Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

quinta-feira, julho 18, 2013

Acidente envolvendo carro e moto na BR 405 em Itaú-RN deixa uma pessoa ferida

Por volta das 17h desta quinta-feira (18) foi registrado mais um acidente de trânsito na BR 405 no município de Itaú-RN, na altura do km 112 próximo, a Churrascaria Santa Luzia, no contorno que dá acesso ao município de Riacho da Cruz-RN.

De acordo com informações de uma testemunha que fazia caminhada na hora do sinistro, um veículo Volvo XC60, Branco, Placa NOG6900, Pau dos Ferros-RN, conduzido por uma Senhora do município de Pau dos Ferros que seguia para Mossoró-RN, acompanha por mais um ocupante e uma criança (filha da motorista), colheu o motociclista, identificado como um crediarista da Cidade de Portalegre-RN, atendendo pelo nome de César, que seguia para sua cidade pilotando uma moto titan 150 vermelha, Placa MXS3366, Portalegre-RN, entrou para o contorno sem dar sinal, sendo atingido pelo veículo, que seguia em alta velocidade.



Ainda de acordo com testemunhas a vítima foi socorrida pela ambulância do município de Rodolfo Fernandes-RN que passava no momento do acidente, com ferimentos do tipo fratura nas duas pernas, para Mossoró-RN.

A VTR de Itaú-RN sob o comando do Cabo Gomes foi acionada e permaneceu no local aguardando a chegada da Polícia Rodoviária Federal para fazer a perícia no local do acidente.










Arlindo Maia da Redação do Cidade News
Leia Mais ››

Polícia Civil do RN retoma atividades nesta sexta-feira apos dia de paralização

Os policiais civis do estado fizeram uma paralisação de advertência nesta quinta, mas depois de um protesto na sede da Delegacia Geral de polícia Civil (Degepol) os profissionais decidiram em assembleia retomar os trabalhos nesta sexta. 

Com a paralisação de hoje, apenas as delegacia de plantão da Zona Sul e Norte estavam funcionando. Durante os protestos, agentes, escrivães e delegados promoveram um abraço simbólico à Degepol e levaram um caixão, simbolizando o sepultamento da segurança pública do estado. 

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Por questões logísticas Natal poderá ficar de fora da Copa do Mundo 2014

Após a Copa das Confederações, a Fifa está repensando alguns aspectos da Copa do Mundo de 2014, especialmente o número de sedes. Alegando questões de logística, a entidade avalia reduzir o número de cidades de 12 para 10, o que evitaria alguns deslocamentos. 

Natal, Cuiabá, Manaus e Curitiba estão ameaçadas. As demais oito, incluindo São Paulo e Porto Alegre, estão garantidas.

Reprodução Cidade News Itaú via Lancenet
Leia Mais ››

BBom não tem todos os rastreadores negociados, suspeita MP

BBOM-pra-cima

Os Ministérios Público Federal e Estadual de Goiás suspeitam que o grupo BBom não tenha todos os rastreadores oferecidos aos associados. Em entrevista coletiva nesta quinta-feira (18), a procuradora da República Mariane Guimarães e o promotor Murilo Miranda apontaram esse como mais um indício de formação de pirâmide financeira, prática ilegal no país.

Por decisão judicial, a BBom teve as atividades suspensas e os bens bloqueados.Durante a coletiva, a procuradora e o promotor não souberam informar a quantidade exata de associados ou de rastreadores oferecidos mediante taxa de adesão e pagamento de mensalidade por um prazo determinado. A procuradora Mariane Guimarães disse ter constatado no site Reclame Aqui mais de 1.200 reclamações de associados que nunca receberam os rastreadores.

Outro ponto destacado pelos MPs é o fato da empresa não ter informado a quantidade exata de rastreadores negociados em comodato. “Estranhamente, ela só informa nos autos uma amostragem, que seria de 14 mil equipamentos negociados. Também demonstra ter adquirido 70 mil aparelhos para vendas futuras”, diz Guimarães.

“Nós acreditamos que a empresa que fornece esses rastreadores não tem condição de fornecer os aparelhos que a BBom precisaria ter para atender a quantidade estratosférica de consumidores para os quais ela vendeu”, avaliou.

Por meio de nota enviada por sua assessoria de comunicação, a BBom informou ao G1 que comprou 1.250.000 rastreadores, sendo que 30 mil já foram entregues, 75 mil estão em estoque, 145 mil, em trânsito, e 1 milhão de aparelhos serão entregues seguindo a previsão de entrega dos fornecedores.

“Estamos seguindo uma programação de entrega de acordo com a data de solicitação do rastreador pelo associado. Em até 60 dias todas as solicitações serão atendidas, conforme o cronograma de solicitação”, diz a nota.

‘Dinheiro fácil’
Os MPs estimam que o grupo tenha mais de 1.500 associados. “Muitos deles possuem várias cotas”, explica Murilo Miranda. Por isso, acreditam que o número informado é insuficiente para atender todos os clientes.

Para a procuradora, o consumidor muitas vezes entra sem ter um interesse real no produto e querem apenas “ganhar dinheiro fácil e rápido com o aliciamento de novos operadores”. Guimarães explica que o valor cobrado por comodato, de R$ 80, não é competitivo. “Esse valor é altíssimo. Nós apuramos que várias empresas que vendem esses rastreadores praticam preços bem mais razoáveis, que varia de R$ 30 a R$ 50 de aluguel”, afirma.

A procuradora e o promotor reafirmaram que, como em outros casos emblemáticos de pirâmide financeira, o rastreador oferecido pela BBom seria apenas uma “isca” para recrutar novos associados, como ocorreu com a “Avestruz Master”.

Lucro de 3.000%
Chamou a atenção de procuradores e promotores o patrimônio dos sócios proprietários da empresa e crescimento exponencial dos lucros da BBom em um curto espaço de tempo. “O rastreador não é um produto popular para ter um apelo comercial que justifique um aumento de lucro de 3.000% em um espaço de três meses.

Sem divulgar o valor do patrimônio dos sócios proprietários do grupo, a procuradora destacou que é uma “quantia preocupante”. O dado, segundo o promotor Murilo Miranda, não pode ser divulgado por determinação judicial.

Para Mariane Guimarães, esses pontos reforçam a tese da prática de pirâmide financeira. “Diferente de uma empresa de marketing multinível séria, o foco principal dela não é a venda do produto, e sim o recrutamento de novos divulgadores, para que esses novos divulgadores, num esquema piramidal, ganhe dinheiro recrutando mais e mais”, argumenta.

