Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

terça-feira, abril 18, 2017

Suspeito de instigar morte de torcedor argentino em arquibancada se entrega


Oscar Gómez, suspeito de ser o autor intelectual do assassinato de um torcedor do Belgrano que foi espancado e jogado da arquibancada do estádio do clube durante uma partida do Campeonato Argentino no sábado, se entregou nesta segunda-feira (17) à Justiça.

Ao longo do dia, a polícia local deteve outros quatro suspeitos de envolvimento no crime, mas não informou os nomes delas. "Prendemos dois à tarde e dois de madrugada. Houve essa demora para que nenhum inocente fosse preso", disse o general Jorge Gómez à rádio Mitre Cordoba.

Fontes da polícia confirmaram à Agência Efe que Gómez, conhecido como "Sapito", se apresentou à tarde na Chefia de Polícia da província de Córdoba e reconheceu ter incentivado vários torcedores a bater em Emanuel Balbo, que morreu hoje em um hospital após ficar dois dias internado em estado crítico.

Como pode ser visto em imagens divulgadas pelas redes de televisão locais, Balbo, de 22 anos, foi brutalmente golpeado e arremessado da arquibancada e caiu em uma das escadas de acesso ao estádio Mario Alberto Kempes por torcedores do Belgrano, que disputava um clássico com o Talleres.

Raúl Balbo, pai da vítima, confirmou a morte do rapaz e explicou que, durante a partida, Emanuel se encontrou no estádio com Gómez, acusado de atropelar e matar, há quatro anos, outro de seus filhos, que então tinha 14 anos.

"Em vez de ele (Gómez) negar, somente incitou a violência com todos os amigos que tinha lá, agredindo meu filho. Começaram a bater e fazer o que fizeram. Gómez chamou todos os amigos e disse: 'Joguem ele fora, é torcedor do Talleres'. Correram atrás dele pela arquibancada até que o arremessaram", descreveu ele em entrevista à emissora "Cadena 3".

A promotora do caso, Liliana Sánchez, declarou que a hipótese defendida pelo pai está sendo investigada e que quatro pessoas ligadas ao crime foram detidas - uma delas menor de idade - por "homicídio qualificado", sem contar o autor intelectual.

Fonte: Uol

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!