RÁDIO CIDADE AO VIVO

quinta-feira, abril 20, 2017

Santos segura empate contra o Santa Fe e mantém liderança do grupo na Libertadores


O Santos se manteve invicto e na liderança do Grupo 2 da Libertadores da América ao empatar por 0 a 0 com o Santa Fe, nesta quarta-feira, em Bogotá. Bem postado na defesa, o Peixe viu sua tática funcionar e controlou bem os colombianos - mas foi pouco agressivo no ataque. Victor Ferraz, no segundo tempo, acertou a trave adversária – na melhor chance da partida. Jean Mota foi expulso faltando dez minutos para a partida acabar e quase complicou a situação santista.

COMO FICA
Com o empate, o Santos foi a cinco pontos, em primeiro na chave. O Santa Fe, com quatro, é o segundo, à frente do The Strongest no saldo de gols. A lanterna é do Sporting Cristal, com dois. O Peixe volta a campo no dia 4 de maio, uma quinta-feira, novamente contra o Santa Fe, mas desta vez em casa. Se vencer, encaminha classificação. Duas vitíorias em casa garantirão a vaga - o Santos também receberá o Sporting Cristal.

PRIMEIRO TEMPO
Lentidão, muitas faltas e poucas chances criadas foram o retrato do primeiro tempo. As equipes apresentaram um nível abaixo do esperado e não levaram perigo aos goleiros Castellanos e Vanderlei. O Peixe entrou em campo com a proposta de esperar o time colombiano tomar as ações para poder contra-atacar, mas não obteve sucesso. A única finalização do Alvinegro saiu dos pés de Ricardo Oliveira, que mandou longe do gol. O Santa Fe, por sua vez, não fez valer o fator casa e esbarrou na defesa do Santos. Os colombianos ficaram mais com a bola, mas não foram efetivos nas jogadas de ataque.


SEGUNDO TEMPO
As equipes retornaram do intervalo buscando mais o jogo. Renato, em finalização de fora da área, ameaçou. O Santos se postou melhor e por pouco não abriu o placar em chute de Victor Ferraz, que recebeu de Lucas Lima na entrada da área e acertou a trave. Na sequência, Castellanos ficou com a bola. Aos 34 minutos, Jean Mota recebeu o segundo cartão amarelo por fazer cera e animou o Santa Fe, que se lançou ao ataque e quase marcou com o atacante Plata - barrado em ótima defesa de Vandelei. Aos 44, Ceter recebeu cruzamento na pequena área, de frente para o gol vazio, mas Victor Ferraz antecipou o atacante e salvou o Santos da derrota na Colômbia.

QUASE LÁ E CÁ
Victor Ferraz, aos 28 minutos do segundo tempo, teve a melhor chance da partida. Seu chute acertou a trave do goleiro Castellanos, que na sequência ficou a bola. Depois, aos 44, o lateral salvou, quase em cima da linha, cabeceio de Ceter.

VIVINHO DA SILVA
Antes do jogo, uma situação bizarra: o sistema de som do estádio anunciou um minuto de silêncio pelo falecimento de... Ricardo Oliveira! O centroavante, claro, estava vivinho da silva – e dentro de campo, inclusive. O momento de respeito deveria ter sido em homenagem a Kaneco, ex-jogador alvinegro.


Fonte: Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!