A suspeita da prática de pirâmide financeira levou os ministérios públicos estaduais e federais de 20 estados a organizarem uma força-tarefa para combater a prática ilegal no país.

Bloqueio de bens
“Nós, num primeiro momento, solicitamos o bloqueio de todas as contas, bens móveis e imóveis desse grupo, para resguardar um dinheiro que a gente pensa, no final da ação, em devolver para os consumidores que forem lesados. Num segundo momento, solicitamos que a empresa fosse impedida de fazer novos associados, para evitar que novos consumidores venham a ser lesados”, argumenta a procuradora.

Os pedidos foram acatados pela juíza federal substituta da 4ª Vara Federal de Goiânia, Luciana Laurenti Gheller. No dia 10 de julho, ela determinado a indisponibilidade dos bens da empresa e de seus sócios por “robustos indícios” de pirâmide financeira. Estão bloqueados R$ 300 milhões em contas bancárias do grupo, além de cerca de 100 veículos, incluindo motos e carros de luxo como Ferrari e Lamborghinis.

Em uma segunda liminar, na quarta-feira (17), a juíza determinou a “imediata suspensão” das atividades desenvolvidas pela empresa Embrasystem, conhecida pelos nomes fantasia BBom e Unepxmil, e proíbe o cadastro de novos associados bem como a captação de recursos financeiros junto aos associados que já integram a rede, “incluindo a percepção das mensalidades cobradas”.  A decisão é provisória e ainda cabendo recurso.

Em nota divulgada na quarta-feira (17), a BBom informou que “está tomando as providências judiciais cabíveis para retirar todo e qualquer impedimento às suas atividades” e diz estar “à disposição das autoridades para prestar os esclarecimentos que forem solicitados”. A BBom sempre negou irregularidades ou a prática de pirâmide e se identifica como “empresa especializada em canal de vendas direta e marketing multinível”.

Marketing multinível
Na decisão, a juíza federal destacou também as diferenças entre o modelo de negócios denominado “marketing multinível” ou “marketing de rede”, e o golpe conhecido por “pirâmide financeira”.

No marketing multinível, o faturamento é calculado sobre as vendas dos produtos e a venda do produto é a base de sustentabilidade do negócio, destacou a juíza. Já no esquema de pirâmide, os participantes são remunerados somente pela indicação de outros indivíduos para o sistema, sem levar em consideração a real geração de vendas de produtos, o que acaba por tornar o negócio insustentável, uma vez que é matematicamente impossível atrair novos participantes para uma rede que se funda unicamente nos pagamentos realizados pelos associados.

Pelo modelo da BBom, os interessados se associam mediante o pagamento de uma taxa de adesão, que varia de R$ 600 a R$ 3 mil, de acordo com o plano escolhido. Depois disso, a pessoa se compromete a atrair novos associados e a pagar uma taxa mensal no valor de R$ 80, pelo prazo de 36 meses, segundo a investigação do MP. Quanto mais participantes o associado consegue trazer para a rede, maior é a premiação prometida.

“Este tipo de esquema é coisa antiga. Mas com as redes sociais ganhou um fermento potencial inimaginável. Hoje, estas empresas crescem de maneira rápida demais e aprendemos que quanto antes se consegue intervir e bloquear menor o prejuízo para as vítimas”, destacou a procuradora.

A prática de pirâmide financeira é proibida no Brasil, configurando crime contra a economia popular (Lei 1.521/51).

Reprodução Cidade News Itaú via Robson Pires
Leia Mais ››

Casa da Moeda lança medalhas em homenagem ao papa

medalha papa

A Casa da Moeda do Brasil lança terça-feira (23), às 9h, 10 mil medalhas comemorativas da visita do papa Francisco ao Cristo Redentor. O valor das medalhas foi reduzido por causa da alta tiragem e da diminuição da margem de lucro da Casa da Moeda. No lançamento, haverá uma cerimônia com a presença do arcebispo do Rio de Janeiro, dom Orani Tempesta, e de membros da comitiva do papa. O presidente da Casa da Moeda, Marcone Leal, fará a descaracterização dos cunhos.

Das 10 mil medalhas confeccionadas, 7 mil serão em bronze, 2.950 em prata e 50 em ouro. A princípio, as medalhas de bronze seriam vendidas por R$ 75 e as de prata, por R$ 285, mas os valores caíram para R$ 45 e R$ 230, respectivamente. O valor das moedas de ouro não foi divulgado e os interessados em comprá-las deverão consultar a Casa da Moeda.

A medalha traz no anverso a imagem do papa Francisco com a legenda Visita do Papa ao Brasil, e ano (2013) e o padrão formado pelos tijolos vazados, vistos do interior da Basílica de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil. No reverso, há uma composição com os nomes das cidades que o papa visitará: Rio de Janeiro e Aparecida e os locais onde celebrará missas: Catedral Metropolitana do Rio de Janeiro e Basílica de Nossa Senhora de Aparecida.

Reprodução Cidade News Itaú via Robson Pires
Leia Mais ››

Alves promoveu jantar de R$ 28 mil para o PMDB e você pagou a conta

Na noite da última terça-feira, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, abriu as portas da residência oficial que ocupa, às margens do Lago Paranoá, em Brasília, para os deputados da bancada do seu partido, o PMDB. Ofereceu-lhes um jantar. Custou R$ 28,4 mil –ou R$ 355 por cabeça. O contribuinte pagou a conta.

A verba saiu das arcas da Câmara. A ONG Contas Abertas obteve a nota de empenho da despesa. Está escrito: “Concessão de suprimento de fundos para atender despesas relativas à contratação de serviços destinados à realização de jantar no dia 16.07.2013, na residência oficial da Câmara dos Deputados, para um público estimado de oitenta pessoas, a pedido do gabinete do presidente.”

A rubrica “suprimentos de fundos” serve para a realização de despesas inesperadas e urgentes. No caso específico, o dinheiro foi repassado a uma servidora. Ela realizou os gastos e prestará contas posteriormente. Chama-se Bernadette Maria França Amaral Soares. Lotada no gabinete do presidente, administra a residência oficial da Câmara. O salário dela é de cerca de E$ 23 mil mensais.

