RÁDIO CIDADE AO VIVO

Ouça pela Rádios Net

Ouça pelo Listen 2 My Rádio

Imagem relacionada
Loading ...
Loading ...

terça-feira, junho 20, 2017

Polícia da PB prende trio suspeito de aplicar golpe da 'troca de cartão' em bancos

Polícia encontrou vários cartões de banco com um dos suspeitos presos na Paraíba (Foto: Lucas Sá/Polícia Civil da Paraíba)

Três pessoas foram presas nesta terça-feira (20) suspeitas de integrarem uma quadrilha que trocava cartões em agências bancárias para efetuar saques de contas das vítimas. De acordo com delegado de defraudações de João Pessoa, Lucas Sá, a quadrilha gerou um prejuízo financeiro somado de aproximadamente R$ 2 milhões. Os suspeitos foram presos nas cidades de Rio Tinto, no Litoral Norte, em Guarabira, no Agreste paraibano, e em Parnamirim, no Rio Grande do Norte.
Além da Paraíba, a Polícia Civil tem registros de golpes aplicados pela quadrilha nos estados do Piauí, Alagoas, Bahia, Rio Grande do Norte e no Distrito Federal. “Os suspeitos agiam abordando idosos e aposentados, oferecendo ajuda nas agências bancárias e se aproveitavam para trocar os cartões das vítimas por réplicas, logo após roubarem as senhas”, explica o delegado.
Com os suspeitos, a polícia encontrou vários cartões de banco, um revólver e uma quantia não divulgada de droga. Dois suspeitos têm 39 anos e o terceiro tem 32 anos, de acordo com a Polícia Civil. Todos os presos já respondem pelo crime de estelionato.
Além de estelionato, o preso apontado como líder do grupo responde por porte ilegal de armas e organização criminosa. Ele foi preso em Parnamirim, no Rio Grande do Norte. O primo dele, de 32 anos, já tinha sido preso em vários estados e o terceiro integrante trabalhava como motorista de transporte clandestino. “Alguns deles foram presos mais de quatro vezes”, completou Lucas Sá.
Os presos foram encaminhados para a Central de Polícia, no bairro do Geisel, em João Pessoa. Mais detalhes da operação devem ser informados ainda nesta terça-feira em uma entrevista coletiva.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!