Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

Loading ...

sábado, setembro 14, 2013

Cobertura Fotográfica: FESTA DE N. Sra. das DORES em ITAÚ-RN (9º Dia - Sexta-feira 13/09/2013)

Leia Mais ››

Suspeito de roubo é detido e apanha da população

Populares detiveram e agrediram um homem suspeito de roubo, na noite desta sexta-feira (13), no bairro das Rocas. Jessé Sales da Silva Júnior, de 20 anos, mas conhecido por “Neguinho”, teria roubado o celular de uma mulher, na rua Belo Horizonte e fugiu pela rua Jordanês e entrando na rua Miramar.

Ele, no entanto, foi seguido pela própria vítima e por outros populares, que conseguiram alcançar o suspeito. A população reagiu agredindo Jessé. A Polícia Militar foi acionada e conseguiu impedir o linchamento.

Jessé contou que é morador de Brasília Teimosa e que roubou para comprar drogas. Ele foi socorrido e levado para o Hospital dos Pescadores e de lá foi conduzido para a Delegacia de Plantão da Zona Sul, para ser autuado em flagrante pelo roubo.

Reprodução Cidade News Itaú via Portal BO
Leia Mais ››

Grevistas da segurança voltam a acampar na Governadoria na segunda-feira

Após terem paralisado o funcionamento das delegacias de plantão da zona Norte e zona Sul e o Instituto Técnico e Científico de Polícia (Itep-RN) das 18h até a meia noite desta sexta-feira (13), por não terem tido hoje, como prometido , um retorno do Governo sobre a pauta flexibilizada das categorias, os policias civis e servidores do Itep acamparão novamente na frente da Governadoria a partir das 8h da próxima segunda-feira (16) para cobrar resposta do poder executivo.

Os servidores se sentiram desrespeitados mais uma vez diante do cancelamento de duas reuniões que aconteceriam hoje com o secretário estadual de Segurança Público Aldair da Rocha (às 9h e 15h). O gestor disse que não obteve respostas da governadora Rosalba Ciarlini e do chefe da Casa Civil, Carlos Augusto Rosado, assim como dos demais titulares de pastas relacionadas com relação à análise das reivindicações.

Acampados na frente do prédio da Sesed desde o início da manhã, os grevistas seguiram para a Governadoria, mas nenhum representante do governo se dispôs a conversar com a categoria. As portas principais da Governadoria foram, inclusive, trancadas com correntes, bloqueando a entrada. "Tentaremos novamente ter resposta do Governo na segunda e esperamos avanço", disse a diretoria do SINPOL.

Reprodução Cidade News Itaú via Portal BO
Leia Mais ››

Mulher esconde droga no cabelo da filha pra entrar em CDP e acaba presa

As agentes penitenciárias femininas que fazem revista no Centro de Detenção Provisória de Candelária flagraram mais uma mulher tentando entrar com droga na unidade. Desta vez, a suspeita chegou a esconder maconha no prendedor de cabelo da própria filha de seis anos e depois tentou esconder a droga na roupa.

Miliane Fonseca Soares, de 23 anos, que também está grávida de seis meses, acabou sendo presa em flagrante. Uma agente penitenciária disse que fez a revista na suspeita, mas não encontrou nada. Ao passar a mão no cabelo da criança, porém, ela observou a presença da droga enrolada no prendedor.

A agente, porém, fingiu que não viu e ficou monitorando a Miliane, até o momento em que ela foi tirar a droga do cabelo da filha pra esconder dentro da roupa. Foi então que as agentes fizeram o flagrante. A mulher estava levando a maconha para o companheiro, identificado como Jadson Nascimento Silva, que está detido por furto.

Cláudio Lima, administrador do CDP, informou que alguns presos estavam revoltados com ele, tendo em vista que, na semana passada, ele mesmo já tinha comentado que algumas crianças estava sendo usado para entrada de drogas na unidade. "No entanto, o flagrante de hoje deixa claro que esse tipo de situação é verdadeira", comentou.

Reprodução Cidade News Itaú via Portal BO
Leia Mais ››

COLISÃO MOTO E BICICLETA DEIXA HOMEM GRAVEMENTE FERIDO NA AV. PRES. DUTRA EM MOSSORÓ.

Uma colisão na noite de hoje 13/09/13, por volta das 23:30hs, envolvendo moto com bicicleta, deixe ciclista gravemente ferido. O acidente aconteceu na Av. Pres. Dutra, Alto de São Manoel, na ponte, nas proximidades de CyCy Lanches.
A vítima conhecida como "Branquinho" estava bebendo em um bar, e quando saiu em sua bicicleta foi colhida por uma moto. "Branquinho" foi atendido pelo SAMU e o médico nos informou que ele teve uma fratura de face e uma grave lesão em uma das pernas. Populares informaram que o condutor da moto se evadiu do local sem prestar atendimento a vítima. SAMU socorreu o mesmo para o HRTM e seu estado de saúde inspira cuidados. 





