RÁDIO CIDADE AO VIVO

Ouça pela Rádios Net ou clique na imagem abaixo

Ouça pelo Listen 2 My Rádio ou clique na imagem abaixo

Imagem relacionada
Loading ...

segunda-feira, junho 26, 2017

Vídeo mostra policiais se aproximarem de avião com mais de 500 kg de cocaína em Jussara

Avião com 500 kg de cocaína é interceptado em Jussara, Goiás (Foto: Divulgação/PM)

A Polícia Militar faz buscas, nesta segunda-feira (26), para tentar localizar a tripulação do avião que transportava mais de 500 kg de cocaína e pousou na zona rural de Jussara, na região noroeste de Goiás. Um vídeo feito pela corporação mostra o momento em que policiais se aproximam da aeronave, instantes após a interceptação feita pela Força Aérea Brasileira (FAB).
As imagens mostram quando o Grupo de Radiopatrulha Aérea da PM (Graer) sobrevoa a área em que o avião pousou. Em seguida, os policiais pousam no local e fazem a apreensão da droga. Na gravação é possível notar que a cauda do avião se quebrou em virtude da aterrissagem.
A apreensão foi feita na tarde do domingo (25). De acordo com o Centro de Comunicação Social da Aeronáutica, o bimotor decolou de uma fazenda na cidade de Campo Novo do Parecis, no Mato Grosso, com destino a Santo Antônio Leverger, no mesmo estado.

Graer se aproxima de local de pouso de avião com cocaína em Jussara (Foto: Divulgação/PM)
Graer se aproxima de local de pouso de avião com cocaína em Jussara (Foto: Divulgação/PM)

Um avião da FAB começou a fazer o acompanhamento da aeronave e ordenou que o bimotor mudasse a rota e pousasse no Aeródromo de Aragarças, em Goiás. Segundo um comunicado do órgão, inicialmente o piloto do bimotor obedeceu às ordens, mas, ao invés de pousar, desviou o curso.
Com isso, o avião da FAB “executou um tiro de aviso” para fazer a aeronave a cumprir as ordens. O órgão esclareceu ainda que o disparo não atingiu nenhuma parte do bimotor.
A aeronave então pousou na zona rural de Jussara. Os ocupantes fugiram do local. A droga foi apreendida pela PM e levada para a Polícia Federal, em Goiânia.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!