RÁDIO CIDADE AO VIVO

Ouça pela Rádios Net ou clique na imagem abaixo

Ouça pelo Listen 2 My Rádio ou clique na imagem abaixo

Imagem relacionada
Loading ...

terça-feira, junho 13, 2017

Cortez marca, Grêmio vence o Bahia na Arena e segue na cola do líder Corinthians


O Grêmio recebeu o Bahia nesta segunda-feira, na Arena, pela 7ª rodada do Brasileirão, envolto em uma série de elogios por seu futebol, tido por muitos como o mais vistoso do Brasil. No Dia dos Namorados, porém, o Tricolor gaúcho passou longe de encantar diante de um rival baiano obstinado a freá-lo na marcação. Não deu na técnica. Não deu no talento, mas deu na vontade. Com um gol de Bruno Cortez, já no final do segundo tempo, os gremistas venceram com placar magro, 1 a 0, mas suficiente para seguir colado no líder Corinthians.

NA TABELA
Com o resultado, o Grêmio vai a 15 pontos e mantém a vice-liderança na tabela, na cola do líder Corinthians, que tem 16. O Bahia, por sua vez, cai para oitavo, com 9 pontos.

PRÓXIMOS COMPROMISSOS
O Tricolor gaúcho volta a campo na próxima quinta-feira, às 21h, quando encara o Fluminense no Maracanã, pela 7ª rodada do Brasileirão. O Bahia, por sua vez, vai ao Couto Pereira enfrentar o Coritiba, também na quinta, mas às 16h.

PRIMEIRO TEMPO
A tônica da partida ficou clara desde os primeiros instantes de bola rolando. Obstinado a buscar a vice-liderança e manter o futebol vistoso das últimas atuações, o Grêmio teve maior posse e controlou as ações ofensivas, com proposição de jogoa. Menos incisivo com o ingresso de Maicon no lugar de Barrios, o Tricolor gaúcho trocou passes com intensidade e triangulações para ocupar o campo rival.

Entre alguns chutes de longe, os gremistas tiveram suas melhores oportunidades do primeiro tempo com Pedro Rocha. Aos seis, o atacante levou perigo ao aparecer pela esquerda e chutar cruzado. Depois, aos 38, desperdiçou a grande chance ao ser "pifado" por Maicon e tentar encobrir Jean, que fez bela defesa. O Bahia, por sua vez, levou perigo ao aproveitar os espaços para contra-ataques, conduzidos em velocidade por Allione e Zé Rafael, que ameaçou duas vezes, com chutes aos 33 e aos 45. 


SEGUNDO TEMPO
O Bahia adiantou suas linhas na segunda etapa e abusou da cera para neutralizar o Grêmio e arrefecer qualquer investida rival pela vitória. E a estratégia deu bom resultado. O Tricolor gaúcho foi envolvido pela marcação adversária, que foi sólida ao parar as investidas gremistas pelos lados e para pressionar os volantes na saída de bola. A equipe de Renato Gaúcho se lançou ao ataque com Everton, Fernandinho e Lincoln, que entraram nas vagas de Arthur, Maicon e Pedro Rocha. O gol da vitória veio com Bruno Cortez, na cobrança de escanteio, já aos 40 do segundo tempo.

O GOL DA VITÓRIA
O Grêmio chegou ao duelo desta segunda-feira embalado após a vitória por 6 a 3 sobre a Chapecoense, na última quinta. Diante de seu torcedor, porém, o Tricolor gaúcho encontrou dificuldades para furar o bloqueio bem postado do Bahia. O gol só veio na base da insistência, bem longe do talento apresentado nos jogos anteriores. Já aos 40 do segundo tempo, Cortez aproveitou desvio de Pedro Geromel, após cobrança des escanteio, para aparecer no segundo poste e estufar as redes.

VAI PEDIR MÚSICA?
Com habilidade e uma boa pitada de atrevimento, Zé Rafael foi, talvez, a principal válvula de escape do Bahia em seus contra-ataques, nesta segunda-feira, na Arena. O meia levou perigo à meta de Marcelo Grohe ao menos duas vezes, em chutes da entrada da área. Mas chamou atenção, de fato, pela habilidade. No segundo tempo, o jogador aplicou dois lençóis em Cortez para sair jogando pela direita. Entre tanto talento, a bola acabou escapando no terceiro drible, contra Luan, e se perdeu pela lateral.

NÃO DEU A MESMA LIGA
Sem contar com Barrios, lesionado, Renato Gaúcho promoveu o retorno de Maicon à equipe, com Arthur mais adiantado no meio-campo e Luan como referência no ataque. O Grêmio manteve o mesmo volume de jogo, com intensidade nas trocas de passes e nas triangulações para ir ao ataque, mas perde em verticalidade. Menos incisivo, o Tricolor teve dificuldades em infiltrar na defsa do Bahia, bem postada para não dar brechas ao rival.


Fonte: Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!