Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

Loading ...

sexta-feira, setembro 13, 2013

Filha de técnico da Argentina dispara contra Messi: "Pipoqueiro"

Lionel Messi marcou dois gols na goleada da Argentina por 5 a 2, sobre o Paraguai, na terça-feira

Líder das Eliminatórias Sul-Americanas, classificação para a Copa do Mundo de 2014 garantida com antecedência. Tudo ia bem pelos lados da Argentina, pelo menos até esta quinta-feira, quando Vanessa Sabella, filha do técnico Alejandro Sabella, da seleção, disparou contra Lionel Messi.

Em entrevista à rádio "Del Plata", Vanessa afirmou que o melhor jogador do mundo nos últimos quatro anos é pipoqueiro e que precisa demonstrar mais com a camisa da seleção.

"Não posso negar que ele tenha crescido um pouco e melhorado pela seleção, mas é um "pecho frío" (pipoqueiro). O melhor do mundo sempre será Maradona. Meu pai ficou incomodado, mas mantenho minha opinião", declarou.

Para a filha do comandante da Albiceleste, Lionel Messi não deveria ser eleito o melhor do mundo apenas por atuar no Barcelona. Além disso, pediu um pouco mais de sangue para o camisa 10, autor de dois gols na vitória da seleção sobre o Paraguai, na última terça-feira.

"Quando eu digo "pecho frío" é porque não tem sangue. Não tem vontade de avançar um pouquinho mais. Ainda precisa demonstrar mais futebol. Para ser o melhor do mundo não basta jogar apenas bem pelo Barcelona", completou Vanessa.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

É DE PARTIR CORAÇÃO; BEBÊ NASCE SEM OS BRAÇOS E SEM AS PERNAS EM CAUCAIA NO CEARÁ

No Conjunto São Domingos, na cidade de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza, uma criança nasceu com uma má formação congênita. A criança não tem pernas e braços, também tem lábio leporino e um problema cardíaco. A família procurou a produção do Programa Gente na TV pois não tem condições financeiras de cuidar da criança.



A foto mostra a Avó da criança

VÍDEO: A CRIANÇA SEM BRAÇOS E SEM PERNAS

Reprodução Cidade News Itaú via Focoelho
Leia Mais ››

ADVOGADO VÍTIMA DE ACIDENTE DE TRANSITO MORRE NO HOSPITAL REGIONAL TARCISIO MAIA EM MOSSORÓ NO RN.

Faleceu em um dos leitos do Hospital Regional Tarcísio Maia em Mossoró,  por volta das 12 horas e 35 minutos de quinta feira, 12 de setembro de 2.013, o advogado José de Deus Alves dos Santos, que tinha 63 anos de idade, e residia na Avenida Ângelo Varela no bairro Alto Alegre, em Alto do Rodrigues no Rio Grande do Norte.

O advogado sofre um acidente de transito  fato ocorrido por volta das 16 horas e 45 minutos do dia  02 do corrente mês, na RN 016 à altura da comunidade de Panon II  na zona rural de Assú.

José de Deus  bateu com o carro em uma árvore, quando se deslocava de Alto do Rodrigues, para uma fazenda dele na zona rural de Assú.

Gravemente ferido, o advogado foi conduzido para o Hospital Tarcísio Maia em Mossoró, onde estava internado desde o dia do ocorrido, mas o estado de saúde sofreu alterações,  levando-o a morte.

O corpo do advogado foi velado na residência dele em Alto do Rodrigues, e também na O A B de Assú.

Reprodução Cidade News Itaú via Focoelho
Leia Mais ››

Bancos vetam compra em real no exterior

Em meio ao sobe e desce da cotação do real em relação ao dólar nos últimos meses e diante da expectativa de que a volatilidade continue, os bancos decidiram suspender o pagamento de compras no exterior com cartão de crédito diretamente em reais.

A alternativa, que serve para o consumidor tentar congelar uma determinada cotação no ato da compra em vez de esperar a conversão que é feita pelos bancos no fechamento da fatura do cartão, está sendo sustada este mês.