Além dos deputados, estiveram no repasto o vice-presidente Michel Temer e ministros do PMDB. O encontro foi partidário. “Um jantar social de fim de semestre”, na definição do líder da legenda, deputado Eduardo Cunha. O cardápio foi fino –de camarão a queijo brie caramelado, noves fora o champanhe. A pauta foi indigesta: do derretimento de Dilma Rousseff à deterioração da coligação.

A pergunta que fica boiando na atmosfera é: por que diabos o contribuinte brasileiro foi intimado a pagar a conta? Não há propriamente uma ilegalidade no espeto. Porém, se as ruas de junho informaram alguma coisa foi que a sociedade já não engole passivamente tudo o que em Brasília é considerado “normal”. Não é pelos vinte centavos, diria um desses rapazes que saem de casa para protestar defronte do prédio do Congresso. É pelo respeito à liturgia.

A Câmara já custeia a equipagem, a criadagem, a cozinheira e os alimentos que vão à mesa da residência do seu presidente. Difícil acomodar no escaninho das normalidades a contratação de uma empresa para fornecer decoração, mesas, cadeiras e a comida servida à turma do PMDB. A plateia se pergunta: por que o inquilino e seus convidados não fizeram uma vaquinha?

Sem título

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Em almoço com escritores, Lula diz que não será candidato

Não, o ex-presidente Lula não será candidato a presidente em 2014. Foi o que ele garantiu aos escritores Fernando Morais e Lira Neto, anteontem, ao recebê-los para almoço em seu instituto.

Lira Neto, que lançará o segundo livro da série sobre Getúlio Vargas, pediu a Lula que fingisse que ele, Neto, era Samuel Wainer. Em 1949, o jornalista fez histórica entrevista em que perguntou a Vargas se ele tinha planos de morar no Rio, então capital do país. “Voltarei como um líder de massas”, respondeu o então ex-presidente, eleito um ano depois. “E o senhor, tem planos de voltar a morar em Brasília?”, perguntou Lira Neto. Lula, depois de uma gargalhada, disse: “Não”.

E o ex-presidente teve agenda intensa anteontem, divulgada por sua assessoria no site do Instituto Lula em meio a boatos de que estaria internado em estado grave em um hospital de SP –o que se espalhou pelo mercado financeiro e na internet. “Lula não só não está na UTI como está forte como um touro. Almoçou um vasto prato de salada, espaguete ao alho e óleo, frango grelhado, arroz e feijão. Nunca o vi tão bem”, diz Fernando Morais.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Homem suspeito de trafico de drogas é baleado pela Polícia Militar em Caraúbas

Em patrulhamento pela cidade, o comandante da 3ª CIA de Polícia Militar de Caraúbas – RN, Capitão Paulo César de Carvalho – Cap. Carvalho recebeu na tarde desta quinta-feira (18), por volta das 15hs, uma ligação anônimo informando que no Bairro Leandro Bezerra um elemento em atitude suspeita estava vendendo drogas. A Policia Militar se dirigiu ao local informado, ao chegar encontrou um elemento por nome de José Claúdio de Arruda, 24 anos de idade, que tentou fugir, o Cap. Carvalho efetuou um disparou de arma de fogo para o chão e o elemento não se entregou e foi baleado no pé direito pelo segundo tiro.

Na residência foram encontradas drogas, dinheiro, armas de fogo e armas brancas, além de uma jovem viciada em droga que não foi identificada. Foram apreendidos também na residência muitos pássaros silvestres e um peba. O elemento foi levado para o Hospital Regional de Dr. Aguinaldo Pereira da Silva, logo após ser atendido foi deslocado juntamente com a usuária de drogas para delegacia de Patu. Os pássaros e o animal apreendido serão encaminhados para a policia ambiental.

Reprodução Cidade News Itaú via Icém Caraúbas
Leia Mais ››

COLISÃO MOTO COM CARRO, DEIXA UMA PESSOA FERIDA NO CENTRO DE MOSSORÓ.

Uma colisão no centro de Mossoró na tarde de hoje (18/07/13), envolvendo uma moto Biz e uma Hilux deixou uma jovem ferida. Segundo testemunhas a jovem conduzia sua motocicleta pela Av. Rio Branco no sentido centro, quando no cruzamento com a rua Alfredo Fernandes, ao lado do Memorial da Resistência um veículo tipo Hilux não parou, invadiu a preferencial da moto, não sendo possível evitar a colisão. Na queda a jovem que trabalha na Liq-Gás sofreu uma suposta fratura em um dos braços e foi conduzida pelo SAMU para o HRTM. O condutor da Hilux prestou todo atendimento e se dispôs a colaborar com o tratamento de saúde da jovem. No local os veículos já tinham sidos liberados. Os agentes de trânsito controlaram o fluxo pois o trânsito ficou bastante complicado.



Reprodução Cidade News Itaú via Passando na Hora
Leia Mais ››

Motorista sai ileso de capotamento na Via Costeira em Natal

Peugeot 207 capotou na Via Costeira no sentido Praia do Meio-Ponta Negra (Foto: Canindé Soares)Um carro capotou na Via Costeira no fim da manhã desta quinta-feira (18) em Natal. O motorista saiu ileso do acidente. Ele dirigia um Peugeot 207 no sentido Praia do Meio - Ponta Negra.
De acordo com o oficial de operações do policiamento rodoviário estadual, o condutor perdeu o controle do veículo e bateu no meio fio. Após capotar o carro, o veículo ainda bateu em um poste. O acidente ocorreu às 12h15 e deixou o trânsito interditado no local. A via, nos dois sentidos, já foi liberada.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Promotor de Justiça preso suspeito de corrupção no RN é aposentado

promotor de Justiça José Fontes de Andrade (Foto: Reprodução/MP)O promotor de Justiça José Fontes de Andrade, preso preventivamente em outubro do ano passado suspeito de praticar corrupção passiva, foi aposentado compulsoriamente pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte. A resolução pela aposentadoria foi publicada na edição desta quinta-feira (18) do Diário Oficial do Estado. O advogado que defende o promotor, Felipe Cortez, anunciou que vai recorrer.
"O meu cliente é inocente. Vou recorrer junto ao Conselho Nacional do Ministério Público", limitou-se a dizer Cortez.
Pela resolução, assinada pelo procurador geral de Justiça, Rinaldo Reis, José Fontes de Andrade foi aposentado com proventos proporcionais ao tempo de contribuição correspondentes a 19/35 do subsídio relativo ao cargo de promotor de Justiça.
Fontes foi preso no dia 24 de outubro do ano passado em Parnamirim, cidade da Grande Natal. Segundo nota emitida pelo Ministério Público, o promotor era suspeito de praticar corrupção passiva.
De acordo com a nota do MP, foram obtidas gravações em áudio e vídeo que indicariam que o promotor de Justiça solicitou, no gabinete dele, "a quantia de R$ 12 mil a um empresário para arquivar um suposto procedimento que estava a seu cargo".
José Fontes de Andrade atuava na defesa do meio ambiente, urbanismo, bens de interesse histórico, artístico, cultural, turístico e paisagístico. Ainda segundo a nota, o promotor solicitou a vantagem indevida ao proprietário de uma obra de engenharia em construção em Parnamirim sob a alegação de irregularidades.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Guardas encerram protesto em Natal com spray de pimenta; veja vídeo


