RÁDIO CIDADE AO VIVO

Ouça pela Rádios Net ou clique na imagem abaixo

Ouça pelo Listen 2 My Rádio ou clique na imagem abaixo

Imagem relacionada
Loading ...

segunda-feira, agosto 05, 2013

Acidente com vitima fatal no Sítio Lages na BR 405, em Itaú-RN.

Por volta das 18h o Sr. Normerio Vaz de Lima, 33 anos, morador do Bairro da Parabólica em Itaú-RN, seguia na BR 405 altura do Sítio Lages, município de Itaú-RN, sofreu um acidente, tipo queda de moto, quando pilotava o veículo de cor vermelha placa MZH9747, Itaú-RN, quando desequilibrou vindo a cair sobre a pista de rolamento, sendo atingido em seguida por um veículo do tipo Carreta, cor e placa não identificada.



No local do acidente é possível identificar a massa encefálica espalhada na pista de rolamento próximo ao corpo.

A VTR do município juntamente com o socorro médico foram acionados, mas quando chegaram ao local o mesmo já se encontrava em óbito. Populares continham o trânsito no intuito de evitar novos acidentes, sinalizado próximo ao corpo estendido no chão.

A PM de Itaú encontra-se no local fazendo o isolamento da área aguardando a chegada do ITEP para remoção da vítima.

Atenção imagens fortes:















Arlindo Maia da Redação do Cidade News.
Leia Mais ››

Em meio ao caos financeiro, Governo do Estado deverá enfrentar uma nova onda de greves na área da Segurança Pública

Sindicato dos Policiais tenta entendimento com o Governo desde o início de julho sem sucesso. Já foram mais de 30 ofícios. Foto: DivulgaçãoA falta de diálogo entre o Governo do Estado e os servidores da Polícia Civil e do Instituto Técnico Científico de Polícia do Rio Grande do Norte (Itep/RN) pode fazer com que as duas categorias deflagrem greve por tempo indeterminado nos próximos dias. Para evitar que isso ocorra, foi realizada uma reunião entre a equipe da Secretaria de Administração e Recursos Humanos (Searh) e a diretoria do Sindicato dos Policiais Civis e Servidores em Segurança Pública (Sinpol/RN), na manhã de hoje.

O objetivo, conforme o presidente do Sinpol, Djair Oliveira, é fazer com que o Governo se sensibilize com a situação em que os servidores das duas categorias são obrigados a trabalhar e também com a precariedade dos serviços oferecidos à população. Para ele, é necessário que o Governo Estadual aceite discutir a pauta de reivindicações apresentada pelas duas categorias, entre elas o Estatuto e a Lei Orgânica do Itep.

“O resultado desta reunião será apresentada aos policiais civis hoje à noite, durante a assembleia geral que será realizada a partir das 18 horas na sede do sindicato. E a deflagração da greve, por tempo indeterminado, será decidida na hora, dependendo da posição que o Estado apresentar ainda hoje. Se os servidores votarem pela paralisação, ela começa já amanhã, a partir das 8 horas da manhã”, explicou Djair.

O presidente do Sinpol disse ainda que, já no caso dos servidores do Itep, os servidores ser reunirão em assembleia amanhã à noite, também para tomarem conhecimento da posição do Governo do Estado e também para decidirem se votam ou não pela paralisação por tempo indeterminado, que se for confirmada, deve começar na próxima segunda-feira, em todo o Rio Grande do Norte.



Última paralisação  durou 48 horas

No mês passado, os policiais civis já tinham realizado uma paralisação de advertência que durou 48 horas, entre os dias 11 e 12 de julho. Na época, a entidade revelou que teriam enviado mais de 30 documentos oficiais encaminhados aos representantes do Gabinete Civil e da Secretaria Estadual de Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), solicitando que fossem realizadas audiências com a categoria, para discussão da pauta de reivindicações.

“Entre elas, está a questão da nomeação dos concursados que já passaram pelo curso de formação, e que, portanto, já estão aptos para assumir os cargos que estão vagos. Em todo o Rio Grande do Norte, temos apenas 1.482 policiais, entre agentes, escrivães e delegados, ou seja, um efetivo mínimo que trabalha sobrecarregado, o que traz grandes prejuízos para os trabalhos de investigação e de apuração de crimes como homicídios, assaltos, tráficos de drogas e outros igualmente graves”, explicou Djair Oliveira.

Além disso, há a completa falta de infraestrutura das delegacias e as precárias condições de trabalho enfrentadas pelos servidores da Polícia Civil. “Tudo isso resulta em um serviço de baixa qualidade oferecido à população, que sofre muito com o avanço desenfreado da violência em nosso Estado. E que, caso seja deflagrada a greve, irá sofrer ainda mais, já que apenas as delegacias de plantão da Capital e as regionais, no interior, funcionarão durante o tempo que durar a paralisação”, explicou Djair.

Além dos agentes e escrivães, os delegados de Polícia Civil também podem decretar greve nos próximos dias, conforme decisão da categoria durante assembleia geral no início do mês. Durante a reunião, os delegados estabeleceram que serão realizadas paralisações e atos públicos nesta quinta-feira e também nos dias 13 e 15 de agosto.

Assim como o que vem acontecendo com o Sinpol, a entidade representante da categoria, a Associação dos Delegados da Polícia Civil (Adepol) também encaminhou vários documentos oficiais solicitando reuniões com o Governo do Estado para discutir a pauta de reivindicações dos servidores, mas não foi atendida.

Entre as reivindicações dos delegados, estão a retirada dos presos que se encontram custodiados nas delegacias do interior do Rio Grande do Norte, a nomeação dos policiais civis concursados e a transferência urgente do Arquivo Público Estadual, para o prédio onde hoje funciona a Delegacia Geral da Polícia Civil (Degepol), no bairro de Cidade da Esperança, na zona Oeste de Natal.



ITEP TAMBÉM DECIDE SE ENTRA EM GREVE

Amanhã, quem decide se entra em greve por tempo indeterminado são os servidores do Itep/RN, que aguardam há mais de quatro anos pela criação da Lei Orgânica e o Estatuto da categoria. Segundo Djair Oliveira, a entidade já tentou inúmeras vezes um entendimento e negociação com o Governo do Estado e até o momento, o anteprojeto que cria os documentos ainda não foi aprovado.