Pelo menos três dos cinco maiores bancos de varejo do país (Bradesco, Itaú e Santander) aderiram à orientação da Abecs, entidade que representa o segmento de cartões.

Oficialmente, o Banco do Brasil e a Caixa Econômica ainda avaliam se seguirão o os principais concorrentes.

O BB quer discutir a decisão com órgãos de defesa do consumidor no país. Mas, segundo a Folha apurou, a tendência é apoiar a Abecs.

Em carta a clientes, o Itaú alega que "muitas vezes o estabelecimento [fora] deixa de informar que a compra continua sendo uma transação internacional e será lançada na fatura em dólares, com incidência do IOF de 6,38% e possibilidade de variação entre a cotação do estabelecimento e a cotação da data de fechamento da sua fatura".

A mensagem do Bradesco diz que, a partir de setembro, "transações realizadas no exterior diretamente em real não serão mais aprovadas".

A mudança não afetará compras nos free shops localizados em aeroportos brasileiros porque toda a transação acontece dentro do país.

CONFUSÃO

Segundo Ricardo Vieira, diretor-executivo da Abecs, as operações no exterior em reais provocavam reclamações dos clientes, que achavam a cobrança indevida.

Um problema é o IOF (Imposto sobre operações financeiras) -muitos clientes alegam que não devem pagar o imposto porque a compra foi convertida para reais.

Pela regra brasileira, porém, toda compra com cartão de crédito fora do país é sujeita à cobrança de 6,38% de IOF, mesmo que o valor de conversão da moeda seja fixado no momento da compra.

Outro porém é que essas transações embutem uma taxa de administração cobrada pelas empresas que processam a operação fora do país.

Numa situação hipotética, uma pessoa que comprou um sapato de US$ 100 no exterior e optou por pagar no cartão de crédito uma quantia equivalente a R$ 250 na hora da compra, por exemplo, não sabe que esse total incluiu uma taxa de administração. Com isso, o valor efetivo do sapato em dólar foi de US$ 103.

A confusão aumenta com a cobrança do IOF. Segundo os bancos, muitos clientes dizem não reconhecer o valor e se recusam a pagá-lo.
Vieira afirma que o problema cresceu com a instabilidade cambial e, sobretudo, com o crescimento das compras pela internet em sites no exterior, muitos dos quais oferecem transação em reais.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

CRIANÇA DE CINCO ANOS É ATROPELADA E MORTA POR UMA PATROL EM DIOGO LOPES DISTRITO PRAIANO DE MACAU.

Uma criança de apenas cinco anos de idade, de nome Helen Luzia dos Anjos Souza,  que residia na comunidade de Diogo Lopes, distrito praiano de Macau no Rio Grande do norte,  foi atropelada e morta por uma máquina pesada tipo Patrol, fato ocorrido   já ao final da tarde de quinta  feira, 12 de setembro de 2.013, por volta das 17 horas e 20 minutos.

De acordo com  as informações que conseguimos colher  via telefone,  a criança foi atropelada  na Rua Bela Vista em Diogo Lopes, e teve grande parte da cabeça esmagada.

Helen ainda chegou a ser socorrida para  um hospital de  Macau, mas faleceu a caminho. O policial Almeida  com quem conversamos pelo telefone, nos informou que a  patrol não tinha nenhuma identificação de alguma empresa, e que o operador fugiu do local.

Ele nos informou também, que a polícia técnica fez uma perícia no local, para saber se a criança foi atropelada  em via pública, ou na calçada da residência dos pais,  de acordo com as primeiras informações.

O corpo de Helen Luzia  foi examinado no ITEP em Mossoró, pelo médico legista de plantão, e em seguida entregue aos familiares para o sepultamento.

Lamentável.

Reprodução Cidade News Itaú via Ferreira Monte
Leia Mais ››

Receita no RN cresceu R$ 300 milhões nos dois meses de “crise financeira”

O Governo do Estado prometeu que o terceiro ano da gestão Rosalba Ciarlini seria um grande momento da administração estadual, contudo, no fatídico dia 25 de julho, o Executivo reuniu os demais poderes e órgãos auxiliares (Ministério Público do RN e Tribunal de Contas do Estado) para anunciar a grave crise econômica pela qual passava. O motivo foi a frustração de receita. O Governo havia previsto uma arrecadação que não estava se confirmando e, por isso, era preciso realizar cortes orçamentários.

