RÁDIO CIDADE AO VIVO

quarta-feira, julho 31, 2013

Rodolfo Fernandes: policia militar prende quatro homens acusados de furta animais.

Na manha desta quarta-feira (31/07/2013), por volta das 09h00mi policiais militares da cidade de Rodolfo Fernandes / RN, registrou o furto de 3 (ovelhas ), de uma propriedade rural, localizada na comunidade conhecida como Ausentes.

Logo que recebeu a informação, o Cabo Edimar, comandante do destacamento de policia militar de Rodolfo Fernandes, começou um trabalho investigativo, que teve como pista, um chinelo deixado pelos autores do crime, no local onde mataram e deixaram os restos mortais das ovelhas furtadas.

Como Rodolfo Fernandes é uma cidade muito pequena, e todos se conhecem muito bem, um funcionário da fazenda reconheceu o chinelo, sendo de um morador das proximidades.

Os policiais militares foram ate a casa do suspeito, que de imediato reconheceu o chinelo sendo seu, e com isso assumindo sua participação no furto.

O suspeito revelou aos policiais militares, que o furto foi praticado por ele e mais dois elementos, que após matarem as ovelhas, as venderam a um comerciante que é proprietário de um restaurante na cidade.

Diante das informações o Cabo Edimar, juntamente com o Soldado Costa neto, e uma equipe de policiais militares da cidade de Itaú, formada pelo Sargento Xavier e o Soldado Renilson, conseguiram localizar e prender os outros três elementos, que foram conduzidos para a delegacia de policia civil da cidade de Apodi, onde três deles responderá pelo crime de furto, e o quarto elemento pelo crime de receptação.


Reprodução Cidade News Itaú via F5 Apodi
Leia Mais ››

Após deixar UTI, cantor Netinho inicia reabilitação

cantor netinhoNove dias após deixar a UTI do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, o cantor Netinho iniciou nesta terça-feira, a reabilitação no Centro de Reabilitação do hospital. O centro, segundo comunicado enviado pela assessoria do baiano, é especializado em reabilitação e condicionamento físico, possui uma aparelhagem moderna e avançada, e uma equipe de fisiatras e fisioterapeutas especialmente treinados para atendimento pós-traumático. Netinho segue ainda com sua rotina de sessões de fisioterapia e fonoaudiologia no quarto. Ainda não há previsão de alta.

Netinho estava internado na UTI do hospital de São Paulo do dia 10 de maio a 22 de julho. Antes, ele ficou uma semana na UTI de um hospital em Salvador. Lá, ele passou por uma cirurgia, após ter uma pequena hemorragia no cérebro. Durante o procedimento cirúrgico, foi necessário instalar um novo cateter para drenar e monitorar a pressão do crânio. Segundo o cirurgião Jorge Bastos, chamado para conter a hemorragia do cantor quando ele estava internado no Hospital Aliança, Netinho fez uso de coquetel tóxico com substâncias com hormônios como testosterona e progesterona (anabolizantes).

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

ACIDENTE NA BR-304 EM ASSU

No inicio da tarde de hoje 31 de julho aconteceu um acidente na BR-304  próximo a empresa Conpasfal, mas precisamente na entrada da RN-233 que liga a estrada de Paraú/RN.
Segundo as primeiras informações são que um Fiat de placas OJX 6388 de Natal colidiu em uma moto de placa NOE 6592 de Campo Grande conduzido por Flávio.
O site Focoelho.com esteve no local e em conversa com o condutor da moto, o mesmo falou que seguia de Assu para a cidade de campo Grande onde reside e ao se aproximar da entrada de Paraú aconteceu o acidente, já o motorista do Fiat estava muito nervoso e bastante preocupado com a vitima que veio deste o local do acidente em cima do Fiat até o Aquavale cerca de 600 metros do local do acidente.
O SAMU foi acionado e de imediato chegou ao local socorrendo a vítima para o hospital Regional de Assu.
Aparentemente a vitima teve um corte profundo no braço.......um verdadeiro milagre acontecido hoje na BR-304.



Reprodução Cidade News Itaú via Focoelho
Leia Mais ››

MEC desiste de aumentar em 2 anos curso de medicina; residência será obrigatória

medico
O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, afirmou na manhã desta quarta-feira (31) que o governo desistiu de aumentar em dois anos o curso de medicina. No lugar disso, o ciclo de dois anos deve se tornar um período obrigatório de residência médica no SUS (Sistema Único de Saúde).

A decisão foi tomada após reunião com uma comissão de especialistas que reúne o ex-ministro da Saúde Adib Jatene, a Associação Brasileira de Ensino Médico e um grupo de reitores de universidades federais.

A proposta inicial era de que o curso de medicina fosse ampliado para oito anos de graduação, dois deles cumpridos em atendimento na rede do SUS.

A nova proposta prevê que os médicos, já formados, passem dois anos em residência médica obrigatória na rede pública a partir de 2018, segundo informou a assessoria de imprensa do MEC.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Em decisão liminar, Juiz do TRE mantém cassação da Prefeita e do Vice-prefeito de Mossoró.

Decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte manteve a cassação da Prefeita de Mossoró, Claudia Regina (DEM), e do Vice-prefeito, Wellington Filho (PMDB). 

A liminar foi proferida pelo Juiz Federal Francisco Eduardo Guimarães que suspendeu os efeitos da decisão do Juiz Pedro Cordeiro, que havia anulado a cassação.

Os recursos do Ministério Público Eleitoral e da coligação "Frente Popular Mossoró Mais Feliz", que representa a então candidata Larissa Rosado, foram acolhidos. A determinação do juiz federal traz ainda a comunicação "com urgência" à 33ª zona eleitoral, onde o processo tramita em Mossoró.

A liminar do TRE afirma que não poderia o Juiz Pedro Cordeiro ter concedido efeitos ao recurso interposto pelos advogados de Claudia Regina para anular a sentença do juiz Herval Sampaio Júnior.

Com a nova decisão da Corte Regional Eleitoral, passa a ter validade a sentença de cassação proferida pelo magistrado Herval Sampaio.

Contudo, o julgamento definitivo da questão, pelo plenário do TRE-RN, acontecerá nesta quinta-feira (1°), ocasião em que será decidido se a sentença de Herval Sampaio transitou ou não em julgado, conforme requerido pelos recorrentes – Ministério Público Eleitoral e Coligação "Frente Popular Mossoró Mais Feliz", encabeçada pela então candidata oposicionista Larissa Rosado (PSB).

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Corpo de homem é encontrado na costa do mar em Guamaré.


Um homem não identificado pelo ITEP, devido seu estado de decomposição, foi encontrado morto na costa do mar no inicio da manhã desta terça feira em Guamaré.

O corpo foi localizado pela Petrobras, que de logo informou a policia militar e a marinha do Brasil.

Os agentes foram até o porto de embarque e desembarque da empresa que fica no centro da cidade, saber mais informações para identificação e remoção do corpo do mar para terra.

O cadáver chegou ao porto com o apoio da Petrobras numa embarcação já no final da tarde de hoje, o homem estava irreconhecível.

Uma família de Natal sabendo da noticia compareceu ao local para identificação, mas foi impossível, somente exames de DNA poderá ajudar no reconhecimento segundo informou o ITEP.

