Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

Loading ...

segunda-feira, junho 26, 2017

Diretor do DER chama obras viárias na Zona Norte de Natal de 'tijolo quente' e 'mamão podre'

Obras do Pró-Transporte começaram em 2007 na Zona Norte de Natal (Foto: Inter TV Cabugi)

"Fizeram as coisas ao contrário e me passaram esse tijolo quente, esse mamão podre, no meu colinho aqui", diz o diretor do Departamento de Estradas e Rodagens (DER) do Rio Grande do Norte, Jorge Fraxe, sobre as obras do Pró-Transporte na Zona Norte de Natal.
Iniciados há 10 anos, os serviços passaram por várias paralisações, mudaram da gestão municipal para a estadual em 2013 e ainda não foram concluídos. Desde fevereiro sob responsábilidade do DER, o projeto está parado novamente há duas semanas.
"A gente sofre todo dia com isso aqui. É acidente a toda hora e a gente sem conseguir trafegar. A obra fica parada e a gente é quem sofre", afirma o motorista de ônibus João Dantas.
A empresa que vinha trabalhando no local rescidiu o contrato. Outra construtora foi contratada, mas só deve retomar os serviços no dia 1º de agosto. De acordo com o DER, a prioridade será o trecho entre o viaduto da Redinha e a entrada de Genipabu. A previsão de conclusão e entrega é julho de 2018.
Para Jorge Fraxe, faltaram planejamento e boa execução no início da obra. "Colocaram o carro na frente dos bois. Primeiro tinham que ter licitado e contratado a desapropriação de 393 imóveis e a construção de nova rede elétrica com 201 postes com fios de alta tensão e baixa tensão. Depois disso, dar ordem de serviço para uma construtora fazer a obra. Essa é que é a questão", comentou o diretor. "Quem planeja mal uma obra causa dano ao erário", complementou.
De acordo com o DER, os recursos para a conclusão do projeto estão garantidos. Os custos totais da obra não foram divulgados.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!