Frustração essa, destaca-se, que não significa diminuição da receita. Afinal, a quantia arrecadada nos meses de julho e agosto de 2013, em comparação a dos mesmos dois meses de 2012, foi R$ 330 milhões maior, segundo os números estão disponíveis no Portal da Transparência do Estado.

Em julho de 2012, o Estado arrecadou um total de R$ 741.210.814,76, o que representou 7,91% do orçamento previsto. Em agosto do mesmo ano, o arrecadado foi de R$ 673.866.269,05 (7,19%). A soma dos dois meses dá R$ 1.415.077.083,81. Já em 2013, só em julho, o Rio Grande do Norte viu entrar nos cofres dele R$ 1.054.077.272,04, ou seja, quase 10% do orçamento previsto para o ano inteiro. Agosto, a arrecadação foi de R$ 694.552.692,86 (6,32%). Com isso, nestes dois últimos nesses, entraram na receita bruta do RN, simplesmente, R$ 1.748.629.964,90. Ou melhor: R$ 333.552.881,09.

Isso significa um aumento de 23% com relação ao mesmo período do ano passado. E ressaltar que agosto, principalmente, não é um mês  tradicionalmente de grande arrecadação. Neste ano, inclusive, a situação ainda não foi tão favorável justamente porque o Liquida Natal começou, basicamente, em setembro. Ou seja: muitos potenciais consumidores se seguraram para só gastar durante os dias de promoção.

É bem verdade, também, que em julho e agosto de 2012 o RN já passava por uma situação “de crise”. Afinal, segundo Ministério Público de TJ, o Executivo não estava repassando integralmente o duodécimo dessas instituições. Por isso, inclusive, tanto o MP, quanto Judiciário potiguar buscaram na Justiça o direito de receber todo o valor prometido no início do ano, na discussão do orçamento.

A situação se repete agora. A reunião do dia 25 de julho deu origem a uma crise na relação institucional entre os poderes, que foi agravada pelo decreto do Executivo que determinou o corte linear de 10,74% do orçamento de todos os poderes e órgãos auxiliares. Uma espécie de tentativa do Executivo de legalizar a redução orçamentária dos demais.


Essa “determinação”, entretanto, foi questionada na Justiça e ainda está “rolando” no Supremo Tribunal Federal (STF), com o Governo do Estado já tendo sofrido algumas condenações. Neste caso, foi condenado a pagar integralmente o duodécimo ao Judiciário.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Seca no semiárido brasileiro deve se agravar nos próximos anos


Os problemas de seca prolongada registrados no semiárido brasileiro devem se agravar ainda mais nos próximos anos por causa das mudanças climáticas globais. Por isso, é preciso executar ações urgentes de adaptação e mitigação desses impactos e repensar os tipos de atividades econômicas que podem ser desenvolvidas na região, avaliam pesquisadores durante a 1ª Conclima (Conferência Nacional de Mudanças Climáticas Globais), que ocorre até esta sexta-feira (13), em São Paulo.

De acordo com dados do Cenad (Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres), só nos últimos dois anos foram registrados 1.466 alertas de municípios no semiárido que entraram em estado de emergência ou de calamidade pública em razão de seca e estiagem. Esses são os desastres naturais mais recorrentes no Brasil, segundo o órgão.

O Primeiro Relatório de Avaliação Nacional do PBMC (Painel Brasileiro de Mudanças Climáticas), que foi divulgado no dia de abertura da Conclima, estima que esses eventos extremos aumentem principalmente nos biomas Amazônia, Cerrado e Caatinga, e que as mudanças devem se acentuar a partir da metade e até o fim do século 21. Dessa forma, o semiárido sofrerá ainda mais no futuro com o problema da escassez de água que enfrenta hoje, alertaram os pesquisadores.