Spray de pimenta e teasers foram utilizados pela Guarda Legislativa para expulsar o grupo de cerca de 30 manifestantes da Câmara Municipal de Natal nesta quinta-feira (18). Imagens registradas pelo estudante Tiago Aguiar, que integra o comitê de comunicação do movimento #RevoltadoBusão, mostram manifestantes reunidos no pátio da Casa quando os guardas começam a borrifar spray de pimenta mesmo sem qualquer resistência do grupo (veja o vídeo). "Estava tudo tranquilo, não consigo imaginar razão para a violência utilizada", afirma. Mesmo após a desocupação, um grupo de manifestantes permanece em frente à Câmara Municipal.

O integrante do Comitê de Comunicação da #RevoltadoBusão conta que após a proposta entregue pelos vereadores para a saída da CMN, uma comissão de sete manifestantes estava redigindo uma contraproposta. Enquanto isso, outras pessoas estavam dançando e cantando canções no pátio. Foi quando a Guarda chegou. Eles se abraçaram e mesmo assim foram alvos de gás de pimenta e teasers. A situação poderia ter sido evitada", diz Tiago Aguiar.

Ao G1, o comandante da Guarda Legislativa, Gilson Paiva, informou que a desocupação foi "pacífica". "A desocupação foi pacífica. Nossa ideia era dialogar, conversamos com o grupo por duas horas e meia, mas não houve acordo. Eles estavam fazendo apologia ao crime [sem especificar qual] e convocando outros manifestantes por redes sociais. Não houve agressão da nossa parte, mas quatro guardas nossos ficaram feridos e um carro da Guarda acabou danificado", relata.

O ato da #RevoltadoBusão fez a Câmara Municipal suspender as audiências públicas para discussão sobre o projeto de lei do transporte público, que estavam previstas para a próxima semana de acordo com o calendário definido pelos vereadores. Em documento assinado pelo presidente da Casa, vereador Albert Dickson, a CMN se comprometeu a suspender o calendário com a condição que os manifestantes deixassem o prédio.

Estudantes estão no pátio da Câmara Municipal de Natal (Foto: Fernanda Zauli)"Conforme ficou acordado com o grupo, a autoconvocação está suspensa. Só lamentamos a forma como aconteceu a saída", informou o assessor de comunicação da Câmara Municipal, João Ferreira.

A ampliação do prazo de discussão do projeto de lei do transporte público está entre as reivindicações do movimento #RevoltadoBusão, que ainda exige a redução da tarifa de ônibus para R$ 2 e a realização de uma auditoria externa e pública no Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros (Seturn)."Reivindicamos causas justas e paupáveis, e só sairemos daqui quando formos atendidos", diz a nota enviada pelo Comitê de Comunicação do movimento ao G1.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

#RevoltadoBusão cobra redução da tarifa de ônibus para R$ 2 em Natal

Estudantes estão no pátio da Câmara Municipal de Natal (Foto: Fernanda Zauli)Com um grupo de manifestantes ocupando a Câmara Municipal de Natal desde a manhã desta quinta-feira (18), o movimento #RevoltadoBusão definiu três pautas a serem reivindicadas na ocupação: a redução da tarifa de ônibus para R$ 2, a ampliação do prazo de discussão do projeto de lei do transporte público de 10 para 100 dias, e a realização de uma auditoria externa e pública no Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros (Seturn).

Em nota enviada pelo Comitê de Comunicação do #RevoltadoBusão ao G1, o movimento informou que só deixará o local quando for atendido. "Reivindicamos causas justas e paupáveis, e só sairemos daqui quando formos atendidos", diz a nota. Os vereadores Sandro Pimentel, Julio Protásio e Hugo Manso estão dentro do prédio e conversaram com os manifestantes. Os estudantes também querem ser recebidos pelo presidente da câmara, Albert Dickson, que chegou por volta das 12h20 ao local.

Outro grupo está na frente do prédio para apoiar o grupo acampado no pátio da Câmara. A coordenadora geral do Sindicato dos Bancários do Rio Grande do Norte, Marta Turra, foi até o local para prestar solidariedade aos jovens. Ela afirmou que conversou com os estudantes para saber como poderia ajudar. “Essa não é uma luta somente deles. É uma luta de toda a classe trabalhadora”, disse. “No momento iremos contribuir trazendo água e alimentação”, concluiu.

Sinsenat mandou frutas, suco e água para os manifestantes (Foto: Fernanda Zauli/G1)A representante do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Natal (Sinsenat), Soraia Godeiro, também esteve no local prestando apoio aos manifestantes e afirmou que o sindicato dará "apoio político e financeiro ao movimento o tempo que for necessário", disse. Por volta das 13h30 um carro do Sinsenat chegou trazendo frutas, suco e água para os manifestantes.
Confira a nota completa
"Nos, CIDADÃOS NATALENSES, estamos aqui para reivindicar respeito ao povo, com o objetivo de um transporte público e de qualidade. Neste momento, estamos ocupando a casa do povo, a Câmara Municipal de Natal, de forma livre e consciente, sem nenhuma ligação com bandeiras, a não ser a de um mundo melhor.
Reivindicamos causas justas e paupáveis, e só sairemos daqui quando formos atendidos. São elas:

1) Redução imediata da tarifa para R$2,00, por causa da redução dos impostos federais e estaduais
2) Ampliação do prazo de discussão e aprovação do projeto de lei do transporte público de 10 para 100 dias, com um amplo debate na sociedade, impulsionado por um Fórum Popular aberto a quem quiser participar. A todos os setores da sociedade será dada a oportunidade de participar dessa construção coletiva, que resultará nas diretrizes e rumos do transporte público na nossa cidade;
3) Por último, exigimos uma auditoria externa e pública no SETURN, para por fim aos anos de mistério e à maldita caixa preta! A câmara está ocupada"

