RÁDIO CIDADE AO VIVO

table border="0" width="41%" height="76">

Ouça pela Rádios Net ou clique na imagem abaixo

Ouça pelo Listen 2 My Rádio ou clique na imagem abaixo

Imagem relacionada
Loading ...

quarta-feira, junho 14, 2017

MP da Espanha acusa Cristiano Ronaldo de ter sonegado R$ 52 milhões

Cristiano Ronaldo está a serviço da seleção de Portugal, na preparação para a Copa das Confederações (Foto: REUTERS/Rafael Marchante)

O Ministério Público da Espanha acusa Cristiano Ronaldo de ter fraudado € 14,7 milhões (R$ 52 milhões) em impostos, informa a imprensa do país. A queixa enquadra o melhor jogador do mundo em "quatro delitos" e o acusa de tenha escondido do fisco do país receitas obtidas pelos direitos de imagem entre 2011 e 2014. A agência "Reuters" tentou contato com representantes do português, mas não teve sucesso.
Em comunicado, a Procuradoria disse que o craque usou com conhecimento próprio uma "estrutura de negócios" criada em 2010 para esconder seus ganhos na Espanha com direitos de imagem. A denúncia tem como base um relatório enviado aos procuradores pela agência espanhola de arrecadação fiscal, segundo os procuradores.
A acusação considera que, na perspectiva de um contrato com o Real Madrid, que acabou sendo assinado em junho de 2009, Cristiano "simulou ceder seus direitos de imagem a uma empresa" com sede "nas Ilhas Virgens Britânicas e da qual era o único sócio". Por sua vez, esta mesma empresa cedeu os direitos a outra empresa "com sede na Irlanda e com nome de Multisports&Image Management LTD que, de fato, se dedicou à gestão e exploração dos direitos de imagem" do jogador, completou a nota.
A procuradoria espanhola considera que a primeira cessão "tinha como única finalidade a interposição de uma tela para ocultar" da Receita espanhola "a totalidade das receitas obtidas pelo denunciado pela exploração de sua imagem". Diante desses fatos, a procuradoria decidiu apresentar a denúncia, citando como jurisprudência o caso do argentino Lionel Messi, do Barcelona, condenado a 21 meses de prisão por sonegar € 4,16 milhões em direitos de imagem, entre 2007 e 2009, por um esquema corporativo semelhante.

Fonte: Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!