O corpo foi removido para o Estatuto Médico Legal de Mossoró, onde serão feito os procedimentos de praxe.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Arena das Dunas inicia instalação da cobertura

No início de agosto, obra deve ultrapassar 80% de conclusão. Entrega para 31 de dezembro é mantida. Foto: José AldenirA obra de construção da Arena das Dunas começou na noite desta terça-feira (30) mais uma etapa. O consórcio Arena Natal antecipou o início da instalação da cobertura metálica do estádio, prevista para ser iniciada na primeira quinzena de agosto. Com a instalação da primeira peça da estrutura metálica, o consórcio atinge o percentual de 78,25% das obras concluídas, mas esse número nos próximos dias deve ultrapassar os 80%. Apesar de estar à frente do cronograma, o consórcio mantém a expectativa de entregar a obra até o dia 31 de dezembro deste ano. O estádio deve receber quatro jogos da Copa do Mundo de Futebol FIFA 2014.

O titular da Secretaria Extraordinária para Assuntos Relativos à Copa do Mundo 2014 (Secopa/RN), o engenheiro Demétrio Torres, disse que até a próxima segunda-feira (5) a imprensa deverá ter acesso as dependências do estádio e na ocasião receber as orientações técnicas a respeito da estrutura metálica. Nos próximos dias, a área destinada ao campo recebe os ajustes quanto a parte da drenagem, com a construção de calhas e a colocação de tubos para o escoamento da água. Para o plantio do gramado, a etapa deve ser iniciada após o nivelamento do terreno, com a introdução de brita e barro.

“No mês de agosto, com essas novas etapas da obra, vamos ter um incremento significativo na obra. Iniciamos por último, mas o nosso desafio é mostrar que não seremos o último a entregar. Vamos conseguir entregar a obra dentro do cronograma e seremos um dos estádios mais bonitos. Isso é uma vitória, pois começamos desenganados por todos, lutamos e o estádio está quase pronto”, destacou Demétrio Torres.

A fase da superestrutura já foi concluída, com a instalação da arquibancada.  As instalações elétricas e hidráulicas estão em andamento, assim com o acabamento das áreas VIPs e dos camarotes. No setor de obras, operários trabalham na conclusão das escadarias e rampas que darão acesso aos torcedores em dias de jogos. Há também outra frente de trabalho na área destinada à circulação de torcedores, com um extenso calçadão desde o estádio até o antigo kartódromo, compreendendo todo o largo do antigo Machadão.

A Arena das Dunas terá 40 camarotes, área VIP, seis elevadores, dois mega telões digitais, vestiários, área de aquecimento, centro de mídia, sala de conferência, 29 área de concessões de alimentos e bebida, uma arena indoor para pequenos shows com capacidade para até 4 mil pessoas, 21 entradas para o público com controles de acesso, e sanitários exclusivos para portadores de necessidades especiais.

O estádio terá 42 mil lugares durante a Copa do Mundo, com a utilização de arquibancadas móveis. Após os jogos, a capacidade total do estádio será para 31.375 pessoas. A obra está orçada em R$ 423 milhões.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Centro de Oncologia de Mossoró é habilitado para Radioterapia


O Ministério da Saúde publicou nesta terça-feira (30) de julho Portaria Nº 850, que habilita o Centro de Oncologia e Hematologia de Mossoró como Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (UNACON), com a possibilidade de realizar procedimentos de radioterapia. A estimativa do investimento anual é de R$ 1,2 milhão para o serviço. No ano passado, o Rio Grande do Norte realizou 154.690 procedimentos de radioterapia. O número representa um aumento de 8% em relação a 2011.

De acordo com o secretário de Atenção à Saúde, Helvécio Magalhães esta habilitação reforça o compromisso da Rede de Atenção Oncológica em aperfeiçoar a política de combate ao câncer no país. “A assistência e prevenção do câncer são prioridades na rede do Sistema Único de Saúde (SUS). Os dados mostram que estamos firmes no objetivo de compor um conjunto de ações para melhorar a saúde do usuário, em especial a prevenção e o tratamento do câncer. Nossa intenção é garantir serviços de qualidade no SUS”.
APOIO

No ano passado, o Sistema Único de Saúde (SUS) ampliou em 22% os recursos para assistência oncológica no país. O Ministério da Saúde fechou 2012 com investimento de R$ 2,2 bilhões no setor – em 2010, o valor foi de R$ 1,8 bilhão. Além disso, o Ministério da Saúde ampliou o investimento, qualificando a assistência aos pacientes em hospitais habilitados em oncologia que integram o SUS, especialmente para os tipos de câncer mais frequentes, como de colo de útero, mama, intestino e pulmão.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Telexfree expõe dados de divulgadores na internet

A Telexfree expôs dados de seus divulgadores na internet. Boletos de pagamento com nome, endereço, valor pago e serviços adquiridos da empresa ficaram disponíveis em mecanismos de buscas na internet.

O vazamento também sugere que a empresa, que está impedida de cadastrar novos divulgadores desde junho , continuou a cobrar por adesões.

Procurada na noite desta terça-feira (30), a empresa não comentou a informação. Logo em seguida ao contato da reportagem, entretanto, as consultas já não estavam mais disponíveis.

A consulta dos boletos era possível por meio do endereço “www.telexfree.com/plugins/boleto/boleto_bb.php?codigo=”, ao que era possível chegar por meio de uma busca pelas palavras “boleto cobrança e ympactus” . Ao digitar o endereço, em conjunto com códigos de seis números aleatoriamente escolhidos, o iG teve acesso a dez boletos de cobrança.

Por meio do serviço de internet banking de uma instituição financeira, a reportagem conseguiu checar que os boletos efetivamente poderiam ser pagos.

A falha foi identificada por Manoel Netto, do blog Tecnomundo. Segundo ele, o sistema permitia que qualquer interessado facilmente capturasse dados dos divulgadores da empresa.

A Telexfree informa comercializar pacotes de telefonia via internet (VoIP, na sigla em inglês) por meio de uma rede de revendedores autônomos, chamados de divulgadores. No Brasil, eles são 1 milhão .

Para o Ministério Público do Acre (MP-AC), porém, o negócio é, possivelmente, a maior pirâmide financeira da História do País, pois dependeria das taxas de adesão pagas por esses divulgadores.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Juventude do PMDB lança Walter Alves para o Governo do Estado

O deputado Walter Alves, do PMDB, teve seu nome lançado para o Governo do Estado por integrantes do PMDB/Jovem durante reunião acontecida na sede do partido no Tirol. Na oportunidade, o presidente do segmento partidário, Gleidson Machado, disse que a candidatura própria é um sentimento do PMDB em todo o Estado e o nome do deputado Walter Alves é um consenso. “Nos temos os nomes de Garibaldi Filho e Henrique Eduardo, mas os dois externaram reiteradas vezes que não desejam disputar o Governo do Estado. Entendemos que Garibaldi e Henrique devem ficar ajudando o Rio Grande do Norte em Brasília”, disse Gleidson Machado.