Manifestantes também se concentram na parte externa da CMN (Foto: Fernanda Zauli/G1)

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Após denúncia de boicote, ministério acrescenta regras ao 'Mais Médicos'

Mais Médicos (Foto: Editoria de Arte/G1)Após suspeitas de boicotes na inscrição, o programa "Mais Médicos" passará a adotar a partir desta sexta-feira (19) novas regras na entrega de documentação e para o caso de desistência dos candidatos, informa o Ministério da Saúde.
Uma das novas medidas vai ser a exigência de que o candidato ao "Mais Médicos" faça uma declaração no ato da inscrição dizendo estar disposto a desistir de vagas de residência ou do Programa de Valorização da Atenção Básica (Provab) que ele ocupe atualmente.
Além disso, quando for homologar sua participação, o médico terá que entregar um documento oficial do hospital, universidade ou instituição à qual ele é vinculado declarando que o desligamento da residência ou do Provab foi realizado.
"A medida visa certificar a real intenção dos profissionais em participar do 'Mais Médicos'", disse o ministério, em nota.
Para a pasta, a carga horária da residência e do Provab são incompatíveis com o novo programa.
Vetados
Além disso, será proibida por seis meses a inscrição de candidatos que homologarem sua participação no "Mais Médicos" e não comparecerem, ou então que desistirem do programa no primeiro semestre de funcionamento.
"Os reincidentes ficarão impossibilitados em caráter definitivo de voltar a participar do programa", ressaltou o ministério.
O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, ressaltou em nota oficial não querer "ninguém que esteja fazendo qualquer tipo de sabotagem" se inscrevendo no "Mais Médicos".
“Estamos estimulando os médicos brasileiros a participar do programa, mas não queremos ninguém que esteja fazendo qualquer tipo de sabotagem para atrasar um programa que visa oferecer médicos para a população”, disse o ministro.

Regras retroativas
As novas regras vão ser publicadas nesta sexta, no Diário Oficial da União. Elas vão valer para todos os que já se inscreveram no "Mais Médicos" e fazem residência ou são participantes do Provab - um balanço divulgado pelo Ministério da Saúde na quarta (17) apontou que 11,7 mil candidatos haviam feito inscrição.
Todos os que já fizeram inscrição no "Mais Médicos" vão receber um comunicado individual informando sobre as novas exigências, diz o Ministério da Saúde. O envio deve ocorrer nos próximos dias, após a divulgação no Diário Oficial. Não está definido se o comunicado será feito via e-mail.
Declaração online
A declaração de intenção em desistir da vaga de residência ou do Provab constará na própria página de inscrição no "Mais Médicos", provavelmente por um formulário, e será feita online, afirma a pasta. O envio de documento em papel pelas novas regras vai ocorrer apenas no caso da homologação.
As novas regras serão pré-requisito para fazer a inscrição no "Mais Médicos", diz o ministério. Quem se recusar ou não completar a declaração e for médico residente ou participante do Provab vai ter sua inscrição invalidada, ainda de acordo com a pasta.
O programa "Mais Médicos" vai abrir vagas para profissionais da medicina estrangeiros e brasileiros trabalharem no interior e em periferias de grandes cidades do país, mediante pagamento de uma bolsa mensal de R$ 10 mil. Será dada prioridade para os médicos brasileiros, e os de fora do país preencherão as vagas remanescentes, diz o ministério.

Denúncias
A pasta disse ter recebido uma série de denúncias relatando que grupos têm utilizado as redes sociais para disseminar propostas a fim de inviabilizar e atrasar a implantação da chamada de profissionais.
A ideia desses grupos seria gerar um alto número de inscrições e, posteriormente, provocar uma desistência em massa, prejudicando os reais interessados na participação do "Mais Médicos", diz o ministério.
Entidades que representam os médicos, por sua vez, afirmam desconhecer a organização desse tipo de boicote. O presidente do Sindicato dos Médicos de São Paulo (Simesp), Cid Carvalhaes, considera a suspeita do governo como uma "justificativa muito simplória para explicar por que médicos que se inscreveram acabaram desistindo”.
Ele entende que as desistências que ocorreram devem-se à falta de garantias trabalhistas do programa. “Vários disseram que se sentiram enganados. Quando foram se inscrever, viram que não tem 13º salário, abono, garantia de férias, nenhuma garantia”, disse.
Carvalhaes acrescenta que as entidades médicas brasileiras não estimularam qualquer tipo de boicote às inscrições, apesar de terem se oposto à proposta. Sobre as denúncias referentes a textos divulgados por pessoas que se identificam como médicos nas redes sociais com estímulo à sabotagem do "Mais Médicos", Carvalhaes observa que as redes sociais são incontroláveis.
Polícia Federal
A ministra-chefe da Secretaria de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, disse nesta quinta-feira (18) que o Ministério da Saúde solicitou à Polícia Federal que investigue possíveis sabotagens ao "Mais Médicos".
"Só poderemos lamentar se isso efetivamente estiver acontecendo porque seria uma forma de sabotagem ao direito legítimo da população de ter um atendimento médico garantido, de ter médico", disse Ideli após participar do programa "Bom Dia, Ministro".
"Então, se inscrever em massa para depois desistir em massa, para retardar ou impedir a contratação, é digamos assim, um prejuízo à população e por isso. O próprio Ministério da Saúde já solicitou atuação da PF para que possa investigar se está ocorrendo sabotagem ou não", completou Ideli.
O Ministério da Saúde também informou que a ouvidoria do ministério está ligando para médicos que se cadastraram no programa para tentar identificar eventuais inconsistências nos cadastros.
O G1 entrou em contato com a assessoria de imprensa da Polícia Federal, que, até a última atualização desta reportagem, ainda não havia confirmado se a corporação já está fazendo as investigações.
Como será o programa
A previsão do Ministério da Saúde é que até 18 de setembro todos os profissionais do Mais Médicos estejam atuando no país. O programa permite a vinda de profissionais estrangeiros e de brasileiros que se formaram no exterior sem a necessidade de revalidação do diploma.
A medida provisória também institui a abertura de 11.447 vagas em faculdades de medicina até 2017 e, a partir de 2015, aumenta em dois anos a grade curricular das faculdades públicas e particulares de medicina, com formação voltada à atenção básica (1º ano) e setores de urgência e emergência (2º ano).
Nesse período, os alunos terão uma autorização temporária para o exercício da medicina, e ganharão uma bolsa para atender no Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo o governo, a prioridade será preencher as vagas do programa com profissionais brasileiros. Os postos de trabalho remanescentes serão completados com profissionais estrangeiros ou brasileiros formados no exterior.
Médicos espanhóis
Os médicos espanhóis, um dos grupos tratados pelo governo federal como prioritários entre os estrangeiros que devem atuar no Brasil, estão aptos a trabalhar no país, na avaliação de Fernando Rivas. Ele é o dirigente responsável pela área de promoção de emprego da Organização Médica Colegial (OMC), órgão máximo de representação desses profissionais na Espanha.