Reprodução Cidade News Itaú via Passando na Hora
Leia Mais ››

Morre segunda vítima do grave acidente ocorrido dia (06) na BR-405 próximo a entrada de Felipe Guerra.

A segunda vítima do grave acidente ocorrido Sexta-feira dia 06 de setembro de 2013, não resistiu e veio a óbito. Doriedson Soares, filho do senhor Zé da Carretela, ficou internado em uma U.T.I. durante aproximadamente 07 dias, mas infelizmente o seu quadro não apresentava melhoras, resultando em sua morte. Também morreu no trágico acidente a pessoa de Manoel Genilson Vieira da Costa, filho do senhor Bureca.

O acidente 

O fátidico aconteceu Por volta de 11:40 do ultimo dia (6) na BR 405, próximo a entrada da cidade de Felipe guerra. O acidente envolveu dois veículos do tipo pick-up sendo uma Saveiro e uma Strada e um animal. Uma das vitimas de nome Manoel Genilson Vieira da Costa, mais conhecido por (Genilson de Bureca), ficou preso nas ferragens, que após alguns minutos a população conseguiu tira-lo e assim foi socorrido pelo Samu para o hospital de Apodi e imediatamente transferido para o Tarcísio Maia em Mossoró, mas não resistiu e veio a óbito ao chegar na unidade de saúde. A segunda vítima de nome Doriedson Soares (filho de Zê da Carritela) foi socorrido para o Hospital Regional de Hélio Moraes Marinho em seguida, também transferido para Mossoró.

Reprodução Cidade News Itaú via Sentinelas do Apodi
Leia Mais ››

ADOLESCENTE VÍTIMA DE DISPARO DE ARMA DE FOGO ACIDENTALMENTE EM PAU DOS FERROS SOFRE ACIDENTE DE TRANSITO QUANDO ERA SOCORRIDO PARA O HOSPITAL.

Um adolescente de 16 anos de idade foi ferido com um disparo de arma de fogo acidentalmente, fato ocorrido no Sítio Raiz, zona rural de Pau dos Ferros, durante a tarde de sexta feira, 13 de setembro de 2.013, por volta das 12 horas e 10 minutos. De acordo com as primeiras informações, um jovem de 20 anos de idade, manuseava uma espingarda do tipo bate bucha, quando em determinado momento a arma disparou acidentalmente atingindo o adolescente na região do pescoço. Imediatamente o rapaz de 20 anos colocou o adolescente na garupa de uma motocicleta, e seguiu rumo ao hospital de Pau-dos-Ferros. Ao tentar passar em um semáforo já em Pau dos Ferros, o condutor da motocicleta se envolveu em um acidente de transito. Populares acionaram a polícia de transito, que foi rapidamente ao local, e fez a condução do adolescente para o principal hospital da cidade. Após receber os primeiros atendimentos, o adolescente foi transferido para o Hospital Regional Tarcísio Maia em Mossoró. O rapaz de 20 anos, de nome Rafael Soares, depois de receber atendimento médico, foi conduzido para a delegacia da cidade, onde os procedimentos foram adotados. A arma foi apreendida pela polícia. 

Reprodução Cidade News Itaú via Nosso Paraná RN
Leia Mais ››

EUA e Rússia fazem acordo sobre crise síria, diz John Kerry

Secretário de Estado dos EUA, John Kerry (à esquerda) e ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov depois de fecharem acordo (Foto: Reuters)Os Estados Unidos e a Rússia chegaram a um acordo sobre a crise na Síria, segundo  anunciou neste sábado (14) em Genebra o secretário norte-americano, após três de reuniões com o ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov.
A Síria terá de entregar em uma semana informação sobre seu arsenal de armas químicas para evitar um ataque, segundo afirmou Kerry. Se a Síria não cumprir os procedimentos para eliminar suas armas químicas, a ameaça de uso de força será incluída em uma resolução do Conselho de Segurança da ONU, disse Kerry. "Nós temos o compromisso de impor medidas sob o Capítulo 7 do Conselho de Segurança das Nações Unidas", disse.
Inspetores devem chegar na Síria até novembro para fazer uma avaliação do arsenal. Até meados de 2014, todas as armas químicas sírias devem ser destruídas ou removidas.
Em entrevista coletiva ao lado do ministro russo, John Kerry fez um apelo para que o governo de Bashar al-Assad colabore.


  "Não pode haver espaço para jogos. Ou qualquer outra coisa que não seja completa aceitação por parte do regime de Assad', disse Kerry.
"Nós temos algumas diferenças, mas também trabalhamos juntos em outros assuntos. Nós nunca deixamos de nos falar. Rússia e Estados Unidos cooperaram no caso da Coréia do Norte, cooperaram para reduzir as armas de destruição em massa", afirmou Kerry, sobre a relação dos EUA com a Rússia, durante pronunciamento.
O chanceler russo, por sua vez, afirmou que as reuniões com Kerry transcorreram de maneira "excelente", minuto antes de ambos concederem uma entrevista coletiva conjunta
Na véspera, a chancelaria russa havia afirmado que Lavrov, Kerry e o enviado diplomático da ONUpara a crise síria, Lakhdar Brahimi, concordaram que só uma solução política poderia acabar com a violência no país em guerra civil.

