RÁDIO CIDADE AO VIVO

Ouça pela Rádios Net ou clique na imagem abaixo

Ouça pelo Listen 2 My Rádio ou clique na imagem abaixo

Imagem relacionada
Loading ...

quarta-feira, abril 19, 2017

Helicóptero que caiu em mar de Itacoatiara, Niterói, amanhece na praia

Helicóptero amanheceu na areia da praia de Itacoatiara sem as hélices (Foto: Arquivo Pessoal / Lilian Coutinho)

Parte do helicóptero que caiu na noite de quarta-feira (12), na Praia de Itacoatiara, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio, amanheceu nesta terça-feira (18), na areia da praia. O acidente matou o primo da ex-governadora Rosinha Garotinho. A aeronave que deveria ter sido retirada na quinta-feira (13), pela empresa responsável, estava sem as hélices. A forte ressaca que atingiu a região oceânica nos últimos dias pode ter contribuído para que parte do helicóptero fosse levada até a areia.
O corpo do piloto do helicóptero foi encontrado durante a madrugada de quinta-feira (13). A vítima era o sargento do Corpo de Bombeiros, Fábio Pestana de Barro, primo da ex-governadora Rosinha Garotinho. Em uma rede social, a ex-governadora publicou uma foto ao lado dele e pediu uma corrente de orações. Por volta de 1h, os bombeiros encontraram o helicóptero e o corpo do piloto.
O outro tripulante da aeronave, o bombeiro da reserva Paulo Roberto Costa sobreviveu ao acidente. O helicóptero caiu a cerca de 200 metros e moradores da região contaram que chovia muito e ventava forte na hora do acidente. Paulo conseguiu sair da aeronave e nadou até a costa. Ele foi levado para o hospital estadual Azevedo Lima e já teve alta médica pouco tempo depois.
Por meio de nota, o Corpo de bombeiros informou que o procedimento de retirada da aeronave é de responsabilidade da empresa. Segundo eles, os guarda-vidas que estão no local atuam apenas na prevenção em caso de necessidade.

Garotinho lamentou morte
Na quinta-feira (13), o também ex-governador do Rio e marido de Rosinha, Anthony Garotinho, publicou uma nota em seu blog lamentando a morte de Fábio Pestana. Ele falou que a família "lamenta profundamente a morte de uma pessoa tão querida" e que ele o considerava um "irmão de criação". (Veja a nota na íntegra no fim da reportagem)
"Como vocês devem ter acompanhado nos noticiários, ontem caiu um helicóptero na praia de Itacoatiara, matando o piloto Fábio Pestana de Barros, tenente do Corpo de Bombeiros, primo da Rosinha.
Nossa família lamenta profundamente a morte de uma pessoa tão querida por todos nós. Fabinho era mais do que um primo de Rosinha. Era um irmão de consideração. Profissional que gostava de viver nas alturas, temos certeza que ele está, neste momento, na altura com o Senhor.
Agradecemos também a todos que se solidarizaram neste momento tão difícil."


Ressaca pode ter contribuído para o aparecimento da aeronave. (Foto: Arquivo Pessoal / Lilian Coutinho)Ressaca pode ter contribuído para o aparecimento da aeronave. (Foto: Arquivo Pessoal / Lilian Coutinho)
Ressaca pode ter contribuído para o aparecimento da aeronave. (Foto: Arquivo Pessoal / Lilian Coutinho)

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!