Presentes ao evento, o deputado Hermano Morais e o vereador Felipe Alves, ambos do PMDB, reiteraram apoio a Walter Alves, enaltecendo o trabalho realizado pelo peemedebista na condição de deputado estadual no exercício do seu segundo mandato. “Nesse momento eu me lembro das palavras do papa Francisco quando disse que renovação começa com a juventude, portando, o momento é esse”, ressaltou Hermano Morais, lembrando que o Rio Grande do Norte foi bem quando governador pelo PMDB através de Garibaldi Filho.



FICHA LIMPA

Ainda referindo-se a Walter Alves, o deputado Hermano Morais, que na última eleição foi candidato a prefeito de Natal, destacou a condição de ficha limpa do deputado peemedebista, além de outros pré-requisitos, como comportamento retilíneo, considerados por ele fundamentais para quem disputa cargos públicos no atual momento da vida brasileira. “Por todas essas razões, o nome de Walter Alves será bem acolhido, não só dentro do partido, da sua juventude e da própria sociedade”, disse Hermano Morais, completando: “Serei um entusiasta da sua candidatura que deve ser levada para outras instâncias do PMDB”.

CANDIDATURA PRÓPRIA

“O PMDB tem que ter candidatura própria ao Governo do Estado”, disse o vereador Felipe Alves, também presente ao encontro do PMDB/Jovem na sede do partido no Tirol. Mostrando-se cauteloso, no sentido de que não haja açodamento e decisões precipitadas, Felipe Alves, também destacou a condição de jovem e de tratar-se de um deputado vocacionado para a vida pública e que tem serviços prestados ao Rio Grande do Norte, apesar do pouco tempo na vida pública. “Cabe a ele tomar a decisão, que é uma grande responsabilidade. Acredito que o PMDB se engajará nesse projeto e podem contar comigo”, concluiu Felipe Alves.



“Candidatura própria a governador é uma unanimidade entre prefeitos do PMDB”

Represtantes do PMDB/Jovem de vários municípios do Estado estiveram presentes ao encontro, entre eles, o vice-prefeito de São Gonçalo do Amarante, Poti Neto. Ele diz ter constatado uma grande aceitação popular ao nome de Walter Alves no vizinho município da região Metropolitana de Natal. “O nome é o de Walter Alves”, resumiu o vice-prefeito, enquanto o representante do PMDB/Jovem de Caicó, Leonardo Gomes, reitera que o nome indicado pelo diretório de Caicó é o de Walter Alves.

O vereador Neneu, do PMDB de Goianinha, anunciou o apoio não só da juventude do PMDB do município, quanto à concordância ao nome de Walter Alves, do prefeito Júnior Rocha. “Apoiaremos, participaremos e vamos levar o nome do deputado do PMDB a toda a região”, disse o vereador peemedebista. Outro a se expressar favoravelmente pelo nome de Walter Alves foi o representante de Upanema, André Medeiros, vice-presidente do PMDB/Jovem daquele município. Edson Carvalho, ex-presidente do PMDB/Jovem e um dos maiores defensores da candidatura de Walter Alves para governador, lembrou que o partido não pode ficar de fora da disputa pelo Governo do Estado em 2014, já que segundo ele, o partido tem um grande potencial eleitoral e contabiliza 53 prefeitos e centenas de vereadores em todo o Rio Grande do Norte.

Edson Carvalho, concluiu se discurso dizendo a candidatura própria é uma unanimidade entre os prefeitos, a juventude clama por renovação e o nome do deputado Walter Alves não tem rejeição em nenhum segmento do PMDB. (JP)

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Robinson Faria: “Governo Rosalba Ciarlini está fora dos trilhos”

O presidente do PSD, vice-governador Robinson Faria, afirmou que há uma enorme contradição entre a crise financeira e os empréstimos tomados pelo Estado, que já totalizam R$ 3 bilhões. “Como é que um Estado que atravessa uma crise que não pode nem repassar o duodécimo aos poderes, que atrasa os custeios da Saúde, que corta a verba para a Segurança Pública, como é que o Estado, com todas essas dificuldades financeiras, consegue contrair a autorização de empréstimos de mais de R$ 2 bilhões e agora caminhando para outro empréstimo que tramita na Casa Legislativa, de R$ 800 milhões, ultrapassando uma cifra de R$ 3 bilhões? Ora, se o Estado hoje não está podendo arcar com as despesas tradicionais como é que vai ficar o Estado na hora que tiver que pagar essa montanha, essa quantidade enorme de empréstimos? Essa indagação requer uma preocupação muito grande para a população”, afirmou o vice-governador, durante entrevista esta manhã ao “Jornal da Cidade”, da FM 94.

O vice-governador disse que a gestão Rosalba, da qual ele se afastou no final de 2011, “começou errada”, ao não realizar as reformas necessárias para sanear as contas públicas e aperfeiçoar a máquina administrativa. “Eu acho que o governo está fora do trilho”, afirmou. “A minha opinião é que este governo peca desde o início pela falta de planejamento. Existem órgãos no Estado que deveriam exercer o papel de planejador, elaborando projetos, reunindo pensadores e eu acho também que outras vertentes desastrosas da atuação desse governo é a falta de diálogo. Se o governo não tem quadros para preparar projetos, para planejar, para desenvolver parcerias importantes para o nosso crescimento econômico e social, deveria pelo menos ter a humildade de ter interlocutores, de dialogar com a sociedade civil”, criticou Robinson Faria.

Segundo o vice-governador, a gestão estadual perde recursos porque erra bastante e é convencional. “É um governo da mesmice, um governo ultraconvencional que, pela falta de planejamento, pela falta de projetos, perde dinheiro, perde repasses federais, dinheiro é devolvido toda hora, porque o governo não se planejou, ou seja, é uma sucessão de erros e agora desencadeando numa crise até, eu diria, institucional com os demais poderes. Isso demonstra que falta visão de gestão no atual governo”, acrescentou.

POLÍTICA

Sobre a sucessão estadual, Robinson Faria disse que se estiverem “irmanados”, os partidos da oposição “têm condição favorável de formar uma aliança muito forte e com certeza vitoriosa em 2014″. “Há três anos eu dialogo com os partidos da oposição, há três anos que eu defendo a união das oposições e tudo na vida tem o seu tempo. Eu acho que o candidato a governador tem que entender que isso acontecerá naturalmente e eu entendo que os partidos de oposição – já disse isso várias vezes -, irmanados, têm uma condição muito favorável de formar uma aliança muito forte e com certeza vitoriosa em 2014; isso é o que eu venho defendendo”. Segundo Robinson, “na hora que tivermos um candidato a governador que saia desse grupo, um candidato ao Senado que saia desse grupo, teremos um palanque muito forte para enfrentar o palanque do governo do Estado”.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Secretário de Planejamento abre o jogo: “O Rio Grande do Norte está tecnicamente quebrado”

"O Estado perdeu a  condição de financiar os serviços públicos  fundamentais e nem consegue  pagar seus credores", disse Obery. A grave crise financeira, que foi novidade para alguns, não foi novidade para o secretário estadual de Planejamento e Finanças, Obery Rodrigues. Afinal, basicamente todas as vezes que ele falou aO Jornal de Hoje, demonstrou  preocupação com as finanças públicas, devido ao crescimento das despesas e uma frustração da receita. Tanto é que agora, diante da situação alarmante dos cofres estaduais e da necessidade de cortes, também, no orçamento de outros poderes e de repasses às prefeituras, Obery Rodrigues não vê problema em confessar: “O Estado está tecnicamente quebrado”.