O ministério russo disse em comunicado que os três concordaram em se reunir novamente em Nova York, à margem da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), no fim deste mês, para mais negociações sobre a realização de uma conferência internacional de paz para a Síria.
Os EUA, apoiados pelas potências ocidentais, afirmam que o regime sírio é responsável pelas mortes de 1.429 civis em um ataque em 21 de agosto, na periferia de Damasco, provavelmente pelo uso de gás sarin.
O regime de Assad nega autoria e culpa pelo incidente os rebeldes "terroristas", ligados à rede da Al-Qaeda, que tentam derrubar o governo, em uma guerra civil que já dura 30 meses e provocou mais de 110 mil mortes e uma grande crise humanitária e política na região.
Uma iniciativa diplomática iniciada pela Rússia tenta fazer que a Síria entregue seu arsenal químico à comunidade internacional.
Os EUA haviam dado crédito à proposta russa, mas mantêm a ameaça de atacar militarmente a Síria em represália ao suposto uso de armas químicas.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Abelhas surpreendem apicultores ao começar a produzir mel verde

O apicultor Maxime Favier mostra um vidro de mel verde produzido por suas abelhas. (Foto: Reuters/Emmanuel Foudrot )

Abelhas de uma colmeia na cidade de Bernin, no sul da França, começaram a produzir mel em vários tons de verde. A mudança misteriosa intrigou os apicultores. Depois de analisar a situação, o apicultor amador Maxime Favier diz acreditar que elas têm coletado açúcar de xaropes e sucos artificiais em uma fábrica que fica próxima ao local.

Imagem mostra favo de mel com cor verde fora do comum. (Foto: Reuters/Emmanuel Foudrot)

Favier mostra a diferença de cor entre o mel verde e o mel comum. (Foto: Reuters/Emmanuel Foudrot)

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Beyoncé faz superprodução pop e encarna 'funkeira' no final

Beyoncé encerrou a noite de sexta-feira (13) no Palco Mundo do Rock in Rio com uma megaprodução pop de roteiro muito bem definido e irretocável. O espaço para improvisos é quase inexistente durante a uma hora e meia de show, mas a cantora norte-americana, perto do final, fez uma homenagem surpresa ao Rio ao encarnar uma funkeira em cima do palco e citar um trecho de "Ah lelek lek lek lek lek".

O espetáculo lança mão de vídeos superproduzidos no telão, que dão clima de "clipe ao vivo" e muitas trocas de figurinos, todos ressaltando as poses e os movimento sensuais da cantora. É parte da The Mrs. Carter Show World Tour - uma referência ao marido Shawn Carter, o rapper Jay-Z - iniciada oficialmente em abril na Sérvia e com bilheteria de dezenas de milhões de dólares até agora.
A apresentação começa com o vídeo em que Beyoncé interpreta uma espécie de Maria Antonieta, a rainha francesa que simboliza o máximo da ideia de aristocracia (aqui, o reinado pop formado por ela e Jay-Z).
"Run the world", a música escolhida para começar o show, diz no refrão que as garotas conduzem o mundo - embora, ironicamente, Beyoncé apareça  vinculada ao nome de um homem nesta turnê. A cantora surge no palco com figurino perolado, de cara séria e poses ensaiadas, e começa a saciar a vontade do público. Veja acima o vídeo de "Run the world (girls)".
"If I were a boy", que usa a melodia de "Bittersweet symphony", composta por Mick Jagger e Keith Richards e tornada famosa pelo The Verve. É a primeira troca de roupa de Beyoncé - e ela passa de cinco. Há gelo seco no palco, jogo de sombras, em mais um lance da superprodução bem planejada.


Beyoncé começa a abrir mais espaço para espontaneidade quando diz ao público sobre "suas lindas faces. É como um sonho estar em frente a vocês." Mais tarde no show, em outro dos momentos de contato com a plateia que consegue fugir do roteiro bem planejado, ela também mandaria beijo e daria parabéns para alguém que segurava um cartaz na grade.
Mais tarde, em meio a "Baby boy", ocorre a primeira participação com mais destaque da Suga Mama Band, um octeto só de mulheres. Beyoncé ainda é acompanhada pelas backing vocals das The Mamas e mais oito dançarinas - que são o principal suporte para Beyoncé em cima do palco.
O final dá mais destaque aos atributos vocais do que aos físicos da norte-americanas. O silêncio é quase absoluto para ouvi-la cantar um trecho de "I will always love you", famosa na voz de Whitney Houston, emendada a "Halo", famosa balada do seu repertório.
Mas a surpresa final é com a citação ao funk "Ah lelek lek lek lek lek" e uma coreografia em que ela faz passos de funk. E chega mais perto do público, protegida por seguranças, mas finalmente quebrando o esquema bem planejado de sua superprodução. Ganhou o público do Rock in Rio.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

