RÁDIO CIDADE AO VIVO

quarta-feira, agosto 14, 2013

Homicídio em Itaú-RN nesta quarta-feira.





Nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira, o frentista do Posto Itaú, Antonio de Paiva Dias, 46 anos de idade, conhecido por Avolino, natural de Itaú, foi alvejado com aproximadamente 3 tiros de pistola 380, quando dava o expediente do dia no posto de combustível.

De acordo com informações da PM, soldados Renilson e Gomes, dois homem de moto, não identificada e capacete chegaram ao posto logo atirando sem dar chance de reação a vítima. Empreendendo fuga pela BR 405.

O corpo foi removido por volta das 5:50 da manhã desta quarta-feira (14) pela equipe Técnica de Polícia Científica (ITEP) para cede do órgão em Mossoró, para ser necropsiado e ser liberado para sepultamento.

As causas do homídio são desconhecidas porém há rumores na cidade de algumas delas. Um popular estava na companhia de avolino quando os meliantes chegaram, e quando viu os mesmo armados fugiu do local sem reconhecer os assassinos e o as características do veículo usado no crime.


Atualizado ás 09:15








Momento da Remoção foto: Pepeta (Rádio Cidade)

Após Remoção foto: Pepeta (Rádio Cidade)





Arlindo Maia da Redação do Cidade News
Leia Mais ››

Ônibus escolar pega fogo e mata criança em Goiás, diz polícia

Ônibus escolar explode em Aragarças, Goiás (Foto: Ricardo Manciolli/Arquivo Pessoal)
Um ônibus escolar pegou fogo e, em seguida, explodiu no início da tarde desta quarta-feira (14), em Aragarças, no oeste goiano. Segundo a Polícia Militar, o motorista teria tentado retirar os alunos, mas um menino de 5 anos não conseguiu sair e morreu carbonizado. O veículo transportava um passageiro adulto, além de sete crianças, entre 3 e 7 anos, da zona rural para escolas municipais da região.

Os alunos que estavam no ônibus foram socorridos por motoristas que passavam pelo local na hora do acidente e encaminhados ao Hospital Getúlio Vargas, em Aragarças. Eles estão sendo medicados e fazem inalação de oxigênio para combater a intoxicação da fumaça. O hospital informou ao G1 nesta tarde que as seis crianças passam bem.
A ocorrência foi atendida pelo Corpo de Bombeiros de Barra do Garças (MT). De acordo com a corporação, o corpo da criança morta será removido pelo Instituto Médico Legal (IML) de Iporá, cidade que fica a 183 km de Aragarças.
A perícia ainda vai confirmar as causas do acidente, porém, segundo o sargento Dayan Carlos Gomes, o motorista afirmou que o incêndio teve início na parte elétrica do ônibus.

Ônibus escolar explode em Aragarças, Goiás (Foto: Ricardo Manciolli/Arquivo Pessoal)

Ônibus escolar explode em Aragarças, Goiás (Foto: Ricardo Manciolli/Arquivo Pessoal)

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Scheila evita falar sobre traição do marido:"Respeitem meu momento"

14.ago.2013 -  Scheila Carvalho diz que não vai comentar sobre traição do marido, Tony SallesScheila Carvalho evitou falar sobre a traição do marido durante a sua participação no "Programa da Tarde", na TV Record. Perguntada pela apresentadora Ana Hickmann se gostaria de falar algo sobre o assunto, a dançarina respondeu: "Não quero falar sobre isso. Quero que respeitem o meu momento".

A dançarina foi eliminada de "A Fazenda" na noite de terça-feira (13), com 35% dos votos. Ela disputou a permanência na casa com a modelo Bárbara Evans. 

Durante a manhã, em sua participação no "Hoje em Dia" a ex-peoa foi poupada do assunto. A apresentadora Chris Flores fez um editoral no qual informou aos telespectadores de que Scheila Carvalho não tinha conhecimento sobre um assunto grave relacionado à sua intimidade. "Existe uma decisão editorial que não é nossa, é da direção, de respeitar a Scheila como mãe, como mulher, como artista".

Logo após sua participação no "Hoje em Dia", Scheila falou pessoalmente a psicóloga da "Fazenda", e por telefone com sua assessora e o com o marido, Tony Salles.

No início do "Programa da Tarde", Ana Hickmann perguntou se Scheila já tinha conhecimento dos acontecimentos relacionados à sua família, sem mencionar a palavra traição. A ex-peoa respondeu que sim.  A eterna morena do Tchan afirmou que ficou nervosa com a explicação que Chris Flores deu aos telespectadores. Scheila afirmou que estava preocupada porque a apresentadora só falava sobre sua filha, Giulia. "Quando terminou o programa, eu achei que alguém da minha família tivesse morrido. Ela estava falando só da minha filha, da minha filha. 'Não, a Giulia tá bem, a Giulia tá bem'. Aí, eu perguntei: 'Tony?' e ela respondeu: 'Não. Não, aconteceu nada'. Eu pensava que alguém tinha morrido, gente. Pelo amor de Deus!"

Ela só mostrou receio quando a apresentadora Ana Hickmann perguntou se ela poderia fazer perguntas sobre esse assunto. Scheila respondeu: "Depois a gente conversa, né?". Apesar da notícia, Scheila participou de todos os quadros do programa, cumprindo as suas obrigações contratuais.

Na mesma hora em que Scheila estava no "Programa da Tarde", na TV Record, Tony Salles dava entrevista no programa "A Tarde é sua", na Rede TV. Durante a conversa com Sônia Abrão, ele disse:  "A única pessoa para quem eu tenho que dar satisfação é a Scheila. Quando eu me emociono dando entrevista é porque tocou no assunto da Scheila. Aí, bateu a saudade. Fiquei muito incomodado, muito sentido mesmo".

Ao UOL, o advogado de Tony Salles, Marcos Rogério Ferreira, afirmou que esteve com Scheila Carvalho no início da tarde. Ele afirmou que foi à Record para pedir uma assinatura da dançarina que tinha relação com a liminar concedida pela Justiça ao marido de Scheila. A decisão judicial proibiu Kamyla Simioni, que teve um caso com Tony, de citar o nome dele ou da ex-peoa em entrevistas, sob pena de multa de R$ 300 mil.

