RÁDIO CIDADE AO VIVO

Ouça pela Rádios Net

Ouça pelo Listen 2 My Rádio

Imagem relacionada
Loading ...
Loading ...

segunda-feira, julho 29, 2013

Sindicato espera por folha de junho para tomar medidas contra Estado

“Vamos aguardar o pagamento do mês de julho. Se  o Estado não cumprir a decisão judicial voltaremos aos Tribunal de Justiça para denunciar por descumprimento à justiça”.  A ameaça parte da presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público da Administração Direta do RN (Sinsp-RN), Janeayre Souto.

A entidade já havia pleiteado junto ao TJ, o pagamento integral do Plano de Cargos e Salários, Carreira e Remuneração e  a prisão da governadora Rosalba Ciarlini e dos secretários Obery Rodrigues (Planejamento) e Alber Nóbrega (Administração).

Janeayre acrescenta que além das solicitações, o sindicato quer uma intervenção do Supremo Tribunal de Justiça ou Tribunal de Justiça do RN designe dois representantes do governo para implantação do Plano de Cargos Carreira e Remuneração.

“O governo não respeita a lei. A prova são os 1600 processos que já ajuizamos em defesa dos servidores”, acusa ela.

Até agora já foram julgados 35 processos que beneficiaram 750 servidores. Em janeiro de 2011, o Estado pagou 30% do valor devido.  “Porém eles continuam sonegando os outros 70%  dos rendimentos à categoria”, diz a sindicalista.

Santino  Arruda, presidente do Sindicato dos Servidores da Administração Indireta (Sinai) , cujos servidores também pleiteiam as mesmas reivindicações informa que o Estado conseguiu suspender no STJ a tramitação do cumprimento do pagamento.

“ Mas já estamos com nossos advogados em ação para fazer com que ação retorne ao seu curso. O próprio STJ garantiu o julgamento  desse processo que foi suspenso porque o tribunal acatou alegações falsas do governo.

Uma delas, segundo Arruda, é de que o governo não poderia pagar porque iria feri o Limite Prudencial. “ Uma mentira deslavada  porque eles deram reajustes para médicos e militares da Policia e do  Corpo de Bombeiros. Como é que pode para uns e outros não?”, questiona

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Suspeita de pirâmide: Divulgadores da Telexfree cobram R$ 2,8 milhões em 176 processos judiciais

Divulgadores preocupados, pois o número de processos contra a empresa disparou. Foto: DivulgaçãoDivulgadores da Telexfree , como são chamadas as pessoas que pagaram para entrar no negócio, abriram ao menos 176 ações contra empresa, segundo levantamento feito pelo iG  em 25 das 27 Unidades da Federação ao longo da última semana.

Nos processos, os divulgadores cobram R$ 2,8 milhões em investimentos feitos, lucros prometidos e não pagos e, em muitos casos, indenizações por dano moral.

“Eu fui procurado por mais de 300 pessoas, que têm mais de 1 mil contas na Telexfree”, diz o advogado Rogerio Cesar de Moura, de São José dos Campos (SP), que já representa três clientes. Só para um deles, pede R$ 312,9 mil.

As contas da Telexfree foram bloqueadas por decisão da 2ª Vara Cível de Rio Branco (AC) no dia 18 de junho , a pedido do Ministério Público do Acre (MP-AC), que acusa a empresa de ser a maior pirâmide financeira da História do País. Os representantes negam irregularidades.

Desde então, os divulgadores estão impedidos de resgatar o dinheiro que colocaram no negócio ou receber eventuais lucros. Os representantes da empresa têm prometido que vão regularizar a situação, mas já perderam sete recursos.

O número de processos contra a empresa disparou. Dos 176 casos analisados, 155 chegaram às mãos dos juízes depois do bloqueio das contas e desses, 63 nos últimos 11 dias.

A quantidade total de processos é pequena se comparada ao número de pessoas na Telexfree. Segundo os responsáveis pela empresa, a rede de divulgadores tem entre 450 mil e 600 mil pessoas que pagaram, no mínimo US$ 299 para entrar no sistema.

As quantias pedidas também são tímidas: logo que o bloqueio aconteceu, os sócios da empresa tentaram transferir R$ 101 milhões para outras empresas do grupo. Não se sabe o total do valor disponível nas contas da Telexfree e de seus sócios.

A maioria das ações (108) foi aberta no Espírito Santo – onde está a sede da empresa – e em São Paulo. O Acre, onde ocorre a mais importante batalha jurídica da empresa, tem apenas 17 dos casos analisados.



‘Direito não socorre quem dorme’

O Ministério Público do Acre (AC) diz que o congelamento das contas é necessário para garantir o ressarcimento de quem investiu dinheiro no negócio. Mas a própria promotora Alessandra Marques, que atua no caso, acredita que nem todos conseguirão ver todo o seu dinheiro de volta . Os lucros sequer devem ser pedidos.

Alguns divulgadores, então, têm tentado garantir a parcela a que acreditam que têm direito na  Justiça. Em 19 de julho, por exemplo, o ex-vice-presidente da seccional mato-grossense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/MT), Samir Badra Dib, conseguiu uma liminar que lhe reserva R$ 101,6 mil. Outra divulgadora de Casca (RS), conseguiu R$ 3.078.

As decisões liminares (temporárias) preveem que a 2ª Vara Cível de Rio Branco (AC) faça uma espécie de reserva das verbas devidas a esses divulgadores até que as ações chegem ao fim.



Decisões contrárias

A Telexfree pode recorrer em ambos os casos. Procurada, a defesa enviou ainda quatro casos em que os juízes decidiram a favor da empresa – em três deles, os processos foram extintos.

Segundo o advogado Wilson Furtado Roberto, os juízes têm entendido que há vícios nos processos que os impedem de ser analisados: por exemplo, argumentam que as ações deveriam ser propostas em Vitória (ES), que  é a comarca prevista nos contratos feitos com os divulgadores.

“Os juízes já estão reconhecendo de ofício a falta de interesse de agir [falta de intenção razoável para abertura do processo], determinando a extinção da ação sem resolução do mérito [sem que o pedido seja analisado], com fulcro no artigo 267 IV ou VI do Código do Processo Civil, bem como que há incompetência territorial face a cláusula de foro que elegeu Vitória-ES como a comarca responsável para dirimir quaisquer tipos de conflitos, já que não se trata de relação de consumo, mas relação comercial/empresarial”, argumentou Roberto.

Só quando houver descongelamento

Para José Nantala Bádue Freire, do Peixoto e Cury Advogados, mesmo quem obtiver uma decisão favorável só vai conseguir ver a cor do dinheiro depois de as contas da empresa serem desbloqueadas. Além disso, as medidas não significarão que, necessariamente, eles receberão antes que os demais.