"Se hoje já vemos que a situação é grave, os modelos de cenários futuros das mudanças climáticas no Brasil indicam que o problema será ainda pior. Por isso, todas as ações de adaptação e mitigação pensadas para ser desenvolvidas ao longo dos próximos anos, na verdade, têm de ser realizadas agora", disse Marcos Airton de Sousa Freitas, especialista em recursos hídricos e técnico da ANA (Agência Nacional de Águas).

Segundo o pesquisador, o semiárido - que abrange Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Paraíba, Ceará, Piauí e o norte de Minas Gerais - vive hoje o segundo ano do período de seca, iniciado em 2011, que pode se prolongar por um tempo indefinido.

Um estudo do órgão, com base em dados de vazão de bacias hidrológicas da região, apontou que a duração média dos períodos de seca no semiárido é de 4,5 anos. Estados como o Ceará, no entanto, já enfrentaram secas com duração de quase nove anos, seguidos por longos períodos nos quais choveu abaixo da média estimada.

De acordo com Freitas, a capacidade média dos principais reservatórios da região - com volume acima de 10 milhões de metros cúbicos de água e capacidade de abastecer os principais municípios por até três anos - está atualmente na faixa de 40%. E a tendência até o fim deste ano é de esvaziarem cada vez mais.

"Caso não haja um aporte considerável de água nesses grandes reservatórios em 2013, poderemos ter uma transição do problema de seca que se observa hoje no semiárido, mais rural, para uma 'seca urbana' - que atingiria a população de cidades abastecidas por meio de adutoras desses sistemas de reservatórios", alertou Freitas.

Ações de adaptação

Uma das ações de adaptação que começou a ser implementada no semiárido nos últimos anos e que, de acordo com os pesquisadores, contribuiu para diminuir sensivelmente a vulnerabilidade do acesso à água, principalmente da população rural difusa, foi o Programa Um Milhão de Cisternas.

Lançado em 2003 pela Articulação Semiárido Brasileiro, rede formada por mais de mil ONGs (organizações não governamentais) que atuam na gestão e no desenvolvimento de políticas de convivência com a região semiárida, o programa visa implementar um sistema nas comunidades rurais da região por meio do qual a água das chuvas é capturada por calhas, instaladas nos telhados das casas, e armazenada em cisternas cobertas e semienterradas. As cisternas são construídas com placas de cimento pré-moldadas, feitas pela própria comunidade, e têm capacidade de armazenar até 16 mil litros de água.

O programa tem contribuído para o aproveitamento da água da chuva em locais onde chove até 600 milímetros por ano - comparável ao volume das chuvas na Europa - que evaporam e são perdidos rapidamente sem um mecanismo que os represe, avaliaram os pesquisadores.

"Mesmo com a seca extrema na região nos últimos dois anos, observamos que a água para o consumo da população rural difusa tem sido garantida pelo programa, que já implantou cerca de 500 mil cisternas e é uma ação política de adaptação a eventos climáticos extremos. Com programas sociais, como o Bolsa Família, o programa Um Milhão de Cisternas tem contribuído para atenuar os impactos negativos causados pelas secas prolongadas na região", afirmou Saulo Rodrigues Filho, professor da UnB (Universidade de Brasília).

Como a água tende a ser um recurso natural cada vez mais raro no semiárido nos próximos anos, Rodrigues defendeu a necessidade de repensar os tipos de atividades econômicas mais indicadas para a região.

"Talvez a agricultura não seja a atividade mais sustentável para o semiárido e há evidências de que é preciso diversificar as atividades produtivas na região, não dependendo apenas da agricultura familiar, que já enfrenta problemas de perda de mão de obra, uma vez que o aumento dos níveis de educação leva os jovens da região a se deslocar do campo para a cidade", disse Rodrigues.

"Por meio de políticas de geração de energia mais sustentáveis, como a solar e a eólica, e de fomento a atividades como o artesanato e o turismo, é possível contribuir para aumentar a resiliência dessas populações a secas e estiagens agudas", afirmou.