Entrevista pela manhã

Alegando uma decisão editorial, a Record se negou a falar sobre a traição de Tony Salles durante a participação de Scheila Carvalho no  programa "Hoje em Dia", na manhã desta quarta-feira . A explicação partiu da apresentadora Chris Flores, no fim do programa. Segundo ela, a decisão foi tomada em respeito à apresentadora que ainda não sabia do ocorrido. De acordo com o programa, por questões contratuais, os participantes que deixam o reality show são impedidos de ter contato com a família ou assessores até o meio-dia do dia seguinte à eliminação.

Scheila ouviu às declarações de Chris Flores de cabeça baixa e foi avisada pela apresentadora que estava tudo bem com Giulia, filha da ex-confinada com Tony Salles. 

Após o fim do programa, a blogueira Alessandra Siedschlag, comentarista de "A Fazenda" no programa "Hoje em Dia", declarou em seu perfil no Twitter que Scheila "desabou" ao receber a notícia.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Juiza que condenou a TelexFree perde recurso e será processada por empregar parentes “fantasmas”

A juíza Milene Aparecida Beltramini Pullig, acusada de empregar marido e irmã como funcionários “fantasmas” em seu gabinete, continuará sendo investigada e processada normalmente. 

Por unanimidade a Quarta Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso negou providente a recurso impetrado pela magistrada que tentava impedir a tramitação, em primeiro grau, de ação por improbidade administrativa.

Atualmente, Milene ocupa a 3ª Vara Civel de Rondonópolis. É dela a decisão que determinou recentemente a TelexFree a pagar R$ 101.574 investidos pelo divulgador Samir Badra Dib. O processo contra a magistrada se arrasta desde 2004.

O relator do recurso, desembargador Luiz Carlos da Costa, atestou que a decisão de primeira instância, que determinou a instauração da ação, “deve ser mantida por estar fundamentada com perfeita demonstração da fumaça do bom direito e por não se tratar de lide temerária e possuir indícios suficientes para embasá-la”.
A magistrada teria empregado o marido Hitler Pullig Filho como segurança e a irmã Milaine Cristina Pereira Beltramini Pinheiro em seu gabinete como secretária em comarcas do interior onde atuou. Conforme denúncia e provas juntadas pelo Ministério Público do Estado, enquanto recebia salário sem trabalhar Hitler residia em Cuiabá e fazia curso de Direito na Universidade de Cuiabá (Unic). Já Milaine residia em Americana (SP), onde cuidava da mãe doente.

A acusação contra Milene Pullig foi feita a partir de uma denúncia anônima registrada pelo “disque-denúncia”, instrumento criado pelo MP com objetivo de apontar falhas e irregularidades no poder público. A ação civil pública foi protocolada na 3ª Vara da Fazenda Pública no dia 21 de julho daquele ano.

Ao apresentar o recurso no TJ, a magistrada investigada negou qualquer ato ímprobo, que não restou comprovado o dolo, alega que as provas juntadas pelo MP são falhas. Ao final da ação, se demonstrada à culpabilidade da magistrada ela e seus parentes terão de ressarcir os danos ao erário aferido em R$ 224,9 mil e poderão perder os cargos.

O Agravo de Instrumento começou a ser apreciado pelo colegiado em sessões passadas e foi concluído nesta terça-feira, 13, após leitura do voto da juíza Helena Maria Bezerra Ramos que havia pedido vistas do processo. Ao analisar preliminares, a magistrada divergiu do relator da ação, desembargador Luiz Carlos da Costa, e do 1º vogal desembargador José Zuquim Nogueira, mas no mérito também negou o recurso como os demais.

Em seu voto, o relator citou doutrinadores e jurisprudências do Superior Tribunal de Justiça (STJ) onde a corte se posiciona neste mesmo sentido. O entendimento do STJ é que nas ações de improbidade administrativa incide o princípio in dúbio pro societate e recomenda-se que somente as ações claramente infundadas devam ser previamente afastadas bastando para o seu recebimento meros indícios e não provas robustas a qual se formará no decorrer da instrução processual.

Reprodução Cidade News Itaú via Jair Sampaio
Leia Mais ››

Leite de Pedra II: Mega-operação policial é deflagrada em Jucurutu nesta manhã, oito foram presos

Na madrugada de hoje, 14 de agosto de 2013, as Policias Civil e Militar, deram cumprimento a 12 (doze) mandados de prisão preventiva, sendo 11 em Jucurutu e 1 em Assu.
Policiais Civis de todo o Estado e Policiais Militares do 6º BPM e da Cavalaria de Caicó participaram da operação. Quanto à realização da Operação durante a greve da Polícia Civil, o DPC Matheus Trindade esclareceu:
“Esta operação foi mais uma prova do compromisso da Polícia Civil com a sociedade. Mesmo em greve, alguns policiais viajaram mais de 300km durante a madrugada porque sabiam da urgência da operação. Sabem que o Estado não pagará diárias operacionais, como seria devido, mas ainda assim cumpriram a missão. Na atual situação da Polícia, é preciso tirar leite de pedra para continuar trabalhando.”
O DPC Matheus acrescentou que a operação foi realizada utilizando os 30% do efetivo que permanece trabalhando durante a greve. Foram expedidos 17 mandados de prisão, mas 5 (cinco) investigados já estavam presos. Em sua maioria, os alvos são investigados pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.
Foram presas as pessoas de Cássio Augusto Souza, vulgo “Cassinho”, Amanda Medeiros de Oliveira “companheira de Cassinho, Wtemberg de Souza Clemente, vulgo “Utinho”, Aureliano Rodrigues Neto, Damião Mototaxista, vulgo “Bião”, Ezaú de Lima, Francisco Wagner Menezes e um menor apreendido de iniciais J. L.
Ainda foi preso na Operação um homem identificado por “Marichumba”. Não havia, contra ele, mandado de prisão, porém, quando a Polícia adentrou em uma residência para fazer uma busca, ele estava no interior e teria efetuado um tiro de espingarda bate bucha contra os Policiais. A espingarda foi apreendida.
Todos as pessoas presas na Operação, foram transferidos para a Penitenciária Estadual do Seridó “Pereirão”, onde ficarão à disposição da Justiça.

