagal.

Reprodução Cidade News Itaú via Eduardo Dantas
Leia Mais ››

Bandidos tambem assaltantes agência dos correios de São Mamede na tarde de hoje

Chega a informação a nossa redação que dois homens em uma moto assaltaram agência dos Correios de São Mamede que fica localizado no centro da cidade, o assalto ocorreu por volta das 14hs30min. 

Os dois assaltantes tomaram destino ignorado, a policia realizou varias diligência pela cidade na eminência de prender os assaltantes, até o momento ninguém foi preso. 

Reprodução Cidade News Itaú via São Mamede1
Leia Mais ››

Delegado solicitou presença do ITEP de Natal para fazer pericia no local do assaltante morto


O Delegado Regional de Policia Civil de Caicó solicitou a presença de peritos do ITEP de Natal para fazer a pericia e local de crime onde está o corpo do assaltante Douglas Alves de Oliveira, 18 anos,  morto durante um confronto com a Policia após o assalto aos Correios da cidade de Timbauba dos Batistas. 

O corpo do assaltante está em uma área de mata fechada aproximadamente a uma área distante 300m da BR-427 entre Caicó e Jardim de Piranhas.

A área está toda cercada pela Policia e novos confrontos não estão descartados.  A Operação ganhou reforços de mais Policiais no fim da tarde de cerca de 50 PMs realizam o cerco aos bandidos que estão no meio do mato.

Reprodução Cidade News Itaú via Eduardo Dantas
Leia Mais ››

POLICIA PRENDE PISTOLEIRO ACUSADO DE MATAR OITO PESSOAS NA PB E NO RN

As polícias Civil e Militar apresentaram, na manhã de quarta-feira (3), EDILSON MONTEIRO DE ANDRADE, 20 anos de idade, acusado de vários homicídios, inclusive de matar a escrivã de polícia Maria de Fátima Veras da Silva, 53. O crime aconteceu no dia 28 dezembro de 2012, na Cidade de Catolé do Rocha, a cerca de 400 km de João Pessoa. 

De acordo com as investigações, Edilson matou a escrivã por causa de uma rixa entre a família da policial e a de João Gomes, que está preso acusado de liderar um grupo de pistoleiros na região. Segundo o delegado Sílvio Rabelo, no dia do assassinato, um sobrinho de João Gomes pilotava uma moto e Edilson estava na garupa quando efetuou os disparos. A vítima estava na frente da casa da mãe e morreu na hora. O delegado disse ainda que Edilson praticou o crime em troca de R$ 4 mil e uma pistola.

As investigações apontam mais sete homicídios atribuídos a Edilson. Três deles foram contra familiares da escrivã e os outros quatro assassinatos foram cometidos no Rio Grande do Norte. “Trata-se de um grupo de pistoleiros que atua na região de Catolé do Rocha. Pelo menos nove membros dessa quadrilha já estão presos”, frisou o delegado.

Edílson Andrade foi preso há 15 dias após uma tentativa de assalto na cidade de Pombal, mas as informações só foram divulgadas pela polícia na manhã desta quarta-feira (3). Ele chegou a trocar tiros com os policiais durante a perseguição. O acusado vai ser encaminhado para uma das penitenciárias do Sertão paraibano, onde vai ficar à disposição da Justiça.

Reprodução Cidade News Itaú via O Guardião da Chapada
Leia Mais ››

Bandidos detonam caixa eletrônico em Cabaceiras, mas polícia frustra ação

Bandidos detonam caixa eletrônico em Cabaceiras, mas polícia frustra açãoOs bandidos não dão trégua e continuam explodindo agências bancárias na Paraíba. Desta vez um bando fortemente armado detonaram um caixa eletrônica de uma agência bancária na cidade de Cabaceiras, no Cariri paraibano.
Segundo a polícia, o bando formado por cinco homens, um deles, armado com um fuzil, chegou no banco por volta de volta das 2h25. Inicialmente eles tentaram explodir um dos equipamentos mas a ação foi percebida por um vigilante de rua. Os ladrões ainda chegaram a detonar os equipamentos, mas não conseguiram levar dinheiro, pois a polícia chegou a tempo de impedir a ação.
De acordo com a polícia, o vigilante de rua fazia rondas quando e percebeu a presença de homens dentro da agência bancária. Como tinha o telefone de um subtenente, o vigilante telefonou para o policial, que acionou um efetivo formado por policiais do Choque e da Força Tática, além de outras tropas especiais da Polícia Militar.
Quando os policiais chegaram à agência, não encontraram mais os suspeitos, mas perceberam que eles chegaram a detonar os explosivos. Segundo a polícia, os equipamentos foram danificados, porém indícios apontam que os assaltantes fugiram sem levar dinheiro. Uma perícia será feita para confirmar ou não a suspeita dos policiais.
De acordo com dados do Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos Bancários da Paraíba, o número de ações criminosas contra agências bancárias chegou a 82 no sábado (29), quando pelo menos dez bandidos detonaram caixas eletrônicos de uma agência bancária na cidade de Gurinhém, Agreste. Na ação, todo o dinheiro foi levado, segundo a polícia. No mês de junho, as investidas criminosas contra bancos no estado chegou a 16. Os números do sindicato revelam o crescimento desse tipo de crime praticado pelas quadrilhas especializadas a assaltos e ataques a agências bancárias da Paraíba. Foram 25 explosões, 12 assaltos, 26 arrombamentos, 11 tentativas e 8 saidinhas.