Outras medidas necessárias, apontada por Freitas, são de realocação de água entre os setores econômicos que utilizam o recurso e seleção de culturas agrícolas mais resistentes à escassez de água enfrentada na região.

"Há culturas no semiárido, como capim para alimentação de gado, que dependem de irrigação por aspersão. Não faz sentido ter esse tipo de cultura que demanda muito água em uma região que sofrerá muito os impactos das mudanças climáticas", afirmou Freitas.

Transposição do Rio São Francisco

O pesquisador também defendeu que o projeto de transposição do Rio São Francisco tornou-se muito mais necessário agora, tendo em vista que a escassez de água deverá ser um problema cada vez maior no semiárido nas próximas décadas, e é fundamental para complementar as ações desenvolvidas na região para atenuar o risco de desabastecimento de água.

Alvo de críticas e previsto para ser concluído em 2015, o projeto prevê que as águas do Rio São Francisco cheguem às bacias do Rio Jaguaribe, que abastece o Ceará, e do Rio Piranhas-Açu, que abastece o Rio Grande do Norte e a Paraíba.

De acordo com um estudo realizado pela ANA, com financiamento do Banco Mundial e participação de pesquisadores da Universidade Federal do Ceará, entre outras instituições, a disponibilidade hídrica dessas duas bacias deve diminuir sensivelmente nos próximos anos, contribuindo para agravar ainda mais a deficiência hídrica do semiárido.

"A transposição do Rio Francisco tornou-se muito mais necessária e deveria ser acelerada porque contribuiria para minimizar o problema do déficit de água no semiárido agora, que deve piorar com a previsão de diminuição da disponibilidade hídrica nas bacias do Rio Jaguaribe e do Rio Piranhas-Açu", disse Freitas.

O Primeiro Relatório de Avaliação Nacional do PBMC, no entanto, indica que a vazão do Rio São Francisco deve diminuir em até 30% até o fim do século, o que colocaria o projeto de transposição sob ameaça.

Freitas, contudo, ponderou que 70% do volume de água do Rio São Francisco vem de bacias da região Sudeste, para as quais os modelos climáticos preveem aumento da vazão nas próximas décadas. Além disso, de acordo com ele, o volume total previsto para ser transposto para as bacias do Rio Jaguaribe e do Rio Piranhas-Açu corresponde a apenas 2% da vazão média da bacia do Rio São Francisco.

"É uma situação completamente diferente do caso do Sistema Cantareira, por exemplo, no qual praticamente 90% da água dos rios Piracicaba, Jundiaí e Capivari são transpostas para abastecer a região metropolitana de São Paulo", comparou. "Pode-se argumentar sobre a questão de custos da transposição do Rio São Francisco. Mas, em termos de necessidade de uso da água, o projeto reforçará a operação dos sistemas de reservatórios existentes no semiárido."

De acordo com o pesquisador, a água é distribuída de forma desigual no território brasileiro. Enquanto 48% do total do volume de chuvas que cai na Amazônia é escoado pela Bacia Amazônica, segundo Freitas, no semiárido apenas em média 7% do volume de água precipitada na região durante três a quatro meses chegam às bacias do Rio Jaguaribe e do Rio Piranhas-Açu. Além disso, grande parte desse volume de água é perdido pela evaporação. "Por isso, temos necessidade de armazenar essa água restante para os meses nos quais não haverá disponibilidade", concluiu.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

ACARÍ: Operação conjunta entre as polícias Militar e Civil prende 05 pessoas nas últimas 48 horas