Reprodução Cidade News Itaú via Jair Sampaio/PM Jucurutu
Leia Mais ››

Polícia baiana prende suspeitos de matar a jornalista natalense

A polícia prendeu os dois homens suspeitos de terem matado a funcionária da Universidade Federal da Bahia (Ufba) Selma Barbosa Alves, de 53 anos, após um assalto no domingo, dia 11, no bairro do Costa Azul.

Raimundo Santana Portela Filho, conhecido como Buda, de 34 anos, teria sido o autor do disparo que atingiu Selma. Ele foi capturado no bairro do Pau Miúdo na noite de terça, dia 13, por volta de 21h. Já o outro suspeito, Roberval Bispo de Souza, de 26 anos, foi encontrado por uma viatura da Operação Gêmeos no distrito de Boca da Vagem, no município de Irará (a 133 quilômetros de Salvador).

De acordo com informações do major Wildon Reis, a polícia chegou até os acusados após encontrar um celular no esgoto utilizado por eles para fugir após o crime. A partir do aparelho, localizaram a família de Roberval e permaneceram em sua casa durante 24 horas, até que ele entrou em contato com os familiares e confessou que havia participado do crime. Ainda nesta ligação, Roberval revelou que o tiro foi disparado por Raimundo.

Em seguida, os agentes localizaram a casa de Raimundo, no bairro do Pau Miúdo, onde ele foi surpreendido e preso. Já Roberval foi detido na casa do pai, em Irará, na madrugada desta quarta, dia 14, por volta de 3h.

Os dois acusados, que já possuíam passagem pela polícia por conta de assaltos, estão detidos na Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos, na região do Iguatemi. Em depoimento à polícia, Raimundo afirmou que, no momento do crime, a arma disparou sozinha após ele se assustar com uma viatura que passava próximo ao local. “Foi um acidente que acabou acontecendo”, afirmou.

Já Roberval, que estava dirigindo o veículo, afirmou estar arrependido. “Eu não esperava que isso fosse acontecer. A gente viu a viatura da polícia e fugiu”, disse ele, que já cumpriu pena por conta de um assalto realizado em Guarajuba, em 2011.

Reprodução Cidade News Itaú via Robson Pires
Leia Mais ››

Arena das Dunas começa a receber o gramado

126191A Tribuna do Norte destaca que o processo de plantio do gramado da Arena das Dunas foi iniciado nesta quarta-feira (14), pontualmente às 8 horas da manhã. O estádio, que no final de julho atingiu a marca de 83,81% do seu projeto total, já rompeu a casa dos 85% com o início do trabalho, de acordo com a OAS.

O processo escolhido para implantação do gramado, foi a plantação de mudas, com o trabalho sendo realizado em 48 horas. A área plantada será 115m de comprimento por 78 m de largura, embora as dimensões oficiais do campo de jogo durante a realização da Copa do Mundo exigida pela Fifa seja de 105m de comprimento e 68m de largura.

O gramado vai levar cerca de 90 dias para se estabelecer, mas o período leva em consideração o nível de luz e irrigação. Em um prazo de 20 dias, o tapete de grama já deverá estar pronto para sofrer o primeiro corte. O qualidade de grama escolhida pela Fifa para ser implementada na Arena das Dunas foi a Bermuda Tifway, que também é conhecida no mercado como grama de verão, uma qualidade mais resistente as condições nordestinas. Todo processo de plantio foi mecanizado.

Reprodução Cidade News Itaú via Robson Pires
Leia Mais ››

Sejuc convoca concursados para curso de formação de agentes penitenciários

O Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Norte em sua edição desta quarta-feira (14) traz a lista de convocação dos 87 candidatos aprovados para o Curso de Formação para o Cargo de Agente Penitenciário. As vagas foram abertas, em razão de aposentadorias, falecimentos, exonerações e demissões de Agentes Penitenciários que trabalhavam no Sistema Penitenciário Estadual.

Os aprovados devem comparecer nos dias 15 e 16 de agosto para a efetivação da matrícula no Curso Específico de Formação Profissional para Agentes Penitenciários, no horário de 08h às 12h e das 14h às 17h, no Setor de Informações Penitenciárias - INFOPEN, da Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania (SEJUC), localizada no Centro Administrativo do Estado - BR 101, Km 0, Lagoa Nova - CEP: 59064-901 - Natal/RN.

Os candidatos devem comparecer ao local da matrícula portando os seguintes documentos: CPF; RG; Certificado de conclusão de ensino médio ou curso superior, acompanhado de histórico escolar; Título de eleitor; Comprovante de residência; 02 (duas) fotos, tamanho 3x4.

A aula inaugural será no dia 19 de agosto de 2013, às 08h, no auditório da Escola do Governo Cardeal Dom Eugênio de Araújo Sales, localizada no Centro Administrativo do Estado - BR 101, Km 0, Lagoa Nova - CEP: 59064-901. Os convocados terão 184 horas/aula, com oito horas de aulas por dia até meados de setembro, quando o curso será finalizado. As aulas vão ocorrer na Escola Penitenciária, na Redinha, e os alunos receberão bolsa durante o período, que ainda não teve o valor definido.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

PRESO O HOMEM QUE TENTOU MATAR O SUBTENENTE CARLOS.


O Subtenente da Polícia Militar, Luiz Carlos de Souza, responsável pelo o destacamento de Guamaré, foi ferido com golpes de facão na noite desta terça-feira (13), na comunidade de Lagoa Seca em operação em combate a drogas e armas de fogos.


O acusado do crime foi identificado como Francisco Bernardino de Souza “Vulgo Nego Louco” (24 anos).