Reprodução Cidade News Itaú via PB Agora/O Guardião da Chapada
Leia Mais ››

Ator global chama Henrique de babaca e escroto e que deveria ter o mandato cassado

O ator Otaviano Costa, que viveu o personagem Haroldo na novela Salve Jorge, expressou sua opinião sobre o caso do deputado Henrique Alves, sobre utilização do Avião da FAB.

Através do Twitter, o marido da também atriz Flávia Alessandra chamou o presidente da Câmara de “babaca” e “escroto”. Disse ainda que não adianta o deputado ter dito que iria reembolsar o custo da viagem e que Henrique Alves deveria ter o mandato cassado.

otaviano

Reprodução Cidade News Itaú via Robson Pires
Leia Mais ››

Caixa reforça fiscalização sobre Minha Casa, Minha Vida para evitar problemas na qualidade das construções

minha casa minha vidaO superintendente nacional de Habitação da Caixa Econômica Federal, Roberto Carlos Ceratto, disse que a Caixa reforçou a fiscalização sobre os empreendimentos do Programa Minha Casa, Minha Vida para evitar problemas na qualidade das construções. A informação foi divulgada hoje (3) durante audiência pública na Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara dos Deputados para tratar irregularidades nos conjuntos habitacionais do programa do governo.

Entre as medidas adotadas pelo banco estão a criação de um canal de atendimento exclusivo para falar com beneficiários do programa e um cadastro negativo de construtoras. Criado em março, o canal para falar com beneficiários do Minha Casa, Minha Vida acumula 36 mil ligações este ano. De acordo com a instituição, 61% delas destinou-se à solicitação de informações e apenas 7% foram para relatar danos físicos nas unidades habitacionais.

A partir das queixas feitas pelo canal, os responsáveis pelos imóveis têm cinco dias para sanar o defeito alegado pelo comprador. Caso contrário, são incluídos no cadastro e impedidas de contratar com o governo até resolverem o problema. Atualmente, 169 empresas e pessoas físicas integram o cadastro negativo. O número para entrar em contato com o canal de atendimento é 0800 721 6268.

Reprodução Cidade News Itaú via Robson Pires
Leia Mais ››

FOTOS: Suspeito morre após confronto com policiais em assalto a Correios no RN


Um assalto a uma agência dos Correios nesta quarta-feira (3) terminou com um suspeito morto na região Seridó do Rio Grande do Norte. Um suspeito de 18 anos trocou tiros com policiais militares após assaltar junto com um comparsa a agência dos Correios do município de Timbaúba dos Batistas, a 282 quilômetros de Natal. Os outros três suspeitos  fugiram pelo matagal às margens da BR-427, próximo à cidade de Caicó, também na região Seridó.

De acordo com o capitão Juscelino Holanda, comandante da 5ª Companhia Independente da PM, os suspeitos assaltaram a agência e fugiram em um veículo Corola com placa de São Bento, município do interior da Paraíba.

Na fuga, os suspeitos se depararam com uma viatura da Polícia Militar na BR-427, já perto de Caicó. "Os dois desceram do carro atirando. Foi quando um deles foi baleado e morreu no local", conta o capitão Holanda. Junto com o suspeito estava pistola 380 e uma sacola com parte do dinheiro roubado da agência. A PM ainda não tem a informação de quanto foi roubado no assalto.

































Reprodução Cidade News Itaú fotos Jair Sampaio
Leia Mais ››

Chuvas intensas voltam a mobilizar serviço da Defesa Civil em Natal

Órgão registra serviços intensos e urgentes na zona Norte, mas garante atendimento à população de qualquer zona 24h por dia. Foto: José AldenirA falta de uma boa estrutura urbana na capital potiguar foi revista na manhã desta quarta-feira (3) com as chuvas que voltaram a cair e perturbar o fluxo de carros e pessoas na cidade. Excessos pluviométricos em diversas áreas das quatro zonas de Natal deixaram o dia preguiçoso e cinzento, características também visíveis nos serviços ofertados à população. Desde ontem que casos de alagamento, transbordamento de lagoas, inundação de casas e desabamentos são registrados junto ao setor de Defesa Civil da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social.