'Quero ele aqui', diz avó sobre filho da mulher que teve olhos perfurados

Divina Bicudo dos Santos entrou com um pedido de guarda do neto (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Divina Bicudo dos Santos entrou com um pedido de
guarda do neto (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
A dona de casa Divina Bicudo dos Santos, avó paterna do filho da operadora de caixa Mara Rúbia Guimarães, 27 anos, que teve os olhos perfurados pelo ex-marido, disse, em entrevista à TV Anhanguera, que cuida do neto desde que ele nasceu e que não concorda em ceder a guarda para a mãe. A criança, de 7 anos, está no meio de uma disputa judicial entre as famílias e, segundo a avó, não quer deixar a casa em que reside.
“Nós [família paterna] sempre cuidamos dele. Sem contar que o menino está acostumado com a gente. Quero ele aqui”, afirmou Divina, que entrou com um pedido na Justiça pela guarda do neto. O filho da dona de casa, que é pai do menino e suspeito de ter agredido a operadora de caixa com uma faca de mesa, está foragido.
Luiza Bicudo da Rocha, tia do menor, também pediu que a Justiça analise a vontade da criança. “Ele quer ficar em Corumbá. Mas se a gente ganhar a guarda, a mãe poderá vir visitá-lo sempre que quiser”, frisou a tia.
Após ser torturada, Mara Rúbia solicitou a guarda do filho, pois teme que o ex-companheiro faça algum mal a ele. A Justiça de Goiânia deu um parecer favorável à mulher e expediu um mandado de busca e apreensão pela criança em Corumbá de Goiás, onde ele mora com a família paterna. No entanto, a promotoria da cidade foi contrária à medida e o caso foi encaminhado ao juiz local, que entendeu que houve uma confusão sobre qual comarca deveria julgar o caso. Com isso, o menino não pôde ser levado pela advogada da operadora de caixa, Darlene Liberato.
“É um absurdo que o judiciário deixe de cumprir decisões desta maneira”, afirmou a advogada, que ressaltou que vai recorrer para que a determinação seja cumprida.
Busca e apreensão
A decisão de entregar a criança à mãe foi da juíza Mônica Neves Soares Gioia, do Juizado da Infância e Juventude de Goiânia, do Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO). No parecer, expedido na quarta-feira (11), a magistrada explicou que manter o menor aos cuidados da avó “causará risco eminente, diante do total descontrole do pai e dos graves atos de violência praticados por ele contra a mãe da criança”.
Ainda segundo a juíza, o ex-marido retirou o filho do convívio com Mara Rúbia, entregando-lhe a avó, o que causa “duplo sofrimento a genitora, que sempre teve a guarda do menor e que foi privada do convívio com ele”. Na decisão ela também destacou que é inadmissível que o menino permaneça em local de fácil encontro com o pai, “que poderá lhe causar algum mal, pura e simplesmente para atingir a mãe”.
De acordo com a advogada da operadora de caixa, uma comitiva formada por ela, pela irmã de Mara Rúbia, Kátia Gimarães, e a presidente do Centro de Valorização da Mulher (Cevam), Maria Cecília Machado, foi até a cidade para o cumprimento da decisão. No entanto, segundo ela, as autoridades locais impediram a busca do menor. “O promotor Fabiano de Souza Nader, do Fórum de Corumbá de Goiás, nos recebeu e disse que não há motivos para retirar a criança da casa da avó paterna. Mesmo com toda a atrocidade cometida pelo pai contra a mãe, ele entendeu que não há riscos ao menor”, explicou.

O G1 tentou contato com o promotor Fabiano de Souza Nader no Fórum, mas ele não foi localizado para comentar o assunto.

Avó diz que não concorda em entregar a guarda do neto à mãe (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Conflito de competência
Como a promotoria não tem poder legal para recusar uma determinação da Justiça, o caso passou a ser analisado pelo juiz de Corumbá de Goiás, Levine Raja Gabaglia Artiaga. Ao G1, ele disse que já tem conhecimento do parecer do promotor Nader e que houve um conflito de competência entre as instâncias do judiciário. “Houve uma confusão sobre quem deveria determinar quem deve ficar com a guarda da criança. Isso porque, segundo os precedentes do TJ-GO, o juiz que deve analisar e decidir sobre o caso é aquele que atua na comarca onde o menor se encontra”, explicou.

Com isso, segundo o juiz, até que o TJ-GO analise se é a comarca de Goiânia ou a de Corumbá de Goiás que deve analisar o caso, a guarda do menino permanecerá com a avó paterna. “Eu já ouvi essa criança e ela está bem, estudando e saudável. Além disso, mora com a avó desde que nasceu e não há motivos para retirá-la de lá dessa maneira”, destacou Artiaga. Questionado sobre possíveis riscos à integridade física da criança, o juiz ressaltou que o menor está “bem protegido”.