ENTENDA O CASO


Ainda na tarde de ontem, a polícia militar sob o comando do subtenente Luiz Carlos, prendeu três acusados de assaltos e de portar arma de fogo na comunidade de Salina da Cruz.
Após serem ouvidos na delegacia, a equipe de policiais se dirigiu até a comunidade de Lagoa Seca, a 12 km da sede do município para concluir a operação.


Enquanto os policiais procuravam as armas, o subtenente se aproximou de uma casa suspeita, um dos acusados estava escondido por trás de uma latada, ao ver a aproximação do subtenente, Nego Louco com um facão deferiu vários golpes nas costas do policial, mesmo com o colete e ferido, o subtenente entrou em uma luta corporal com o bandido.


Colegas de combate ao ver a situação efetuaram disparo para conter o bandido que se mostrava decidido matar ou morrer.  O acusado foi atingido no braço e na barriga.
Nego louco desferiu os golpes no braço e ombro do policial que foi socorrido em estado grave para o Hospital Manoel de Lucas em Guamaré.


Nego Louco também foi socorrido e encaminhado para Natal sobre forte escolta policial para retiradas das balas.
O restante dos bandidos que estavam armados mediante a movimentação, adentraram no matagal fugindo do cerco policial.
O facão utilizado na agressão  foi apreendido. Muitos curiosos se encontram na frente do hospital em busca de noticias.
O comandante da 1ª CIPM Major Fernandes de logo chegou a Guamaré, e se emocionou ao ver o companheiro ferido. O Major determinou o Grupo Tático de Operação fazer uma varredura em Lagoa Seca em busca dos demais bandidos.


Durante toda madrugada, o GTO com policiais de Guamaré realizaram varias diligências sem êxito. Novas buscas serão realizadas hoje pela manhã.
Antes de concluir essa reportagem, o blog foi informado que o subtenente passa bem. Aguardem novas informações a qualquer momento.

Reprodução Cidade News Itaú via Guamaré em Dia
Leia Mais ››

PM apreende 1,3 tonelada de carne de jumento em Limoeiro, PE

Um homem de 58 anos foi preso na cidade de Limoeiro, no Agreste pernambucano, enquanto transportava 1,3 tonelada de carne de jumento em uma Kombi, na madrugada desta terça-feira (13). Ele estava com um ajudante de 17 anos, que foi liberado pela polícia. A carne foi levada para a delegacia do município.
De acordo com o delegado responsável pelo caso, Paulo Gustavo, o automóvel com a carne de jumento foi interceptado pela Polícia Militar no bairro de Piralira. "A cidade tem histórico de matança e já tínhamos a suspeita do transporte de carne", afirmou, em entrevista ao G1.
Ainda segundo o delegado, o adolescente havia recebido R$ 30 para ajudar o homem com o transporte. Ele foi liberado e entregue à família, com o compromisso de se apresentar ao Ministério Público quando solicitado.
A carne seria comercializada no bairro de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife. A polícia já tem suspeitos de quem seria o proprietário da carne e tem até 10 dias para concluir o inquérito e indiciar os responsáveis. O homem flagrado com o material já tinha passagem pela polícia nas mesmas circunstâncias e vai responder por crime contra as relações de consumo e corrupção de menor. Ele foi encaminhado ao Presídio de Limoeiro.
A comercialização da carne de jumento é proibida por lei em todo o Brasil. Como o produto é fornecido por matadores clandestinos, não há controle sanitário. A carne deve ser incinerada pela Vigilância Sanitária.

Reprodução Cidade News Itaú via G1/João Moacir
Leia Mais ››

Individuo é preso acusado de estupro na cidade de Grossos-RN

Policiais do destacamento da cidade Grossos prenderam na manhã de quarta feira 14 de Agosto de 2013, um individuo acusado de estuprar uma criança de quarto anos de idade.

Antonio Alves dos Santos “João Coragem” 39 anos de idade, morador da cidade de Grosso, foi preso acusado de estuprar na noite de ontem (13) uma criança de apenas quatro anos de idade. 

Segundo informações a criança estava brincando próxima a casa dela, quando Antonio teria tentado estuprá-la. Na mesma noite a policia realizou diligencia no intuito de localizar Antonio que conseguiu fugir.

Na manhã de hoje, os policiais CB Hiro e o Sd Berg conseguiram localizar Antonio que estava trabalhando dentro de uma mata próximo a cidade.

Na Chegada a delegacia os policiais de Grosso conseguiram evitar que a população linchasse Antonio. 

A criança reconheceu Antonio como sendo o individuo que tentou estupra - lá. 

Segundo informações Antonio já esteve preso acusado de estupra outra criança.


Reprodução Cidade News Itaú via O Câmera
Leia Mais ››

HOMEM É ASSASSINADO DENTRO DE CASA NO SITIO GAJÉ EM ALTO DO RODRIGUES

Na madrugada de hoje 14 de agosto por volta das 00:30hs foi assassinado com disparo de arma de fogo a pessoa de Jaílson Fernandes dos Santos de 28 anos que residia no Sitio Gajé em Alto do Rodrigues Jaílson era Natural de Santa Luzia /PB. As informações são que dois elementos encapuzados invadiram sua residência disparando vários tiros contra a vitima, a Policia do Alto do Rodrigues junto com a de Carnaubais realizaram varias diligencias em busca dos elementos. A delegacia do Alto do Rodrigues comandada pelo Subtenente Cezar pede a população se tiver qualquer informação ligar para a delegacia., não precisa se identificar.


