RÁDIO CIDADE AO VIVO

Ouça pela Rádios Net ou clique na imagem abaixo

Ouça pelo Listen 2 My Rádio ou clique na imagem abaixo

Imagem relacionada
Loading ...

quarta-feira, abril 19, 2017

Odebrecht diz que pagou camarote em carnaval para políticos e servidores


O empresário Marcelo Odebrecht, ex-presidente da construtora Odebrecht, afirmou em depoimento que pagou entrada em camarotes nos carnavais do Rio de Janeiro e de Salvador para políticos e servidores. (Veja a partir dos 2 minutos no vídeo acima).
Odebrecht fez a afirmação durante depoimento ao Ministério Público Federal dentro de acordo de delação premiada no âmbito da Operação Lava Jato.
De acordo com ele, entre as pessoas que pediram e ganharam espaço em camarotes, estava o ex-assessor da ex-presidente Dilma Rousseff Anderson Dornelles.
“Era um inferno na véspera de Carnaval em Salvador porque as pessoas nos procuravam na hora. Chegava umas duas semanas antes, tanto que a gente já pré-reservava alguns camarotes, bloqueava alguns lugares, porque a gente já sabia que vinha pedido de tudo que é natureza e esse tipo de pedido a gente atendia. [...] O cara liga, o cara tem uma certa influência, tem uma certa posição em qualquer lugar, seja privado, seja público, você atende”, relatou Odebrecht.
O delator afirma, então, que uma das pessoas que pediram a ele por lugar no Carnaval foi Anderson Dornelles.
Odebrecht diz que enviava e-mails à então presidente Dilma Rousseff com frequência e que era Dornelles quem garantia que ela receberia as mensagens. O empresário afirma que atendia aos pedidos do assessor para evitar retaliação.
“Esse tipo de coisa [pedidos por lugar em camarote] sempre houve. Talvez tenha tido três ou quatro carnavais que ele [Dornelles] fez isso. Eu conhecia ele desde 2002, 2003, 2004, então talvez três ou quatro carnavais ele tenha pedido isso”, relatou Odebrecht aos procuradores.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!