Diante da falta de resposta positiva do Estado, a categoria se reunirá novamente em assembleia, amanhã à noite, para deliberar se deflagram ou não a paralisação dos atendimentos prestados pelo orgão no Rio Grande do Norte. Caso a categoria se decida pela greve, a mobilização terá início na próxima segunda-feira, dia 12 de agosto.

“O anteprojeto do Estatuto e da Lei Orgânica tramita desde 2009 pelas pastas governamentais e até o momento, não chegou ainda ao seu destino final, que é a Assembleia Legislativa do Estado, onde será votada pelos deputados. E não é só isso. A categoria também sofre há sete anos sem nenhum tipo de reajuste salarial, o que também é grave e desmotiva os servidores de carreira”, explicou o presidente do Sinpol.

Caso os servidores do Itep decidam cruzar os braços, em protesto contra a morosidade do Governo em aprovar o Estatuto e a Lei Orgânica do orgão, todos os serviços periciais, emissões de certidões negativas e de carteiras de identificação civil, entre outros documentos, serão suspensos. Apenas os procedimentos de flagrantes delitos, perícias de locais de crimes e recolhimento de cadáveres serão realizados.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Depois da prisão dos donos, justiça manda Priples paralisar atividades

Depois da prisão preventiva do dono da empresa Priples, Henrique Maciel Carmo de Lima, e de sua esposa, Mirele Pacheco de Freitas, na manhã do último sábado, a Justiça deve decretar novas medidas para ajudar na investigação policial.

De acordo com o delegado responsável pela investigação do caso, Carlos Couto, a empresa do casal, que é suspeito de crime contra a economia popular e formação de esquema de pirâmide financeira, deverá ser oficialmente notificada nesta segunda-feira (5).

Couto adianta que a Justiça vai comunicar a empresa em relação à paralisação das atividades. O endereço eletrônico da Priples (www.priples.com), que mesmo após a prisão do responsável legal continuava disponível na web, deve ser tirado do ar ou ter o domínio suspenso sob pena de pagamento de R$ 1 milhão por dia para o caso de descumprimento.

Qualquer novo pagamento efetuado ou adesão de contrato também resultará em multa de R$ 50 mil diários. “O processo corre em segredo de Justiça e estamos pleiteando mais um pedido, ainda sob análise judicial”, revelou Couto.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

DESFEIXE TRÁIGICO: OSSADA DE SEU ANTÔNIO É ENCONTRADA EM QUIXADA-CE

Há oito meses, o blog Serrinha de Fato tinha publicado uma matéria a procura de um senhor que havia desaparecido na cidade de Quixadá-CE. Antônio Oliveira Lima, de 83 anos, era conhecido como seu Brasil, portava o mal de Alzheimer em estágio avançado e, naquele tempo, a única notícia que a família tinha do seu paradeiro era que existia um senhor perambulando entre a cidade de Serrinha dos Pintos e a serra de Martins, dormindo num posto de gasolina na cidade e este poderia o mesmo. 

Após, Priscila (filha deste senhor) entrar em contato com o blog, tentamos ajudar a encontrar seu Antônio na cidade de Martins e Serrinha dos Pintos, mas constatamos que não havia veracidade nos fatos. Então, pulicamos uma matéria no blog falando do seu desaparecimento e com a ajuda de vários blogueiros do Rio Grande do Norte e de outros estados do Brasil, logo a notícia se espalhou. Contudo, ninguém trazia informações que levassem ao paradeiro de seu Antônio. 

Hoje (05/08) pela tarde, Priscila nos ligou para uma triste notícia. Ela nos informou que, a mais de um mês, um grupo de estudantes, da cidade de Quixadá-CE, estava fazendo uma excursão no meio do mato da sua cidade e encontram um ossada de um corpo humano. E, como a única pessoa que havia desaparecido na cidade era seu Antônio, a polícia chamou a família para fazer o DNA para comprovar se a ossada era mesmo dele. Além disso, ela nos afirmou que há 15 dias atrás tinha saído o resultado do DNA e comprovado que a ossada era mesmo de seu Antônio. 

Priscila, ainda por telefone, pediu para agradecer, em nome de toda a família, a todos os blogueiros que ajudaram na divulgação do desaparecimento de seu pai.

Reprodução Cidade News Itaú via Serrinha de Fato
Leia Mais ››

Empresária denuncia esquema da cantora Cláudia Leitte para receber R$ 5,8 milhões do Governo

claudia leitte
Sueli Dias, dona da empresa TeleEventos, que tem sede em São Paulo, fez uma consulta e descobriu que Claudia Leitte possui oito empresas com diferentes CNPJs, inclusive algumas abertas junto com a mãe. Em quase todas, constataram-se notificações de débitos.

Na época da consulta, a única empresa da cantora que estava “limpa” era a recém-criada 2Ts Entretenimento, que conseguiu autorização do Ministério da Cultura no início do ano para a captação de R$ 5,8 milhões pela Lei Rouanet, de incentivo à cultura. O Governo Federal só permite que empresas com nome “limpo” possam captar recursos na área cultural.

Sueli afirma que ainda aguarda que uma dívida de R$ 120 mil seja paga, diz que já trabalhou com Claudia Leitte em outros anos e este é o primeiro em que leva um calote. Ela relaciona o problema às mudanças administrativas comandadas nos últimos meses por Fábio Neves, gestor das empresas de Claudia.

A empresa de Sueli foi responsável pelo credenciamento do hotel, do camarote e do bloco Largadinho, em Salvador, no último Carnaval. “Já mandei uma notificação, acionei judicialmente e de nada adiantou. Agora, vamos abrir um processo. Eles estão devendo a muita gente. O bloco se chama Largadinho, mas quem ficou largadinho fomos nós”, disse a empresária.