Reprodução Cidade News Itaú via Passando na Hora/Fotos falando irreverente
Leia Mais ››

'Ele não é disso', diz avó sobre neto suspeito de matar grávida no RN

Sanclea Fernandes Dantas, de 32 anos, estava grávida (Foto: Arquivo da família)
"Ele não faria isso. Não é dessas coisas". A avó do suspeito de assassinar a empregada doméstica Sanclea Fernandes Dantas, de 32 anos, acredita na inocência do neto. O crime aconteceu na madrugada do último domingo (11), na cidade de Patu, região Oeste do Rio Grande do Norte. Segundo a aposentada Francisca Araújo, que conversou com o G1, o jovem Waedson Hually Araújo, de 19 anos, não tinha motivos para cometer o crime. 
De acordo com a família, o jovem concluiu o ensino médio recentemente. "Ele só estava estudando para fazer uma prova que ficou faltando", contou. O rapaz foi preso na casa dos avós poucas horas após o crime. Ele permanece detido no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Patu. Com ele, a polícia apreendeu uma moto roubada. A diretoria do CDP disse que o rapaz está detido numa cela comum junto com outros presos.
Apesar de já ter sido presos em outras ocasiões por roubo, a avó não consegue acreditar que o neto possa ter matado a doméstica. "Eu não consigo acreditar, de forma alguma. Ele não é disso", reafirmou. A família já está à procura de um advogado para constituir a defesa do jovem.
O delegado Sandro Régis acrescenta que ainda está ouvindo testemunhas. Ele acredita que terá mais informações que possam ajudar a elucidar o crime ainda nos próximos dias. "Ainda ouvirei mais pessoas. Acredito que teremos mais revelações em breve", afirmou.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Navio pega fogo no RN e naufraga em Beberibe, no Ceará

Imagem Ilustrativa
O navio de uma empresa que presta serviços à Petrobras naufragou na noite desta terça-feira (13) em Beberibe, a 85 km de Fortaleza. Segundo informações da estatal, a casa de máquinas do navio sofreu um incêndio, às 3 horas da madrugada, quando a embarcação estava na costa do Rio Grande do Norte. O navio deslocou-se, à deriva e sem tripulação, e afundou no Ceará cerca de 18 horas depois de o fogo ter começado.
O incêndio aconteceu quando o navio Ramco Crusader, da empresa Vestland Marine AS, prestava apoio à sonda SS-75 durante atividade de perfuração do poço 1-CES-161 (Tango), localizado no bloco BM-POT-17, na Bacia Potiguar, a cerca de 84 Km da costa cearense.
Tripulação
Não houve vítimas e não foi identificado vazamento. A tripulação, composta por 15 trabalhadores, deixou o navio em segurança e foi transferida para outras embarcações de apoio. Os profissionais foram desembarcados na cidade de Fortalezae passam bem, seguno a Petrobras.
A Petrobras informou também que enviou barcos para região para monitorar a emergência e realiza sobrevoos na área.  A Companhia também diz que está prestando apoio à empresa responsável pela embarcação.
A estatal apura as causas do acidente e notificou oficialmente à Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), à Marinha do Brasil e ao Ibama sobre o ocorrido.

Reprodução Cidade News 
Leia Mais ››

Jornalista potiguar morta em assalto na Bahia é enterrada em Natal

A jornalista Selma Barbosa Alves, de 53 anos, foi enterrada no fim da manhã desta quarta-feira (14), no Cemitério Parque, no bairro Nova Descoberta, zona Sul de Natal. Selma foi morta com um tiro na cabeça durante um assalto na madrugada no início da semana, em Salvador, onde ela morava há 20 anos. Amigos e familiares se despediram da jornalista em cerimônia realizada no Centro de Velório de Morro Branco.

"Ela era uma pessoa doce, sonhadora, muito batalhadora, que sempre amou o jornalismo. É lamentável que hoje o jornalismo tenha que noticiar uma crueldade como essa que fizeram com ela", disse Aglair Abreu, colega de faculdade de Selma.
A jornalista Denise Azevedo trabalhou com Selma na Inter TV Cabugi na década de 90 e falou com carinho da amizade que ultrapassou as barreiras do trabalho. "Selma era uma amiga de todas as horas, uma irmã que eu escolhi. Era uma pessoa muito íntegra, sincera. Ela esteve em Natal há mais ou menos 20 dias e estava cheia de planos para o futuro, com projetos para colocar em prática depois da aposentadoria. É muito triste perder uma pessoa dessa forma", disse.

Selma Barbosa Alves foi funcionária da TV Universitária e da Inter TV Cabugi (Foto: Reprodução/Arquivo pessoal)Selma Barbosa Alves foi funcionária da TV Universitária e
da Inter TV Cabugi (Foto: Reprodução/Arquivo pessoal)
Prisões
O irmão de Selma, Lenilson Barbosa, afirmou que ainda não sabia da prisão de dois suspeitos de terem praticado o assalto contra a jornalista e falou sobre o crime. "Quem fez isso foram seres humanos tomados pela maldade, não são animais, porque nem animais cometem uma atrocidade dessas. Eu acredito que a sociedade precisa de leis adequadas para punir o comportamento de bárbaros e selvagens que cometem crimes como este", disse.
A prima e madrinha da jornalista, Maria de Lourdes Alves, também falou sobre a brutalidade do crime. "Nós somos reféns dos bandidos e a impunidade é o que sustenta essa criminalidade. Eles estão soltos e nós presos, desarmados, vítimas da insegurança", disse.
Selma Barbosa Alves era servidora da Universidade Federal da Bahia (UFBA) há mais de 20 anos e trabalhava no laboratório de vídeo da Faculdade de Comunicação da instituição. No Rio Grande do Norte, Selma trabalhou na TV Universitária (TVU) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e na TV Cabugi.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Emerson Sheik é absolvido de acusação de lavagem de dinheiro e contrabando

Justiça entendeu que não havia provas contra Emerson Sheik O atacante Emerson Sheik foi considerado inocente no processo envolvendo ligação em contrabando de carro importado e lavagem de dinheiro. A 3ª Vara Criminal da Justiça Federal do Rio de Janeiro comunicou a decisão. O Ministério Público recorrerá.

A absolvição ocorreu por falta de provas que incriminassem o atacante. O juiz Federal Titular Fabrício Antonio Soares publicou a decisão de absolver Emerson.

“Ante todo o exposto, julgo improcedente a pretensão punitiva estatal para absolver o réu Marcio Passos de Albuquerque (Emerson), qualificado nos autos, das imputações feitas na denúncia, com base no art. 386, V e VII, do Código de Processo Penal”.

