Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

quarta-feira, abril 19, 2017

Padre Fábio fez um post de Páscoa que acabou em polêmica; precisava?


O padre Fábio de Melo postou em seu Instagram, neste domingo (16), vídeo de um bebê, dentro de uma grande panela, recebendo um banho de chocolate. Acompanhado do texto “Há pessoas que desconhecem o significado de equilíbrio e moderação”, o post –que teve mais de 420 mil visualizações e de 3.620 comentários—causou controvérsia entre os seguidores do religioso e foi criticado pela atriz Antonia Fontenelle.

No perfil de padre Fábio, houve quem entendesse como uma brincadeira sobre os exageros cometidos na Páscoa e quem avaliasse como uma prática que coloca em risco a saúde da criança.

Entre as pessoas que criticaram a postagem estava a atriz, que republicou o vídeo em seu Instagram, acompanhado do seguinte texto: “Indignada com essa imagem. Um crime o que fizeram com essa criança. Não vejo graça, as pessoas perderam o senso, o limite... Uma criança dessa idade não pode comer chocolate, sem falar no desconforto a que ela foi submetida, vi todos rindo , achando o máximo, medo do ser humano”.

Segundo a SBP (Sociedade Brasileira de Pediatria), doces são considerados calorias vazias e seu consumo não tem indicação em nenhuma faixa etária. Se mesmo ciente disso, os pais quiserem ofertar itens como chocolate ao filho, o ideal é esperar que ela tenha, pelo menos, dois anos.

“Tudo o que a criança consumir nos primeiros mil dias de vida [contados a partir do primeiro dia de gestação até os dois anos] vai interferir no metabolismo que ela terá na vida adulta. E deixá-la ingerir açúcar antes dos dois anos aumenta a predisposição para obesidade e diabetes”, declara a gastropediatra Cylmara Gargalak Aziz, do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo.

Para Cylmara, todo o cuidado é pouco quando se trata de alimentação infantil e “brincadeiras” como o vídeo devem ser evitadas. “É no início da vida que a criança forma o paladar. Se ela se acostumar ao sabor doce, vai se tornar seletiva.”

Segundo a gastropediatra, a medicina está tão preocupada com relação aos efeitos do açúcar que a recomendação atual é evitar dar sucos às crianças.

“É preferível dar uma fatia de melancia do que fazer um suco que terá três ou mais fatias. Isso para evitar o excesso de frutose [o açúcar presente nas frutas]”, fala Cylmara. 

Fonte: Uol

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!