Em entrevista ao JH na manhã de hoje, o secretário confirmou  ainda que o pagamento da folha salarial dos servidores, em agosto, poderá ser tão difícil quanto foi o de julho para o Governo do Estado. Entretanto, negou a reclamação dos poderes, de que faltou (e falta) comunicação e explicação sobre a situação real das finanças.



Vejam a entrevista completa com Obery Rodrigues:

O Jornal de Hoje: Diante do decreto de corte orçamentário, muitos questionaram a forma como o planejamento do Governo do Estado foi feito, que não previu essa situação financeira difícil. Como foram feitas as previsões orçamentárias deste ano? Faltou planejamento?
Obery Rodrigues: As projeções não são feitas apenas da nossa cabeça, são baseadas nas informações passadas pela Secretaria do Tesouro Nacional. Quem quiser, pode buscar a informação. Nós fizemos o planejamento com relação ao Fundo de Participação dos Estados (FPE), aplicando o índice do Rio Grande do Norte, que era em torno dos 4,17%, alcançando o valor de R$ 3,88 bilhões. Em maio, o Governo Federal publicou um decreto reduzindo a expectativa do Fundo em 8,1%, já dificultando as finanças públicas e aquilo que tínhamos planejado. Esse decreto também é público. É do dia 29, se não me engano. O problema foi maior agora porque em julho a frustração do repasse foi de 20%, e piorou ainda mais. E a situação não aponta para uma recuperação, por isso que tivemos que fazer esses cortes. Com relação às receitas próprias do Estado (que são os impostos, sobretudo o ICMS), quem elabora é a Secretaria Estadual de Tributação e também há uma frustração de receita, de cerca de 5%.

JH: Com o anúncio dos cortes, os poderes reclamaram que faltou comunicação da real situação financeira do Estado. Houve essa comunicação?
OR: Essa situação (de crise do Governo e de frustração da receita) foi demonstrada em todas as reuniões que ocorreram, para que o Estado pudesse compreender essa situação. A frustração de receita não atinge só o Executivo, e sim todos os poderes do Estado. E essa não é uma situação nova. Estamos falando isso há um bom tempo. Também não é algo difícil de se entender: onde há uma frustração de receita e a despesa aumentou duas vezes mais, há dificuldade financeira e a necessidade de corte. É igual a um orçamento doméstico. É simples e o Governo nunca escondeu isso. É uma situação que está acontecendo em vários estados também. São Paulo, que tem a maior receita do Brasil, anunciou cortes. O próprio Governo Federal fez cortes recentes. O Rio Grande do Norte não é uma ilha. A gente vê notícias de recorde de arrecadação e que há tranquilidade financeira, mas o RN é um estado pobre, então, como estaria assim, enquanto todo o mundo vive em crise?

JH: Há de se recordar que no início do ano já houve um impasse para fechar o orçamento de 2013…
OR: Ali foi uma longa negociação e já naquele momento mostramos a grande dificuldade de se chegar a um consenso. É algo também simples de se entender. Se um avança no orçamento, o outro tem que diminuir. O dinheiro tem que sair de algum lugar. Foi um momento de muita pressão. Uma pressão muito grande mesmo. O Governo então considerou algumas propostas dos outros poderes, o relator do orçamento na Assembleia acatou outras emendas. Eu sempre apontei as dificuldades que isso traria e sempre falei baseado nos números, porque não posso brigar com os números. Todas as projeções que faço são baseadas em números, para ser o mais verossímil possível. A governadora vetou algumas emendas e houve uma enorme pressão, mas acabou chegando a um acordo e ficou decidido que as emendas ficariam condicionadas a situação financeira do Estado. O problema é que a crise foi ainda maior que a gente esperava e não foi possível nem cumprir o que foi previsto.

JH: Em entrevista esta semana, o deputado estadual Kelps Lima (PR), questionou a justificativa que se dá de que os planos de cargos comprometeriam as finanças. Ele sugeriu que o Governo encaminhasse uma proposta de suspensão dos planos até a situação financeira do Estado melhorar. Há essa possibilidade?
OR: As leis de planos de carreiras estão condicionadas pelo índice de despesa de pessoal, não podendo fazer o Estado ficar acima do limite de gastos da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Mas nisso o Governo também tem sofrido uma enorme pressão para implantar, inclusive no âmbito do judiciário, que até já determinou a suspensão da implementação ainda não em caráter definitivo.   Porém, neste ano, a folha salarial sentiu o peso de reajustes dados aos professores e aos policiais militares, o que aumentou consideravelmente os gastos com o serviço público.

JH: O deputado afirmou também que pretende convocar o senhor e o secretário de Administração para prestar esclarecimento sobre as finanças públicas…
OR: Estou à disposição para ir e levar os números que provam tudo que estamos dizendo.

JH: Pela situação atual do Governo, pode-se dizer que o Estado faliu ou estava caminhando para a falência antes dos cortes?
OR: Não há uma previsão legal de falência quando se fala em Estado. Agora, se afirma que o Estado quebrou quando ele perde a condição de financiar os serviços públicos fundamentais e quando não consegue pagar seus credores.

JH: Então, é possível dizer que o RN quebrou por não está cumprindo com os compromissos?
OR: Sim, tecnicamente sim. O Estado está quebrado, porque não está conseguindo honrar integralmente os seus compromissos.

JH: Há possibilidade de recuperação financeira com o anúncio dos cortes?
OR: O esforço é nesse sentido. É conter o aumento das despesas para equilibrar as contas públicas. Fora disso, não tem salvação. A sociedade é quem vai sofrer com isso, porque faltam recursos para a execução de serviços fundamentais.

JH: Os recursos do empréstimo junto ao Banco Mundial (mais de R$ 1,2 bilhão), podem ajudar nisso?
OR: Esses recursos eles não vão chegar todos de uma vez, a liberação será feita, na primeira etapa, em cinco anos. E os recursos são todos comprometidos, com utilização específica nos programas, sob rígido controle do Banco Mundial. É terminantemente proibido, por exemplo, a utilização de recursos para o pagamento de pessoal, sob possibilidade de crime de responsabilidade.

JH: O Governo do Estado conseguiu pagar julho (o último dia de pagamento era hoje)? Para o próximo mês, o Governo enfrentará a mesma dificuldade?
OR: O dinheiro está na conta. Já recebemos uma mensagem confirmando isso. Para o pagamento do próximo mês, será outra batalha. Será necessário um monitoramento da receita para ver como se comporta. Será um olho na receita e um olha na despesa. E isso diariamente.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Menina de 14 anos é indiciada por homicídio em ritual macabro no RN

Edilma Dantas estava sumida desde 3 abril passado (Foto: Arquivo da família)Uma adolescente de 14 anos está entre as quatro pessoas acusadas de envolvimento na morte da comerciante Edilma Dantas de Souza, de 41 anos, assassinada durante um ritual de magia negra na zona Norte de Natal. A vítima foi vista pela última vez no dia 1º de abril e teve o corpo encontrado enterrado no quintal de uma casa dois dias depois. Além da garota, indiciada pelo ato infracional análogo ao crime de homicídio, três homens também foram denunciados. As denúncias, já em poder do Ministério Público, foram remetidas à 4ª Vara Criminal da Zona Norte de Natal nesta quarta-feira (31).
"Eles foram indiciados por homicídio duplamente qualificado e ocultação de cadáver. Ela, por ser menor, foi indiciada pela infração análoga ao crime”, explicou o delegado Bem-Hur de Medeiros, titular da Delegacia Especializada em Capturas (Decap), responsável pela condução e conclusão do inquérito.

