RÁDIO CIDADE AO VIVO

domingo, junho 18, 2017

Atlético-PR quebra invencibilidade do Atlético-GO no Olímpico e deixa o Z-4


O Atlético-PR confirmou sua reação no Campeonato Brasileiro e venceu a segunda partida seguida fora de casa na competição. Neste sábado, o Furacão derrotou o Atlético-GO por 1 a 0 e quebrou a invencibilidade do rival no Olímpico, em Goiânia – em 12 jogos no estádio desde o ano passado eram oito vitórias e quatro empates da equipe goiana. O gol foi marcado por Sidcley, que também tinha balançado as redes do Atlético-MG no meio de semana.

Com o resultado, o time comandado por Eduardo Baptista chega aos oito pontos e deixa a zona de rebaixamento pelo menos até a conclusão da rodada, já que Palmeiras, Atlético-MG e Vitória entram em campo neste domingo. O Dragão, por sua vez, fica com seis pontos e está de volta ao grupo dos quatro piores da Série A. O Atlético-GO voltará a campo fora de casa na próxima quarta-feira, contra o Palmeiras, em São Paulo. O Atlético-PR receberá o São Paulo no mesmo dia. 

SIDCLEY MARCA NO INÍCIO
Autor do gol da vitória sobre o Atlético-MG no meio de semana, Sidcley demorou apenas três minutos para justificar sua escalação no meio-campo. Depois de boa jogada de Douglas Coutinho e defesa do goleiro Felipe, ele apareceu livre dentro da área e abriu o placar para o Furacão: 1 a 0 Atlético-PR. Mais organizado nos minutos iniciais, o time visitante ainda esteve perto de ampliar o marcador com Nikão, que bateu de primeira à esquerda de Felipe. Grafite foi outro que perdeu boa chance ao chutar para fora depois de superar a marcação de Roger Carvalho.

EVERALDO PERDE PÊNALTI
Aos poucos, o Atlético-GO conseguiu se organizar e atuar de maneira semelhante aos outros jogos que disputou no Olímpico. Com mais posse de bola, o Dragão obrigou o goleiro Weverton a trabalhar em boa finalização de Igor aos 14 minutos. Logo depois, Everaldo arriscou de dentro da área e acertou o travessão. Autor de dois gols de pênalti na vitória sobre o Avaí na última quarta-feira, Everaldo teve outra penalidade para cobrar, mas desta vez não teve a mesma sorte. Aos 19 minutos, ele tentou tirar do canto do goleiro e mandou para fora. O meia Breno Lopes ainda perdeu boa chance para os donos da casa no fim da etapa inicial.

FURACÃO SE FECHA E VENCE O JOGO
O Atlético-PR voltou com Matheus Rossetto e Pablo nos lugares de Nicolas e Grafite e recuou muito no segundo tempo. Autor do gol, Sidcley voltou para a lateral. O Atlético-GO se aproveitou e ficou mais tempo no campo de ataque. O meia Andrigo bateu na rede pelo lado de fora aos 10 minutos e confundiu parte da torcida, que chegou a comemorar o gol. O Dragão perdeu o volante Igor, machucado, e o técnico Doriva aproveitou para deixar a equipe mais ofensiva, com Diego Rosa em campo. Walter, criticado pela forma física, também entrou. O Furacão só atacou com perigo aos 35 minutos, quando Matheus Rossetto completou cruzamento de Nikão e obrigou Felipe a fazer grande defesa.

WALTER VOLTA A ENTRAR EM CAMPO
O atacante Walter atuou pela primeira vez com o técnico Doriva. Mesmo fora de forma, ele participou bem de alguns lances na armação das jogadas, sempre fora da área. Também obrigou o goleiro Weverton a fazer boa defesa. Depois do jogo, Walter revelou que ficará cerca de 20 dias fora do time para tentar perder 5 kg.

FIM DA INVENCIBILIDADE
O Atlético-GO estava invicto no novo Estádio Olímpico. Em 12 jogos desde o ano passado, o Dragão tinha conquistado oito vitórias e quatro empates.

ILUMINADO
Sidcley vive ótima fase. Depois de fazer o gol da vitória sobre o Atlético-MG no meio de semana, o lateral, que iniciou o jogo deste sábado como meia, voltou a balançar as redes para fazer seu segundo gol na temporada e dar mais uma vitória ao Furacão.

BOM RETORNO
O goleiro Weverton fez seu primeiro jogo depois de servir a seleção brasileira e teve boa atuação, ajudando o Atlético-PR a conquistar importante vitória.

Fonte: Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!