O Ministério Público abriu processo após compra efetuada por Emerson em outubro de 2010. Na ocasião, o jogador adquiriu BMW X6 em negociação que envolveu o meio-campista Diguinho, também denunciado pelo MP.

Diguinho processou Emerson sob a alegação de que foi enganado na compra de um veículo supostamente ilegal. Curiosamente, os agora inimigos Diguinho e Emerson se encontrarão nesta quarta-feira, no duelo entre Fluminense x Corinthians, no Maracanã.

Segundo o MP, o crime de lavagem de dinheiro ficou evidenciada. Sheik comprou um BMW X6, cor branca, por R$ 200 mil (R$ 160 mil e mais R$ 40 mil em IPI) em 29 de outubro de 2010, da Rio Bello. Quase dois meses depois, o atacante negociou seu veículo para a mesma Rio Bello e pelo mesmo preço (mas sem o IPI).

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Após mortes, Egito decreta estado de emergência e toque de recolher

Homem observa uma sala transformada em necrotério para armazenar os corpos de pessoas mortas nos conflitos enfre manifestantes e policiais no Cairo (Foto: Mosaab El-Shamy/AFP)

O governo do Egito anunciou nesta quarta-feira (14) a imposição de estado de emergência, por um mês, após os confrontos entre forças de segurança e islamitas que mataram 149 pessoas e deixaram 1.403 feridos, segundo a TV estatal.


O estado de emergência começou às 16h locais (11h de Brasília).
A presidência pediu ao exército que ajude o Ministério do Interior a "impor a ordem" no dividido país, o mais populoso dos países árabes.
Também foi imposto toque de recolher no Cairo e em 11 províncias, de 19h às 6h.
O massacre provocou repúdio internacional e levou o vice-presidente interino do Egito, Mohamed ElBaradei, a anunciar sua renúncia ao cargo pouco depois da implantação do estado de emergência.
Crise após golpe militar
Segundo a imprensa local, os confrontos seguem intensos na capital do país, cada vez mais afundado na crise política após a derrubada do presidente islamita Morsi, no início de julho, por um golpe militar.
Os islamitas pedem que ele seja reconduzido ao cargo. Os militares prometeram uma transição de volta à democracia.

Veículo policial é empurrado para fora de uma ponte por manifestantes perto do maior acampamento de apoiadores de Mohamed Morsi no Cairo, no distrito de Nasr (Foto:  Aly Hazzaa/Sabry Khaled/El Shorouk Newspaper/AP)Veículo policial é empurrado para fora de uma
ponte por manifestantes perto do maior
acampamento de apoiadores de Mohamed Morsi
no Cairo; policiais que estavam dentro do veículo
ainda foram agredidos por manifestantes (Foto: Aly
Hazzaa/Sabry Khaled/El Shorouk Newspaper/AP)
Segundo o Ministério da Saúde, 149 pessoas morreram e outras 1.403 ficaram feridas.
O porta-voz do ministério, Hamdi Abdel Karim, disse que entre os mortos estão policiais e civis.
O número de mortes deve aumentar, à medida que novos relatos de violência em vários pontos do país surgem.
A Irmandade Muçulmana e a imprensa falam em até 600 mortos.
Eles também relatam que a filha de 17 anos um de seus líderes, Mohammed al-Beltagui, está entre os mortos. Ela teria sido baleada no peito e nas costas durante o avanço da polícia na praça de Rabaa al-Adawiya
As forças de segurança - com policiais, blindados e helicópteros - atacaram acampamentos dos seguidores do deposto presidente, Mohammed Morsi.
A tropa de choque da polícia, usando máscaras de gás, aproximou-se agachada atrás de veículos blindados pelas ruas ao redor da mesquita Rabaa al-Adawiya, no nordeste do Cairo, onde milhares de apoiadores de Morsi mantinham uma vigília.
Horas após o início do estado de emergência, milhares de islamitas que ocupavam uma praça no Cairo deixaram o local, que foi totalmente controlado pela polícia.

Preocupação internacional
A situação no Egito, o mais populoso dos países árabes, preocupa a comunidade internacional.
"A comunidade internacional, liderada pelo Conselho de Segurança da ONU, deve imediatamente passar à ação para cessar com este massacre", exigiu o primeiro-ministro turco islamita Recep Tayyip Erdogan.
A intervenção armada é inaceitável, declarou o chefe de Estado turdo, Abdullah Gul. "O que aconteceu no Egito, esta intervenção armada contra civis que se manifestam, não pode de maneira alguma ser aceita", afirmou Gul aos jornalistas em Ancara.