Quem ganhou ação, por outro lado, conseguirá reaver o dinheiro mesmo que o MP-AC não consiga obrigar a Telexfree a devolver todas as verbas.

“Se os interessados entrarem com ações contra ela e tiverem êxito, formalizarão seus créditos de forma segura e poderão tentar reavê-los através de execuções ou, quem sabe, até num processo de recuperação judicial ou falência, quando o patrimônio da Telexfree estiver disponível”, afirma Freire.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Cerca de R$ 20 milhões: Superfaturamento da ponte construída por Wilma de Faria deve ser julgado em agosto

Newton Navarro foi inaugurada em 2007 e foi considerada a grande obra de Wilma. Foto: Divulgação
Rosalba Ciarlini, do DEM, acabou sendo a responsável por atrasar o julgamento de um dos maiores escândalos na gestão da ex-governadora – e adversária política – Wilma de Faria, do PSB. Explica-se: a análise das contas de 2012 da atual governadora Rosalba impediu que o conselheiro Renato Dias, do Tribunal de Contas do Estado (TCE), se dedicasse ao complexo processo de cerca de 70 volumes referentes à construção da Ponte de Todos – Newton Navarro, que pode ter sido superfaturada. Agora, a previsão é que o processo seja levado ao plenário apenas no final de agosto ou início de setembro.

Essa é a terceira “previsão” de julgamento do processo da Newton Navarro. No final do ano passado, quando o processo finalmente voltou ao gabinete do conselheiro Renato Dias, após quase quatro anos no corpo instrutivo do TCE, a previsão era que ele fosse julgado até o meio deste ano. Porém, o processo precisava ainda de análise do Ministério Público de Contas e foi para lá que ele foi. Retornou apenas em abril, com um parecer “divergente” daquele apresentado pelo corpo instrutivo.

Nos pareceres apresentados até o momento, o corpo instrutivo do TCE apontou que houve um superfaturamento de, aproximadamente, R$ 20 milhões na construção da Newton Navarro.

Divergente em muitos aspectos dessa análise, o então procurador-geral do MP junto ao TCE, Thiago Guterres, analisou que o “superfaturamento” tinha sido bem menor, de pouco mais de R$ 1,6 milhão. “Considerando a comprovada ocorrência de omissão ao dever constitucional de prestar contas, tendo por alvo que os pagamentos decorrentes das notas de empenho ’2007NE017′ e ’2007NE028′ resultaram num dispêndio público de R$ 1.616.625,36, desacompanhados de qualquer nota fiscal hábil a atestar a regularidade da sua destinação substancial”, colocou.

No parecer, que excluiu Wilma de Faria (assim como naquele feito pelo corpo instrutivo) da lista de “réus”, foi pedida a condenação de membros do primeiro escalão da gestão da ex-governadora, entre eles, o atual deputado estadual, Gustavo Carvalho, do PSB, e o ex-secretário de Infra-Estrutura, Adalberto Pessoa, Carlos Cabral Freitas de Macedo e Ulisses Bezerra Filho.

Dessa forma, segundo Renato Dias, seria preciso uma análise mais detalhada do processo. Uma dedicação quase exclusiva, que ele não pode dar por ter recebido, na mesma época que o processo voltou para o gabinete dele, a ação de análise das contas de 2012 do Governo do Estado, já na gestão Rosalba Ciarlini. “Estava previsto, mas como as contas de Rosalba, que fui o relator, não pude me dedicar totalmente ao processo da ponte, que é muito complexo e precisa dessa dedicação. Agora, como conseguimos terminar a análise do processo do Governo, poderemos nos dedicar mais ao da Ponte e levá-lo a julgamento no TCE até o final de agosto”, justificou Renato Dias.

NEWTON NAVARRO

Inaugurada no dia 21 de novembro de 2007, após três anos de construção, e considerada a maior obra do governo Wilma de Faria, a Ponte de Todos custou aos cofres públicos R$ 194 milhões, apesar de estar inicialmente orçada em R$ 170 milhões. Só para a festa de inauguração foram gastos R$ 1,15 milhão. Vale ressaltar, porém, que apesar de inaugurado, o projeto da Ponte de Todos jamais foi concluído. A instalação do sistema de proteção (defensas) nos dois pilares do vão central da ponte, por exemplo, e a desapropriação dos terrenos próximos à ponte, para a construção de um viaduto do lado da Redinha, também não saiu do papel.

E o que ficou pronto, até hoje, rende questionamentos na Justiça Federal do Rio Grande do Norte e no Tribunal de Contas do Estado, acumulando a lista de casos polêmicos ocorridos durante a gestão Wilma de Faria. Além da denúncia de superfaturamento da Ponte de Todos, houve casos também como o Foliaduto (pagamento do Governo para shows que jamais ocorreram e que também é analisado no TCE); e as operações, como a Higia (contratação de terceirizados por meio de contratos superfaturados na Saúde Pública e que acabou por envolver entre os réus o filho da governadora). (CM)

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Mais um caixa eletrônico é arrombado em Natal

Bandidos entraram sem disparar o alarme de segurança e realizaram o roubo. Foto: Caninde SantosPor volta da 6h50 desta segunda-feira (29), Maria Crismenia, funcionária de rede de farmácias Santa Fé há sete anos, abria a loja localizada na Avenida Xavantes, no bairro Pitimbu, para o que deveria ser mais um dia de trabalho como os outros. Mas o primeiro sinal de que algo estranho havia acontecido foi quando o alarme da loja, que sempre é acionado, não disparou desta vez, olhando o interior do estabelecimento, percebeu um grande número de papel pelo chão. Neste momento a mulher não teve dúvida do que fazer e chamou a polícia.

Com a chegada da Polícia Militar ficou constatada violação do caixa eletrônico do Banco do Brasil no interior da loja. De acordo com o sargento Robson Silva os criminosos roubaram apenas uma máquina, mesmo tendo outras duas, uma de cada lado da arrombada. O local nunca sofreu um atentado como este. Mesmo aguardando a chegada do ITEP, constatações preliminares revelaram que não teve uso de explosivos no arrombamento, e sim maçarico, ou ferramentas como pé de cabra e marreta.

De acordo com o policial, todas as gavetas estavam vazias do equipamento. Os bandidos entraram no estabelecimento subindo em uma loja ao lado, a qual está fechada há aproximadamente dois meses. Pelo teto quebraram o gesso que dá acesso ao banheiro da farmácia, após entrarem, cometeram o crime e saíram pelo mesmo lugar sem serem percebidos pelo sensor da loja.