Sueli acrescentou, ainda, que a produtora Ciel, que possui a maioria das dívidas, deve ser fechada para que a 2Ts, de nome limpo, concentre os contratos de trabalho da cantora. A 2Ts afirmou que a empresa de Sueli não cumpriu os serviços acordados no contrato e que aguarda decisão judicial em relação ao pagamento.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

UMARIZAL CONTABILIZA SEU 5º HOMICÍDIO NO ANO DE 2013

Por volta das 19:15 horas, desta segunda-feira(05), na Rua Almino Afonso, bairro Lalins, nas proximidades do escritório da CAERN, aconteceu o 5º homicídio do ano em Umarizal.
Segundo informações repassadas ao blog pela Polícia Militar, a vítima Geová Vicente da Silva, 31 anos de idade, conhecido por Duda, natural de Umarizal, caminhava na Rua Almino Afonso em direção a sua residência, quando foi alvejado com quatro tiros provavelmente de revolver calibre 38, sendo atingido com um disparo no rosto, um na mão e dois no tórax. No momento dos disparos os Policiais Sob o Comando do Sargento Lindoberg faziam ronda pela cidade e logo que souberam do fato, se dirigiram ao local e ainda conseguiram socorrer a vítima com vida ao posto de saúde, mas ele não resistiu aos ferimentos e veio a óbito quando recebia os primeiros atendimentos médicos. 
Segundo informações de populares que estavam em frente ao posto de saúde, Duda era usuário de drogas, já havia sido preso por várias vezes e vivia de ameaçar as pessoas em via pública e segundo um senhor que preferiu não se identificar, ele era suspeito de ter praticado um homicídio há alguns anos no mesmo bairro onde foi alvejado hoje. 
Sobre a morte dele as informações chegadas ao blog são até o momento desencontradas, uns comentam que apenas um homem de moto matou duda, outras pessoas dão conta de dois elementos em uma motocicleta. Cabe agora ao serviço de investigação da Polícia Civil desvendar como se deu o crime e quem o praticou.


Reprodução Cidade News Itaú via Umarizal News
Leia Mais ››

Menino de 12 anos mata padrasto para defender a mãe

Um menino de 12 anos matou o padrasto depois que ele partiu para cima da mãe dele em um bar na Vila das Torres, no bairro Prado Velho, em Curitiba. O crime aconteceu na noite deste domingo (4). Manoel Gregório da Silva, 50 anos, foi morto com dois tiros que atingiram o rosto dele. O menino, autor dos disparos, está foragido. A Delegacia do Adolescente está com o caso.
A confusão aconteceu por volta das 22h quando Silva e a mãe do garoto começaram a discutir dentro de um bar. O menino foi até o local e, segundo testemunhas, disse ao padrasto que não agredisse a mãe dele. Com a continuação da briga, o garoto foi até a residência da família, pegou uma arma e atirou contra o padrasto no meio da rua. Silva morreu com uma faca na mão. A mãe o garoto contou à Polícia Militar (PM), que atendeu a ocorrência, que sofria com as agressões do marido.
O menino fugiu e ainda não se sabe o paradeiro dele.

Reprodução Cidade News Itaú via Intervalo da Notícia
Leia Mais ››

Condutor se distrai ao volante e bate com veículo em ponte em Currais Novos-RN

Por volta das 19h deste sábado (03/08) um veículo Mercedes-Benz A160 (Placas LCU-8067 – Natal/RN) bateu na cabeceira da ponte sobre o Rio Totoró na BR 427 (próximo a Du Rei Casa Show).
O condutor do veículo conhecido como "Birico" (Residente em Currais Novos) disse a reportagem do blog que trafegava sentido Acari quando se abaixou para pegar o celular que caiu debaixo do banco do carro. “Quando eu peguei o celular e me levantei  o carro já estava saindo da pista de rolamento e uma moto estava mim ultrapassando, e para não bater na moto deixei o carro bater na cabeceira da ponte”. Disse Birico.
Devido impacto, a roda dianteiro-direita do veículo saiu junto com a suspensão. Porém o condutor saiu  ileso. A Guarnição da PM Rádio Patrulha esteve presente fazendo o isolamento da área e dando apoio ao condutor.




Reprodução Cidade News Itaú via Esquadrão Resgate
Leia Mais ››

HOMEM MATA MULHER A FACADAS, E COMETE SUÍCIDIO POR ENVENENAMENTO EM ASSENTAMENTO, PRÓXIMO A MAÍSA.

No final do dia de hoje (05/08/13), por volta das 17:30hs, a equipe ALFA-01 do SAMU, foi acionada para um assentamento próximo a Maísa, BR-304 sentido Fortaleza-CE. De acordo com as primeiras informações, uma mulher foi morta a facadas por seu companheiro. O SAMU chegando ao local, constatou que a vítima não resistiu e morreu no local. Já o suposto agressor foi conduzido as pressas pela polícia para o hospital da cidade de Baraúna, O ITEP foi acionado para realizar perícia e remoção do cadáver para Mossoró. O homem foi transferido do hospital de Baraúna para Mossoró e não resistiu morrendo ao da entrada no HRTM onde foi constatado morte por envenenamento.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Individuo é preso acusado de trafico de drogas no Bairro Paredões em Mossoró

Agentes da Delegacia Especializada em Narcótico prenderam na tarde de segunda feira 05 de Agosto de 2013, um individuo acusado de trafico de drogas no Bairro Paredões em Mossoró.

Antonio Bezerra Galdino, 46 anos de idade, foi preso em sua residência na Rua projeta por trás da Rua Anatalia de Melo Alves Bairro Paredões. Com ele foi encontrado quase um quilo de Maconha.

Segundo informações, os agentes receberam varias denuncias que 
Antonio estava usando a residência como ponto de venda de droga. Na abordagem os policiais encontraram uma pequena quantidade de maconha que estava com o mesmo e após uma busca na casa os agentes encontraram em um terreno ao lado da casa um tablete pesando quase um quilo.

Antonio Bezerra Galdino foi conduzido para Denarc e apresentado ao Delegado Dr. Rafael Aras, Antonio será autuado por trafico de drogas.


Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

COLISÃO MOTO COM BICICLETA, DEIXA HOMEM FERIDO NA AV. ALBERTO MARANHÃO EM MOSSORÓ.