De acordo com o Cabo Jeoás Santos, que coordena parte da equipe de urgência da Defesa Civil, as atividades continuam intensas. “Estamos com duas equipes disponíveis 24 horas à população que precisa de ajuda nesses momentos. Ontem, por exemplo, passamos o dia inteiro tentando convencer uma família que mora na Comunidade do Jacó a deixar o seu espaço que está em risco iminente de desabamento. Graças a Deus, no final do dia, conseguimos deslocar a família para a casa de parentes até que a situação seja solucionada”, contou o agente.

A Comunidade, localizada entre a Ribeira e as Rocas, representa uma das situações de risco quando a cidade recebe intensos períodos de chuva. Segundo registros da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), há em Natal mais de 70 pontos preocupantes. Hoje, os maiores problemas foram identificados na zona Norte, no conjunto Nova República, com diversos casos de alagamentos, além do transbordamento das lagoas do Preá e da Cidade da Esperança. As avenidas Bernardo Vieira, Moema Tinôco e Três Américas amanheceram debaixo d’água.

“Mesmo com tantos trabalhos, estamos agindo de forma intensa, imediata e bem articulada com outros órgãos da administração municipal, como a Secretaria de Trabalho e Assistência Social (Semtas), Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) e a Secretaria de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi). Estamos nos aliando a todo o momento para fazer os atendimentos e manutenções necessárias”, avaliou o Cabo Jeoás.

Segundo previsões da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn), a chuva que vem caindo desde ontem na capital potiguar deverá continuar nos próximos dias. A previsão do tempo aponta chuvas para a cidade durante a tarde e noite, em um volume de 70 mm. Para a Defesa Civil, o mais importante é reforçar que nos casos registrados não ocorrem riscos à vida da população.
“Ainda não temos um registro geral de quantos atendimentos foram feitos nesses dois dias, mas é importante ressaltar que não tivemos nenhum caso que tenha colocado em risco a vida de alguém”, disse.

Cratera na avenida João Medeiros Filho é fechada pelo DER

Na manhã de hoje, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER/RN) estava trabalhando para fechar uma cratera na avenida João Medeiros Filho, zona Norte de Natal, que foi aberta no último sábado (29), chegando a ocupar as duas faixas da via. Segundo João Mendonça, engenheiro do 5º Distrito de Obras do órgão, o problema foi causado pela infiltração da água da chuva dos últimos dias, que cavou o solo por baixo até que o asfalto não aguentasse mais.

“Estamos apenas colocando terra para tapar o buraco até que possamos trabalhar melhor. Não temos condições de asfaltar em dias de chuva, por isso o único jeito é esperar até podermos trabalhar aqui de fato”, explicou João Mendonça. A cratera cedeu com aproximadamente 1,5m de profundidade e 4m de largura.

Cratera em frente ao Midway  Mall continua prejudicando fluxo dos veículos

Quem precisa passar em frente ao shopping Midway Mall, sentido zona Sul de Natal, enfrenta congestionamento fora do comum ocasionado pela abertura de uma cratera. O asfalto cedeu na manhã de ontem, enquanto Natal recebia uma das maiores chuvas do ano. Uma equipe da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande (Caern) foi acionada para ir ao local, mas, segundo informações da assessoria do órgão, ao escavar a área para avaliar o motivo, foi verificado que o problema tinha sido gerado pelo entupimento de uma galeria de drenagem, de responsabilidade da Prefeitura de Natal.

A reportagem tentou contato com a Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi), mas o secretário responsável pela pasta, Tomaz Neto, não atendeu às ligações. Enquanto o problema não é solucionado, é recomendado que os motoristas procurem uma via alternativa.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Promotoria pede fim da Telexfree; sócios tentam desviar R$ 88 milhões, diz órgão

Assim que os pagamentos aos divulgadores da Telexfree foram bloqueados pela Justiça do Acre , os responsáveis pela empresa tentaram desviar R$ 88 milhões, diz a promotora Alessandra Marques ao iG.

Caso isso tivesse acontecido, esse dinheiro provavelmente não estaria disponível para ressarcir quem entrou no negócio até hoje – entre 450 mil e 600 mil pessoas, estima-se.

A devolução é um dos objetivos da ação civil pública apresentada pelo MP-AC na última sexta-feira (28) ao Tribunal de Justiça do Acre (TJ-AC). O bloqueio temporário, obtido por liminar, também havia sido pedido pelo órgão como forma de evitar os vazamentos.

“Quando a juíza determinou o bloqueio dos recursos, 24 horas depois eles [ responsáveis pela empresa ] conseguiram entrar numa conta e desviar R$ 40 milhões para uma outra conta que não era da Telexfree. Outros R$ 48 milhões foram para outra conta”, diz Alessandra, uma das responsáveis pelo inquérito em que a empresa é acusada de ser uma das maiores pirâmides financeiras do País. As verbas foram recuperadas.

A ação civil pública foi proposta na sexta-feira pelos promotores Nicole Arnoldi, Marco Aurélio Ribeiro e Danilo Lovisaro.