Operadora de caixa Mara Rúbia Guimarães teve os olhos perfurados pelo ex-marido, em Goiânia, Goiás (Foto: Arquivo pessoal)Operadora de caixa Mara Rúbia Guimarães teve os
olhos perfurados pelo ex  (Foto: Arquivo pessoal)
O magistrado ainda contestou a versão da juíza de Goiânia de que a criança foi entregue aos avós pelo pai após a separação do casal. “A avó paterna cuida deste menino desde que ele nasceu e hoje ele está com sete anos. Ele está sendo bem cuidado lá”, concluiu o juiz.

O crime
A operadora de caixa foi torturada e teve os olhos perfurados pelo ex-companheiro no último dia 29, em Goiânia, quando chegava em casa para almoçar. Depois de cometer as agressões com uma faca de mesa, o homem fugiu.
De acordo com os familiares, o casal se separou há dois anos. Desde então, a mulher, que morava em Corumbá de Goiás, se mudou para a capital. Esta não seria a primeira vez que o homem agrediu a ex-mulher, pois não aceitava o fim do relacionamento.

Ela informou, em entrevista à TV Anhanguera, que procurou a polícia por quatro vezes para denunciar o agressor, mas que não obteve ajuda. “Ouvi de uma delegada que as coisas não são tão fáceis assim. Não é apenas chegar e falar. Mas foi. Ele me cegou e agora vou viver o resto da minha vida na escuridão”, lamentou.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Presídios da Paraíba reservam alas para detentos homossexuais

Ala LGBT no Roger, em João Pessoa, tem compartimentos separados para cada detento. (Foto: Valéria Sinésio)

Três presídios da Paraíba criaram celas especiais para atender detentos homossexuais e travestis. As celas foram implantadas oficialmente após denúncias de homofobia e abuso sexual contra eles, que receberam a permissão também para usar roupas femininas. Antes, esses presos viviam em celas comuns e, segundo as denúncias feitas pelo Movimento do Espírito Lilás (MEL) e pela Pastoral Carcerária, alguns eram forçados a fazer sexo com outros detentos.
Com a medida, o estado entra na lista dos estados que possuem alas exclusivas para este público. A medida já foi adotada na Penitenciária Professor Jason Soares Albergaria, em Minas Gerais; no Presídio Central de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul; e no Centro de Ressocialização de Cuiabá, no Mato Grosso.
As celas LGBTS já são realidade nos presídios do Roger e Complexo PB1 e PB2, na capital paraibana, e no Serrotão, em Campina Grande. De acordo com o secretário de Administração Penitenciária da Paraíba, Wallber Virgolino, a ideia é expandir a medida para todas as unidades prisionais da Paraíba. “Sabemos que existe a discriminação na sociedade e nos presídios não seria diferente. O objetivo é respeitar o direito LGBT e humanizar o sistema”, explica.

Direitos respeitados
Os esmaltes separados por cores e os corações desenhados na parede mostram que elas são organizadas e têm um certo romantismo. Luana Lucrécia, Dany, Jojó, Samantha, Maga, Bruna e Suzy, são travestis assumidos e dividem, há cerca de dois meses, o pavilhão batizado de LGBT, na Penitenciária Desembargador Flósculo da Nóbrega (Presídio do Róger), em João Pessoa.
Luana Lucrécia, que no registro civil é Augusto Gomes da Silva, 30, tem postura de líder e é a primeira a puxar conversa. Ela conta que antes de ir para a cela LGBT sofria preconceito e foi obrigada a raspar os cabelos, que estavam na altura do ombro. Ficava triste quando algum detento ou até mesmo um agente penitenciário a chamava de Augusto. “Era para humilhar”, lembra.
Lucrécia chegou ao Róger no início deste ano, por assalto. Foi condenada a quatro anos no regime semiaberto, mas cumpre a pena em regime fechado. O pavilhão, antes sem graça, ganhou cortinas, cores e detalhes. Cada um agora tem seu espaço. Lucrécia logo tratou de personalizar o seu. Colou figuras na parede, arrumou os cosméticos na prateleira (que sempre vive arrumada) e improvisou um local para organizar as poucas roupas que possui dentro da prisão. A Bíblia ganhou lugar especial. “É o que tenho de mais importante aqui”, declara.
Ao lado está o 'quarto' de Danilo Correia, que há alguns anos decidiu que queria ser Danielle. Nas paredes, além dos corações, uma inscrição se destaca: 'Dany gata'. Foi ele mesmo quem escreveu, com batom. “Sou linda, tenho que me valorizar”, afirma. Danielle diz que não há nada para reclamar. “Hoje está ótimo. Infelizmente preconceito ainda existe e acho que isso nunca vai acabar, mas estamos bem”, declara. Se comparado aos demais pavilhões do presídio, não é exagero dizer que o espaço LGBT é um luxo dentro do Róger.