Segundo o delegado, os três homens acusados permanecem presos. Já a adolescente, encontra-se internada em uma instiuição para menores infratores. Ainda de acordo com Ben-Hur, "ela era companheira do pai de santo João Maria Guedes Silva, mais conhecido como 'João Macumbeiro', que confessou o crime.
Consta no inquérito que os suspeitos asfixiaram Edilma. Além disso, eles teriam dificultado ou tornado impossível a defesa da vítima, o que torna o crime duplamente qualificado. “A menina segurou as pernas da vítima enquanto ela era asfixiada. Todos tiveram participação”, afirma o delegado. A polícia, no entanto, não sabe quem asfixiou, de fato, a comerciante. “Eles ficam jogando a culpa um para o outro, mas todos tiveram participação”, afirma Ben-Hur.
Indiciados

Os indiciados são o pai de santo João Maria Guedes Silva, o 'João Macumbeiro', Jarbas Gomes, também conhecido como 'Lilico' ou 'Bruxo', e Gildazio Cardoso Gomes, que é chamado de 'Gil'. No dia em que foram presos, os três foram ouvidos pelo G1. Gildazio disse que não participou do crime, que não estava no local do homicídio e que não sabia da ideia de Jarbas fazer um ritual macabro. Jarbas rebate e diz que quem matou Edilma foi João Maria. “Eu fui na casa dele e Edilma estava lá. Fui tomar um banho de ervas para fazer um ritual, mas nada que envolvesse a morte de ninguém. Quando voltei, ela já estava amarrada dentro de um buraco no quintal da casa dele. E ele começou a sufocá-la com um pano. Eu falei pra ele que não concordava com aquilo e fui embora”, disse Jarbas Gomes.

João Maria Guedes Silva, o João Macumbeiro, se diz arrependido (Foto: Fernanda Zauli/G1)João Maria Guedes Silva, o João Macumbeiro, se
diz arrependido (Foto: Fernanda Zauli/G1)
Arrependido

O G1 entrevistou João Maria um dia após a polícia encontrar o corpo de Edilma. Na ocasião, ele admitiu participação no ritual macabro. “Eu estou muito arrependido”, disse ele, afirmando ter sido enganado por Jarbas. "Ele me disse que depois desse ritual eu ia ter mais força na macumba para fazer trabalhos de umbanda e que eu estaria protegido. Ele disse que a gente jamais seria pego porque 'Lucifer' ia nos proteger com a capa dele e que minha vida ia mudar muito depois do ritual. E mudou mesmo né? Agora eu estou preso, acusado de assassinato", disse João Maria.
Ainda durante a entrevista, João Macumbeiro contou que era um amigo fiel da família da comerciante. “Eu conhecia ela e a família dela há muito tempo, eu fazia alguns trabalhos de pintor e consertos para eles, e era muito amigo de Edilma. Ela confiava em mim", disse. A mulher, ainda segundo João, o procurou para que ele fizesse um "trabalho de amarração" para trazer um homem por quem ela estaria apaixonada. "Esse homem é casado e Edilma estava apaixonada por ele e desesperada porque ele não atendia mais às ligações dela, por isso Edilma queria fazer um trabalho para que ele ficasse com ela", contou João.
O crime
A comerciante foi vista com vida pela última vez quando saiu da casa da mãe dela, no bairro Nordeste, na zona Oeste de Natal, no dia 1º de abril deste ano. "Edilma saiu dizendo que iria se encontrar com um conhecido da família", confirmou o delegado Ben-Hur de Medeiros.
Em 3 de abril, ainda sem notícias, familiares de Edilma procuraram a delegacia, registraram o desaparecimento e o delegado deu início às investigações. "O irmão dela comunicou que a vítima foi levada por um conhecido até uma casa que funcionava como um terreiro. O objetivo era fazer um 'trabalho' para aproximar uma pessoa dela", detalhou o delegado.

Corpo de Edilma estava enterrado no quintal de uma casa no loteamento Jardim Progresso (Foto: Divulgação/Polícia Civil do RN)Corpo de Edilma estava enterrado no
quintal de uma casa no loteamento
Jardim Progresso
(Foto: Divulgação/Polícia Civil do RN)
Ainda de acordo com Ben-Hur, ao chegar na casa, os suspeitos deram bebida à vítima e a amarraram em seguida. "Então tiraram a roupa de Edilma, mataram um bode e jogaram o sangue do animal por cima do corpo dela. Depois a estrangularam até a morte", afirmou.
O corpo de Edilma foi enterrado no quintal da casa de um dos suspeitos, no loteamento Jardim Progresso, na zona Norte da capital potiguar. Após a informação do desaparecimento, este suspeito, conhecido de Edilma, foi intimado e prestou quatro depoimentos na delegacia. "A partir de alguns detalhes descobrimos a participação dele no ritual em que Edilma foi morta", explicou o delegado.
Um mandado de prisão temporária foi expedido e o suspeito foi detido. Além de confessar o crime, ele apontou a participação de outros dois homens. "O suspeito nos informou que o 'bruxo'  queria uma mulher solteira e sem filhos para realizar o ritual de magia negra. Edilma se encaixava no perfil", acrescentou Ben-Hur. O delegado pediu mais dois mandados de prisão temporária e de busca e apreensão e prendeu os demais suspeitos.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

PM acusado de intermediar morte de advogado no RN é preso pela 3ª vez

Sargente Carlos foi preso novamente nesta quarta (31) (Foto: Igor Jácome/G1)
A Polícia Civil do Rio Grande do Norte cumpriu um novo mandado de prisão e mais uma vez conduziu à Delegacia Especializada de Homicídios (Dehom) o sargento da Polícia Militar Antônio Carlos Ferreira de Lima, denunciado como intermediário no crime que vitimou o advogado Antônio Carlos de Souza Oliveira, morto a tiros dentro do banheiro de um bar na noite de 9 de maio deste ano, em Natal. O policial foi preso em Macaíba, na região metropolita. Em pouco mais de um mês, esta é a terceira vez que o policial é detido.
Na primeira, no dia 21 de junho, o sargento se apresentou espontaneamente e passou 20 dias detido. Nesta terça (30), durante a operação 'Avengers' (que significa vingadores em inglês), ele voltou a ser preso. Contudo, à tarde, o advogado apresentou um habeas corpus e o sargento foi novamente posto em liberdade.