A Telexfree sempre negou qualquer irregularidade . Procurada por meio de seu advogado Horst Fuchs, a Telexfree não comentou a ação civil pública até o momento. Questionado em 25 de junho sobre eventual descumprimento do bloqueio de bens, Fuchs refutou a informação.

Novo julgamento

Na próxima segunda-feira (8), a 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Acre (TJ-AC) analisa o segundo recurso da empresa contra a decisão. O primeiro foi negado no dia 24 de junho pelo desembargador Samoel Evangelista .

“Se cair a nossa liminar, aí só [ haverá novo bloqueio ] depois do julgamento do mérito da ação, quando não vai ter mais nenhum centavo. Em 24 horas, eles desviaram quase R$ 100 milhões” afirma Alessandra. “ A segurança para os consumidores investidores é que o dinheiro permaneça tutelado pelo Judiciário.”

O Tribunal tem sido pressionado a derrubar a liminar: a juíza Thaís Khalil, que a concedeu, foi ameaçada de morte , e divulgadores – que ficaram sem os pagamentos – têm feito protestos em várias capitais . O Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que não tem o poder de alterar decisões sem que haja provas de irregularidade na conduta do magistrado, recebeu mais de 18 mil mensagens em favor da Telexfree .

Na última terça-feira (2), a sessão da Assembleia Legislativa do Acre foi interrompida para a recebimento de um grupo de divulgadores da Telexfree. O deputado Helder Paiva (PR) propôs que uma comissão de parlamentares seja recebida pelo Tribunal de Justiça com “urgência”.

“Talvez alguém não esteja compreendendo quando eu disse peça [ para a comissão ser recebida ] porque nós não podemos mandar [ na Justiça, mas ] os que são juristas compreendem”, disse o deputado Paiva, em vídeo disponibilizado pela TV da Assembleia. “E eu tenho certeza que esse pleito será atendido e que, daqui a alguns dias eu e tantos outros estaremos fazendo parte desse projeto [ Telexfree ].”

Extinção da empresa

Na ação civil pública, a promotora Alessandra também pede uma multa de R$ 7 milhões à Ympactus Comercial LTDA, razão social da Telexfree, por “prejuízo causado ao sentimento de confiança” da população nas empresas. O dinheiro deverá ser revertido para o Fundo Estadual de Diretos Difusos.

Além disso, Alessandra pretende propor a extinção da empresa, medida, segundo ela, que busca permitir a utilização dos bens dos sócios para ressarcir os divulgadores, caso as verbas em nome da própria Telexfre não sejam suficientes. A promotora acredita que não serão.

“O interessante é buscar o patrimônio deles porque sabemos da dificuldade de ressarcir todos que investiram”, afirma.

Caso o pedido de devolução seja aceito, diz a promotora, os consumidores que tiverem como provar o investimento de dinheiro no esquema poderão exigir o ressarcimento em suas próprias cidades. Para isso, deverão ingressar na Justiça com ações de execução baseadas na decisão dada no processo do Acre.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Empresario da construção civil é detido portando ilegalmente arma de fogo em Mossoró

Agentes da Divisão de Polícia do Oeste, Divpoe, com apoio da Delegacia de Homicídios, Dehom, prenderam no final da manhã de quarta feira 03 de Julho de 2013, um pequeno empresario do ramo da construção civil portando ilegalmente uma pistola 380 em Mossoró.

Wellington Albuquerque de 38 anos de idade, residente na rua João Nepomuceno, no conjunto Vingt Rosado, foi detido quando trafegava pela avenida Presidente Dutra, com a arma carregada e mais um carregador no bolso. Os agentes foram até a residencia do mesmo e encontraram mais um carregador municiado. Ao todo foram encontradas 35 munições. Wellington já estava sendo investigado, depois que os agentes receberam denuncias que o mesmo portava livremente uma arma.

Wellington foi conduzido para a Delegacia e apresentado a autoridade de plantão. Depois de pagar fiança de 2 salários mínimos o empresario foi liberado.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

ACIDENTE DE TRÂNSITO ENTRE CICLOMOTOR E CARRO NO CENTRO EM MOSSORÓ

Por volta das 15 horas de hoje (03) de Julho de 2013 um acidente tipo colisão foi registrado no centro de Mossoró.
O condutor de um ciclomotor identificado como José Antônio vinha com sua companheira na garupa quando avançõu em um cruzamento colidindo lateralmente com um veículo tipo ASTRA.
Após o acidente o motorista do ASTRA de forma correta imobilizou o acidentado ate a chegada do SAMU que conduziu o mesmo sentindo fortes dores para o HRTM. 