Abandonadas pelos companheiros
No momento nenhum dos travestis recebe visita íntima. Não que haja proibição por parte da Secretaria de Administração Penitenciária, mas por questões burocráticas ou abandono. Bruna, que nasceu Cláudio Cirilo Gomes, por exemplo, diz que tem um namorado, mas que desde que chegou ao Róger, nunca recebeu a visita do amado. “Quando a gente entra no presídio parece que o sentimento deles acaba”, lamenta Bruna.
A vida afetiva e sexual desses travestis, por sinal, parece ser o que mais incomoda. Alguns deixam escapar que estão apaixonados, ou melhor, apaixonadas. E é sobre isso que gostam de conversar. Mas não só isso. “A gente fala de cabelo, de roupas, de amores... de muitas coisas”, revela Samantha, que responde civilmente pelo nome de Lenílson Basílio. A saudade de quem está do lado de fora das grades fica estampada nas paredes do pavilhão e arranca lágrimas.
Para Tiago Ângelo, que adotou o nome social de Suzy, a implantação da cela LGBT ameniza o sofrimento de quem está privado da liberdade. “A vida no presídio não é fácil. Ainda bem que tivemos nossos direitos reconhecidos”, opina.

Luana Lucrécia sofreu a ter que raspar os cabelos quando entrou no presídio. (Foto: Valéria Sinésio)Luana Lucrécia sofreu a ter que raspar os cabelos
quando entrou no presídio. (Foto: Valéria Sinésio)
Entidades comemoram iniciativa

Para o presidente do MEL, Renan Palmeira, a implantação das celas exclusivas para os presos LGBT é uma vitória na busca dos direitos humanos e do sistema penitenciário da Paraíba. Segundo ele, a entidade comemora a mudança de realidade. “Há dois meses esses apenados viviam em celas com outros detentos, sofriam abuso sexual, tinham que usar roupas masculinas e raspar os cabelos”, afirma Palmeira.
O presidente da Comissão da Diversidade Sexual da Ordem dos Advogados da Paraíba (OAB-PB), José Batista Neto, reconhece o avanço do sistema carcerário do Estado, com a implantação das celas exclusivas, mas lembrou que ainda há muita discriminação. “As celas exclusivas era uma luta nossa desde 2011”, declarou.
Dentre os problemas ele citou o desrespeito dos agentes penitenciários e do próprio sistema aos presos com orientação sexual diferente da heterossexual. O corte de cabelo, por exemplo, é um exemplo claro de violência. “Muitos transexuais passam anos esperando o cabelo crescer, mas chegam no presídio e tudo se acaba em questão de minutos”, frisou. “Também não podemos esquecer que a portaria que determina o uso do nome social ainda é desrespeitada.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Foto panorâmica dá errado e usuário cria imagem constrangedora

Usuário se movimentou durante foto panorâmica e criou imagem bizarra, com detalhe constrangedor (Foto: Reprodução/Imgur/Vlaic)Um usuário identificado como “Vlaic” postou uma imagem na rede social Reddit de uma foto panorâmica que acabou dando errado, e produziu um efeito bizarro, compondo uma imagem completamente distorcida.
Ao se mexer durante a foto, o usuário, além de ficar com o rosto completamente deformado, acabou deixando uma das mãos ser fotografada entre as pernas, dando a impressão à primeira vista de que ele segura o próprio pênis.
O susto nos usuários da rede social foi tão grande que a imagem chegou a ser categorizada como "conteúdo adulto".
A foto foi reproduzida milhares de vezes e ultrapassou 260 comentários em menos de 24 horas.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Fantástico vai ouvir com exclusividade viúva de Champignon


Esta semana, os fãs da banda Charlie Brown Junior ficaram perplexos com a morte de Champignon, ex-baixista do grupo.
Domingo (15), o Fantástico vai ouvir com exclusividade Cláudia Campos, viúva de Champignon. Ela vai falar sobre o estado emocional do marido desde a morte do grande amigo e líder da banda, Chorão. "Eu acho que ele não aguentou as críticas. Ele andava muito chateado", ela revela.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Atacante ex-Santos sofre com problema nas pernas e vira cantor no Paraguai

Nelson Cuevas atuou pelo Santos no Campeonato Brasileiro de 2008

Em 2008, o Santos lutou contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro até a última rodada (ficou em 15°), fez um péssimo Campeonato Paulista (7°, quando só quatro se classificavam) e fez diversas apostas erradas durante o ano. A mais conhecida foi o pacotão de estrangeiros, que levou para a Vila jogadores como o chileno Sebastián Pinto, o equatoriano Michael Jackson Quiñonez, o argentino Mariano Trípodi e Nelson Cuevas.

Cuevas, 33 anos, atacante paraguaio com duas Copas do Mundo no currículo, chegou no meio do ano, vindo do Libertad-PAR, para ajudar Kléber Pereira no ataque santista. Fez 16 jogos, variando entre a titularidade e o banco de reservas, e marcou apenas dois gols - um deles, um golaço de sem pulo, contra o Atlético-PR, na Vila Belmiro.