Uma colisão na noite de hoje (05/08/13), envolvendo uma moto Biz placa MZB-1023, e um ciclista, na Av. Alberto Maranhão, deixou um homem bastante ferido. Uma equipe BRAVO do SAMU foi acionada, os socorristas Ronaldo e Albino prestaram os primeiros  atendimentos a vítima e em seguida socorreram o mesmo para o HRTM.
De acordo com informações dos Policiais da Força Tática que chegaram primeiro no local, o condutor da moto seguia na Av. Alberto Maranhão no sentido Centro, quando o ciclista no sentido contrário, realizou uma conversão a esquerda, não sendo possível evitar a colisão. Ainda de acordo com informações de populares o homem é conhecido como "Bibio" e possivelmente estaria sobre o efeito de alcool.
O condutor da moto acionou o socorro médico e ficou o tempo todo dando apoio a vítima.



Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Polícia Militar prende quadrilha em carro com placas de Mossoró que estava de frente aos correios de Santana do Seridó e apreende armas


A Polícia Militar da cidade de Santana do Seridó com apoio do GTO de parelhas, conseguiram abordar no final da manhã desta Segunda-Feira (05/08), um veículo modelo Ford Fiesta, de cor preta, Placas NHH-0484/ Mossoró, com quatro indivíduos que estavam em atitude suspeita em frente a agência dos correios da cidade. A PM chegou até os acusados quando pessoas que passavam pelo local estranharam o veiculo parado em frente aos correios com quatro pessoas em seu interior, e outra pessoa em uma moto gesticulando para o prédio dos correios. A Polícia conseguiu abordar o veiculo por tras do Hospital daquela cidade, onde foram encontrados um revolver calibre 38 municiado, uma pistola 380 municiada com dois carregadores. Na ocasião foram presos JAILTON MATHIAS SEVERIANO, comerciante, natural de Natal, GERALDO GILMAR SALDANHA DOS SANTOS, comerciante, natural da cidade de Janduís, ISMAR DANTAS DOS SANTOS, natural de Natal e JOSÉ MARCELO DOS SANTOS FILHO, pintor, natural de Natal, todos já têm passagens pela polícia por; assaltos, roubos, homicidio, latrocínio, porte ilegal de armas e são considerados de alta periculosidade. Após as prisões os acusados e o material apreendido foram conduzidos para o Quartel da Polícia Militar de Parelhas, e em seguida foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil de Parelhas para os procedimentos. O outro acusado que estava na moto ainda não foi identificado pela polícia.

Reprodução Cidade News Itaú via Marcos Silva
Leia Mais ››

Sentença de acusado de matar radialista no RN fica para esta terça

Júri popular do Caso F. Gomes segue com julgamento de João Francisco, o 'Dão'  (Foto: Marcos Dantas)A sentença do acusado de matar o radialista Francisco Gomes de Medeiros, o F. Gomes, ficará para esta terça-feira (6) em Caicó, na região Seridó do Rio Grande do Norte. João Francisco dos Santos, mototaxista conhecido como 'Dão', é apontado no processo como executor no crime. A decisão deve sair no fim da manhã ou no início da tarde. Nesta segunda-feira (5) foram ouvidas 12 testemunhas no Fórum Amaro Cavalcante. Vídeos com depoimentos de outras pessoas também foram exibidos. O crime aconteceu no dia 18 de outubro de 2010, quando o radialista foi morto a tiros.

A advogada de um dos acusados de matar F. Gomes abandonou o julgamento do caso. Maria da Penha Batista de Araújo fazia a defesa do réu Lailson Lopes, comerciante conhecido como 'Gordo da Rodoviária', apontado como um dos autores intelectuais do crime. Ele também seria julgado nesta segunda. Outras quatro pessoas, também acusadas de envolvimento na morte do radialista, não paticipam do júri.

A advogada Maria da Penha alegou foro íntimo para deixar o fórum. Por ter abandonado o processo, ela foi multada em 50 salários mínimos, que devem ser pagos em 20 dias. O júri está sendo presidido pelo juiz Luiz Cândido de Andrade Villaça. O 'Gordo da Rodoviária' e 'Dão' foram denunciados, respectivamente, por autoria intelectual e material do homicídio. O mototaxista é réu confesso. Ele admitiu ter puxado o gatilho. Já o comerciante, nega ter qualquer envolvimento no crime.
Os demais acusados - o advogado Rivaldo Dantas de Farias, o ex-pastor evangélico Gilson Neudo Soares do Amaral, o tenente-coronel Marcos Antônio de Jesus Moreira e o soldado da PM Evandro Medeiros - ainda aguardam sentença de pronúncia, procedimento em que o juiz decidirá se eles também sentarão no banco dos réus ou não. Todos negam.

O tenente-coronel, o soldado e o advogado aguardam a sentença de pronúncia em liberdade. O único que está preso é o ex-pastor, que cumpre pena por tráfico de drogas em Pau dos Ferros.

O soldado Evandro foi o único denunciado por homicídio simples - já que ele foi apontado apenas como o guardião da arma usada para matar o radialista. Se for levado a júri popular e condenado, sua pena pena pode variar de 6 a 20 anos de cadeia. Para os outros (todos denunciados por homicídio triplamente qualificado) a pena é mais rígida e vai de 12 a 30 anos de prisão. Segundo o promotor criminal Geraldo Rufino, foram levados em consideração três  agravantes: motivo fútil, emboscada e morte mediante promessa de recompensa.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Carreta carregada com etanol tomba, pega fogo e explode em MS

Carreta carregada com etanol tomba, pega fogo e explode em MS (Foto: Adejair Moraes/O Correio News)Uma carreta bitrem carregada com 58 mil litros de etanol tombou, pegou fogo e explodiu durante a tarde desta segunda-feira (5), na MS-306 próximo a cidade de Chapadão do Sul, a 325 km de Campo Grande. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o motorista perdeu o controle do veículo ao fazer uma curva para entrar em uma usina. Ele não se feriu.

Ainda conforme os bombeiros, a carga, por conta do atrito com o solo, pegou fogo e provocou um incêndio às margens da rodovia, que consumiu cerca de um hectare de pastagem. Foram usados aproximadamente 80 mil litros de água no combate às chamas.
A Polícia Militar Ambiental foi até o local para apurar os danos ambientais causados. De acordo com a corporação, o homem não será autuado, pois houve combustão completa da carga. A carreta foi retirada do local do acidente com a ajuda de uma empilhadeira após o fogo ter sido controlado.