Sargento Robson revelou que até mesmo o sistema de segurança do próprio caixa eletrônico não foi acionado. De acordo com o policial, cada equipamento tem um sensor interno, e a qualquer sinal de violação ele aciona a polícia sobre o perigo, porém este não foi ativado. “Não é comum acontecer esse tipo de coisa. Por qualquer besteirinha o alarme é acionado diretamente com a central da polícia”, declarou Robson.

O sargento disse que a loja tem câmeras, tanto internamente, como também do lado de fora, o que pode ajudar na identificação dos criminosos.
SEXTO ASSALTO

Este mês de julho já contabiliza seis assaltos a caixas eletrônicos em todo o estado. Tanto localizados em agências ou em estabelecimentos, os crimes aconteceram de diversas formas. O último registrado aconteceu no dia 13 deste mês, na cidade de Jardim do Seridó, a 224 Km de Natal, quando oito homens destruíram uma agência bancária com o uso de explosivos.

Dois dias antes uma agência localizada em Apodi foi o alvo da vez. Atentados também ocorreram contra agências bancárias em Grossos, e na capital, um bando chegou a arrombar uma máquina localizada dentro da Secretaria de Tributação com o uso de maçarico. O crime aconteceu a 50 metros da Delegacia Geral de Polícia (DEGEPOL).

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Ministério Público investiga nepotismo em Serrinha dos Pintos

O Ministério Público do Rio Grande do Norte, por intermédio da Promotoria de Justiça da Comarca de Martins, instaurou Inquérito Civil após o recebimento de denúncia de prática de nepotismo no âmbito do Poder Executivo do Município de Serrinha dos Pintos e expediu Recomendação para que sejam exonerados todos os ocupantes de cargos comissionados, em caso de parentesco até o terceiro grau com os representantes do Município.

O MP expediu Recomendação ao Prefeito de Serrinha dos Pintos, no sentido de que se efetue, no prazo de trinta dias, a identificação e a exoneração de todos os eventuais ocupantes de cargos comissionados, função de confiança ou função gratificada que detenham relação de parentesco até o terceiro grau com os ocupantes de cargos do poder executivo municipal.

Mediante a instauração do Inquérito Civil nº 28/2013, o representante do MP irá investigar a prática de nepotismo perante a administração e requisitou ao Município para, no prazo de quinze dias, informar as relações atualizadas das pessoas ocupantes de cargos comissionados e também das pessoas contratadas temporariamente; bem como a relação atualizada dos contratos vigentes,  indicando o nome dos sócios e CNPJ das empresas contratadas, esclarecendo o grau de parentesco entre os sócios das empresas e pessoas ocupantes de cargos no âmbito do poder executivo em Serrinha dos Pintos.

Reprodução Cidade Nedws Itaú
Leia Mais ››

APODI: Prisão por trafico de drogas


APODI- por volta de 17 hs de hoje (29) a guarnição da rádio patrulha sob o comando do Sgt Ivanildo e composta pelos sds Geilson e Tulio prenderam um elemento com 6 tabletes de droga tipo maconha . Os policias estavam em patrulhamento pela baixa do caic, quando avistaram um elemento que é um velho conhecido da policia  ROMIVALDO DANTAS RAMALHO 26 anos vulgo (GOGÓ),  o acusado tem várias passagens pela policia. No momento da abordagem o acusado colocou a  droga dentro da boca foi quando os policias perceberam que a fala dele estava enrolada, assim resolveram mandar ele abrir a boca nesse momento encontraram a droga na boca do acusado. O mesmo foi conduzido junto com a droga para delegacia de policia civil para os procedimentos cabíveis.  

Reprodução Cidade News Itaú via O Guardião da Chapada
Leia Mais ››

PRF confirma 27 acidentes com duas mortes nas rodovias federais do RN

Duas pessoas morreram após se envolverem em acidentes nas estradas federais que cortam o Rio Grande do Norte neste fim de semana. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) foram registrados 27 acidentes, entre a sexta-feira (26) e o domingo (28), desse total 14 sem vítimas. Os casos mais graves ocorreram na madrugada da sexta na BR-405 na cidade de São Francisco do Oeste e no domingo na BR-406, na altura de Guamaré.

O acidente que ocorreu na BR 405 foi uma colisão frontal entre um Celta de placa MYZ-9209-RN e o caminhão de placa MSJ-9685-ES, no Km 134 e provocou a morte de Aldeir Henrique Pontes, de 31 anos, condutor do Celta. O outro acidente vitimou Marcílio dos Santos Silva, de 33 anos, que conduzia uma motocicleta Honda de placa MXP-2089-RN e faleceu ao colidir com um animal no Km 31,8 da BR 406. A passageira Luana Bezerra Martins, 26 anos, teve ferimentos graves.

Segundo a PRF, “as equipes de plantão aplicaram 426 notificações por infrações entre os 1.450 veículos fiscalizados. Além de 62 testes de bafômetro, que resultou na autuação de dez pessoas e a prisão de uma por embriaguez ao volante e seis Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO), a pessoas que dirigiam sem habilitação, bem como por entregarem seus veículos a não habilitados”, informou. 

Ainda no sábado (27), policiais rodoviários do posto de São José de Mipibu, na BR 101, prenderam Daniel Augusto de Oliveira, de 29 anos, condutor do veículo Ford/Fiesta, placa MXX 9875-RN, por apresentar carteira de habilitação falsificada. A ocorrência foi encaminhada a delegacia plantão de Natal.

Já em Mossoró, no km 25 da BR 304, um semi reboque, marca Random, placa BWN 7652/SP, que era conduzido por Carlos Anilton Pereira da Silva, 50 anos foi recuperado por apresentar adulteração do número de identificação veicular.

Reprodução Cidade News Itaú via Eduardo Dantas
Leia Mais ››

Frei Fernando Rossi morre aos 95 anos em Palmeira dos Índios, AL

Frei Fernando Rossi morou em Pernambuco e Alagoas (Foto: Divulgação)O Frei Fernando Rossi, conhecido por acompanhar Frei Damião em suas peregrinações pelo Nordeste, faleceu, na tarde deste domingo (28), no Hospital Regional Santa Rita, em Palmeira dos Índios, município que fica a 135 km da capital alagoana. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), desde a noite da quinta-feira (25), devido às complicações de saúde provocadas por problemas cardíacos.

Com 95 anos de idade e vivendo há 16 anos na Vila São Francisco, povoado do município de Quebrangulo, interior de Alagoas, o Frei Fernando Rossi foi a óbito, segundo o laudo médico, após apresentar complicações devido a uma doença pulmonar obstrutiva crônica e infecção genealizada.

