Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

segunda-feira, junho 26, 2017

Polícia Civil indicia integrantes de facção por morte de detento em cadeia de Natal

Crime aconteceu dentro do Complexo Penal João Chaves, localizado na Zona Norte de Natal (Foto: Caroline Holder/G1)

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil do RN indiciou 14 presos do Complexo Penal João Chaves, na Zona Norte de Natal, pelo assassinato de outro detento. O crime aconteceu dentro da própria unidade prisional, em setembro de 2016. De acordo com as investigações, integrantes da facção Sindicato do RN mataram Luiz Clebson de Araújo, conhecido por “Mossoró”, 26 anos, e simularam que ele tivesse cometido um suicídio.
No dia 26 de sembro de 2016, o corpo de Luiz foi encontrado dependurado na entrada da cela 10, do Pavilhão 2. Ele estava preso por crimes como roubo e tráfico de drogas. A DHPP já representou à Justiça a prisão preventiva dos indiciados.
A motivação para a morte de Luiz Clebson, de acordo com as investigações da Polícia Civil, teria sido uma fuga arquitetada por ele para que integrantes da facção Sindicato do RN fossem assassinados por membros da facção Primeiro Comando da Capital.
O plano supostamente elaborado por Luiz Clebson estava sendo combinado através de celular e um dos presos do Sindicato do RN conseguiu pegar o aparelho da vítima e descobriu. Após a descoberta, os presos do Sindicato do RN decidiram matar Luiz Clebson.
Para elucidar esse homicídio, a equipe da DHPP ouviu 46 presos que estavam detidos no Pavilhão 2 da unidade prisional.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!