Segundo a delegada Karla Viviane, a soltura do PM ocorrida na tarde desta terça “foi ilegal”. Ao G1, ela explicou que o habeas corpus concedido pelo Tribunal de Justiça se referia à primeira prisão do acusado, ainda durante o período de investigação, e não desta última, quando o juiz Ricardo Procópio Bandeira de Melo, titular da 3ª Vara Criminal de Natal, decretou prisão preventiva contra o sargento. “O advogado usou de má-fé. Iremos representar contra ele”, afirmou a delegada.
O G1 ouviu o advogado Edberto Smith Júnior, que defende o sargento. Ele rebateu as palavras da delegada e disse que também irá processá-la por injúria. Quanto ao habeas corpus, ele afirmou que não tem culpa nenhuma de o TJ ter concedido a soltura do policial, mesmo que se tratando de uma prisão decretada anteriormente.
Amigos
Nesta manhã, ao falar sobre a soltura do sargento, Edberto Smith disse ao G1 que o policial e o advogado Antônio Carlos eram amigos há pelo menos 20 anos. “Não tem como pensar em uma situação como essa", acrescentou. Sobre a acusação, Edberto negou o envolvimento do sargento no crime e contou que havia entrado com um pedido de salvo-conduto na Justiça para evitar novas prisões. De acordo com Edberto Smith Júnior, o policial e a vítima eram amigos "de frequentar os mesmos locais e ir ao aniversário um do outro". A defesa do PM reforça que o sargento tem "comportamento excepcional, não respondeu a nenhum processo investigativo em nível de polícia e que o último processo respondido por ele na Justiça tem 11 anos".
Quanto à amizade envolvendo o sargento e o advogado assassinado, a delegada Karla Viviane discorda. Segundo ela, os dois tinham uma relação conflituosa e que o policial fazia ameaças ao advogado.
Prisões
Já estavam presos por envolvimento no crime o comerciante Expedido José dos Santos, preso no último dia 29 de maio; um pedreiro identificado como 'Irmão Marcos', preso enquanto trabalhava em uma obra no interior de Minas Gerais; e Lucas Daniel André da Silva, mais conhecido como 'Luquinha', que confessou ter matado o advogado.
Investigação
O primeiro a confirmar a participação do pedreiro no crime foi o comerciante Expedido José dos Santos. Expedito admitiu ser o dono do carro, mas continua negando ter qualquer envolvimento com a morte do advogado. Ele disse, em depoimento, que Irmão Marcos pegou seu carro emprestado e usou para dar fuga ao assassino. Ao G1, Expedito contou a mesma história e disse que ficou sabendo que seu automóvel havia sido usado num crime quando recebeu o carro de volta. Assustado, ele pegou a família e fugiu para Fortaleza, onde foi preso. No Ceará, ele também admite ter queimado o carro. Para a polícia, no entanto, o comerciante também estava no veículo e foi o mandante do homicídio – motivado, segundo a polícia, por vingança.
O segundo a confirmar a participação de Irmão Marcos no crime é um homem que confessa ser o próprio assassino. Lucas Daniel André da Silva, mais conhecido como 'Luquinha', foi apresentado durante coletiva de imprensa. Ao G1, ele admitiu o crime e afirmou que matou o advogado a mando de Expedito para se vingar de Antônio Carlos, que teria mandado derrubar o muro de um terreno que o comerciante diz ter comprado em São Gonçalo do Amarante, na região metropolitana da capital potiguar. Luquinha foi preso em um lava-jato no bairro Barro Vermelho.

Preso na cidade de Ipanema, em Minas Gerais, o ‘Irmão Marcos’ estaria na Doblò de cor prata usada na noite do crime. Ele, inclusive, foi citado por dois suspeitos já presos por também terem participado do assassinato.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Réus do caso F. Gomes serão julgados em Caicó, decide pleno do TJ

Radialista F. Gomes foi morto em 2010, em Caicó (Foto: Sidney Silva/Cedida)O julgamento de dois acusados de participação intelectual e direta na morte do radialista Francisco Gomes de Medeiros, o F. Gomes, assassinado a tiros em 18 de outubro de 2010, foi mantido para o dia 5 de agosto e acontecerá mesmo na cidade de Caicó, na região Seridó potiguar, onde o crime aconteceu. Durante o pleno realizado na manhã desta quarta-feira (31), desembargadores do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte decidiram não acatar os pedidos dos advogados dos réus que pediam a transferência do júri para Natal. A defesa dos acusados alegou falta de segurança e possibilidade de comprometimento do júri, que poderá agir com parcialidade diante do clamor popular que o crime causou em toda a cidade.
O júri popular, mantido para o dia 5 de agosto em Caicó, terá início a partir das 9h no plenário Ciloé Capuxú, do Fórum Amaro Cavalcante.
A decisão do pleno, que contou com a presença de 15 desembargadores, foi unânime e seguiu o voto do relator, o desembargador Virgílio Macêdo Júnior. Segundo a assessoria de imprensa do TJ, os desembargadores levaram em consideração que os advogados não apresentaram nenhum documento que comprovasse uma possível parcialidade do corpo de jurados.
Os pedidos de desaforamento foram feitos pelos advogados dos réus Lailson Lopes, mais conhecido como 'Gordo da Rodoviária', e João Francisco dos Santos, o 'Dão'. O primeiro é comerciante e foi apontado como um dos autores intelectuais do homicídio. O outro, que trabalhava como mototaxista em Caicó, responde como executor do assassinato. Ele é o único réu confesso do crime e admite ter puxado o gatilho.
'Dão' e o 'Gordo da Rodoviária' estão presos. O mototaxista na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, na Grande Natal. Já o comerciante, encarcerado na Cadeia Pública de Patu, na região Oeste potiguar.
No dia 8 deste mês, o juiz Luiz Cândido Villaça, titular da Vara Criminal de Caicó, já havia se pronunciado sobre a mudança do local do julgamento. No parecer do magistrado, ele considerou que o clamor social do crime, que chocou Caicó, poderia afetar a imparcialidade do corpo de jurados. Contudo, ele ressaltou que preferiu não se posicionar quanto ao mérito. “No que tange especificamente ao pedido de desaforamento, é inegável que o crime objeto da apuração no processo crime mencionado causa grande clamor social e que é possível – até provável – que o corpo de jurados pode ter sua imparcialidade afetada. Esse fato pode justificar, a propósito de assegurar o interesse da ordem pública e da imparcialidade dos jurados, o desaforamento do presente feito”, relatou o juiz.
Apesar de se abster a opiniar sobre o pedido de desaforamento, no último dia 19 o Ministério Público se posicionou favorável aos pedidos dos advogados. A família do radialista foi ouvida pelo G1 e se posicionou contrária à mudança.
Outros indiciados

Os outros quatro indiciados pelo homicídio de F. Gomes - o advogado Rivaldo Dantas de Farias, o ex-pastor evangélico Gilson Neudo Soares do Amaral, o tenente-coronel Marcos Antônio de Jesus Moreira e o soldado da PM Evandro Medeiros - ainda aguardam sentença de pronúncia, procedimento em que o juiz de Caicó decidirá se eles também sentarão no banco dos réus ou não.
O tenente-coronel, o soldado e o advogado aguardam a sentença de pronúncia em liberdade. O único que está preso é o ex-pastor, que cumpre pena por tráfico de drogas em Pau dos Ferros.
O mototaxista João Francisco dos Santos é réu confesso. Ele admitiu ter puxado o gatilho. Já o comerciante Lailson Lopes nega ter mandado matar o radialista. Os demais denunciados também negam participação no crime.
O soldado Evandro foi o único denunciado por homicídio simples - já que ele foi apontado apenas como o guardião da arma usada para matar o radialista. Se for levado a júri popular e condenado, sua pena pena pode variar de 6 a 20 anos de cadeia. Para os outros (todos denunciados por homicídio triplamente qualificado) a pena é mais rígida e vai de 12 a 30 anos de prisão. Segundo o promotor criminal Geraldo Rufino, foram levados em consideração três  agravantes: motivo fútil, emboscada e morte mediante promessa de recompensa.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Jovens são executados a tiros em Macaíba, na Grande Natal