Reprodução Cidade News Itaú via Passando na Hora
Leia Mais ››

Acusada de matar bebê em Natal terá que tratar dependência química

Josenilde e o filho de oito meses (Foto: Cedida/arquivo da família)Josenilde admite que é viciada em drogas há mais de
20 anos(Foto: Cedida/arquivo da família)
O juiz Ricardo Procópio concedeu a liberdade para Josenilde Lopes de Mendonça, acusada de matar o filho de 8 meses em fevereiro deste ano, mas determinou que ela cumpra medida cautelar  de submissão obrigatória a tratamento químico-toxicológico. Na decisão, o juiz determina ainda que Josenilde apresente à Justiça, mensalmente, laudo da evolução clínica.
A medida cautelar foi aplicada tendo em vista que a ré é viciada em crack há mais de vinte anos e que a dependência química de Josenilde está diretamente relacionada ao crime. O filho de Josenilde foi encontrado morto no sábado de carnaval, dia 9, no apartamento onde morava com a mãe no bairro de Nova Descoberta, na zona Sul de Natal.
Em depoimento à polícia à época de sua prisão, Josenilde admitiu que é usuária de drogas desde os 14 anos e que já foi internada 31 vezes para tratamento de dependência química em casas de recuperação em Fortaleza (CE), Recife (PE), João Pessoa (PB) e São Paulo (SP).
A assessoria do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte informou que, apesar da determinação judicial, não há encaminhamento da justiça para o tratamento e a responsabilidade de conseguir o acompanhamento médico é da ré, independente de ser realizado em instituição pública ou privada.
Liberdade

Josenilde Lopes de Mendonça foi solta na manhã desta quarta-feira (3). A liberdade foi concedida pelo juiz Ricardo Procópio, titular da 3ª Vara Criminal de Natal atendendo pedido do advogado Guillermo Medeiros. “Nós conseguimos comprovar que Josenilde não oferece riscos à sociedade e, além disso, é ré primária”, disse. 
A acusada estava presa desde o dia 19 de fevereiro, quando foi encontrada por policiais vagando pela avenida João Medeiros Filho, no bairro da Redinha, zona Norte de Natal.


Josenilde chegou a confessar que cometeu o crime à reportagem da Inter TV Cabugi na época em que foi presa. “Estou arrependida e espero o perdão de Deus”, disse ela. (Veja o vídeo ao lado). No entanto, a defesa da acusada nega que ela tenha matado o filho, o bebê Ramon Ramalho dos Reis, de 8 meses.
Entenda o caso
O filho de Josenilde foi encontrado morto no sábado de carnaval, dia 9 de fevereiro deste ano, no apartamento onde morava com a mãe, no bairro de Nova Descoberta, zona Sul de Natal.
Segundo a polícia, o corpo do bebê estava em uma cama, enrolado em um lençol, e tinha um grande hematoma no lado direito do rosto.
O pai da criança, Ramon Ramalho, está em Limeira, no interior de São Paulo. Em entrevista ao G1, ele cobrou justiça para a morte do filho. "A droga e a negligência acabaram com a vida do meu filho", disse ele.

Bebê de oito meses, filho de Josenilde (Foto: Cedida/arquivo da família)Bebê de 8 meses foi encontrado morto no sábado
de carnaval (Foto: Arquivo pessoal)
Ramon conheceu Josenilde em Limeira, em 2011, ocasião em que ela frequentava uma clínica de tratamento para dependentes de drogas. Assim que iniciaram o relacionamento, ela ficou grávida e os dois se mudaram para Natal, onde viveram juntos por pouco mais de um ano. "Sempre soube do vício. Até pensei que o fato de ficar grávida e de ter um filho faria com que ela deixasse as drogas, mas infelizmente isso não aconteceu", acrescentou o pai da criança.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Exército derruba presidente Morsi e promete transição de poder no Egito

O chefe do exército do Egito, general Abdel Fatah al-Sisi, anunciou nesta quarta-feira (3) a deposição do presidente do país, o islamita Mohamed Morsi, por ele "não ter cumprido as expectativas" do povo.


O general, em cadeia nacional de TV, declarou que a Constituição está suspensa temporariamente, durante um período de transição, no qual o governo será exercido por um grupo de tecnocratas.
Morsi não admitiu o golpe e pediu a seus partidários e aos líderes militares que "resistam pacificamente", evitando derramamento de sangue.
Durante a transição, a presidência fica em mãos do presidente da Corte Constitucional, disse o general, que estava ao lado de líderes militares, autoridades religiosas e figuras políticas.
O chefe da corte, Adli Mansour, deve tomar posse como presidente interino na quinta-feira.
Durante o período da interinidade, a Constituição vai ser revista por um painel, com vistas à convocação de novas eleições parlamentares e presidenciais.
Ele disse que o caminho a ser seguido foi acordado com um amplo grupo político, e que será criado um plano de reconciliação nacional, com a presença de grupos jovens, que estava nas ruas desde domingo pedindo a renúncia de Morsi.
O general afirmou que as forças de segurança iriam garantir a paz nas ruas das principais cidades do país, que estavam tomadas por manifestantes oposicionistas e também por partidários do islamita Morsi.
A notícia da queda de Morsi foi recebida com fogos de artifício na Praça Tahrir, no Cairo, palco da revolta popular que derrubou o ditador Hosni Mubarak em 2011, no contexto da chamada Primavera Árabe.
"O povo e o Exército estão do mesmo lado", gritaram os manifestantes na praça, em meio ao barulho das buzinas e cânticos, segundo uma testemunha ouvida pela Reuters.
Também houve carreatas em várias ruas do Cairo.