Carreta carregada com etanol tomba, pega fogo e explode em MS (Foto: Adejair Moraes/O Correio News)

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Comandante-geral da PM do RJ, Erir Ribeiro, é exonerado do cargo

Comandante Erir (Foto: TV Globo)O comandante-geral da Polícia Militar do Rio de Janeiro, coronel Erir Ribeiro da Costa Filho, foi exonerado do cargo na noite desta segunda-feira (5). A informação foi confirmada pela Secretaria de Segurança Pública, em nota, após reunião do coronel com o secretário José Mariano Beltrame. Ainda não há uma decisão sobre o substituto de Erir.

"Mudanças fazem parte do processo de gestão e devem ser vistas com naturalidade", disse o secretário de Segurança, que destacou o empenho do coronel Costa Filho no período de 1 ano e 10 meses à frente da PMERJ. "Quero ressaltar o trabalho e a integridade do comandante Costa Filho, além de seu amor à corporação que comandou", completou Beltrame.

Anistia gerou polêmica
Beltrame e Erir se reuniram essa tarde para discutir um ato do coronel que revoga punições de "menor potencial ofensivo" aos policiais militares. Neste domingo, Beltrame já havia adiantado que não havia gostado da decisão de Erir, e que pediria explicações sobre o fim das punições.
"Da forma que foi colocado, eu não gostei. Precisamos entender e a sociedade mais ainda, para entender quais são essas infrações", disse Beltrame em visita à favela da Mangueirinha, em Duque de Caxias, neste domingo. Beltrame contou ainda que foi pego de surpresa pela decisão.

A Polícia Militar informou neste sábado (3) que a anistia aos integrantes da corporação concedida pelo comandante-geral da corporação, coronel Erir Ribeiro da Costa Filho, não inclui os atos cometidos durante as manifestações. Em nota, a PM informou que a anistia foi apenas a policiais punidos administrativamente, como em casos de atraso, faltas ou ausências não justificadas.
De acordo com a corporação, os episódios mais graves continuam sob Conselho de Disciplina, como os casos de corrupção ou de homicídios. O comando geral da PM explicou que “a dispensa do cumprimento da prisão de detenção se refere ao fato de a Polícia Militar ter cumprido escalas de serviço mais extenuantes nos últimos dois meses”.
Segundo a PM, durante a Copa das Confederações, a Jornada Mundial da Juventude e as manifestações, os policiais trabalharam em escala 24×24 horas. A Polícia Militar não informou quantos PMs receberam o benefício.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Triângulo amoroso envolvendo pai, filho e mulher do filho choca cidade

Timothy John Brewer, de 33 anos, foi preso após agredir seu pai ao flagrá-lo com sua mulher, Logan Rae (Foto: Reprodução/Facebook/Logan Rae)Um triângulo amoroso envolvendo o pai bombeiro, o filho policial e a mulher do filho chocou os moradores de Moab, no estado de Utah (EUA).

Segundo a imprensa americana, o bombeiro Wesley Brewer teria um caso amoroso com a mulher do filho.
No mês passado, Timothy John Brewer, de 33 anos, foi preso após agredir seu pai ao flagrá-lo com sua mulher, Logan Rae.
Após o incidente, Brewer pediu demissão da delegacia do condado de Grand, enquanto seu pai deixou a chefia do corpo de bombeiros.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Clientes do Rural, fechado pelo BC, devem mudar débito automático


Fechado na semana passada pelo Banco Central, o Banco Rural informou nesta segunda-feira (5) os procedimentos para os clientes que possuíam aplicações, empréstimos e pagamentos na instituição.
Em nota, o Rural informou que estão garantidos os pagamentos de aplicações com lastro do Fundo Garantidor de Crédito (FGC), tais como CDBs, LCA e depósitos a vista, no valor de até R$ 250 mil, com exceção dos Fundos de Investimentos.
As aplicações com valores acima de R$ 250 mil serão avaliadas pelo liquidante, "não sendo possível, neste momento, estipular um prazo para fornecer maiores informações". Estão garantidas também, segundo o Rural, as aplicações em depósitos a prazo com garantia especial do FGC até R$ 20 milhões, que devem ser pagas até o final desta semana. Os procedimentos serão informados na página do FGC na internet (clique aqui para acessar)
O banco afirma ainda que clientes com pagamentos de empréstimos e financiamentos "deverão continuar honrando as datas de vencimento previstas em contrato". Para os clientes com contas em débito automático na instituição, o Rural orienta buscar as empresas para mudança "imediata" dos dados de domicílio bancário.
Liquidação judicial
Na última sexta-feira (2), o Banco Central informou ter decretado a liquidação extrajudicial do Banco Rural, envolvido no esquema do mensalão. Segundo o BC, a medida foi tomada por conta do comprometimento da sua situação econômico-financeira e da falta de um plano viável para a recuperação da situação do banco.
"O ato abrange, por extensão, as demais empresas do Conglomerado Financeiro Rural: o Banco Rural de Investimentos S.A.; o Banco Rural Mais S.A.; o Banco Simples S.A.; e a Rural Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A.", informa o Banco Central em nota.
Com o fechamento do banco, ficaram indisponíveis os bens dos controladores e dos ex-administradores da instituição. O BC nomeou Osmar Brasil de Almeida como liquidante do grupo.
Em março de 2013, o grupo, com sede em Belo Horizonte e agências em 19 estados, detinha apenas 0,07% dos ativos e 0,13% dos depósitos do sistema financeiro.
"O Banco Central está tomando todas as medidas cabíveis para apurar as responsabilidades, nos termos de suas competências legais de supervisão do sistema financeiro. O resultado das apurações poderá levar à aplicação de medidas punitivas de caráter administrativo e a comunicações às autoridades competentes, observadas as disposições legais aplicáveis".
Em nota, segundo o Jornal Nacional, os dirigentes do Banco Rural dizem que ficaram surpresos com a decisão do BC porque, segundo eles, o banco jamais causou prejuízo a qualquer pessoa. A instituição diz que estuda agora as medidas cabíveis..
O que é?
Segundo o Banco Central, a liquidação extrajudicial é uma medida "grave e definitiva". Destina-se, ainda de acordo com a instituição, a promover a extinção da empresa quando houver indícios de insolvência irrecuperável ou quando são cometidas infrações às normas que regulam a atividade da instituição.
"Objetiva ainda promover a venda dos ativos existentes para pagamento dos credores, com devolução de eventual sobra aos controladores ou sua responsabilização pelo passivo a descoberto", acrescentou o BC, em explicações que constam em sua página na internet.
Envolvimento no mensalão
No ano passado, ex-dirigentes do Banco Rural foram julgados e condenados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por envolvimento no esquema do mensalão.
O Supremo entendeu que a acionista e ex-presidente do Banco Rural Kátia Rabello e os ex-vice-presidentes José Roberto Salgado e Vinícius Samarane foram responsáveis por conceder empréstimos fictícios ao PT e ao grupo de Marcos Valério, apontado como o operador do mensalão, para pagamento de propina a políticos da base aliada do governo Luiz Inácio Lula da Silva.
Kátia Rabello e José Roberto Salgado foram condenados a 16 anos e 8 meses por formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, gestão fraudulenta e evasão de divisas. Samarane pegou 8 anos e 9 meses por lavagem de dinheiro e gestão fraudulenta. Todos recorreram da condenação, mas os recursos só vão começar a ser julgados no dia 14 de agosto.
A ex-vice-presidente Ayanna Tenório foi absolvida por falta de provas.
BVA
Em junho, o Banco Central já havia liquidado o BVA, também em decorrência do "comprometimento da sua situação econômico-financeira e do descumprimento de normas que disciplinam a atividade da instituição".
Com sede na cidade do Rio de Janeiro, o BVA detinha 0,17% dos ativos do sistema financeiro e 0,24% dos depósitos, com 7 (sete) agências localizadas nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Maconha vendida oficialmente no Uruguai custará US$ 2,50 por grama