Dois jovens, ainda não identificados, foram assassinados com tiros na cabeça durante tarde desta quarta-feira (31) em Macaíba, na Grande Natal. De acordo com Elialdo Moura, chefe de investigação da Delegacia do município, o crime aconteceu por volta das 15h, na comunidade de Mangabeira. Populares ouviram os tiros, mas não souberam dar informações sobre a execução. A polícia ainda não tem suspeitos.
Segundo o investigador, os executores usaram um carro. “Ninguém viu os veículos, mas os rastros estão no local. Provavelmente eles foram levados até lá. Não são da região”, afirmou. As vítimas foram mortas com tiros na cabeça. “Foi no local próximo a algumas casas. Mas as pessoas não sabem de nada. Impera a lei do silêncio”, comentou.
O Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep) foi até o local para fazer a perícia. Os corpos foram levados para a sede do instituto, em Natal, onde aguardarão pelo reconhecimento dos familiares.






Reprodução Cidade News Itaú fotos Macaíba Polícia
Leia Mais ››

MP denuncia médico por omissão após morte de mulher no RN

O Ministério Público do Rio Grande do Norte ingressou na Justiça com denúncia contra um médico por homicídio doloso. Segundo o promotor Ítalo Moreira Martins, no dia 5 de abril de 2012 um médico se negou uma realizar cirurgia e a paciente Rita Maria Batista faleceu no hospital regional Tarcísio Maia, em Mossoró. O G1 tentou entrar em contato com o médico, mas até o momento da divulgação da matéria não havia conseguido contato.
A denúncia foi protocolada nesta terça-feira (30) na 1ª vara Criminal de Mossoró. O promotor de Justiça denuncia que “a análise dos autos evidencia que o acusado, após omissão dolosa, deu causa à morte da vítima Rita Maria Batista, ocorrida no dia 5 de abril de 2012, por volta das 9h, nas dependências do Hospital Regional Tarcísio Maia, nesta cidade, quando, pelas circunstâncias, ao se omitir, assumiu o risco de produzir na mesma o resultado morte".
Ítalo Moreira diz que o médico "deveria e poderia ter agido para evitar o óbito, pois tinha o dever legal de cuidado para com a paciente, além de ter assumido a responsabilidade de impedir o resultado (morte)".
Ainda de acordo com o promotor de Justiça, o médico teria se negado a realizar a cirurgia porque já estava no final do plantão. Para o representante do MP, "o acusado possuía a plena ciência da gravidade da situação, todavia, optou por não fazer a cirurgia por mera 'justificativa' temporal, tendo em vista que iria prolongar a permanência no hospital, para além das 19h (quando terminaria o plantão)".
Ítalo Moreira diz que pelos elementos de prova dos autos, "a demora na realização da cirurgia agravou o quadro de saúde da vítima, diminuiu as chances de êxito do procedimento e contribuiu para o falecimento da paciente".
“Ao se omitir, quando deveria ter agido, demonstrou o denunciado pouco apreço pela vida humana, pois dolosamente assumiu o risco de produzir o resultado morte da vítima Rita Maria Batista”, apontou o promotor de Justiça.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Ceni perde pênalti e São Paulo é derrotado pelo Bayern de Munique

Jogadores do Bayern comemoram o gol de MandzukicO São Paulo resistiu bem, mas não conseguiu segurar a pressão do Bayern de Munique nesta quarta-feira, na estreia da equipe na Copa Audi, no Allianz Arena, na cidade alemã. Com gols de Mandzukic, aos 9min, e de Weiser, aos 40min do segundo tempo, o time alemão venceu a partida por 2 a 0 e garantiu sua vaga na final da competição. Além disso, perto do fim do jogo, Ceni teve a chance de diminuir de pênalti, mas Neuer defendeu a cobrança.

Apesar do pênalti perdido, Rogério Ceni está longe de ser o vilão da derrota são-paulina. O goleiro fez ótimas defesas durante a partida e conseguiu evitar que o placar fosse mais largo a favor do Bayern de Munique. 

Com o resultado desta quarta-feira, o São Paulo atingiu a marca histórica de 13 partidas consecutivas sem vencer. O time está em situação complicada no Campeonato Brasileiro, e terá o desafio de voltar a vencer para deixar a zona de rebaixamento da competição quando retornar ao país.

Embora tenha ampliado o recorde negativo de jogos sem vencer, a nova derrota não chega a aprofundar a crise no time do Morumbi. Isso porque a equipe voltou a mostrar evolução, principalmente no setor defensivo, já que conseguiu segurar a pressão imposta pelo atual campeão da Europa.

Agora, o São Paulo volta a campo nesta quinta-feira para enfrentar o Milan, que perdeu para o Manchester City nesta quarta por 5 a 3. A equipe inglesa fará a final da competição contra o time alemão, também nesta quinta.

O primeiro tempo foi de ampla superioridade do Bayern de Munique. Foram 16 finalizações, contra somente uma do time tricolor. Os alemães tiveram 64% da posse de bola, diante de 36% dos brasileiros. Mesmo assim, o time paulista conseguiu resistir aos ataques da equipe bávara.

O time comandado por Guardiola jogou durante os primeiros 45 minutos praticamente no campo defensivo do São Paulo. O time criou diversas chances, mas parou nas boas defesas de Rogério Ceni e em arremates de Ribéry e Robben e um milagre de Rafael Tolói, que tirou de cima da linha um chute de Pizarro. Outro complicador foi que o zagueiro Paulo Miranda saiu lesionado logo no início, dando lugar a Edson Silva.

O time do Morumbi, por sua vez, postou-se bem defensivamente. Apesar de pouco ficar com a bola, preenchia os espaços e arriscava um lançamento longo para Aloísio ou Osvaldo. Isolados, no entanto, os atacantes não deram trabalho para a defesa bávara. O único lance em que o São Paulo conseguiu oferecer algum risco foi em um chute de fora da área de Aloísio após ganhar do defensor adversário. No entanto, Neuer fez uma defesa tranquila.

Na segunda etapa, Paulo Autuori fez duas mudanças. Colocou Ganso e Ademilson nos lugares de Osvaldo e Jadson. Logo depois das mexidas, porém, o Bayern abriu o placar, aos 9min. Após cruzamento na área, o zagueiro Edson Silva desviou e a bola sobrou para o atacante Mandzukic completar para o fundo da rede.