Rivas considera que o pagamento mensal de R$ 10 mil previsto no "Mais Médicos" é satisfatório. "Tal como está a situação da Espanha atualmente, onde os salários têm sido reduzidos entre 20% e 30% nos últimos anos e onde persistem os cortes [de verbas] na saúde, a oferta de R$ 10 mil mensais, mais alimentação e alojamento, é uma boa oferta", diz.
Rivas também rebate as dúvidas levantadas sobre o preparo dos profissionais estrangeiros que virão ao país. "Creio que não se pode questionar a formação médica espanhola. O nível de nossos médicos está mais do que testado, e certamente aprovado", afirma.
Em meio a uma grave crise econômica, a Espanha enfrenta cifras recordes de desemprego entre médicos, diz o dirigente da OMC. "No mês de maio, o número de desempregados era de 3.395", informa. A quantidade é ainda maior se forem incluídos os profissionais que deixaram o país em busca de trabalho - só em 2012, 2.405 médicos foram trabalhar no exterior, e em 2011, foram 1.378, ressalta. "É evidente que há uma fuga notável de profissionais, e isso parece que não vai mudar nos próximos anos."
Regras
Só poderão participar do "Mais Médicos" estrangeiros que tenham estudado em faculdades de medicina com grade curricular equivalente à brasileira, proficientes na língua portuguesa, que tenham recebido de seu país de origem a autorização para livre exercício da medicina e que sejam de nações onde a proporção de médicos para cada grupo de mil habitantes é de, pelo menos, 1,8 médicos para cada mil habitantes.
Isso exclui países como Bolívia, Paraguai e Peru, que estão abaixo. Espanha, Portugal, Cuba, Argentina e Uruguai são exemplos de países que superam esse índice.
Todos os profissionais vindos de outros países serão acompanhados por uma universidade federal. Os municípios inscritos no programa terão de oferecer moradia e alimentação aos profissionais, além de ter de acessar recursos do Ministério da Saúde para construção, reforma e ampliação das unidades básicas.
Os profissionais de outros países e brasileiros formados médicos em universidades estrangeiras ficarão isentos de realizar o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos, o Revalida, ao optarem pelo registro temporário de médicos, que será concedido pelo Conselho Federal de Medicina (CFM).
No caso dos estrangeiros, será obrigatório que eles participem de um curso de três semanas, em uma universidade federal que tenha aderido ao programa, onde serão avaliadas por professores as capacidades técnica e de comunicação. Sendo aprovado, eles serão inscritos no Conselho Regional de Medicina do estado em que vão trabalhar.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Vídeos ajudarão na investigação de nudez na Câmara de Porto Alegre

Print nus na câmara de Porto Alegre (Foto: Arte sobre Reprodução)

A equipe de segurança da Câmara de Vereadores de Porto Alegre investigará as circuntâncias em que foram tiradas as fotos de manifestantes nus dentro da Casa durante o período em que o local foi ocupado por manifestantes ligados ao Bloco de Luta. Depois da saída do grupo, uma vistoria está sendo realizada no prédio. Imagens de cinco câmeras de segurança que estavam em funcionamento durante os oito dias de ocupação serão analisadas.
Em uma das fotos que foram divulgadas em uma rede social, homens e mulheres dançam com pouca roupa. Em outra, manifestantes nus acenam para as câmeras com fotos de ex-presidentes da Câmara ao fundo.

Print nus na câmara de Porto Alegre (Foto: Reprodução/RBS TV)Cãmera de segurança da sala onde fica a galeria
dos ex-presidentes está funcionando
(Foto: Reprodução/RBS TV)
Segunda a assessoria de imprensa da Câmara de Vereadores, os manifestantes viraram a câmera de segurança que fica no plenário da Casa para a parede. No entanto, o equipamento que está posicionado na sala onde fica a galeria de fotos dos ex-presidentes está funcionando.
"A maioria das fotos foi tirada neste local. A câmera ali está intacta", disse ao G1 Flavio Damiani, diretor de imprensa do local.
A vistoria no prédio para avaliar possíveis os danos no prédio será concluída ainda nesta quinta. Segundo Damiani, o local foi entregue limpo e em ordem. "Apenas algunas quadros quebrados, cadeiras danificadas. Mas, no geral, não houve destruíção. Falta agora só fazer a vistoria no painel do plenário", afirmou.
O presidente da Câmara, Thiago Duarte (PDT), disse que tomou conhecimento dos registros na manhã desta quinta-feira (18). "Vamos apurar as circunstâncias em que elas foram tiradas, para decidir o que será feito a respeito. É um desrespeito à Casa do Povo, e aquele não é o povo de Porto Alegre, é apenas um grupo".
Plenário da Câmara já foi desocupado
O manifestantes deixaram na totalidade a área interna do prédio da Câmara Municipal de Porto Alegre na manhã desta quinta-feira (18). Pouco depois, os vereadores protocolaram os projetos de passe livre e de abertura das planilhas das contas das empresas de ônibus. A juíza Cristina Luíza Marquezan da Silva, da 1ª Vara da Fazenda Pública, e a promotora de Justiça Maria Cristina Santos Lucca acompanham uma vistoria no prédio.  A desocupação teve início na quarta-feira (17), após audiência de conciliação no Foro Central da capital do Rio Grande do Sul.
O acordo que foi cumprido previa que apenas metade do grupo saísse do local ainda na noite de quarta, o que representava cerca de 200 pessoas, incluindo crianças e adolescentes. O restante ficou no térreo da Casa até a manhã desta quinta, aguardando os parlamentares cumprissem o combinado. Segundo a assessoria do local, o prédio foi entregue limpo e em ordem.
Entre as reivindicações levadas à audiência, o Bloco de Luta também pedia a quebra do sigilo bancário das concessionárias que gerenciam o transporte público da capital, o fim do recesso dos parlamentares, a retratação pública do presidente da Câmara, Dr. Thiago Duarte (PDT), e a não criminalização do movimento. Todas elas foram rejeitadas.
O encontro de quarta foi mediado pela juíza Cristina e por representantes do Ministério Público. Na segunda-feira (15), a magistrada havia suspendido a medida liminar de reintegração de posse obtida pela Presidência da Câmara no sábado (13), alegando risco à integridade física dos manifestantes durante uma eventual ação com uso de força policial.
A ocupação completou uma semana na quarta. As atividades da Casa estavam suspensas desde o início da semana. Conforme o presidente da Câmara, a decisão foi tomada por medidas de segurança. As atividades no Legislativo devem ser retomadas ainda nesta quinta-feira.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Fifa divulga preço de ingresos antes da hora, mas afirma ser 'versão antiga'