Nas últimas 48 horas a Polícia Militar com apoio da Polícia Civil cumpriram 03 mandados de prisão e prenderam outras duas pessoas em fragrante acusadas de furto.
Primeiro os Policiais cumpriram os mandados de prisão contra as pessoas; ANTONIO ADELINO DE MELO FILHO de 36 anos, residente na Rua Des. Silvino Bezerra, Bairro Petrópolis, por pensão alimentícia (Já liberdo), SILVINO FAUSTINO DA COSTA de 42 anos, residente Rua Vicente de moura, Bairro  Dinarte Mariz, também por pensão alimentícia (Continua detido), MARLUCE MARIA ALVES de 48 anos, residente rua Joaquim batista de Medeiros, Bairro Petrópolis, por execução da pena (Já em liberdade).
Os presos em fragrante foram; JOSEMIR ETELVINO DOS SANTOS VULGO “JOSA DE 20 ANOS, residente na Rua do CSU, Bairro Petrópolis, na companhia de um menor de 14 anos (Também apreendido) ambos acusados de roubar uma motocicleta Honda de placas MZH-2086/Lagoa Nova, conduzido por uma pessoa que estava embriagada. Eles jogaram uma pedra que derrubou o condutor da moto e em seguida fugiram na motocicleta, mas foram perseguidos e presos pela PM.
MARIA ALINE DOS SANTOS DE 24 ANOS residente na rua na Rua do Meio, Bairro Marrocos, Acari, acusada de furto. O vizinho ligou para a Polícia e disse que Aline tinha entrado na sua casa na noite passada e roubado um celular, uma câmera digital, perfumes, um cofrinho de moedas e mantimentos. Ele descobriu guando uma pessoa logo cedo veio a ele e lhe devolveu a câmera digital que a acusada tinha penhorado por 15 reais. Que a acusada guando chegou no local negou tudo, mas após uma breve revista foi encontrado os perfumes e alguns outros objetos da vítima sendo presa em fragrante. Ela tem passagem pela policia por assassinato e tentativa de assassinato, além de varias outras denuncias de pequenos roubos mais nada oficiais.

MARLUCE
ALINE (FURTO)
JOSEMIR (ROUBO DA MOTO)
MENOR (ROUBO DA MOTO)

Reprodução Cidade News Itaú via PM Currais Novos
Leia Mais ››

Inédito: Prefeito de Cruzeta manda carimbar crianças que recebem merenda escolar

Detalhe de braço carimbado

O prefeito de Cruzeta, Nena Dantas (PMDB), tomou uma atitude inédita no Brasil: cerca de 400 alunos da Escola Municipal Ana Assis de Medeiros foram carimbados para não repetir a merenda escolar. O carimbo usado era da diretora da unidade, o que deixou as mães das crianças ficarem furiosas com o fato.

Reprodução Cidade News Itaú via Robson Pires
Leia Mais ››

Cobertura Fotográfica: FESTA DE N. Sra. das DORES em ITAÚ-RN (8º Dia - Quinta-feira 12/09/2013)

Leia Mais ››

Prefeitura libera R$ 1,8 milhão e recebe terreno para obras em Itaquera

Complexo viário próximo a estádio do Corinthians tem 52% das obras concluídas, segundo governoAs especulações em torno da doação de um terreno à Prefeitura de São Paulo para a construção de duas avenidas em Itaquera, na zona leste, estão perto de um fim. O município pagou o que devia à Itaquera Desenvolvimento Imobiliário, dona da área. A empresa, por sua vez, informou que já entregou toda a documentação necessária para a doação do imóvel. Assim, as obras que serão feitas no local como parte do legado da Copa do Mundo para a cidade, poderão continuar.

As mudanças viárias em Itaquera foram aprovadas pela Câmara dos Vereadores em 20 de agosto e sancionadas pelo prefeito Fernando Haddad (PT) três dias depois. Os parlamentares acreditavam que a doação do terreno aconteceria na semana seguinte, mas o processo levou mais de 20 dias. Os donos da área condicionaram sua entrega ao pagamento, por parte da prefeitura, de R$ 1,8 milhão relativos à desapropriação de outro terreno de sua propriedade, um imóvel de 6 mil metros quadrados utilizado para a construção do Pólo Institucional de Itaquera, como mostrou reportagem do UOL Esporte na sexta-feira.

O Departamento de Desapropriações da prefeitura autorizou o pagamento nesta quarta-feira, dia 12. A Itaquera Desenvolvimento Imobiliário deu, então, prosseguimento aos trâmites para doação de uma área de 13,4 mil metros quadrados por onde passarão as duas novas avenidas. Se fosse pagar por essa segunda desapropriação, o poder público gastaria ao menos mais R$ 35 milhões.