General Abdel-Fattah el-Sissi faz um pronunciamento à população na televisão estatal egípcia nesta quarta-feira (3). O líder militar afirmou que o presidente será substituido presidente da corte constitucional (Foto: AP)

Falando depois do general, um porta-voz do Exército afirmou à agência Reuters que ainda não há um cronograma para a transição política.
O anúncio da queda de Morsi foi saudado pelo oposicionista Mohamed ElBaradei, que disse que a revolução de 2011 foi "relançada" no país e pediu eleições presidenciais rápidas.
O Nour, segundo principal grupo islamita do país após a Irmandade Muçulmana, afirmou que concorda com o mapa de transição, para que o país "evite conflitos".
O país estava em turbulência desde a queda do ditador Hosni Mubarak, como parte das rebeliões da Primavera Árabe ocorridas no começo de 2011.
A instabilidade causa grande preocupação entre aliados do Ocidente e em Israel, país com o qual o Egito estabeleceu um tratado de paz em 1979.
O jornal estatal "Al Ahram" disse que os militares haviam informado Morsi sobre a destituição às 19h locais (14h em Brasília).
O presidente, ligado ao grupo islamita Irmandade Muçulmana e há um ano no cargo, permanecia em um quartel da Guarda Republicana, no subúrbio do Cairo, cercado por arame farpado, barreiras e soldados. Não estava claro, no entanto, se ele estava detido.
Fontes de segurança afirmaram que Morsi e os principais líderes da Irmandade estariam proibidos de deixar o país. Além de Morsi, estariam barrados o líder da organização, Mohamed Badie, e o número dois da confraria, Jairat al Shater.
Mortes
Em meio à crise política, confrontos entre apoiadores do presidente, oposicionistas e forças de segurança deixaram 16 mortos e mais de 200 feridos entre terça e quarta, segundo as agências Reuters e AFP, que citam a TV local e o Ministério da Saúde.
Os confrontos se acirraram após um pronunciamento do presidente reiterando sua legitimidade, sob o argumento de que havia sido eleito democraticamente.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Emissoras de TV islâmicas são tiradas do ar no Egito, diz Irmandade Muçulmana

As emissoras de televisão islâmicas do Egito foram tiradas do ar nesta quarta-feira (3), minutos depois de anunciarem a queda do então presidente Mohamed Mursi em cadeia nacional.  Segundo a agência de notícias estatal Mena, a emissora de TV da Irmandade Muçulmana Egypt25, partido da base de Mursi, teve o sinal cortado e seus gerentes foram presos horas depois do golpe militar.

A emissora vinha transmitindo ao vivo a cobertura de manifestações de milhares de partidários de Mursi no Cairo e em outras regiões do país, com discursos de lideranças de alto escalão da Irmandade denunciando a intervenção militar para derrubar o presidente eleito.

O presidente Mohamed Mursi foi deposto nesta quarta-feira (3) por um golpe militar apoiado por grande parte da população. O ministro da Defesa do Egito e comandante das Forças Armadas, Abdeh Fattah al Sissi, disse na TV que está suspensa a Constituição do país. 

Gehad El-Haddad, porta-voz da Irmandade Muçulmana, partido que comandava o governo de Mursi,  acusou em seu Twitter os militares de terem cortado o sinal de TV.

"Primeira decisão militar: cortar o alimento de todos. #Pela legitimidade do sinal de satélite dos canais; #Liberdade de Expressão! "Egito".

Ainda no microblog, o jornal Mada Masr, do Cairo, afirma que três emissoras pro-Mursi estão fora do ar.

"Os canais islâmicos Al Hafez, Al Nas e Misr 25 pararam com suas transmissões depois do pronunciamento de El-Sissi", escreveu o  Mada Masr.

Aleem Maqbool , correspondente da BBC no Cairo, também afirmou em seu Twitter que os canais islâmicos estão fora do ar no país.

Outros internautas também reclamaram da falta de sinal das emissoras no país.

Mohamed El Dahshan (@eldahshan) escreveu que "os canais pro-Mursi foram desligados. Eu entendo a preocupação com a segurança, mas isso é um mal precedente", escreveu.

Assim como Sherif Mansour que escreveu no microblog que jornais já alertavam que as emissoras estavam fora do ar.

O jornal Al-Ahram já havia alertado que as emissoras estavam fora do ar e afirmou em seu site em inglês que algumas emissoras tinham sido invadidas por oficiais e que algus funcionários teriam sido presos pela polícia. O jornal não afirma quais emissoras foram invadidas.