Câmara do Uruguai aprova legalização da venda da maconha (Foto: Pablo Bielli/AFP)A maconha que será vendida de maneira oficial pelo governo uruguaio após a legalização da venda no país custará US$ 2,50 por grama, anunciou o diretor da Junta Nacional de Drogas, Julio Calzada. Segundo ele, o preço está “de acordo” com o praticado no mercado negro, e foi estabelecido para não permitir desvios do produto, segundo a agência Télam.
O preço foi fixado de maneira que “não fique nem muito acima nem muito abaixo do atual, para não permitir desvios do produto de um mercado para o outro”, disse Calzada.
O projeto de lei aprovado pela Câmara uruguaia na semana passada permite que os maiores de 18 anos comprem um máximo de 40 gramas de maconha por mês em farmácias. Também foi liberado o cultivo de até seis plantas e a criação de clubes de maconha. Nos clubes, cada pessoa registrada poderá gastar até US$ 100 em maconha adquirida legalmente.
O governo pretende estabelecer um sistema de licenças para que as farmácias vendam o produto.
“Esse projeto busca regular um mercado que hoje está totalmente desregulado e controlado pelo narcotráfico, um mercado opaco do qual participam anualmente cerca de 120 mil pessoas”, disse o diretor do órgão. “Hoje toda a cadeia de valor está nas mãos do narcotráfico. O estado não tem ingerência e isso permite que eles ganhem US$ 30 milhões por ano em nosso pais, dinheiro usado posteriormente para reproduzir os mecanismos vinculados ao tráfico com outras drogas e atividades criminosas.”
Calzada acrescentou que a lei “não cria um mercado” de consumo de maconha, e sim “identifica a existência deste mercado e estabelece marcos regulatórios que permitem que ele deixe de ser opaco e seja transparente, limitado, regulado e controlado pelo Estado para o benefício da sociedade.”
Ele também afirmou que o turismo para o consumo de maconha no país é uma preocupação do governo, e prometeu que as políticas adotadas não irão prejudicar outros países. Será feito um registro de usuários para que apenas os moradores do Uruguai tenham acesso à compra oficial de maconha.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Primeiro casamento gay é realizado no Uruguai

Rodrigo Borda e Sergio Miranda - que estão juntos há 14 anos - cumpriram o trâmite de registro para seu casamento nesta segunda-feira (5) (Foto: Matilde Campodonico/AP)Um matrimônio realizado "in extremis" se transformou no primeiro casamento entre dois homossexuais no Uruguai, país que em abril legalizou a união entre pessoas de mesmo sexo e onde nesta segunda-feira (5) começaram a ser aceitos os pedidos de certidão no Registro Civil.

O casamento aconteceu em um hospital da capital, já que um dos noivos se encontra gravemente doente, informou o diretor do Registro Civil, Adolfo Orellano.
"Foi muito emotivo", relatou ao site do jornal El Observador Luisa Salaberry, que oficializou a cerimônia, acompanhada por testemunhas, parentes e amigos.
O casamento "in extremis" é realizado quando as condições de saúde de um dos noivos não permitem que se realize o trâmite normal, que requer uma espera de cerca de dez dias úteis entre a celebração e o registro oficial. O trâmite fica assim condicionado à validação judicial posterior, explicou Salaberry.
O casamento foi realizado no primeiro dia em que o Registro Civil habilitou a entrada no pedido de certidão de casamento para casais de mesmo sexo.
"Neste caso, como hoje começa a reger a lei de casamento igualitário, este matrimônio não poderia ter sido celebrado nos dias anteriores, apesar de uma das pessoas estar muito doente", acrescentou Salaberry.
Pela manhã, o Registro Civil uruguaio também recebeu pela primeira vez na história um pedido de certidão de casamento por parte de um casal homossexual.
Rodrigo Borda e Sergio Miranda - que estão juntos há 14 anos - cumpriram o trâmite de registro às 7H32, no primeiro passo para o 'sim'.