Técnicos da prefeitura avaliam que o pagamento da desapropriação neste caso é desnecessário, uma vez que o dono do terreno será um dos maiores beneficiados com a construção das novas avenidas, o que deve valorizar suas propriedades na região. O terreno doado corresponde a 6,5% de toda a área que pertence à incorporadora – ao todo, são 200 mil metros quadrados, ou 40 campos de futebol.

"Já está tudo resolvido", afirmou o advogado Marcelo Beserra, representante da Itaquera Desenvolvimento Imobiliário. "Já demos a posse do terreno para a prefeitura e mandamos toda a documentação para lá. Agora só faltam detalhes de natureza técnica para que tudo seja formalizado. Da nossa parte, está tudo certo", garantiu o advogado.

Nos últimos dias, a Câmara dos Vereadores vinha pressionando prefeitura e proprietário do terreno para chegarem a uma solução para o problema. A possibilidade de que o negócio não fosse fechado até o fim desta semana levou os parlamentares a analisarem a revogação da lei que autoriza os melhoramentos viários no bairro da zona leste. Na prática, a medida cancelaria as obras viárias na região. 

Com a notícia de que a doação será feita, o vereador José Police Neto (PSD) disse que pretende retirar o pedido de revogação da lei, proposto na sessão de terça-feira da Câmara. Apesar disso, o parlamentar se mostrou pouco satisfeito com a forma como o processo foi conduzido. "Uma pena que o negócio foi feito dessa forma. Em nenhum momento os proprietários do terreno disseram que condicionariam a doação da área ao pagamento da desapropriação de outra. Isso não era sabido por nós."

A avaliação de técnicos da prefeitura envolvidos com o processo é que os vereadores se precipitaram. Segundo eles, a Itaquera Desenvolvimento Imobiliário havia se comprometido com a doação e o processo está seguindo ritos normais. Assim que tiver formalizado a posse do terreno, a prefeitura vai repassá-lo ao governo do Estado, que será o responsável pelas obras, segundo acordo assinado em 2011. Parte das obras, que passam por outros terrenos, já foi concluída.

Complexo viário ficará pronto antes da Copa

Divulgação/Dersa

No cronograma inicial, as intervenções na área da Itaquera Desenvolvimento Imobiliário deveriam começar na segunda-feira, dia 16. O Complexo Viário Itaquera deve ser entregue em abril de 2014, segundo previsão da Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A), responsável pelos serviços. Até o momento, 52% das obras foram concluídas, de acordo com o governo estadual.

O projeto prevê, entre outras intervenções, uma ligação entre as avenidas Itaquera e José Pinheiro Borges, prolongamento da Avenida Miguel Inácio Cury e a ligação do complexo à Avenida Jacu-Pêssego. Além de beneficiar o tráfego de veículos dentro do bairro, o complexo viário de Itaquera facilitará o acesso ao novo estádio do Corinthians.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Gestor Municipal Ciro Bezerra, dá testemunho de Fé.

Prefeito Ciro, seu Dudu e Pe. Chagas
A fé é uma peça fundamental na vida de um cristão; quarta-feira (11) o Prefeito Ciro Bezerra (DEM) foi exemplo de fé para seus munícipes quando participava das festividades da padroeira da cidade de Itaú-RN, Nossa Senhora das Dores, e foi abordado pelo Sr. Dudu Abrantes, da cidade de Dr. Severiano, coordenador do Terço dos homens daquela cidade e do Alto Oeste, a nível diocesano.

Seu Dudu Abrantes conheceu Ciro, como um participante do apostolado do terço dos homens em um encontro de espiritualidade do grupo em Antônio Martins-RN, ficando admirado pelo fato de Ciro, ser o Prefeito da cidade e fazer parte do grupo do Terço dos Homens de Itaú-RN, ao demonstrar simplicidade.

A fé testemunhada pelo prefeito fez com que o Sr. Dudu Abrantes levasse ao conhecimento dos itauenses o quão é importante um gestor ter uma vida de fé junto à comunidade.