Capa kit de imprensa ingressos copa do mundo (Foto: FIFA)O site da Fifa divulgou na manhã desta quinta-feira uma tabela em inglês com os preços dos ingressos da Copa do Mundo de 2014, apesar de a entidade ter marcado para sexta o anúncio oficial. O valor mais barato seria de R$ 30 (meia-entrada da categoria 4 para jogos de grupo, sem contar a abertura), enquanto o mais caro sairia por R$ 1.980 (categoria 1 para a final, marcada para 13 de julho de 2014 no Maracanã). Após ter retirado o link do ar, a assessoria de imprensa da Fifa não confirmou os preços como definitivos:
- Devido a um erro técnico, uma versão antiga do kit de imprensa de ingressos para 2014 apareceu no Fifa.com - explicou a entidade, por email.
A divulgação dos valores será feita pela Fifa na sexta, em São Paulo, a partir das 10h30m (de Brasília), com transmissão ao vivo do GLOBOESPORTE.COM. O ex-lateral Cafu, capitão do penta, estará presente no evento ao lado do CEO do Comitê Organizador Local (COL), Ricardo Trade, do diretor de marketing da Fifa, Thierry Weil, e do representante do Ministério do Esporte, Luis Fernandes. O início da venda está previsto para 20 de agosto, pelo site www.fifa.com/ingressos.
O link com a tabela da Fifa foi divulgado por torcedores em redes sociais, mas a entidade tirou a página do ar após algumas horas. Porém, algumas pessoas conseguiram baixar o arquivo completo e divulgaram pela internet. Este documento seria o guia destinado à imprensa com todos os detalhes da venda de ingressos para 2014.

Confira abaixo os preços da tabela divulgada pela Fifa nesta quinta:
ingresso copa do mundo (Foto: FIFA)Em verde, a ordem dos jogos (em português): abertura; fase de grupos (sem a abertura); oitavas; quartas; semifinais; disputa de terceiro e quarto lugar; e a final (Foto: Reprodução)

A categoria 4 foi criada pela Lei Geral da Copa para a reserva de ingressos a preços populares. De acordo com a lei, deverão haver, pelo menos, 300 mil entradas desta categoria para a Copa. A lei ainda determina que em todas as fases de venda, os igressos da categoria 4 sejam vendidos com desconto de 50% (meia-entrada) para as pessoas brasileiras que moram no país e são estudantes, idosos (acima de 60 anos) ou participantes do programa Bolsa Família. A última coluna da tabela acima é para pessoas com deficiência física.
No último dia 9, em outro "erro técnico", uma tabela também foi publicada no site oficial da Copa do Mundo com prováveis preços para pacotes de jogos nas 12 cidades-sedes. Os valores são semelhantes aos do kit divulgado nesta quinta.
Exemplos: por R$ 120, o torcedor compraria ingressos de meia-entrada da categoria 4 para as quatro partidas da primeira fase em Cuiabá; ou, por R$ 1.490 a pessoa iria aos quatro confrontos marcadados para São Paulo (três de grupos e um das oitavas), pela categoria 1; em Brasília, os R$ 2.500 da categoria 1 valeriam para seis jogos (quatro da primeira fase, um das oitavas e a disputa por terceiro lugar). Confira:

ingressos copa do mundo 2014 (Foto: FIFA)À direita, em azul, o número de jogos de cada fase para o pacote de ingressos por sedes: GM (fase de grupos); R16 (oitavas de final) e 3rd/4th (disputa de terceiro e quarto lugar) (Foto: Reprodução)

De acordo com o documento, a primeira fase de vendas seria realizada entre 20 de agosto e 10 de outubro deste ano, quando os torcedores poderiam se cadastrar no site oficial da Fifa para o sorteio. Entre 5 e 28 de novembro, o processo seria reaberto para compra direta.

Mapa de assentos nos estádios por categorias na Copa do Mundo  (Foto: Fifa)A divisão por categorias de ingressos nos
estádios da Copa de 2014 (Foto: Fifa)
Como as vendas começam antes do sorteio dos grupos (6 de dezembro), nesta fase as pessoas comprariam ingressos sem a certeza de quais seleções verão em campo (exceção no caso do Brasil, que como país-sede já tem as datas dos confrontos definidas, mas ainda sem rival).
A segunda fase do processo começaria dia 8 de dezembro e terminaria em 30 de janeiro. Em seguida, reabriria entre os dias 26 de fevereiro e 1º de abril. A última fase, chamada pela Fifa de "último minuto", iniciaria em 15 de abril e iria até o fim da competição, de acordo com o número de entradas ainda disponíveis.
Após polêmicas pela localização dos ingressos mais caros nos estádios da Copa das Confederações, a Fifa divulgou no documento a posição dos setores. A categoria 1, que tem os maiores valores, poderá ter assentos nos lugares mais altos das arenas, o que gerou reclamação de torcedores no torneio de junho deste ano.
Segundo o guia, a capacidade total dos 12 estádios é de 3.720.225 lugares, mas a Fifa trabalha com 3.334.524 assentos na Copa de 2014. Destes, 2.989.608 seriam colocados à venda. O restante seria destinado a membros da entidade, das seleções e do COL.
Logo após a Copa das Confederações, o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, afirmou que os ingressos de 2014 seriam os mais baratos da história do Mundial:
- Teremos os ingressos mais baratos das Copas. Em 70% dos jogos teremos um ingresso realmente barato.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Thiaguinho é internado com doença pulmonar e suspende shows

O cantor Thiaguinho foi internado nesta quinta-feira (18) no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, e suspendeu seus shows programados até o dia 4 agosto. Segundo boletim médico, o pagodeiro tem uma pneumopatia [doença pulmonar] e não há previsão de alta.

