RÁDIO CIDADE AO VIVO

sexta-feira, junho 30, 2017

Galo se segura com um a menos, vence o Botafogo e leva vantagem para o Rio


No primeiro jogo do duelo de alvinegros das quartas de final da Copa do Brasil, o time mineiro levou a melhor sobre o carioca. Jogando em casa, o Atlético-MG usou a pressão da torcida para fazer 1 a 0 no Botafogo. Cazares, logo aos sete minutos, marcou o único gol da partida no Independência. Apesar do gol no ínicio, o Galo sofreu bastante pressão da equipe botafoguense, que jogou com um a mais desde o início do segundo tempo, após expulsão de Fred.Mas conseguiu segurar a vantagem.

PANORAMA
O confronto da volta entre Atlético-MG e Botafogo será no dia 26 de julho, novamente às 19h30 (de Brasília), no Estádio Nilton Santos. Para se classificar, o Atlético-MG joga por um empate ou qualquer derrota por um gol de diferença, desde que marque um gol. O Botafogo precisa vencer por dois ou mais gols para se classificar para a semifinal. Vitória carioca por 1 a 0 leva a decisão para os pênaltis.

PÚBLICO E RENDA
Público presente: 19.871
Renda: R$ 533.386,00


PRIMEIRO TEMPO
Os mais de 19 mil torcedores presentes no Independência viram cedo que a dupla Cazares e Robinho estava em grande noite. Bastaram sete minutos para o camisa 7 deixar o meia equatoriano na medida para fazer 1 a 0 e explodir o Horto. O Botafogo só conseguiu levar perigo ao gol de Victor em um único lance: Victor Luis cruzou por baixo, e Bruno Silva não conseguiu mandar para às redes.

SEGUNDO TEMPO
A segunda etapa foi completamente diferente da primeira, principalmente porque, logo aos nove minutos, Fred foi expulso pelo segundo amarelo. Foi o estopim para o Botafogo pressionar e quase empatar com Bruno Silva, que só não guardou porque Fábio Santos salvou na hora "H". O time carioca apertou o cerco, mas sem sucesso. E o Galo, na única chance que teve com um jogador a menos, só não ampliou porque Gatito fez um milagre, evitando gol de Rafael Moura na pequena área.

ARBITRAGEM
Dewson Freitas conseguiu irritar os dois alvinegros nesta quita-feira, no Independência. Os mineiros foram à loucura com a expulsão de Fred pelo segundo cartão amarelo, considerado injusto por eles. O técnico Roger Machado também acabou expulso no fim do jogo. Já os cariocas ficaram na bronca com o juiz principalmente por não repor o tempo em que o jogo ficou parado na etapa final.


Fonte: Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!