O Prefeito Ciro, dedica também parte do seu tempo para servir a comunidade nos serviços pastorais como na Liturgia Eucarística, Terço dos Homens e o ECC – Encontro de Casais com Cristo, além de fazer questão em estar presente nas celebrações da Santa Missa Dominical, testemunhando a sua devoção e amor a Deus, Pai todo Poderoso, a quem põe à frente de sua administração.

Prefeito Ciro participando da Liturgia                  Festa de Nossa Senhora das Dores 2013

Prefeito Ciro na caminhada do Terço dos Homens


Fonte: Assessoria de Comunicação da PMI
Leia Mais ››

Rio Grande de Mortes

brum7A charge do Brum, retrata o cenário trágico da violência sem controle no Rio Grande do Norte. Por dia, são registrados cerca de 3,94 homicídios. Até essa quinta-feira (13), já se somam 1.005 assassinatos praticados desde janeiro, segundo dados do setor de Estatística da pasta de Segurança e Defesa Social do Governo e do Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep), como divulgou a  Tribuna do Norte.

Reprodução Cidade News Itaú via Robson Pires
Leia Mais ››

Calabouço dos horrores: conheça o porão onde homem planejava sequestrar, estuprar e comer crianças

Um britânico preso desde maio deste ano confessou seus planos de
 estuprar, matar e comer o corpo de crianças em um calabouço construído 
no porão de sua casa, no Estado americano de Massachusetts. O Ministério Público divulgou fotos da câmara de tortura na qual Geoffrey Portway pretendia cometer os crimes.Veja mais nas imagens a seguir

Um britânico preso desde maio deste ano confessou seus planos de estuprar, matar e comer o corpo de crianças em um calabouço construído no porão de sua casa, no Estado americano de Massachusetts. 

O Ministério Público divulgou fotos da câmara de tortura na qual Geoffrey Portway pretendia cometer os crimes.

Em julho de 2012, a polícia apreendeu computadores e aparelhos de armazenamento de dados que continham mais de 4.000 fotografias e desenhos de crianças mortas, pornografia e canibalismo infantil

De 
acordo com a rede de TV CNN, sua sentença deverá acontecer na terça-feira (17). Autoridades 
federais anunciaram nesta semana que o acusado deverá ser condenado a 27
 anos de prisão

Dois outros homens que conversaram com Portway já foram condenados. Um 
deles colaborava com o acusado e planejava sequestrar crianças na igreja
 onde prestava serviços

Segundo informações do jornal britânico The Independent, Portway 
afirmava, nos chats, que seu porão estava equipado com uma gaiola de 
aço, um caixão infantil artesanal, bisturis, freezeres e ferramentas que 
seriam usadas para castração. Muitos dos instrumentos foram fotografados por policiais, que encontraram o calabouço à prova de som protegido por diversas portas trancadas, de acordo com o jornal americano New York Daily News

Portway passou meses conversando com pessoas pela internet sobre um 
'interesse em sequestrar, estuprar, matar e comer crianças', revelando 
inclusive detalhes específicos, como o de cometer o crime no subterrâneo
 da sua casa

Geoffrey Portway, de 40 anos, se declarou culpado por possuir e distribuir 
material contendo pornografia infantil e por crime de violência. 'Portway
 se declarou culpado de alguns dos crimes mais odiosos conhecidos pela 
nossa sociedade', disse um dos procuradores federais em uma recomendação
 da sentença

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Absorvente íntimo que permite relação sexual chega ao Brasil

Um novo absorvente, recém lançado no mercado brasileiro, promete resolver todos os problemas relacionados ao período menstrual. Nada mais do que uma esponja em formato semelhante ao de um coração, o “Soft Tampon” permite que a mulher pratique todos os tipos de esporte, use roupas justas e frequente Spas. Além disso,as relações sexuais estão liberadas: por ser feito de um material maleável, o absorvente assegura uma penetração sem riscos de vazamento.

O absorvente possui um orifício no qual a mulher pode inserir o dedo, e, dessa forma, introduzi-lo mais facilmente na vagina. Segundo o fabricante, o produto é eficaz e já foi testado por ginecologistas.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››