Golpe um ano depois
O presidente (agora deposto) do Egito foi eleito democraticamente, mas é visto por opositores como um mero fantoche da Irmandade Muçulmana, partido que governava o país de fato. Mursi assumiu o cargo em 2012, após um outro levante egípcio, o de 2011, que depôs o então presidente Hosni Mubarak.

A gestão de Mursi foi considerada insatisfatória. Apesar das sucessivas promessas de que ouviria a oposição, na visão de seus críticos Mursi governou tendo em vista unicamente os interesses da Irmandade Muçulmana - jocosamente apelidada de "Irmandade da Ocupação" pelos manifestantes.

O mandato do presidente durou exatamente um ano. Desde o domingo (30), data do 1º aniversário de Mursi no poder, manifestantes têm ido às ruas pedindo sua renúncia. 

Ultimato
Na segunda-feira (1º), o Exército disse que, se as forças políticas envolvidas no impasse político do país não se entendessem em até 48h, os militares interviriam para que fosse seguido o "mapa" que as Forças Armadas desenharam para o Egito.

O prazo para respostas do governo ao ultimato do Exército terminou nesta quarta-feira (3), às 16h30 na hora local (11h30 de Brasília). Na véspera do golpe, terça-feira (2), Mursi fez um pronunciamento na TV dizendo que sua eleição foi democrática e que lutaria até a morte para defender sua legitimidade no cargo. Nesta quarta-feira (3), o político propôs por meio de sua página no Facebook a formação de um governo de coalizão para tirar o país da crise política.

Futuro de Mursi
Segundo agências de notícias, Mursi teve a prisão decretada pela Justiça do país. O presidente deposto do Egito e líderes da Irmandade Muçulmana foram considerados culpados por uma fuga de uma prisão em janeiro de 2011. Segundo um tribunal egípcio, a Irmandade Muçulmana organizou a fuga com a ajuda de integrantes do Hamas palestino e do Hezbollah libanês.

É essa investigação que resultou agora na proibição a Mursi e vários líderes da Irmandade Muçulmana de deixarem o território egípcio. Funcionários aeroportuários disseram à agência de notícias "AFP" que receberam ordens de impedir que Mursi, o líder da Irmandade Muçulmana, Mohamed Badie, e o número dois da confraria, Jairat al Shater, saiam do país.

Antes da confirmação do golpe de Estado no Egito e pronunciamento dos militares, o governo brasileiro condenou a medida e defendeu uma solução negociada com a sociedade egípcia.

"Os egípcios querem resultados rápidos de uma revolução que ainda vai completar três anos. É preciso ter paciência", disse o emissário do Brasil para o Oriente Médio mais a Turquia e o Irã, embaixador Cesário Melantonio Neto.

Também antes do golpe, o Departamento de Estado dos EUA disse que a melhor solução para o impasse no país seria uma saída política. O órgão afirmou ainda que Mursi deve fazer mais para responder aos apelos da população do Egito

Curiosamente, na Síria, que há dois anos vive uma guerra civil pela saída do presidente, Bashar Assad, a TV estatal exibiu nesta quarta-feira (3) uma entrevista com um integrante do governo sírio favorável ao golpe no país.

"A crise no Egito pode ser superada se Mursi perceber que a maioria da população egípcia o rejeita e pede a ele que saia", afirmou Omran Zoabi, ministro da Informação do país, segundo a agência estatal "Sana".  

Debandada do país
A Embaixada dos EUA no Cairo ordenou que todos os seus funcionários considerados não necessários deixem o Egito, logo após o anúncio de deposição do presidente Mohammed Mursi, nesta quarta-feira.

De acordo com agências de notícias, a partida dos funcionários deve começar imediatamente e todos deverão ter saído do país até o final da semana. 

Mortos na madrugada
Pelo menos 16 pessoas morreram e 200 ficaram feridas em um ataque contra manifestantes pró-Mursi nos arredores da Universidade do Cairo, informou a TV estatal, citando o ministério da Saúde.

Ao todo, o número de mortos em confrontos pode chegar a 23. Na maioria dos protestos no país, não houve relatos de confrontos violentos.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Comissão do Senado aprova fim do voto secreto no Congresso

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado aprovou nesta quarta-feira (3) Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que determina o fim do voto secreto para quaisquer votações no Congresso Nacional.
A proposta segue agora para votação no plenário do Senado e ainda precisa ser analisada pela Câmara. O fim do voto secreto foi um dos pleitos das manifestações que tomaram as ruas do país nos últimos dias.
Na semana passada, a CCJ da Câmara havia aprovado o fim do voto secreto para cassação de mandato de deputados e senadores, mas não tratava sobre voto em outros tipos de procedimentos.
Pelo texto aprovado na comissão do Senado, de autoria do senador Paulo Paim (PT-RS), outros procedimentos, além da perda de mandatos por quebra de decoro parlamentar ou condenação criminal definitiva, passam a ser abertas e públicas, ou seja, os votos de cada parlamentar poderão ser conhecidos pela população.
Os processos que teriam voto aberto seriam indicações de autoridades e chefes de missões diplomáticas; exoneração do procurador-geral da República antes do fim do mandato; e apreciação de vetos do presidente da República a projetos de lei aprovados pelo Congresso.
O relatório do senador Sérgio Souza (PMDB-PR) afirma que "a abolição do voto secreto é hoje mais do que um clamor popular, [...] é também um apelo moral e ético". "Nada mais justo que este cidadão possa fiscalizar suas ações e posturas através do voto aberto", diz o relatório.
Segundo o relator, o fim do voto secreto "contribui para a vigilância cidadã pela sociedade sobre a atividade do Congresso".

