RÁDIO CIDADE AO VIVO

Ouça pela Rádios Net ou clique na imagem abaixo

Ouça pelo Listen 2 My Rádio ou clique na imagem abaixo

Imagem relacionada
Loading ...

sexta-feira, maio 12, 2017

Crime passional teria motivado homicídio de professor


Pouco mais de 17 horas da quarta-feira, 10. O professor Ediudson de Lucena Costa, que completaria 32 anos na próxima segunda (15), estava perto de Natal, cidade onde nasceu e morava, quando foi executado em via pública. A morte do homem sem antecedentes criminais e benquisto pelos amigos chocou. Familiares e outras pessoas próximas do educador clamam por justiça, e a polícia avança na investigação.

O crime está sendo investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A Polícia Civil, conforme apurado pelo Portal No Ar, parece já estar no encalço de quem cometeu o crime e porque se motivou [ou se motivaram] a isso.

A principal suspeita, de acordo com a apuração da reportagem, é de crime passional. O professor teria se envolvido com uma mulher e o ex-companheiro dela, inconformado em vê-la com outro homem, chegara ao ponto de ser mentor do homicídio.

“O que eu posso dizer é que estamos no caminho certo”, frisou o líder da DHPP, Frank Albuquerque, à reportagem sem confirmar o que foi apurado. O delegado de Polícia Civil ressaltou que não pode dar detalhes “para não atrapalhar a investigação”.

A execução de Edi, como o professor de Biologia era chamado por amigos, ocorreu na Rua Santa Maria, no bairro de Emaús, em Parnamirim. O carro do professor, um Ethios, modelo da Toyota, foi perseguido por um veículo de cor branca e alcançado naquele endereço.

Fonte: Portal Noar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!