Mas foi só. Nunca caiu nas graças da torcida nem pelo carisma - como por exemplo Quiñonez ou Molina - e nem do técnico Márcio Fernandes, principalmente depois de ser reprovado em teste físico, conforme apuração do UOL Esporte na época, que mostrou que Cuevas tinha força reduzida na perna direita.

Cinco anos depois, esse problema, pouco divulgado à época, se mostrou responsável por um drama na vida do atacante. A primeira operação nos joelhos foi feita em 2007 - desde então, ele já passou por mesas de cirurgia diversas vezes, a última em agosto deste ano, para tentar solucionar seu problema e voltar ao futebol.

"Tenho problema nos meniscos", explicou o atacante, em contato com o UOL Esporte. E é essa lesão que deixa sua perna mais fraca que o normal, atrapalhando seus chutes. No Santos, pro exemplo, chegou a declarar que preferia "passar para Kléber Pereira" do que chutar.

"Acabei de passar por uma operação. Foi minha quarta cirurgia", contou. Desde que saiu do Santos, rodou por Universidad de Chile, Albacete-ESP, Puebla-MEX, Cerro Porteño-PAR e pelos pequenos Sportivo Luqueño-PAR, Sportivo Carapeguá-PAR e Deportivo Capiatá-PAR, sem conseguir se firmar ou mesmo atuar, em alguns casos, em razão de sua lesão.

Mesmo assim, ele não perde a fé em voltar aos gramados: "Tudo está bem. Vou voltar a jogar. Vamos ver como a perna responde", afirmou.

No Deportivo Capiatá, atualmente na primeira divisão paraguaia, Cuevas apenas treinou, para tentar mostrar que estava recuperado. Não estava. E isso acabou dando chance para que ele chegasse a largar o futebol momentaneamente, em 2012. Mas não para ficar parado - e sim dançar e cantar.

Ele participou de um programa chamado "Baila Conmigo Paraguay", em que dançou com sua esposa até ritmos brasileiros. Porém, alegando motivos pessoais, abandonou o programa. Coincidência ou não, pouco antes havia largado o Sportivo Luqueño, após jogar apenas uma partida sofrendo com as lesões. 

Como cantor, porém, durou mais. Seu talento nos microfones começou a aparecer em 2010, quando outro atacante paraguaio com fama no Brasil, Salvador Cabañas, levou um tiro na cabeça em uma briga em um bar no México e acabou fora da Copa de 2010, quando era a principal esperança da seleção sul-americana.

Cuevas, então, cantou homenageando o amigo em um programa na televisão local. Pegou gosto e apareceu em diversos outros shows na televisão, inclusive na Argentina, onde fez fama ao atuar pelo River Plate no começo do século.

Antes, na época de Santos, já havia contado para seus companheiros que gostava de "pegar no violão".

Mesmo com seu sucesso recente sendo maior nos palcos do que nos gramados, Cuevas não desiste. "Está tudo solucionado. Vou com tudo agora", disse, empolgado. E tudo isso em um ano em que chegou a ficar até com dengue, em fevereiro.

Resta saber se todo o seu esforço para voltar será recompensado, ou se ele terá que se contentar em poupar os joelhos, comentar futebol no Twitter, como gosta de fazer, e se limitar a dar shows musicais, não com a bola.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Japão lança ao espaço 1º telescópio de observação planetária

Epsilon-1 decola do Centro Espacial de Uchinoura, em Kagoshima, levando o telescópio Sprint-A. (Foto: Kyodo News / Via AP Photo)A Agência Aeroespacial do Japão (JAXA) conseguiu neste sábado (14), após várias tentativas fracassadas, fazer o lançamento do foguete Epsilon-1, que leva a bordo o primeiro telescópio espacial de observação planetária remota.
O lançamento do foguete aconteceu com sucesso às 14h locais (2h de Brasília), no Centro Espacial de Uchinoura, em Kagoshima, no sudoeste do país.
Com o Epsilon-1, o Japão vai colocar em órbita o telescópio Sprint-A, o primeiro de observação remota de planetas como Vênus, Marte e Júpiterdesde a órbita da terra.
No dia 27 agosto, quando foi feita a última tentativa fracassada, o sistema realizou uma parada automática de emergência poucos segundos antes do lançamento, devido a um problema com a inclinação do foguete.
Uma semana antes, foi cancelada a primeira tentativa por problemas no sistema de cabos da equipe de comunicação.
"O telescópio representará uma revolução na indústria espacial", afirmou então Yasuhiro Morita, encarregado do lançamento, em comunicado divulgado pela JAXA, que comemora seu décimo aniversário este ano.
O custo do lançamento do Epsilon chega a 5,3 bilhões de ienes (US$ 54 milhões), quase a metade dos custos do modelo HII-A, mas a agência acredita que ainda pode reduzir mais, para até 3 bilhões de ienes (US$ 30 milhões).
O último lançamento espacial japonês aconteceu no início de agosto, após a decolagem de um foguete HII-B em direção à Estação Espacial Internacional (ISS), com o objetivo de transportar equipamentos para a base, entre eles dois satélites.
O Japão desenvolve desde 2003 um intenso programa espacial que, baseado em sua tecnologia pioneira, está focado na exploração dos planetas e asteroides.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Bebê de jovem que caiu em cisterna tem melhora e deixa UTI, em Goiás