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Kaká diz que ainda há tempo para convencer Felipão: 'espero jogar o Mundial'

Kaká disputou amistosos em março, mas não foi para a Copa das ConfederaçõesEm viagem à China por questões comerciais, o meia do Real Madrid disse que ainda há tempo para convencer Luiz Felipe Scolari de que tem condições de disputar a Copa do Mundo, que acontecerá em julho de 2014. Kaká ficou fora do elenco campeão da Copa das Confederações.

"Ainda falta mais de um ano para o Mundial e a temporada [europeia] acaba de começar. De coração espero poder jogar esse Mundial", disse Kaka ao periódico espanhol As.

O meia chegou a ser chamado por Felipão nos primeiros jogos do treinador à frente da seleção. Kaká foi chamado para os amistosos contra a Itália e Rússia, que ocorrera em março, na Europa.

Mas Felipão excluiu Kaká e Ronaldinho Gaúcho da relação do time que participaria da Copa das Confederações, levando Jadson, do São Paulo, como primeira opção na reserva para a meia.

Kaká também enfrenta desconfiança no Real Madrid. O brasileiro terminou a temporada europeia como reserva. A chegada do técnico Carlo Ancelotti ao time espanhol traz bons sinais a Kaká. O meia foi eleito melhor jogador do mundo quando defendia o Milan, em 2007, então comandado por Ancelotti.

"Eu sou jogador do Real Madrid e tenho dois anos de contrato. Na próxima semana devo me reapresentar ao clube para começar os treinamentos. Conversarei com o Carlo Ancelotti para ver quais são as ideias. Mas meu pensamento é continuar no Real", destacou Kaká.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Trecho de ata do TSE deixa em dúvida se plebiscito agora seria legal


Um trecho da ata da reunião entre a presidente do TSE, Cármem Lúcia, e os presidentes dos TREs dos 26 estados e do Distrito Federal deixa margem para que se interprete que, na opinião dos magistrados, um plebiscito sobre reforma eleitoral não pode ser feito, de acordo com alguns políticos ouvidos em "off" pelo G1.
O trecho é o seguinte: "Há também limites materiais ao exercício dos Poderes Políticos, pois a Constituição do Brasil não pode ser modificada em seu núcleo de identidade (apelidado de conjunto de cláusulas pétreas, dentre as quais se tem o período de mudança válida para pleito eleitoral, que haverá de ocorrer no mínimo um ano antes de cada eleição), pelo que a Justiça Eleitoral não está autorizada constitucional e legalmente a submeter ao eleitorado consulta sobre cujo tema ele não possa responder ou sobre a qual não esteja prévia e suficientemente esclarecido, ou que da resposta formalmente apurada não haverá efeitos, no pleito eleitoral subsequente, o que pode ser fator de deslegitimação da chamada popular".
Os magistrados estão dizendo que a anualidade - a necessidade de que alterações das leis eleitorais sejam aprovadas com um ano de antecedência das eleições - é cláusula pétrea da Constituição, ou seja, não pode ser mudada. Assim, o Congresso teria de correr para aprovar as mudanças até outubro.
Mas o trecho diz mais. Afirma que a Justiça Eleitoral não está autorizada a submeter ao eleitorado consulta cuja resposta formalmente apurada não tenha efeitos no pleito eleitoral subsequente.
Como o governo tem dito que o plebiscito é apenas uma consulta popular, que o Congresso aceitará ou não, a resposta do povo a esse plebiscito não terá efeitos práticos imediatos. Por esse motivo, segundo essa interpretação, a Justiça Eleitoral não estaria autorizada a levar o plebiscito a cabo.
Em outro trecho, os magistrados dizem que o resultado do plebiscito obriga a que o Congresso siga os seus resultados, o que contraria tudo o que o que governo vem dizendo.
O trecho é o seguinte: "Ela [a consulta popular] vincula o que virá, necessariamente, a ser produzido como lei pelos órgãos legislativos competentes".
Políticos da situação e da oposição têm se debruçado sobre esses trechos para extrair deles a interpretação correta. Ministros do TSE ainda não se manifestaram sobre este tema.
O G1 ouviu a avaliação de juristas sobre essa interpretação. Leia: "Juristas interpretam nota do TSE sobre realização de plebiscito".

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››