O corpo do Frei Fernando, que nasceu na Itália em 20 de julho de 1918, foi liberado e seguirá para Vila São Francisco, onde será velado e sepultado, segundo nota oficial emitida pela Província Nossa Senhora da Penha do Nordeste do Brasil, ordem a qual o religioso era vinculado.

Companheiro de Frei Damião por mais de 50 anos, Frei Fernando Rossi, cujo nome de batismo é Guiseppe Rossi, é italiano e veio para o Brasil em 1946. Ao lado de Frei Damião, percorreu todo o Nordeste do Brasil em missões, procissões e na pregação do Evangelho de Cristo.

Ele estudou 13 anos em um seminário até ser ordenado padre no dia 29 de fevereiro de 1942. Quatro anos depois seus superiores italianos o enviaram ao Brasil, especificamente, para Recife, em 1947, quando recebeu ordens para acompanhar o missionário Frei Damião nas missões.

Ele permaneceu acompanhando Frei Damião até a morte do religioso, em 31 de maio de 1997. O frei residiu por 17 anos no Convento de São Félix de Cantalice, bairro do Pina, em Recife, até que o ministro-geral da Ordem, John Corriveau, passou a administração do convento para os religiosos brasileiros. Depois disso, ele mudou para a Vila de São Francisco, onde passou 16 anos.

Corpo de Frei Fernando Rossi é velado em Quebrangulo, Alagoas


O corpo de Frei Fernando Rossi, conhecido por acompanhar Frei Damião em  peregrinações, está sendo velado na Igreja da Vila São Francisco, no município de Quebrangulo, interior de Alagoas. O enterro acorrerá na quarta-feira (31) às 10h e a expectativa é de que fiéis de várias partes do Nordeste prestem as últimas homenagens ao religioso. O local ainda do sepultamento ainda não foi confirmado pelo bispo da cidade de Palmeira dos Índios, Dulcênio Fontes.
O Frei Fernando Rossi faleceu na tarde de domingo (28) no Hospital Regional Santa Rita, em Palmeira dos Índios, município que fica a 135 km da capital alagoana. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) desde a noite da quinta-feira (25).

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

RN tem quatro cidades com IDH municipal considerado 'alto'

Das 167 cidades do Rio Grande do Norte, apenas quatro possuem Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) considerado 'alto'. Parnamirim, Natal, Mossoró e Caicó, nesta ordem, são os municípios citados no estudo divulgado nesta segunda-feira (29) pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) intitulado "Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil 2013". Na outra ponta está João Dias, cidade da região Oeste, que teve o pior resultado do estado, considerado como de nível 'baixo' pelo Pnud.

O índice considera indicadores de longevidade (saúde), renda e educação. É a terceira vez que o órgão da ONU realiza o levantamento sobre a situação nos municípios do país – outras duas edições da pesquisa foram divulgadas em 1998 e 2003. O IDH dos municípios vai de 0 a 1: quanto mais próximo de zero, pior o desenvolvimento humano; quanto mais próximo de um, melhor. No atlas de 2013, o IDH foi calculado com  base nos dados do censo demográfico de 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No atlas de 2003, as informações são as do censo de 2000, e, para 1998, a base de dados foi a de 1991. No entanto, neste ano, o Pnud mudou os critérios de aferição do índice, e atualizou os dados dessas duas pesquisas anteriores com base nesses novos critérios.

O Rio Grande do Norte obteve um IDH de 0,684, classificado como 'médio' e abaixo da média brasileira, de 0,727. Natal e Parnamirim foram os únicos municípios do RN acima do nível de desenvolvimento humano do Brasil. Nenhuma cidade do estado entrou no grupo de IDH 'muito alto', para cidades com índices entre 0,8 e 0,899.

As quatro cidades com maiores IDHs do Rio Grande do Norte passaram de médio para alto desenvolvimento humano em dez anos, entre 2000 e 2010. Em Parnamirim, cidade da Grande Natal, o IDH ficou em 0,766. O município é o 274º no ranking nacional, liderado por São Caetano do Sul (SP). O diferencial de Parnamirim foi a educação, indicador no qual a cidade superou Natal, que tinha o melhor IDH no último Atlas. A capital potiguar teve um índice de 0,763 e ocupa na 320º colocação entre as 5.565 cidades do Brasil.

Mossoró, na região Oeste potiguar, tem o 3º melhor IDH do Rio Grande do Norte e 1.301º do país, com índice de 0,720. Enquanto Caicó, na região Seridó, possui IDH de 0,710, índice que o coloca na 1.595º do Brasil. Assim como Natal e Parnamirim, as duas cidades trocaram de posição em relação ao Atlas 2003.

Na última posição entre os municípios potiguares, João Dias é a 172ª cidade com igual ou pior índice de desenvolvimento humano do país. O IDH do município é de 0,530. Em dez anos, a dimensão que mais cresceu em termos absolutos foi educação (com alta de 0,223), seguida por renda e por longevidade. Apesar de ter o pior índice do estado, o IDH da cidade cresceu 126,50% nas últimas duas décadas, acima da média de crescimento nacional (47,46%) e estadual (59,81%).

A lista das cidades potiguares com menores níveis de desenvolvimento humano continua com Parazinho (0,549), Ielmo Marinho (0,550) e Lagoa de Pedras (0,553).

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

CBTU reduzirá limite de velocidade em passagens de nível de Natal

Caminhão foi atingido por trem na zona Oeste de Natal (Foto: Igor Jácome/G1)
A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) reduzirá o limite máximo de velocidade nas passagens de nível de Natal. A medida de segurança vem sendo estudada em virtude dos últimos acidentes envolvendo trens nos cruzamentos da linha férrea com as ruas a capital potiguar. Atualmente os maquinistas não devem ultrapassar os 20 quilômetros por hora nas passagens de nível.

A equipe da companhia está analisando o desempenho dos trens com velocidades reduzidas. "É importante que haja equação entre segurança e pontualidade", ressalta o coordenador de comunicação e marketing da CBTU, Rafael Albuquerque.  Já foi testada a velocidade de 10 quilômetros por hora nas passagens de nível, porém os veículos atrasaram. Novos testes serão feitos nas próximas semanas. "Isso ajuda na prevenção de acidentes. Além disso vamos manter as campanhas educativas que mantemos em escolas e rádios", explica Rafael Albuquerque.

No mês de julho foram dois acidentes. O primeiro, no dia 10, envolveu um ônibus na linha férrea que cruza a avenida Bernardo Vieira. A colisão que matou  um adolescente de 14 anos e deixou dezenas de pessoas feridas. Imagens registradas pelo sistema de câmeras da Prefeitura de Natal mostram o ônibus passando pelo corredor exclusivo e avançando sobre a passagem de nível enquanto os outros veículos pararam. O sinal estava verde na hora que o ônibus passou. O motorista ainda tentou desviar para a direita, mas o veículo acabou atingido na lateral pelo trem e tombou do outro lado da linha férrea.