"É surpreendente e divertido ver a quantidade de apoio da mídia. Sabíamos que não seria privado porque decidimos fazer de modo público para ajudar com a visibilidade", disse Borda.
Com um grande sorriso, acompanhados de alguns familiares e amigos, Borda e Miranda - de 39 e 45 anos, respectivamente, ambos profissionais de comunicação - anunciaram que a partir de 16 de agosto poderão marcar a data do casamento.
"Estamos celebrando e compartilhando porque esta lei marca que todos têm direitos, não há cidadãos de primeira e segunda, isto é o que estamos celebrando hoje. É uma mensagem muito importante que o Uruguai está emitindo ao mundo", comentou Miranda.
O Senado uruguaio aprovou em abril a legalização do casamento homossexual por ampla maioria e com o respaldo de legisladores de todos os partidos políticos.
A lei, criticada pela Igreja Católica e grupos de defesa da família, afirma que "o matrimônio civil é a união permanente, conforme a lei, de duas pessoas de distinto ou igual sexo".

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Polícia ouve os envolvidos no caso Amarildo, desaparecido na Rocinha


O delegado Rivaldo Barbosa, da Divisão de Homicídios (DH), na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, ouve, nesta segunda-feira (5), todos os envolvidos no caso de Amarildo de Souza, conforme informou a Polícia Civil. Entre eles, estão nove policiais da Unidade de Polícia Pacificadora, que chegaram em uma van por volta das 15h. O ajudante de pedreiro está desaparecido desde o dia 14 de julho, quando foi abordado por militares da UPP da Rocinha, na Zona Sul.
A DH intimou o policial militar Juliano da Silva Guimarães a prestar depoimento após a denúncia feita pelo PM, lotado na Unidade de Polícia Pacificadora da Rocinha. Guimarães, segundo a Polícia Civil, teria dito que um tio dele, motorista da Comlurb, foi obrigado por traficantes a transportar um corpo ao lixão do Caju, na Zona Portuária do Rio. A Polícia Civil informou que o PM será ouvido, no entanto, não há informação de data e horário.
O advogado da família do pedreiro informou que entrará com uma “ação de justificação de morte presumida” nesta segunda-feira (5). Segundo João Tancredo, a família não tem dúvidas de que Amarildo está morto.
“Em um primeiro momento, para iniciar qualquer outro processo, deve ser declarada, presumida, a morte do Amarildo. A exemplo do que aconteceu no voo da Air France ou no caso de desabamentos, em que não há o corpo. Para que você inicie alguns procedimentos, você precisa ter a certidão de óbito. E a família não tem nenhuma dúvida de que ele está morto”, explicou João Tancredo.

Ainda segundo o advogado, de posse da certidão, a família entrará com uma ação indenizatória contra do estado. Ele espera ter acesso à declaração de morte de Amarildo em três dias.
“De posse [do documento], já faço a ação de indenização. Ele era trabalhador e conseguia arrecadar um salário mínimo. Eu entrei na casa deles que é muito pobre. Eles vivem em um cômodo único, com quarto, banheiro e cozinha juntos. Vou pedir de antemão o pagamento de uma pensão de um salário mínimo”, afirmou Tancredo.
O advogado informou ainda que acredita que a decisão sobre a pensão de um salário mínimo pode sair já na segunda-feira (12), dependendo do juiz.
“Para a família, ele está morto. A mulher dele o viu sendo colocado dentro da patrulha, ele sendo algemado. Segundo testemunhas, o major proibiu a subida de quaisquer pessoas a esse ponto mais alto da comunidade pra onde ele teria sido levado. O fato concreto é que uma câmera funcionava, mas não tinha imagem dele passando, as outras não funcionavam e o GPS estava desligado. Isso testemunha afirma: que ele saiu da UPP dentro de um carro da polícia”, acrescentou João Tancredo.
Perícia na UPP
Na manhã deste sábado (3), agentes e o delegado da Divisão de Homicídios (DH), Rivaldo Barbosa, ouviram depoimentos de testemunhas e fizeram uma perícia na sede da UPP na comunidade. Peritos usaram luminol – sustância química que permite encontrar vestígios de sangue, mesmo que o local tenha sido limpo  – na sede da UPP. No entanto, o resultado do exame não foi divulgado.
GPS e câmeras desligados
Os investigadores querem saber o motivo de os aparelhos de GPS dos carros da UPP, e duas câmeras de segurança da comunidade não estarem funcionando no do desaparecimento de Amarildo. Policiais tentam encontrar imagens de câmeras de prédios e de pontos comerciais de São Conrado que possam ajudar a esclarecer o caso.
Na quinta-feira (1º), moradores da Rocinha fizeram uma passeata para cobrar uma resposta sobre o caso e criticaram a ação da PM. No Leblon, o grupo se juntou a manifestantes que acampam próximos à casa do governador Sérgio Cabral.
Em Brasília, a ministra da Secretaria de Direitos Humanos, Maria do Rosário, considerou a polícia como a principal suspeita do crime. Em resposta à declaração, o secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, afirmou que é prematuro apontar culpados já que a investigação ainda está em curso.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Suspeita de matar amiga depõe em Goiás: 'Pesquisamos como matar'

Caso Bianca Pazinatto:menor presta depoimento em Jataí. Goiás (Foto: Divulgação/TJ-GO)

Sob forte esquema de segurança, o juiz Thiago Soares Castelliano interrogou, na tarde desta segunda-feira (5), as adolescentes de 16 e 17 anos suspeitas de matar a facadas a estudante Bianca Mantelli Pazzinato, de 18 anos. Durante a audiência, no Fórum de Jataí, cidade do sudoeste goiano onde o assassinato aconteceu, a garota de 17 anos deu a sua versão para os fatos: "Durante uma semana planejamos tudo, pesquisamos na internet como matar uma pessoa".
A imprensa não foi autorizada a entrar, mas o interrogatório foi acompanhado pela assessoria de Tribunal de Justiça de Goiás, que repassou as falas da adolescente à imprensa. Primeira a ser interrogada, a adolescente de 17 anos disse que matou a vítima porque não conseguiria vê-la com outra pessoa.
O interrogatório durou menos de uma hora. A adolescente disse que começou um namoro com Bianca no dia 3 de março deste ano. Segundo ela, a outra menor a ajudou no crime "por questão de amizade". Ela chorou ao olhar para a mãe e disse: “Estou muito arrependida, principalmente quando penso nas famílias”.
A estudante atribuiu a preparação do crime à amiga de 16 anos que teria, inclusive, comprado todo o material utilizado no assassinato de Bianca. "Sempre a achei uma pessoa agressiva e eu sabia que ela iria fazer isso por mim”, relatou.