O presidente turco, que também expressou seu temor de uma situação que resulte num conflito similar ao da Síria, pediu a todas a partes a agir com calma.
O Irã condenou a matança, segundo um comunicado publicado pela agência Fars. "O Irã acompanha de perto os amargos acontecimentos no Egito condena a matança da população e adverte sobre suas graves consequências", indica o texto.
O Catar, principal apoio da Irmandade Muçulmana, denunciou com veemência a intervenção da polícia contra "manifestantes pacíficos".
No Ocidente, as condenações à operação foram mais prudentes.
O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon condenou com veemência a intervenção das forças de segurança contra a população egípcia e criticou as autoridades no poder por terem optado pelo uso da força.
"Diante das violências de hoje, o secretário-geral apela a todos os egípcios que concentrem seus esforços na promoção genuína, inclusive na reconciliação", afirmou seu porta-voz Martin Nesirky.
A União Europeia convidou as partes envolvidas a exercer a máxima moderação nesta crise.
"Apelo às forças de segurança para exercer máxima moderação e todos os cidadãos egípcios para evitar mais provocações e uma escalada da da violência", declarou a chefe da diplomacia da UE, Catherine Ashton.
"Estou muito preocupado com a escalada de violência e a instabilidade no Egito", indicou o ministro britânico das Relações Exteriores, William Hague, em um comunicado. "Condeno o uso da força para dispersar as manifestações e peço às forças de segurança que atuem com moderação."
O chefe da diplomacia alemã, Guido Westerwelle, pediu a todas as forças políticas egípcias que impeçam uma escalada da violência.
A França também advertiu contra o uso desproporcional da força e pediu calma, enquanto Berlim defendeu "a retomada imediata das negociações" para evitar "um derramamento de sangue".
Na terça-feira, o governo dos Estados Unidos pediu às autoridades egípcias que autorizassem as manifestações dos simpatizantes de Morsi, pelo temor de uma explosão da violência.
Washington, que concede ao Cairo uma ajuda de US$ 1,5 bilhão por ano, principalmente militar, mantém relações estreitas com os militares do país, mas defende a convocação rápida de novas eleições.
Militares pressionam
A ação para acabar com os acampamentos parece frustrar as esperanças restantes de trazer a Irmandade Muçulmana, o grupo de Morsi, de volta ao palco político central, e destacou a impressão compartilhada por muitos egípcios de que os militares apertaram o controle.
A operação também sugere que o Exército perdeu a paciência com os persistentes protestos que imobilizavam partes da capital e retardavam o processo político.
Tudo começou logo após o amanhecer, com helicópteros sobrevoando os acampamentos. Tiros foram disparados enquanto os manifestantes, entre eles mulheres e crianças, fugiam de Rabaa, e a fumaça subiu sobre o local. Veículos blindados avançaram ao lado de tratores que começaram a derrubar as tendas.
O governo emitiu um comunicado dizendo que as forças de segurança mostraram o "maior grau de autocontenção", refletido em poucas baixas diante do número de pessoas "e do volume de armas e violência dirigidos contra as forças de segurança".
O governo, que prevê novas eleições em cerca de seis meses para devolver o regime democrático ao Egito, instou os manifestantes a não resistir às autoridades, acrescentando que os líderes da Irmandade Muçulmana devem parar de incitar a violência.
Sunitas se distanciam
A mesquita Al-Azhar do Cairo, principal autoridade sunita do mundo e que havia apoiado a destituição de Morsi, se distanciou da violência desta quarta.
"Al-Azhar informa aos egípcios que não tinha conhecimento dos métodos utilizados para dispersar os protestos, a não ser pelos meios de comunicação", afirmou o imã Ahmed al-Tayyeb.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Saúde melhora, e Sarney é transferido de UTI para apartamento no Sírio-Libanês, em São Paulo

Manifestantes exibem foto do senador José Sarney (PMDB-AP) e questionam diferença entre serviços de saúde público e privado em São PauloA governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), informou na manhã desta quarta-feira (14) que o pai dela, o senador José Sarney (PMDB-AP), 83, teve "melhora significativa" no estado de saúde e foi transferido da UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para um apartamento do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

Roseana disse que recebeu uma ligação de uma pessoa da família para informar sobre a recuperação de Sarney nesta quarta-feira.

"Antes de vir pra cá, recebi essa ligação confirmando que ele [José Sarney] já está no apartamento, o que me deixou muito feliz. Agora estamos mais tranquilos", afirmou Roseana, durante pronunciamento transmitido pelas emissoras de rádio da cidade Presidente Sarney (398 km de São Luís), a qual está participando de ações do projeto "Governo Itinerante".

A governadora do Maranhão está viajando desde essa terça-feira (13) pela região da Baixada Maranhense. Roseana visitou os municípios de Olinda Nova do Maranhão e Matinha, nessa terça. Já a agenda desta quarta foi reservada para as cidades de Presidente Sarney e Pedro do Rosário.

Pneumonia
Sarney estava no casamento de uma neta quando se sentiu mal e deu entrada no UDI Hospital, em São Luís, por volta de 0h30 do último dia 28 de julho, sentindo calafrios e com febre. No primeiro boletim médico, a equipe do UDI diagnosticou um quadro de pneumonia bacteriana.

No dia 31 de julho o hospital maranhense informou que o estado de saúde de Sarney havia melhorado e ele havia recebido alta. No mesmo dia, o senador foi para São Paulo junto com o médico particular Carlos Gama e a mulher, Marli Sarney, para se submeter a exames complementares no Hospital Sírio Libanês, quando se sentiu mal e foi internado na UTI.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Kimi Räikkönen opta pela Ferrari e substituirá Massa, diz jornal

Kimi Raikkonen, da Lotus, pode assumir o posto da Ferrari ocupado por Felipe Massa

De acordo com o jornal finlandês lta-Sanomat, Kimi Räikkönen já decidiu seu futuro na temporada 2014 de F1. O piloto deixará a equipe Lotus, onde está desde o ano passado, e voltará para a Ferrari – equipe que lhe deu seu primeiro título mundial em 2007.

O contrato de Räikkönen com a Lotus termina no final desta temporada e os problemas orçamentários que o time vem enfrentando nesse ano se mostram decisivos para a não renovação do acordo. Kimi, atualmente, é o vice-líder do Mundial 2013 de pilotos.

RBR – O finlandês também é um dos favoritos à vaga aberta na Red Bull com a saída do australiano Mark Webber. Todavia, a publicação lta-Sanomat afirmou que a escuderia austríaca contratará o piloto Daniel Ricciardo [da Toro Rosso] como substituto.

O jornal também garantiu que a Ferrari tem todo o interesse em recontratar Kimi. O italiano demitiu o piloto em 2009 [ainda com contrato em vigor] para antecipar a chegada de Fernando Alonso – que então defendia as cores da Renault, hoje equipe Lotus.

Kimi Räikkönen será o substituto de Felipe Massa. O brasileiro tem acordo com a escuderia até o final de 2013. Mas, ao que parece, não existe interesse na renovação de seu contrato, mesmo com uma melhoria acentuada do desempenho de Felipe nas próximas provas.

Anúncio – A equipe Red Bull afirmou que decidirá sua nova dupla de pilotos para o ano que vem logo após o recesso de verão da F1 – que acaba no dia 25 de agosto. O anúncio oficial deverá acontecer no GP da Bélgica ou, então, no GP da Itália.