No dia 23 um caminhão invadiu uma casa ao bater em um trem na linha férrea que cruza a avenida Miguel Castro. O morador da casa chegou a ser atingido por tijolos e pedaços de madeira, mas não se feriu. O motorista do caminhão e seu auxiliar também saíram ilesos da colisão. De acordo com o oficial de operações do Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE), o acidente aconteceu na altura do bairro Bom Pastor.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Abel Braga se despede do Flu e diz: 'Se fosse dirigente, também mudaria'

abel braga fluminense sandro lima (Foto: Rafael Cavalieri)Abel Braga foi demitido do Fluminense nesta segunda-feira. Depois de cinco derrotas seguidas e da entrada da equipe na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, o presidente Peter Siemsen confirmou a saída do treinador em entrevista coletiva nesta tarde nas Laranjeiras. Na despedida, o comandante pediu para falar e se mostrou chateado com o adeus. Mas disse também entender a decisão da diretoria tricolor.
- Se eu fosse dirigente, eu também mudaria o treinador. Fica o meu agradecimento a todos, sem exceção. Um agradecimento enorme por ter me proporcionado esses momentos. Foram 26 meses, coisa rara no futebol brasileiro. Era hora de mudar. Vou repetir uma frase que disse para um jogador. Algum gênio escreveu isso. O covarde nunca tenta, o fracassado nunca desiste e os vencedores sempre sabem onde querem chegar - resumiu o treinador.
Antes de deixar a sala, Abel recebeu ainda uma miniatura da taça de campeão brasileiro de 2012 das mãos do vice-presidente de futebol Sandro Lima.
- É por isso que esse clube é diferente - disse.
Técnico do sub-17 pode comandar o time contra o Cruzeiro

Pouco antes de o treinador se despedir, o presidente Peter Siemsen falou com emoção sobre a demissão. Segundo o mandatário, o clube precisa respirar “novos ares”. Apesar do anúncio da demissão, ele deixou claro que ainda não sabe quem será o responsável por comandar o time no jogo contra o Cruzeiro, na próxima quarta-feira, às 19h30m (de Brasília), no Maracanã.

- Não garanto que vá ter treinador na quarta. Avançamos nas conversas e temos condições de fechar algo rápido. Não sou muito da filosofia de mudar várias vezes o treinador. Não é algo positivo. Mas existem momentos que alguma decisão precisa ser tomada. Funcionou durante dois anos, mas agora não está mais funcionando. A nossa escolha vai mostrar para vocês a direção que vamos caminhar - anunciou Peter, frisando ainda que não ia falar sobre os possíveis candidatos ao cargo.

Peter Siemens Fluminense coletiva (Foto: Rafael Cavalieri)Três nomes são ventilados: Vanderlei Luxemburgo, ex-Grêmio, Ney Franco, ex-São Paulo, e Cristóvão Borges, atualmente no Bahia. A primeira opção é a preferida do presidente da patrocinadora do clube, Celso Barros, mas encontra resistência no Fluminense, inclusive do próprio presidente. Cristóvão teria a vantagem de já ter trabalhado com Rodrigo Caetano no Vasco, mas a permanência do o diretor executivo em 2014 é incerta.

Se o Fluminense não contratar um treinador até quarta-feira, data do jogo contra o Cruzeiro, o time será comandado pelo técnico Marcos Valadares, responsável pela equipe sub-17, já que Marcelo Veiga, dos juniores, está na Alemanha para a disputa de uma competição da categoria. Opções à parte, Peter Siemsen falou em tom emocionado sobre o fato de ter de demitir Abel.
- Conversamos ontem (domingo) e hoje (segunda-feira). A conversa foi mais emotiva por tudo o que a gente viveu. Eu que sou presidente amador, torcedor, vejo hoje o quanto é duro o futebol. A questão das mudanças. Cria-se amizade, carinho, respeito, ver a defesa que o Abel faz do Fluminense, e é chegado o momento da separação. Ela está sendo da maneira mais carinhosa e respeitosa possível. Vivemos momentos maravilhosos juntos e também sofremos juntos. Precisamos saber lidar com isso - lembrou.

Segundo o presidente, os jogadores receberam a notícia da mesma forma que a diretoria, com um certo ar de tristeza.

- Eles receberam da mesma forma que a gente. Vivemos grandes momentos e algumas dificuldades nos últimos anos - disse.

Já Abel deixou nítida a sua admiração pelo elenco atual:

- Não estou deixando o Fluminense, fui demitido. Eu não deixaria um grupo fantástico como esse. Não poderia largar num momento em que o clube não está vencendo. Vou ser muito breve porque já me emocionei na despedida dos jogadores. Hoje eu vi que era muito mais querido por esse grupo do que eu pensava. Estou deixando o clube como o terceiro treinador que mais dirigiu a equipe, mas deixo um pedaço meu aqui - frisou.

Garantia de pagamento

O contrato de Abel Braga com a Unimed, válido até o mês de dezembro, não tem multa rescisória. Mas o compromisso dele com o Fluminense, assinado por tempo indeterminado (em regime de CLT - Consolidação das Leis do Trabalho), é mais um problema para o clube. Somando dois meses de salários devidos, FGTS não recolhido e direitos de imagem também atrasados, o Tricolor precisará desembolsar cerca de R$ 2,05 milhões pela demissão de toda a comissão técnica, formada também pelo auxiliar técnico Leomir, os preparadores físicos Cristiano Nunes e Marcelo Chirol, o preparador de goleiros Marquinhos e o observador Fábio Moreno.
- Pagamos muitas dívidas nos últimos meses. Estamos esperando a reinclusão na Timemania. O que não tivermos condições de pagar ao Abel agora, a gente parcela de forma a retormar o projeto de sempre cumprir as obrigações. Fomos retardados nessa iniciativa por causa de uma ação ilegal e uma perseguição injusta (da Procuradoria Geral da Fazenda do Rio) a um clube que quer pagar suas dívidas. Esse percalço não vai nos impedir de colocar tudo em dia em breve - explicou Peter Siemsen.
Abel Braga chegou às Laranjeiras em 2011, após uma espera de três meses do Fluminense, que foi treinado nesse período pelo auxiliar Leomir.  Ele assumiu um time em mau momento e o conduziu ao terceiro lugar do Brasileiro daquele ano, conseguindo a classificação para a Libertadores. Foi campeão carioca e brasileiro em 2012, mas não teve sucesso na Libertadores, caindo nas quartas de final. A decepção se repetiu neste ano, com a eliminação para o Olimpia na mesma fase.


Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Noiva e padrinho morrem nos Estados Unidos, em acidente antes do casamento

Brian Bond e Lindsey Stewart se casariam em duas semanasUm acidente acabou com os planos de casamento de Brian Bond, de 35 anos, e Lindsey Stewart, de 30. Os dois se divertiam com alguns amigos na festa pré-nupcial em um barco no Rio Hudson, em Nova York, nos Estados Unidos, nesta sexta-feira, quando colidiram com outra embarcação. A noiva e o padrinho do casamento morreram.
O corpo do padrinho, Mark Lennon, de 30 anos, foi retirado da água neste domingo. A noiva foi encontrada na manhã de sábado. Os dois estavam na frente da lancha e foram lançados na água com o impacto. O noivo sofreu uma fratura na órbita ocular, segundo o jornal New York Daily News, e será submetido a uma cirurgia ainda nesta segunda-feira. O casamento estava marcado para daqui a duas semanas.
- Ele está em paz. Era uma pessoa muito feliz, queria celebrar a vida. E é isso que vamos fazer - desabafou Dympna Lennon, mãe de Mark, ao The Journal News.
O condutor da lancha, Jojo John, de 35 anos, é acusado de estar bêbado no momento do acidente. Ele também ficou ferido no acidente. Segundo a imprensa local, o rapaz deve ser acusado formalmente de outros crimes. Ele já tem passagens para a polícia por envolvimento com drogas.
Brian Bond e Lindsey Stewart estavam nos preparativos finais para o casamento. O rapaz ficou inconformado com a morte da noiva. O corpo do padrinho de casamento, Mark Lennon, de 30 anos, foi encontrado neste domingo, no Rio Hudson. A lancha onde eles estavam colidiu com outra embarcação, na noite de sexta-feira.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

PMN desiste da fusão com PPS que criaria a Mobilização Democrática

O PMN decidiu em convenção nacional realizada no domingo desistir da fusão do partido com o PPS, que criaria a legenda chamada de Mobilização Democrática. A fusão dos dois partidos havia sido anunciada em abril, mas ainda faltava o registro no Tribunal Superior Eleitoral.
O PMN alegou dois principais motivos para desistir da fusão. O primeiro deles foi, segundo o partido, divergências verificadas nos diretórios estaduais entre representantes do PMN e do PPS. A segunda, de acordo com o PMN, foi a decisão do PPS de esperar a resposta de uma consulta ao TSE antes de registrar a fusão no tribunal. A consulta, feita por outro o partido, o PSB, questionou o tribunal sobre a possibilidade de partidos que se fundirem poderem atrair parlamentares de outros legendas sem que incorram em infidelidade partidária.
Em nota divulgada nesta segunda, o PPS disse que "lamenta" a decisão tomada pelo PMN. "Respeitamos a decisão soberana do PMN, mas reiteramos que a fusão entre os dois partidos, aprovada em Congresso Extraordinário do PPS realizado em abril deste ano, representaria, em nosso entendimento, o surgimento de uma nova formação política que possibilitaria um maior protagonismo da oposição ao atual governo e revigoraria a própria democracia brasileira", diz o texto.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Justiça de Goiás decreta novo bloqueio de bens da empresa BBom

BBom diz que vai recorrer e afirma que rastreadores são homologados (Foto: Divulgação)A empresa BBom, que teve seus bens bloqueados e atividades suspensas por suspeitas de pirâmide financeira, no início do mês, voltou a ter seus ativos financeiros impedidos de movimento por continuar em operação após a decisão judicial. Segundo informações do Ministério Público Federal em Goiás (MPF-GO), uma ação foi aceita pela Justiça Federal de Goiás e os bens do grupo e dos sócios foram novamente alvo de bloqueio, via Banco Central.
O G1 entrou em contato com a assessoria de imprensa da BBom e aguarda resposta.
Também foram acionadas para prestação de informações as empresas Maxtrack Industrial e Over Book, que fornecem os rastreadores de veículos para a BBom. De acordo com o MPF, as companhias terão de esclarecer qual a capacidade operacional dos produtos por mês e quantos clientes adquiriram os rastreadores em todo o país. Além disso, devem detalhar quantos rastreadores foram comprados pela Embrasystem em 2013 e a relação dos aparelhos entregues.

A BBom é investigada por uma força-tarefa, que realiza uma varredura em todo o país contra a prática de pirâmide financeira, que é ilegal. Em Goiás, os Ministérios Público Federal e Estadual suspeitam que a companhia não tenha todos os rastreadores oferecidos aos associados. A BBom, contudo, garante que vai cumprir todos os compromissos e entregará os aparelhos.
O MPF também anexou aos autos do processo 1.200 reclamações contra a BBom, registradas por clientes no site Reclame Aqui, nos quais alegam que nunca receberam os aparelhos e que nem chegaram a ter suas contas ativadas pela empresa.

Ainda segundo o MPF-GO, a Justiça também acatou um pedido para que o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) preste esclarecimentos sobre a empresa Unepxmil, da Embrasystem, mesmo grupo da BBom, já que o órgão declarou em juízo que a companhia não possui homologação e certificação para prestar os serviços de monitoramento e localização de veículos. Sendo assim, atuaria ilegalmente no país.

Bloqueio de bens
Os pedidos de bloqueio de bens e suspensão das atividades foram acatados pela juíza federal substituta da 4ª Vara Federal de Goiânia, Luciana Laurenti Gheller, no último dia 10. Desde então, estão bloqueados R$ 300 milhões em contas bancárias do grupo, além de cerca de 100 veículos, incluindo motos e carros de luxo como Ferrari e Lamborghinis.

Em uma segunda liminar, no dia 17 de julho, a juíza determinou a "imediata suspensão" das atividades desenvolvidas pela empresa Embrasystem, conhecida pelos nomes fantasia BBom e Unepxmil, e proíbe o cadastro de novos associados bem como a captação de recursos financeiros junto aos associados que já integram a rede.

Segundo o MPF-GO, o pedido de bloqueio dos bens visa garantir uma futura indenização para os clientes que teriam sido lesados pela BBom. No entanto, os associados podem ser ressarcidos apenas com os valores que investiram inicialmente no negócio, e não os lucros e bonificações prometidos pela empresa.

