RÁDIO CIDADE AO VIVO

Ouça pela Rádios Net ou clique na imagem abaixo

Ouça pelo Listen 2 My Rádio ou clique na imagem abaixo

Imagem relacionada
Loading ...

sexta-feira, junho 30, 2017

Desencantou! Sheik marca no fim e coloca Ponte em vantagem contra Sol de América


Emerson Sheik já tinha feito de tudo um pouco pela Ponte Preta: assistência, canetas aos montes, carrinhos, usado a experiência para ganhar tempo. Faltava apenas o gol para cair de vez nas graças dos alvinegros. Não falta mais nada. Como sempre gostou de fazer ao longo da carreira, guardou o melhor para o momento mais decisivo. Em uma partida amarrada contra o paraguaio Sol de América, nesta quinta-feira, a estrela do veterano de 38 anos brilhou aos 44 minutos do segundo. Com um chute de fora da área, ele garantiu a suada vitória por 1 a 0 no Majestoso e colocou a Macaca em vantagem na segunda fase da Sul-Americana. 

NA FRENTE
O resultado permite a Macaca jogar pelo empate no duelo da volta, em 26 de julho, em Assunção, no Paraguai, além de perder por um gol de diferença a partir de 2 a 1 - por conta do gol fora de casa. Se o Sol de América devolver o placar por 1 a 0, a definição vai para os pênaltis.

Antes, a Ponte volta as atenções para o Brasileirão. No domingo, o adversário será o vice-lanterna Avaí, às 19h, na Ressacada. Após a derrota por 2 a 1 para o Palmeiras no último domingo, a Macaca busca a reabilitação para não perder terreno na tabela. 


FALA, SHEIK!
Sheik precisou de uma bola para resolver. Na única vez que recebeu em condição de finalizar, furou a segunda melhor defesa do Campeonato Paraguaio e tirou a invencibilidade de um time que não perdia havia um mês e que havia sofrido uma derrota nos últimos 14 jogos. Um leve desvio no meio do caminho também contribuiu para Emerson balançar as redes. Ainda teve tempo de ele coroar a atuação com um chapéu no campo de ataque, já nos acréscimos. Após o apito final, comemorou o desempenho individual e também o resultado coletivo. 

"Tô feliz. O gol, quando você tem mais idade, aprende a enxergar as coisas. Eu estava merecendo esse gol por tudo que vinha fazendo nos treinos, nos jogos, com minha dedicação, com a idade que eu tenho e a dificuldade que eu tive de estar seis meses parado. O grupo é bom. Às vezes peca em alguns detalhes, mas no modo geral, é bom. Hoje em especial, merecia essa vitória". 


SEM EFICIÊNCIA
A Ponte tomou a iniciativa do jogo. O começo até foi promissor, com Cajá e Sheik participativos e boas jogadas, principalmente pela esquerda, mas o time pecava no último passe. Por isso, levou perigo apenas duas vezes, em lances individuais de Lins e Claudinho que pararam no goleiro Silva. Nem as 12 cobranças de escanteio ajudaram a Macaca a tirar o zero do placar. Quando encaixou a marcação, o Sol de América equilibrou as ações e tentou surpreender nos contra-ataques, sem sucesso. 


ATÉ O FIM!
Os paraguaios catimbaram, ganharam tempo a cada cobrança de lateral, tiro de meta, escanteio e falta, mas também jogaram. Velázquez, após cruzamento, e Franco, em contra-ataque, colocaram Aranha para trabalhar no início da etapa final, dominado pelos visitantes.A Macaca demorou para acordar, tanto que só foi assustaraos 21 minutos, quando Elton arriscou de longe. Rodrigo, logo na sequência, também teve a chance de marcar ao desviar cobrança de falta. A Ponte seguiu tentando, sem nenhuma inspiração coletiva. Mas Sheik ainda estava em campo e guardou o melhor para o fim. Em bomba da entrada da área, ele conseguiu, enfim, superar o ferrolho paraguaio e deixar a Macaca em vantagem para a partida da volta. 


Fonte: Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!