Evidentemente que a decisão da Red Bull terá uma influência significativa no mercado de pilotos. A partir da opção da escuderia, a situação de Felipe Massa ficará mais clara para próxima temporada – embora ainda não resolvida.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Major diz ter denúncias de que cabo morta foi chamada para furto por PMs

Deputado estadual Major Olímpio (PDT-SP) pode ser opção para atrair 'voto conservador' (Foto: Divulgação)O deputado estadual Major Olímpio Gomes (PDT) disse nesta quarta-feira (14) que a cabo da PM Andréia Regina Pesseghini, de 36 anos, morta com a família na semana passada, foi convidada por outros policiais militares do 18° Batalhão para participar do furto de caixas eletrônicos. 
O adolescente Marcelo Pesseghini, de 13 anos, é suspeito de matar a avó, a tia-avó, a mãe (cabo da PM Andréia Regina Pesseghini) e o pai (sargento da Rota Luís Marcelo Pesseghini), para depois cometer suicídio.
“Eu recebi de policiais da própria Zona Norte, que eu conheço, a informação de que a cabo Andréia foi convidada por colegas para participar do furto de caixas eletrônicos”, afirmou major Olímpio.

De acordo com o deputado estadual, ele recebeu a denúncia de militares de várias unidades e diversas patentes neste fim de semana e na segunda-feira (12) relatou o fato ao coronel Rui Conegundes, comandante da Corregedoria da PM.
A suspeita de ligação de PMs com esta modalidade de crime tinha sido apresentada pelo comandante do 18º Batalhão da Polícia Militar, coronel Wagner Dimas, durante uma entrevista à Rádio Bandeirantes. Entretanto, Dimas voltou atrás e disse ter se perdido durante a entrevista. Dimas disse inicialmente que a cabo ajudou nas investigações confirmando que existia envolvimento de PMs em furtos a caixas eletrônicos.

Segundo relato de Major Olímpio, os policiais que fizeram denúncias dizem que Andréia teria recusado a proposta de formação de quadrilha e denunciou alguns colegas ao seu superior na época, o capitão Fábio Paganotto, no início de 2012. O capitão investigou o caso, mas não chegou a nenhuma conclusão e foi transferido do 18° Batalhão para o 9° Batalhão.

Para o parlamentar, o coronel Dimas voltou atrás na sua declaração na Corregedoria após ter sido pressionado pelos seus superiores. “Obviamente, ele foi pressionado porque não havia registro oficial da denúncia”, afirmou. “Ele acabou sendo destroçado administrativamente pela Secretaria de Segurança Pública [ao recuar na sua declaração]”, disse o Major Olímpio.
Segundo ele, coronel Wagner Dimas foi afastado do comando do batalhão. Oficialmente, a PM informou que o próprio Dimas foi quem solicitou afastamento por motivos médicos, mas que ele continua no comando da unidade.

Na época em que o cabo denunciou os colegas, o comandante do 18º Batalhão era o coronel Osni Rodrigues de Souza, que hoje está na reserva. "Não podemos desprezar nenhuma possibilidade para a elucidação da chacina de uma família de policiais, nenhuma linha de investigação”, disse o deputado.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Avião de carga da UPS cai no Alabama e deixa 2 mortos

Um avião de carga da UPS caiu no início da manhã desta quarta-feira (14) perto do aeroporto de Birmingham, no Estado do Alabama, nos Estados Unidos. O piloto e o copiloto da aeronave morreram, informou o prefeito da cidade.

"Posso confirmar que eles morreram no acidente", disse o prefeito William Bell. Um incêndio numa área pouco povoada provocado pelo acidente estava "sob controle", segundo Bell, acrescentando que não houve mais vítimas.

O voo 1354 da United Parcel Service, em rota de Louisville, Kentucky, para Birmingham, caiu durante a aproximação por volta das 7h (horário de Brasília), de acordo com a Administração Federal de Aviação dos EUA (FAA).

O avião foi identificado como um A300, da Airbus.

A UPS, maior companhia do mundo de entrega de pacotes, disse que "ainda está determinando os detalhes do acidente".

Um porta-voz da Airbus em Toulouse, na França, disse que não tinha informações sobre o incidente por enquanto.

Esse foi o mais recente em uma série de acidentes aéreos nos Estados Unidos nos últimos meses. Em julho, um Boeing 777 da Asiana Airlines se chocou contra o solo ao aterrissar em San Francisco, deixando três mortos e mais de 180 feridos.

Também no mês passado, o trem de pouso dianteiro de um Boeing 737 da Southwest Airlines quebrou no pouso no aeroporto de LaGuardia, em Nova York, deixando oito feridos.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Exames descartam contaminação em mortes de bebês no HU de Alagoas

O Hospital Universitário Professor Alberto Antunes. (Foto: Divulgação/Ascom)O laudo dos exames de hemocultura que apontaria a causa das mortes de cinco bebês no Hospital Universitário Professor Alberto Antunes, em Maceió, ficou pronto no fim da manhã desta quarta-feira (14). De acordo com a assessoria do HU, está descartada a hipótese de contaminação por bactéria.
O hospital informou ainda que, por se tratar de prematuros extremos, é comum que os recém-nascidos não resistam devido ao quadro clínico apresentado durante internação na UTI neonatal.
Uma funcionária do hospital, que preferiu não se identificar, informou à reportagem do G1 da suspeita. Foram registradas duas mortes na terça-feira (6), duas na quarta-feira (7) e uma no último sábado (10). "Os recém-nascidos eram prematuros e estavam abaixo do peso adequado", afirmou.
Sobre os dois bebês que foram isolados para evitar riscos a outros pacientes, caso se confirmasse o contágio, a assessoria do HU informou que o Setor de Serviços e Controle de Infecções Hospitalares providenciará a retirada do isolamento.
Sobre a informação de que médicos da Maternidade Nossa Senhora da Guia, localizada no bairro do Poço, tentam encaminhar gestantes de alto risco ao HU, mas retornam por falta de vagas, a Assessoria de Comunicação informou que isto não acontece com frequência.
O HU possui 10 leitos na UTI neonatal, mas, quando há lotação, o hospital os encaminha a outras maternidades que sejam conveniadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››