Esquema
Segundo a Justiça, os integrantes da BBom são remunerados pela indicação de novos participantes no negócio, sem levar em consideração a quantia gerada pela venda dos produtos. Isso caracteriza o esquema de pirâmide financeira.
Os interessados se associavam mediante o pagamento de uma taxa de cadastro, no valor de R$ 60, mais uma taxa de adesão, que variava de R$ 600 a R$ 3 mil, de acordo com o plano escolhido. Depois disso, a pessoa era obrigada a atrair novos associados e pagar uma taxa mensal no valor de R$ 80, pelo prazo de 36 meses. Quanto maior o número de novos integrantes, maior seria a premiação ou bonificação que seria oferecida pela empresa.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Acidente com caminhão-tanque e carros deixa mortos na BR-116

Acidente envolvendo caminhão-tanque e carros deixa mortos na BR-116, na Zona da Mata de MG  (Foto: Divulgação / Polícia Rodoviária Federal)Um acidente envolvendo um caminhão–tanque e carros de passeio deixou mortos e feridos na tarde desta segunda-feira (29) na BR-116, entre as cidades de Leopoldina e Além Paraíba, na Zona da Mata de Minas Gerais, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal.
Informações preliminares da corporação, às 19h15, apontavam nove pessoas mortas. No mesmo horário, não havia uma contagem oficial do número de feridos.
A polícia informou que houve incêndio no local do acidente. Equipes da PRF e dos bombeiros atendem à ocorrência. Segundo a corporação, a rodovia chegou a ficar totalmente interditada na altura do km 781, porém, às 18h, parte da pista já estava liberada.
A Copasa informou que uma pequena quantidade de combustível atingiu o manancial do Rio Pirapetinga, que abastece a cidade de Leopoldina. Apesar disso, o abastecimento está normal. A empresa monitora o manancial e a captação da água.
Segundo a PRF, o combustível transportado pelo caminhão tanque não foi identificado.

Após batida, veículos pegaram fogo na BR-116, na Zona da Mata de Minas Gerais (Foto: Divulgação / Polícia Rodoviária Federal)

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Caixão 'misterioso' é aberto no Reino Unido e contém mais um caixão

Caixão de chumbo achado dentro de caixão de pedra em Leicester deve conter frade ou cavaleiro (Foto: Universidade de Leicester)Um caixão de chumbo dentro de outro maior, de pedra, foi o que os arqueólogos da Universidade de Leicester, no Reino Unido, encontraram ao abrir a tampa de metal da sepultura do século 14 localizada perto do corpo do rei Ricardo III, morto no século 15 e exumado de um estacionamento da cidade em setembro de 2012.

A tampa de chumbo do caixão maior – que tem 2,12 metros de comprimento, por 30 cm de altura, por 60 cm de largura na altura da cabeça e 30 cm de largura na altura dos pés – precisou de oito pessoas para ser retirada. Ela revelou por dentro um caixão quase intacto, exceto por um buraco em uma das extremidades, por meio da qual é possível ver os pés de alguém.
Esse alguém, segundo os cientistas, poderia ser um dos chefes da Ordem Franciscana na Inglaterra (o religioso Peter Swynsfeld, que morreu em 1272, ou o frade William de Nottingham, que morreu em 1330), ou ainda um cavaleiro medieval chamado Mutton, que foi prefeito de Leicester e seria, na verdade, Sir William de Moton de Peckleton, que morreu entre 1356 e 1362.
Ainda de acordo com os estudiosos, que estão nesse novo trabalho há um mês, o sepultamento provavelmente foi de uma pessoa de grande status. Nenhuma inscrição foi vista na tampa do caixão, mas há uma cruz soldada no metal.
"Ninguém da equipe já tinha escavado um caixão de pedra intacto antes, muito menos um caixão de chumbo e, para mim, foi tão emocionante como encontrar Ricardo III", disse no blog da universidade o arqueólogo e diretor do trabalho de campo Mathew Morris.
Séculos antes de o lugar abrigar um estacionamento, funcionava no local o mosteiro de Greyfriars. Agora – com as atuais escavações e a descoberta de um pedaço de piso bem preservado, restos de cerâmica, metais, vidros e corpos humanos, que serão limpos, catalogados e analisados –, os arqueólogos têm uma ideia melhor sobre a disposição do antigo edifício (que seria uma igreja, capela ou um prédio ligado ao mosteiro) e de que forma o túmulo de Ricardo III se encaixava dentro do coro. Apesar disso, eles ainda não acharam evidências da nave principal, que parece ter sido completamente destruída.
O caixão de pedra calcária – considerado incomum, por ser o único de pedra encontrado totalmente intacto – foi desencavado na mesma época que o esqueleto de Ricardo III. Mas, como estudar o monarca era prioridade, o objeto não pôde ser avaliado antes.

Visão longitudinal do novo caixão encontrado em estacionamento (Foto: Universidade de Leicester)

Oito pessoas foram necessárias para remover tampa de metal do caixão maior (Foto: Universidade de Leicester)


Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Ganhador da Mega foi a lotérica no RS pagar conta e fez aposta 'surpresa'


Ganhador da Mega-Sena ainda não retirou prêmio de R$15 milhões no RS (Foto: Sérgio Silva/Arquivo Pessoal)O ganhador da Mega-Sena do último sábado (27) ficou milionário por acaso, segundo a Caixa Econômica Federal. O apostador de Sapucaia do Sul, que ganhou sozinho uma bolada de mais de R$ 15,2 milhões, se dirigiu a lotérica para pagar uma conta de luz e foi surpreendido pela atendente que lhe ofereceu a chamada Surpresinha, um tipo de jogo em que a própria máquina escolhe os números da aposta para a pessoa.
Ainda conforme a Caixa, o ganhador já se apresentou em uma agência bancária do município na tarde desta segunda-feira (29) e está analisando a melhor forma de retirar o dinheiro. A Caixa não divulgou se o apostador é um homem ou uma mulher.
A aposta no valor de R$ 2 foi realizada na manhã de sábado (27) na Lotérica Federal, localizada no Centro de Sapucaia do Sul, cidade com 130 mil habitantes a 25 km de Porto Alegre. O gerente do local, Sérgio Luiz da Silva, confirma a versão da Caixa e ainda brinca com a atendente que não foi trabalhar nesta segunda-feira. “Foi isso mesmo que aconteceu. Às vezes sobra algum troco e geralmente a gente oferece este tipo de aposta para estimular. Só que a funcionária não veio trabalhar hoje, houve um imprevisto. Acho que foi ela quem ganhou", diverte-se o gerente.
As seis dezenas do concurso 1.515 da Mega-Sena foram sorteadas no sábado (27) em Caicó, no Rio Grande do Norte. Os números sorteados foram: 04 - 13 - 14 - 18 - 49 - 59. A estimativa de prêmio para o próximo concurso, a ser realizado no dia 31 de julho, é de R$ 2,5 milhões.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Papa levou a Copacabana cerca de 9 milhões de pessoas, diz Paes; prefeito fala em "semana de recordes"


Eduardo Paes apresenta balanço de operações após a Jornada Mundial da Juventude
Cerca de 9 milhões de pessoas passaram pelo bairro de Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro, durante os quatro dias de atos centrais da Jornada Mundial da Juventude, entre quinta-feira (25) e domingo (28), com a presença do papa Francisco, segundo balanço divulgado nesta segunda-feira (29) pelo prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB).

