Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

terça-feira, junho 13, 2017

Tatuagem na testa pode ser removida sem cicatriz, dizem especialistas

Tatuador é preso por tortura após escrever 'eu sou ladrão e vacilão' na testa de adolescente no ABC (Foto: Reprodução)

Desenhos pretos, amadores e removidos pouco tempo após a sessão de tatuagem são mais fáceis de serem removidos sem cicatrizes, de acordo com dermatologistas entrevistados pelo G1. Por isso, o adolescente que teve a testa tatuada em tortura no ABC poderá conseguir retirar as letras com mais facilidade.
Nesta segunda-feira (12), a Faculdade de Medicina do ABC, em parceria com a Secretaria de Saúde de São Bernardo, se ofereceu para assumir o caso de graça. O médico responsável pela equipe que poderá realizar o tratamento, Simão Cohen, disse que está disponível para começar as sessões e que a cor preta da tinta deve favorecer a retirada.
"A probabilidade de remover é melhor. Tatuagens coloridas, como as amarelas e as vermelhas, são mais difíceis de remover. Quanto mais amador, pior a qualidade da tinta e absorção pela pele", disse.
De acordo com a dermatologista Paula Bellotti, responsável pela retirada de tatuagens de celebridades como Barbara Evans, os lasers estão mais modernos e hoje se tornou mais fácil fazer o tratamento. O local onde a tatuagem foi feita, na testa, é que exige "mais cautela":
“A testa, por ter uma eminência óssea, dificulta um pouco porque você tem que usar uma energia mais baixa. Você quer tirar a tatuagem, mas não quer deixar uma cicatriz. Mas dá tranquilamente pra tirar”, disse a médica.
Os dois dermatologistas explicam que a técnica a laser é a mais moderna existente, a única que pode trabalhar sem deixar cicatrizes. Os disparos do equipamento emitem pulsos e cada um deles tem uma duração. Existem pulsos de nanossegundos (equipamento que será usado pela Faculdade de Medicina no ABC) e, os mais eficientes e recentes, são os de picossegundos (trilhonésima parte de um segundo).
Bellotti também lembra que o ideal é tirar a tatuagem o mais rápido possível.
“O ideal é fazer na mesma semana que fez a tatuagem, porque quanto mais se espera, mais a tinta vai penetrando na pele. É claro que é preciso verificar se não tem algum machucado na região, alguma reação inflamatória antes de iniciar o processo”, disse a dermatologista.
De acordo com os médicos, são necessárias no mínimo seis sessões para garantir uma retirada da tatuagem. No final, nas peles mais escuras, pode ficar uma mancha branca, que com uma segunda etapa de tratamento ficará uniforme.
Responsável é preso
O tatuador Maycon Wesley Carvalho dos Reis, 27 anos, e o vizinho Ronildo Moreira de Araújo, 29 anos, foram presos em flagrante por tortura, no Centro de São Bernardo do Campo. Eles são responsáveis por tatuar a inscrição "eu sou ladrão e vacilão" na testa de um adolescente de 17 anos. O crime, segundo informações da polícia, foi cometido na manhã desta sexta-feira.
Na tarde deste sábado (10), a juíza Inês Del Cid, da Vara Criminal de São Bernardo do Campo, decretou a prisão preventiva dos dois.
A tatuagem foi filmada com o celular de Maycon, compartilhada no Whatsapp e o vídeo viralizou rapidamente. O detalhe é que o adolescente estava desaparecido desde 31 de maio e os familiares o reconheceram quando também receberam o vídeo do adolescente sendo tatuado na testa.
O adolescente prestou depoimento à polícia, no 3º Distrito Policial da cidade, negou ter cometido qualquer furto, foi levado ao posto médico para ser medicado e voltou para a casa da avó.
Além de ter a testa marcada com uma tatuagem, o adolescente revelou que teve o cabelo cortado e teve os pés e as mãos amarrados por Ronildo e Maycon.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!