Depois disso, ambas as equipes fizeram uma série de substituições, que arrefeceram os ânimos do jogo. Mesmo assim, os alemães chegaram mais perto de ampliar, mas voltaram a parar nas boas defesas de Rogério Ceni. Aos 40min da etapa complementar, no entanto, o time da casa ampliou em um contra-ataque rápido, com Weiser. Logo em seguida, o árbitro marcou um pênalti em cima de Silvinho. Ceni partiu para a cobrança, mas o goleiro alemão Neuer fez a defesa, sacramentando o resultado do jogo.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Orelha humana é recriada em laboratório

Orelha foi recriada em laboratório a partir de tecido animal (Foto: Massachusetts General Hospital/BBC)Cientistas americanos dizem ter dado um passo na direção de produzir uma orelha humana completa em laboratório, a partir de células de um paciente.
Em uma nova experiência de engenharia de tecidos, os pesquisadores conseguiram desenvolver uma orelha humana com tecido animal.
O substituto artificial tem a flexibilidade de uma orelha real, dizem os pesquisadores do Massachusetts General Hospital, em Boston, Estados Unidos.
A técnica pode um dia vir a ser usada para ajudar pessoas que tenham perdido ou deformado a orelha, eles acreditam.
A engenharia de tecidos é um campo crescente na ciência médica, no qual órgãos substitutos são feitos em laboratório. Anteriormente, os pesquisadores haviam produzido um ouvido artificial, do tamanho do de um bebê, no dorso de um rato.
No mais recente estudo, apresentado na publicação científica "Journal of the Royal Society Interface", tecidos vivos de vacas e ovelhas foram usados junto a uma armação de arame flexível, que tinha a forma 3D de um verdadeiro ouvido humano.
O órgão produzido foi, em seguida, implantada num rato cujo sistema imunológico havia sido desativado, permitindo à orelha crescer. "Nós demonstramos a primeira orelha humana adulta", disse Thomas Cervantes, que liderou o estudo.
O avanço foi significativo por várias razões, disse ele. "Primeiro, fomos capazes de manter a forma da orelha, após 12 semanas de crescimento no rato. Em seguida, porque conseguimos manter a flexibilidade natural da cartilagem."

Cientistas dizem ter conseguido manter a flexibilidade natural da cartilagem (Foto: Massachusetts General Hospital/BBC)

Arame de titânio
As células foram cultivadas em uma armação de arame de titânio, que é modelada de acordo com a dimensões de uma verdadeira orelha humana, feita a partir de uma tomografia computadorizada.
O novo trabalho mostra que, em teoria, é possível criar células suficientes - pelo menos em animais - para fazer uma orelha humana em tamanho real. "Em um modelo clínico, o que gostaríamos de fazer é colher uma pequena amostra de cartilagem do paciente e, em seguida, fazer o mesmo processo", disse Cervantes. "Esta pesquisa é um passo significativo na preparação para testes clínicos em humanos."
Ele disse que espera que o processo avance para os testes em cerca de cinco anos. Outra pesquisa em órgãos feitos por bioengenharia está progredindo rápido: cerca de dez pacientes receberam transplantes de dutos respiratórios artificiais revestidos com células-tronco retiradas do paciente ou de um doador.
Paralelamente, um rim cultivado em laboratório foi transplantado para um rato, onde começou a produzir urina.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Boemia da era Ronaldinho vira peso extra para Neymar em Barcelona

Vestindo a camisa 11, assim como no Santos, Neymar estreou pelo BarcelonaEm Barcelona, conversas entre locais e forasteiros envolvendo o clube mais famoso da cidade e o futebol do outro lado do Atlântico invariavelmente acabam descambando para perguntas com menções obrigatórias a Neymar e Ronaldinho Gaúcho. Mas nem sempre girando em torno da bola: apesar de uma passagem bem-sucedida pela Catalunha, a imagem que ficou do hoje meia do Atlético Mineiro é mais ligada a atuações em pistas de dança e balcões do que em gramados.

E a boemia de um já limita a vida social do outro: num Barcelona mais disciplinado e visado, Neymar vai precisar de visão de jogo na hora de avaliar se sai ou não para uma balada. Pois não foi apenas o estilo de jogo envolvente que ficou de legado da passagem de Pep Guardiola pelo clube, ente 2008 e 2012. Uma das primeiras medidas tomadas pelo treinador ao assumir foi se livrar de Ronaldinho e Deco, que Guardiola via não apenas numa curva descendente de desempenho, mas também como influências negativas para atletas mais jovens. Incluindo um certo Lionel Messi.

“A diretoria do Barcelona viu que Messi precisaria ser um super-homem em termos de força de vontade para não cair na tentação de seguir os passos de dois jogadores que ele idolatrava”, diz o inglês Graham Hunter, autor de “Barça: A Construção do Melhor Time do Mundo”, um elogiado livro sobre os anos de ouro da era Guardiola.

Se seu antecessor, Frank Rijkaard, fechou os olhos para as noitadas de Ronaldinho enquanto o jogador ainda rendia em campo (com o brasileiro e Deco, o Barcelona foi bicampeão espanhol e, em 2006, conquistou a Liga dos Campeões pela primeira vez em 14 anos), Guardiola depositou sua fé numa legião de jogadores mais sossegados, como  Xavi, Iniesta e Messi. Os mesmos que o sueco Zlatan Ibrahimovic criticaria mais tarde por obedecer fielmente ao treinador dentro e fora de campo.

“O clube mudou muito com a passagem de Guardiola. Há um controle muito maior sobre os jogadores. É preciso lembrar também que os jogadores ficaram muito mais visados depois do sucesso da Era Guardiola. Não podem se expor tanto como antes, porque são muito mais conhecidos globalmente”, explica um jornalista catalão que trabalha na cobertura do Barcelona há mais de 10 anos.

Seria inocente acreditar que o Barcelona é um colégio de freiras. Daniel Alves nunca escondeu que gosta de sair e o apreço de Piqué pelas noites barcelonesas levou o clube a contratar um detetive particular para checar relatos de que o zagueiro se esbaldava em pistas e afins – uma revelação que veio à tona no início do ano como parte de um escândalo de arapongagem envolvendo diversas celebridades catalãs. E nunca é demais lembrar que a base da seleção espanhola, cujas estripulias envolvendo pôquer desnudo e beldades no nordeste brasileiro causaram polêmica durante a Copa das Confederações, tem a base blaugrana.

No entanto, Neymar já ‘’estreia’’ marcado também pelas notícias de que seu estilo de vida no Brasil estava longe de ser monástico. Seu principal ‘’rival’’ no elenco, Messi, até foi visto em imagens comprometedores numa festa de arromba durante recente viagem aos EUA, mas tem fama caseira. E seu novo treinador, Tata Martino, é conhecido na Argentina pelo estilo mais provinciano e avesso às baladas.

Tentações não vão faltar. Se a fama e os olhos atentos do clube restringem a rotina de jogadores, que precisam montar esquemas de despiste, por exemplo, para ir à praia, Barcelona tem locais que se gabam em receber VIPs. O point da vez frequentado por jogadores do Barça é a boate localizada no 26o andar do suntuoso W Hotel, no bairro de Port Olympic. O Campechano, restaurante localizado no centro de Barcelona, tem uma tarde brasileira de samba.

Se bem que, levando-se em conta o gosto musical de Neymar e seus ‘’parças” em Barcelona, ele é bem mais capaz de tomar o umo d La Lluna, no Bairro Gótico, que vem realizando shows de bandas de sertanejo universitário.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››