Bebê se recupera bem e deixa UTI de hospital em Goiânia (Foto: Sebastião Nogueira/ O Popular)O bebê da adolescente de 17 anos, que fez um parto de emergência após cair em uma cisterna de 10 metros de profundidade, em Goiânia, apresentou melhora no estado de saúde, segundo a assessoria de imprensa do Hospital Materno Infantil (HMI). Com isso, a criança deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal, onde estava desde o último dia 21, e foi transferida para a clínica de pediatria. Ela deve permanecer internada até se recuperar completamente.
A mãe do bebê, que permaneceu 12 dias hospitalizada, recebeu alta do Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) no último dia 30. No momento do acidente, ela estava grávida de sete meses e a equipe médica optou pela cesariana.

A queda aconteceu no último dia 18 de agosto, na casa onde a adolescente mora com os pais, no Setor Colina Azul. De acordo com familiares, ela ajudava a limpar a casa para realizar o chá de fraldas do bebê. Ao subir em cima da cisterna para varrer a área, a tampa quebrou e a garota caiu. Por causa do acidente, ela sofreu traumatismo craniano.

A adolescente ficou por cerca de vinte minutos dentro do poço, até que conseguiu ser resgatada pelo Corpo de Bombeiros. Durante este tempo, um vizinho ajudou no socorro. “Ele desceu o buraco e ficou segurando ela lá dentro até os bombeiros chegarem para resgatá-la. Foi o que ajudou no momento ali pra ela não morrer na hora”, relata Jânia Marin de Sousa, tia da garota.
Um vídeo registrado por um internauta do G1 mostra a dificuldade enfrentada pelos bombeiros para retirar a jovem da cisterna.

Adolescente grávida cai em cisterna com dez metros de profundidade em Aparecida de Goiânia, em Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Balão de grande porte cai em bairro de Jundiaí

Um caminhão foi usado para retirar o balão e a estrutura de ferro da tocha (Foto: Edinho/Tem Você)

Um balão com pelo menos 50 metros caiu em uma plantação de eucaliptos e provocou um princípio de incêndio no bairro da Roseira, em Jundiaí (SP), na manhã desta sexta-feira (13). O corpo de bombeiros foi chamado e o fogo foi controlado.

Parte das bandeiras, que chegava a ter 200 metros, caiu sobre duas chácaras e uma escola. A estrutura que sustentava a bandeira foi feita com pedaços de bambus amarrados com cordas. Por pouco, uma criança que estava brincando no quintal de uma chácara não foi atingida.
Os bombeiros também contaram com a ajuda de funcionários das chácaras para conter rapidamente o princípio de incêndio. Foi preciso um caminhão para recolher o que sobrou do balão. A polícia informa que quem for detido fabricando, transportando ou soltando balões pode responder por crime ambiental. A pena é de um a três anos de prisão e multa.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››

Incêndio em hospital psiquiátrico mata ao menos 37 na Rússia

Incêndio destruiu hospital psiquiátrico na Rússia. (Foto: Ministério russo de Emergência / Novgorod / Via AP Photo)Pelo menos 37 pessoas morreram num incêndio na quinta-feira à noite que destruiu um hospital psiquiátrico no noroeste da Rússia, informou o comitê de investigação.
"Retiramos dos escombros os corpos de 10 pessoas, de um total de 37 mortos", afirma um comunicado do gabinete local do comitê de investigação para a região de Novgorod.
Equipes buscam pelos desaparecidos, segundo as autoridades.
O incêndio aconteceu por volta das 4h locais, aparentemente depois que um paciente ateou fogo em sua cama, disse o governador da província, Sergei Mitin. "O pessoal médico viu um paciente na cama número 2 envolto em chamas. É possível que ele seja o responsável pelo incêndio", disse o governador.

Autoridades desconfiam que fogo começou após paciente fumar sobre sua cama. (Foto: Ministério russo de Emergência / Novgorod / Via AP Photo)

O governante acrescentou que tudo indica que o interno estava fumando e acabou ateando fogo na cama.
As autoridades informaram que mais de 20 pessoas foram retiradas do hospital. Segundo a agência "Itar-Tass", havia mais de 50 pacientes internados na ala incendiada.
De acordo com um responsável do Ministério de Situações de Emergência da Rússia, Yuri Deshevykh, o hospital deveria ser fechado em agosto de 2014 por ordem judicial, precisamente por seu pouca proteção contra incêndios, já que o edifício é de madeira.
Esta é a segunda tragédia semelhante na Rússia em poucos meses. Em abril, um incêndio em um hospital psiquiátrico nos arredores de Moscou causou a morte de 38 pessoas.

Reprodução Cidade News Itaú
Leia Mais ››