Segundo o prefeito, o maior público foi registrado na missa de encerramento, no domingo: 3,2 milhões de pessoas. No dia anterior, quando foi realizada a vigília com os jovens, aproximadamente 3 milhões de peregrinos passaram pelas ruas do bairro. Na quinta e na sexta, com a Festa da Acolhida e a Via Sacra, respectivamente, Copacabana recebeu público de 1,5 milhão em cada noite.

Já a cerimônia do Angelus, na Glória, na sexta, teve público estimado de 50 mil pessoas. Já visita a Varginha, favela da zona norte do Rio, também na sexta, foram 20 mil pessoas, enquanto o encontro com argentinos na Catedral Metropolitana, no centro, foi acompanhado por 15 mil fiéis.

Recordes
De acordo com Eduardo Paes, a JMJ fez com que o Rio tivesse "uma semana de recordes", em especial na movimentação de turistas em uma única cidade brasileira (2 milhões de visitantes), no fluxo de passageiros dos meios de transporte público (3 milhões de pessoas apenas no metrô), entre outros.

O evento da Igreja Católica injetou na economia do Rio cerca de 1,2 bilhão de reais. A capital fluminense recebeu turistas de 180 países diferentes, e 93% deles afirmaram a pesquisadores do Ministério do Turismo que desejam voltar à cidade em outras oportunidades.

Paes disse já estar "morrendo de saudades das confusões criadas pelo papa Francisco na cidade".

Já o comitê-organizador da Jornada informou à prefeitura que 355 mil pessoas de 175 países participaram como peregrinos. Além disso, a JMJ recebeu seis mil jornalistas de 70 nações.

Mobilidade
Segundo a Secretaria Municipal de Transporte, 290 mil peregrinos chegaram ao Rio em cerca de 6.500 ônibus fretados, número bem menor do que a expectativa inicial da prefeitura --20 mil ônibus. "Os números eram muito imprevisíveis", justificou Paes.

A Rodoviária Novo Rio registrou movimentação de 29 mil ônibus no terminal localizado na zona portuária da cidade. No total, segundo o governo, mais de 500 mil peregrinos chegaram ao Rio através da rodoviária.

A Supervia, por sua vez, registrou recorde de movimentação de passageiros em um só dia na estação Central do Brasil: 155.777 pessoas passaram pela estação no sábado (28). No total, foram três milhões de passageiros e mais de 4.000 partidas, segundo a concessionária responsável transporte ferroviário.

O MetrôRio também registrou recorde de três milhões de passageiros e mais de 4.200 partidas ao longo da Jornada Mundial da Juventude. A prefeitura não deu mais detalhes sobre o histórico de movimentação dos meios de transporte público.

O sistema que transportou o maior número de pessoas durante a JMJ foi o rodoviário. Pelo menos 3,5 milhões de pessoas de deslocaram através de ônibus regulares. Foram 2.800 veículos operando diariamente. No decorrer da semana, toda a frota disponível na cidade (8.800 ônibus) esteve em funcionamento.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

'Fomos brutalmente espancados', diz sobrevivente do Carandiru


Um dos sobreviventes do massacre que terminou com a morte de 111 presos na penitenciária do Carandiru, ocorrido em 1992, afirmou que os policiais envolvidos na ação atiraram contra os detentos após o término da rebelião que ocorreu no local.

"Fomos brutalmente espancados. Havia corpos amontoados. Eles nos espetavam com facas e os que caíam eram baleados", contou o sobrevivente Antônio Carlos Dias em um vídeo apresentado aos jurados. A declaração foi gravada na primeira parte do julgamento, ocorrida em abril deste ano.

Ao todo, serão apresentados três vídeos de testemunhas da primeira etapa do júri. Naquela ocasião, foram julgados 26 policiais militares, sendo que 23 deles foram condenados a mais de 150 anos de prisão.

Nesse segundo bloco de julgamento, estão sendo julgados 26 policiais que teriam agido no segundo andar da penitenciária, onde, segundo a acusação, foram mortos 73 detentos. A decisão do júri será tomada por sete homens que compõem o corpo de jurados.

Antes da apresentação dos vídeos, foi ouvido o perito criminal Osvaldo Negrini Neto, que voltou a afirmar que não havia indícios de confronto entre presos e policiais militares no interior do Pavilhão 9.

"Não há nenhuma prova técnica que possa amparar uma visão [de que os presos haviam atirado de dentro das celas para os policiais]. Se fosse assim, as paredes [dos corredores] estariam repletas de tiros e haveria cadáveres de policiais mortos", afirmou.

Ele afirmou ainda que no dia da entrada da PM no Carandiru viu um "mar de sangue". "Voltei com o sapato encharcado de sangue, com a meia molhada. Toda a roupa que usei no dia foi para o lixo", afirmou.


Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

São Paulo oficializa novo gerente executivo com aval de Raí e apoio de Rogério Ceni


Gustavo Vieira de Souza (dir) chega para ser novo gerente executivo do São Paulo

O São Paulo confirmou nesta segunda-feira em seu site oficial o nome de Gustavo Vieira de Oliveira como novo gerente-executivo de futebol. Filho do ídolo corintiano Sócrates, ele chega com aval do tio Raí e apoio do goleiro Rogério Ceni.

"O Gustavo vive o universo do futebol há bastante tempo. Atua e conhece bem o mercado de atletas. Além de ser muito inteligente, tem um espírito conciliador. Fico orgulhoso de ter contribuído para que ele se tornasse são-paulino. Aprovo e estarei acompanhando de perto", elogiou Raí ao site oficial do São Paulo.

Capitão e um dos maiores ídolos da história do São Paulo, Rogério Ceni deu as boas vindas ao gerente executivo e desejou sorte. "Torço pra que ele possa nos ajudar neste momento difícil. Tive o prazer de trabalhar com o Raí. Que o Gustavo tenha fora de campo o mesmo sucesso que o tio teve dentro dele", disse Rogério.

Gustavo Vieira de Souza chega para substituir Adalberto Baptista, que pediu demissão do cargo de diretor de futebol do São Paulo na semana passada. Ele já viajou com a delegação do São Paulo que participará dos torneios pela Europa e Ásia.  

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››