Estudante é encontrada morta na casa de amiga em Jataí, Goiás (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)Bianca foi morta a facadas, em Jataí
(Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)
Logo após o interrogatório da adolescente de 17 anos, o juiz deu início à audiência da menina de 16 anos. Ela, no entanto, preferiu exercer o direito de se manter calada, recusando-se a responder às perguntas.
Nova audiência
Uma nova audiência foi marcada para 19 de setembro, quando devem ser ouvidas sete testemunhas de acusação. A defesa terá até a quinta-feira (8) para apresentar suas testemunhas. 
Apesar do inquérito não estar totalmente concluído, o Ministério Público ofereceu representação criminal pedindo a aplicação de medida socioeducativa de internação pelo prazo máximo de três anos. Até que saia a sentença, as garotas ficam sob custódia no Centro de Internação de Goiânia, de onde saíram nesta manhã para serem interrogadas e para onde devem voltar ainda nesta segunda-feira.
As menores estão apreendidas em Goiânia a pedido do Conselho Tutelar de Jataí. O órgão temia que elas pudessem ser linchadas se permanecessem na cidade, já que há uma forte comoção popular com a morte de Bianca.
Morte
Bianca foi assassinada a facadas por volta das 10h30  do último dia 29 de julho, em Jataí. Conforme a Polícia Civil, as suspeitas de cometer o crime são duas amigas da vítima, de 16 e 17 anos, que estão apreendidas. O corpo da jovem foi encontrado no mesmo dia na casa da menina mais velha, embrulhado em sacos plásticos debaixo de uma cama.
Em entrevista, a suspeita contou que a motivação do assassinato seria a recusa da vítima em manter um namoro. "Ela não ia ficar comigo. Não queria que ficasse com mais ninguém também", declarou.  Entretanto, as famílias da menor de idade e de Bianca afirmam que não tinham conhecimento do relacionamento homoafetivo entre elas.

Adolescente listou o que precisava e como cometeria o crime em Jataí, Goiás (Foto: Saulo Prado/ Arquivo Pessoal)Suspeita teria listado o que precisava para cometer
o crime (Foto: Saulo Prado/ Arquivo Pessoal)
Tia da universitária, Júlia Pazzinato nega que Bianca tivesse qualquer relacionamento amoroso com a suspeita. “Ela não queria envolvimento com essa menina. Bianca era perseguida por ela”, ressaltou a parente da vítima.
A Polícia Civil encontrou um caderno que reforça a suspeita de que o assassinato da estudante foi premeditado. No caderno, estavam listados os objetos que deveriam ser utilizados para matar Bianca, entre eles uma faca, luvas, e até uma barra de ferro.
Antes do crime, a menor de idade tinha escrito uma carta para Bianca declarando seu amor por ela. Na declaração, a suspeita escreveu: "Te amo muito, não por escolha, meu coração te escolheu sozinho, não me deu chance de defesa".
A adolescente de 17 anos contou que Bianca tentou lutar antes de ser morta. “Ela se debateu e queria gritar. Ficou muito desesperada”, declarou.
O inquérito policial deve ser concluído até a próxima quarta-feira (7).

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Primeiro hambúrguer feito em laboratório é provado em Londres

Escritor de gastronomia nos EUA Josh Schonwald e pesquisadora de alimentos Hanni Rutzler, da Áustria, provam primeiro hambúrguer feito em laboratório por cientistas na Holanda (Foto: Toby Melville/Reuters)
O primeiro hambúrguer já feito em laboratório foi provado em uma conferência científica em Londres nesta segunda-feira (5). Segundo o jornalista Josh Schonwald, que escreve sobre gastronomia nos EUA e foi um dos dois voluntários a provar a carne, o produto se parece com um hambúrguer bovino tradicional, mas falta gordura.

Já a nutricionista austríaca Hanni Ruetzler achou o gosto muito próximo ao da carne de vaca e a consistência "perfeita", apesar de não ser tão suculento.
O hambúrguer foi preparado pelo chefe de cozinha Richard McGeown, e o evento foi transmitido ao vivo em um estúdio de televisão da capital inglesa. Cada disco de carne contém cerca de 20 mil fios de proteínas cultivadas a partir de células-tronco de vaca.
Segundo o autor da pesquisa, o biólogo vascular Mark Post, da Universidade de Maastricht, na Holanda, a ausência da gordura realmente interfere no paladar, mas ele considera que a consistência e o sabor estão muito próximos da carne bovina normal.
"Acho que a maioria das pessoas não percebe que a atual produção de carne está em seu máximo (nível) e não vai fornecer carne suficiente para o crescimento da demanda nos próximos 40 anos. Então, precisamos chegar a uma alternativa, não há dúvida. E isso pode ser uma forma ética e ambientalmente amigável para a produção de carne", diz o autor.
O "burguer in-vitro", portanto, poderia ser uma resposta à escassez global de alimentos e também ajudar a combater as alterações climáticas.
Como foi feito
Para que o tecido da carne seja entrelaçado com os 20 mil fios de proteínas, as células são colocadas em um anel, como uma rosca, em torno de um cubo de gel de nutrientes, explicou Post.
Para preparar a carne, os cientistas misturaram a carne com outros ingredientes normalmente usados em hambúrgueres, como sal, ovo em pó e farinha de rosca. Além disso, suco de beterraba vermelha e açafrão foram adicionados para dar uma cor mais natural ao produto.
"Para termos sucesso, tem que aparentar e ter gosto da coisa verdadeira", destaca Post.

Hambúrguer de laboratório é frito e exibido ao vivo por estúdio de TV em Londres (Foto: Toby Melville/Reuters)

Professor Mark Post, chefe da pesquisa na Universidade de Maastricht, na Holanda (Foto: David Perry/Reuters)

Professor Mark Post, chefe da pesquisa na Universidade de Maastricht, na Holanda (Foto: David Perry/Reuters)

Hambúrguer é frito pelo chefe de cozinha Richard McGeown (Foto: David Perry/Reuters)

Pronto, hambúrguer parece como qualquer outro de carne bovina (Foto: David Perry/Reuters)

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››