Entre os shows programados estava a apresentação, no dia 22, na Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro.

Ainda de acordo com o boletim, Thiaguinho será submetido a um procedimento para o diagnóstico e vai iniciar um tratamento específico para a doença. Seu estado de saúde é considerado bom. O músico está sendo atendido pelo doutor David Uip e sua equipe.

Segundo a assessoria do cantor, ele estava sentindo fortes dores torácicas há uma semana e devido a inúmeros compromissos adiou a ida ao hospital.

Na noite desta quarta-feira, Thiaguinho deu entrada no Hospital Santa Catarina, em São Paulo, e realizou diversos exames. Nesta manhã, foi encaminhado e internado no Sírio Libanês.  O último show do pagodeiro aconteceu na terça-feira, no Club A, também em São Paulo.

Lançamento de EP e DVD

Com gravação de seu segundo DVD marcada para dezembro, Thiaguinho vai lançar em agosto o seu primeiro EP com músicas inéditas e parceria de Rodriguinho.

O cantor está noivo da atriz Fernanda Souza desde 12 de junho deste ano, após mais de dois anos de namoro. Em entrevista ao UOL, a atriz disse que vai realizar um desejo do pagodeiro. "O Thiago sempre teve esse sonho. Ele faz questão da cerimônia, de festão e eu vou realizar o sonho dele", contou.

Veja os compromissos do cantor Thiaguinho que estão suspensos:
19/07 – Show Alegre/ES
20/07 – Show São Paulo/SP (Evento Samba São Paulo)
21/07 – Show União da Vitória/PR
22/07 – Rio de Janeiro/RJ (Agenda JMJ - Evento Vida In Concert)
23/07 – Show São Paulo/SP (Clube A)
24/07 – Fortaleza/CE - Participação no DVD de Dorgival Dantas
25/07 – Ribeirão Preto/SP – Palco da Mega FM
26/07 – Rio de Janeiro/RJ (Participação DVD Péricles)
26/07 – Show São José do Rio Preto/SP
27/07 – Show Embu das Artes/SP (Caipirão)
28/07 – Show Londrina/PR
28/07 – Show Maringá/PR (Samba Maringá)
29/07 – Show Rio de Janeiro/RJ (Clube Monte Líbano) e Estúdio Nativa FM RJ
30/07 - Show São Paulo/SP (Clube A)
02/08 – São Paulo/SP (Eucaliptos)
03/08 – Show Recife/PE (Maior Show do Mundo) e participação DVD Cláudia Leite
04/08 – Itabela/BA

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Ator de 'Tropa de Elite' abandona Telexfree após bloqueio de dados

Sandro Rocha (debruçado sobre a mesa) durante participação no filme Tropa de EliteO ator Sandro Rocha, que interpretou o personagem "Rocha" no filme "Tropa de Elite", publicou nesta semana um vídeo afirmando que vai deixar a Telexfree, empresa investigada por indícios de formação de pirâmide financeira --modalidade considerada ilegal porque só é vantajosa enquanto atrai novos investidores.

O ator foi um dos maiores divulgadores do negócio, por meio de vídeos na internet. Em uma dessas publicações, ele afirma ter ajudado parentes e amigos a entrarem no negócio.

O anúncio da saída do ator do negócio ocorre após o bloqueio do acesso dos associados da Telexfree ao escritório virtual da empresa, no qual era possível verificar as informações sobre ganhos. A empresa afirma que a medida foi tomada após a tentativa de invasão dos terminais por hackers.

Sobre o bloqueio, Sandro Rocha diz ser uma "sacanagem" com os associados. Ele cita o caso de pessoas que largaram o emprego para se dedicar integralmente à Telexfree.

Atuando no Brasil desde março de 2012, a Telexfree vende planos de minutos de telefonia de voz sobre protocolo de internet (VoIP, na sigla em inglês).

'Eu sou um divulgador como você'
O ator inicia o vídeo pedindo serenidade para os associados da empresa. "Não teve ninguém mais na Telexfree que quisesse que essa situação fosse desenvolvida de forma mais rápida do que eu. O que fizeram contra a empresa foi uma arbitrariedade, uma loucura", disse.

Sandro Rocha afirma que agiu "muito no emocional" durante o processo de bloqueio de contas da empresa. "Eu também tenho muito dinheiro lá parado, mas quando você convida mais pessoas para o negócio, você acaba se envolvendo com isso".

O ator declarou que não tem nenhuma responsabilidade sobre a situação jurídica da Telexfree. "Quem tem que tomar medida cabível é a empresa. Eu sou um divulgador como você".

Rocha afirma, ainda, que vai aderir a outra empresa, a Multiclick --ela também está sendo investigada pelo Ministério Público por suspeita de ser uma pirâmide financeira. 

Telexfree culpa hackers por bloqueio de dados
A Telexfree (Ympactus Comercial Ltda.) bloqueou o acesso de seus associados ao escritório virtual da empresa, no qual era possível verificar as informações sobre ganhos. A empresa afirma que a medida foi tomada após a tentativa de invasão dos terminais por hackers.

Segundo o advogado da empresa, Horst Fuchs, o bloqueio do site é temporário. "Foi detectada uma tentativa de invasão, em que algum hacker estaria tentando invadir o sistema, provavelmente para fazer uma transferência não autorizada", disse. 

Para o advogado da Telexfree, a medida pretende preservar os direitos dos associados e o cumprimento da ordem judicial. "Nós não vamos permitir que esse tipo de transação ocorra", afirmou.

Justiça proibiu movimentação financeira
A movimentação de dinheiro da empresa está proibida pela Justiça desde o final de junho. A Telexfree também continua proibida de realizar novos cadastros de divulgadores, sob pena de multa diária de R$ 500 mil.

O Tribunal de Justiça do Acre, que julga o caso, decidiu que havia urgência em "paralisar-se crescimento da rede" para evitar "consequentes prejuízos que poderá causar a um sem número pessoas".

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››