Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

sexta-feira, junho 30, 2017

Com dois de Dourado e golaço de Wendel, Flu atropela Universidad de Quito no Maracanã


O Fluminense precisou de 55 minutos para levantar a torcida no Maracanã e encaminhar a vaga nas oitavas da Copa Sul-Americana. Nesta quinta-feira, com direito a noite inspirada de Henrique Dourada, o Tricolor fez 4 a 0 na Universidad de Quito, do Equador, e abriu boa vantagem no confronto. O "Ceifador" fez dois e assumiu o posto de maior artilheiro do Brasil na temporada (22 bolas na rede). Wendel - num golaço - e Richarlison definiram o placar. 

PANORAMA
A partida da volta, na altitude de Quito, no Equador, está marcada para o dia 26 de julho. O próximo compromisso do Tricolor é pelo Campeonato Brasileiro. Nesta segunda-feira, às 20h (de Brasília), a equipe de Abel Braga encara a Chapecoense, no Giulite Coutinho, pela 11ª rodada.  

PÚBLICO E RENDA
Público presente: 14.373
Público pagante: 12.997
Renda: R$ 445.715,00


PRIMEIRO TEMPO
Os equatorianos pouco viram a cor da bola na primeira etapa. O Fluminense usou os lados do campo, nas subidas dos laterais, e infernizaram a vida dos defensores adversários. Dourado foi o mais participativo: finalizou a primeira bola perigosa, aos oito minutos, fez a parede para Scarpa bater de fora, aos 15, quase marcou em desvio de cruzamento de Lucas, aos 22, e, finalmente, balançou a rede aos 26, aproveitando sobra na área, livre de marcação.

A torcida ainda comemorava o gol do Ceifador quando Richarlison aumentou. Dourado escapou livre pela esquerda, cruzou rasteiro e viu Galíndez soltar bola fácil nos pés do companheiro, que só teve o trabalho de empurrar para dentro: 2 a 0. A tentativa de resposta da Universidad de Quito veio nos contra-ataques rápidos, mas sem levar perigo à meta de Júlio César. A consequência foi o terceiro do Fluminense ainda antes do intervalo. E de novo do Ceifador, na marca do pênalti - o terceiro dele na Sul-Americana e 22º na temporada (artilheiro do Brasil em 2017).  


SEGUNDO TEMPO
O segundo tempo reservou misto de sentimentos ao torcedor. Aos dois minutos, a preocupação. Dourado perdeu gol na cara de Mosquera (substituto do lesionado Galíndez). No lance, foi ao chão com a mão na virilha esquerda e deu lugar ao jovem Pedro. Aos nove, o êxtase. Wendel arriscou de muito longe, acertou o ângulo e ainda viu a bola bater no travessão antes de sair para comemorar: golaço e goleada consumada no Maracanã.

O panorama só não foi pior para a Universidad de Quito porque o time da casa colaborou. Foram muitas as chances perdidas. Pedro não aproveitou cruzamento de Scarpa; Henrique, de cabeça, mandou direto pela linha de fundo; e Léo, pegando a sobra na grande área, isolou. Por pouco o castigo não vem no fim, com um gol de honra dos equatorianos: Cifuentes, artilheiro da Sul-Americana, recebeu de Defederico e, sem marcação, mandou por cima do travessão.  


NÃO PARA DE CEIFAR!
Quem segura Henrique Dourado? O atacante foi o cara do Fluminense na noite desta quinta-feira. Marcou duas vezes, deu assistência para Richarlison, deixou adversário na saudade com uma caneta e saiu de campo aplaudido pela torcida. A nota preocupante foi a lesão na virilha esquerda, que ainda requer exames para saber a gravidade. Na temporada, são 22 gols do artilheiro do Brasil em 2017. 

- Tive um desconforto na hora do chute. Agora vamos ver, fazer os testes com o doutor. Espero que a gente possa recuperar, porque a sequência de jogos é grande. 

VOLANTE ARTILHEIRO
Wendel vive momento iluminado no Fluminense. O volante marcou um golaço - o quarto do Tricolor contra o time de Quito - e confirmou a fase artilheiro. É o terceiro jogo consecutivo do jovem de 19 anos com uma bola na rede. Já soma quatro na carreira. 

 - Vale a pena (arriscar de longe). Quero agradecer a Deus. Achei que ia para fora, quando vi o gol, vim dedicar a minha mãe. Coração foi para ela, minha família está ali, meu filho, todo mundo. Nem tive ideia (que o chute foi a 101km/h). Foi forte. Foi um caroço.

Fonte: Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!